RevisãO

6,028 views
5,646 views

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,028
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
121
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

RevisãO

  1. 1. Roteiro de estudo<br />1- Assistir a apresentação de slides de revisão<br />Dê maior atenção àquilo que você percebe que não lembra muito bem. Caso ainda sobrem dúvidas depois de estudar os slides, recorra aos livros ou apostilas. <br />2- Refazer os exercícios mais importantes<br />Só aprendemos química “fazendo” . Refaça alguns exercícios de cada matéria. Cubra as respostas e tente fazer sozinho, se você acertar e sentir que sabe passe para outro exercício de outra matéria.<br />3-Utilize a folhinha de vocabulário<br />Enquanto estudar use a sua folhinha de vocabulário, para esclarecer as eventuais dúvidas.<br />4- Nomenclatura<br />Você não vai poder usar a tabela com as funções orgânicas na prova. As tabelas com os números de carbonos e tipos de ligação serão fornecidas como nas outras provas. Você precisa saber como é feita a nomenclatura para cada função.<br />5- Isomeria<br />Nós chegamos a estudar a isomeria geométrica mas como não fizemos exercícios estude apenas a isomeria plana.<br />6- Seminários<br />Sobre os seminários podem cair perguntas gerais sobre o assunto, ou seja quem assistiu com certeza saberá responder<br />7- Tempo<br />Procure estudar com antecedência é mais produtivo e você aprende melhor . Estude um pouco por dia, não deixe tudo para a última hora.<br />
  2. 2. Conteúdo – 3º trimestre - 3ºano<br /><ul><li>Hidrocarbonetos</li></ul>- Radicais<br />- Haletos orgânicos<br /><ul><li>Álcool
  3. 3. Fenol</li></ul>- Aldeído<br />- Ácido Carboxílico<br />- Éter<br />- Éster<br />- Cetona<br />- Aminas<br />- Amidas<br />- Isomeria plana<br />- Temas dos seminários (conhecimentos gerais sobre o assunto)<br />- Interpretação de textos : Seguindo o modelo do ENEN, as provas apresentarão exercícios onde as respostas podem ser obtidas pela interpretação do enunciado. Desse modo leia as provas com atenção e lembre-se dos estudos dirigidos que fizemos nesses mesmos moldes.<br />
  4. 4. Fofinhos !<br />Estudem e<br />boa sorte nas provas ! <br />
  5. 5. CH2<br />CH2<br />CH2<br />CH3<br />CH2<br />CH2<br />CH2<br />H3C<br />CH2<br />CH2<br />CH2<br />CH3<br />CH2<br />CH2<br />O<br />H3C<br />Hidrocarbonetos<br />São compostos orgânicos formados somente por Carbono (C) e Hidrogênio (H)<br />Não é hidrocarboneto<br />
  6. 6. Nomenclatura de Hidrocarbonetos<br />
  7. 7. Alcanos<br />CH2<br />CH3<br />CH2<br />CH2<br />CH2<br />H3C<br />CH2<br />CH3<br />CH2<br />H3C<br />CH3<br />CH2<br />H3C<br />H3C<br />CH3<br />hexano<br />butano<br />propano<br />etano<br />
  8. 8. Alcenos<br />CH2<br /> 1 2 3 4 5 6<br />CH2<br />CH<br />CH<br />H3C<br />CH3<br />6 5 4 3 2 1<br />2-hexeno<br />H3C<br />CH<br />CH2<br />propeno<br />
  9. 9. Alcinos<br /> 1 2 3 4<br />CH3<br />C<br />CH2<br />CH<br />butino<br />H3C<br />C<br />CH<br />propino<br />
  10. 10. Alcadienos<br /> 1 2 3 4 5 6<br />CH<br />CH3<br />CH<br />CH<br />CH<br />H3C<br />6 5 4 3 2 1<br /> 1 2 3 4<br />CH3<br />CH<br />C<br />H2C<br /> 4 3 2 1<br />2,4-hexadieno<br />1,2-butadieno<br />
  11. 11. Ciclenos<br /> C<br />C C<br />C C<br /> C<br />Ciclo 1,4 hexeno<br />CH2<br />CH<br />CH2<br />CH<br />ciclobuteno<br />
  12. 12. Radicais<br />CH3<br />1 2 3 4 5 6 7<br />CH<br />CH3<br />CH<br />CH<br />CH2<br />CH2<br />H3C<br />7 6 5 4 3 2 1<br />CH3<br />Cadeia principal<br />3,4- dimetil- heptano<br />
  13. 13. 3 4 5 6 7<br />CH2<br />CH<br />CH2<br />CH2<br />CH3<br />H3C<br />CH2<br />2<br />3- metil- heptano<br />CH3<br />1<br />
