• Save
Historia da Educacao no Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Historia da Educacao no Brasil

on

  • 35,293 views

Apresentação elaborada para a disciplina de Fundamentos da Educação, profa. Inajara Salles, do Programa Especial de Formação de Professores, CEFET-MG - Belo Horizonte - Brasil. Abril-2005.

Apresentação elaborada para a disciplina de Fundamentos da Educação, profa. Inajara Salles, do Programa Especial de Formação de Professores, CEFET-MG - Belo Horizonte - Brasil. Abril-2005.

Statistics

Views

Total Views
35,293
Views on SlideShare
35,196
Embed Views
97

Actions

Likes
21
Downloads
0
Comments
13

6 Embeds 97

http://www.slideshare.net 83
http://leticiacapelaoacademico.blogspot.com 5
http://leticiacapelaoacademico.blogspot.com.br 4
http://webcache.googleusercontent.com 3
http://www.amigodoprofessor.org.br 1
http://www.techgig.com 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 13 Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • òtimo seu trabalho mande para meu -email eliomarzinho1975@hotmail.com
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • gostei muito do seu material! Se puder enviá-lo para meu e-,mail agradeço.
    murilomh05@hotmail.com
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • será que posso ter acesso a este material.
    agradeço. a.v.machado@gmail.com
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • manda pro e-mail por favor...
    mylena.sandy.music@hotmail.com
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Olá!
    muito bom seu trabalho, se possível envia para meu e-mail por favor.
    saldirene@hotmail.com
    Grata.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Populismo. Política do estado que buscava satisfazer as necessidades imediatas da populaçao. Relativa participação Estado manipula as camadas por meio de lideres carismaticos Estado representa interesses da burguesia Inverteu a politica economica protecionista defendida por Vargas Concedeu enormes vantagens ao capcital estrangeiro
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização
  • Ao contrário da 1a. Republica – quando os políticos colocavam a vocação agrária do páis, como um destino glorioso – nos anos 40 e 50 – agrarismo – coisa do passado Todas as forças sociais passaram a desejar e defender a industrialização Burguesia dividia-se na luta pelo controle do processo de industrialização

Historia da Educacao no Brasil Historia da Educacao no Brasil Presentation Transcript

  • História da Educação no Brasil 4a. República 1945 a 1964
  • Élcio Benjamim Fernanda M. Lara Geraldo Múcio Helington Frank Júnior Janaina Alessandra Letícia Capelão Liliane Cruz G. Souza Programa Especial de Formação de Educadores - CEFET-MG Fundamentos de Educação - Profa. Inajara Abr/05
  • :: Era Vargas :: Introdução Voltando no tempo ... Governo Provisório Estado Novo (ditadura) Governo Constitucional
    • Centralização do poder
    • Nacionalismo e diversificação da economia
    1937 1930 1934 1945
  • :: Estado Novo :: 1937 a 1945 Introdução Voltando no tempo ... Estado Novo
    • Constituição de 1937
      • Recursos públicos para Educação? (art. 130)
      • Sistema público x Escolas profissionais
      • Divisão de classes
    • Leis Orgânicas de Ensino
      • 6 decretos-leis (ensino primário, secundário, industrial, comercial, normal e agrícola)
  • Introdução :: sobre a 4a. República ::
    • Reformulação das Leis Orgânicas (13 anos)
    • Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBDEN)
      • Aprovada somente em 1961 (João Goulart)
    Avançando no tempo ... ERA LIBERAL
  • Introdução
    • Organização do ensino POR CLASSES
    :: Era Vargas X Era Liberal :: Primário Ginásio Superior Primário Normal Superior (Filosofia) Elite Primário Profissionalizante Superior (área técnica) Classes populares Avançando no tempo ... ERA LIBERAL
  • Introdução
    • Organização do ensino PRIMÁRIO
    • 4 anos ou 2 anos
    • prepatatório – exame de admissão no ginásio
    • Organização por número de turmas
      • Isoladas : 1 turma
      • Reunidas : com até 4 turmas
      • Grupo escolar : mais de cinco turmas
    :: Era Vargas X Era Liberal :: Avançando no tempo ... ERA LIBERAL
  • Introdução
    • Apogeu do populismo
    • Constituição de 1946
    • Participação das camadas urbanas na vida política e social
    • Democracia peculiar
      • ausência de liberdade partidária total
      • manipulação: líder carismático e paternalista
    :: sobre a 4a. República :: Avançando no tempo ... ERA LIBERAL
  • Introdução Avançando no tempo ... ERA LIBERAL
    • Anos 40 e 50
      • Vocação agrária -> industrialização
    • Estado representa interesse de oligarquias e burguesia (JK – Portaria 113 – capital estrangeiro)
      • PSD e PTB: participação do Estado – industrialização – controle do capital nacional
      • UDN: capitalismo internacional – presente na industrializção - comando do processo
    :: sobre a 4a. República ::
  • Introdução Avançando no tempo ... Os PARTIDOS :: sobre a 4a. República ::
    • Ideológicos
      • Igreja, órgãos de impressa escrita, rádios...
