E folio c psicologiapower point lidia soares
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

E folio c psicologiapower point lidia soares

on

  • 380 views

 

Statistics

Views

Total Views
380
Views on SlideShare
378
Embed Views
2

Actions

Likes
1
Downloads
1
Comments
0

1 Embed 2

http://www.slideshare.net 2

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    E folio c psicologiapower point lidia soares E folio c psicologiapower point lidia soares Presentation Transcript

    • E-folio C Psicologia
      Lidia Soares
      Numero de aluna 801718
      Na Juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dela.(J.J. Rousseau).
    • Na nossa sociedade como é vista a chegada da fase mais madura do adulto, a velhice?
    • A velhice não é senão, uma nova fase da viagem pela vida, em que quando se volta para trás vê-se o que se fez … ou o que não se fez. Mas a idade da velhice é biopsicossocial pois não é igual para todos. Uns com 65 anos se acham velhos porque já estão na reforma, outros só se acham velhos a partir dos 75 anos. Há que saber, é aproveitar cada momento.
    • Na China é velhice é vista como um posto de sabedoria e de sapiência. Porque razão nós ocidentais, não o fazemos?
    • A velhice é natural, vulnerável, é universal e inevitável assim como irreversível. Com a velhice vêm uma serie de alterações físicas, cognitivas, sensoriais
    • - O rosto fica mais enrugado, - Há uma perda de audição, de visão e de mobilidade, - As dores no corpo aumentam, - O cansaço faz-se sentir com mais facilidade.
    • E além de todo isto a idade também traz a reforma, o sentimento de inutilidade, o sentimento de incapacidade. Mas temos de aprender a aproveitar os bons lados.
    • Tem-se mais tempo para si próprio e para os outros. Pode-se viajar e descobrir o país em que se vive ou outro. Praticar desporto, aprender musica, línguas estrangeiras, fazer parte de um grupo recreativo ou voltar a estudar
    • As pessoas não podem aceitar a velhice como sendo pejorativo, em que se entra num estado de vegetação, onde não se contribuiu com nada, pois o legado da idade para os mais novos é muito importante e precioso. A sociedade tem um papel fundamental na forma como se encara a velhice e o que dela se faz.
    • A velhice é um posto. E como se costuma dizer: “Velhos são os trapos.” O envelhecimento deve ser só físico pois a mente deve ficar sempre jovem.