MÉTODOS ÁGEIS DEDESENVOLVIMENTOLeonardo A Alves
MÉTODOS ÁGEIS   Funcionam bem para equipes pequenas (< 10    desenvolvedores). O desenvolvimento ágil é    particularment...
MÉTODOS ÁGEISOs princípios do desenvolvimento ágil valorizam: Garantir a satisfação do consumidor entregando rapidamente ...
Gerência de Projetos
PMI   Gerenciamento de Integração – descreve o processo necessário para    realizar a integração dos diversos elementos c...
PMI   Gerenciamento de Custos – descreve o processo de controle definido    para assegurar que cada uma das atividades da...
TAREFA 1 - PLANEJAR PROJETO O produto de trabalho do início dessa atividade é o Plano de Projeto, o qual provê um esboço d...
TAREFA 2 - PLANEJAR ITERAÇÃO O principal propósito dessa fase é identificar o próximo “build” a ser desenvolvido para inte...
TAREFA 3 - GERENCIAR ITERAÇÃO A gerência de iteração tem como principais objetivos avaliar o status do projeto e identific...
TAREFA 4 - AVALIAR RESULTADOS O principal objetivo dessa tarefa é a avaliação de uma iteração verificando possíveis falhas...
TAREFA 5 - SOLICITAR MUDANÇAS O principal objetivo dessa tarefa é capturar e registrar todas as solicitações de mudanças g...
CONCLUSÃO A Gerência de Projetos é uma disciplina complexa e que envolve, especificidades diversas em relação ao projeto e...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Métodos ágeis de desenvolvimento

309 views
238 views

Published on

material do primeiro dia do curso de metodos ágeis para pós em eng de softwares

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
309
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métodos ágeis de desenvolvimento

  1. 1. MÉTODOS ÁGEIS DEDESENVOLVIMENTOLeonardo A Alves
  2. 2. MÉTODOS ÁGEIS Funcionam bem para equipes pequenas (< 10 desenvolvedores). O desenvolvimento ágil é particularmente adequado para equipes que têm que lidar com mudanças rápidas ou imprevisíveis nos requisitos.
  3. 3. MÉTODOS ÁGEISOs princípios do desenvolvimento ágil valorizam: Garantir a satisfação do consumidor entregando rapidamente e continuamente softwares funcionais; Softwares funcionais são entregues freqüentemente (semanas, ao invés de meses); Softwares funcionais são a principal medida de progresso do projeto; Até mesmo mudanças tardias de escopo no projeto são bem-vindas. Cooperação constante entre pessoas que entendem do negócio e desenvolvedores; Projetos surgem através de indivíduos motivados, entre os quais existe relação de confiança. Design do software deve prezar pela excelência técnica; Simplicidade; Rápida adaptação às mudanças; Indivíduos e interações mais do que processos e ferramentas; Software funcional mais do que documentação extensa; Colaboração com clientes mais do que negociação de contratos; Responder a mudanças mais do que seguir um plano.
  4. 4. Gerência de Projetos
  5. 5. PMI Gerenciamento de Integração – descreve o processo necessário para realizar a integração dos diversos elementos componentes do projeto, dando ênfase aos planos de execução e ao plano de gerência de mudanças no projeto; Gerenciamento de Escopo – descreve o processo de controle definido para assegurar que o projeto está devidamente delimitado, de forma que todas as atividades necessárias para atingir a meta final do projeto foram especificadas e não mais do que isso. Esse processo tem uma ligação muito forte com a especificação dos requisitos do projeto, bem como, com a gerência de mudanças no projeto; Gerenciamento de Prazos – descreve o processo de controle definido para assegurar que cada uma das atividades das diversas iterações serão executadas no prazo correto e para garantir que o prazo final para a execução do projeto será cumprido, com uma margem mínima de erros;
  6. 6. PMI Gerenciamento de Custos – descreve o processo de controle definido para assegurar que cada uma das atividades das diversas iterações serão executadas visando manter uma margem mínima de interferência no custo do projeto. Deve seguir de perto o processo de gerência de mudanças do projeto, considerando que a mesma tende a gerar novos custos e, muitas vezes, custos não previstos no projeto; Gerenciamento de Qualidade – descreve o processo de controle definido para assegurar que cada uma das atividades de verificação contínua da qualidade serão executadas, mantendo o andamento do projeto devidamente alinhado com as características especificadas para o mesmo; Gerenciamento de Recursos Humanos – descreve o processo de controle definido para assegurar que os membros da equipe designada para o desenvolvimento do projeto atue de forma coesa para que a mesma consiga atingir suas metas e encerrar o projeto no prazo e custo estipulados. Essa atividade está envolvida diretamente com questões de planejamento organizacional, definição e capacitação técnica dos membros da equipe;
  7. 7. TAREFA 1 - PLANEJAR PROJETO O produto de trabalho do início dessa atividade é o Plano de Projeto, o qual provê um esboço do projeto como um todo, em alto nível.
  8. 8. TAREFA 2 - PLANEJAR ITERAÇÃO O principal propósito dessa fase é identificar o próximo “build” a ser desenvolvido para integrar o sistema e criar um plano de iteração para atingir o resultado esperado.
  9. 9. TAREFA 3 - GERENCIAR ITERAÇÃO A gerência de iteração tem como principais objetivos avaliar o status do projeto e identificar novas oportunidades ou riscos não mitigados.
  10. 10. TAREFA 4 - AVALIAR RESULTADOS O principal objetivo dessa tarefa é a avaliação de uma iteração verificando possíveis falhas e propondo soluções que apresentem melhoras ao processo, para que nas próximas iterações essas falhas não ocorram.
  11. 11. TAREFA 5 - SOLICITAR MUDANÇAS O principal objetivo dessa tarefa é capturar e registrar todas as solicitações de mudanças geradas pelos Stakeholders ou por qualquer membro da equipe de desenvolvimento.
  12. 12. CONCLUSÃO A Gerência de Projetos é uma disciplina complexa e que envolve, especificidades diversas em relação ao projeto em desenvolvimento. A análise aqui apresentada será melhor utilizada se aplicada em projetos desenvolvidos por equipes de pequeno porte. Metodologias ágeis se encaixam melhor nesse processo. O uso de Scrum dispensa o papel do Gerente de Projeto, embora não dispense as atividades, as quais são executadas pela equipe de desenvolvimento como um todo. O uso de guias como ITIL, PMBok, dentre outras de nada adianta se o Gerente de Projetos não tem conhecimento profundo do processo de desenvolvimento de software além de conhecimentos técnicos e, principalmente, se o Gerente de Projeto não possui uma habilidade profunda em lidar com pessoas. A Gestão de Pessoas é peça fundamental no processo de Gerência de Projetos.

×