    • Políticos
      • • PC: Partido Comunista • PSD: Partido Social Democrático • PTB: Partido Trabalhista Brasileiro • UDN: União Democrática Nacional • PSP: Partido Social Progressista • PDC: Partido Democrata Cristão • PTN: Partido Trabalhista Nacional • PL: Partido Libertador
  • Introdução :: sobre a 4a. República ::
    • PC: Partido Comunista
    • pequeno e teoricamente fraco
    • valorizava escola pública e melhores condições de trabalho para o professor
    • mas.... Não soube dar continuidade às discussões metodológicas e didáticas. Após 1947, não recuperou mais seu registro.
    Avançando no tempo ... Os PARTIDOS
  • Introdução :: sobre a 4a. República ::
    • PSD: Partido Social Democrático
    • base oligarquia Agrária ,
    • aparentemente conservador,
    • teve suas raízes em Vargas tanto que se coligou com PTB também varguistas
    Avançando no tempo ... Os PARTIDOS
  • Introdução :: sobre a 4a. República ::
    • PTB: Partido Trabalhista Brasileiro
    • Criado por Vargas para controlar o proletariado
    • Mas... cresceu e radicalizou
    • Esquerda e alguns comunistas,
    • Plataforma nacionalista, conquistas sociais
    Avançando no tempo .. Os PARTIDOS
  • Introdução :: sobre a 4a. República ::
    • UDN: Partido Trabalhista Brasileiro
    • base também agrária
    • nunca defendeu o nacionalismo
    • anti–getulista
    • liberalismo político era em favor de colaboração com o capital estrangeiro, golpista, seduzidos pelo capital americano.
    Avançando no tempo ... Os PARTIDOS
    • Diferença entre decáda de 40 e 50
    • Pensamento progressista (socialismo) conquista boa parte da intelectualidade
    • Figura do intelectual engajado
      • Partido de esquerda
      • Teórico para movimentação de vanguardas políticas e culturais
    Introdução Avançando no tempo ... ERA LIBERAL :: sobre a 4a. República ::
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Vídeo 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: José Linhares Nascimento: Guaramiranga (Baturité) - CE, em 28.01.1886 Falecimento: Caxambu - MG, em 26.01.1957 Profissão: advogado Período de governo: 29.10.1945 a 31.01.1946 (03m05d) Idade ao assumir: 59 anos Posse: 29.10.1945, no gabinete do Ministro da Guerra, general Góis Monteiro.
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: Dia 29 de outubro de 1945, golpe militar derruba Getúlio Vargas do poder. Assume o presidente do Supremo Tribunal Federal José Linhares , convocação das Forças Armadas O Brasil
  • Judiciário :: 1945 a 1946 ::
    • Tem início o funcionamento da Companhia Siderúrgica Nacional .
    • O Partido Comunista Brasileiro - PCB é
    • legalizado.
    • O bispo D. Carlos Duarte Costa funda a Igreja Católica Apostólica Brasileira , tornando-se Bispo do Rio de Janeiro, após ter sido excomungado pelo Vaticano por suas posições contrárias assumidas em relação à Igreja Católica .
    O Brasil
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: O Brasil No dia 02 de dezembro de 1945 foram realizadas eleições presidenciais e vence: Eurico Gaspar Dutra
  • Judiciário :: 1945 a 1946 ::
    • Em Alamogordo, Estado do Novo México, nos Estados Unidos, explode a primeira bomba atômica.
    • As cidades de Hiroxima e Nagasaqui são arrasadas por bombas atômicas, matando milhares de japoneses.
    • O líder Ho Chi Minh proclama a independência do Vietnam.
    • Na Argentina, Juan Domingo Perón é preso e depois libertado.
    O Mundo
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: · É criada oficialmente a Organização das Nações Unidas - ONU . · Após o lançamento das bombas atômicas no Japão, termina a II Guerra Mundial . · As mulheres conquistam o direito ao voto na França e no Japão. O Mundo
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: Discussão da problemática do ensino público 1945: I Congresso Brasileiro de Escritores Manifesto-proposta sobre uma política democrática sobre educação e cultura Reetruturação da educação dos país em bases democráticas Gratuidade do ensino em todos os graus Maior participação das massas na cultura Educação no Brasil
  • Judiciário :: 1945 a 1946 ::
    • É criado o Instituto Rio Branco com o objetivo de recrutar e educar pessoal para a carreira diplomática.
    • O biólogo suíço Jean Piaget visita o Brasil como " pedagogo " (o que ele nunca foi) a convite da UNESCO .
    • É Ministro da Educação e Saúde Pública , no Governo José Linhares: Raul Leitão da Cunha.
