0
Marketing de Conteúdo
O marketing de conteúdo é o conjunto de ações de marketing digital que visam    produzir e divulgar conteúdo útil erelevan...
Pense como você navega quandoprocura algo novo. Você vai no Google,  digita um ou duas palavras chaves   relacionadas ao q...
Depois você analisa a lista resumo que o Google exibe na tela. Esta lista contémum título, que é o que você lê primeiro, e...
Depois você analisa a lista resumo que o Google exibe na tela. Esta lista contémum título, que é o que você lê primeiro, e...
Se você não tiver conteúdo relevante, os consumidores não param no seu site.   Se não tiver conteúdo relacionado ao    que...
O marketing de conteúdo envolve diversas      técnicas e ações, desde a correta concepção do site, otimização do site para...
Não á como iniciar ações de marketing   de conteúdo sem ter um público        específico em mente.
Assim o conteúdo de um site passou a ser mais importante do que seu endereço (URL)  ou a propaganda que se faz dele. Por m...
Planeje o conteúdo que você pode   produzir para este seu consumidor.Pense no que o seu consumidor busca na   Internet ant...
Não pense em produtos ou serviços,pense em informações úteis. Pense como   o seu cliente pensaria, na frente do Google, qu...
A Home Page do seu web site é a suaCasa na Internet. Na frente da sua casa passa uma estrada de alta velocidade  chamada G...
Existem duas maneiras de fazer a sua casa na internet ocupar um lugar de destaque perante              essa grande avenida...
A segunda maneira é a criação de  conteúdo para o seu web site. A segunda maneira é mais difícil.Requer cérebro, tempo, ha...
Entretanto, se o conteúdo trouxer respostas que batem  com o quê as pessoas buscam na web, o Google  mostrará as páginas d...
De cada 100 pessoas que buscam alguma coisa no  Google, 25% clicam nos links patrocinados, 75%clicam nos links de conteúdo...
1. Apresente resultados interessantes sobre alguma pesquisa.    2. Mostre o estudo de caso de alguma coisa que você já fez...
Marketing de Guerilha
Quando o impacto é grande, o conteúdo é espontâneo
Guerrilha é um termo que se refere originalmente à  estratégia em que os combatentes se movem com       extrema rapidez, g...
A expressão foi reaproveitada para dar nome ao tipode ação de marketing que ocorre sem investimentosaltos e, na maioria do...
Ações de marketing de guerrilha acontecem fora das mídias convencionais justamente com o objetivo de surpreender o público...
NatGeo suspende blogueiro porganchos na Avenida PaulistaEm maio do ano passado, paraapresentar a série Tabu AméricaLatina,...
Post-it: a memória é frágilA post-it tinha uma boacirculação em escritórios eempresas, mas recebiapouca atenção deestudant...
Esta vaga não é sua nem por um             minuto   O filme ao lado faz parte dacampanha "Esta vaga não é sua nem por um mi...
Nissan cola adesivos em carros da           concorrente  Nos últimos anos, a Nissan tem lutado de uma maneira bastante  ag...
Gafe: ação da Procter causa temor no Rio                de Janeiro Em novembro de 2010, a P&G colocou em prática uma ação ...
Chuva de Twix virou fiasco em São PauloEm maio de 2010, a Mars causou euforia ao anunciar    uma suposta chuva de Twix em S...
Marketing viral
O marketing viral é o conjunto de ações de      marketing digital que visam criarrepercussão, o chamado buzz, o boca a boc...
No efeito viral, você transmite sua mensagempara um grupo de pessoas, chamados usuáriosalpha, que por alguma motivação, re...
Vou dar um exemplo. Se cem pessoas iniciais,   transmitem cada uma, no dia seguinte, amensagem para outras duas, e estas f...
O efeito viral sempre existiu. Todo     negócio se beneficia muito da                indicação boca a boca, de um cliente a...
Vídeo Viral que fez parte de          uma campanha da Nokia          no primeiro semestre de          2012. Esse vídeo foi...
Vocês tem que criar uma ação de Guerilha/ Viral- 30 minutos- orçamento de aproximadamente 2000 reais- promover uma livrari...
Sites de interesse aosprofissionais de comunicação
Sites de interesse aosprofissionais de comunicação
Buscadores              www. google.com.br                www.bing.comhttp://www.metacrawler.com- buscador avançado http:/...
