Your SlideShare is downloading. ×
0
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
SEO –  A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

SEO – A PEÇA CHAVE DO QUEBRA-CABEÇA

383

Published on

PALESTRA SOBRE SEO …

PALESTRA SOBRE SEO

Search Engine Optimization. Em português é conhecido como Otimização de Sites, MOB e Otimização para Buscas. O SEO nada mais é do que a otimização de uma página (ou até do site inteiro) para ser melhor compreendido pelas ferramentas de busca. A conseqüência da utilização das técnicas de SEO é o melhor posicionamento de um site em uma página de resultados de uma busca. Por exemplo, ao pesquisar no Google por “Marketing de Busca”, o primeiro resultado é este site. O SEO é uma prática sem garantias, ou seja, nenhuma empresa ou pessoa pode garantir que seu site fique em primeiro em uma busca, pois o único capaz disto seria o próprio site de busca como o Google ou o Yahoo.

Os fatores que influenciam o posicionamento das páginas são guardado a sete chaves pelos site de busca. Porém, ao longo do tempo, foi possível identificar as melhores práticas que se resumem em empregar o bom senso na criação e estruturação de um site. O SEO também depende da palavra-chave que é o termo que você usa em um busca. Dependendo de quais palavras você utiliza, serão retornadas páginas diferentes em posições diferentes.

O SEO pode ser dividido em duas partes. Fatores internos e fatores externos. Os internos são relacionados ao site. Alguns exemplos são urls claras, utilização dos padrões web, títulos de página racionais e a correta utilização das tags html que é linguagem utilizada para construir páginas web. Já a parte externa analisa como os outros sites se relacionam com o site. Os exemplos são quantidade de links apontando para o site, quais sites apontam o site e o conteúdo do link apontado. Dependendo destes fatores, as páginas são pontuadas pelos sites de busca para que ele possa determinar a relevância da pagina e quais as palavras-chave relacionadas a ela. O Google utiliza um sistema de pontuação de 0 a 10 que é o PageRank.

Existe também o lado negro do SEO conhecido como Black Hat Seo. Nele, são utilizadas técnicas que tentam enganar os algoritmos das ferramentas de busca para melhorar o posicionamento da página como uso de texto invisível ou de exibir conteúdo diferente para pessoas e sites de busca. Quando descobertos, os sites de busca podem punir os sites que utilizam estas práticas diminuindo a importância do site ou chegando a excluí-lo da sua busca.

Não se deve confundir o SEO com links patrocinados, pois no segundo você pode pagar para ter a garantia de ficar na frente de outros resultados, podendo ficar até em primeiro se estiver disposto a pagar o preço.

