Masks & Puppet Tool animation in After Effects

1,336 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,336
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Masks & Puppet Tool animation in After Effects

  1. 1. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Aula 11 1. TERCEIRO TUTORIAL PRÁTICO DE AFTER EFFECTS ANIMAÇÃO DE MÁSCARAS PUPPET TOOL ANIMAÇÃO DE CÂMERAS ATELIER AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA I - Multimédia Curso de Ciências da Comunicação - 2º Ano | 2º Semestre Professor Doutor Leonardo Pereira Ano Curricular - 2013 | 2014
  2. 2. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree 01 Tutorial prático - 03
  3. 3. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Neste tutorial vamos continuar a explorar as potencialidades da combinação de várias ferramentas e recursos de After Effects que nos permitem criar sequências animadas como: animação de layers bitmap, animação de máscaras e animação de câmeras virtuais que se movem pelo espaço 3D povoado por layers 2D de imagens bitmap. No entanto vamos introduzir uma nova ferramenta muito poderosa que nos permite ani- mar, orgânicamente e elasticamente, partes diferenciadas de uma imagem bitmap, sem a desmembrar no Photoshop em várias imagens, como pode ser visto no seguinte exemplo: A ferramenta em causa é a Puppet Pin tool. Avancemos para o Tutorial! Ver exemplo em: http://www.tagroom.com/This-Guy-Animated-Classic-Paintings-And-The-Results-Are-F-cking-Beautiful-49111
  4. 4. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Vamos, então, começar por criar duas composições com 10 segundos cada, em Pal D1/ DV, com os nomes “Comp. Final” e “Comp. Asas“. Como criar uma composição? Método 1. Abrir o Painel superior “Composition“ e escolher “New Composition“. Método 2. No fundo do Painel do Projecto (do lado esquerdo do interface) clicar no ícone de composição marcado na figura em baixo com a indicação do método 2. Método 1 Método 2
  5. 5. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Abre uma janela com as settings das composições que estamos a criar. Nessa janela damos: • Nome da comp. = Numa damos o nome “comp. final” e noutra “comp. asas”. • Tamanho de janela = Usar o Pal D1/DV • Pixel Aspect ratio = 1.09 • Frame rate = 25 fps. • Duração = 10 segundos. Depois de “Ok”, para mudar a cor de fundo da comp. ir a: >> composition >> Background color >> E escolher a cor de fundo. Escolham o branco!
  6. 6. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Depois de termos criado as duas composições o After Effects exibe-nos as mesmas em dois sítios: no painel das layers e no painel do projecto. No painél do projecto as composições criadas ficam guardadas para serem utilizadas como recursos e materiais do nosso projecto, à seme- lhança de vídeos, sons e imagens. Uma composição pode ser usada dentro de outra composição. No painel das layers, sempre que criamos uma nova composição, o After effects automaticamen- te cria uma nova tab para essa nova composição, permitindo-nos saltar entre composições. Painel do Projecto Painel das layers
  7. 7. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos importar, para o painel do projeto, os materiais de que necessitamos para construi a nossa animação. Como importar footage? (Sons, vídeos, imagens, vectores, sequências de imagens) >> Duplo clique sobre a zona central do Painel do Projecto. Abre o browser de ficheiros. >> Importar os ficheiros: árvore.png; border 1.png; homem.png; vegetação.png e Mercury.wav. Duplo clique