Ler Links
Arquivos de páginashttp://archive.org/index.php
Recortando domínios
Utilidades do Google
Artigos Acadêmicos           http://lattes.cnpq.br/http://www.bu.ufsc.br/teses_nacionais.html          http://www.scielo.o...
Livros e ebooks      http://www.justfreebooks.info/es/         http://www.bookfinder.com/http://www.gutenberg.org/wiki/PT_P...
Slideshttp://www.slideshare.net   http://pt.scribd.com/
Fotografias   http://images.google.com/      http://www.flickr.com/    http://picasa.google.com/     http://www.freepik.com/...
Vídeos   http://www.youtube.com/http://www.google.es/videohp http://br.screen.yahoo.com/    http://www.blinkx.com/       h...
Áudio e Sons http://www.findsounds.com/ http://www.gengibre.com.br/http://www.freeplaymusic.com/
Blogs Grátishttp://www.blogger.com http://wordpress.com/
Baixar vídeos   http://www.keepvid.com/       Legendar vídeoshttp://captiontube.appspot.com/
Baixar vídeos   http://www.keepvid.com/       Legendar vídeoshttp://captiontube.appspot.com/           Editar sons    http...
Conversores           http://www.zamzar.com/http://www.youconvertit.com/ConvertFiles.aspx
Tradutoreshttp://translate.google.com/?hl=es&tab=wT#       http://br.bing.com/translator/
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Guerilha viral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Guerilha viral

103

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
103
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Guerilha viral"

  1. 1. Marketing de Conteúdo
  2. 2. O marketing de conteúdo é o conjunto de ações de marketing digital que visam produzir e divulgar conteúdo útil erelevante na Internet para atrair a atenção e conquistar o consumidor online.
  3. 3. Pense como você navega quandoprocura algo novo. Você vai no Google, digita um ou duas palavras chaves relacionadas ao que procura, por exemplo “cruzeiro mediterrâneo”.
  4. 4. Depois você analisa a lista resumo que o Google exibe na tela. Esta lista contémum título, que é o que você lê primeiro, e duas linhas de descrição.
  5. 5. Depois você analisa a lista resumo que o Google exibe na tela. Esta lista contémum título, que é o que você lê primeiro, e duas linhas de descrição. Se você encontrar algo útil para sua pesquisa, você clica na link no título, se Título não, você digita novamente outras palavras. Descrição
  6. 6. Se você não tiver conteúdo relevante, os consumidores não param no seu site. Se não tiver conteúdo relacionado ao que o seu consumidor busca, noprocesso de decisão de compra do seu produto ou serviço, ele sequer chegar? no seu site.
  7. 7. O marketing de conteúdo envolve diversas técnicas e ações, desde a correta concepção do site, otimização do site paraferramentas de busca (SEO), construção de um blog, e inúmeras outras. Visam tornar seu site visível para as ferramentas de buscam, como o Google, e atraente para o seu consumidor.
  8. 8. Não á como iniciar ações de marketing de conteúdo sem ter um público específico em mente.
  9. 9. Assim o conteúdo de um site passou a ser mais importante do que seu endereço (URL) ou a propaganda que se faz dele. Por maisque você anuncie na mídia on-line publicando banners em grandes portais, a maioria dos novos acessos começará mesmo pela busca por meio de palavras-chave.
  10. 10. Planeje o conteúdo que você pode produzir para este seu consumidor.Pense no que o seu consumidor busca na Internet antes de decidir a compra. Não produza conteúdo para você ou sua empresa. Produza conteúdo para atrair o seu cliente.
  11. 11. Não pense em produtos ou serviços,pense em informações úteis. Pense como o seu cliente pensaria, na frente do Google, quando procura um produto ou serviço fornecido por uma empresa como a sua.
  12. 12. A Home Page do seu web site é a suaCasa na Internet. Na frente da sua casa passa uma estrada de alta velocidade chamada Google por onde trafegammilhões de pessoas por segundo ávidas por encontrar respostas para as suas perguntas.
  13. 13. Existem duas maneiras de fazer a sua casa na internet ocupar um lugar de destaque perante essa grande avenida. A primeira maneira são os famosos links patrocinados - aquela tripa de anúncios que aparece ao lado direito da sua tela quando você faz buscas no Google.
