• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
História apartheid2
 

História apartheid2

on

  • 533 views

 

Statistics

Views

Total Views
533
Views on SlideShare
469
Embed Views
64

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

3 Embeds 64

http://elianadinalo.blogspot.com.br 45
http://elianadinalo.blogspot.com 18
http://elianadinalo.blogspot.cz 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    História apartheid2 História apartheid2 Presentation Transcript

    • Escola Estadual Prof. Apoenan de Abreu Teixeira Série: 7° ano Disciplina: História Profª. Eliana Soares Oliveira Dinalo Vídeo Escolhido: Globalização e Desigualdades Socias Conteúdo que irá ministrar: Apartheid na África Sul Objetivos: Compreender e valorizar a história da cultura africana Questões a serem trabalhadas com os alunos para provocar reflexão sobre o conteúdo: - História da África, escravidão, contribuição dos africanos na história da cultura brasileira, persistência e garra dos povos africanos, etc.
    • O APARTHEID
        • Foi um dos regimes de discriminação mais cruéis de que se tem notícia no mundo. Ele aconteceu na África do Sul de 1948 até 1990 e durante todo esse tempo esteve ligado à política do país. A antiga Constituição sul-africana incluía artigos onde era clara a discriminação racial entre os cidadãos, mesmo os negros sendo a maioria na população.
      O que foi mesmo o apartheid ? Em 1487, quando o navegador português Bartolomeu Dias dobrou o Cabo da Boa Esperança, os europeus chegaram à região da África do Sul. Nos anos seguintes, a região foi povoada por holandeses, franceses, ingleses e alemães. Os descendentes dessa minoria branca começaram a criar leis, no começo do século XX, que garantiam o seu poder sobre a população negra. Essa política de segregação racial, O Apartheid , ganhou força e foi oficializado em 1948, quando o Partido Nacional, dos brancos, assumiu o poder. Como surgiu esse regime?
    • Quem e o que ele atingia? O Apartheid , atingia a habitação, o emprego, a educação e os serviços públicos, pois os negros não podiam ser proprietários de terras, não tinham direito de participação na política e eram obrigados a viver em zonas residenciais separadas das dos brancos. Os casamentos e relações sexuais entre pessoas de raças diferentes eram ilegais. Os negros geralmente trabalhavam nas minas, comandados por capatazes brancos e viviam em guetos miseráveis e superpovoados. Negros eram proibidos de entrar em greve. As leis do passe se tornaram mais rígidas, e o número de nativos presos duplicou. O apartheid foi adotado ainda, nas Universidades, para restringir os estudantes negros. Os parques foram fechados aos “não-brancos”, o mesmo acontecendo com as bibliotecas. As praias eram segregadas; normalmente as melhores – e mais seguras – estavam reservadas aos brancos. Salas de concerto e cinema eram vedados a negros, mesmo nas poucas áreas do país onde tais leis restritivas ainda não haviam sido implantadas.
    • Na educação, o governo não só decretou a separação das escolas como uma educação especial para os negros. O dr. H.F. Verwoerd, que mais tarde se tornaria primeiro-ministro, disse claramente que, se um aluno negro, “em qualquer escola existente, estivesse sendo ensinado a esperar uma política de direitos iguais quando adulto, estaria cometendo um grande erro. Não há lugar para ele na comunidade européia acima de certos tipos de trabalho...” Para lutar contra essas injustiças, os negros acionaram o Congresso Nacional Africano - CNA, uma organização negra clandestina, que tinha como líder Nelson Mandela. Após o massacre de Sharpeville, o CNA optou pela luta armada contra o governo branco, o que fez com que Nelson Mandela fosse preso em 1962 e condenado à prisão perpétua. A partir daí, o apartheid tornou-se ainda mais forte e violento, chegando ao ponto de definir territórios tribais chamados Bantustões, onde os negros eram distribuídos em grupos e ficavam amontoados nessas regiões. A partir de 1975, com o fim do império português na África, lentamente começaram os avanços para acabar com o apartheid. A comunidade internacional e a Organização das Nações Unidas - ONU faziam pressão pelo fim da segregação racial. Em 1991, o então presidente Frederick de Klerk não teve outra saída: condenou oficialmente o apartheid e libertou líderes políticos, entre eles Nelson Mandela.
    • A partir daí, outras conquistas foram obtidas: o Congresso Nacional Africano foi legalizado, De Klerk e Mandela receberam o Prêmio Nobel da Paz (1993), uma nova Constituição não-racial passou a vigorar, os negros adquiriram direito ao voto e em 1994 foram realizadas as primeiras eleições multirraciais na África do Sul e Nelson Mandela se tornou presidente da África do Sul. O futuro da África, portanto, tornou-se uma incógnita, pois o colonialismo, o neocolonialismo e a globalização da miséria não mostram perspectivas para o continente de origem do homem.
    • Nelson Rolihlahla Mandela ( Mvezo , 18 de julho de 1918 ) é um advogado , ex-líder rebelde e ex- presidente da África do Sul de 1994 a 1999 . Principal representante do movimento antiapartheid , como ativista, sabotador e guerrilheiro. Considerado pela maioria das pessoas um guerreiro em luta pela liberdade, era considerado pelo governo sul-africano um terrorista . Passou a infância na região de Thembu, antes de seguir carreira em Direito . Em 1990 foi-lhe atribuído o Prêmio Lênin da Paz , que foi recebido em 2002 .