• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
GG03 - CLIMAS E BIOMAS BRASILEIRO
 

GG03 - CLIMAS E BIOMAS BRASILEIRO

on

  • 2,237 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,237
Views on SlideShare
2,068
Embed Views
169

Actions

Likes
1
Downloads
179
Comments
1

3 Embeds 169

http://www.linguagemgeografica.blogspot.com.br 99
http://linguagemgeografica.blogspot.com.br 69
http://linguagemgeografica.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Excelentes aulas em power point, bem explicativo...
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    GG03 - CLIMAS E BIOMAS BRASILEIRO GG03 - CLIMAS E BIOMAS BRASILEIRO Presentation Transcript

    • GG03 CLIMAS E BIOMAS  Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
    • CLIMA  Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
    • TEMPERATURA  ISOTERMAS: são linhas, que em um mapa meteorológico, representa as regiões onde existem igualdade no valor da temperatura atmosférica.
    • LATITUDE  Quanto maior a latitude, distância da linha do Equador, mais frio será o clima da região, devido a inclinação da Terra que distribui de forma desigual a insolação na superfície. Linha do Equador Trop. Capricórnio Trop. Câncer
    • ALTITUDE  Quanto maior a altitude do relevo, mais frio será o clima da região.
    • CONTINENTALIDADE E MARITIMIDADE  A água é um regulador térmico, ou seja, quanto mais próximo do oceano menor vai ser a amplitude da temperatura (diferença entre a máxima e a mínima). Exemplo: Niterói, no litoral : Amplitude de 2 ºC Londrina, no continente : Amplitude de 8 ºC
    • CONTINENTALIDADE E MARITIMIDADE  OCEANO PACÍFICO OCEANO ATLÂNTICO OCEANO ÍNDICO GLACIAL ÁRTICO GLACIAL ANTÁRTICO Linha do Equador HEMISFÉRIO NORTE – HEMISFÉRIO DAS TERRAS HEMISFÉRIO SUL – HEMISFÉRIO DAS ÁGUAS
    • PRESSÃO ATMOSFÉRICA  Pressão Atmosférica Força que o ar exerce na superfície da terra e é medida pelo barômetro. Altitude: Quanto mais próxima do nível do mar, mais gases, portanto, maior pressão. Temperatura: O ar quente dilata e fica mais leve, logo, quanto mais quente a pressão é menor. Regiões EQUATORIAIS baixa pressão Regiões POLARES alta pressão. Os deslocamentos dessas massas ocorrem: ALTA PRESSÃO –(Baixa temperatura e alta densidade) para uma área de BAIXA PRESSÃO - (Temperatura alta e densidade baixa)
    • CICLONAL E ANTICICLONAL  Os ventos se originam de áreas: ANTICICLONAIS  Frias  Alta Pressão  Dispersoras CICLONAIS  Quentes  Baixa Pressão  Receptoras
    • VENTOS PERIÓDICOS  Brisas e Monções.
    • CLIMA NA ÁSIA  Clima de Monções:  Grande quantidade de chuva durante o verão  Durante o inverno longos períodos de seca  Este clima é peculiar a região asiática e é conhecido pelas grandes enchentes que causa durante o verão.
    • TIPOS DE CHUVAS  CHUVAS CONVECTIVAS: São chuvas causadas pelo movimento de massas de ar mais quentes que sobem e condensam. As chuvas convectivas ocorrem principalmente, devido à diferença de temperatura nas em camadas próximas da atmosfera terrestre. São caracterizadas por serem de curta duração porém de alta intensidade e abrangem pequenas áreas. Típicas do verão brasileiro.
    • TIPOS DE CHUVAS  CHUVAS FRONTAIS: Chuvas frontais são causadas pelo encontro de uma massa fria (e seca) com outra quente (e úmida), típicas das latitudes médias, como as de inverno no Brasil
    • TIPOS DE CHUVAS  CHUVAS OROGRÁFICAS: É originada quando uma massa de ar úmido que se desloca, encontra uma barreira topográfica (serra, montanha, etc), e é forçada a elevar-se, ocorrendo queda de temperatura seguida da condensação do vapor d’água e formação de nuvens.
    • OS DIFERENTES TIPOS DE CLIMAS  Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
    • DIFERENÇAS ENTRE CLIMA E TEMPO  TEMPO: Representa as condições meteorológicas passageiras de um lugar. Exemplo: Quando está chovendo, nublado ou o dia está ensolarado. CLIMA: Conjunto de fenômenos meteorológicos que caracteriza o estado médio da atmosfera na superfície terrestre. Para definir o clima de uma região, as condições são acompanhadas por um período de 30 anos. Exemplo: Tropical, Equatorial, Subtropical, Desértico entre outros.
    • ELEMENTOS E FATORES CLIMÁTICOS - LATITUDE  TROPICAIS:  Situada entre os trópicos  Latitudes Baixas  Climas Quentes  Baixa Amplitude térmica  Na maioria úmidos 23º27´ N 23º27´ S 0º
    • ELEMENTOS E FATORES CLIMÁTICOS - LATITUDE  TEMPERADOS:  Situada entre os trópicos e os círculos polares  Zonas de latitudes médias  Significativa amplitude térmica anual  Quatro estações do ano bem caracterizadas 66º33´S 66º33´ N 23º27´ N 23º27´ S
    • ELEMENTOS E FATORES CLIMÁTICOS - LATITUDE  FRIOS:  Latitudes superiores à dos círculos polares  Zonas de grandes latitudes  Climas frios e secos  Dias e noites polares 66º33´ S 66º33´ N 90º N 90º S