  14. 14. A segunda maneira é a criação de conteúdo para o seu web site. A segunda maneira é mais difícil.Requer cérebro, tempo, habilidade para transformar informação em conhecimento, escrever,entendimento das necessidades do público-alvo e muito mais.
  15. 15. Entretanto, se o conteúdo trouxer respostas que batem com o quê as pessoas buscam na web, o Google mostrará as páginas do seu web site na primeira página do resultado de busca sem a necessidade de você ter que pagar por links patrocinados.Conteúdo é a grande moeda de troca da internet nos dias de hoje.
  16. 16. De cada 100 pessoas que buscam alguma coisa no Google, 25% clicam nos links patrocinados, 75%clicam nos links de conteúdo que o Google mostra no miolo da tela.
  17. 17. 1. Apresente resultados interessantes sobre alguma pesquisa. 2. Mostre o estudo de caso de alguma coisa que você já fez 3. Faça uma previsão sobre o que vai acontecer no futuro.4. Colecione o que as pessoas estão dizendo sobre um determinado assunto. 5. Dê uma missão ou projeto que o seu cliente possa realizar 6. Faça o cliente perceber que ao fazer negócios com você, ele estará fazendo parte de algo maior. 8. Faça o link para alguma coisa que o cliente precisa ler ou assistir. 9. Dê um ponto de vista para o cliente que seja diferente do ponto de vista da galera 10. Resuma um tópico ou uma questão. 11. Explique o que determinada tecnologia significa. 12. Estimule o cliente a participar de um debate ou diálogo 13. Faça a resenha de um produto ou serviço que ajude o cliente a tomar decisões. 14. Faça as pessoas refletirem sobre alguma coisa.
  18. 18. Marketing de Guerilha
  19. 19. Quando o impacto é grande, o conteúdo é espontâneo
  20. 20. Guerrilha é um termo que se refere originalmente à estratégia em que os combatentes se movem com extrema rapidez, geralmente com poucosequipamentos, mas contam com ataques-surpresa aos inimigos. Nesses casos, o investimento em material bélico não é grande, mas guerrilheiros conhecem muito bem o terreno de combate e, muitas vezes, contam com a ajuda da população.
  21. 21. A expressão foi reaproveitada para dar nome ao tipode ação de marketing que ocorre sem investimentosaltos e, na maioria dos casos, em uma curta duraçãode tempo, mas suficiente para chamar a atenção de um grande número de pessoas.
  22. 22. Ações de marketing de guerrilha acontecem fora das mídias convencionais justamente com o objetivo de surpreender o público e gerar conteúdo espontâneonas mídias sociais. Por esse motivo, precisam "sair do quadrado", ser criativas, extremamente originais e impactantes.
  23. 23. NatGeo suspende blogueiro porganchos na Avenida PaulistaEm maio do ano passado, paraapresentar a série Tabu AméricaLatina, que teria como tema práticasculturais de comunidades latino-americanas, o canal de TV porassinatura NatGeo promoveu umaperformance de suspensão corporalem plena Avenida Paulista, em SãoPaulo.Na apresentação, o canal colocou oblogueiro Rafael Mendes penduradoem posição vertical por dois ganchosinseridos em sua pele na região dosombros. Mendes foi suspensolentamente de 10 em 10 metros atéalcançar uma altura de 50 metros dochão, onde ficou por cerca de duashoras.A suspensão aconteceu em umestacionamento no cruzamento daAvenida Paulista com a Rua daConsolação, e foi inteiramentegravada. O blogueiro foi suspenso porum guindaste.Para disseminar a ação, a hashtag#tabu foi criada e a participação dosinternautas foi estimulada pelo perfil@NatGeo_BR. Os tuítes podiam seracompanhados tanto pelo Twitterquando pelo site da ação, em que asuspensão foi transmitida ao vivo emum player de vídeo. O blogueirotambém pode interagir com o públicoque o assistia, mandando recados emuma minilousa.
  24. 24. Post-it: a memória é frágilA post-it tinha uma boacirculação em escritórios eempresas, mas recebiapouca atenção deestudantes. A ação demarketing de guerrilhapromovida pela marcabuscava, portanto, atingiresse público e conseguirestabelecer uma conexãocom as necessidades dele.Na porta de uma dasprincipais universidades doPeru, a marca instalou umletreiro feito de gelo, com aseguinte frase esculpida:"Devolver o livro de inglês".Com o decorrer do dia, ogelo foi derretendo,desmanchando amensagem e reforçando aideia de que assim como ogelo, a memória era frágile não se podia confiarmuito nela.A intervenção foi criadapela agência El GarajeLowe, do Peru.