    Educação no Brasil
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: Eurico Gaspar Dutra Nascimento: Cuiabá - MT, em 18.05.1883 Falecimento: Rio de Janeiro (GB) - RJ, em 11.06.1974 Profissão: militar (marechal) Período de governo: 31.01.1946 a 31.01.1951 (05a) Idade ao assumir: 63 anos Tipo de eleição: direta Votos recebidos: 3.251.507 (três milhões, duzentos e cinqüenta e um mil quinhentos e sete)
  • Judiciário :: 1945 a 1946 :: Eurico Gaspar Dutra Teatro Municipal. Rio de Janeiro (DF), 17 jul 1945. Homologação da candidatura de Eurico Gaspar Dutra à presidência
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • Política
    • 1946: Constituição ( a 4a da República)
    • Política Conservadora
    • Ilegalidade do PCB
    • Rompimento com URSS
    • Em maio de 1949, é feita uma visita do Presidente Dutra aos EUA
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 :: Aspecto do plenário da Assembléia Nacional Constituinte. Rio de Janeiro (DF), 1946.
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::                                                   Presidente Eurico Gaspar Dutra visita os Estados Unidos, a seu lado o presidente Harry Truman. Washington (EUA), 18 de maio de 1949. Aspecto da visita do presidente Eurico Gaspar Dutra aos Estados Unidos. Washington (EUA), 18 de maio de 1949.
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • Economia
    • Esgotamento das reservas,
    • PLANO SATÉLITE (saúde, alimentação, transporte e energia)
    • Pavimentação da Rio-SP
    • Cia Hidrelétrica do São Francisco
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 :: Presidente Eurico Gaspar Dutra e Cristiano Machado, candidato à presidência da República, em visita à Cia Hidrelétrica do São Francisco. Paulo Afonso (BA), 19 de junho de 1950. (CPDOC/CM foto 086_14)
  • O Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • Sociedade
    • Criação do SESI
    • Proibição do “jogo do bicho”
    • Adhemar de Barros - governador de São Paulo.
  • O Mundo Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • Europa arrasada após a II Grande Guerra
    • Início da Guerra Fria entre EUA e URSS.
  • O Mundo Dutra :: 1946 a 1951 :: Londres destruída após a 2a. Guerra mundial
  • A educação no Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • 1946
    • a nova constituição determina a obrigatoriedade de se cumprir o ensino primário e dá competência à união para legislar sobre diretrizes e bases da educação nacional. “Educação é direito de todos”.
    • Decretos-lei regulamentando o ensino primário, o normal e o ensino agrícola
    • Criação do SENAC
  • A educação no Brasil Dutra :: 1946 a 1951 ::
    • 1948
    • é encaminhado para o Congresso Nacional o projeto de Lei e Diretrizes e Bases para Educação Nacional. (LDBEN)
    • 1949
    • é fundada a Associação Montessori do Brasil.
    • Realiza-se o II Congresso Nacional da Campanha Nacional dos Educandários Gratuitos.
  • A educação geral
    • São editadas as obras:
    • de Jean Piaget
      • " A formação do símbolo na criança “ " O desenvolvimento da noção do tempo “ " As noções de movimento e velocidade “
      • " A psicologia da inteligência “ (síntese de outra obra)
      • " A representação do espaço na criança ".
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • A educação geral
    • Jean Piaget recebe o título de " Doutor Honoris Causa " das Universidades de Bruxelas e do Brasil .
    • É criado o Fundo das Nações Unidas para a Infância - UNICEF , vinculado a Organização das Nações Unidas - ONU .
    Dutra :: 1946 a 1951 ::
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Getúlio Dornelles Vargas nasceu em São Borja (RS), em 1882.
    • Bacharel pela Faculdade de Direito de Porto Alegre (1907).
    • Elegeu-se pelo Partido Republicano Rio Grandense, dep. estadual, deputado federal e líder da bancada gaúcha (1923 e 1926).
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Em 1929, candidatou-se à presidência da República na chapa oposicionista da Aliança Liberal. Derrotado, chefiou o movimento revolucionário de 1930.
    • Assumiu em novembro deste mesmo ano o Governo Provisório (30-34), e neste período, Vargas deu início à estruturação do novo Estado.
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Cria o Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e a promulgação das primeiras leis trabalhistas.
    Carteira de trabalho nº1, de 30 de julho de 1952. (Museu da República)
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Vargas foi deposto em 29 de outubro de 1945.
    • Afastado do poder, Getúlio Vargas apoiou a candidatura do Gal. Eurico Dutra à presidência da República.
    • Foi eleito senador pelos estados: Rio Grande do Sul (PSD), e São Paulo (PTB).
