O Mundo é Plano Cap 7

3,886 views
3,621 views

Published on

Published in: Technology, Sports
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,886
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
472
Actions
Shares
0
Downloads
168
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Mundo é Plano Cap 7

  1. 1. O Mundo é Plano How the world became flat , by Thomas Friedman Um curso desenvolvido pela turma 2006, mestrado executivo em gestão empresarial, FGV/EBAPE Licensa de uso: Creative Commons
  2. 2. Este trabalho é parte dos requerimentos da disciplina Gestão de Operações, Ministrada pelo professor Dr. Alexandre Linhares Turma Original Fernando Contreras Henrique Arns Jader Rocha Luis S. Gandolfi Pedro Gonçalves Jr.
  3. 3. Cap. VII - Como as Empresas se Ajustam <ul><li>Na confusão, busca a simplicidade. </li></ul><ul><li>Na discórdia, busca a harmonia. </li></ul><ul><li>Na dificuldade, está a oportunidade. </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>Einstein </li></ul>
  4. 4. Impacto do “achatamento” nas empresas Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  5. 5. Como as Empresas se Ajustam <ul><li>Empresas e indivíduos precisam de estratégias para se ajustar ao achatamento do mundo. </li></ul>Para crescer, é melhor aprender a mudar e ajustar-se dentro do novo jogo. Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  6. 6. Como as Empresas se Ajustam <ul><li>As empresas que conseguiram prosperar, são as que melhor compreenderam a tripla convergência e desenvolveram suas próprias estratégias para se ajustar a ela, em vez de tentar resistir. </li></ul>Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  7. 7. Estratégias de Ajuste Regra n º 1 Quando o mundo se achata – e você se sente achatado – procure uma pá e cave dentro de si mesmo. Não tente construir muralhas. Caso: Greer e associados Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  8. 8. Regra nº 1 <ul><li>O mundo se achatou e todos os processos análogos se tornaram digitais, móveis e pessoais. Houve uma comoditização dos produtos e serviços. </li></ul>Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  9. 9. <ul><li>Concorrência: </li></ul><ul><li>Empresas gigantescas , capazes de cuidar de clientes grandes, médios e pequenos, </li></ul>profissionais que trabalham em casa, se utilizando de tecnologia de ponta. Regra nº 1 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  10. 10. <ul><li>“ Antes nós ficávamos irritados quando perdíamos um cliente para outra empresa, </li></ul>agora estamos perdendo para pessoas ”. Regra nº 1 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  11. 11. <ul><li>Antes – tirar a foto e definir a expressão artística </li></ul>Solução – foco na competência da empresa e na capacidade de inovar Agora – tirar, definir, revelar. O laboratório completo “ Sorvete de baunilha já não serve como ganha-pão” Regra nº 1 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  12. 12. Estratégias de Ajuste <ul><li>Regra n º 2 </li></ul><ul><li>Os pequenos se comportarão como grandes. </li></ul><ul><li>Caso: Aramex – Serviços de entrega no Oriente médio. </li></ul>www.flickr.com by Miskan www.flickr.com by JUNDI
  13. 13. <ul><li>Uma maneira para que as firmas sobrevivam no mundo plano é aprender a se comportar como se fossem realmente grandes. </li></ul><ul><li>A chave para agir como grandes sendo pequenas é a rapidez em aproveitar todos os novos instrumentos de colaboração, a fim de chegar mais longe, mais depressa, mais ampla e mais profundamente. </li></ul>Regra nº 2 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  14. 14. <ul><li>ARAMEX x Airborne </li></ul><ul><li>Agilidade + tecnologia/colaboração </li></ul><ul><li>Software e engenharia próprios mundialmente </li></ul>Regra nº 2 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  15. 15. <ul><li>Formas de colaboração: </li></ul><ul><li>Cadeias de fornecimento </li></ul><ul><li>Terceirização </li></ul><ul><li>Empreitada </li></ul><ul><li>Esteróides </li></ul><ul><li>Fadi Ghandour : “Eu era grande nacionalmente e pequeno internacionalmente, e inverti isso” </li></ul>Regra nº 2 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  16. 16. Estratégias de Ajuste <ul><li>Regra n º 3 </li></ul><ul><li>Os grandes se comportarão como pequenos </li></ul><ul><li>Starbucks e E*Trade </li></ul>www.flickr.com by Ryan Hardly
  17. 17. <ul><li>Uma maneira pela qual as grandes empresas aprenderam a prosperar no mundo plano, foi se habituando a agir como se fossem pequenas, permitindo aos seus clientes agir como grandes. </li></ul>Regra nº 3 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  18. 18. <ul><li>As grandes empresas agem como pequenas, criando plataformas que permitem ao cliente individual servir-se no seu próprio ritmo à seu próprio tempo e segundo seus próprios gostos. </li></ul>Regra nº 3 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  19. 19. <ul><li>O cliente torna-se autodirigido e estas empresas permitem que eles ajam como se fossem grandes clientes. </li></ul>As empresas transformam os clientes em empregados e ao mesmo tempo o fazem pagar por isso. Regra nº 3 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  20. 20. Estratégias de Ajuste <ul><li>Regra n º 4 </li></ul><ul><li>As melhores companhias são os melhores colaboradores. </li></ul><ul><li>No mundo plano, cada vez mais negócios serão levados a efeito no interior das empresas ou entre elas. </li></ul><ul><li>As novas camadas de criação de valor estão se tornando de tal maneira complexas que nenhuma firma ou departamento individual será capaz de dominá-las sozinha. </li></ul><ul><li>IBM e Rolls Royce </li></ul>www.flickr.com by Benus
