Noticia Grupo 6

1,176 views
1,102 views

Published on

Published in: Travel, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,176
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Noticia Grupo 6

  1. 1. Discentes: Diana Mendes Liliana Duarte Liliana Sousa Patrícia Pereira
  2. 2. Costa do Golfe da Guiné sendo a capital do Gana 1 661 400 habitantes (cerca de 2,9 milhões na área metropolitana) Clima tropical húmido com duas estações de chuva (Abril/Maio e Agosto/Outubro). A temperatura situa-se entre os 25 e 30 ºC durante todo o ano. Alimentos Madeira e Compensados Têxtil, Roupas Produtos químicos Fonte: http://www.luventicus.org/mapaspt/africa/gana.html Fonte das águas de irrigação: Agricultores domésticos - água canalizada e águas-cinzas (pias e chuveiro, sem excrementos humanos); Agricultores das áreas abertas - águas de drenos, riachos e rios, água canalizada, e de poços cavados à mão; Agricultores periurbanos - dependem principalmente das águas das chuvas e dos rios.
  3. 3. Os alimentos e a água são essenciais para a vida Quando contaminada Origina doenças Doenças diarreicas Principal causa contagiosa de morte Áreas com o saneamento pobre e inabilidade no mundo inteiro
  4. 4. A alimentação mais comum associada à diarreia são: Alimentos provenientes do mar não confeccionados ou pouco cozidos Camarões Moluscos Peixe Outros tipos de comida confeccionada Grão Sem refrigeração Transmite Feijão infecções Arroz com molhos Pronto-a-comer Saladas Sanduíches Massa de bolos Gelados
  5. 5. fornecidos Alimentos confeccionados Ambiente quente mesmo que o número inicial de bactérias seja pequeno Bactérias multiplicam-se rapidamente num período de 8-12 horas após armazenamento Fungos Diarreia Vírus Parasitas
  6. 6. Causas bacterianas Parasitas que Vírus que podem ser incluem: causam diarreia são: transmitidos pelos • Salmonella • Giardia alimentos são: • Shigella • Cryptosporidia • Hepatite A • Clostridium • Trichinella • Calcivirus • Estafilococos • Ténia • Vírus Norwalk • Campylobacteria • Vibrio presença de microrganismos nas toxinas alimentares toxinas anteriores à fase da ingestão, infecção bacteriana devido Bacilo cereus Estafilococo aureus, Clostridium perfringens
  7. 7. Sintomas de infecções alimentares Náuseas Vómitos Diarreia Pode levar Desidratação Morte Sintomas podem classificar-se muito brando ou severo A gravidade depende do agente causador
  8. 8. Actualmente a doença causada por alimentos contaminados é um problema prioritário Uma vez que a maior parte das infecções são tratadas em casa, as estimativas podem ser somente a ponta do iceberg A segurança dos alimentos depende de vários factores que começam desde a produção até ao consumo Cada passo ao longo da cadeia é importante
  9. 9. Terra lavrada pelo gado e Agentes Patogénicos animais selvagens Entéricos (intestinais) Irrigação Água dos canos/drenos Fontes de Agentes Patológicos Fertilizantes Estrumes dos animais Estação das chuvas: Mau Saneamento  Águas das inundações são poluídas  Contaminação das terras de cultivo e das colheitas
  10. 10. Estudos sobre a qualidade microbiana dos vegetais Níveis elevados de coliformes fecais Tomate e Alface Microrganismos encontrados: Sigella dysenteriae; Shigella flexneri; Shigella boydii; E. coli Níveis infecciosos de parasitas Microrganismos encontrados: Cenoura, Repolho e Alface Cryptosporidium parvum; Strongyloides stercolaris; Clonorchis sinensis; Enterobius vermicularis e Hookworms
  11. 11. Transporte em veículos com condições inadequadas Carne exposta a moscas durante várias horas Multiplicação de Bactérias Elevada temperatura ambiente nos mercados e estábulos Mesmo numa amostra de carne vendida no supermercado, exposta à refrigeração, foi encontrada Shigella flexneri
  12. 12. Confecção de carne mata os microrganismos Má descongelação da carne Alguns microrganismos sobrevivem Congelação Aves domésticas Descongelação Pe r i go Confecção
  13. 13. Bactérias Salmonella Intestinos das aves Estripação Organismos dos intestinos Salmonella Resto da carne Temperatura Não mata todas as insuficientemente bactérias durante a elevada confecção
  14. 14. Ave parcialmente cozinhada reservada Salmonella e outras Recomenda-se uma numa mesa de bactérias fervura durante cozinha quente multiplicam-se a várias horas durante um longo níveis perigosos período de tempo Morte eficaz das bactérias Ovos Salmonella Salmonella Leite não pasteurizado Brucella
  15. 15. Salmonellas Ratos Zonas de preparação Vibrio Baratas dos alimentos Entamoeba Resíduos Agentes Moscas infecciosos Excreções Aflatoxinas Agentes antimicrobianos
  16. 16. No “Ghana Medical Journal” são discutidos aspectos de segurança alimentar, onde há referência a dois estudos realizados em Accra: Qualidade Qualidade microbiológica de microbiológica de alimentos cozinhados “khebab” à venda nas ruas Amostras de pequenos- 30 amostras de 3 locais almoços, refeições principais e diferentes lanches  Pequenos-almoços e lanches sem Avaliação de agentes contaminação (ausência de bactérias patogénicos mesófilas)  Refeições principais contaminadas (saladas, macarrão, peixe, arroz e ‘shito’) Contaminação por: E. coli, Staphylococcus species, bactérias gram- Contaminação por: E. negativas coli, Staphylococcus aureus, Bacillus cereus
  17. 17. Alguns dos vendedores dos alimentos analisados tinham muito pouco conhecimento sobre as causas de diarreia. A incidência de infecções relacionadas com alimentos é considerada muito grave no país, no entanto só os casos mais extremos são levados ao hospital. Invariavelmente, somente os surtos mais severos são investigados correctamente, de modo a identificar o agente causador. No Gana, não há qualquer qualificação ou formação para vender comida na rua. Contudo, com o aumento de pontos de venda de alimento ao longo das ruas principais de Accra e noutras cidades grandes do país, os vendedores têm que ser educados em práticas de higiene e segurança alimentar.
  18. 18.  A produção de alimentos na agricultura, transporte, processamento e venda em cru e de alimentos cozinhados  Os matadouros têm de ser limpos; na cidade de Accra requer atenção urgente a carne deve ser inspeccionada e certificada antes de ser vendida  Pode ser necessária a construção de novos mercados modernizados para as produções agrícolas de modo a que a  A inspecção da corrente carne especializada e os vegetais não da produção ao consumo mais sejam vendidos em mercados de deve ser vista como um rua/descampados ponto importante em termos de saúde pública  Devem ser aplicadas sanções às pessoas que não agem correctamente  Todos devem saber como lidar com os alimentos de uma forma segura

×