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 :: Eleito Presidente no dia 3 de outubro de 1950, Vargas obteve uma vitória maiúscula, quase alcançando a maioria absoluta com 3.849.040 votos (48,7%). Homenagem à Getúlio – Marchinha (clique aqui)
  • Campanha – Eleições 1950 Vargas :: 1951 a 1954 :: Campanha de Getúlio Vargas – Rio de Janeiro
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 :: Campanha de Getúlio Vargas – Manaus Campanha de Getúlio Vargas – Belo Horizonte
  • Vargas :: 1951 a 1954 :: Getúlio Vargas Vídeo – Campanha em Belo Horizonte (clique aqui)
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Retomada da orientação nacionalista.
    • Monopólio estatal sobre o petróleo, criação da Petrobrás.
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Vargas enfrentava oposição cerrada por parte da UDN, em especial do jornalista Carlos Lacerda.
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • O atentado realizado contra Lacerda no início de agosto de 1954,
    • detonou a crise final do governo (Atentado da Toneleros).
    • Pressionado pelas Forças Armadas, na madrugada de 23 para 24 de agosto, Vargas suicidou-se com um tiro no coração.
  • Getúlio Vargas Vargas :: 1951 a 1954 ::                                                                          Cortejo fúnebre na Praia do Flamengo. Rio de Janeiro (DF), 25 de agosto de 1954.
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • O ex-ditador Getúlio Vargas é eleito presidente da república.
    • Lançamento da TV Tupi em São Paulo (Assis Chateaubriant).
    • Cria a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
    • Jânio Quadros é eleito prefeito de São Paulo.
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Concluída a hidroelétrica do São Francisco.
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Expansão da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional).
    • Criação da Petrobrás (03/10/1953)
    • Vai ao ar a primeira edição do Repórter Esso.
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: O programa Repórter Esso : Às 12h45 do dia 28 de agosto de 1941 foi ao ar a primeira edição do Repórter Esso, com locução de Romeu Fernandez. Patrocinado pela empresa norte-americana de combustíveis, o programa tinha suas notícias redigidas pela United Press Internacional e traduzidas pela equipe local. Dizem que o programa tinha tanta importância na época que, mesmo que outro programa noticiasse um acontecimento em primeir mão, ninguém acreditava enquanto não ouvisse no Repórter Esso. Por ser feito nos EUA, o programa levou a fama de só mostrar o lado norte-americano nos acontecimentos internacionais, como a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnan. Mas isso de forma alguma tirou sua importância. Devido ao sucesso no rádio, o programa ganhou sua versão televisiva na TV Tupi, onde Gontijo Theodoro continuou seu trabalho. http://radiobaseurgente.blogspot.com/2003_08_31_radiobaseurgente_archive.html Reporter Esso (clique aqui)
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 ::
    • Criação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDE).
    • Atentado da rua Toneleros (05/08/1954)
    • Suicídio de Getúlio Vargas (24/08/1954)
  • O Brasil Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • O Mundo
    • Começa a guerra da Coréia.
    • Primeiro computador comercial, UNIVAC I, é lançados nos EUA.
    • Entra em vigor nos Estados Unidos a Lei McCathy que regula as atividades anti-americanas.
    • O General Juan Domingo Perón é eleito Presidente da Argentina.
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • O Mundo
    • A Inglaterra explode sua primeira bomba atômica em Monte Bello, na Austrália.
    • Surge a pílula anticoncepcional.
    • É proclamada a república do Egito.
    • Fim da Guerra da Coréia (saldo de mortos: 1,3 milhão de sul-coreanos, 500 mil norte- coreanos, 1 milhão de chineses e 54 mil norte-americanos).
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • O Mundo
    • Morre Josef Stalin.
    • O cientista Albert Sabin descobre a vacina contra a poliomelite.
    • Tem início a guerra pela independência da Argélia.
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • A educação no Brasil
    • É fundada a Associação Montessori do Brasil – AMB (Escola Experimental Montessori).
    • Anísio Teixeira inaugura em Salvador o Centro Popular de Educação (Centro Educacional Carneiro Ribeiro), dando início a sua idéia de escola-classe e escola-parque .
    • Lauro de Oliveira Lima inicia no Brasil os trabalhos de educação com base nas teorias de Piaget.
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • A educação no Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: Senhor Governador: Êste é o comêço de um esfôrço pela recuperação, entre nós, da escola pública primária. Três pavilhões, três grupos escolares, vão ser hoje inaugurados por V. Ex.a, partes integrantes de um Centro Popular de Educação, a que houve por bem V. Ex.ª de designar Centro Educacional Carneiro Ribeiro, em homenagem ao grande educador baiano. A construção dêsses grupos obedece a um plano de educação para a cidade da Bahia, em que se visa restaurar a escola primária, cuja estrutura e cujos objetivos se perderam nas idas e vindas de nossa evolução nacional. Quando digo isto, Sr. Governador, não estou a aduzir um julgamento, mas, a trazer um testemunho. Há vinte e cinco anos atrás era eu o diretor de instrução do Estado em um govêrno que, como o de hoje, parecia inaugurar uma era de reconstrução para a Bahia. As escolas primárias passaram, então, por um surto de renovação e de incremento, mas, o que é digno de nota era o seu funcionamento integral, com os cursos em dois turnos, e o programa, para a época, tão rico quanto possível. Carta de Anísio Teixeira
  • A educação no Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: Projeto inovador: construção de centros populares de educação em todo o estado para crianças até 18 anos. Única escola concluída: Centro Educacional Carneiro Ribeiro, inaugurado em 1950 no bairro popular da Liberdade, conhecido como Escola Parque.
