• Like
  • Save
Hardware
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Hardware

on

  • 2,585 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,585
Views on SlideShare
2,523
Embed Views
62

Actions

Likes
1
Downloads
117
Comments
2

5 Embeds 62

http://profleiladb.blogspot.com.br 44
http://profleiladb.blogspot.com 12
http://www.profleiladb.blogspot.com.br 4
http://www.profleiladb.blogspot.com 1
http://profleiladb.blogspot.jp 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • adorei, estes slides vão servir como base a meus estudos muito obrigado.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Muito bom!!!
    add face- Bombardieri Luiz A.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Hardware Hardware Presentation Transcript

    • Hardware
      Hardware são todos os componentes físicos do computador: os internos do gabinete e também seus periféricos (equipamentos de entrada e saída).
    • Gabinete
      Gabinete é uma caixa metálica ou com elementos plásticos de várias cores, formatos e tamanhos que guarda todos os componentes internos do computador(placa mãe, hd, memória, processador, fonte, cooler, chipset).
      Existem os gabinetes onde os próprios usuários colocam luzes, arts e outros enfeites, são chamados de case modding.
      Os gabinetes verticais são encontrados em 3 tipos:
      • Mini Tower: pequeno com 3 baias.
      • Midi Tower: possui 4 baias
      • FullTower: + de 4 baias.
      (baias: divisórias, repartições)
    • Estabilizador
      O estabilizador serve para estabilizar a energia elétrica evitando danos aos equipamentos nele conectado.
      Exemplo: se a rede elétrica é irregular variando de 95 a 130 volts, o estabilizador filtra a tensão para que seja enviado sempre 110volts nas suas tomadas de saídas. E também evita a queima dos equipamentos em caso de uma descarga elétrica ou falta de energia.
    • Fonte de Energia
      Em um computador, a fonte de alimentação é uma caixa de metal posicionada geralmente no canto do gabinete. Ela é visível na parte de trás da maioria dos equipamentos, e nela estão o conector do cabo de força e a ventoinha(cooler).
      As fontes de alimentação, geralmente chamadas de "fontes chaveadas", usam a tecnologia do chaveamento para converter a tensão alternada (AC) em tensão contínua (DC) de nível mais baixo. Os níveis típicos de tensões de alimentação são:
      • 3,3 volts
      • 5 volts
      • 12 volts
      Os circuitos digitais utilizam tensões de 3,3 e 5 volts, enquanto a tensão de 12 volts é utilizada para fazer funcionar os motores dos drives de discos e das ventoinhas.
      A caixa de alimentação é plugada (ligada) ao Item D da Placa Mãe – imagem do próximo slide.
    • Placa Mãe
      Também conhecida como "motherboard" ou "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD, a memória, o teclado, o mouse, a placa de vídeo, enfim, praticamente todos os dispositivos, precisam ser conectados à placa-mãe.
    • Processador (CPU)Unidade Central de Processamento
      A CPU é cérebro do computador responsável pelo processamento de todas as suas instruções, quanto mais “poderoso” for o processador mais rapidamente suas tarefas serão executadas.
      (CPU é o item A da placa Mãe da imagem do slide anterior)Cada tipo de processador tem características que o diferenciam de outros modelos. Essas diferenças consistem na capacidade de processamento, na quantidade de memória cache, na tecnologia de fabricação usada, no consumo de energia, na quantidade de terminais (as "perninhas") que o processador tem, entre outros. Assim sendo, a placa-mãe deve ser desenvolvida para aceitar determinados processadores.
    • Cooler
      Cooler(refrigerador em Inglês) e chamado também de ventoinha é instalado sobre a CPU para diminuir o calor do processador. Consiste de dois componentes:
      • Microventilador ou FAN– controla o fluxo do ar.
      • Dissipador – peça em cobre ou alumínio responsável pela transferência de calor.
      O excesso de calor gerado pelo processador é transferido para o dissipador , que recebe o ar ambiente impulsionado pela ventoinha que mantém um processo contínuo de baixa temperatura, essencial para o bom funcionamento do processador.
    • Memória RAM
      O item B (da placa mãe) mostra os encaixes existentes para a memória RAM. Esse conector varia conforme o tipo. As placas-mãe mais antigas usavam o tipo de memória popularmente conhecido como SDRAM. No entanto, o padrão mais usado atualmente é o DDR (Double Data Rate), que também recebe a denominação de SDRAM II (termo pouco usado). A placa-mãe do exemplo , tem duas conexões (ou slots) para encaixe de memórias DDR.
      Na memória RAM(Memória de Acesso Randômico) os dados se perdem quando o computador é desligado. Ela é responsável pelo armazenamento dos dados e instruções que o processador precisa para executar suas tarefas.
