0
Folhas interligadas como o desenvolvimento   das empresas em rede.                                                UMA INDI...
COMPROMETIMENTO E              POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO• Marketing institucional não é fácil    – Caso Colômbia• Requisi...
VALORIZAR SINAL DE QUALIDADE• Marketing e / é agregação de valor• Tendências de mercado• Posicionamento estratégico• Valor...
POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO      DA MARCA CAFÉ DO OESTE DA BAHIA• Posicionar SINAL DE QUALIDADE no mercado• Marketing da OR...
O QUE É UMA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA?• Mecanismo de proteção• Indica um produto original, que possui  história, forma de produ...
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA• Indicação de Procedência:  – sinal distintivo  – nome geográfico  – produto ou serviço• Denominação ...
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA• Representa:  –   Cultura / Tradição  –   Reputação  –   História  –   Terroir• Portanto deve ser pre...
EXEMPLOS DE INDICAÇÕES            GEOGRÁFICAS NO MUNDO• Champagne (França)• Vinho do Porto (Portugal)• Presunto de Parma (...
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL                Vinhedos               Café do Cerrado                  2002              ...
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS• Benefícios e repercussões positivas:   –   Preserva patrimônio da região   –   Estimula investimen...
CERTIFICAÇÃO DE ORIGEM• Transmite características emblemáticas• Garante origem / controla “produto  viajante”• Permite RAS...
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS• Repercussões positivas:   –   Acesso a novos mercados   –   Projetam imagem da região   –   Aument...
COLABORAÇÃO ENTRE AGENTES           (NÃO COMPETIÇÃO)• Produtores   – pequenos   – médios   – grandes• Associações• Coopera...
VALE DOS VINHEDOS• Valorização das propriedades rurais da área  geográfica: 200% a 500% em 5 anos;• Desenvolvimento da agr...
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
VALE DOS VINHEDOS
CAFÉ DO CERRADO• 1ª região brasileira produtora de café  com IG reconhecida internacionalmente• Região demarcada   – 55 mu...
CAFÉ DO CERRADO
CAFÉ DO CERRADO
CAFÉ DO CERRADO
CAFÉ DO CERRADO
CAFÉ DO CERRADO
CAFÉ DO CERRADO
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA:             Passo a passo I1. Organização dos produtores (associação/   cooperativa);2. Definição do...
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA:             Passo a passo II5. Identificação dos produtores da região de   abrangência;   – INPI: pe...
INDICAÇÃO GEOGRÁFICA:            Passo a passo III8. Elaboração de um regulamento de uso    (mecanismo de controle);9. Ade...
PAPEL DAS ENTIDADES• INPI   – responsável por registros de marcas, concessão de     patentes• MAPA   – fomento das IGs agr...
O CAFÉ DE NOSSA REGIÃO?• Potencial?   – Prêmios de qualidade   – História   – Produtores competentes   – Cidade receptiva ...
CRONOGRAMA DE AÇÕES                                                                      Início   Término    Levantamento ...
O CAFÉ DE NOSSA REGIÃO?UMA LONGA CAMINHADACOMEÇA COM O 1° PASSO
Uma Indicação Geográfica para o café de nossa região - Paulo Henrique Leme
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Uma Indicação Geográfica para o café de nossa região - Paulo Henrique Leme

1,148

Published on

Uma Indicação Geográfica para o café de nossa região - Paulo Henrique Leme.
Palestra proferida no projeto RDI da Fundação Dom Cabral em LEM-BA. Abril 2011.

Published in: Business, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,148
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Uma Indicação Geográfica para o café de nossa região - Paulo Henrique Leme"

