Família e escola
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Família e escola

on

  • 3,376 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,376
Views on SlideShare
3,301
Embed Views
75

Actions

Likes
1
Downloads
76
Comments
0

2 Embeds 75

http://edleudasam.blogspot.com 64
http://edleudasam.blogspot.com.br 11

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Família e escola Família e escola Presentation Transcript

    • EDLEUDA
    • FAMÍLIA E ESCOLA: UM SÓ SEGMENTO EDILEUDA MARIA COSTA SOUSA BACABAL/MARANHÃO 19/10/2011
      • JUSTIFICATIVA
      • Uma escola para ser democrática, tem que propiciar uma estrutura prazerosa para receber tanto o aluno quanto aos pais destes, ela tem antes de tudo constituírem-se numa extensão da casa desses alunos, mas uma extensão que ofereça, além de conhecimento, um ambiente de paz , respeito e aconchego, que valorize seus anseios, direitos e capacidade de aprendizagem. Mas, só se pode ter uma escola-extensão se os pais desses alunos fizerem parte desse contexto.
      • Há uma necessidade urgente de se trazer esses pais para o seio da escola, mas para que tal processo se desenvolva, precisa-se de um planejamento prévio e que se mude o conteúdo das reuniões de pais e mestre. Em vez de chamá-los para só reclamar dos seus filhos, que estes sejam convocados para um dia de lazer na escola do seu filho, com dinâmicas que os insira de verdade na vida escolar de suas crianças, que se conquistem esses pais, que ganhemos suas confianças, só assim, nos mostrando sem amarras é que talvez os tragam para a escola.
      • O que se percebe em reuniões de pais, e um número insignificante de suas presenças e os poucos que vão, chegam apressados, mais preocupados com a roupa que ficou para lavar, com o almoço, preocupados com tudo, menos com os filhos. Mas, será que essa é mesmo a realidade desses pais, desinteresse pela educação de seus filhos? Será que por trás dessa presa não se esconde o medo de só ouvir reclamações do seu filho, medo de que seus vizinhos tomem conhecimento do comportamento do seu filho na escola e tudo se espalhe pelo bairro, o que é muito comum em bairros?
      • Precisamos mudar a prática dessas reuniões e nos tornar aliados dos pais de nossos clientes ( alunos).
      • OBJETIVOS
      • 2.1.GERAL:
        • INSERIR OS PAIS NO COTIDIANO ESCOLAR DE SEUS FILHOS PARA QUE ESTES SINTAM O QUANTO O SEU FUTURO E IMPORTANTE PARA ELES.
      • 2.2. ESPECÍFICOS:
      • IDENTIFICAR OS MOTIVOS QUE AFASTAM OS PAIS DA ESCOLA;
      • COMPREENDER E RESPEITAR A INDIVIDUALIDADE DE CADA PAIS;
      • DISCUTIR COM ELES A MELHOR FORMA DE LIDAR COM SEUS FILHOS;
      • PERMITIR QUE OS MESMOS SE MANIFESTEM CONTRA OU A FAVOR DE ALGUMA MEDIDA TOMADA PELA ESCOLA;
      • FAZER COM QUE OS PAIS PERCEBAM QUÃO IMPORTANTES É A SUA PRESENÇA NA ESCOLA;
      • PROMOVER MOMENTOS DE LAZER COM ELES;
      • DEIXAR QUE ELES OPINASSEM QUAL HORÁRIO LHES É APROPRIADO PARA AS REUNIÕES DE PAIS E MESTRE;
      • PARTILHAR COM ELES OS PPROBLEMAS DE APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS.
