Agentes Modeladores do Relevo (Externos ou Exógenos)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Agentes Modeladores do Relevo (Externos ou Exógenos)

on

  • 27,869 views

As principais informações desta apresentação são: ...

As principais informações desta apresentação são:

Erosão, Transporte e Sedimentação
Intemperismo (Físico e Químico)
Águas Correntes
Enxurradas, Torrentes e Rios
Oceanos
Ventos
Geleiras
Ação Humana
Formação do Solo

Statistics

Views

Total Views
27,869
Views on SlideShare
25,998
Embed Views
1,871

Actions

Likes
6
Downloads
460
Comments
1

7 Embeds 1,871

http://www.linguagemgeografica.blogspot.com.br 1369
http://linguagemgeografica.blogspot.com.br 469
http://linguagemgeografica.blogspot.com 16
http://www.linguagemgeografica.blogspot.pt 7
http://linguagemgeografica.blogspot.pt 5
http://www.linguagemgeografica.blogspot.com 4
http://linguagemgeografica.blogspot.nl 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Agentes Modeladores do Relevo (Externos ou Exógenos) Presentation Transcript

  • 1. AGENTES MODELADORES DO RELEVO Prof.º Luiz Fernando Wisniewski lfw.geografia@gmail.com
  • 2. AGENTES MODELADORES DO RELEVO  São fenômenos que atuam sobre o relevo terrestre, tendo auniformizá-lo pela erosão e acumulação. Erosão: É o desgaste do relevo por meio de agentes externos. Acumulação: É a ação de deposição de sedimentosocasionados por meio dos agentes externos. EROSÃO UNIFORMIZAÇÃO ACUMULAÇÃO
  • 3. AGENTES MODELADORES DO RELEVO  EROSÃO TRANSPORTE SEDIMENTAÇÃO OU ACUMULAÇÃO
  • 4. AGENTES MODELADORES DO RELEVO  Os agentes externos são intemperismo, águascorrentes, oceanos, ventos, geleiras e seres vivos. Físico Intemperismo Químico Rios AGENTES Águas Correntes Enxurradas EXTERNOS Torrentes Oceanos Ventos Geleiras Seres vivos
  • 5. INTEMPERISMO FÍSICO E QUÍMICO Intemperismo Físico  Regiões de degelo  Regiões áridas e semiáridas Intemperismo Químico Manto de intemperismo
  • 6. INTEMPERISMO  É a ação de agentes mecânicos, químicos e biológicos sobre asrochas e minerais da superfície terrestre. O intemperismo pode ser:  Físico  Químico
  • 7. INTEMPERISMO FÍSICO  É o resultado da ação mecânica, desagregando as rochasgradualmente em partículas pela variação de temperatura ou pela açãode gelo e degelo. O intemperismo físico pode ocorrer em qualquer superfíciecontinental, porém é predominante nas regiões áridas, semiáridas esujeitas a gelo e degelo.
  • 8. INTEMPERISMO FÍSICO  REGIÕES SUJEITAS A GELO OU DEGELO: Água infiltra nos alvéolos ou fendas das rochas, fragmentando-as. REGIÕES ÁRIDAS E SEMIÁRIDAS: Devido a amplitude térmica elevada, a sucessiva expansão e contração vaifragmentando as rochas.
  • 9. INTEMPERISMO FÍSICO 
  • 10. INTEMPERISMO QUÍMICO  O intemperismo químico é a ação dos fenômenos químicos daágua através da umidade atmosférica, agentes biológicos e seusprodutos orgânicos
  • 11. MANTO DE INTEMPERISMO  A camada superficial da crosta que sofre a ação dointemperismo denomina-se manto de intemperismo, regolito ou soloarável.
  • 12. ÁGUAS CORRENTES Enxurradas Torrentes Rios
  • 13. ÁGUAS CORRENTES  Entre os agentes exógenos (externos) de maiorimportância, estão as águas correntes, que compreendem:  Enxurradas  Torrentes  Rios
  • 14. ENXURRADAS  São formadas durante e após as chuvas. Pela sua ação, há aformação das ravinas nas encostas e depósitos de sedimentos naspartes baixas. Formam-se com maior frequências em áreasmontanhosas, onde a declividade seja acentuada pela menor infiltraçãoda água.
  • 15. ENXURRADAS  A maior e a menor intensidade das enxurradas édeterminada por fatores como: Vegetação Permeabilidade do solo Regime pluviométrico De forma geral, a capacidade erosiva das enxurradas éGRANDE, relativamente ao seu volume de água.
  • 16. TORRENTES  São enxurradas em áreas montanhosas, ocasionadas porchuvas torrenciais ou degelo, que podem ser violentas edevastadoras.
  • 17. RIOS Tipos de Erosão Transporte Sedimentação ou Acumulação Fase dos Rios
