Classificação dos seres vivos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Classificação dos seres vivos

on

  • 10,933 views

 

Statistics

Views

Total Views
10,933
Views on SlideShare
10,167
Embed Views
766

Actions

Likes
1
Downloads
229
Comments
0

5 Embeds 766

http://leticiabiologia.blogspot.com 370
http://leticiabiologia.blogspot.com.br 362
http://www.leticiabiologia.blogspot.com 24
http://www.leticiabiologia.blogspot.com.br 9
http://leticiabiologia.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Classificação dos seres vivos Classificação dos seres vivos Presentation Transcript

  • Devido a grande biodiversidade deseres vivos, sempre se considerou anecessidade de classificar os seresvivos e agrupá-los de acordo comsuas características e semelhançascompartilhadas.Os seres vivos são classificados deacordo com critérios estabelecidospor grupos de pesquisadores.
  • Carl Von Linné, ( 1707-1778 ) • Dedicado à botânica e à física, tem como grande contribuição a criação da taxonomia, ciência que trata da classificação dos seres vivos. • “Systema Naturae”; • Fixista ( número de espécies existentes são os mesmos desde a sua criação ); • Geração espontânea;
  • No séc. XVIII em 1735, Lineu (Carl Von Linné(1707-1778)) publicou um livro chamadoSystema Naturae, no qual propôs um sistemade classificação baseado em alguns princípios:1- Uso de palavras latinas ou latinizadas paradenominar os seres vivos.2- Nomenclatura binominal;3-Uso de categorias de classificação(reino, classe, ordem, gênero, espécie), constituindo uma hierarquia.
  • Classificações NaturaisEmbora Lineu não acreditasse na evolução dosseres vivos (fixismo), elaborou um sistema declassificação natural, isto é, tentou agruparos seres vivos de acordo com o grau deparentesco.Assim, começaram as classificações naturaise que atualmente contam com o auxílio daAnatomia e da Fisiologia Comparada, daEmbriologia, da Paleontologia, da Genética deda Bioquímica.
  • A Classificação AtualA classificação atual é uma adaptação dossistema de Lineu. O sistema proposto por Lineucontinua sendo usado, acrescido de mais duascategorias: filo e família.São 7,as unidades básicas declassificação, categorias taxonômicas. Obs.: para as plantas no lugar de Filo, usa-se o termo Divisão.
  • Reino: AnimaliaFilo: ChordataClasse: MammaliaOrdem: PrimataFamília: HominidaeSubfamília: HomininaeGênero: HomoEspécie: Homo sapiens sapiens
  • Regras Internacionais de Nomen1ª- Todo nome científico deve ser latino oulatinizado.Exemplos:Canis familiaris Canis familiaris ( cãodoméstico)Canis lupus Canis lupus (lobo)Bufo marinus (sapo)Pongo pygmaeus (orangotango)Bos taurus (boi)Bubalus bubalis (búfalo)Felis tigris (tigre)Felis leo (leão)
  • 2ª - Todo indivíduo deve possuir no mínimo 2 nomes(nomenclatura binominal).Canis familiaris Canis familiaris ( cão doméstico)Canis lupus Canis lupus (lobo)Canis latrans Canis latrans (coiote) Canis sppCanis familiarisgênero epíteto específicoBothrops alternatus Bothrops alternatus (jararaca)Grafia itálica grifados (quando se usa a escrita manual)Canis spp.A abreviatura de espécie é sp. e a de espécies (plural) é spp.Plasmodium sp. (referente a uma espécie)Plasmodium spp (referente ás várias espécies existentes)
  • Nome da espécie(primeiro o nome do gênero e depois o da espécie) Oriza sativa (arroz) Gênero espécie Canabis sativa (maconha) Gênero espécie
  • 3ª- Entre o gênero e a espécie, o animalpode ter umterceiro nome, que é o subgênero, escritocom inicial maiúscula e entre parênteses.Exemplos:Anopheles (Nyssorhynchus) darlingi gênero subgênero espécieAedes (Stegomya) aegyptiAnopheles (Kertesia) bellator
  • 4ª Depois da espécie, o animal pode ter umterceiro nome (nomenclatura trinominal), éa subespécie. Este nome deve ser escritocom inicial minúscula e sem pontuaçãointermediária.Exemplos:Homo sapiens sapiens - Homosapiens neanderthalensis gênero sp subespécie g spsbspRhea americana alba (ema branca)Rhea americana grisea (ema cinza)Micrurus frontalis frontalis (MT)Micrurus frontalis multicinctus (SC)
  • 5ª Regra parafamília Apis IDAE Família Gênero + sufixo apidae
  • Lei da prioridadeAdota-se para cada gênero e cada espécie, onome mais antigo pelo qual foi designado.Desejando citar o nome do autor, colocá-lo logoapós o nome científico sem qualquer pontuaçãointermediária. Em seguida coloca-se adata, separada do nome do autor por uma vírgula.O nome e a data não são grifados.Exemplos:Passer domesticus Linnaeus- Passer domesticus L.Entamoeba histolytica Shaudinn, 1903
  • Interpretação Evolutiva
  • Definição biológica de espécie“Dois indivíduos que se reproduzeme geram descendentes férteis sãoconsiderados da mesma espécie”
  • HíbridosCruzamento do jumento (Equus asinus) X égua (Equus caballus) = mula ou o burro(híbridos). O burro não consegue produzir espermatozóides por isso é estéril. A mula também é estéril porque não pode produzir óvulos. Outra explicação é que tanto o macho quanto a fêmea não têm os órgãos genitais bem desenvolvidos, o que dificulta o acasalamento.
  • LIGER= LEÃO X TIGRELiger é o maior felino do mundo= leão etigre (ele é 30% maior que o pai e amãe, chegando a 3,5m de comprimento e
  • Tigon filho de tigre com leoa.
  • Sistemática Atual