M
     U
     N
     D
     O
     S
                 CONCEPÇÃO E
                 DESENVOLVIMENTO
     V
     I          ...
M
        U
        N
        D
        O
        S

        V
        I
        R
        T
        U
        A
        I...
Mundos Virtuais, Ambientes Virtuais (de Aprendizagem)
E-Learning … formal, intencional, informal…
http://marciaconner.com/...
Evolução conceito EaDistância…E-Learning

              Nível I         Nível II                                        Ní...
E/B-Learning - definição

Garrison, D.R. & Anderson T.(2005)
“sistema de aprendizagem em rede e online que tem lugar
num c...
E/B-Learning - questões essenciais


No e-learning e b-learning – a questão
fundamental é a „aprendizagem‟ e não a
tecnolo...
E/B-Learning - desafios essenciais




- Transformar o „dar aulas‟ no
modelo de ‘comunidades de
investigação’
O desafio do e/b-learning:
desenvolver ambientes de ensino que promovam a
aprendizagem

A)   Concepção/ Design instruciona...
A) Concepção/ Design instrucional,


“[ID] is the systematic process of translating principles of learning and
   instruct...
A) Concepção/ Design instrucional,




  Fundamentação, alguns princípios…
Uma dimensão construtivista da aprendizagem

Quando falamos em aprendizagem, não falaremos
simplesmente em adquirir ou mem...
A dimensão reflexiva da aprendizagem


Formar é, assim, promover formas de
pensamento mais próximo dos utilizados pelos
bo...
A dimensão reflexiva da aprendizagem



   Escrita e aprendizagem
   A    escrita   obrigará  os
   formandos a pensarem n...
A colaboração     = 2 ou + pessoas
aprendem e pretendem aprender algo
de forma conjunta’. Dillenbourg (1999)


      Fórun...
A      construção      do
conhecimento      é   uma
experiência partilhada e
determinada          pelos
contextos ou situa...
A) Concepção/ Design instrucional,




  Planificação, intenção, estrutura….
  (Presença docente, presença
  pedagógica)
Planificação, intenção, estrutura….
    Presença docente, pedagógica


Elementos da responsabilidade do professor:
- elabo...
Planificação, intenção, estrutura….
      Presença docente, pedagógica



Exemplos
-  TelEduc
-  Moodle
-  Blog/ MediaInte...
Planificação, intenção, estrutura….
      Presença docente, pedagógica




-   Eureka
Planificação, intenção, estrutura….
      Presença docente, pedagógica




-   TelEduc
Planificação, intenção, estrutura….
      Presença docente, pedagógica




-   Moodle
O Moodle – ED.UC
ED.UC
             Design Instrucional




        TIPO DE ACTIVIDADE                - Storytelling & Storywriting
       ...
Design Instrucional




TIPO DE ACTIVIDADE               -    Storytelling & Storywriting
ENVIO DE FICHEIRO AVANÇADO

 Cri...
Planificação, intenção, estrutura….
       Presença docente, pedagógica




-   Blog/ MediaIntertalking
Blog Media Intertalking
Blog Media Intertalking




           http://mediaintertalking.blogspot.com/
Blog EduBlog - InterUniversitário




            http://univeduca.blogspot.com
E/B- learning
 desenvolver ambientes de ensino que promovam a
aprendizagem

B) Desenvolvimento das interacções
   /Tutoria...
B) Desenvolvimento das interacções /Tutoria,
comunicação, presença social, presença cognitiva
Presença Cognitiva
-Capacida...
Modelo de Tutoria de Gilly Salmon
Fase 1 – Acesso e Motivação

Papel do e-moderador:
   Acompanhar os formandos no seu processo de ambientação à

   nova f...
Fase 3 – Troca de Informação

Papel do e-moderador:
   Fornecer formas práticas para partilhar informação online

   Con...
Fase 5 - Desenvolvimento



 e-moderador
       Apoiar e incentivar
       Gerir as contribuições
       Dinamizar e co...
Tutoria – avaliação da experiência
E/B- learning
 desenvolver ambientes de ensino que promovam a
aprendizagem

