A CAFEICULTURA
            FAMILIAR NO MUNDO

              Paulo Henrique Leme
              P&A Marketing Internacional
...
INVERSÃO DE TENDÊNCIAS

- Passado
   • crescimento moderado da demanda
                         p
   • Brasil era muito co...
GRANDES TENDÊNCIAS DE CONSUMO
      NO PASSADO RECENTE

- Cafés especiais
          p               - Solúvel
- Novas emba...
COM A CRISE, ALGUMAS TENDÊNCIAS
          GANHAM FORÇA


- Solúvel

- Máquinas domésticas

- Espresso (em casa)

- Poder d...
OUTRAS TENDÊNCIAS PERDEM FORÇA

- Lojas de café?
   • Franchise Direct study

- Novas embalagens
- Cafés certificados?
   ...
POSSÍVEIS EFEITOS DA CRISE NO
           CONSUMO MUNDIAL

- Mercados tradicionais (EUA, Europa, Japão)
  • 58% consumo mun...
POSSÍVEIS EFEITOS DA CRISE NO
          CONSUMO MUNDIAL
- Mercados emergentes
  (principalmente leste europeu)
 • muito af...
CONSUMO:
  A BUSCA POR CAFÉS MAIS BARATOS

- Mudança nos hábitos de consumo
- “Pequenos prazeres”
- Café em restaurantes f...
CONSUMO:
           CONSUMO EM CASA


- O crescimento do solúvel
    • baixo custo / prático
    • produtos novos e sofist...
MERCADO:
         O PODER DO VAREJO
- Expansão de grandes cadeias em todos
  os mercados
    • tradicional
    • emergente...
NÃO HÁ RAZÃO PARA PESSIMISMO

- Café tem demanda razoavelmente inelástica
  (à prova de crise?)
- Os clientes mudam o tipo...
PRODUÇÃO X CONSUMO MUNDIAL

- Níveis atuais de produção suficientes para
  atender a demanda existente? SIM
      d     d ...
COMO FICA A CAFEICULTURA
  FAMILIAR NESTE NOVO
   CONTEXTO MUNDIAL?




                    © Copyright P&A
MUNDO DO CAFÉ

- Um mundo de pequenos cafeicultores
-M d
  Mundo
    • 129 milhões de sacas em 2009
    • f ili
      fami...
QUEM É O CAFEICULTOR
       FAMILIAR NO MUNDO?

- Brasil
    • mão-de-obra familiar
    • aprox. ≤ 20 ha
- Mundo
    • mão...
CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO




                        © Copyright P&A
CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO
      Am. Central e México




                        © Copyright P&A
AMÉRICA CENTRAL E MÉXICO

- Produção: em torno de 17 milhões de sacas
- A ábi
  Arábica
- Cafés especiais
- 13% d produção...
MÉXICO
- Café Arábica / pouco Robusta
- Cultivo sob sombra predomina
                      p
- Colheita seletiva
- Process...
GUATEMALA
- Café Arábica
  (Robusta muito pouco)
- 98% cultivo sob sombra
- Colheita seletiva
- Processamento via úmida
- ...
HONDURAS
- C fé Arábica
  Café A ábi
- 98% cultivo sob sombra
- Cafeicultura de montanha
- Colheita seletiva
- Processamen...
NICARÁGUA
- C fé Arábica
  Café A ábi
- Cultivo sob sombra /
  montanhas / solo vulcânico
      t h        l    l â i
- Co...
COSTA RICA

- Café Arábica
- R b t proibido d d 1989
  Robusta  ibid desde
- Cultivo a pleno sol predomina
- Colheita sele...
EL SALVADOR
- Café Arábica
- Cultivo sob sombra predomina
- Colheita seletiva
- Processamento via úmida
- Produtor vende p...
CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO
         América do Sul




                        © Copyright P&A
AMÉRICA DO SUL

- Produção: em torno de 14 milhões de sacas
- A ábi
  Arábica
- Cafés especiais
- 10% d produção mundial
 ...
COLÔMBIA
- Café Arábica
- Cultivo a pleno sol
- Colheita seletiva
- Processamento via úmida
- Cafeicultura familiar
   • 5...
PERU
- Café Arábica
- Cultivo sob sombra predomina
- Colheita seletiva
- Processamento via úmida
- Produtor vende pergamin...
CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO
            África




