Wire Removal Tutorial

  • 668 views
Uploaded on

In this class I teach my students how to remove a wire from video footage using motion tracking and rotoscoping.

In this class I teach my students how to remove a wire from video footage using motion tracking and rotoscoping.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
668
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. LAB. AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIACurso de Mestrado em Ciências da Comunicação1º Ano | 2º SemestreProfessorLeonardo PereiraAno Curricular - 2012 | 2013TUTORIAL - WIRE REMOVALCOMO REMOVER UMCABO COM TRACKINGE ROTOSCOPINGUniversidade do MinhoInstituto de Ciências SociaisDepartamento de Ciências da Comunicação
  • 2. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraNeste tutorial vamos remover um cabo que surge numa pequena se-quência de vídeo enquanto adereço de produção. Neste caso a extraçãodeste elemento não se resolve com uma máscara em torno de um ele-mento porque não estamos a fazer uma extração de chroma. Estamosantes a fazer a extração de adereços de produção numa cena de exte-riores onde o fundo não vai ser substituído como aconteceria no caso deuma extração de um chroma.Por isso vamos ter de utilizar a combinação de dois ou três recursos:>> Tracking;>> Rotoscoping (muita animação de máscaras).Há que ter em atenção que este método apenas resulta com casos emque não há movimento circular de câmera sobre o seu próprio eixo. Re-sulta apenas em casos em que a câmera se move nos eixos de X e de Y.Passo 01Abrir um novo projeto em AE. Depois importar, para o painel do projec-to, a footage “Spider_plateA.jpg“ (1). Mas atenção... temos de importara sequência de imagens e não apenas uma imagem. Para tal acionar aopção “jpeg sequence” (2) como na imagem seguinte:12
  • 3. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 02Depois de importada a sequência de vídeo a ser tratada no AE arrasta-mos a sequência do painel de projeto para a timeline para ser automati-camente gerada uma composição onde vamos extrair o cabo da nossasequência.Agora vamos ter de fazer algum trabalho de análise visual da nossasequência de vídeo. Correndo-se a agulha da timeline para visualizar ovídeo, vemos que o cabo e o colchão estão essencialmente entre a figurae a porta. E estão sobrepostos à estrada (plano mais próximo) e a ummuro com gradeamento e árvores (em pano de fundo). Tanto na estradacomo no muro, gradeamento e árvores não há movimento de nenhumdestes elementos a não ser o movimento intrínseco à câmera.Isto significa que podemos criar um remendo estático do que está emsegundo plano e do que está na estrada, mas sem o cabo. E depois,através de um tracking, ligar o movimento desse remendo ao movimentode câmera.Por isso a primeira coisa a fazer é analisar a sequência e escolher umframe onde a porta e a figura estejam mais afastados um do outro.E porquê? Por aí será onde temos a maior porção do nosso fundoexposta e a partir da qual podemos criar o nosso remendo, cujos estre-mos terão de ser parcialmente tapados pela porta e pela figura.
  • 4. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 03Correndo-se a agulha da timeline vemos que o frame que expõe mais ofundo é o frame 18. E por sorte, embora se note um bocadinho do cabo,está relativamente limpo precisando apenas de uns retoques pequenos.Passo 04Vamos para o Photoshop e abrimos o ficheiro com numeração 19 (esta-mos com o Timecode no AE em 00), e não o 18 (1). O frame 18 no AEcorresponde ao ficheiro com numeração 19 na sequência de imagens.Vamos também abrir o frame 22 que corresponde ao ficheiro com nume-ração 23 (2). Isto porque vamos buscar alguns pormenores da árvore edo gradeamento que na frame 18 estão ocultados pelo braço da figura epelo cabo (3).Vamos a isso!frame 18frame 18 - Ficheiro 19 frame 18 - Ficheiro 1912
  • 5. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 04A primeira coisa a fazer é alinhar uma imagem com a outra. Para tal te-mos de copiar a imagem do ficheiro 23 para dentro do ficheiro 19 atravésde um copy paste. Gera-se uma nova layer chamada “Layer 1“.Passo 05Baixar a opacidade da “Layer 1” para 50% (1). Vemos que estão desa-linhadas. Vamos alinhar a imagem da “layer 1” com a imagem da layer“background”. Podemos usar como referência os postes e elementosverticais do gradeamento. O que tem de ficar alinhado são os elementosdo fundo na zona onde o cabo se situa (2).Passo 06Agora colocamos a opacidade da layer 1 novamente a 100% (1) e comuma selection tool (2) selecionamos as zonas que queremos aproveitardesta layer para retocar a layer de background sem o cabo (3). Depois,no painel das layers aplicamos uma máscara à layer 1 (4).E o cabo desaparece! Mas temos de prolongar o fundo mais um pouco!1imagens desalinhadas entre layers frame 18 - imagens alinhadas entre layersSeleção das zonas de interesse máscara aplicada às zonas de interesse123444