    • 3.FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICO O PRINCIPAL E PRIMEIRO OBJETIVO DE UMA ESCOLA É SERVIR A CAMUNIDADE EM QUE ELA ESTÁ INSERIDA E COM TAL, OBRIGA-SE A PRESTAR CONTA DE SEUS PASSOS À SUA CLIENTELA. UMA ESCOLA DEMOCRÁTICA TRÁS EM SEU BOJO CURRICULAR A CONFIANÇA EXTREMADA DOS PAIS EM RELAÇOES ÀS SUAS DECISÕE PEDAGÓGICAS. PARTINDO DESSE PRESSUPOSTO TORNA-SE INDISPENSÁVEL À PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA E CONSEQUENTEMENTE NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE SEUS FILHOS. ESCOLA E PAIS TÊEM QUE DAR-SE AS MÃOS, ESSA PARCERIA É IMPRESCINDÍVEL. A LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL DEIXA CLARO QUE É OBRIGAÇÃO DA ESCOLA CRIAR ESTÍMULOS PARA APROXIMAR OS FAMILIARES DE SEUS ALUNOS DO AMBIENTE ESCOLAR, FAZER COM QUE ELES TENHAM ACESSO AO REGIMENTO DA ESCOLA, À SUA GRADE CURRICULAR, QUE DECIDA SOBRE A MERENDA OFERECIDA PELA ESCOLA. A FAMÍLIA TEM UMA PARTICIPAÇÃO ÍNFIMA NAS DECISÕES TOMADAS PELOS GESTORES, A INCLUSÃO DE UMA PEQUENA PARCELA DOS PAIS NO PROGRAMA DA CAIXA ESCOLAR E NAS ELEIÇÕES PARA O COLEGIADO É POUCO, ISSO NÃO OS TORNA DE FATO INSERIDOS NO PROCESSO ADMINISTRATIVO-SOCIAL DA ESCOLA. PAIS E ESCOLAS TÊEM DE SER PARCEIROS, A ESCOLA TEM POR OBRIGAÇÃO DE SER TRANSPARENTE EM SEUS ATOS. A PRESTAÇÃO DE CONTA TEM QUE SER EXTENSIVA À COMUNIDADE PARA QUE NÃO HAJA DESCONFIANÇA.
    • MUITO SE ESCUTA, PAIS FALAREM MAL DA ESCOLA PÚBLICA E ESCOLA CULPAR OS MESMOS PELO DESCASO DA EDUCAÇÃO DE SEUS FILHOS. É CHEGADA A HORA DE REVERTER ESSE IMPASSE, DE DESCOBRIR POR QUE A ESCOLA PÚBLICA REPRESENTA TÃO POUCO PARA ESSES PAIS, AO PONTO DE NÃO ACOMPANHAR A VIDA ESCOLAR DOS FILHOS, COMO O FAZEM NA PARTICULAR, OS PROFESSORES DA REDE PRIVADA, QUASE QUE NA SUA TOTALIDADE, SÃO TAMBÉM PROFESSORES DA REDE PÚBLICA, PORTANTO ESTÃO NO MESMO PATAMAR DE CONHECIMENTOS, DE MÉTODOS E ESTRATÉGIAS, EMBORA NESSAS ENTIDADES, HAJA UM SUPORTE MAIOR.ESTÁ NA HORA DA ESCOLA DESCOBRIR SE ELA NÃO SENDO OMISSA COM ESSES PAIS. ESCOLA TAMBÉM AFASTA OS PAIS. NECESSARIAMENTE OS PAIS PRECISAM INSERIR-SE NO HABITAT ESCOLAR DE SEUS FILHOS, COM CERTEZA A PRESENÇA DELES IRÁ CONTRIBUIR, NÃO SÓ PARA MELHORAR O SEU APRENDIZADO, MAS, SOBRETUDO IRÁ INFLUIR EM SEUS COMPORTAMENTOS, DIMINUINDO ASSIM A VIOLÊNCIA ESCOLAR QUE VEM DIA-A-DIA SE ALASTRANDO.
    • FRENTE À ATUAL CONJUNTURA SOCIAL, ONDE A VIOLÊNCIA É UMA PRÁTICA QUASE QUE CONSTANTE NAS ESCOLAS, PAI E MÃE TEM UM PAPEL MUITO IMPORTANTE NA FORMAÇÃO DE VALORES DE SEUS FILHOS. NO SEIO DA FAMÍLIA É ONDE OCORREM AS PRIMEIRAS NOÇÕES DE RESPEITO AO PRÓXIMO, DE VALORAR AS DIFERENÇAS, DE SOCIABILIDADE. OS PAIS SÃO REFERNCIAIS E EM MUITOS CASOS, ESSES REFERNCIAIS SÃO CONTROVERSOS, POR ISSO CADA VEZ MAIS SE PRIMA PELA PRESENÇA DA FAMÍLIA NA ESCOLA. OS GESTORES TÊM POR OBRIGAÇÃO CATIVAR ESSES FAMILIARES, CONHECER O SEU UNIVERSO, PARA PODER DETECTAR, O PORQUÊ DE DETERMINADO ALUNO ASSUMIR UM COMPORTAMENTO ANTISOCIAL, DE REBELDIA. CONHECENDO O COTIDIANO DOS FAMILIARES FICA MAIS FÁCIL ENTENDER E PROCURAR, JUNTO À FAMÍLIA, MOLDAR OS ALUNOS PROBLEMAS .