                        © Copyright P&A
ÁFRICA

- Produção: em torno de 15 milhões de sacas
- A ábi 50%
  Arábica
- Robusta 50%
- 12% d produção mundial
      da ...
ETIÓPIA
- Café Arábica (3° maior)
- Berço da cafeicultura
- Cultivo sob sombra
   • Floresta 50%
   • Familiar 40%
   • Fa...
UGANDA
- Principalmente café Robusta
  (nativo da região)
- Arábica nas montanhas
- Cultivo sob sombra predomina
   • cons...
COSTA DO MARFIM
- Café Robusta
- Cultivo sob sombra predomina
   • consórcio com cacau
- Colheita manual
- Café natural
- ...
CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO
              Á i
              Ásia




                        © Copyright P&A
ÁSIA

- Produção: em torno de 35 milhões de sacas
- A ábi 12%
  Arábica
- Robusta 88%
- 27% d produção mundial
      da   ...
VIETNÃ
- Café Robusta
- Cultivo pleno sol predomina
- Irrigação (MUITO IMPORTANTE)
- Colheita manual
- Café natural
- Cafe...
INDONÉSIA
- Café Robusta (88%)
- Colheita manual
- Seca natural para Robusta
- Via úmida para Arábica
- Cultivo sob sombra...
ÍNDIA
- Café Robusta (65%)
- Colheita manual (falta M.O.)
- Robusta e Arábicas lavados e naturais
- Cultivo sob sombra
   ...
EM SUMA...
- Cafeicultura familiar é regra
- Cafés diferenciados e especiais
   - fairtrade, orgânicos e regiões
- Baixo
 ...
OQUE PODEMOS APRENDER COM
O EXEMPLO DE OUTROS PAÍSES?

 - Viabilizar cafeicultura de montanha
 -P
  Promover origens
     ...
VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA
              DE MONTANHA

- Dentro da porteira
    • tecnologia
                            ...
VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA
           DENTRO DA PORTEIRA
            (MUDAR OU MIGRAR?)
 PACOTES DE COMPETIT...
VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA
           DENTRO DA PORTEIRA
            (MUDAR OU MIGRAR?)
 PACOTES DE COMPETIT...
VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA
           DENTRO DA PORTEIRA
            (MUDAR OU MIGRAR?)

 CRIAÇÃO DE PACOTES...
VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA
            DE MONTANHA
         FORA DA PORTEIRA:

- Desenvolver (mais) cafés especiais e
  ...
CAFÉS ESPECIAIS E “DIFERENCIADOS”

                             - Prêmio ao produtor
           ESPECIAIS         - Impact...
MARKETING E DIFERENCIAIS
        DIFERENCIAIS ABRIL - MAIO 2009
                (US cents/lb)
   Colômbia                 ...
O PAPEL DA PROMOÇÃO DAS ORIGENS


- País             - Agregação de valor
    • Costa Rica       • com diferenciação
    •...
MARKETING DE ORIGENS
-G t
 Guatemala é mestre
           l       t
   • 8 origens
   • país menor que São Paulo
   • topog...
CERTIFICAÇÃO DE ORIGEM

- Transmite características
  emblemáticas

- Garante origem / controla
  “café viajante”

- Permi...
EXEMPLOS DE INDICAÇÕES
         GEOGRÁFICAS NO MUNDO

- Ch
  Chapagne (França)
       g (F       )
- Vinho do Porto (Portu...
INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL

    Vinhedos       Café do Cerrado




      2002              2005


   Pampa Gaúcho   ...
APROVEITAR CERTIFICAÇÕES


- B il é maior f t mundial d cafés
  Brasil    i fonte        di l de fé
  sustentáveis certifi...
QUALIDADE NÃO ANDA SOZINHA...
   (fazer dentro da porteira e levar para fora)
- Qualidade, qualidade, qualidade...
   • pa...
ASSOCIATIVISMO


- Viabilizar cafeicultura de montanha
-P
 Promover origens
            ig
- Aproveitar certificações
- As...
ASSOCIATIVISMO
- Sem união atingir estas metas será impossível
- R d ã de custos:
  Redução d   t
   - insumos
   - maquin...
COLABORAÇÃO ENTRE AGENTES
     (NÃO COMPETIÇÃO)

 - Produtores
     • pequenos
     • médios
     • grandes
 - Associações...
CONCLUSÕES E DESAFIOS
- Vi bili
  Viabilizar cafeicultura d montanha
               f i lt     de     t h
    • dentro da ...
O CAFÉ É A NOSSA FAMÍLIA!