  • 6. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 07O que vamos agora fazer é prolongar um pouco mais o fundo, tanto porcima da figura como por cima da porta. Isso vai garantir que temos sem-pre o nosso fundo limpo do cabo quando isolarmos noutras layer, quer afigura, quer a porta, que serão colocadas por cima do remendo.Portanto agora criamos uma nova layer por cima das duas anteriores(1) e nessa layer, com a clone stamp tool (2), ampliamos o nosso fundoum pouco por cima da figura (lado direito) e um pouco por cima da porta(lado esquerdo) (3).Passo 08E finalmente temos o nosso remendo pronto. Agora fazemos um flatten àimagem e gravamos um tif com o nome “remendo.tif“.Passemos ao After Effects!Antes de avançarmos temos de compreender o que vamos fazer. Aca-bamos o nosso remendo mas, se bem se lembram, a nossa sequênciade vídeo tem oscilações da camera em X e Y. Ou seja oscila para cimae para baixo e ainda para os lados. Por isso quando colocarmos o nossoremendo sobre a sequência de vídeo noutra layer do After Effects, vamoster de colocar essa layer a seguir todas essas oscilações da camera paraque o fundo fique preso ao movimento oscilatório da câmera. Precisamosentão de começar por fazer um tracking ao nosso vídeo.Sem a ampliação do fundo para os lados Com a ampliação do fundo para os lados2113 3
  • 7. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 09A primeira coisa que vamos fazer não é fazer o Tracking em si. Vamosprimeiro criar um Objeto nulo ao qual vamos aplicar os dados do rackingque vamos fazer ao nosso vídeo. E isto porque se aplicassemos o tra-cking diretamente ao remendo nunca mais o poderíamos ajustar, casoassim fosse necessário. Portanto criemos, primeiro um objeto nulo.(1) Layer >> New >> Null ObjectE o After Effects cria-nos o objeto Nulo representado pelo quadrado ver-melho na viewport (2). E na timeline surge a layer correspondente (3).Passo 10 Finalmente vamos fazer o tracking. Com a layer do vídeo selecionada (1) vamos ao painel do tracking — Tracker (2) — e clicamos onde diz “Track motion“ (3). O After Effects abre-nos uma nova janela (4) com um tracking point sobre o vídeo (5).13212354
  • 8. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 11Agora arrastamos a agulha da timeline para o fim do clip e arrastamos otracking point para o canto branco do espelho do carro (1).Na janela do tracker, como não há rotações no movimento de câmera,não é necessário acionar o parâmetro de rotação (2). Só o de Posição éque fica ativado. Mas se a câmera tivesse rotações no movimento teria-mos de acionar também este parâmetro. Apenas definimos onde diz “Edittarget”, a layer à qual vai ser aplicado o tracking que vai ser a layer doobjeto nulo (3).Passo 12Na Janela do tracker acionamos o botão de Track Backwards (1) e otracker analisa o vídeo fazendo o motion tracking (2). Por fim clicamos noApply (3) e o After Effects pergunta-nos em que eixos queremos aplicar oMotion tracking. Escolhemos X e Y (4). E o After Effects fecha a janela doTracking e aplica o Motion Tracking ao Objeto Nulo (5).Agora repare-se que quando corremos a agulha da timeline o objeto nulosegue o ponto que seguimos com o motion tracking.1231312345
  • 9. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 13Agora importamos o nosso remendo — “remendo.tif”“ — para o painel doprojeto e criamos com este remendo uma nova layer por cima da layer doobjeto nulo.Passo 14Puxamos a agulha da timeline para o frame 18 (1). A frame 18 foi a framea partir da qual criamos o nosso remendo. Portanto é neste frame quevamos ligar o movimento do Motion tracking que está já presente no ob-jeto nulo, à layer do nosso remendo. Caso contrário o remendo não ficasincronizado com o movimento de oscilação da câmera do vídeo.Portanto agora fazemos um parent entre a layer do remendo e o nossoobjeto nulo. Para tal basta arrastar o ícone do parent da layer remendopara cima da layer objeto nulo (2). E a partir de agora a layer do remendoestá presa ao movimento de câmera e acompanha todas as oscilações.Mas apenas vemos a imagem estática. Por isso vamos desenhar umamáscara na nossa layer do remendo para vermos o resto a imagem.112
  • 10. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 15Com a layer do remendo selecionada desenhamos, utilizando a rectangletool (1), um retângulo em torno da zona onde sabemos que o cabo está(2). E se agora corrermos a agulha da timeline vemos claramente o restoda imagem em movimento e o remendo devidamente preso ao movimen-to e oscilações da camera.Passo 16Vamos dar um ligeiro feather ao controrno da nossa máscara para ter-mos uma transição mais suave entre o conteúdo da máscara e o vídeo.Para tal abrir o parâmetro de Máscara da layer remendo. Basta clicar emM no teclado. Depois clicar em F no teclado para ser exibido na layer oparâmetro de Feather. Por fim dar um feather de 10 ou 20 píxeis (1).121