      Atualmente as memórias dos computadores comerciais variam de 1GB a 8GB, quanto mais gibabytes mais rápido a execução e desempenho de suas atividades.
    • Slots de Expansão – Item C
      Para que seja possível conectar placas que adicionam funções ao computador, é necessário fazer uso de slots de expansão. Esses conectores permitem a conexão de vários tipos de dispositivos. Placas de vídeo, placas de som, placas de redes, modems, etc, são conectados nesses encaixes.
      A figura ao lado é uma placa de vídeo, que gera tudo o que vai aparecer no monitor de vídeo, as imagens e seus efeitos. As marcas mais conhecidas no segmento são:
      A AMD e a NVIDIA.
    • HD e drive de CD/DVD
      O item E2 mostra as entradas padrão IDE (IntergratedDrive Electronics) onde devem ser encaixados os cabos que ligam HDs e unidades de CD/DVD à placa-mãe. Esses cabos, chamados de "flat cables", podem ser de 40 vias ou 80 vias (grossamente falando, cada via seria um "fiozinho"), sendo este último mais eficiente. Cada cabo pode suportar até dois HDs ou unidades de CD/DVD, totalizando até quatro dispositivos nas entradas IDE. Note também que E1 aponta para o conector onde deve ser encaixado o cabo que liga o drive de disquete à motherboard.
      HD
      Drive de CD/DVD
    • O que é Disco Rígido (HD)?
      O disco Rígido, cujo o nome em inglês é HardDisc (HD), serve para armazenar dados permanentemente ou até estes serem removidos. Fisicamente os HDs são divididos por discos e estes divididos em trilhas, e por suas vez, estas são divididas em setores ou repartições.
      Os HDs podem armazenar até centenas de Gigabytes. A velocidade de acesso as informações no disco depende, da rapidez com que estes giram. Os padrões mais comuns são os de 5.400 rpm (rotações por minutos), 7.200 e 10.000.
      Para serem usados pelo computador, os HDs precisam de uma interface de controle que são:
      • IDE-Integrated Drive Eletronic
      • SCSI – Small Computer System Interface
      • SATA-Serial ATA
    • Bios e Bateria
      O item F2 aponta para o chip Flash-ROM e o F1, para a bateria que o alimenta. Esse chip contém um pequeno software chamado BIOS (BasicInput Output System), que é responsável por controlar o uso do hardware do computador e manter as informações relativas à hora e data. Cabe ao BIOS, por exemplo, emitir uma mensagem de erro quando o teclado não está conectado. Na verdade, quando isso ocorre, o BIOS está trabalhando em conjunto com o Post, um software que testa os componentes de hardware após o computador ser ligado.
      Através de uma interface denominada Setup, também presente na Flash-ROM, é possível alterar configurações de hardware, como velocidade do processador, detecção de discos rígidos e desativação de portas USB.
    • Chipset
      O chipset (Item I da placa-mãe)é um chip responsável pelo controle de uma série de itens da placa-mãe, como acesso à memória, barramentos e outros. Principalmente nas placas-mãe atuais, é bastante comum que existam dois chips para esses controles: Ponte Sul (I1) e Ponte Norte (I2):
      Ponte Sul (SouthBridge): este geralmente é responsável pelo controle de dispositivos de entrada e saída, como as interfaces IDE ou SATA.
      Ponte Norte (North Bridge): este chip faz um trabalho "mais pesado" e, por isso, geralmente requer um dissipador de calor para não esquentar muito. Repare que na foto da placa-mãe em que esse chip é apontado, ele, na verdade, está debaixo de uma estrutura metálica. Essa peça é dissipador. Cabe à Ponte Norte as tarefas de controle do FSB (Front SideBus - velocidade na qual o processador se comunica com a memória e com componentes da placa-mãe), da freqüência de operação da memória, dos barramentos.
    • Item G - Conectores de teclado, mouse, USB, impressora e outros
       1.Conector PS2 do mouse.
      2. Conector PS2 do teclado.
      3. Porta Paralela LTP1, utilizada para conectar impressoras antigas.
      4. Porta Serial COM1, utilizada para conectar mouse antigo e impressoras fiscais (aquelas que ficam em terminais de vendas).
      5. Porta VGA, utilizada para conectar o monitor.
    • Conectores USB e Áudio
      6,7,9,10. Portas USB, utilizada para conectar pen drives, impressoras, web-cams e qualquer outro dispositivo que tenha o padrão USB
      8. Porta de Rede, utilizada para conectar o cabo de uma rede (cabo UTP, aquele cabinho azul).
      11. Conexão auxiliar, utilizada para entrada de som.
      12. Conexão de saída de áudio, utilizada para plugar caixas de som.
      13. Conexão do microfone, Utilizada para conectar o microfone
    • Imagens, Pesquisa e Formatação
      Leila DianBonini
      29/07/2011