                      © Copyright P&A
OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO
                      Ç
    Paulo Henrique Leme
 P&A Marketing Internacional
phleme@peamarketing...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Café e Cultura 2009 - A Cafeicultura Familiar no Mundo - Paulo Henrique Leme

1,581

Published on

Palestra proferida no evento Café e Cultura 2009, aborda a cafeicultura familiar no mundo e os desafios para a agricultura familiar no Brasil.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,581
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
96
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Café e Cultura 2009 - A Cafeicultura Familiar no Mundo - Paulo Henrique Leme

  1. 1. A CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO Paulo Henrique Leme P&A Marketing Internacional Outubro 2009 90020151A © Copyright P&A
  2. 2. INVERSÃO DE TENDÊNCIAS - Passado • crescimento moderado da demanda p • Brasil era muito competitivo • ganhamos participação -P Passado recente d t • crescimento maior da demanda? • Brasil menos competitivo • produção começa a crescer fora do Brasil - E agora? © Copyright P&A
  3. 3. GRANDES TENDÊNCIAS DE CONSUMO NO PASSADO RECENTE - Cafés especiais p - Solúvel - Novas embalagens - Lojas de café (leite) - Espresso - Máquinas domésticas - RTD (pronto para beber) - Poder do varejo - Cafés certificados © Copyright P&A
  4. 4. COM A CRISE, ALGUMAS TENDÊNCIAS GANHAM FORÇA - Solúvel - Máquinas domésticas - Espresso (em casa) - Poder do varejo CONSUMO VAI PARA DENTRO DE CASA © Copyright P&A
  5. 5. OUTRAS TENDÊNCIAS PERDEM FORÇA - Lojas de café? • Franchise Direct study - Novas embalagens - Cafés certificados? • Fairtrade e sócio-ambientais - RTD (Prontos para beber) A BUSCA DE CAFÉS COM MELHOR CUSTO-BENEFÍCIO © Copyright P&A
  6. 6. POSSÍVEIS EFEITOS DA CRISE NO CONSUMO MUNDIAL - Mercados tradicionais (EUA, Europa, Japão) • 58% consumo mundial • consumo fora de casa consumo em casa • produtos mais baratos • consumo se mantendo • mais Robusta e naturais - Mercados produtores • 26% consumo mundial • consumo não sofreu impactos • segue aumentando (Brasil, Índia, etc..) © Copyright P&A
  7. 7. POSSÍVEIS EFEITOS DA CRISE NO CONSUMO MUNDIAL - Mercados emergentes (principalmente leste europeu) • muito afetados pela crise • café não é bebida tradicional • poder de compra reduzido • consumo caindo (Rússia estabilizando) • solúvel lú l R+G retardado R G d d © Copyright P&A
  8. 8. CONSUMO: A BUSCA POR CAFÉS MAIS BARATOS - Mudança nos hábitos de consumo - “Pequenos prazeres” - Café em restaurantes fast food • McCafé • Burger King • Dunkin’ Donuts - Starbucks ??? - Mudança de marcas SERIA O FIM DA MIGRAÇÃO PARA CAFÉS DE MAIOR VALOR AGREGADO? O G G O © Copyright P&A
  9. 9. CONSUMO: CONSUMO EM CASA - O crescimento do solúvel • baixo custo / prático • produtos novos e sofisticados • Starbucks Via Ready Brew • Nescafe Taster’s choice • Ásia / Europa Oriental - Espresso / Pod / sachê • dose única - Máquinas de café © Copyright P&A
  10. 10. MERCADO: O PODER DO VAREJO - Expansão de grandes cadeias em todos os mercados • tradicional • emergente • produtor - Poder de barganha mudou da indústria para o g p supermercado (Wal-Mart é 5 a 6 vezes maior que a Nestlé) -PPressão crescente para b i baixar preços • mais Robusta • menos A ábi Arábica - Marcas próprias -CConsolidação das redes de varejo lid ã d d d j © Copyright P&A
