Vulcões

50,123 views

Published on

Riscos e Catastrofes.
Trabalho de Ana Teresa Araújo

Published in: Technology, Education

Vulcões

  1. 1. Escola EBI de Silvares Sº Martinho Riscos e Catástrofes <ul><li>Trabalho elaborado por: </li></ul><ul><li>Ana Araújo nº 2 </li></ul>
  2. 2. Escola EBI de Silvares S. Martinho Os vulcões….um fenómeno com muitas incógnitas por desvendar…. Disciplina: Geografia Professora: Lídia Mendes
  3. 3. Índice: <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>2. Vulcões </li></ul><ul><li>2.1. O que é um vulcão </li></ul><ul><li>3. Constituição do vulcão </li></ul><ul><li>4. Causas da ocorrência de vulcões </li></ul><ul><li>5. Previsão de erupções </li></ul><ul><li>6. Sítios onde é frequente ocorrerem vulcões </li></ul><ul><li>7. Consequências do Vulcanismo </li></ul><ul><li>8. Como nos precavermos em situação de ocorrência de vulcões </li></ul><ul><li>9. Anexos </li></ul><ul><li>10. Conclusão </li></ul><ul><li>11. Bibliografia </li></ul>
  4. 4. 1. Introdução <ul><li>A palavra “Vulcão” deriva do nome do Deus Fogo. Muito se tem estudado e pesquisado sobre este fenómeno natural. Actualmente sabe-se muito sobre vulcões, desde a génese aos tipos de vulcões, ao seu comportamento e até mesmo às suas ligações externas. </li></ul><ul><li>No entanto este fenómeno pode ser arrasador, mortífero e assassino. </li></ul><ul><li>Então como é que se poderá afirmar que o vulcão traz benefícios para o nosso planeta? E que tipo de benefícios? </li></ul><ul><li>Ao longo deste trabalho vamos tentar descobrir um pouco mais sobre vulcões………espero que vocês gostem e se divirtam ao lê-lo………e o mais importante de tudo……… que aprendam alguma coisa!!! </li></ul>
  5. 5. 2. Vulcões <ul><li>2.1. O que é um vulcão? </li></ul><ul><li>Vulcão é uma estrutura geológica criada quando gases, magma e partículas quentes como por exemplo a cinza conseguem “fugir” para a superfície terrestre. Os vulcões libertam altas quantidades de poeiras, gases e aerossóis na atmosfera, podendo causar uma descida de temperatura temporária. Os vulcões são frequentemente considerados causadores de poluição natural. </li></ul><ul><li>Normalmente, os vulcões apresentam uma forma cónica e montanhosa. </li></ul>
  6. 6. 3. Constituição dos vulcões? <ul><li>2- cratera - abertura principal do vulcão por onde a lava é expelida para o exterior. </li></ul><ul><li>3. cone adventício – é formado pelos materiais sólidos expelidos durante a erupção, que ficaram acumulados em torno da cratera. </li></ul><ul><li>4. chaminé vulcânica – canal de forma cilíndrica, pelo qual, no momento das erupções, ascendem materiais em fusão (magma). </li></ul><ul><li>9. câmara magmática – depósito de magma em comunicação com a cratera através da chaminé. </li></ul>
  7. 7. 4. Causas da ocorrência de vulcões? Os vulcões estão associados à actividade tectónica. A sua maioria ocorre nas margens das enormes placas da litosfera, a camada superficial da Terra. No entanto os vulcões que se formam no meio de placas são um importante evidência da direcção e da velocidade a que a placa se movimenta. Pode-se dizer que há ocorrência de vulcões quando há choque entre duas placas litosféricas.
  8. 8. 5. Sítios onde a ocorrência de vulcões é frequente? Os vulcões não se distribuem uniformemente na superfície terrestre. A maioria dos vulcões activos localizam-se em zonas da terra onde existem limites entre as placas tectónicas. A maior parte dos vulcões situa-se na costa do Pacífico que é chamada de Anel de fogo do Pacífico (1) . Outros vulcões distribuem-se pelo Mediterrâneo, formando assim a Cintura Mediterrânica (3) , ou ao longo das dorsais oceânicas, como na Dorsal Médio-Atlântica .(2) 1 2 3
