SSeor cvi i a ç l oCAadad tdeedr i e nv oi s        3
Universidade Anhanguera - Uniderp  Centro de Educação a Distância      Caderno de Atividades    Serviço Social            ...
Universidade Anhanguera - Uniderp                        Centro de Educação a DistânciaChanceler                          ...
Nossa Missão, Nossos ValoresDesde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm sido o principal m...
Sobre o Caderno de AtividadesCaro(a) Aluno(a),Você está recebendo o Caderno de Atividades, preparado pelos professores do ...
Autores                                           Ana Cristina da Silva                  Graduação: Psicologia - Universid...
SumárioFundamentos Históricos e Teóricos Metodológicos do Serviço Social II    Tema 1 - O “Mundo da Cultura” dentro da Aut...
A Organização Social no Brasil    Tema 1 - Para Desvendar o Brasil: Obras e Autores Clássicos ...............................
Psicologia SocialAutora:Andrea Tochio de Antonio
Psicologia SocialOrientações de estudoEste Caderno de Atividades foi elaborado com baseno livro Psicologia Social Contempo...
Tema 2Indivíduo, Cultura, Sociedade e Pesquisa SocialAborda os conteúdos situados na parte 1 “Pressupostos”- indivíduo, cu...
Tema 4Linguagem, Conhecimento e ComunicaçãoAborda os conteúdos situados na parte 2 “Temáticas - Linguagem, conhecimento e ...
Tema 6Processo GrupalAborda os conteúdos situados na parte 2 - “Temáticas: Processo Grupal” do PLT. Nela, você observará q...
Há uma grande diversidade de atuação do psicólogo nas comunidades. Uma forma importante para isso é aquelaque entende a Ps...
Tema 1História, Epistemologia e ÉticaObjetivos de aprendizagem•    Refletir sobre a história e os principais pressupostos d...
A Ética consiste em um aspecto essencial na prática psicológica e quando refletimos sobre o homem em interaçãosocial. É imp...
Psicologia Social                                                 Tema 1 - Atividades  Atividades                         ...
Tema 1 - Atividades                                                                  Psicologia Socialc) Introduz o estudo...
Psicologia Social                                                      Tema 1 - Atividades  Questão 6                     ...
Tema 1 - Atividades                                                                    Psicologia Social__________________...
Psicologia Social                                                 Tema 1 - Atividades  AMPLIANDO O CONHECIMENTO:          ...
Tema 2Indivíduo, Cultura, Sociedade e PesquisaSocialObjetivos de aprendizagem•    Compreender conceitos essenciais da Psic...
Por dentro do temaA relação entre indivíduo e sociedade é essencial, pois o indivíduo é um ser histórico-social, que se co...
Tema 2 - Atividades                                                                 Psicologia SocialAtividades           ...
Psicologia Social                                                   Tema 2 - Atividades  Nessa perspectiva, ao definirmos o...
Tema 2 - Atividades                                                             Psicologia Social_________________________...
Tema 3Ideologia e Representações SociaisObjetivos de aprendizagem•    Compreender conceitos centrais na Psicologia Social....
Tema 3 - Atividades                                                                       Psicologia SocialAtividades     ...
Psicologia Social                                                   Tema 3 - Atividades  Questão 4                        ...
Tema 3 - Atividades                                                               Psicologia Social                       ...
Tema 4Linguagem, Conhecimento e ComunicaçãoObjetivos de aprendizagem•    Compreender a linguagem como processo de comunica...
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Servico social 2b
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Servico social 2b

4,934

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,934
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
115
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Servico social 2b