  • A educação no Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: Inauguração do Centro Educacional Carneiro Ribeiro ( Escola Parque e Escolas Classe) Ao centro, de pé: Anísio Teixeira, Carmem Teixeira, Otávio Mangabeira 21-9-50 Salvador/BA
  • A educação no Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: Destinado ao nível primário Composto de quatro "escolas-classe" e uma "escola parque"
  • A educação no Brasil Vargas :: 1951 a 1954 :: Proposta: alternar atividades intelectuais com atividades práticas, distribuídas ao longo de todo o dia. artes aplicadas, industriais e plásticas, jogos, recreação, ginástica, teatro, música e dança.
  • A educação no Brasil
    • É fundada a Universidade Católica de Pernambuco (1951).
    • Fundada a Universidade Mackenzi em São Paulo (1952).
    • Fundada a Universidade Federal do Ceará (1954).
    • O Ministério da Educação separa-se do Ministério da Saúde e passa a se chamar Ministério da Educação e Cultura (MEC).
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • A educação no Brasil
    • Tramita no congresso a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional ( LDBEN ).
    • É criada a Campanha de Aperfeiçoamento e Difusão do Ensino Secundário - CADES , vinculado à Diretoria do Ensino Secundário.
    • É criado o Comitê Brasileiro da Organização Mundial de Educação Pré-Escolar - OMEP .
    • É criado o Conselho Nacional de Pesquisa – CNPq.
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • A educação geral
    • São editadas as obras:
    • de Jean Piaget.
      • " Introdução à epistemologia genética "
      • " A gênese da idéia de acaso "
      • " Lógica e psicologia "
      • " Ensaio sobre as transformações das operações lógicas “
    • de Hans Aebli, baseada na teoria de Jean Piaget.
      • Didática psicológica
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário ∂ Introdução Getúlio Vargas ∂ Conclusão Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Café Filho Café Filho :: 1954 a 1956 ::
    • Nascimento: Natal - RN, em 03.02.1899
    • Falecimento: Rio de Janeiro (GB) - RJ, em 20.02.1970
    • Profissão: advogado
    • Em 1934 elegeu-se Deputado
    • Posse: 03.09.1954, no Palácio da Câmara dos Deputados, em sessão conjunta presidida pelo senador Alexandre Marcondes Filho.
    • Período de governo: 24.08.1954 a 11.11.1955 (01a 02m 20d)
    • Idade ao assumir: 55 anos
  • O Brasil Café Filho :: 1954 a 1956 ::
    • O crescimento da inflação e o déficit do balanço de pagamentos com o exterior
    • Todos os partidos declararam uma posição de independência em relação ao novo governo
    • Em 11 de dezembro assinou o decreto de criação da Comissão de Localização da Nova Capital Federal
    • Inaugurou em fins de janeiro de 1955 a primeira Usina hidrelétrica de Paulo Afonso
  • O Mundo Café Filho :: 1954 a 1956 ::
    • É instituído o Pacto de Varsóvia que visa uma aliança defensiva do leste europeu.
    • O Presidente argentino Juan Perón é derrubado por um golpe militar.
  • A educação no Brasil Café Filho :: 1954 a 1956 ::
    • É criado o Instituto Superior de Estudos Brasileiros - ISEB , com o objetivo de criar uma "cultura brasileira".
    • O ISEB destinava-se ao estudo, ao ensino e à divulgação das ciências sociais, cujos dados e categorias seriam aplicados à análise e à compreensão crítica da realidade brasileira e à elaboração de instrumental teórico que permitisse o incentivo e a promoção do desenvolvimento nacional.
    • É criada a Campanha Nacional de Alimentação Escolar - CNAE
  • A educação no Brasil Café Filho :: 1954 a 1956 ::
    • O Deputado Carlos Lacerda apresenta seu primeiro substitutivo ao projeto de Lei para Diretrizes e Bases da Educação Nacional
    • São fundadas a Pontifícia Universidade Católica de Campinas e a Universidade Federal da Paraíba
    • Anísio Teixeira funda os Centros de Pesquisas Educacionais de SP, RJ, Recife, BH, Salvador e Porto Alegre.