  11. 11. NÃO HÁ RAZÃO PARA PESSIMISMO - Café tem demanda razoavelmente inelástica (à prova de crise?) - Os clientes mudam o tipo / a marca de café café, mas não abandonam o hábito - C fé é um prazer acessível Café í l - Os gastos com café são uma pequena parcela g p q p do orçamento doméstico GRANDE POTENCIAL DE CRESCIMENTO © Copyright P&A
  12. 12. PRODUÇÃO X CONSUMO MUNDIAL - Níveis atuais de produção suficientes para atender a demanda existente? SIM d d d - Não suficientes para atender aumento p esperado do consumo • crescimento anual 2,5% • crescimento anual 1,5% - Novo mercado grande em 10 anos g • 25 a 30 milhões de sacas • 10 a 15 milhões de sacas - Quem irá fornecer? - Arábica vs Robusta © Copyright P&A
  13. 13. COMO FICA A CAFEICULTURA FAMILIAR NESTE NOVO CONTEXTO MUNDIAL? © Copyright P&A
  14. 14. MUNDO DO CAFÉ - Um mundo de pequenos cafeicultores -M d Mundo • 129 milhões de sacas em 2009 • f ili familiares: 75% (OXFAM) • ou seja, 96 milhões de sacas! - Grandes cafeicultores no mundo • representam apenas 6%! © Copyright P&A
  15. 15. QUEM É O CAFEICULTOR FAMILIAR NO MUNDO? - Brasil • mão-de-obra familiar • aprox. ≤ 20 ha - Mundo • mão-de-obra familiar mão de obra • aprox. ≤ 2 ha! © Copyright P&A
  16. 16. CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO © Copyright P&A
  17. 17. CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO Am. Central e México © Copyright P&A
  18. 18. AMÉRICA CENTRAL E MÉXICO - Produção: em torno de 17 milhões de sacas - A ábi Arábica - Cafés especiais - 13% d produção mundial da d ã di l Países Produção (milhões de sacas) México 4,65 Guatemala 3,73 Honduras 2,97 Nicarágua 1,60 Costa Rica 1,58 El Salvador 1,42 © Copyright P&A
  19. 19. MÉXICO - Café Arábica / pouco Robusta - Cultivo sob sombra predomina p - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Cafeicultura familiar • 90% produtores menos de 5 ha • 190 mil em 16 cooperativas - Produtor café orgânico • 80.000 ha • 500.000 sacas - I.G.: Café de Vera Cruz © Copyright P&A
  20. 20. GUATEMALA - Café Arábica (Robusta muito pouco) - 98% cultivo sob sombra - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Produtor vende pergaminho - Cafeicultura familiar l l • 83% do total dos produtores • 20% da produção - Mercado de especiais - 30 a 40% de cafés especiais © Copyright P&A
  21. 21. HONDURAS - C fé Arábica Café A ábi - 98% cultivo sob sombra - Cafeicultura de montanha - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Produtor vende pergaminho semi-úmido - Cafeicultura familiar • 95% do total de produtores • 100 mil famílias • 80% da produção - C t b d de café para Contrabando d fé Guatemala © Copyright P&A
  22. 22. NICARÁGUA - C fé Arábica Café A ábi - Cultivo sob sombra / montanhas / solo vulcânico t h l l â i - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Produtor vende pergaminho úmido e seco - Cafeicultura familiar: • 70% do total • 30% grandes acima de 35 ha - 275 mil sacas orgânico (2008 : 5% produção mundial) - Grande exportador Fair Trade para EUA © Copyright P&A
  23. 23. COSTA RICA - Café Arábica - R b t proibido d d 1989 Robusta ibid desde - Cultivo a pleno sol predomina - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Cafeicultura familiar • 91% do total (2,5 ha em média) ( , ) • 40% da produção - Comércio de café em cereja - 40% produção vendida com sobrepreço no mercado de qualidade (ICAFÉ) © Copyright P&A