  8. 8. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos transformar os ficheiros importados em layers arrastando-os para dentro da composição Comp. final. A Comp. Asas vai ser usada mais tarde neste tutorial. 1. Arrastar os ficheiros do painel do projecto para dentro do painel das layers da comp. final, como na figura do lado esq. 2. Transformar as layers em layers 3D (clicar na checkbox por baixo do cubinho marcado na figura onde diz “Modo 3D“). Vamos começar a construir o nosso cenário tridimensional com os elementos que importamos e que acabamos de transformar em layers 3D. 3. Começar por desligar a visibilidade de todas as layers menos da layer árvore.png 4. À layer árvore.png aplicamos um efeito: >> Effect; >> Color Correction; >> Hue Saturation. 5. No painel dos efeitos e no parâmetro Master Lightness, inserir o valor 45 até a árvore ficar cinza, como ilustrado na seq. das três imagens do lado esquerdo. Arrastar Modo 3D árvore antes do efeito árvore com o efeitocontrolo do efeito
  9. 9. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos posicionar a layer da árvore no espaço 3D da nossa composição. 1. Com a layer árvore.png seleccionada premir a tecla P para o AE nos exibir os parâmetros de posição dessa layer; 2. Neste parâmetro inserir os seguintes valores: -35/153/581; 3. Na mesma layer, premir a tecla S para o AE nos exibir a escala da layer e inserir o seguinte valor no parâmetro scale: 66% (ver as imagens em baixo); 4. Agora vamos mudar o nome da layer árvore.png para árvore esq.png. Para tal basta, com a layer seleccionada, premir a tecla enter e alterar o nome da layer. Por fim premir o enter novamente para gravar o novo nome. reposicionamento da árvore visto na viewport da composição
  10. 10. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Vamos precisar de mais uma árvore que vai estar noutra posição no espaço 3D da nossa comp. final. Esta árvore vai estar mais afastada em profundidade, do observador. 1. Em primeiro lugar duplicamos a layer árvore esq.png, através de um copy paste. 2. Mudamos o nome da layer duplicada para árvore dir.png. 3. Por fim, com a layer seleccionada, premimos a tecla P para o AE nos exibir o parâmetro de posição dessa layer. Aí inserimos os seguintes valores: 1178/ 153/ 1503. As duas árvores reposicionadas na viewport
  11. 11. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Vamos agora continuar a construir o nosso cenário. Para tal vamos colocar mais alguns elementos no espaço, desta vez mais próximos do observador do que as árvores, para se acentuar o efeito de paralax e profundidade tridimensional, quando a câmera (mais à frente) for animada neste tutorial. Comecemos por activar a visibilidade da layer com o nome: vegetação.png. 1. Com a layer vegetação seleccionada, premir a tecla P para o AE exibir o parâmetro de posição desta layer e, a seguir, inserir os seguintes valores: 210/ 633/ -173; 2. Com a layer vegetação seleccionada, premir a tecla S para o AE exibir o parâmetro de escala desta layer e, a seguir, inserir o seguinte valor: 54%; 3. Mudar o nome da layer vegetação.png para vegetação esq.png. A composição com e sem o elemento novo de vegetação num plano mais próximo do observador
  12. 12. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Vamos povoar um pouco mais a nossa composição em primeiro plano. Para tal vamos usar uma cópia da layer vegetação esq. png. 1. Duplicar a layer vegetação esq. png com um copy paste. 2. Mudar o nome desta nova layer para vegetação dir. png. 3. Fazer um Flip horizontal a esta layer: >> Layer >> Transform >> Flip Horizontal; 4. Premir a tecla P para mudar a posição da layer, inserindo os valores: 574/ 584/ 0 5. Premir a tecla S para mudar a escala da layer, inserindo o valor: 34%
  13. 13. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Avancemos então para outro elemento. Vamos agora inserir alguns elementos gráficos. Comecemos por uma base de cor para inserir um título. 1. Activar a visibilidade da layer “border 1.png“; 2. Premir a tecla P e inserir os seguintes valores na posição: 360/ 310/ -232; 3. Premir a tecla S e alterar a escala da layer para o seguinte valor: 56%; 4. Mudar o Blending Mode desta layer de Normal para Multiply.