C) Avaliação; das aprendizagens, do
   impacto...
Avaliação


Descrever a quantidade e qualidade das
  interacções….
324
  Mensagens



149



         78
                        47
                24              26



Março   Abril   Mai...
22 Fóruns de
 Discussão

552 Mensagens

208 por internos
344 por externos
671 emails
 trocados

344 recebidos
151 enviados
CONTEÚDO EMAILS N.º     %
      Actividades da 187     38
    disciplina de RTE
          Bate-Papo     99   20
Questões t...
Avaliação


3) Analisar resultados, aprendizagens….
Grelha avaliação- aprendizagens e
resultados
Avaliação


4) Avaliar
   a presença do professor
    a presença cognitiva
     a presença social….
Questionário avaliação presença pedagógica, p.cognitiva,
presença social
community of Inquiry questionnaire
Questionário avaliação presença
pedagógica, p.cognitiva, presença social
Concepção e desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem: questões pedagógicas
Concepção e desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem: questões pedagógicas
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Concepção e desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem: questões pedagógicas

2,981 views
2,835 views

Published on

Apresentação da Prof.ª Teresa Pessoa, da Fac. Psicologia e C. Educação da Universidade de Coimbra, no 4.º Seminário "Second Life: uma plataforma", dedicado ao tema "Mundos virtuais e e-learning", realizado na UTAD (http://home.utad.pt/~leonelm/SLeminario/)

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,981
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
100
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Concepção e desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem: questões pedagógicas