  • 18. RIOS  São um dos principais agentes de relevo externos por meio daerosão, transporte e sedimentação. Erosão Fluvial pode ser:Vertical – No próprio leito do rio, predominando no curso superior egeralmente mais intensa na fase da juventude.Horizontal ou Laminar- É aquela verificada em suas vertentes.
  • 19. RIOS O transporte dos sedimentos ocorre em três processos.  Suspensão  Rolamento  Solução
  • 20. RIOS  A acumulação ocorre ao longo do curso médio e inferior, umavez que o declive dos rios é menos acentuado, em seu leito, em suasmargens e também em sua foz. O resultado do trabalho de acumulação são as planíciesaluvionais e meandros.
  • 21. CICLO DOS RIOS  Quanto a idade dos rios eles podem ser:Fase de juventude: Fase de Maturidade: Fase de Velhice: TraçadoNascentes em lugares altos Traçado plano e velocidade definido pelo trabalho dee produzem forte erosão das águas sedimentação, formavertical. Vales em forma de constante, equilíbrio entre meandros que diminuem aV. sedimentação e erosão. velocidade das águas. Os rios podem sofrer processo de rejuvenescimento, que ocorre por um soerguimento do relevo ou, ainda, por um grande aumento na precipitação na nascente.
  • 22. INTEMPERISMO FÍSICO E QUÍMICO “ Tanto o intemperismo físico como o químico pode ocorrer em qualquer superfície continental, porém épredominante em regiões de climas úmidos e quentes.”
  • 23. OCEANOS Tipos de Erosão Transporte Sedimentação ou Acumulação
  • 24. TRABALHO DOS OCEANOS  Os oceanos modelam as porções limítrofes doscontinentes pelo trabalho de erosão e acumulação.
  • 25. EROSÃO  É denominada de abrasão, e se realiza por meio de vagas(ondas) que, ao se chocarem com as rochas, destroem-nas. Se a costa é alta, surgem as falésias ou penedia que nada maisé que um paredão abrupto muitas vezes denominado de costão. Falésia de Etretat (França) Falésia de Torres (Rio Grande do Sul)
  • 26. EROSÃO  Destruindo-se pela base, a costa tende arecuar, desmoronando-se, mas em perder sua verticalidadee, lentamente, vai-se formando uma plataforma – a plataforma deabrasão.
  • 27. EROSÃO 
  • 28. ACUMULAÇÃO  O trabalho de acumulação pelos sedimentosdetermina a formação de:  Praia  Restinga  Tômbolo  Ilha  Recife
  • 29. ACUMULAÇÃO RESTINGA Conhecida também como cordão litorâneo, é a acumulaçãofluvio-marinha feita pelas correntes costeiras nas entradas das baías. Essas baías ficarão ligadas ao oceano por pequenapassagem, formando, então, uma lagoa costeira ou laguna.
  • 30. ACUMULAÇÃO  TÔMBOLO Também denominado de linguado, é a sedimentação marinhaque une uma ilha ao continente, formando um pequeno istmo.
  • 31. ACUMULAÇÃO ILHA As ilhas podem ser de dois tipos:Continentais – Situam-se na plataforma continental, como o arquipélago Britânico, oucorrespondem a restos de antigos continentes, como a ilha de Madagáscar.Isoladas ou Oceânicas – Aparecem em pleno oceano não tendo relação direta com oscontinentes. Algumas são de origem vulcânicas como Fernando de Noronha, e outras cumesde relevo submarino como a Ilha de Tristão da Cunha e Santa Helena.
  • 32. ACUMULAÇÃO  RECIFE São acúmulos de sedimentos orgânicos e inorgânicos que seformam nos oceanos. Os recifes podem ser classificados de acordo com a origem e deacordo com a disposição. Inorgânicos: Sedimentos Areníticos Orgânicos: Esqueletos de Pequenos Animais Marinhos
  • 33. VENTOS Tipos de Erosão Transporte Sedimentação ou Acumulação
  • 34. VENTOS  O trabalho dos ventos é também realizado através de erosão eacumulação, sendo mais intenso em climas áridos e semiáridos, pois alia ação do intemperismo é mais atuante e os ventos mais intensos.
  • 35. VENTOS EROSÃO A erosão eólica é realizada pela deflação e corrasão.
  • 36. VENTOS DEFLAÇÃO Consiste no trabalho de os ventos “varrerem” umasuperfície, retirando até mesmo os seixos.
  • 37. VENTOS CORRASÃO Também denominada de corrosão, consiste no trabalho de osventos atirarem partículas contra as rochas, muitas vezes, de formaviolenta.