  24. 24. EL SALVADOR - Café Arábica - Cultivo sob sombra predomina - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Produtor vende pergaminho - Cafeicultura familiar l l • 87% do total (abaixo de 17,5 ha) • 57% menos de 2 ha • 21% produção - Foco na diferenciação de produtos - Nichos de mercado © Copyright P&A
  25. 25. CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO América do Sul © Copyright P&A
  26. 26. AMÉRICA DO SUL - Produção: em torno de 14 milhões de sacas - A ábi Arábica - Cafés especiais - 10% d produção mundial da d ã di l Países Produção (milhões de sacas) Colômbia 9,50 Peru 3,80 © Copyright P&A
  27. 27. COLÔMBIA - Café Arábica - Cultivo a pleno sol - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Cafeicultura familiar • 550 mil famílias envolvidas l l l d - FNC: força política e econômica - Lavados Suaves Colombianos • prêmios altos frente NY - Renovando 300 mil ha • 17 milhões de sacas 2014 - MKT fortíssimo: Juan Valdez © Copyright P&A
  28. 28. PERU - Café Arábica - Cultivo sob sombra predomina - Colheita seletiva - Processamento via úmida - Produtor vende pergaminho (seco e úmido) - Cafeicultura familiar predomina l l d • área média de 3 ha - Cooperativas são a base da cafeicultura - Cafés diferenciados / certificados • orgânicos (400 mil sacas) - Atuação muito forte de ONGs © Copyright P&A
  29. 29. CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO África © Copyright P&A
  30. 30. ÁFRICA - Produção: em torno de 15 milhões de sacas - A ábi 50% Arábica - Robusta 50% - 12% d produção mundial da d ã di l Países Produção (milhões de sacas) Etiópia 4,3 Uganda 3,1 (2,8 Robusta) Costa do Marfim 2,5 © Copyright P&A
  31. 31. ETIÓPIA - Café Arábica (3° maior) - Berço da cafeicultura - Cultivo sob sombra • Floresta 50% • Familiar 40% • Fazendas 10% - C lh it seletiva e manual Colheita l ti l - Café natural - 1,2 milhões de cafeicultores - Cafés certificados e orgânicos - Cafés especiais de origem - Prêmio p/ lavados p © Copyright P&A
  32. 32. UGANDA - Principalmente café Robusta (nativo da região) - Arábica nas montanhas - Cultivo sob sombra predomina • consórcio com banana e feijão - Colheita manual - Café natural / via úmida para Robusta - Cafeicultura familiar • 500.000 no total • 90% área entre 0,5 e 2,5 ha 05 25 - Pequenas cooperativas - Cafés certificados (Fairtrade e orgânico) © Copyright P&A
  33. 33. COSTA DO MARFIM - Café Robusta - Cultivo sob sombra predomina • consórcio com cacau - Colheita manual - Café natural - Problema: guerra civil (fim) - Cafeicultura familiar • 300 000 café 300.000 fé • 80% área (3 a 10 ha) • 70% produção © Copyright P&A
  34. 34. CAFEICULTURA FAMILIAR NO MUNDO Á i Ásia © Copyright P&A
  35. 35. ÁSIA - Produção: em torno de 35 milhões de sacas - A ábi 12% Arábica - Robusta 88% - 27% d produção mundial da d ã di l Países Produção (milhões de sacas) Vietnã 18,5 (R) Indonésia 9,3 (R/A) Índia 4,4 (R/A) © Copyright P&A
  36. 36. VIETNÃ - Café Robusta - Cultivo pleno sol predomina - Irrigação (MUITO IMPORTANTE) - Colheita manual - Café natural - Cafeicultura familiar l l • 86% da produção • áreas menores que 2 ha - Custo de produção muito baixo - Problemas com qualidade - Forte expansão dos cultivos © Copyright P&A
  37. 37. INDONÉSIA - Café Robusta (88%) - Colheita manual - Seca natural para Robusta - Via úmida para Arábica - Cultivo sob sombra predomina - Cafeicultura familiar l l • 2,6 milhões famílias • áreas de 0,5 ha - Arábicas especiais (SCAI) - I.G.: começando... © Copyright P&A