  1. 1. Folhas interligadas como o desenvolvimento das empresas em rede. UMA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PARA O CAFÉ DE NOSSA REGIÃO Prof. Paulo Henrique Leme 201111024010© Copyright P&A
  2. 2. COMPROMETIMENTO E POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO• Marketing institucional não é fácil – Caso Colômbia• Requisitos básicos – União/Cooperação – Associativismo/Cooperativismo• Objetivo comum: aonde quero chegar?• Qual meu plano para chegar lá?• Estratégia e planejamento!• Ferramentas que ajudam: – Indicação geográfica – Marketing de relacionamento
  3. 3. VALORIZAR SINAL DE QUALIDADE• Marketing e / é agregação de valor• Tendências de mercado• Posicionamento estratégico• Valorizar a ORIGEM!• Identidade BRASIL!CAFÉ DO OESTE DA BAHIA?
  4. 4. POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO DA MARCA CAFÉ DO OESTE DA BAHIA• Posicionar SINAL DE QUALIDADE no mercado• Marketing da ORIGEM• Adequar expectativa / percepção qualidade• Aproveitar certificações• Marketing de relacionamento• Não basta fazer qualidade, é preciso vender qualidade
  5. 5. O QUE É UMA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA?• Mecanismo de proteção• Indica um produto original, que possui história, forma de produção, características do local de origem• Boa reputação no mercado• Inspira confiança no cliente / consumidor
  6. 6. INDICAÇÃO GEOGRÁFICA• Indicação de Procedência: – sinal distintivo – nome geográfico – produto ou serviço• Denominação de origem: – sinal distintivo – nome geográfico – produto ou serviço – fatores naturais e humanos
  7. 7. INDICAÇÃO GEOGRÁFICA• Representa: – Cultura / Tradição – Reputação – História – Terroir• Portanto deve ser preservada: – registro – marketing – administração – controle
  8. 8. EXEMPLOS DE INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO MUNDO• Champagne (França)• Vinho do Porto (Portugal)• Presunto de Parma (Itália)• Café de Colômbia• Café Blue Mountain (Jamaica)• Tequila (México)• Charutos (Cuba)
  9. 9. INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL Vinhedos Café do Cerrado 2002 2005 Pampa Gaúcho Paraty 2006 2007• 2009/2010: • Couro do Vale dos Sinos (RS) • Uva de mesa e manga do Vale do Submédio do São Francisco • Vinho de Pinto Bandeira (Bento Gonçalves – RS) • Arroz do Litoral Norte Gaúcho (DO)
  10. 10. INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS• Benefícios e repercussões positivas: – Preserva patrimônio da região – Estimula investimentos – Valorização das propriedades – Melhora comercialização – Aumento do turismo – Fideliza o consumidor – Aumenta valor agregado do produto• Nos obriga a trabalhar em rede! – Nossos problemas – Nossas soluções
  11. 11. CERTIFICAÇÃO DE ORIGEM• Transmite características emblemáticas• Garante origem / controla “produto viajante”• Permite RASTREABILIDADE
  12. 12. INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS• Repercussões positivas: – Acesso a novos mercados – Projetam imagem da região – Aumenta competitividade dos produtores – Ciclo positivo de mudanças
  13. 13. COLABORAÇÃO ENTRE AGENTES (NÃO COMPETIÇÃO)• Produtores – pequenos – médios – grandes• Associações• Cooperativas• Certificadores• Exportadores
  14. 14. VALE DOS VINHEDOS• Valorização das propriedades rurais da área geográfica: 200% a 500% em 5 anos;• Desenvolvimento da agroindústria vitivinícola;• Desenvolvimento regional e ambiental: maior oferta de empregos no campo, na indústria, no turismo e nos serviços (gastronomia e enoturismo);• Desenvolvimento de um plano diretor: – participação das comunidades locais – ordenação da zona rural – preservando a vocação local.
  15. 15. VALE DOS VINHEDOS
  16. 16. VALE DOS VINHEDOS
  17. 17. VALE DOS VINHEDOS
  18. 18. VALE DOS VINHEDOS
  19. 19. VALE DOS VINHEDOS
  20. 20. VALE DOS VINHEDOS
  21. 21. VALE DOS VINHEDOS
  22. 22. VALE DOS VINHEDOS
  23. 23. VALE DOS VINHEDOS
  24. 24. VALE DOS VINHEDOS
  25. 25. VALE DOS VINHEDOS
  26. 26. CAFÉ DO CERRADO• 1ª região brasileira produtora de café com IG reconhecida internacionalmente• Região demarcada – 55 municípios – 155.000 ha – 3.500 cafeicultores• Características específicas de clima e solo• Atributos de qualidade do café bem definidos
  27. 27. CAFÉ DO CERRADO
  28. 28. CAFÉ DO CERRADO
  29. 29. CAFÉ DO CERRADO
  30. 30. CAFÉ DO CERRADO
  31. 31. CAFÉ DO CERRADO
  32. 32. CAFÉ DO CERRADO
  33. 33. INDICAÇÃO GEOGRÁFICA: Passo a passo I1. Organização dos produtores (associação/ cooperativa);2. Definição dos objetivos, critérios, padrões de identidade do produto;3. Resgate histórico e cultural da região (notoriedade);4. Delimitação da área de abrangência e elaboração de mapa cartográfico com memorial descritivo;
  34. 34. INDICAÇÃO GEOGRÁFICA: Passo a passo II5. Identificação dos produtores da região de abrangência; – INPI: pessoa jurídica que represente a coletividade (Associação, Cooperativa)6. Elaboração da representação gráfica da IG (selo de identidade)7. Criação de um Conselho Regulador
  35. 35. INDICAÇÃO GEOGRÁFICA: Passo a passo III8. Elaboração de um regulamento de uso (mecanismo de controle);9. Adequação do estatuto;10. Encaminhar a solicitação de reconhecimento da IG ao INPI
  36. 36. PAPEL DAS ENTIDADES• INPI – responsável por registros de marcas, concessão de patentes• MAPA – fomento das IGs agropecuárias• Secretaria Agricultura – Reconhecimento e apoio institucional• FDC – Suporte ao projeto
  37. 37. O CAFÉ DE NOSSA REGIÃO?• Potencial? – Prêmios de qualidade – História – Produtores competentes – Cidade receptiva – turismo• Unificar ações – benefício coletivo – valorização
  38. 38. CRONOGRAMA DE AÇÕES Início Término Levantamento de dados que comprovem a relação do produto1 com o meio geográfico e manejo especifico. ??? ??? Levantamento e pesquisas, dados, informações e material2 jornalístico/ histórico que dão reconhecimento à denominação ??? ??? da região. Criação de estrutura de controle sobre os produtores, produto e3 marca representativa da Indicação de Procedência. ??? ??? Criação do regulamento do uso do nome geográfico e do4 Conselho Regulador. ??? ??? Organizar e preparar toda documentação técnica que permita o5 registro junto ao INPI. ??? ??? Acompanhar o processo de registro da Indicação Geográfica,6 modalidade Indicação de procedência junto ao INPI; ??? ???
  39. 39. O CAFÉ DE NOSSA REGIÃO?UMA LONGA CAMINHADACOMEÇA COM O 1° PASSO
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×