Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this document? Why not share!

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
4,952
On Slideshare
4,849
From Embeds
103
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
81
Comments
1
Likes
0

Embeds 103

http://7fegcienciasnaturais.blogspot.com 84
http://www.7fegcienciasnaturais.blogspot.com 19

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Escola Secundária de Bocage<br />Actividade Experimental nº 2<br />Observação ao MOC de células de epiderme de cebola<br />Ciências Naturais 7º Ano<br />Nome - N.º - Turma - <br />Objectivo: Observação ao microscópio óptico de células da epiderme interna do bolbo da cebola (Allium cepa).<br />Introdução: O bolbo da cebola é um caule subterrâneo que apresenta túnicas carnudas e sobrepostas. Cada túnica é uma folha modificada em forma de escama, que acumula substâncias de reserva, na sua superfície côncava existe uma epiderme, ou seja uma película fina, facilmente destacável e constituída por uma só camada de células, o que facilita a observação destas, sendo por isso o nosso objecto de observação microscópica.<br />As preparações podem ser temporárias ou definitivas. A preparação relativa à cebola é temporária, visto que, o meio de montagem é um meio líquido onde o material biológico se encontra imerso numa substância que não o altera ou danifica. <br />A coloração é uma técnica importante em microscopia, pois permite evidenciar estruturas celulares pouco perceptíveis. Assim sendo, nesta actividade experimental utiliza-se a água iodada. <br />Material: Microscópio óptico Água iodada<br /> Lâminas e lamelas Conta-gotas<br /> Bisturi (ou tesoura) Cebola<br /> Pinça Papel de filtro<br />Material Biológico: Tecido da epiderme da cebola.<br />Procedimento:<br /> Com o bisturi corta um pedaço do bolbo de cebola.<br /> Com a ajuda da pinça, arranca um fino fragmento da epiderme da face interna de uma folha carnuda do bolbo de cebola.<br /> Coloca 1 ou 2 gotas de água iodada numa lâmina.<br />3724275191135 Com a ajuda da pinça coloca o fragmento da epiderme em cima da lâmina com água iodada. Deixa que ele se expanda bem de forma a não apresentar rugas.<br /> Deixa a água iodada actuar durante cinco minutos.<br /> Coloca a lamela, com cuidado, com a ajuda da pinça, para evitar a formação de bolhas de ar. <br /> Leva a preparação ao microscópio e inicia a focagem com a objectiva de menor ampliação.<br /> De seguida efectua a focagem com a objectiva de média ampliação e faz um esquema daquilo que observaste.<br /> Compara com a figura ao lado.<br />Ampliação: 100x epiderme da cebola <br />Questões:<br />1. Indica a função da água iodada.<br />2. Como se designa a estrutura que a água iodada te permitiu observar?<br />Conclusões<br />Na 1ºexperiência, realizada com as células do tecido não clorofilino da epiderme das túnicas da cebola pôde-se, deste logo, observar algumas estruturas celulares com a preparação com o soluto de Ringer que manteve as células vivas para observação. Foi possível depois observar o núcleo corado de vermelho, os vacúolos incolores, a parede celular e a membrana plasmática com a utilização do corante vermelho neutro.<br />Utilizando a água iodada conseguiu-se identificar com mais clareza a parede celular, a membrana plasmática, o citoplasma e ainda se observaram alguns organelos citoplasmáticos. Observou-se assim que o corante vermelho neutro actua ao nível do núcleo corando-o de vermelho e como os vacúolos ficam incolores também permite a sua identificação. Já a água iodada actua mais ao nível dos organelos citoplasmáticos e do citoplasma.<br />Com Soluto de lugol<br />-228600213995Ampliação 400x epiderme da cebola Ampliação 100x epiderme da cebola <br />61912572390<br />O vermelho neutro é um corante que, usado em baixa concentração, penetra na célula sem a matar (corante vital); assim, enquanto a célula se mantiver viva, o citoplasma e os organitos permanecem incolores, introduzindo-se o corante no vacúolo, corando-o de vermelho. Pelo contrário, o azul metileno é um corante básico que actua preferencialmente sobre o núcleo, corando-o de azul. O soluto de Lugol evidência os elementos celulares em preparações extemporâneas, cora os amiloplastos, já que é um corante que cora o amido.<br />