  • A educação no Brasil Café Filho :: 1954 a 1956 :: Visita à Escola Experimental do Centro Regional do INEP em Salvador-BA (década de 50) Ao centro, em primeiro plano, Anísio Teixeira (Diretor do INEP)
  • A educação no Brasil Café Filho :: 1954 a 1956 :: Esses Centros reuniram intelectuais nacionais e internacionais de renome que fizeram pesquisas sobre os temas mais variados como, por exemplo, a reconstituição histórica de aspectos da realidade brasileira, a urbanização, a industrialização e seus efeitos sobre a escolarização do país, a formação de docentes para o primeiro e segundo graus.
  • A educação geral
    • É editada a obra:
    • de Jean Piaget.
      • " Da lógica da criança à lógica do adolescente "
    Vargas :: 1951 a 1954 ::
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Juscelino Kubstichek Nascimento: Diamantina - MG, em 12.09.1902 Falecimento: Resende - RJ, em 22.08.1976 Profissão: médico Período de governo: 31.01.1956 a 31.01.1961 (05 anos) Tipo de eleição: direta Votos recebidos: 3.077.411 (três milhões, setenta e sete mil quatrocentos e onze) Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • Juscelino Kubstichek Juscelino :: 1956 a 1961 :: JK e Jango no dia da posse Acervo TV Cultura
  • O Brasil Juscelino :: 1956 a 1961 :: O projeto econômico de Juscelino foi apresentado em seu Plano de Metas, em seu lema "50 anos em 5". Implantado pelo Instituto superior de Estudos Brasileiro (ISBE) vinculado ao MEC filosofia do nacionalismo desenvolvimentista
  • O Brasil Juscelino :: 1956 a 1961 :: PLANO DE METAS Energia : ampliação do fornecimento. Transporte: ampliação e melhoria das estradas de rodagem e estímulo às montadoras de automóveis. Alimentação: maiores investimentos no setor de alimentos para aumentar a oferta. Indústrias de base : maiores investimentos no setor. Educação : melhoria e ampliação do ensino público. A construção de Brasília: incentivo ao desenvolvimento do Brasil Central.
  • O Brasil Juscelino :: 1956 a 1961 :: Sustentado por um competente esquema de comunicação, JK entusiasmou o país com a promessa de modernização, traduzida em seu lema "50 anos em 5". Sem conseguir cumprir satisfatoriamente a maior parte de suas propostas, o Governo JK permitiu anos de intenso crescimento econômico e favoreceu a consolidação da face industrial do Brasil.
  • O Brasil Juscelino :: 1956 a 1961 :: A inflação atingiu níveis altíssimos e o déficit da balança comercial alcançou uma proporção que se tornou preocupante para os credores internacionais. Eles já não acreditavam que o país teria condições de pagar suas dívidas.
  • O Brasil 1958 (clique aqui) O Brasil ganha pela primeira vez o Campeonato Mundial de Futebol . Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • O Mundo
    • Árabe Unida constituída pelo Egito, Síria e Iêmen.
    • A União Soviética lança o primeiro satélite artificial da Terra, o Sputinik I , dando início à corrida espacial manda ao espaço o primeiro ser vivo: uma cadela da raça Laika de nome Kudriavka (Crespinha). A cadelinha não pode ser resgatada do espaço. É formada a República
    • Tem início a Revolução Cubana liderada pelo jovem advogado Fidel Castro.
    • Morre o Papa Pio XII. O Cardeal Angelo Giuseppe Roncalli é eleito Papa João XXIII
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • O Mundo CURIOSIDADE: Querem saber o que aconteceu com o Sputinik? Infelizmente o lançamento fracassou, ao final da contagem regressiva ouviu-se um estrondo e formou-se uma grande nuvem preta no ar. A tristeza foi geral! Conta a história, que a pessoa escolhida para acionar o dispositivo do foguete foi um detevive que era um espião e que provavelmente sabotou o projeto. O detetive que foi levado à delegacia nada revelou e alguns dias depois desapareceu misteriosamente da cela. Mas, os responsáveis pelo projeto, nossos bravos inventores não desanimaram, se reuniram em um lugar secreto para pensarem em um outro projeto que ia dar o que falar: o conserto de lâmpadas !!! Acredite se quiser! Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • O Mundo
    • Os revolucionários cubanos, liderados por Fidel Castro e Ernesto " Che " Guevara, entram triunfalmente em Havana, capital de Cuba.
    • É instituído o Mercado Comum Europeu – MCE .
    • A União Soviética faz pousar na Lua o primeiro artefato construído pelo ser humano.
    • O governo cubano nacionaliza os empreendimentos norte-americanos.
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • O Mundo
    • O Egito nacionaliza o Canal de Suez , pondo fim a intervenção inglesa.
    • O exército da União Soviética invade a Hungria, pondo fim ao que os soviéticos chamaram de insurreição.
    • É criada a Comunidade Econômica Européia - CEE .
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • A educação no Brasil
    • Era sistema de ensino para a elite.
    • Somente foi dada ênfase ao ensino profissionalizante.