  25. 25. Esta vaga não é sua nem por um minuto O filme ao lado faz parte dacampanha "Esta vaga não é sua nem por um minuto", idealizada pela agência The Getz, de Curitiba. Ativada nas redes sociais e em blogs, a campanha surgiu porcausa de um incidente envolvendoa empresária Mirella Prosdócimo e uma motorista, e procura conscientizar as pessoas sobre o devido respeito às vagas exclusivas para cadeirantes. O filme, gravado com câmeras escondidas, mostra o que acontece quando a situação se inverte, e uma cadeira de rodas é estacionada em uma vaga"normal", com a justificativa de que "é apenas por um minutinho". Houve quem leu a mensagem e"entendeu o recado", mas também surgiram os irritados. Nesses casos, as pessoas simplesmentedesceram do carro e removeram a cadeira de rodas do local.
  26. 26. Nissan cola adesivos em carros da concorrente Nos últimos anos, a Nissan tem lutado de uma maneira bastante agressiva para atingir uma fatiamaior de consumidores, e isso nãose restringe ao mercado nacional.Em uma ação feita em Dusseldorf, na Alemanha, a marca colou adesivos no vidro dianteiro dos modelos Porsche, principal concorrente do modelo GT-R lançado pela japonesa. Os adesivos, que davam aimpressão de que o Nissan estavana frente do Porsche, continham a mensagem "Gostaria de ver por outra perspectiva?"Resultado: Com duas semanas de campanha, a Nissan obteve umaumento de 23% no test drive deseus carros. Assista ao vídeo da campanha ao lado.
  27. 27. Gafe: ação da Procter causa temor no Rio de Janeiro Em novembro de 2010, a P&G colocou em prática uma ação de marketing de guerrilha que acabou causando amobilização da polícia no Rio de Janeiro, além de medo na população e constrangimentos para a marca.Pela estratégia, que seria um teaser parauma campanha, foram espalhadas várias arcas de madeira em diferentes regiões da cidade. As estranhas caixas, no entanto, abandonadas sem qualquer explicação, acabaram gerando desconfiança da população, levando-se em conta que o Rio de Janeiro chegava então ao quarto dia de uma onda de ataques por parte de grupos traficantes.Com o temor de que as caixas pudessem conter explosivos, o Esquadrão Antibombas foi acionado. Feita de forma inadequada para um momento tão delicado para a cidade, a ação atingiu diretamente a populaçãoaumentando a sensação de insegurança e causando o isolamento de várias ruas.O fato ainda foi coberto intensamente pelamídia, que acompanhou todo o desfecho e colocou a marca P&G em exposição.
  28. 28. Chuva de Twix virou fiasco em São PauloEm maio de 2010, a Mars causou euforia ao anunciar uma suposta chuva de Twix em São Paulo. A campanha viral foi disseminada pelas principaisredes sociais com sucesso, chamou atenção e ate aí tudo parecia indicar uma estratégia criativa a caminho.O local escolhido foi um estacionamento da Avenida Paulista, e a ação foi executada numa tarde dedomingo, começando pontualmente. A partir daí, no entanto, a organização do evento desmoronou. A forma desigual de distribuição de chocolates, jogados manualmente, misturados com uma grande quantidade de papel picado, foi motivo de descontentamento das cerca de 2 mil pessoaspresentes, munidas de guarda-chuvas para arrecadar os doces. Outra consideração ressaltada nas redes sociais foi a impossibilidade de acesso ao local, já que a área da ação foi restringida após um determinado horário. As críticas acabaram expostas principalmente noTwitter e em blogs, gerando inclusive uma página deprotesto exclusiva para a ação, e acabaram criandouma polêmica que colocou a hashtag #chuvadetwix no Trending Topics Brasil.Uma ação que poderia ter gerado grande reputaçãopara a marca acabou, por fim, comprometendo sua credibilidade em poucos minutos.