    • Segundo Sonia das Graças Oliveira Silva, “ Hoje em dia há a necessidade de a escola estar em perfeita sintonia com a família. A escola é uma instituição que complementa a família e juntas tornam-se lugares agradáveis para a convivência de nossos filhos e alunos. A escola não deveria viver sem a família e nem a família deveria viver sem a escola. Uma depende da outra na tentativa de alcançar o maior objetivo, qual seja, o melhor futuro para o filho e educando e, automaticamente, para toda a sociedade. Um ponto que faz a maior diferença nos resultados da educação nas escolas é a proximidade dos pais no esforço diário dos professores. Infelizmente, são poucas as escolas que podem se orgulhar de ter uma aproximação maior com os pais, ou de realizarem algumas ações neste sentido. “Entretanto, estas ações concretas, visando atrair os pais para a escola, podem ser uma ótima saída para formar melhor os alunos dentro dos padrões de estudos esperados e no sentido da cidadania.”
    • JÁ ESTÁ COMPROVADO QUE QUANDO OS FAMÍLIARES ACOMPANHAM A VIDA ESCOLAR DE SEUS FILHOS, ESTES ABSORVEM MAIS CONHECIMENTOS, SÃO MAIS SOCIÁVEIS. NÃO PODEMOS DESPREZAR A PRESENÇA E A AJUDA DOS RESPONSÁVEIS POR NOSSOS ALUNOS.TEMOS QUE TORNÁ-LOS EM NOSSOS ALIADOS. COM CERTEZA, TRAZENDO ESSES FAMILIARES PARA JUNTO DA ESCOLA, EVITAREMOS UM NÚMERO MAIOR DE REPETÊNCIA, DE EVASÃO E ATÉ MESMO DE VIOLÊNCIA.
    • Aí entra a parceria família/escola. Uma conversa franca dos professores com os pais, em reuniões simples, organizadas, onde é permitido aos pais falarem e opinarem sobre todos os assuntos, será de grande valia na tentativa de entender melhor os filhos/alunos. A construção desta parceria deveria partir dos professores, visando, com a proximidade dos pais na escola, que a família esteja cada vez mais preparada para ajudar seus filhos. COM ESSE PROJETO PRETENDE-SE QUE PAIS E ESCOLA TORNEM PARCEIROS, PARA JUNTOS CONSTRUIREM UM CIDADÃO MELHOR, IMBUÍDOS DE VALORES ACEITÁVEIS PELA SOCIEDADE.
      • 4.PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS
      • Para o desenvolvimento do presente projeto poderão ser utilizados os procedimentos abaixo citados:
      • Realização de convites destinados aos familiares;
      • Pesquisa acerca do cotidiano dos familiares dos alunos da escola;
      • Dramatização, vídeos interativos, dinâmicas de grupo;
      • Realização de videoconferência, envolvendo outras realidades.
      • 5. CONTEÚDOS E ÁREAS CURRICULARES ENVOLVIDAS
      • ARTE: responsável pelas dinâmicas e dramatização;
      • HISTÓRIA: pesquisa do modo de vida dos familiares envolvidos;
      • GEOGRAFIA: localização residencial dos familiares;
      • PORTUGUÊS: produção textual e análise lingüística;
      • MATEMÁTICA: estatística
      • BIOLOGIA: árvore genealógica
      • ED. FÍSICA: jogos e dinâmicas
    • 6. CULMINÂNCIA DO PROJETO: As atividades envolvendo os familiares dar-se-iam em 3 etapas: No primeiro, os pais serão convocados para um momento de lazer na escola, segundo, os irão interagir juntamente com seus filhos e professores e num terceiro momento, os familiares encontrar-se-ão com o corpo docente da escola, afim de selarem confianças e parcerias. 7. AVALIAÇÃO Será feita durantes todos os eventos. 8. CRONOGRAMA Durante todo o período letivo