MESTRADO EM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO TECNOLÓGICO

PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A
DIFERENCIAÇÃ...
 Problemática e Objetivos da investigação
 Relevância e Motivação

 Procedimentos metodológicos
 Análise e fundamentaç...
PROBLEMÁTICA E
OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

 40% a 90% das novas empresas não conseguem
sobreviver aos primeiros quatro ano...
PROBLEMÁTICA E
OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

 Identificar e sistematizar os principais contributos teóricos
sobre o conceito...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

 Mais do que nunca, há que considerar a empatia e a
com...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

 Pesquisa e recolha de inf...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

SÉCULO XX

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

CRIATIVIDADE (Simonton, 1999 e Sternberg, 200...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

SÉCULO XXI

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS

PERSPETIVA SISTÉMICA DA CRIATI...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

INOVAÇÃO (Manual de Oslo, 2005)

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGI...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

DESIGN THINKING: CONCEITO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

Disciplina que procura materi...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

DESIGN THINKING: ETAPAS

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS

INSPIRAÇÃO
ANÁLIS...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

DESIGN THINKING: EXEMPLOS DE SUCESSO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METOD...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

DESIGN THINKING: FATORES DETERMINANTES

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
MET...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

 Modelo 3 I’s (Inspiração, Ideação, Implementação)

PRO...
MODELO 3 I'S

Fonte: http://sophisticated.at/blogs/thomas/2012/09/3-3-aprocess-view-of-creativity-in-brand-management/

An...
MODELO HCD (HUMAN CENTERED DESIGN)

Fonte: http://www.ecodesenvolvimento.org/hcd/hcd-kit-de-ferramentas

Ana Amorim

PROCE...
Ana Amorim

PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINK...
MODELO DO HASSO-PLATTNER-INSTITUTE

Fonte: adaptado de http://3vectores.com/pensamiento-de-diseno-una-atmosfera-para-innov...
Ana Amorim

PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINK...
MODELO FORTH INNOVATION
Fonte: http://www.forth-innovation.com/pic/tekstbestanden/forth_map_complete.pdf
Ana Amorim

PROCE...
Ana Amorim

PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINK...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓR...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

Problemas e desafios cada vez mais complexos acentuam a
...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

Todos os modelos apontam a a...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓR...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓR...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO

RELEMBRANDO…

PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUN...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓR...
PROBLEMÁTICA
E OBJETIVOS DA
INVESTIGAÇÃO

RELEVÂNCIA E
MOTIVAÇÃO
PROCEDIMENTOS
METODOLÓGICOS

ANÁLISE E
FUNDAMENTAÇÃO
TEÓR...
BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL





Abbing, E. R. (Writer). (2011). Design the New Business.
Netherlands: Zilver Innovation.
Bo...
“Innovation is learning by doing. So stop writing plans and get started.”
Gijs van Wulfen

Obrigada
Thank You

QUESTIONS?
...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Processos criativos sistemáticos como fator chave para a diferenciação das empresas - abordagem do design thinking

721

Published on

Defesa de dissertação de mestrado
Dezembro de 2013
Ana Gonçalves Gomes Amorim

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
721
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Processos criativos sistemáticos como fator chave para a diferenciação das empresas - abordagem do design thinking

