• Save
Multimédia e Arquitecturas Cognitivas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Multimédia e Arquitecturas Cognitivas

on

  • 2,995 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,995
Views on SlideShare
2,939
Embed Views
56

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

5 Embeds 56

http://mundomac.blogs.ca.ua.pt 42
http://www.slideshare.net 7
http://www.netvibes.com 3
http://seveia.blogspot.com 3
http://www.seveia.blogspot.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Multimédia e Arquitecturas Cognitivas Multimédia e Arquitecturas Cognitivas Presentation Transcript

  • multimédia e arquitecturas cognitivas multimédia e arquitecturas cognitivas mestrado em multimédia em educação | 2007/2008 antónio moreira luís pedro Baseado e adaptado em Human Abilities & Learning Syllabus (Constance Steinkuehler – Wisconsin University) mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 1
  • multimédia e arquitecturas cognitivas as questões (ainda) sem resposta ou com demasiadas respostas? o que é o conhecimento? de onde surge? em que consiste? como é representado pelas pessoas? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 2
  • multimédia e arquitecturas cognitivas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 3
  • multimédia e arquitecturas cognitivas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 4
  • multimédia e arquitecturas cognitivas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 5
  • multimédia e arquitecturas cognitivas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 6
  • multimédia e arquitecturas cognitivas quem tem andado à procura de respostas? documentário  mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 7
  • multimédia e arquitecturas cognitivas a posição grega inatismo do conhecimento conhecimento  impregnado no aluno no momento do nascimento papel do professor  tornar o aprendiz consciente dessa faculdade mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 8
  • multimédia e arquitecturas cognitivas a evolução das posições idade média  perspectiva teocrática e absoluta renascimento  o surgimento do empirismo final do século XIX  surge a psicologia mas... mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 9
  • multimédia e arquitecturas cognitivas as questões permanecem… o que é conhecer? de onde surge o conhecimento? novas ajudas  métodos (empíricos) e ferramentas (tecnológicas) mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 10
  • multimédia e arquitecturas cognitivas comportamentalismo mentalismo = lixo ênfase na associação entre estímulos e respostas (leis de exercício e efeito) mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 11
  • multimédia e arquitecturas cognitivas psicologia cognitiva desenvolve-se enquanto uma resposta ao comportamentalismo mas... em que dados se baseia? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 12
  • multimédia e arquitecturas cognitivas psicologia cognitiva - dados comportamentos observação de padrões de comportamentos  construção de hipóteses teóricas observações posteriores  possibilidade de alteração das hipóteses mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 13
  • multimédia e arquitecturas cognitivas psicologia cognitiva - importância cérebro aprendizagem melhores práticas neurociências psicologia cognitiva educativas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 14
  • multimédia e arquitecturas cognitivas questão porque existem diferenças qualitativas na aprendizagem se o sistema de processamento de informação é, basicamente, o mesmo para todos os indivíduos? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 15
  • multimédia e arquitecturas cognitivas processamento de informação mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 16
  • multimédia e arquitecturas cognitivas recepção informação  sob a forma de energia física (luz, som, pressão) receptores  enviam mensagens sobre a forma de impulsos electromagnéticos 1.ª transformação  múltiplas formas de energia = 1 única forma de energia impulsos nervosos  registo na memória operativa mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 17
  • multimédia e arquitecturas cognitivas percepção selectiva enfoque no que é mais importante num conjunto de estímulos tendência biológica  agradecimentos à D. Evolução especialização  atenção aos elementos mais importantes de um estímulo influências determinantes  conhecimento prévio | contexto do estímulo mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 18
  • multimédia e arquitecturas cognitivas memória operativa recurso limitado  informação perde-se em ~10s recurso limitado  entre 7 +/- 2 elementos de informação capacidade limitada  dificuldade no desempenho de tarefas exigentes automatização  leitura mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 19
  • multimédia e arquitecturas cognitivas memória de longo-prazo armazenamento processo pelo qual a nova informação é integrada com a informação anterior pergunta  nomes dos colegas de licenciatura? codificação  associação, codificação significativa, encapsulamento, automatização recuperação facilitada quando pensamos em grupos e sub-grupos mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 20
  • multimédia e arquitecturas cognitivas recuperação processo pelo qual a informação é recuperada e pode ser objecto de processamento activação  re-estabelecimento da sua importância e posição semântica processos de reconhecimento de padrões mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 21
  • multimédia e arquitecturas cognitivas processos de controlo este fluxo de informação resulta da vontade de atingir um objectivo processos de controlo  guiam e monitorizam o processamento de informação processos metacognitivos  uso consciente desses processos mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 22
