• Like
  • Save
Curso web faveni aula 19 - Introdução a CMS
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Curso web faveni aula 19 - Introdução a CMS

on

  • 1,523 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,523
Views on SlideShare
1,496
Embed Views
27

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 27

http://cursonetfaveni.blogspot.com 21
http://cursonetfaveni.blogspot.com.br 6

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Curso web faveni aula 19 - Introdução a CMS Curso web faveni aula 19 - Introdução a CMS Presentation Transcript

    • Curso Web FAVENI Aula 19 Introdução ao conceito de CMS 16/10/2010
      • CMS (Content Management System)
      • ou
      • Sistema de Gerenciamento de Conteúdo
    • CMS - conceito
      • Sistema – uma aplicação que permite a criação, organização, publicação e apresentação de um conteúdo.
      • Gerenciamento – o encadeamento de processos e regras que permite controlar o ciclo de vida de uma informação, desde sua criação até a publicação.
      • Conteúdo – qualquer informação publicada na internet, seja um texto, imagem, documento, etc…
    • CMS - conceito
      • O que é um Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS
      • Um CMS é um software que permite a um grupo de usuários técnicos e não-técnicos a criação, edição, gerenciamento e publicação de uma variedade de conteúdos com base em uma série de regras e formatações pré-definidas que garantem a padronização do resultado publicado de forma rápida e organizada.
    • Tipos de CMS
      • Portal Web (sites pessoais, sites corporativos)
      • Gerenciamento de documentos (arquivos, imagens, código)
      • Colaboração (fóruns, wiki)
      • Educação (EAD)
      • Loja virtual (e-commerce)
    • Histórico
      • Primeiro CMS corporativo
      • http://www.vignette.com/
      • 1996 – Vignette StoryServer e StoryBuilder
      • Primeiro CMS open source
      • www.typo3.org
      • 1998 – Typo3
    • Contexto
      • Os CMS surgiram da necessidade de:
      • criação de aplicações complexas na internet e
      • reuso de componentes na criação de sites com características semelhantes.
    • Cenário
      • Imagine o seguinte cenário:
      • Grande quantidade de informação a ser manipulada
      • Necessidade de publicar as informações de forma padronizada
      • Pessoas sem conhecimento técnico precisam publicar conteúdo
    • Cenário
      • Já vi esse problema antes!
      • Ao invés de criar uma solução completa a cada projeto, melhor seria reusar componentes comuns a vários projetos.
    • repositório de informações + conjunto de regras + padrão de apresentação banco de dados + linguagem de programação + design da interface + +
    • Características de um CMS
      • Repositório (banco de dados)
      • Separação entre conteúdo e apresentação
      • Edição em WYSWYG
      • ( what you see is what you get )
      • Template de design
      • Gerenciamento de usuários e permissões
    • Outras características
      • Controle de versão
      • Modularização e reuso de componentes
      • Internacionalização
      • Publicação em vários canais e formatos (web, impressão, RSS, mobile)
      • Quando vemos uma página de um site gerenciado por um CMS, estamos olhando o resultado final de um processo de publicação.
      • Formulário para a inserção de dados
      • Armazenamento no banco de dados
      • Lógica de recuperação dos dados
      • Montagem dos dados no template
      • Apresentação da página
    • CMS Open Source
      • Alguns dos principais CMS disponíveis são baseados em um formato de distribuição gratuita.
    • Benefícios de um CMS Open Source para o usuário/cliente:
      • Menor custo para ter uma aplicação de alto desempenho
      • Maior agilidade na publicação de conteúdo
      • Garantia de continuidade no desenvolvimento da aplicação
      • Rapidez na instalação/configuração de um site
      • Possibilidade de expansão do site com outras funcionalidades
      • Desenvolvimento do site em etapas de ampliação
      • Características próprias dos CMS: agilidade, performance, segurança, SEO
    • Benefícios de um CMS Open Source para o desenvolvedor/web designer:
      • Reuso de componentes
      • Facilidade na criação da arquitetura de solução
      • Compartilhamento de experiência com outros desenvolvedores/web designers
      • Otimização do trabalho de instalação e configuração do site
    • Porém é importante lembrar que:
      • Um CMS open source é gratuito mas requer um profissional com experiência para criar um site de alto nível.
      • CMS não são caixinhas mágicas que organizam as coisas para você, eles irão refletir a organização que você tem na produção de conteúdo.
    • Porém é importante lembrar que:
      • Um CMS não serve para nada se não for “alimentado” com conteúdo de qualidade e de forma constante.
      • Mesmo sendo um processo mais rápido do que codificar manualmente página por página, manter um site que usa um CMS também consome tempo.
    • Porém é importante lembrar que:
      • A apresentação final de um conteúdo em um site que usa um CMS sempre dependerá da experiência de quem inseriu as informações. Bom gosto e boas ideias sempre fazem a diferença.
    • Exemplos de CMS mais conhecidos
      • Wordpress
      • Joomla
      • Drupal
      • Xoops
      • ModX
      • Plone
    • Como escolher um CMS?
      • Determinados CMS foram desenvolvidos para aplicações específicas:
      • Blog
      • Portfólios
      • Comunidades
      • Grandes portais
    • Como escolher um CMS?
      • Determinados CMS interagem melhor com públicos específicos:
      • Desenvolvedores
      • Web designers
      • Blogueiros