  1. 1. MESTRADO EM INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO TECNOLÓGICO PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING Ana Gonçalves Gomes Amorim Orientador: Mestre Eng.º Manuel de Sousa Aroso 14 dezembro 2013
  2. 2.  Problemática e Objetivos da investigação  Relevância e Motivação  Procedimentos metodológicos  Análise e fundamentação teórica  Modelos de Design Thinking • • • • Modelo 3 I’s (Inspiração, Ideação, Implementação) Modelo HCD (Human-Centered Design) Modelo da d-school (Hasso-Plattner-Institute of Design) Modelo FORTH Innovation  Principais conclusões Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 2 / 31
  3. 3. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO  40% a 90% das novas empresas não conseguem sobreviver aos primeiros quatro anos de atividade (Nobel, 2007).  “As crises económica, ambiental e social incitam-nos a encontrar novas formas de pensar e agir. (…) a Europa e os seus Estados-Membros devem agora dedicar especial atenção à criatividade e à inovação, a fim de divisarem uma forma de sair do impasse atual” (Manifesto em prol de uma Europa mais criativa e inovadora, 2009). Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 3 / 31
  4. 4. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO  Identificar e sistematizar os principais contributos teóricos sobre o conceito de design thinking, sua evolução e principais características;  Identificar alguns dos modelos de design thinking existentes e estudar a sua pertinência para o setor empresarial. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 4 / 31
  5. 5. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO  Mais do que nunca, há que considerar a empatia e a componente emocional aquando do desenvolvimento de novas soluções, colocando as pessoas no centro de qualquer processo de inovação. Metodologia inspirada nos processos e ferramentas de trabalho dos designers (“pouco convencional e não linear”) Crescente número de publicações e estudos; Ofertas formativas; Conferências e Grupos de discussão; Literatura estrangeira vs literatura nacional; Reduzida cultura de design nas empresas portuguesas (Tschimmel, 2012). Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 5 / 31
  6. 6. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS  Pesquisa e recolha de informação:     Bases de dados e repositórios institucionais Revistas científicas Materiais audiovisuais Livros  Termos de pesquisa:  Idioma PT e EN  Combinados Ex: “Design thinking AND inovação AND negócios” Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 6 / 31
  7. 7. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO SÉCULO XX RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO CRIATIVIDADE (Simonton, 1999 e Sternberg, 2000) PROCEDIMENTOS  Processo: “processo mental que resulta em ideias simultaneamente originais e adaptativas”; METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA  Produto: “característica de um produto, como uma descoberta, invenção, pintura ou composição; um produto é criativo se satisfizer o critério combinado de originalidade e adaptação”;  Característica personalística: “traço de personalidade, uma qualidade que alguns indivíduos têm mais desenvolvida do que outros”. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 7 / 31
  8. 8. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO SÉCULO XXI RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS PERSPETIVA SISTÉMICA DA CRIATIVIDADE METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 8 / 31
  9. 9. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO INOVAÇÃO (Manual de Oslo, 2005) RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA  “Implementação de um novo ou significativamente melhorado produto (bem ou serviço), ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas.”  Incremental: resulta da melhoria significativa de um produto, serviço ou processo já existente.  Radical: resulta de novas descobertas científicas ou de engenharia, dando origem a novos produtos, serviços ou processos. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 9 / 31
  10. 10. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO DESIGN THINKING: CONCEITO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO Disciplina que procura materializar o conhecimento técnico em soluções para problemas (propostas de valor práticas e atraentes) PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ‘Pensamento integrador’ D ESIGN THINKING  “Metodologia que aplica o pensamento criativo e crítico para compreender, visualizar e descrever os problemas complexos ou mal estruturados e, em seguida, desenvolver abordagens práticas para resolvê-los”. (Cardon, 2010)  “Processo de pensamento complexo capaz de conceber novas realidades, visando introduzir a cultura do design e seus métodos em áreas como a inovação empresarial”. (Tschimmel, 2012) Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 10 / 31
  11. 11. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO DESIGN THINKING: ETAPAS RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS INSPIRAÇÃO ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA IDEAÇÃO  Geração de múltiplas ideias  Primeira prototipagem da solução  Prova de conceito com clientes/utilizadores  Conclusão dos testes e afinações nos protótipos  Plano de ação para comunicar e IMPLEMENTAÇÃO disponibilizar a solução no mercado Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING LÓGICA ABDUTIVA METODOLÓGICOS  Entendimento pleno do problema  Perspetiva racional e perspetiva emocional  Materializar a informação em insights 11 / 31
  12. 12. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO DESIGN THINKING: EXEMPLOS DE SUCESSO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA “A mais avançada forma de empresa é aquela em que o cliente está dentro da organização e não fora dela” (Buchanan, 2010). “As empresas estão conscientes de que têm de criar algo novo (…) e é por isso que não há como não adotar o design thinking” (Abbing, 2011). Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 12 / 31
  13. 13. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO DESIGN THINKING: FATORES DETERMINANTES RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS  Comprometimento da gestão de topo ANÁLISE E  Domínio da metodologia (etapas e ferramentas) FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA  Equipas multidisciplinares e complementares  Co-criação de valor  Avaliação dos resultados e do desempenho Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 13 / 31
  14. 14. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO  Modelo 3 I’s (Inspiração, Ideação, Implementação) PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E  Modelo HCD (Human Centered Design) FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING Ana Amorim  Modelo do Hasso-Plattner-Institute  Modelo FORTH Innovation PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 14 / 31