  • multimédia e arquitecturas cognitivas humano  computador semelhanças humano computador input sentidos teclado, outros processamento memória operativa cpu armazenamento memória longo-prazo disco diferenças humano computador tamanho mo/cpu 5 bits 800,000,000 bits tamanho mlp 1,000,000,000 bits ilimitada velocidade de acesso mo .025 s .000000015 s velocidade de acesso mlp .200 s .020 s mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 23
  • multimédia e arquitecturas cognitivas humano  computador diferenças (cont) humano computador analógico; digital; modo armazenamento preferido orientado ao tempo orientado à listagem retenção de informação gradativa tudo ou nada dependente independente capacidade da experiência da experiência recuperação: * relativamente aos contextos muito dependente independente * relativamente a recuperações prévias dependente independente dependência contextual  aprendizagem e adaptação mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 24
  • multimédia e arquitecturas cognitivas o que armazenamos na mlp? memória longo-prazo conhecimento declarativo conhecimento processual memória memória semântica episódica produções conceitos proposições schemata mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 25
  • multimédia e arquitecturas cognitivas conhecimento declarativo e processual conhecimento declarativo  factual, saber o quê conhecimento processual  conhecimento incorporado, saber como conhecimento processual  frequentemente automatizado, inconsciente aprendizagem  envolve, frequentemente, os 2 tipos de conhecimento mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 26
  • multimédia e arquitecturas cognitivas memória semântica e episódica memória semântica  conceitos, princípios e as suas associações domínios  redes de informação relacionada semanticamente memória episódica  armazenamento e recuperação de experiências pessoais tags pessoais  relevância pessoal em f de associações espácio-temporais mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 27
  • multimédia e arquitecturas cognitivas conceitos estruturas mentais pelas quais representamos categorias significativas agrupamento  em f de padrões de semelhanças atributos  características semelhantes nas instanciações de um conceito mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 28
  • multimédia e arquitecturas cognitivas proposições a mais pequena unidade standalone de significado mais complexas que os conceitos que incluem ligadas em redes de proposições mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 29
  • multimédia e arquitecturas cognitivas schemata estruturas de dados em que o conhecimento é representado servem como elementos de andaimização para a organização das experiências estruturas instanciadas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 30
  • multimédia e arquitecturas cognitivas conhecimento processual - produções produções  formas de representação do conhecimento processual regras condição  acção (IF – THEN) implícitas  inconscientes mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 31
  • multimédia e arquitecturas cognitivas ponto de quebra… já chega de conversa bla, bla, bla… como é que aprendemos a resolver problemas? como é que há crescimento e desenvolvimento cognitivo? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 32
  • multimédia e arquitecturas cognitivas piaget vs vygotsky desenvolvimento cognitivo  indivíduo como agente solitário? desenvolvimento cognitivo  contexto social e cultural? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 33
  • multimédia e arquitecturas cognitivas conhecimento natureza do conhecimento  enfoque nos conceitos (categorias) conceito = designação+regras (ex: triângulo, 3 lados não necessariamente iguais) compreensão conceptual  compreensão dos critérios e da sua natureza convencional mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 34
  • multimédia e arquitecturas cognitivas tipos de conceitos pseudoconceitos  ausência de critérios conceitos espontâneos  baseados na experiência conceitos científicos  abstractos e independentes dos contextos ou seja… precisamos sempre dos OUTROS mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 35
  • multimédia e arquitecturas cognitivas origem social do desenvolvimento cognitivo os processos cognitivos desenvolvem-se como resultado da interacção social como é que se pode promover a interacção? - actividades conjuntas na zdp; - andaimização; - apoio faseado; mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 36
  • multimédia e arquitecturas cognitivas uma ideia… MMOGs - Massive Multiplayer Online Games ambientes gráficos 2D e 3D muito realistas e apelativos interacção social mundos virtuais persistentes e ordenados estruturados de forma aberta mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 37
  • multimédia e arquitecturas cognitivas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 38
  • multimédia e arquitecturas cognitivas contributos actividades altamente valorizadas esbatimento formal dos papéis do professor e alunos objectivos discutidos e valorizados mutuamente mais poder e controlo na monitorização da aprendizagem pelo aluno mais oportunidade para práticas e feedbacks contextualizados informação JIT mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 39
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista do processo de E/A construtivismo social  aquisição competências intelectuais através da interacção surge como resultado de uma evolução natural do conceito de construtivismo indivíduo  contextos sociais e culturais mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 40
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista do processo de E/A – porquê? sucesso do ensino recíproco investigação das dinâmicas colaborativas  inteligência colectiva, múltiplas representações, cognição distribuída mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 41