  14. 14. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos inserir o nosso texto por cima da layer border 1.png. 1. Com a Type tool activada (marcado a vermelho) na barra de ferramentas, abrir uma caixa de texto e escrever “Exercício de Máscaras e Puppet Tool“ tal como ilustrado na figura do lado direito: 2. Transformar a layer do texto numa layer 3D (clicar na checkbox por baixo do cubinho da layer.) 3. Por fim premir a tecla P da layer de texto e inserir os seguintes valores na posição: 360/ 320/ -232. No fundo estamos a colocar este texto à mesma distância do observador a que colocamos a layer border 1.png.
  15. 15. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Ao executarmos os passos 2 e 3 da página anterior, o texto pode ficar com uma aparên- cia diferente (tamanho diferente) da que vemos na figura da página anterior. A aparência e tamanho vão variar em função do tamanho que damos ao texto e da fonte que utilizamos. Assim, para a aparência ser o mais semelhante possível à da imagem do lado direito (em cima), temos de utilizar os parâmetros do texto exibidos no painel “Character“ (do lado esquerdo) e inserir os seguintes valores: Linha de cima (“Exercício de”) Linha de baixo (“Máscaras e Puppet Tool”) Corpo: 15 px Corpo 22 px Entrelinha: 22 px Entrelinha: 22 px Fonte: Trajan Fonte: Trajan Aparência obtida após passos 2 e 3 da página anterior Aparência pretendida Entrelinha Corpo Fonte
  16. 16. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Por fim vamos utilizar a imagem de uma figura humana. 1. Começar por activar a visibilidade da layer homem.png; 2. Com a layer seleccionada premir a tecla P e inserir na posição os seguintes valores: 366/ 291/ 000; 3. Premir a tecla S e inserir na escala o seguinte valor: 22%; Finalmente vamos começar a animar a nossa composição e os seus elementos!
  17. 17. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 1. No segundo 00, com a layer homem.png seleccionada, premir a tecla P. 2. No parâmetro Position inserir, no segundo/fr 00, um Keyframe: para tal basta activar o stopwatch em frente ao parâmetro. 3. Avançar a agulha de leitura da timeline até ao segundo 01. Neste momento no tempo inserir outro Keyframe na posição inserindo os seguintes valores: 366/ 291/ 000 4. Retornar a agulha de leitura ao primeiro keyframe (seg 00) e inserir os seguintes valores para criar uma deslocação vertical da figura humana da layer homem.png: 366/ -248/ 000
  18. 18. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Por fim... vamos suavizar o movimento da layer aplicando-lhe aceleração e desacelera- ção. Para tal selecionamos todas as keyframes do parâmetro position da layer homem. png, clicamos em cima com o botão do lado direito do rato e aplicamos um Easy Ease: >> Botão do lado dir do rato >> Keyframe Assistant >> Easy Ease Os Keyframes ficam com uma forma diferente como na figura em cima. O que é normal e nos indica que estes têm propriedades de aceleração e desaceleração. Vamos agora avançar para as árvores que já usamos antes. Vamos animar a sua revelação com máscaras e após o “homem” tem “aterrado”. Vamos a isso!
  19. 19. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 1. Com a layer árvore esq.png seleccionada activar na barra de ferramentas a rectangle tool e desenhar em torno da árvore uma máscara*. 2. Abrir a layer até se revelar o parâmetro Mask Path. 3. Levar a agulha da timeline até ao seg. 01 e activar o stopwatch para criar um nesse momento um keyframe. 4. Na viewport fazer um duplo clique sobre os limites da máscara e fechar a máscara até esta esconder por completo a árvore. 3. Levar a agulha da timeline até ao seg. 02 e abrir por completo a máscara para esta revelar a totalidade da árvore. *Relembre-se que a layer à qual vai ser aplicada a máscara tem de estar seleccionada. Caso contrário o AE gera outra layer com um rectâgulo vectorial. Máscara fechada no segundo 1 Máscara aberta no segundo 2
  20. 20. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Falta-nos ainda terminar duas operações na animação desta layer. 1. Aplicar aos dois keyframes da animação da máscara, um Easy Ease para suavizar a animação; 2. Dar, no parâmetro Mask Feather da máscara, um feather de 50 px para suavizar os limites da máscara;
  21. 21. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Aplicar as operações descritas na página anterior e na presente página, à layer árvore dir.png e seguindo o mesmo timing, ou seja, sincronizando os tempos de anima- ção da árvore esq.png com os tempos de animação da árvore direita. Depois, do seg 00 ao seg 01, repetir as mesmas operações que aplicamos às árvores (aplicar máscaras + animação de máscaras revelando as árvores de baixo para cima + feather nas máscaras + easy ease nos keyframes da animação das máscaras) mas aplicando-as às duas layers de vegetação.