  38. 38. ÍNDIA - Café Robusta (65%) - Colheita manual (falta M.O.) - Robusta e Arábicas lavados e naturais - Cultivo sob sombra • consórcio com frutíferas, madeira, pimenta e cardamono - Cafeicultura familiar • 70% d produção da d ã • 75% da área (menor 10 ha) - Cafés especiais - Forte marketing regiões © Copyright P&A
  39. 39. EM SUMA... - Cafeicultura familiar é regra - Cafés diferenciados e especiais - fairtrade, orgânicos e regiões - Baixo • acesso ao mercado • tecnologia d produção l de d • produtividade - Associativismo • forte nos casos de sucesso - Marketing e agregação de valor © Copyright P&A
  40. 40. OQUE PODEMOS APRENDER COM O EXEMPLO DE OUTROS PAÍSES? - Viabilizar cafeicultura de montanha -P Promover origens ig - Aproveitar certificações - Associativismo © Copyright P&A
  41. 41. VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA - Dentro da porteira • tecnologia BRASIL • controle de custos (nosso modelo está se esgotando: mão-de-obra + câmbio) - Fora da porteira MUNDO • marketing • agregação do valor - Dentro e fora da porteira • qualidade (só funciona se trabalhada dentro e fora) Colômbia: melhor dos dois mundos © Copyright P&A
  42. 42. VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA DENTRO DA PORTEIRA (MUDAR OU MIGRAR?) PACOTES DE COMPETITIVIDADE - Renovação e diversificação do Arábica de montanha - Mecanização • qual a melhor tecnologia para o pequeno q g p p q produtor? • tratos culturais • colheita: safra zero, papa galhos • outras -I i Irrigação ã • grande salto de produtividade • financiamentos específicos, de longo prazo específicos • selecionar áreas onde ela é essencial © Copyright P&A
  43. 43. VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA DENTRO DA PORTEIRA (MUDAR OU MIGRAR?) PACOTES DE COMPETITIVIDADE - Manejo integrado de pragas, doenças e solo • redução e otimização de custos - Beneficiamento seco e úmido - Mão-de-obra • qualificação gerencial e técnica para mecanização • Educampo (SEBRAE) e outros programas • qualificação dos jovens, renovação PARA FICAR E COMPETIR TEMOS DE MUDAR - Mais produtividade - Menos custo - Mais qualidade (sombreamento) © Copyright P&A
  44. 44. VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA DENTRO DA PORTEIRA (MUDAR OU MIGRAR?) CRIAÇÃO DE PACOTES DE COMPETITIVIDADE - Equipes multidisciplinares (pesquisadores, consultores, técnicos, produtores, etc.) - Levantar problemas regionais - Buscar soluções regionais ç g - Criar pacotes adequados para cada estrato de produtores, com suporte de financiamento - Propor cronograma para criação © Copyright P&A
  45. 45. VIABILIZAÇÃO DA CAFEICULTURA DE MONTANHA FORA DA PORTEIRA: - Desenvolver (mais) cafés especiais e “diferenciados” diferenciados - Promover origens -A Aproveitar certificações it tifi õ - Qualidade • fazer dentro da porteira • “levar para fora” MARKETING E AGREGAÇÃO DE VALOR © Copyright P&A
  46. 46. CAFÉS ESPECIAIS E “DIFERENCIADOS” - Prêmio ao produtor ESPECIAIS - Impacto nos diferenciais - Qualidade Q - Fidelidade - Consistência - Onde o Brasil pode B2C estar? - Onde o Brasil quer DIFERENCIADOS estar? Starbucks Illy S b k – Ill - Como se posicionar? Nespresso Dunkin’ Donuts - Relacionamento: Mc Cafe • parcerias - Volume consistente • certificação - Fidelidade / parceria • rastreabilidade - Qualidade • etc. B2B - Alavancar todos os cafés? (diferencial) COMERCIAIS © Copyright P&A
