Tecnologia, tudo bem. E a Educação?
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Tecnologia, tudo bem. E a Educação?

on

  • 2,366 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,366
Views on SlideShare
2,240
Embed Views
126

Actions

Likes
2
Downloads
102
Comments
1

7 Embeds 126

http://anaritagodinho.wordpress.com 101
http://educao-umdesafio.blogspot.com 10
http://educao-umdesafio.blogspot.com.br 6
http://www.slideshare.net 5
http://www.educao-umdesafio.blogspot.com 2
http://cmidias.ning.com 1
http://educao-umdesafio.blogspot.pt 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • boa provocação!!!!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Tecnologia, tudo bem. E a Educação? Tecnologia, tudo bem. E a Educação? Presentation Transcript

  • Tecnologia tudo bem. E a educação? Luís Pedro | Carlos Santos | António Moreira 24-10-08
  • Do que vamos falar ★ Tecnologia... ★ Mas para quê? ★ Aprender sobre tecnologia ou aprender com tecnologia?
  • A Web por Tim Berners-Lee ★ “The basic [idea] of the Web is that [of] an information space through which people can communicate, but communicate in a special way: communicate by sharing their knowledge in a pool. The idea was not just that it should be a big browsing medium. The idea was that everybody would be putting their ideas in, as well as taking them out.” http://www.w3.org/1999/04/13-tbl.html (1999)
  • The Web 2.0 by Stephen Downes ★ “... What was happening was that major parts of the Web were acquiring the properties of communication networks, the sort of networks found to exist (albeit on a much smaller scale) in the physical world. And that the Web itself was being transformed from what was called “the Read Web” to “Read- Write Web” in accordance with Tim Berners- Lee’s original vision. Proponents of this new, evolving Web began calling it Web 2.0 and in short order the trend became a movement.” http://www.elearnmag.org/subpage.cfm?section=articles&article=29-1 (2006)
  • A Web 2.0 por Michael Wesch e... The Machine is Us/ing Us (2007) Information R/evolution (2007) http://www.youtube.com/watch?v=NLlGopyXT_g http://www.youtube.com/watch?v=-4CV05HyAbM Assistant Professor of Cultural Anthropology Kansas State University
  • ... pelos seus alunos A Vision of Students Today (2007) http://www.youtube.com/watch?v=dGCJ46vyR9o
  • O que está a acontecer? ★ Globalização (o que realmente significa onde, agora, como e quem?) ★ Mudanças epistemológicas (natureza provisória do conhecimento) ★ Mudanças no comportamento (não ser apenas um consumidor, mas sim um prosumer) ★ Ferramentas e serviços de comunicação
  • Estamos preparados? ★ Reconhecemos este cenário no nosso contexto? ★ Somos capazes de o compreender? ★ Somos capazes de nos adaptar? ★ O que devemos fazer para adaptar o processo de aprendizagem a esta nova realidade?
  • Aprendizagem e tecnologia ★ “It´s not about technology, it’s about people” ★ Web 1.0 | Web 2.0 | Web 3.0 ou Web Semântica ★ 3 factores mutuamente inclusivos: aprendizagem, metodologias de ensino, tecnologia ★ Como configurar dinamicamente este triângulo?
  • Web x.0
  • Porquê? ★ Natureza de partilha e colaboração no trabalho ★ Significados partilhados e negociados ★ Comunicação | entre-pares e professor- aluno ★ Abertura/Openness | interacção social a uma escala maior
  • O quê? ★ Fluxo contínuo de partilha, interacção e participação ★ Comunidades de aprendizagem ★ Ferramentas e aplicações sociais
  • Soluções tecnológicas suficientes? ★ LMS | It is so flexible, wasn’t it? ★ Têm os alunos o controlo suficiente? ★ Permitem uma abertura suficiente? ★ É suficientemente fácil integrar conteúdos? ★ Será que são ferramentas suficientemente motivadoras?
  • LMS vs PLE Scott Wilson (2005) - http://zope.cetis.ac.uk/members/scott/blogview?entry=20050125170206
  • Conectivismo ★ conhecimento = rede de ligações ★ aprendizagem = construir e percorrer essas ligações ★ diferenças fundamentais para o construtivismo: ★ o conhecimento não é proposicional (abordagem cognitivista) ★ abordagem coneccionista --> o conhecimento é a experiência e acção de construção de ligações
  • sindicância e agregação the old and slow way the new and fast way images from: http://www.youtube.com/watch?v=0klgLsSxGsU (2007)
  • blogs (1)
  • blogs (2)
  • wiki
  • social bookmarking
  • chmod 777 Educação ★ níveis de utilizadores no contexto educativo ★ user => cada aluno e cada professor* ★ group => comunidade formal (disciplina?) ★ others => qualquer outro utilizador * o professor pode ter também permissões de root/”super utilizador”
  • chmod 774 Educação ★ 4 em binário = 100 = r-- ★ chmod rwx rwx r-- Educação ★ todos os utilizadores externos à comunidade formal estão impedidos de participar mas ainda podem ler os conteúdos
  • chmod 770 Educação ★ 0 em binário = 000 = --- ★ chmod rwx rwx --- Educação ★ qualquer tipo de acesso é restrito aos membros da comunidade formal ★ não conhecemos estes modelos de algum lado?
  • Limitar as permissões porquê? ★ Limitações reais ★ idade dos alunos? ★ informação confidencial? ★ ou será... ★ receio de exposição? ★ receio das intenções dos utilizadores da Web? ★ não compreender as mudanças que estão a acontecer e não perceber o impacto do “777”?
  • Portal Universitário 2.0 • Fornecer serviços Web 2.0 independentes mas integrados numa plataforma adequada à educação • Disponibilizar uma plataforma aberta para a comunidade • Garantir a qualidade dos serviços disponibilizados • Permitir o suporte e manutenção institucional
  • Conceito base criar criar instituição participar participar Comunidade wikis videos social Exterior boolmark blogs consumir ing consumir comun. fotos IM sociais
  • Características • Integração com sistema de autenticação da instituição (anonimato--) • Valorização da plataforma através da disponibilização de serviços específicos para contextos educativos • Arquitectura aberta para promover a evolução e renovação dos serviços disponibilizados
  • Arquitectura geral Comunicação Sistemas de Construção Gestão Avaliação de síncrona e gestão de de presença pessoal participações serviços de alunos (P2) (P3) (P4) alerta e mob (P5) Manual de identidade Identidade visual (P1) Serviço de monitoriza- id da ção em instituição Autenticação local tempo real (P6) *.u#.sapo.pt *.sapo.pt/u# Instanciação local de serviços base *.sapo.pt Serviços base
  • Estratégia SAPO Campus novos públicos novos públicos internacionalização especialização (nichos) novos conteúdos novos conteúdos sapo.cv ua.sapo ??.sapo sapo ??.sapo ??.sapo ??.sapo saber IM blogs sapo.ao videos mail fotos links educação spot ?? sapo.?? ??
  • Second Life ★ MUVE - MultiUser Virtual Environment ★ 3D ★ Identidade - avatares ★ Interacção social e económica
  • Second Life e Educação ★ Actividades de aprendizagem formal ★ Actividades de aprendizagem informal
  • Actividades informais no SL ★ Especialistas convidados ★ Diluição de papéis (aluno, professor, especialistas)
  • Actividades informais no SL
  • A ilha da UA no SL
  • Actividades sociais e científicas no SL