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista do processo de E/A – o que é? ideia de que o pensamento, a linguagem e o conhecimento são, não apenas influenciados por factores sociais, mas são fenómenos sociais cognição  processo colaborativo pensamento  discurso internalizado desenvolvimento  internalização de actividades e processos partilhados socialmente socioconstrutivismo = cognição distribuída socialmente mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 42
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – em suma o indivíduo é um animal social, não separável das influências e contextos a aprendizagem é um processo cultural e contextualmente específico a cognição não pode ser separada dos processos sociais, motivacionais e emocionais mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 43
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – implicações na escola reconsideração dos contextos e culturas escolares em f : métodos diferentes culturas diferentes – novas prioridades sociais, educativas e comunicacionais mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 44
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – implicações na escola o que implica para a cultura da sala de aula? aprendizagem  desafio social ênfase  cooperação professor  guia, orienta posse partilhada da aprendizagem  negociação de significados partilhados potenciais problemas importância das relações pessoais na qualidade da colaboração e aprendizagem socialização que conduza à criação de parceiros intelectuais mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 45
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – implicações na escola o que implica para a interacção dos alunos: discurso  ferramenta primária do desenvolvimento cognitivo discurso interpretativo é melhor que o discurso meramente descritivo professores  nutrir as interacções com contributos que potenciem o pensamento colaborativo estrutura do trabalho importa: responsabilidade partilhada conhecimento partilhado ética mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 46
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – aplicação conhecimento  prática construído e valorizado como resultado do trabalho em comunidades de interesse aula  espaço para a prática e para a discussão sobre a prática avaliação  dinâmica desempenho mediado/guiado pelo professor não deverá ser retrospectiva mas sim prospectiva mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 47
  • multimédia e arquitecturas cognitivas perspectiva socioconstrutivista – o que tem falhado? descontinuidade entre cultura doméstica e escolar práticas comunicativas não coordenadas (ai, ai a tecnologia…) estereótipos  o belo do ppt poderá ser um estereótipo? aspectos relacionais falhas ou oportunidades? atitude retrospectiva ou prospectiva mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 48
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída continuidade e dependência  nós e o mundo estamos ligados e relacionados os problemas reais são resolvidos em colaboração e com artefactos cognição  mediada por artefactos e contextos em situações de prática representações do mundo surgem no contexto de actividades mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 49
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – para embrulhar e levar cognição  (inter)acção cognição  distribuída por um sistema que inclui indivíduos, ambientes, ferramentas e artefactos aprender  actividades situadas em contextos quotidianos mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 50
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à inteligência inteligência  competência específica numa situação sou mais inteligente que tu  valor funcional da competência num dado contexto agir de forma inteligente  envolvimento e não a posse professores  devem desenvolver contextos inteligentes e não pessoas inteligentes mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 51
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à inteligência mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 52
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação motivação  não é um factor intrínseco, é uma propriedade emergente propriedade emergente  relação entre o aluno e o contexto contexto dos alunos  na aula ou fora dela? (reuniões SL) o que é que alguns alunos do MMEdu andam a fazer fora das aulas? mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 53
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação motivação  não é um factor intrínseco, é uma propriedade emergente contexto  ambientes de cognição distribuída e partilhada mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 54
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação actividades  resolução de problemas mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 55
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação actividades  comunidades de prática mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 56
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação sim, são ambientes de aprendizagem complexos, multifacetados, distribuídos e colaborativos mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 57
  • multimédia e arquitecturas cognitivas cognição distribuída – uma abordagem à motivação mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 58
  • multimédia e arquitecturas cognitivas em suma... rede de aprendizagens  casa, escola, trabalho, … propriedade emergente  o agora, o actual (atenção: espaço para reflexão) aprendizagem não se trata de objectos ou de conteúdos aprendizagem ou seja, não é o “quê”, é o “onde”, o “como” e o “com quem” aprendizagem ligação (connection) com os outros e com os lugares (interacção) mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 59
  • multimédia e arquitecturas cognitivas em suma... Downes… mac | cfe e mestrado em multimédia em educação 2007/08 | antónio moreira, luís pedro, margarida lucas | 60