  22. 22. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Por fim, falta-nos apenas animar a revelação, com máscaras, da layer border 1.png. No entanto desta vez não vamos utilizar uma máscara rectângular, mas antes uma circular que vai revelar a layer, a partir do seu centro. 1. Com a layer border 1.png seleccionada activar na barra de ferramentas a elipse tool e desenhar em torno da layer uma máscara circular centrada em relação ao conteúdo da mesma. 2. No parâmetro Feather da máscara desta layer dar um feather de 50 pxs. 3. Do seg. 0.5 até ao seg. 1.5, animar a máscara a abrir e a revelar o conteúdo da layer (no parâmetro Mask Path).
  23. 23. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Chegados a esta fase em que temos todos os nossos elementos cenográficos criados e animados mas falta-nos animar um elemento. Vamos colocar Asas no nosso elemento humano para que este se assemelhe a um anjo. Mas as Asas terão de bater tal como acontece com as asas de uma ave. E é aqui que vamos utilizar o poder da Puppet Tool do AE para criarmos uma animação de asas a moverem-se de uma forma orgânica e realista, sem grandes dificuldades e utilizando uma imagem estática. Vamos passar agora à composição Comp. Asas que já haviamos criado no início deste tutorial. 1. No painel do projecto fazer um duplo clique sobre a Composição Comp. Asas para que esta se abra na timeline. Agora vamos criar a animação das nossas asas a baterem dentro desta nova composição que, depois, iremos usar como layer dentro da Comp final. A ideia é associar, através de um parent, a layer que contém esta comp das asas a baterem, à layer da figura humana.
  24. 24. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Dentro da Comp Asas vamos fazer o seguinte: 1. Ir ao painel do projecto, importar o ficheiro asa.png e criar uma nova layer a partir deste ficheiro, arrastando-o para dentro da comp. asas. 2. Com esta layer seleccionada vamos, com a Rectangle Tool, desenhar-lhe uma máscara que isole apenas uma das asas da imagem contida nesta layer, pois vamos apenas animar uma asa. A segunda asa animada será um duplicado da primeira. Tenham o cuidado de, em altura, desenhar uma máscara que não esteja nos limites da asa, para que esta possa ser livremente animada, para cima e para baixo.
  25. 25. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 1. Com a layer asas.png seleccionada activar a Puppet tool. 2. Na viewport, e com a puppet tool, inserir na asa três pins para simular, mais ou menos, as articulações gerais dessa asa, conforme ilustrado na figura à esquerda. 3. Clicar na tecla U para que o AE nos revele na layer, apenas os parâmetros da layer seleccionada que contém já keyframes. Repare-se que, quando nós inserimos os pins na imagem da asa, o AE cria-nos, automaticamente, keyframes para cada um dos pins inseridos que, tal como é visivel na imagem à esquerda, estão dentro do parâm. Deform > Puppet Pin > Position. Isto vai-nos permitir animar a posição de cada um dos nossos pins e, assim, a Asa. Puppet Pin 2 Puppet Pin 1 Puppet Pin 3
  26. 26. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Um pouco de teoria que é importante para a prática Antes de começarmos a animar a posição dos Pins aplicados à nossa Asa, temos de ter em consideração que não há formas automáticas de animar realisticamente uma asa a bater. É sempre necessário observar na natureza esse comportamento para se com- preender a mecânica básica de um bater de asas e a relação entre o movimento das partes e articulações dessa asa ao longo do movimento da sua subida e descida. Por isso, a seguir neste tutorial, por uma questão de eficácia e rapidez, irei fornecer coordenadas precisas para a posição de cada pin da asa ao longo da animação. Mas esta solução não é uma fórmula. Resulta de várias tentativas que tive de ensaiar para obter este resultado. Noutras situações terão sempre de passar por este processo de tentativa e erro. Não existem fórmulas, embora possam sempre apoiar-se em Princípios Básicos de Animação Clássica.