  1. 1. M U N D O S CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO V I DE AMBIENTES R T VIRTUAIS DE U A APRENDIZAGEM: I QUESTÕES S PEDAGÓGICAS e Teresa Pessoa 4.º Seminário "Second Life: uma plataforma" tpessoa@fpce.uc.pt 6 Outubro 2010 Universidade Coimbra
  2. 2. M U N D O S V I R T U A I S E-Learning Ambientes virtuais de aprendizagem
  3. 3. Mundos Virtuais, Ambientes Virtuais (de Aprendizagem) E-Learning … formal, intencional, informal… http://marciaconner.com/intros/informal.html
  4. 4. Evolução conceito EaDistância…E-Learning Nível I Nível II Nível III Futuros… 1888… (1960) (1970) 2ªG (1980) 1990… M.Carmen Sec.XXI- M.Carmen M.del M.João M.João 3ª G 1994…hoje- Tele-ens 5ª e 6ª G- M. João Carmen Multimedia M.João-4ªG Mono-media Múltiplos Múltiplos Multimedia Ambientes hibridos Mobile learning Radio… media media Interactivo Multimedia colaborativo Correspondê Web 2.0 Second Life / 3D Documentos Canais de Emissões Cd- Rom e DVD Internet Learning Web impressos audio e audio e video correio postal Managment System LMS Telemoveis, Pda, MP3… Cassetes computador Emissões vídeo e , Cds, radiofónicas AMBIENTES áudio email…. E TV VIRTUAIS APRENDIZAGEM Aprendizag. Aprend. Gestão conhecimento passiva moderada/ .. De uma Web estática – s/ interacção Activa Para Web dinâmica onde Cassíncrona C.síncrona o utilizador produz publica Comunic.Pro Rara Pouco freq. Frequente Muito frequente Muito…. f-aluno Comunic.Alu Inexistente Inexistente Existe.pouco Existente e significativa Existente e significativa no/aluno significativa Assíncrona individual ou Assíncrona individual ou Modalidad Assíncrona Síncrona/desf Assíncrona e grupo /síncrona grupo /síncrona Comunicaç Correio asada tempo síncrona Email, forum,chat, e Email, forum,chat, postal telefone Telefone e email videoconf. videoconf.,SMS, Im, podcasts
  5. 5. E/B-Learning - definição Garrison, D.R. & Anderson T.(2005) “sistema de aprendizagem em rede e online que tem lugar num contexto formal e que põe em jogo toda uma série de tecnologias multimedia” (p.18)
  6. 6. E/B-Learning - questões essenciais No e-learning e b-learning – a questão fundamental é a „aprendizagem‟ e não a tecnologia
  7. 7. E/B-Learning - desafios essenciais - Transformar o „dar aulas‟ no modelo de ‘comunidades de investigação’
  8. 8. O desafio do e/b-learning: desenvolver ambientes de ensino que promovam a aprendizagem A) Concepção/ Design instrucional, fundamentação, presença docente, presença pedagógica B) Desenvolvimento das interacções /Tutoria, presença social, presença cognitiva A) Avaliação ( ou avaliações); das aprendizagens, do impacto, a usuabilidade, da satisfação, da proximidade, das presenças….
  9. 9. A) Concepção/ Design instrucional, “[ID] is the systematic process of translating principles of learning and instruction into plans for instructional materials and materials.” Smith & Ragan (1993:12) Fundamentação – ou que princípios Planificação, intenção, estrutura…. (Presença docente, pedagógica)
  10. 10. A) Concepção/ Design instrucional, Fundamentação, alguns princípios…
  11. 11. Uma dimensão construtivista da aprendizagem Quando falamos em aprendizagem, não falaremos simplesmente em adquirir ou memorizar alguns conceitos, conhecimentos ou procedimentos muito ao encontro de uma imagem tecnicista da educação. É importante não só a tarefa de instruir e modelar comportamentos, numa perspectiva objectivista mas, sobretudo, de criar condições para que se aprenda numa perspectiva construtivista Aprender com as tecnologias
  12. 12. A dimensão reflexiva da aprendizagem Formar é, assim, promover formas de pensamento mais próximo dos utilizados pelos bons profissionais. Não se trata de simplesmente memorizar mas é importante aprender a pensar, isto é, a analisar e reflectir sobre as situações de ensino-aprendizagem e a investir, também, de modo flexível na descoberta e pesquisa enquanto sujeito que vivencia um determinado contexto. Diários digitais, murais, fóruns…
  13. 13. A dimensão reflexiva da aprendizagem Escrita e aprendizagem A escrita obrigará os formandos a pensarem na sua experiência Fóruns, diários , murais, e- portefolios…
  14. 14. A colaboração = 2 ou + pessoas aprendem e pretendem aprender algo de forma conjunta’. Dillenbourg (1999) Fóruns, Blogs, murais, e- portefolios…
  15. 15. A construção do conhecimento é uma experiência partilhada e determinada pelos contextos ou situações em que ocorre. É uma actividade negociada resultado de interacções sociais que ocorrem sempre em contextos socioculturais particulares.
  16. 16. A) Concepção/ Design instrucional, Planificação, intenção, estrutura…. (Presença docente, presença pedagógica)