    • No seu ultimo ano de governo s omente 23% dos alunos do curso primário checavam a quarto ano e destes somente 3,5% ao último ano do curso médio
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • A educação no Brasil
    • São Ministros da Educação e Cultura, no Governo Juscelino Kubitschek: Clóvis Salgado da Gama, Celso Teixeira Brandt (interino), Nereu de Oliveira Ramos (interino), Pedro Calmon Moniz Bittencourt (interino), José Pedro Ferreira da Costa (interino), Pedro Paulo Penido e Clóvis Salgado da Gama.
    • Tramita no congresso a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN).
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • A educação no Brasil Juscelino :: 1956 a 1961 ::
    • É criada a Revista Escola Secundária , pela
    • Campanha de Aperfeiçoamento e Difusão do Ensino Secundário - CADES , do Ministério da Educação . · O ministro Clóvis Salgado altera o projeto original da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e envia para o Congresso Nacional o Substitutivo n o 2.222 . A Emenda Carlos Lacerda (seu terceiro Substitutivo) prevalece sobre o texto das Diretrizes e Bases da Educação Nacional , alterando substancialmente a pujança do projeto original.
  • A educação no Brasil
    • Cento e oitenta educadores lançam um manifesto à nação, solicitando ao governo que o projeto da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional fosse rejeitado.
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • A educação geral
    • 1956 Morre na Holanda a educadora Maria Montessori.
    • Iniciam-se as publicações dos seminários realizados no Centro de Epistemologia Genética de Genebra, por Jean Piaget, que ultrapassaram o número de trinta.
    Juscelino :: 1956 a 1961 ::
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário ∂ Introdução Getúlio Vargas ∂ Conclusão Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • Jânio Quadros
    • Nascimento: 25.01.1917 – Campo Grande
    • Falecimento : 16.02.1992
    • Mandato : 31.01.1961 a 25.08.1961
    • Profissão : Advogado
    • Votos recebidos: 5.636.623
    • Provavelmente o governo mais populista
    Jânio Quadros :: 1961 ::
  • O Brasil – Eleição Jânio Quadros :: 1961 ::
    • A 1º eleição(1936) que Jânio participou, foi na Faculdade de Direito, onde resolveu eleger-se Secretário da entidade
    • Para Vereador (1947) pelo partido PDC –(Partido Democrata Cristão),seu trabalho foi muito decisivo para projetá-lo na vida política paulista.
    • Deputado estadual (1951)
    • Prefeito de São Paulo (1953)
  • O Brasil – Eleição Jânio Quadros :: 1961 ::
    • Governador do estado (1955)
    • Depois foi para a Presidência (1961)
    • Novamente Prefeito de São Paulo (1985)
  • Marca de Campanha Jânio Quadros :: 1961 ::
    • Simbolizado por uma vassoura (clique aqui) .
        • moralização da administração pública
        • varrer a desonestidade e a corrupção
        • Varrer os ratos, ricos e os reacionários da máquina pública
    • Levava multidões a praças e avenidas empunhando vassouras.
  • Seu mandato Jânio Quadros :: 1961 ::
    • Após a posse em 31.01.1961, de herança do ex-presidente JK, Jânio recebeu uma dívida externa grande e problemas na educação e Saúde.
    • Sua posição política manteve-se ambígua. Por um lado aceitava as disposições do FMI para controlar a economia e por outro reatava relações diplomáticas com países socialistas.Condecoração do ministro Cubano Che Guevara, com a ordem do Cruzeiro do Sul.
  • Seu mandato Jânio Quadros :: 1961 :: Em meio a todos os problemas o presidente tomava medidas descabidas, como proibir o uso de biquínis nas praias brasileiras, brigas de galo e lança-perfume no carnaval.
  • Jânio Quadros :: 1961 :: Renúncia
    • Submetido a pressões de todos os lados em 25.08.1961 (6m27d), ele renuncia:
    • “ Desejei um Brasil para os brasileiros, afrontando, neste sonho, a corrupção a mentira e a covardia que subordinam os interesses gerais ao apetite e às ambições de grupos ou indivíduos,inclusive do exterior. Sinto-me porém esmagado. Forças erríveis levantaram-se e me intrigam ou me difamam, até com desculpa da colaboração.Se permanecesse, não manteria a confiança e a tranquilidade, ora quebradas, indispensáveis ao exercício da minha autoridade.”
    • Acreditava que por ter sido eleito pela maioria seria reempossado pela população e forças armadas, permitindo a ele maiores poderes no Congresso Nacional
  • Jânio Quadros :: 1961 :: Renúncia
    • Instalou-se uma grave crise política no País.
    • Assume o presidente da Câmara dos deputados Ranieri Mazzilli, pois o vice-presidente João Goulart encontra-se no exterior.
    • A UDN e grupos militares não queriam João Goulart na presidência pela sua estreita ligação com Vargas e por ser menbro do PTB.
    • Sob liderança do governador do estado do Rio Grande do Sul Leonel Brizola e o comandante do III Exército queriam o cumprimento da lei.