    • ELEMENTOS E FATORES CLIMÁTICOS - TEMPERATURA   QUENTES  TEMPERADOS QUENTES  TEMPERADOS FRIOS  POLARES
    • BRASIL CLIMAS  Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
    • BRASIL CLIMAS  Em decorrência do Brasil se encontrar em sua maior parte na zona intertropical os climas brasileiros são predominantemente quentes e úmidos com as seguintes características:  Temperaturas médias superiores a 18ºC  Amplitude térmica inferior a 6ºC  Diferença de estações caracterizadas pelo regime pluviométrico  Circulação atmosférica controlada pela Zona de Convergência Intertropical (ZCIT)  Baixas pressões equatoriais  Ventos alísios  Altas pressões subtropicais
    • BRASIL CLIMAS  Podemos dizer que clima é a sucessão habitual dos estados do tempo, observados durante um período. Logo clima e tempo são duas coisas distintas.
    • CLIMOGRAMAS  SEMIÁRIDO: Temperaturas altas e pouca pluviosidade EQUATORIAL: Temperaturas altas e alta pluviosidade. Baixa amplitude térmica.
    • CLIMOGRAMAS  TROPICAL TÍPICO: Duas estações bem definidas e grande amplitude térmica. TROPICAL DE ALTITUDE: Duas estações bem definidas e grande amplitude térmica.
    • CLIMOGRAMAS  SUBTROPICAL: Chuvas bem distribuídas durante o ano e grande amplitude térmica. Clima da Região Sul do Brasil
    • MASSAS DE AR  As massas de ar têm características próprias de:  Temperatura  Pressão  Umidade Que identificam seu lugar de origem.
    • MASSAS DE AR – INFLUÊNCIA VERÃO E INVERNO 
    • MASSAS DE AR - RESUMO  Massa Equatorial Continental (mEc): Quente e úmida Massa Equatorial Atlântica (mEa): Quente e úmida Massa Tropical Atlântica (mTa): Quente e úmida Massa Tropical Continental (mTc): Quente e seca Massa Polar Atlântica (mPa): Fria e úmida Não esquecer o fenômeno da friagem no sul da Amazônia causado pela queda da temperatura devido a penetração da mPa.
    • CPTEC / INPE 
    • VEGETAÇÃO BRASILEIRA  Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
    • AMAZÔNIA  Encontramos na Amazônia uma grande biodiversidade e também a maior bacia hidrográfica do mundo. Sua área vem sendo desmatada para a agricultura, pecuária e mineração.
    • OCUPAÇÃO DA AMAZÔNIA  A SUDAM ( Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) financiou projetos nas seguintes áreas: agropecuária, mineração, industria, transporte entre outros em busca de um desenvolvimento e um povoamento da Amazônia, área esta que passou a se chamar Amazônia Legal. O resultado não foi o esperado, pois a distância entre as agrovilas e as idades, e a falta de recurso como educação e saúde impediram seu desenvolvimento.
    • CAATINGA  Localizada no Sertão Nordestino a Caatinga tem como principais características solos rasos e pobres, plantas xerófilas como árvores de pequeno porte e retorcidas resultado da pequena quantidade de chuva na região.
    • PANTANAL  O Complexo do Pantanal, é um bioma constituído principalmente por uma savana estépica, alagada em sua maior parte, com 250 mil km2 de extensão e altitude média de 100 metros, sendo assim uma região de planície. Neste bioma encontramos espécies características de outros biomas brasileiro.
    • CERRADO  Caracteriza-se pela presença de arbustos e árvores dotados de raízes profundas, troncos e galhos retorcidos, seus solos são geralmente muito profundos, antigos e com poucos nutrientes porém com os avanços tecnológicos na agricultura o cerrado se tornou o maior produtor de soja do Brasil. O cerrado também é conhecido como caixa d água, pois as nascentes de grandes rios, se encontram ali.
    • MATA ATLÂNTICA  Considerada a quinta área mais ameaçada do mundo, a Mata Atlântica é uma formação vegetal brasileira que originalmente se estendia do Rio Grande do Sul até o Piauí, mas por se localizar em uma região de fácil acesso e que foi rapidamente colonizada (62% da população brasileira se encontra em região de Mata Atlântica) é o bioma brasileiro que mais sofreu (e sofre) com a ocupação do homem. Atualmente restam apenas 8% de sua cobertura original.
    • MATA DE COCAIS  Mata dos cocais corresponde a uma formação vegetal que se encontra entre a floresta Amazônica, a caatinga e o cerrado, é considerada uma área de transição dos domínios citados. A árvore símbolo da mata de cocais é o babaçu utilizado na produção de óleo vegetal, lubrificantes, além de cosméticos, mas também são encontrados, em menor quantidade, o buriti que fornece frutos comestíveis que se extrai óleo vegetal e a carnaúba utilizada em cosméticos e produtos farmacêuticos.
    • MATA DE ARAUCÁRIAS  As florestas de Araucárias são encontradas praticamente no sul do país onde o clima é subtropical e a temperatura é baixa. Ocorre naturalmente acima dos 500 metros de altitude. No Paraná, onde 40% do seu território era coberta por Araucárias, resta apenas cerca de 0,8%.