  14. 14. 1 2 3 4 5 6<br />CH2<br />C<br />CH2<br />CH2<br />CH3<br />H3C<br />CH2<br />A cadeia principal deve conter a dupla ligação<br />2- etil- hexeno<br />CH3<br />
  15. 15. CH2<br />CH2<br />CH<br />CH2<br />Radical<br />CH3<br />Metilciclobutano<br />Cadeia principal<br />
  16. 16. Nomenclatura<br />Álcool = (-OH) = sufixo OL<br />1 2 3<br />CH3<br />CH<br />H3C<br />Nomenclatura oficial<br />OH<br />2- propanol<br />1 2 3<br />CH3<br />CH<br />H3C<br />Nomenclatura usual<br />OH<br />álcool propílico<br />
  17. 17. Nomenclatura<br />Álcool = (-OH) = sufixo OL<br />CH2<br />CH2<br />CH2<br />CH2<br />CH<br />CH2<br />CH<br />CH2<br />HO<br />Nomenclatura oficial<br />Ciclo butanol<br />HO<br />Nomenclatura usual<br />Álcool ciclo butílico<br />
  18. 18. H3C<br />CH2<br />CH2<br />F<br />3 2 1<br />1-Fluorpropano ou Fluorpropano<br />
  19. 19. C<br />C C<br />C C<br /> C<br />Anel benzênico<br />
  20. 20. FENOL<br />Todos os compostos que apresentam um ou mais grupos hidroxilas (OH) ligados diretamente a um anel benzênico pertencem à função fenol.<br />HO<br />
  21. 21. FENOL<br />Todos os compostos que apresentam um ou mais grupos hidroxilas (OH) ligados diretamente a um anel benzênico pertencem à função fenol.<br />HO<br />Hidroxibenzeno<br />
  22. 22. HO<br />1<br />2<br />CH3<br />3<br />1-Hidroxi-3-metilbenzeno<br />
  23. 23. HO<br />HO<br />hidroxibenzeno<br />ciclohexanol<br />
  24. 24. Nomenclatura<br />O<br />C<br />aldeído = = sufixo AL<br />O<br />H3C<br />C<br />H<br />H<br />Aldeído<br />1 2<br />etanal<br />
  25. 25. Nomenclatura<br />cetona = = sufixo ONA<br />CH2<br />CH3<br />C<br />H3C<br />O<br />C <br />C<br />C<br />O<br />Cetona<br />1 2 3 4 <br />2-butanona<br />
  26. 26. Nomenclatura<br />O<br />C<br />Ácido carboxílico= = sufixo óico<br />OH<br />O<br />H2C<br />H3C<br />C<br />OH<br />1 2 3<br />Ácido Carboxílico<br />Ácido propanóico<br />
  27. 27. H3C<br />CH2<br />O<br />CH3<br />Éster<br />Éter<br />O<br />H3C<br />C<br />O CH3<br />Etoximetano<br />Etanoato de metila<br />O<br />H3C<br />C<br />Sal orgânico<br />Cloreto de ácido<br />Cl<br />O<br />H3C<br />C<br />O]-Na<br />Etanoato de Sódio<br />Cloreto de etanoíla<br />
  28. 28. Amida<br />Metanamida<br />Butanamida<br />
  29. 29. Amina<br />           <br />     <br /> trimetilamina <br />                       fenilamina<br /> <br />metilamina <br />
  30. 30. Nitrocompostos<br />
  31. 31. Isomeria<br />Compostos orgânicos que possuem iguais fórmulas moleculares, mas diferentes arranjos estruturais de seus átomos são chamados de isômeros. <br />ISOMERIA PLANA<br />ISOMERIA ESPACIAL<br />ISOMERIA<br />GEOMÉTRICA<br />OTICA<br />O tipo mais simples de isomeria é a plana. Neste tipo de isomeria, as diferenças no posicionamento dos átomos podem ser observadas a partir das fórmulas estruturais planas dos isômeros. <br />
  32. 32. Isomeria de cadeia<br />Os compostos pertencem a uma mesma função orgânica mas possuem cadeias carbônicas diferentes<br />C4H10 <br />C5H10 <br />C4H8                <br />
  33. 33. Isomeria de posição<br />Os compostos pertencem a uma mesma função orgânica mas diferem quanto à posição de um grupo ou insaturação na cadeia principal.<br />C4H8               <br />C6H14                <br />C8H10                        <br />
  34. 34. Isomeria de compensação ou metameria<br />Este tipo de isomeria ocorre em compostos que apresentem cadeia heterogênea. A diferença entre os isômeros está na posição ocupada pelo heteroátomo.<br />C4H10O                <br />
  35. 35. Isomeria de função<br />Este tipo de isomeria ocorre em compostos de funções diferentes mas que apresentem mesmo número de carbonos na cadeia.<br />C2H6O                <br />C3H6O                <br />

×