      • Público não-técnico em geral
    • Tipos de usuário de CMS
      • Podemos classificar em 3 categorias as pessoas que utilizam um CMS:
    • Tipos de usuário de CMS
      • Usuário não-técnico : não possui conhecimento algum de programação ou web design; geralmente são os responsáveis por produzir ou editar conteúdo. Ex.: funcionário da empresa que contratou o site; jornalista; professor.
    • Tipos de usuário de CMS
      • Usuário técnico: possui conhecimentos de HTML ou de linguagens de programação apenas o suficiente para incrementar sua interação com o site, usando as ferramentas de administração de conteúdo de forma a extrair um resultado final mais interessante. Ex.: usuário que gosta de assuntos relacionados a internet e tem facilidade em aprender.
    • Tipos de usuário de CMS
      • Usuário experiente: normalmente o responsável pela administração da infra-estrutura do site. Conhece os procedimentos de instalação de novas funcionalidades e oferece suporte para os outros usuários. Ex.: o responsável pelo sistema, o “cara da rede”, ou alguém que trabalha com computadores no dia a dia da empresa.
    • Experimento
      • Antes de entrar em detalhes, vamos imaginar a seguinte situação:
      • Imagine fazer 3 sites usando 3 CMS diferentes para uma mesma empresa apresentando o mesmo conteúdo.
    • Analise o resultado final destes 3 sites:
      • Todos os sites seriam iguais ?
      • Qual teria a melhor interface para os visitantes?
      • Qual teria a maior facilidade para publicação de novos conteúdos?
      • Qual levaria menos tempo para ficar pronto?
      • Qual deles seria mais rápido para carregar as páginas?
      • Qual deles teria o menor custo para o cliente?
    • Como escolher um CMS...
      • Pensando no caso específico de um cliente, vejamos alguns fatores que podem influenciar a escolha de um CMS para desenvolver um projeto:
      • Tipo de conteúdo a ser publicado
      • Quantidade de conteúdo a ser publicado
      • Tipo de usuário que irá administrar o site depois de pronto
      • Necessidade crítica de segurança
    • Como escolher um CMS...
      • Do ponto de vista do web designer, vejamos alguns fatores que podem influenciar a escolha de um CMS para desenvolver um projeto:
      • Familiaridade com os elementos do sistema: banco de dados, linguagem de programação
      • Experiência em desenvolver projetos usando um determinado CMS
    • Como escolher um CMS...
      • Do ponto de vista do web designer...
      • Variedade de funcionalidades (módulos, plugins) disponíveis
      • Variedade de templates (temas) disponíveis
      • Grau de facilidade em customizar o site
      • Disponibilidade de suporte em caso de emergência
    • Como escolher um CMS...
      • Com base nesses fatores a escolha de um CMS pode ficar limitada a um número pequeno de opções disponíveis, que poderão ser usadas de acordo com as características do projeto.
    • Exemplos
      • Site de um estúdio fotográfico:
      • Wordpress e plugin de galeria de imagens
      • Xoops
      • Joomla
    • Exemplos
      • Site de empresa atacadista com 3000 itens de produtos:
      • Xoops
      • Joomla
      • Blog corporativo:
      • Wordpress
    • Exemplos
      • Site de uma revendedora online de cosméticos:
      • Wordpress com plugin de e-commerce
      • Joomla e módulo VirtueMart
    • Exemplos
      • Site de notícias de um jornal online:
      • Xoops
      • Wordpress
      • Joomla
    • Resultado final
      • Você pode instalar e configurar um CMS sendo um usuário técnico, não-técnico ou experiente.
      • O resultado final do site é diretamente proporcional a quantidade de conhecimentos que você tem para lidar com todas as etapas do desenvolvimento do site.
    • Quais são essas etapas?
      • Levantamento de requisitos do cliente
      • Solicitação de conteúdos para publicar no site
      • Organização da arquitetura de solução
      • Instalação e configuração do CMS e demais componentes
    • Quais são essas etapas?
      • Criação dos grupos de usuários e permissões de acesso
      • Criação da identidade visual do site e da navegabilidade
      • Testes de inclusão/exclusão de conteúdo e testes gerais de funcionalidades
      • Treinamento do pessoal que irá administrar o site
    • Atividades complementares
      • Registro de domínio
      • Contratação de servidor de hospedagem
      • Configuração de emails com o servidor novo
      • Criação de perfis em redes sociais: Twitter, Orkut, Facebook, YouTube, Slideshare
    • Ferramentas de apoio no desenvolvimento de sites
      • FTP: Filezilla
      • Editor de texto: Notepad ++ , Dreamweaver , Aptana
      • Editor de imagem: Photoshop , Riot
      • Browsers para testes: IE6, IE7, IE8 , Firefox , Safari , Chrome , Opera
    • Ferramentas de apoio no desenvolvimento de sites
      • Plugin no Firefox para desenvolvedores: Firebug , WebDeveloper
      • Extensões no Chrome para desenvolvedores: Chrome Sniffer , Measureit ! , Eye Dropper
      • Sites na web com funcionalidades interessantes: Favicon generator , Tablelizer , Iconfinder , ProCSSor , Preloaders
    • Proposta de trabalho para as próximas aulas:
      • Instalar um site usando o CMS Xoops e configurá-lo para deixar igual a um site de modelo que estará disponível na url http://www.elencoweb.com.br/modelo
      • Na próxima aula iremos fazer a instalação e configuração básica dos módulos.
    • Referências
      • http://php.opensourcecms.com/
      • http://www.cmsreview.com/index.html
      • Diretório do Google para CMS
      • http://www.foliomag.com/2010/rise-web-cms
      • http://www.revistawide.com.br/index. php / design-interfaces-cms /