  • 38. VENTOS ACUMULAÇÃO É o trabalho de sedimentação e apresenta-se na forma dedunas e loesse. são as formas mais características da acumulação eólica.Formam-se quando um obstáculo (pedra, vegetal, etc) surge, barrandoos ventos.A sua forma é bastante variável, com a declividade suave do lado emque o vento sopra e abrupto no oposto. Podem ser costeiras oudesérticas.
  • 39. VENTOS LOESSE São acumulações eólicas de partículas sílico-argilosas,transportadas a grandes distâncias, podendo originar solos férteis,como na bacia do Rio Amarelo (China). Plantação de arroz ás margens do Rio Amarelo - China
  • 40. GELEIRAS Tipos de Erosão Transporte Sedimentação ou Acumulação
  • 41. GELEIRAS  As geleiras são importantes agentes do relevo, podendo ser demontanha ou continental
  • 42. GELEIRAS EROSÃO É verificada pela movimentação das geleiras que vão escavandoo relevo por onde passam, determinando a formação de vales emforma de U, circos, fiordes e rochas “ encarneiradas”.
  • 43. GELEIRAS FIORDES Vales glaciais que foram invadidos posteriormente pelas águasoceânicas. Geralmente são extensos, profundos e com costas abruptas.São comuns na Noruega, Islândia e sul do Chile. Fiorde de Lyse - Noruega
  • 44. GELEIRAS ACUMULAÇÃO O material transportado pelas geleiras pode depositar-se, formando, grandes depósito de sedimentos de várias granulações.Esses depósitos denominam-se morainas ou morenas.
  • 45. SERES VIVOS Tipos de Transformações
  • 46. SERES VIVOS  Os animais e os vegetais também modificam o relevo. Durante toda a história da humanidade, o ser humanointerfere na natureza, modificando o relevo de várias maneiras.
  • 47. SOLO Tipos de Solo Perfil Horizontal do Solo Matéria Orgânica Solo de Massapé Solo de Terra Roxa Solos Lateríticos Solos Podzóliticos
  • 48. SOLO  É o resultado da fragmentação das rochas juntamente com amatéria orgânica, a água e o ar, tornando possível a germinação e odesenvolvimento da cobertura vegetal.
  • 49. SOLO  Solos Eluviais: São aqueles dispostos sobre a rocha matriz e asua composição será semelhante a da rocha. Solos Aluviais: Formados por meio do transporte de sedimentosprovocado pela ação dos ventos, chuvas e rios que se depositam nasbacias sedimentares, regiões mais baixas do relevo. Orgânicos: Solos provenientes da decomposição de organismosvegetais e animais.
  • 50. SOLO 
  • 51. SOLO  A matéria orgânica presente no solo se torna fundamental parase definir o grau de fertilidade do solo. A profundidade dos solos, relevo, fertilidade, drenagem esaturação influenciam no seu aproveitamento econômico. Solo Raso Solo Fértil
  • 52. MASSAPÉ  Massapé é um tipo de solo de cor bem escura, quase preta, encontrado naregião litorânea do nordeste brasileiro.Por ser muito fértil e, portanto, excelente para aprática da agricultura, no período colonial, foi muito explorado na agricultura de cana-de-açúcar. O massapé tem em sua composição uma elevada presença de argila. Ele seforma através da decomposição do granito, em regiões tropicais que possuem estaçõesseca e úmida bem definidas. Na época úmida, o massapé apresenta uma consistênciapegajosa e no período de seca ele fica rígido.
  • 53. TERRA ROXA  O derrame de Trapp foi um grande derramamento vulcânico debasalto, ocorrido na era Mesozóica, e que deu origem a um dos solosmais férteis do Brasil (Terra Roxa), que se estendem nas porçõesocidentais de São Paulo ao Rio Grande do Sul.
  • 54. SOLO Solos Lateríticos: Comum nas zonas tropicais, são solos quesofrem a lavagem da parte orgânica pelas chuvas fortesexpondo camadas minerais.
  • 55. SOLO Podzólicos: São solos das florestas temperadas (de coníferas).Ocorrem com destaque no clima temperado frio. A camada fértilé fina e superficial.
  • 56. BONS ESTUDOS !!!“ Lembre-se que até um grão de areia um dia já foi uma rocha”
  • 57. Professor Luiz Fernando Wisniewski - GeografiaE-Mail: lfw.geografia@gmail.comSite: http://www.linguagemgeografica.blogspot.com/