SAIBA SOBRE - LINKS PATROCINADOS E SEO

PALESTRANTE
Leonardo Ferreira

TWITTER
http://www.twitter.com/leonardoferr_

FACEBOOK
http://www.facebook.com/ferreirastudios

SKYPE
ferreira.studios

Published in: Technology
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
383
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
25
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. POR LEONARDO FERREIRA @LEONARDOFERREIRA
  2. LEONARDO FERREIRA • Graduando em Design Gráfico - ESAMC • WebDesigner e Programador Front-End (UI e UX) • CEO FerreiraStudios e BlogdosOito • Youtube Creator
  3. POR QUE BUSCAR?BUSCAMOS MAIS DO QUE INFORMAÇÕES
  4. 90% DOS USUÁRIOS BUSCAM NO GOOGLE
  5. 85% DOS USUÁRIOS ENCONTRAM O QUE PROCURAM
  6. 70% CLICAM NOS RESULTADOS DA PRIMEIRA PÁGINA
  7. 100BILHÕES DE BUSCAS SÃO FEITAS TODO MÊS
  8. ... AND NOW?
  9. SEO(SEARCH ENGINE OPTIMIZATION)
  10. 86% CLICAM EM RESULTADOS DA BUSCA ORGÂNICA (SEO) 14% CLICAM EM RESULTADOS DE LINKS PATROCINADOS
  11. • LINKS PATROCINADOS • EFETUA-SE O PAGAMENTO E SE TEM UM RESULTADO MAIS IMEDIATO. • SEO • OS CUSTOS SÃO RELATIVAMENTE BAIXOS (OU NÃO EXISTEM) E SE TEM UM RESULTADO A LONGO PRAZO. SEO DIVULGAÇÃO EM MÍDIAS LINKS PATROCINADOS
  12. SEO LINKS PATROCINADOS INVESTIMENTO
  13. SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  14. SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS) • URL AMIGÁVEL • Evite utilizar “URLS” muito longas e mal posicionadas. • Quanto mais curta melhor! • Utilize hífen (-)  EXEMPLO  www.ferreirastudios.com/ marketing/redes-sociais х EXEMPLO х www.ferreirastudios/category.ph p?codigo.153
  15. FEMININO MASCULINO INFANTIL • ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO • Pense sempre no usuário e em sua experiência • Entenda o que ele procura e facilite sua navegação • Hierarquia e Fluxo é importante PÁGINA INICIAL SOBRE ROUPAS FILIAIS FALE CONOSCO SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  16. • DESCRIPTION • Use a “meta tag” description • Construa uma description atraente • Seja verdadeiro e Criativo • Utilize palavras chave (Keywords) SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS) <meta name=”description” content=”Escreva aqui a descrição da sua página” />
  17. • DEFINIÇÃO DE TÍTULOS • Ficam entre tags como title, H1 e H2 • Defina títulos criativos, chamativos e claros SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)  EXEMPLO  MELHORE SEU PAGE RANK NOS BUSCADORES х EXEMPLO х SAIBA COMO MELHORAR O PAGE RANK DO SEU SITE NOS MECANISMOS DE BUSCA
  18. • MÚLTIPLAS URLS NA MESMA PÁGINA • Várias URLs que indiquem o mesmo conteúdo • Páginas diferentes são consideradas conteúdo duplicado e reduzem a relevância • Canonical <link rel=“canonical” href=“url.principal”/> EXEMPLOS • http://www.ferreirastudios.com.br • http://ferreirastudios.com.br • http://www.ferreirastudios.com.br/inde x.php • http://ferreirastudios.com.br/index.php • http://ferreirastudios.com.br/php?site= version1 SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  19. • OTIMIZAÇÃO DE IMAGENS - UTILIZAÇÃO DE SPRITES • Essa técnica consiste em agrupar diversas imagens em uma só. EXEMPLO .icon-social { background-image: url('mySprite.png'); background-position: -10px -10px; } SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  20. • OTIMIZAÇÃO DE IMAGENS - UTILIZAÇÃO DE SPRITES • Reduz absurdamente o número de requisições HTTP e evita atrasos nos recursos página. • Espaços em branco afeta o uso de memória para processar o mapa de pixels. SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  21. • OTIMIZAÇÃO DE IMAGENS - DATA-URI (BASES 64) • É uma maneira de adicionar conteúdo inline de uma URI que você normalmente iria apontar reduzindo o número de requisições HTTP necessárias para carregar uma página. EXEMPLO .bg-container { background-image: url('foo.png');} .bg-container { background-image: url('data:image/png;base64,iVBORw0KGgoAAAANSUhEUgAAAAEAAAABAQMAAAAl21bKAAAAA1BMVEUAAACnej3aAAAA AXRSTlMAQObYZgAAAApJREFUCNdjYAAAAAIAAeIhvDMAAAAASUVORK5CYII%3D') ;} SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  22. • OTIMIZAÇÃO DE IMAGENS - DATA-URI (BASES 64) • IE8 para cima suportam codificação base64. • Esse método e CSS Sprites precisam de ferramentas de build para