  15. 15. MODELO 3 I'S Fonte: http://sophisticated.at/blogs/thomas/2012/09/3-3-aprocess-view-of-creativity-in-brand-management/ Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 15 / 31
  16. 16. MODELO HCD (HUMAN CENTERED DESIGN) Fonte: http://www.ecodesenvolvimento.org/hcd/hcd-kit-de-ferramentas Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 16 / 31
  17. 17. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 17 / 31
  18. 18. MODELO DO HASSO-PLATTNER-INSTITUTE Fonte: adaptado de http://3vectores.com/pensamiento-de-diseno-una-atmosfera-para-innovar/ Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 18 / 31
  19. 19. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 19 / 31
  20. 20. MODELO FORTH INNOVATION Fonte: http://www.forth-innovation.com/pic/tekstbestanden/forth_map_complete.pdf Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 20 / 31
  21. 21. Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 21 / 31
  22. 22. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING PRINCIPAIS CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 22 / 31
  23. 23. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO Problemas e desafios cada vez mais complexos acentuam a importância de se encontrar caminhos que levem a inovações radicais; PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE O design thinking atua como facilitador para nortear a aplicação de processos criativos sistemáticos, seguindo uma abordagem multidisciplinar e analisando os problemas de forma holística e sistémica; DESIGN THINKING PRINCIPAIS CONCLUSÕES Ana Amorim É necessário desenvolver empatia com os clientes e utilizadores (numa ótica de co-criação), tendo em vista atingir-se um profundo entendimento sobre quais são as suas verdadeiras necessidades, desejos e aspirações; PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 23 / 31
  24. 24. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Todos os modelos apontam a adoção de culturas organizacionais e processos de criação de novas soluções vincadamente empáticos e colaborativos; ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING PRINCIPAIS A necessidade de combinar conhecimentos teóricos e experiências práticas, bem como o uso dos dois hemisférios cerebrais são elementos transversais aos quatro modelos; CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 24 / 31
  25. 25. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING PRINCIPAIS Modelo do Hasso-Plattner-Institute (d-school) e Modelo FORTH Innovation - esquematicamente mais complexos mas a ampla variedade de recursos extra disponibilizados de forma gratuita e interativa torna-os mais intuitivos e fáceis de aplicar; Modelo HCD (Human Centered Design) – ilustrado com projetos reais e mais indicado para as empresas que desenvolvem projetos sociais. CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 25 / 31
  26. 26. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING A escolha do modelo a adotar deve basear-se em critérios inerentes à própria empresa - a área de atuação, o tempo que esta dispõe para projetar novas soluções, a constituição e multidisciplinaridade das equipas, entre outros (Tschimmel 2012). PRINCIPAIS CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 26 / 31
  27. 27. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO RELEMBRANDO… PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE DESIGN THINKING PRINCIPAIS Identificar e sistematizar os principais contributos teóricos sobre o conceito de design thinking, sua evolução e principais características; Identificar alguns dos modelos de design thinking existentes e estudar a sua pertinência para o setor empresarial. CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 27 / 31
  28. 28. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MODELOS DE LIMITAÇÕES AO ESTUDO  Escassez de publicações que evidenciem in loco as mudanças que são necessárias ocorrer, ao nível da cultura e processos organizacionais, para que uma metodologia de design thinking seja incorporada e aceite com sucesso. DESIGN THINKING PRINCIPAIS CONCLUSÕES Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 28 / 31
  29. 29. PROBLEMÁTICA E OBJETIVOS DA INVESTIGAÇÃO RELEVÂNCIA E MOTIVAÇÃO PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS ANÁLISE E FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA TRABALHO FUTURO  Casos de estudo - validar os resultados teóricos aqui apresentados e apurar até que ponto os princípios defendidos estão ou poderão vir a estar presentes nos processos de inovação seguidos pelas empresas do nosso país. MODELOS DE DESIGN THINKING PRINCIPAIS CONCLUSÕES Ana Amorim  Estudar a disponibilidade e abertura dos líderes empresariais nacionais para incentivar e incorporar o design thinking nos processos de inovação das empresas. PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 29/ 31
  30. 30. BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL    Abbing, E. R. (Writer). (2011). Design the New Business. Netherlands: Zilver Innovation. Bonini, L. A., & Sbragia, R. O Modelo de Design Thinking como indutor da Inovação nas empresas: um estudo empírico. Revista de Gestão e Projetos, 2.  Brown, T. (2008). Design thinking, How to deliver on a great plan. Harvard Business Review.  Brown, T. (2013). Why Social Innovators Need Design Thinking. Stanford Social Innovation Review.  Buchanan, R. (2010). Como o DESIGN THINKING contribui para a gestão estratégica. REBRAE. Revista Brasileira de Estratégia, 1, p. 267-273.  Norman, D. A. (2004). Emotional Design: Why We Love (or Hate) Everyday Things. New York: Basic Books.  European Commission. (2009). Design as a driver of usercentred innovation. Brussels. Ana Amorim FORTH innovation method. Retrieved 23-09-2013, from http://www.forth-innovation.com/  Gupta, P. (2008). Inovação Empresarial no Século XXI. Porto: Vida Económica.  Martin, R. (2007). How Successful Leaders Think. Harvard Business Review.  Martin, R. (2009). The Design of Business: Why design thinking is the next competitive advantage. Boston: Harvard Business Press.  OECD/Statistical Office of the European Communities. (2005). Oslo Manual. Luxembourg: OECD Publishing.  Pinto, T. P. (2006). Visões de Criatividades. Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa.  Tschimmel, K. (2012). Design Thinking as an effective Toolkit for Innovation. Paper presented at the Proceedings of the XXIII ISPIM Conference: Action for Innovation: Innovation from Experience, Barcelona. PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 30 / 31
  31. 31. “Innovation is learning by doing. So stop writing plans and get started.” Gijs van Wulfen Obrigada Thank You QUESTIONS? perguntas? Ana Amorim PROCESSOS CRIATIVOS SISTEMÁTICOS COMO FATOR-CHAVE PARA A DIFERENCIAÇÃO DAS EMPRESAS: ABORDAGEM DO DESIGN THINKING 31 / 31
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×