  9. 9. 6. Como nos precavermos em situações de ocorrência de vulcões? Quando um vulcão está adormecido e começa a dar sinais, dificilmente ele começa de uma vez só, ele começa um ciclo evolutivo, desde fumaça, até outras manifestações, que, então, passam a ser monitorizadas. Um vulcão extinto normalmente já sofreu até a erosão do seu edifício vulcânico, por isso a actividade vulcânica já cessou. Até pode surgir outro vulcão, em qualquer outro novo lugar. Basicamente não dá para prever onde irá surgir um novo vulcão, mas, num vulcão adormecido, podem ser acompanhados os tremores de terra associados ao vulcanismo (através de sismógrafos), para além das medições de altura do edifício vulcânico (técnica conhecida como inflação e deflação) já que ocorre um inchamento e expansão característicos antes da erupção. (Outros factores podem ser observados, como fenómenos meteorológicos por exemplo).
  10. 10. 7. Consequência do vulcanismo? <ul><li>A erupção de um vulcão é considerada um grave desastre natural, por vezes de consequências planetárias. Assim como outros desastres dessa natureza, são imprevisíveis e causam danos indiscriminados. Entre outras coisas, fazem com que se desvalorizem os imóveis perto dos vulcões, prejudicam o turismo e destroem zonas históricas em reconstrução, e também provocam bastantes mortes. No nosso planeta os vulcões tendem a formar-se junto das margens das placas continentais. (No entanto existem excepções quando os vulcões ocorrem em zonas chamadas de hot spots -pontos quentes). Mas a actividade vulcânica também tem benefícios tais como: </li></ul><ul><li>Aquecimento de habitações e estufas; </li></ul><ul><li>Atracção turística; </li></ul><ul><li>Fornecem materiais valiosos como: ouro, prata e cobre; </li></ul><ul><li>Formação de aglomerados populacionais; </li></ul><ul><li>Importância medicinal: fontes termais; </li></ul><ul><li>Produção de energia eléctrica -centrais geotérmicas; </li></ul><ul><li>Turismo – géisers; fumarolas; fontes termais e caldeiras. </li></ul>
  11. 11. 8. Curiosidades A palavra “Vulcão” deriva do nome do Deus do Fogo na Mitologia Romana “ Vulcano” (e em Grego Hefestos ). A ciência que estuda os vulcões designa-se Vulcanologia . “ Platão(427-347) suspeitava da existência de uma corrente de fogo no interior da Terra como fonte causadora dos vulcões.” “ Poseidônio (século II a.C.) acreditava que o ar comprimido em cavernas subterrâneas seria a causa do fogo eterno do fenómeno, e durante a idade média, relacionava-se o fogo eterno do inferno com as profundezas da crosta terrestre.
  12. 12. 9. Conclusão Desde a antiguidade, diria mesmo, desde o aparecimento do nosso Planeta, o Homem está constantemente à procura de algo mais. Será que procura apaziguar a Natureza, tentando evitar a todo o custo a erupção dos vulcões, ou pelo contrário, maltrata-a de tal maneira que o nosso planeta vive em constante perigo? Gosto de pensar que o homem pretende com a sua pesquisa, com todo a seu conhecimento, tentar encontrar uma maneira de vencer os vulcões...
  13. 13. 10. Bibliografia <ul><li>Livros consultados: </li></ul><ul><li>Livro de Geografia do 7º ano “À Descoberta”- </li></ul><ul><li>Autores – Raul Castelão </li></ul><ul><li>- Maria João Matos </li></ul><ul><li>Editora – Porto Editora </li></ul><ul><li>Livro de Ciências 7º ano “Bioterra” </li></ul><ul><li>Autores – Lucinda Motta </li></ul><ul><li>- Maria dos Anjos Viana </li></ul><ul><li>Editora – Santillana (Constância) </li></ul><ul><li>Outras pesquisas: </li></ul><ul><li>Internet – vulcões (wikipédia) </li></ul>
  14. 14. Sobre a autora: <ul><li>Nome: Ana Teresa Alves Araújo </li></ul><ul><li>Data de nascimento: 15/05/1994 </li></ul><ul><li>Natural de: Regadas – Fafe </li></ul><ul><li>Profissão: estudante </li></ul><ul><li>Ano que frequenta: 7ºA </li></ul>

×