  • 11. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 17Se mais uma vez corrermos a agulha da timeline vemos que só precisa-mos de ter o nosso remendo a partir da frame 10. Por isso vamos tornara layer remendo visivel a partir, apenas da frame 10 (1).Passo 18Depois vamos ter de animar a máscara porque o remendo não precisade ser visível para além da primeira perna da figura. Por isso acionamoso stopwatch (1) ao lado do parâmetro Mask Path da layer remendo e ani-mamos a máscara em função do espaço deixado entre a porta e a figuraao longo do tempo. Isso vai-nos poupar trabalho mais à frente (2).Chegados aqui resta-nos apenas cobrir o remendo com os elementosque supostamente estão em primeiro plano e em frente ao remendo quecorresponde ao fundo. Por isso vamos ter de criar dois duplicados dalayer do nosso vídeo com uma máscara animada diferente em cada uma.Uma máscara será para a porta e para tapar a parte do remendo que temde estar por baixo da porta; e a outra será para a figura e para tapar aparte do remendo que tem de ficar por baixo da figura.11222
  • 12. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 19Através de um copy paste fazer dois duplicados da layer do vídeo epassá-las, no painel das layers, para cima de todas as restantes.Mudar o nome de uma para “Porta” e o nome de outra para “Figura”.Com estas duas novas layers vamos tapar os extremos horizontais doremendo em função do movimento da porta e em função do movimentoda figura. Vamos precisar de criar máscaras que vamos ter de animar.Passo 20Como só precisamos do remendo a partir do frame 10 também só vamosprecisar da layer da porta e da figura a partir do frame 10. Por isso colo-camos a agulha da timeline no frame 10 (1) e aplicamos um “Split layer”às layers da figura e da porta. Para tal basta ter as duas layers seleciona-das e ir a: Edit >> Split layer (2).E o After Effects duplica as duas layers mas fazendo uma separaçãoem que coloca o excerto que nos interessa manter, nos duplicados. Porisso vamos apagar as layers “figura” e “porta” (3) e atualizar o nome daslayers “figura 2” e “porta 2” para “figura” e “porta” (4).122334
  • 13. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 21Agora vamos desenhar e animar as nossas máscaras.Na frame 25, desligar a visibilidade da layer “figura” (1) e selecionar alayer “porta”. Depois, com a Pen Tool (2), desenhar uma máscara emtorno da porta (3).Passo 22Na frame 18 desligar a visibilidade da layer “porta” e ligar a da layer “figu-ra” (1) e selecionar a layer “figura”. Depois, com a Pen Tool (2), desenharuma máscara em torno da figura (3).13211213
  • 14. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 23Agora vamos suavizar os limites das máscaras aplicadas às nossaslayers da figura e da porta.Ligar a visibilidade da layer “porta“ (1) e selecionar as duas layers àsquais aplicamos as máscaras. Depois, no teclado premir a tecla “M” se-guida da tecla “F” para expôr nas duas layers o parâmetro MaskFeather (2) e dar um feather entre 5 a 8 píxeis (3).Como se pode ver o feather tornou natural e mais credível o recorte daporta em relação ao resto da imagem, porque o suavizou.Por fim a única coisa que falta é animar ao longo do tempo, cada umadas máscaras. Neste tutorial vamos apenas exemplificar o processo coma layer da porta deixando o resto para quem estiver a executar o tutorial.O processo e princípio, a partir daqui, é sempre igual!sem feather com feather122333
  • 15. e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartreeLABORATÓRIO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIAAno letivo - 2012 | 2013 || Professor Leonardo PereiraPasso 24Vamos então animar a máscara da porta. Selecionamos a layer porta.Depois clicamos no teclado na tecla “M” para expor o parâmetro MaskPath (1) desta layer. Na frame 25 ativamos o Stopwatch (2) ao lado doparâmetro para se criarem keyframes de cada vez que mexermos namáscara. A seguir vamos ao frame 18 e puxamos os pontos das máscaraaté este ser coincidente com os limites da porta novamente (3).E apartir daqui é sempre a mesma coisa. Ou seja, correr a agulha datimeline e ir ajustando a máscara conforme for necessário para que estacubra perfeitamente o remendo. Depois é só repetir o processo para amáscara da figura.Et voilá... Bom rotoscoping! E sim... é um processo demorado e queexige muita paciência!Máscara por atualizar na fr 18 Máscara atualizada na fr 182313