  27. 27. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Voltando agora ao tutorial... 1. Vamos criar, para cada um dos 3 Pins, no parâmetro Deform > Puppet Pin > Position, mais 3 keyframes para cada pin, respectivamente no frame 08, 16 e 24. Não aplicar estes novos keyframes à Position do Puppet Pin 1 porque este vai ser o pin que representa a ligação entre o corpo do “Anjo“ e a Asa. 2. Agora vamos introduzir, em cada keyframe de cada Puppet Pin diferentes valores de posição que vão criar a base da animação pretendida. Inserir os seguintes valores: Frame 00 P. Pin 3 = 163/080 P. Pin 2 = 373/137 P. Pin 1 = 398/290 Frame 08 P. Pin 3 = 112/218 P. Pin 2 = 305/252 Frame 16 P. Pin 3 = 166/435 P. Pin 2 = 305/175 Frame 24 P. Pin 3 = 240/003 P. Pin 2 = 406/135
  28. 28. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 E acabamos de criar a base para um ciclo de animação da asa bater, simulando o comportamento de voo. Mas precisamos de suavizar um pouco mais o movimento para o tornar mais fluido e elegante. 1. Para tal, aplicar um Easy Ease (bot. lado direito do rato) a todos os keyframes da animação dos pins: 2. Agora, para se dar continuidade a este ciclo de animação, seleccionam-se os quatro keyframes dos P. Pin 2 e 3 e copiam-se para frames mais à frente no tempo na timeline, até ao final dos dez segundos que dura esta composição. Copy PastePaste PastePaste
  29. 29. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Por fim, vamos duplicar a layer para termos duas asas: 1. Fazer um copy paste à layer asas.png; 2. Mudar o nome da duplicada para asa direita; 3. Fazer um Flip Horizontal à layer da asa direita: Layer > Transform > Flip Horizontal. E temos as nossas asas animadas. Agora vamos voltar à comp. final para as associar ao “Anjo“.
  30. 30. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Vamos agora inserir na Comp. final as Asas. 1. Arrastar do painel do projecto a composição Comp Asas para dentro da Comp. final. 2. Colocar a layer gerada por baixo da layer homem.png. 3. Transformar esta layer numa layer 3D. 4. Colocar a agulha da timeline no seg. 02 e, com a layer das asas seleccionada, premir P para o AE exibir o parâmetro da posição. Aí inserir os seguintes valores: 366/ 118/ 000 5. Com a mesma layer seleccionada premir em S para o AE exibir o parâmetro da escala da layer. Aí inserir o seguinte valor: 75%. Arrastar Modo 3D
  31. 31. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Repare-se que até agora temos tudo animado, incluindo as nossas asas. No entanto, se corrermos com a agulha da timeline toda a extensão da composição, as asas mantém-se no mesmo local quando teriam de estar presas ou seguir o movimento da layer homem.png. É isso que vamos fazer agora. Mantendo a agulha da timeline no seg. 02 vamos criar uma relação parental entre as asas e a layer homem.png, para que as asas sigam esta última layer. 1. Criar um parent entre a layer Comp Asas e a layer homem.png, arrastando o ícone do “sem fim“ da layer Comp Asas para cima da layer homem.png, tal como ilustrado na seguinte imagem: Se agora se fizer um Ram Preview verifica-se que as asas já fazem parte do “Anjo“ e que seguem o corpo na sua deslocação dentro de plano.