  21. 21. <ul><li>Especialidade cada vez mais granulares demandam alto nível de colaboração para se realizar uma nova descoberta valiosa. </li></ul><ul><li>Exemplos: Stent e videogames </li></ul>Regra nº 4 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  22. 22. Quanto mais os diferentes pólos de conhecimento se ligarem no mundo plano, mais especializações e especialistas aparecerão, mais inovações serão geradas das suas diferentes combinações e mais a gerência terá de cuidar dessa capacidade. Regra nº 4 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  23. 23. <ul><li>Na Rolls Royce a competência essencial é a parceria tanto na terceirização quanto na pesquisa e desenvolvimento tecnológico </li></ul><ul><li>Conceito de “Micromultinacionais” </li></ul>Regra nº 4 Rolls-royce by Sharon Fenstermacher By photo4yan
  24. 24. Estratégias de Ajuste <ul><li>Regra n º 5 </li></ul><ul><li>Num mundo plano, as melhores empresas se mantêm saudáveis fazendo exames de raio X dos pulmões e em seguida vendendo os resultados aos clientes. </li></ul>“ Os negócios de nichos podem transformar-se em commodities com mais rapidez do que nunca” Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  25. 25. <ul><li>Raio X – Identificar na empresa </li></ul><ul><li>a) Suas competências centrais (capacidades internas) ou ativos que interessam a terceiros; </li></ul><ul><li>b) Áreas que possam ser </li></ul><ul><li>terceirizadas com uma relação </li></ul><ul><li>favorável. </li></ul>Regra nº 5 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  26. 26. <ul><li>A tripla convergência possibilitou </li></ul><ul><li>a) Que as empresas possam vender suas competências centrais (capacidades internas) a um mercado muito mais amplo e diversificado. </li></ul><ul><li>b) A terceirização para qualquer empresa </li></ul><ul><li>em qualquer lugar do mundo que tenha a competência essencial e os custos competitivos. </li></ul>Regra nº 5 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  27. 27. Estratégias de Ajuste <ul><li>Regra n º 6 </li></ul><ul><li>As melhores companhias terceirizam para vencer e não para se encolher. </li></ul><ul><li>Caso: LRN </li></ul>Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  28. 28. <ul><li>Terceirizam para inovar com maior rapidez e a custos mais baixos a fim de crescer, ganhar fatias de mercado e contratar mais funcionários de diferentes especialidades, não para economizar despedindo empregados. </li></ul>Regra nº 6 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  29. 29. <ul><li>“ Estou terceirizando para ganhar, e não para economizar dinheiro.” Seidman - LRN </li></ul><ul><li>Parceria: Mind Tree </li></ul><ul><li>Engenheiros americanos na defesa e extensão, e Engenheiros indianos no salto estratégico </li></ul>Regra nº 6 2 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com Mind tree by Markvsequeira
  30. 30. <ul><li>“ Busca de fornecedores” – isso é o que o mundo plano ao mesmo tempo permite e exige. </li></ul>Regra nº 6 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  31. 31. Regra nº 6 “ A decisão de terceirizar é forma de atacar e não de defender-se. Seidman - LRN Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  32. 32. Estratégias de Ajuste Regra n º 7 Terceirização não é somente para os Benedict Arnold’s. (traidor da revolução da Independência Americana) Também serve para os idealistas. Caso: McKinsey Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  33. 33. Regra nº 7 Empresário social: Mentalidade de escola de Administração com coração de assistente social Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  34. 34. Regra nº 7 “ Nenhum de nós domina o outro; é uma verdadeira colaboração que cria futuros melhores para gente abaixo e acima de nós.” Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  35. 35. <ul><li>Motivo que revela a clareza do mundo plano: </li></ul>“ Eu ainda não conheci o iraniano. Fechamos negócio pelo instant messenger e pelo e-mail Yahoo!” Hockenstein Regra nº 7 Fotos- Fonte: Site Fotosearch.com
  36. 36. Empresa Reação Mudança na Estratégia Mercado Global Tripla Convergência Competidores Locais E Globais Fornecedores Locais E Globais Utilizar os instrumentos de colaboração Fugir da comoditização – dar opções aos cliente Terceirizar para ganhar Sumário Conhecer e explorar suas competências
  37. 37. “ Para competir com sucesso pelo futuro, uma empresa precisa ser capaz de ampliar seu horizonte de oportunidades. Isso exige que a alta gerência considere a empresa como um portfólio de competências essenciais , e não como um portfólio de negócios.” Prahalad, C.K.; Hamel, gary- Competing for the Future HBS – 1.995 Core Competence
  38. 38. Conjunto de habilidades e tecnologia e a integração destas ; Que dá uma contribuição desproporcional para o valor percebido pelo cliente; Que Possibilita uma diferenciação entre os concorrentes; É uma porta de entrada para os mercados do futuro. Prahalad, C.K.; Hamel, gary- Competing for the Future HBS – 1.995 Core Competence (Competência essencial)

×