serem de fácil manutenção. • Desvantagem - Aumenta consideravelmente o tamanho do seu HTML/CSS se você possuir imagens grandes. • GERADORES DE BASE 64 • http://dopiaza.org/tools/datauri/index.php • http://websemantics.co.uk/online_tools/imag e_to_data_uri_convertor/ SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  23. • FERRAMENTAS DE OTIMIZAÇÃO DE IMAGENS SOFTWARES • RIOT - http://luci.criosweb.ro/riot/download/ • JPEG MINI - http://www.jpegmini.com/ • CAESIUM – http://www.caesium.com ONLINE • Tinypng - https://tinypng.com • Smulthit - http://www.smushit.com/ysmush.it • Kraken - https://kraken.io SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  24. • PLUGINS ATUALIZADOS • jQuery – Um dos plugins mais utilizados (constantemente atualizado) • Esteja sempre atento as novidades de plugins • Evite utilizar plugins sempre que for possível. quanto menos plugins melhor ! SEO ON-PAGE (ASPECTOS INTERNOS)
  25. SEO OFF-PAGE (ASPECTOS EXTERNOS)
  26. • LINK BUILDING • Captar links externos para o web-site • Quanto mais links se recebe em uma página, melhor seu posicionamento • Produza conteúdo de valor, publique entrevistas, aborde temas polêmicos e que geram interesse. SEO OFF-PAGE (ASPECTOS EXTERNOS)
  27. • INTEGRAR O SITE EM REDES SOCIAIS • INVISTA EM DIVULGAÇÃO • FACILITAR O COMPARTILHAMENTO E ACESSO • OS BUSCADORES TEM LEVADO EM CONSIDERAÇÃO O COMPARTILHAMENTO NAS MÍDIAS SOCIAIS PARA DEFINIR A RELEVÂNCIA DA PÁGINA • DAR LIKE E COMPARTILHAR É UMA PROVA SOCIAL DE CONTEÚDO QUALIFICADO SEO OFF-PAGE (ASPECTOS EXTERNOS)
  28. 1. INDEXABILIDADE • DOMÍNIOS • INVESTIR EM DORMÍNIOS PERTINENTES, INVESTIR EM PALAVRAS CHAVES COMBINATIVAS COM A EMPRESA E SEMPRE INVESTIR EM DOMÍNIOS CURTOS • PLANEJADOR DE PALAVRAS DO GOOGLE ADWORDS http://adwords.google.com.br/keywordplanner • CONTEÚDO NÃO INDEXÁVEL PELOS NAVEGADORES ex FLASH, JAVA, VÍDEO, IMAGENS... (SEMPRE INTEGRAR O ATRIBUTO ALT E DESCRIÇÕES) • SITEMAPS • A AUSÊNCIA DO SITEMAP DIFICULTA A INDEXAÇÃO • ex ENVIAR ARQUIVO “SITEMAP.XML” GERADOR DE SITEMAP – http://www.xml-sitemaps.com/ ENVIAR PARA O GOOGLE – https://support.google.com/webmasters/answer/183669?hl=en&ref_topic=8476
  29. 2. ESTRUTURA E CÓDIGO • UTILIZAR CÓDIGO EXTERNO (ESTILOS NO TOPO E SCRIPT NO RODAPÉ ) <LINK> E <SCRIPT> • COMPRIMIR O CSS • PARA O NAVEGADOR NADA IMPORTA ECONOMIZA BITES E O TEMPO DE EXECUÇÃO • COMPRESSADOR - http://cssminifier.com
  30. 2. ESTRUTURA E CÓDIGO • PREFIRA LINK AO INVÉS DE @IMPORT • Há duas maneiras de incluir uma folha de estilo externa na sua página, pode ser através da tag “link” <link rel="stylesheet" href="style.css"> Ou da propriedade @import: @import url('style.css'); • Com o atributo @import o navegador é incapaz de realizar o download em paralelo, o que causa atraso na cascata de carregamento dos arquivos.
  31. 2. ESTRUTURA E CÓDIGO • CARREGAMENTO ASSÍNCRONICO • É IMPORTANTE PRINCIPALMENTE QUANDO CARREGAMOS O CÓDIGO DE TERCEIROS PARA EMBEDAR UM BOTÃO LIKE OU TWEET POR EXEMPLO. • OS CÓDIGOS MUITAS VEZES ESTÃO INEFICIENTES DEVIDO A CONEXÃO DO USUÁRIO OU PELA CONEXÃO COM O SERVIDOR ONDE ESTÃO HOSPEDADOS • USAMOS ENTÃO OS CÓDIGOS DE FORMA ASSÍNCRONICA (OU ENTÃO IFRAMES) COMPRESSOR JAVASCRIPT - http://developer.yahoo.com/yui/compressor/ var script = document.createElement('script'), scripts = document.getElementsByTagName ('script')[0]; script.async = true; script.src = url; scripts.parentNode.insertBefore(script, scripts);
  32. 3. DIAGNÓSTICO • FERRAMENTAS DE DIAGNÓSTICO SEO (yslow, pagespeed, webpagetest, http archive) • Em geral elas analisam a performance do seu site, geram um relatório e dão uma nota para ele, sem contar nas dicas preciosas que apresentam para você resolver cada um dos problemas. • ACOMPANHAMENTO DOS RESULTADOS • O SITE NÃO MORRE DEPOIS DE FINALIZADO • Comportamento pós-compra é fundalmental
  33. 3. DIAGNÓSTICO • TÉCNICAS BLACK HAT
  34. 4. BÔNUS • TESTE A/B • DIVIDE O TRÁFEGO DE UMA DETERMINADA PÁGINA EM DUAS VERSÕES E VERIFICA QUAL DAS DUAS GERA MAIOR TAXA DE CONVERSÃO • FEEDBACK REAL DO MERCADO E MENSURAÇÃO COM PRECISÃO. • DEVE SE TER UM NÚMERO SIGNIFICATIVO DE ACESSOS.
  35. OBRIGADO !“ Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como um resultado que aponta uma nova direção. ” STEVE JOBS

×