  32. 32. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos criar uma vinheta em torno da imagem da nossa animação. 1. Criar uma layer sólida cinza escura: Layer > New > Solid; Esta layer não vai ser 3D. Mas vai ter de levar uma máscara para se criar o efeito de vinhetagem sobre a imagem.
  33. 33. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 1. Com a layer vinheta selecionada desenhar uma elipse na janela de vídeo. 2. Agora temos de inverter a máscara. Para tal abrimos a layer, abrimos o parâmetro “Mask“ e ativamos o parâmetro “Inverted“. 3. Por fim, abrimos o parâmetro “Mask 1“ dentro do parâmtero “Mask“ e no parâmetro “Mask Feather” damos um feather à máscara de 250 píxeis. 4. A última coisa a fazer é atenuar a vinheta. Para tal abrir a opacidade da layer e baixar o valor para 35%, para que fique mais suave, e mudar a layer para multiply. 1 2 3 4
  34. 34. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos criar uma câmera virtual que mais tarde vamos animar a aproximar-se dos elementos que estão a povoar a nossa composição. Vamos criar a câmera! Uma câmera virtual é também uma layer no AE! > Layer > New > Camera > Selecionar a camera de 35 mm > clicar em ok Depois da câmera criada (passa a ser uma layer no painel das layers) vamos criar um cenário de elementos através dos quais a câmera se vai movimentar. 1 2 3 4 56
  35. 35. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Agora vamos animar a nossa camera. 1. Com a layer da camera seleccionada, premir P para o AE nos exibir a posição da câmera. Aí criar um Keyframe no seg. 00 e outro no seg. 07; 2. Inserir no seg. 00 a seguinte posição: 360/ 288/ -922; 3. Inserir no seg. 07 a seguinte posição: 360/ 288/ -698; 4. Com a layer da camera seleccionada, premir R para o AE nos exibir os parâmetros de rotação da câmera. No eixo de Y Rotation criar um Keyframe no seg. 00 e no seg. 02; 5. Inserir no seg. 00 o seguinte ângulo: 17º; 6. Inserir no seg. 02 o seguinte ângulo: 00º; 7. Aplicar um Easy Ease a todos os keyframes da animação da câmera.
  36. 36. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Depois de animada a nossa câmera vamos fazer uma transição visual com correcção de cor animada. 1. Criar uma layer de ajuste por cima de todas as nossas layers: Layer > New > Adjustment layer. 2. Aplicar a essa adjustment layer um efeito de Brightness/Contrast: Effect > Color Correction > Brightness/Contrast. 3. Com a agulha da Timeline no segundo 4.5, ir ao painel dos efeitos e inserir keyframes nos parâmetros de Brightness e Contrast, accionando os Stopwatches. 4. Mover a agulha da timeline para o seg. 05 e mudar os valores de Brightness e contrast de 00 e 00, para 100 e -100, respectivamente.
  37. 37. Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação Módulo Multimédia Atelier Audiovisual e Multimédia I - 2013 | 2014 Professor Doutor Leonardo Pereira e-mail: leonardpeartree@gmail.com | Skype: leonardpeartree Tutorial prático 03 Uma vez que com esta transição o nosso texto desaparece é necessário compensar o seu desaparecimento. 1. Duplicar (copy paste) a layer do texto e mudar-lhe a cor para um cinza médio. Colocar esta nova layer por cima de todas as outras layers. 2. Colocar a agulha da timeline no seg. 4.5 e premir a tecla T para o AE exibir o parâmetro de Opacidade dessa layer. 3. Inserir um Keyframe na opacidade e colocar a layer com 0% de opacidade. 4. Colocar a agulha da timeline no seg. 5 e alterar a opacidade da layer para 100%. Et voilá... está terminada a nossa animação! Agora é só fazer o nosso render!

×