  47. 47. MARKETING E DIFERENCIAIS DIFERENCIAIS ABRIL - MAIO 2009 (US cents/lb) Colômbia +83 Costa Rica / Guatemala +25 Quênia +20 El Salvador +13 Honduras +10 Brasil -19 Fonte: Palestra Gabriel Silva (Coffee Dinner) Diferenciais refletem: - qualidade - disponibilidade – demanda (oferta e procura) - MARKETING! CD BRASIL: + 5 US cents/lb (Agosto) © Copyright P&A
  48. 48. O PAPEL DA PROMOÇÃO DAS ORIGENS - País - Agregação de valor • Costa Rica • com diferenciação • Guatemala • com qualidade q • com rastreabilidade - Regiões • com seriedade • Antigua - E o Brasil? • Tarrazú - Cerrado • Etc. - Sul de Minas - Poço Fundo - Montanhas... © Copyright P&A
  49. 49. MARKETING DE ORIGENS -G t Guatemala é mestre l t • 8 origens • país menor que São Paulo • topografia ajuda • marketing utiliza bem g • preço responde - Costa Rica - África: Etiópia - Índia e Indonésia (Kopi Luwak!) - E o B il? Brasil? • 14 regiões • e a promoção? • Um país, muitos sabores (quem sabe?) © Copyright P&A
  50. 50. CERTIFICAÇÃO DE ORIGEM - Transmite características emblemáticas - Garante origem / controla “café viajante” - Permite rastreabilidade © Copyright P&A
  51. 51. EXEMPLOS DE INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO MUNDO - Ch Chapagne (França) g (F ) - Vinho do Porto (Portugal) - Presunto de Parma (Itália) - C fé d Colômbia Café de C lô bi - Café Blue Mountain (Jamaica) - Tequila (México) - Ch Charutos (Cuba) t (C b ) © Copyright P&A
  52. 52. INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS NO BRASIL Vinhedos Café do Cerrado 2002 2005 Pampa Gaúcho Paraty 2006 2007 © Copyright P&A
  53. 53. APROVEITAR CERTIFICAÇÕES - B il é maior f t mundial d cafés Brasil i fonte di l de fé sustentáveis certificados - Oportunidades: • sustentabilidade: aproveitar/divulgar • orgânicos: difícil • preço justo: espaço enorme - Extrapolar para imagem dos Cafés do Brasil © Copyright P&A
  54. 54. QUALIDADE NÃO ANDA SOZINHA... (fazer dentro da porteira e levar para fora) - Qualidade, qualidade, qualidade... • participação nos “blends” blends • afinidades • origem única g - Historinha - Região e origem - Variedade - Marketing do país - Acesso ao mercado ... com prêmio • parcerias i • agentes de relacionamento CRIAR SEU PRÓPRIO MERCADO (ESPAÇO / NICHO / MARCA / ETC) © Copyright P&A
  55. 55. ASSOCIATIVISMO - Viabilizar cafeicultura de montanha -P Promover origens ig - Aproveitar certificações - Associativismo SOZINHO? - praticamente impossível... p p © Copyright P&A
  56. 56. ASSOCIATIVISMO - Sem união atingir estas metas será impossível - R d ã de custos: Redução d t - insumos - maquinário - assistência técnica - Troca de informações e experiências - Marketing em conjunto g j © Copyright P&A
  57. 57. COLABORAÇÃO ENTRE AGENTES (NÃO COMPETIÇÃO) - Produtores • pequenos • médios • grandes - Associações - Cooperativas - Certificadores - Exportadores © Copyright P&A
  58. 58. CONCLUSÕES E DESAFIOS - Vi bili Viabilizar cafeicultura d montanha f i lt de t h • dentro da porteira (produtividade e custos) • fora da porteira (marketing e agregação de valor) -D Desenvolver mais cafés especiais l i fé i i - Promover origens g • Montanhas de Minas e ES • Mogiana • Paraná e etc... - Aproveitar certificações - Associativismo e cooperativismo © Copyright P&A
  59. 59. O CAFÉ É A NOSSA FAMÍLIA! © Copyright P&A
  60. 60. OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO Ç Paulo Henrique Leme P&A Marketing Internacional phleme@peamarketing.com.br © Copyright P&A
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×