  29. 29. Marketing viral
  30. 30. O marketing viral é o conjunto de ações de marketing digital que visam criarrepercussão, o chamado buzz, o boca a boca,uma grande repercussão da sua mensagem de uma para milhares ou milhões de pessoas.É uma poderosa ferramenta que permite atingir muitas pessoas na Internet, e propagar sua mensagem
  31. 31. No efeito viral, você transmite sua mensagempara um grupo de pessoas, chamados usuáriosalpha, que por alguma motivação, retransmitem esta mensagem para outras pessoas. Se na média cada pessoa transmitir a mensagempara mais do que uma pessoa, então acontece o efeito viral.
  32. 32. Vou dar um exemplo. Se cem pessoas iniciais, transmitem cada uma, no dia seguinte, amensagem para outras duas, e estas fazem o mesmo no próximo dia, em uma semana sua mensagem atingir mais de doze mil pessoas.Mas o mais interessante é que se o efeito viral permanecesse nesta média, em um mês sua mensagem acabaria atingindo mais de 50 milhões de pessoas. Este é o efeito viral.
  33. 33. O efeito viral sempre existiu. Todo negócio se beneficia muito da indicação boca a boca, de um cliente atual para um novo cliente. Mas na Internet ele ganhou abrangência e velocidade.Isso transformou o efeito viral em uma ferramenta viável de marketing
  34. 34. Vídeo Viral que fez parte de uma campanha da Nokia no primeiro semestre de 2012. Esse vídeo foi muito comentado e compartilhado, pois muitos acreditaram que era verdade. Após a Nokia anunciar que era uma propaganda com cunho de marketing viral, houve algum descontentamento por parte das pessoas que acreditaram na história. Em contrapartida, muitas pessoas gostaram da ideia da Nokia. Enfim, os virais são peças que mexem com os públicos (muitas vezes, públicos amplos), e que chegam até a provocar uma reação através da interação com a proposta. Neste caso, o Perdi Meu Amor na Balada levou muitas pessoas a compartilhar e procurar ajudar o protagonista a encontrar o seu amor.TRIDENT
  35. 35. Vocês tem que criar uma ação de Guerilha/ Viral- 30 minutos- orçamento de aproximadamente 2000 reais- promover uma livraria de pequeno porte,pet-shop ou uma auto escola- focar no publico alvo e no tipo de atividade
  36. 36. Sites de interesse aosprofissionais de comunicação
  37. 37. Sites de interesse aosprofissionais de comunicação
  38. 38. Buscadores www. google.com.br www.bing.comhttp://www.metacrawler.com- buscador avançado http://www.copernic.com/ (pesquisa também no computador)
  39. 39. Ler Links
  40. 40. Arquivos de páginashttp://archive.org/index.php
  41. 41. Recortando domínios
  42. 42. Utilidades do Google
  43. 43. Artigos Acadêmicos http://lattes.cnpq.br/http://www.bu.ufsc.br/teses_nacionais.html http://www.scielo.org/ http://www.bocc.ubi.pt/
  44. 44. Livros e ebooks http://www.justfreebooks.info/es/ http://www.bookfinder.com/http://www.gutenberg.org/wiki/PT_Principal http://portugues.free-ebooks.net/ http://www.elivros-gratis.net http://livrosgratis.net/ http://www.dominiopublico.gov.br
  45. 45. Slideshttp://www.slideshare.net http://pt.scribd.com/
  46. 46. Fotografias http://images.google.com/ http://www.flickr.com/ http://picasa.google.com/ http://www.freepik.com/ http://www.grafamania.net/ http://sxc.hu/http://www.freedigitalphotos.net/
  47. 47. Vídeos http://www.youtube.com/http://www.google.es/videohp http://br.screen.yahoo.com/ http://www.blinkx.com/ http://lockerz.com/ http://vimeo.com/
  48. 48. Áudio e Sons http://www.findsounds.com/ http://www.gengibre.com.br/http://www.freeplaymusic.com/
  49. 49. Blogs Grátishttp://www.blogger.com http://wordpress.com/
  50. 50. Baixar vídeos http://www.keepvid.com/ Legendar vídeoshttp://captiontube.appspot.com/
  51. 51. Baixar vídeos http://www.keepvid.com/ Legendar vídeoshttp://captiontube.appspot.com/ Editar sons http://soundation.com/
  52. 52. Conversores http://www.zamzar.com/http://www.youconvertit.com/ConvertFiles.aspx
  53. 53. Tradutoreshttp://translate.google.com/?hl=es&tab=wT# http://br.bing.com/translator/
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×