  17. 17. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica Elementos da responsabilidade do professor: - elaboração do plano do curso - elaboração do plano dos momentos de aprendizagem e sua estrutura - elaboração da planificação das actividades e sua estrutura - elaboração do plano de facilitação de aprendizagem / contextos facilitadores
  18. 18. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica Exemplos - TelEduc - Moodle - Blog/ MediaIntertalking
  19. 19. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica - Eureka
  20. 20. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica - TelEduc
  21. 21. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica - Moodle
  22. 22. O Moodle – ED.UC
  23. 23. ED.UC Design Instrucional TIPO DE ACTIVIDADE - Storytelling & Storywriting ENVIO DE FICHEIRO AVANÇADO Objectivos: A actividade descrita como “Storytelling & Storywriting” pretende ir ao encontro dos objectivos do sub-módulo 1.1, nomeadamente: Contextualizar os diferentes conceitos inerentes à problemática do conflito disciplinar e violento da escola. Desenvolver competências de reflexão em torno de comportamentos problemáticos reais. Documentar, através da escrita de casos, situações reais de indisciplina e violência na escola. Estratégias aconselhadas: Ter presente a informação recolhida na actividade 2 (c.f. grelha de observação) – situação de partida para a construção da sua história. Pesquisar exemplos de histórias já construídas, através dos recursos disponibilizados e/ou da internet. Trata-se de uma actividade em que cada formando deverá construir uma história assente em situações reais, com base em toda a informação recolhida.
  24. 24. Design Instrucional TIPO DE ACTIVIDADE - Storytelling & Storywriting ENVIO DE FICHEIRO AVANÇADO Critérios de avaliação da actividade: Qualidade: Integração, dos elementos recolhidos, na narrativa. Coerência e pertinência da narrativa. Definição do problema. Características da(s) personagem(s) MATERIAL DE APOIO Gramática de uma narrativa. Recursos disponibilizados.
  25. 25. Planificação, intenção, estrutura…. Presença docente, pedagógica - Blog/ MediaIntertalking
  26. 26. Blog Media Intertalking
  27. 27. Blog Media Intertalking http://mediaintertalking.blogspot.com/
  28. 28. Blog EduBlog - InterUniversitário http://univeduca.blogspot.com
  29. 29. E/B- learning desenvolver ambientes de ensino que promovam a aprendizagem B) Desenvolvimento das interacções /Tutoria, comunicação, presença social, presença cognitiva
  30. 30. B) Desenvolvimento das interacções /Tutoria, comunicação, presença social, presença cognitiva Presença Cognitiva -Capacidade/possibilidade de construir significado -Capacidade/ possibilidade de desenvolvimento de pensamento crítico; -Capacidade dos membros de um grupo desenvolverem conhecimento Presença Social: - Capacidade dos membros de uma comunidade se projectarem socialmente e emocionalmente no „ambiente‟ como se fossem pessoas reais
  31. 31. Modelo de Tutoria de Gilly Salmon
  32. 32. Fase 1 – Acesso e Motivação Papel do e-moderador: Acompanhar os formandos no seu processo de ambientação à nova ferramenta e metodologia de aprendizagem Papel do e-moderador: Definir regras e ajudas de apoio à comunicação Promover interacção e integração grupo Fase 2 - Socialização
  33. 33. Fase 3 – Troca de Informação Papel do e-moderador: Fornecer formas práticas para partilhar informação online Construir ligações com outros recursos Papel do e-moderador: Forte componente de colaboração Utilização intensiva das capacidades das ferramentas Análise crítica da informação disponibilizada Fase 4 - Construção de Conhecimento
  34. 34. Fase 5 - Desenvolvimento e-moderador  Apoiar e incentivar  Gerir as contribuições  Dinamizar e controlar o ambiente emocional
  35. 35. Tutoria – avaliação da experiência
  36. 36. E/B- learning desenvolver ambientes de ensino que promovam a aprendizagem C) Avaliação; das aprendizagens, do impacto, das interacções,da satisfação, da proximidade, das presenças….
  37. 37. Avaliação Descrever a quantidade e qualidade das interacções….
  38. 38. 324 Mensagens 149 78 47 24 26 Março Abril Maio Junho Julho
  39. 39. 22 Fóruns de Discussão 552 Mensagens 208 por internos 344 por externos
  40. 40. 671 emails trocados 344 recebidos 151 enviados
  41. 41. CONTEÚDO EMAILS N.º % Actividades da 187 38 disciplina de RTE Bate-Papo 99 20 Questões técnicas do 93 19 TelEduc Avaliação Final de 65 13 RTE Outros 51 10 Total 495 100
  42. 42. Avaliação 3) Analisar resultados, aprendizagens….
  43. 43. Grelha avaliação- aprendizagens e resultados
  44. 44. Avaliação 4) Avaliar a presença do professor a presença cognitiva a presença social….
  45. 45. Questionário avaliação presença pedagógica, p.cognitiva, presença social community of Inquiry questionnaire
  46. 46. Questionário avaliação presença pedagógica, p.cognitiva, presença social

×