IRA neonatal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

IRA neonatal

on

  • 7,759 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,759
Views on SlideShare
7,738
Embed Views
21

Actions

Likes
1
Downloads
114
Comments
0

1 Embed 21

http://www.slideshare.net 21

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

IRA neonatal IRA neonatal Presentation Transcript

  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS EM RECÉM-NASCIDOS Leonardo Cavadas Soares PUC - PR
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  •  
  • SÍNDROME DE ANGUSTIA RESPIRATÓRIA DO RECÉM NASCIDO EXPRESSÃO CLÍNICA DA INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA EM RECÉM NASCIDO DECORRENTE DE IMATURIDADE PULMONAR PODE VIR ACOMPANHADA DE COMPLICAÇÕES PCA, HPPRM, HIV, DBP INCIDÊNCIA E GRAVIDADE LINEARMENTE INVERSAMENTE PROPORCIONAL A IDADE GESTACIONAL E PESO DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO 56 1250 - 1500 68 83 85 RISCO DE DMH (%) 1000 - 1250 750 - 1000 500 - 750
  • FATOR DE RISCO Prematuridade Trabalho de parto prematuro – DMH DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • FATORES DE PROTEÇÃO Estresse intrauterino Insuficiência placentária Sofrimento fetal crônico - asfixia DHEG Crescimento intrauterino retardado – CIUR Uso antenatal de corticosteróides DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  •  
  •  
  •  
  • P=2y/R
    • FISIOPATOLOGIA
    • Insuficiente SURFACTANTE produzido por pneumócitos II
      • Instabilidade alveolar com tendência ao colapso em expiração
      • Extravasamento de líquido ao alvéolo
      • Hipoventilação alveolar
      • Shunts intrapulmonares
      • Hipoxemia, hipercapnia
    DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • QUADRO CLÍNICO Estigmas de prematuridade Taquipnéia Esforço respiratório Cianose Hipoventilação DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • PREVENÇÃO Pré-natal completo – evitar PMT CTC – situações de risco de TPP / RPMO < 32 sem Betametasona 12 mg IM 12/12 hs x 4 (24/24 hs x 2) DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO VM – Indicações clínicas: Hérnia diafragmática Esforço respiratório grave Apnéia recorrente ( > 2/h) Distúrbio hemodinâmico grave Asfixia grave Apnéia por distúrbio neuro-muscular congênito Uso de drogas depressoras de SNC
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO VM – gasométricas: pO2 < 50 mmHg SO2 < 86% pCO2 > 60 mmHg FiO2 > 60-80% CPAP 5-6 cm H2O Acidose metabólica pH < 7,20 (< 6h) pH < 7,25 (> 6h)
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO USO DE SURFACTANTE EXÓGENO: Diminui tensão superficial alveolar Mantém estabilidade alveolar
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO USO DE SURFACTANTE EXÓGENO: PROFILÁTICO RESGATE
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO USO DE SURFACTANTE EXÓGENO: DISTRESS RESPIRATÓRIO GRAVE EM PRIM 48 HS ADMINISTRAÇÃO ASSIM QUE DIAGNÓSTICO O USO DE SURFACTANTE É SEGURO É UM A TERAPIA DE ALTO CUSTO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR Tratamento – ( não farmacológico) : Repouso Ambiente humanizado Minimização de estímulo visual, tátil e sonoro Aspiração de CET somente quando necessário DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • HIPERTENSÃO ARTERIAL PULMONAR Tratamento – ( farmacológico) : Alcalinização com uso de HCO3 Ventilação convencional – evitar hiperventilação Sedação e Analgesia Inotrópicos Vasodilatadores Óxido Nítrico DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO
  • DISTÚRBIOS RESPIRATÓRIOS DO RECÉM-NASCIDO