  • Jânio Quadros :: 1961 :: A educação no Brasil
    • Lecionou em dois colégios tradicionais em São Paulo :
      • Dante Alighieri
    • Vera Cruz
  • :: sobre a 4a. República :: Poder Judiciário Getúlio Vargas ∂ Conclusão Eurico Gaspar Dutra Café Filho Jânio Quadros João Goulart Juscelino Kubitschek ∂ Contexto Histórico/Educação Geral e Brasil 1951 1945 1946 1954 1964 1954 1956 1961
  • João Goulart Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Nascimento: Cuiabá - MT, em 18.05.1883
    • Falecimento: Rio de Janeiro (GB) - RJ, em 11.06.1974
    • Profissão: militar (marechal)
    • Período de governo: 31.01.1946 a 31.01.1951 (05a)
    • Idade ao assumir: 63 anos
    • Tipo de eleição: direta
    • Votos recebidos: 3.251.507 (três milhões, duzentos e cinqüenta e um mil quinhentos e sete)
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Renúncia de Jânio Quadros
    • Crise de 1961 e a solução parlamentarista
    • A posse de João Goulart
    • Presidencialismo ou Parlamentarismo
    • (O plebiscito de 1963)
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 :: Jango em visita à China Posse em 07 de setembro de 1961
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • A crise econômica e o Plano Trienal
    • As reformas de base
    • As pressões e mobilizações políticas e sociais
    • Esquerdistas x Direitistas
    • O golpe militar de 1964 e o fim do governo Jango
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 :: O governo é marcado por manifestações é greves Jango e Tancredo Neves
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Realizações de Jango:
    • Direitos do trabalhador rural e campanhas de alfabetização;
    • Criação da CODEP;
    • Incentivo a indústria nacional e indústria química de base;
    • Nacionalização dos serviços de telefonia;
    • Eletrobrás, Porto de Tubarão (CVRD), Usiminas, Cosipa;
    • Financiamento habitacional;
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • A capital do país muda-se para Brasília
    • O Acre é elevado à condição de Estado
    • O Brasil é bicampeão mundial de futebol
    • A primeira telenovela é transmitida pela TV Excelsior, com Glória Menezes e Tarcísio Meira
  • O Brasil Jango :: 1961 a 1964 :: O Brasil é bicampeão (clique aqui)
  • O Mundo Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Guerra fria EUA x URSS
    • (Capitalismo x Comunismo)
    • Cuba é expulsa da OEA
    • Iuri Gagarin vai ao espaço
    • Muro de Berlim
    • Surgem os Beatles e os Rolling Stones
    • Morrem John Kennedy, o papa João XXIII e a atriz Marilyn Monroe
  • A educação no Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • É promulgada a Lei 4.024 – LDBEN
    • Surgem os Centros Populares de Cultura (CPC) e campanhas de alfabetização
    • Criação de universidades
    • Criação do Conselho Federal de Educação e Estaduais de Educação
    • Plano Nacional de Educação e Alfabetização
    • Método Paulo Freire e o escolanovismo
    • Diretrizes de reforma das universidades
  • A educação no Brasil Jango :: 1961 a 1964 :: Os CPC’s são criados em 1962
  • A educação no Brasil Jango :: 1961 a 1964 :: Integrantes do CPC da UNE, encenando uma peça de teatro na sede do sindicato dos metalúrgicos (RJ), onde estava em andamento a Revolta dos Marinheiros. 25/26 de março 1964.
  • A educação no Brasil Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Pedagogia Libertadora
    • Baseada nos métodos de alfababetização de Paulo Freire.
    • Pregava a educação questionadora e voltada para a vida.
    • Conceito de educando-educador.
  • A educação geral Jango :: 1961 a 1964 ::
    • Campanha em Cuba erradica o analfabetismo em toda a ilha em um ano
    • Morre na França o sociólogo e educador, Adolphe Ferrière
    • Thimothy Leary, conhecido como " papa psicodélico ", é expulso da Universidade de Harvard , por suas experiências com LSD
  • Conclusão :: sobre a 4a. República ::
  • Referências Bibliográficas
    • GHIRALDELLI JÚNIOR, Paulo. Historia da educação. São Paulo: Cortez, 1990.
    • DOMINGUES, Joelza Ester. História: o Brasil em foco . São Paulo: FTD, 1996.
    • http://www.prossiga.br/anisioteixeira/Visita_Guiada/p6a.htm
    • http://www.educacional.com.br/brasil_multimidia/presidentes/jose_linhares.asp#
    • http://www1.folha.uol.com.br/folha/almanaque/biquini.htm
    • http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/heb09.htm
    • http://www.bibvirt.futuro.usp.br/especiais/videos/jk/jk.html
    • http://www.cpdoc.fgv.br/nav_gv/htm/galeria/multimidia.asp
    :: sobre a 4a. República ::