• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Provocações
 

Provocações

on

  • 840 views

Material apresentado na palestra sobre comunicação digital no GAP - RJ. Evento bacana com mais de 150 profissionais de agências, clientes, veículos e fornecedores. Objetivo era provoocar ...

Material apresentado na palestra sobre comunicação digital no GAP - RJ. Evento bacana com mais de 150 profissionais de agências, clientes, veículos e fornecedores. Objetivo era provoocar discussões e quebrar essa barreira maluca de on x off e etc. Comunicação é comunicação e ponto! Eu, Luiz Felipe Barros, Bruno Altieri e Vinicius Limoeiro.

Statistics

Views

Total Views
840
Views on SlideShare
840
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
34
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Provocações Provocações Presentation Transcript

    • 10 Provocações
    • Você já é digital. Sua vida e a comunicação também. Não dá mais pra se esconder atrás da frase “eu não entendo nada dessas coisas”. Blog, rede social, twitter, Alternate Reality Game (ARG), Realidade Aumentada, web 2.0, web 3.0, widget, viral são apenas conceitos e ferramentas que podem ser usados, ou não, na sua comunicação. 1
    • Integrado é mais gostoso Comunicação não é on nem off, é comunicação. Ninguém sai de casa e diz: “hoje eu vou pensar on-line”. O que realmente vale é a idéia. Sua adequação para resolver um problema ou criar um novo produto. 2
    • Realidade Aumentada 2 Aqui os caras tiveram uma idéia f***oda e reinventaram um mercado. Aqui as pessoas pensaram: “maneiro, mas como eu uso realmente?”
    • O que o Obama e a Comunicação Digital têm em comum. Tem muita gente achando que os dois podem salvar o mundo... Cuidado com o quanto de “Yes We Can” você coloca na conta dos novos meios. Tradicional não é velharia que deve ser esquecida. Mas se você me perguntar o que o Obama fez com a comunicação política, usando a digital... 3
    • Isso pode responder uma das questões abordadas
      • Maior retorno com menor investimento: usando o consumidor como veículo.
      • Era um momento propício, mobilização nacional. Ou mundial? Pessoas queriam mudança. EUA em crise.
      • Voto não é obrigatório. Como trazer novas pessoas às urnas?
      • Tradição de contribuição privada e pessoa física. Como ampliar?
      • Cauda Longa – nichos, como chegar até eles?
      3
    • Quebrando as barreiras de on e off
      • Usando a internet como jamais foi usada. Uma aula de comunicação.
      3
    • Quebrando as barreiras de on e off
      • Levando a mensagem e deixando que a mensagem seja levada.
      3
    • Atingindo seus objetivos
      • Motivando, engajando, arrecadando.
      • Alguns números:
        • Mais de 3 milhões de assinantes do boletim SMS
        • Mais de 15 milhões de views do clip Yes We Can
        • Tem hoje mais de 570 mil seguidores no Twitter
        • Comunidade no Facebook com mais de 3 milhões de usuários
        • 150 milhões arrecadados em setembro de 2008, atingindo 3,1 milhões de doadores e mais de 600 milhões na campanha inteira.
      • Podem até parecer pequenos se comparados a uma mídia de massa, mas imagine o que um lovemark do Obama não pode fazer...
      3
    • Existe um discurso de marca muito repetitivo. Tudo é justificado pelo branding. Se prenda menos a marca e pense também na empresa, na organização que está por trás dela. O que realmente é relevante para esse negócio? O “pacote básico” não se aplica. Por trás de uma marca tem sempre uma empresa e na maioria das vezes o melhor para essa empresa vai refletir diretamente na marca e vice versa. 4
    • Nem sempre uma campanha é a resposta. Quando for, ok. Mas e se a oportunidade vir na forma de um novo produto? Um projeto maior? Uma ferramenta... 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • Internet não é só banner. Mas o banner ainda é importante pra K C T. Não dá para menosprezar. Você sabe quanto custou e pode saber quanto arrecadou. Claro que outros fatores influenciam, mas... 6
    • 6 Dá pra ignorar uma campanha de banners que tem esse resultado?
    • A discussão sem fim. Produção ou mídia, onde investir? Não tem resposta certa. Depende do projeto. Uma campanha de cobertura, público muito aberto, devemos ir na mídia certo? Mas como se diferenciar no meio de tanto conteúdo? 7
    • Mas a BMW, em 2001, fez diferente.
      • BMW Films
        • De 2001 a 2005 lançou 8 filmes curtos exclusivos para internet.
        • Personagem principal ajuda alguém dirigindo um BMW e mostrando do que o carro é capaz.
        • Investiu na produção, com diretores renomados do cinema – David Fincher, Ridley and Tony Scott, Ang Lee, John Woo, e em atores, com participações, por exemplo de:
          • Madonna
          • Clive Owen
          • James Brown – Beat the Devil
      • Alguns prêmios:
        • 2002 Cannes Cyber Lion Grand Prix
        • "Best Excuse for Broadband"
        • WIRED Magazine Rave Awards, 2001
        • 2002 Los Angeles International Short Film Festival’s “Best Action Short”
        • 2003 A campanha entrou na coleção permanente do Museu de Arte Moderna de NY (MOMA)
      • Alguns números:
        • 100 milhões de expectadores
        • 40 mil pessoas responderam, voluntariamente, uma pesquisa sobre a marca
        • Virou Box de DVD
        • Mais de 2 milhões de cadastros no site
      7
    • Se achar que vale a pena, não faça investimento algum 7 Mais de 6,5 milhões de views
    • Descubra o que é relevante pro seu consumidor. Mesmo que pareça bobo para você. 8
    • A Doritos acertou na mosca
      • Comercial da marca no SuperBowl é feito pelos seus usuários.
      8
    • Onipresença. Lembre de olhar ao redor, existem mais oportunidades digitais do que você imagina. 9
    • 8 Que tal bater uma bolinha num evento ou no bar?
    • Tudo é possível. Nada é rápido. Nada é barato. 10