  1. 1. SSeor cvi i a ç l oCAadad tdeedr i e nv oi s 3
  2. 2. Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância Caderno de Atividades Serviço Social Coordenação do Curso Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre Autores Ana Cristina da Silva Andrea Tochio de Antonio Emanuela de Oliveira Luciano Gamez (org.) Sílvia Cristina Aguetoni Marques Walter César Camuri
  3. 3. Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a DistânciaChanceler Diretor-AdjuntoAna Maria Costa de Sousa Luciano SathlerReitor Coordenação de Qualidade do MaterialGuilherme Marback Neto DidáticoVice-Reitora Luciano Gamez: Coordenador e organizadorHeloisa Helena Gianotti Pereira da publicação Barbara Monteiro Gomes de CamposPró-Reitores Bruno Tonhetti GalassePró-Reitor Administrativo: Antonio Fonseca Fernanda Bocchi Balthazarde Carvalho Helena OkadaPró-Reitor de Extensão, Cultura e Lucia Helena Paula do CantoDesporto: Ivo Arcângelo Vendrúsculo Busato Waurie RolãoPró-Reitor de Graduação: Eduardo deOliveira Elias IlustraçõesPró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação: Carol Enguetsu LefèvreElizabeth Tereza Brunini Sbardelini Ednei Marx ThinkstockCENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIADiretor-Geral ANHANGUERA PUBLICAÇÕESJosé Manuel Moran Gerente Editorial Adauto Damásio C129 Caderno de atividades: serviço social / Ana Cristina da Silva... [et. al.].; Organizador Luciano Gamez; Coordenação do curso Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre. – Valinhos : Anhangue- ra Publicações, 2011. 240 p. ISBN: 978-85-7969-066-2© 2011 AnhangueraPublicações - Proibidaa reprodução final ou 1. Serviço social – Fundamentos históricos. 2. Psicologia social.parcial por qualquer meio 3. Serviço social – Organização. 4. Serviço social - Antropologia. 5.de impressão, em formaidêntica, resumida ou Serviço social – Direito – Legislação. I. Silva, Ana Cristina da. II.modificada em línguaportuguesa ou qualquer Gamez, Luciano. III. Nobre, Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues.outro idioma. Impresso CDD – 20.ed. : 370.15no Brasil 2011
  4. 4. Nossa Missão, Nossos ValoresDesde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm sido o principal motivo doseu crescimento.Buscando permanentemente a inovação e o aprimoramento acadêmico em todas as ações e programas, é umaInstituição de Educação Superior comprometida com a qualidade do ensino, pesquisa de iniciação científica eextensão, que oferecemos.Ela procura adequar suas iniciativas às necessidades do mercado de trabalho e às exigências do mundo em cons-tante transformação.Esse compromisso com a qualidade é evidenciado pelos intensos e constantes investimentos no corpo docentee de funcionários, na infraestrutura, nas bibliotecas, nos laboratórios, nas metodologias e nos Programas Institu-cionais, tais como:• Programa de Iniciação Científica (PIC), que concede bolsas de estudo aos alunos para o desenvolvimento de pesquisa supervisionada pelos nossos professores.• Programa Institucional de Capacitação Docente (PICD), que concede bolsas de estudos para docentes cursa- rem especialização, mestrado e doutorado.• Programa do Livro-Texto (PLT), que propicia aos alunos a aquisição de livros a preços acessíveis, dos melhores autores nacionais e internacionais, indicados pelos professores.• Serviço de Assistência ao Estudante (SAE), que oferece orientação pessoal, psicopedagógica e financeira aos alunos.• Programas de Extensão Comunitária, que desenvolve ações de responsabilidade social, permitindo aos alunos o pleno exercício da cidadania, beneficiando a comunidade no acesso aos bens educacionais e culturais.A fim de manter esse compromisso com a mais perfeita qualidade, a custos acessíveis, a Anhanguera privilegiao preparo dos alunos para que concretizem seus Projetos de Vida e obtenham sucesso no mercado de trabalho.Adota inovadores e modernos sistemas de gestão nas suas instituições. As unidades localizadas em diversos Es-tados do País preservam a missão e difundem os valores da Anhanguera.Atuando também na Educação a Distância, orgulha-se em oferecer ensino superior de qualidade em todo o Terri-tório Nacional, por meio do trabalho desenvolvido pelo Centro de Educação a Distância da Universidade Anhan-guera - Uniderp, nos diversos polos de apoio presencial espalhados por todo o Brasil. Sua metodologia permitea integração dos professores, tutores e coordenadores habilitados na área pedagógica, com a mesma finalidade:aliar os melhores recursos tecnológicos e educacionais, devidamente revisados, atualizados e com conteúdo cadavez mais amplo para o desenvolvimento pessoal e profissional de nossos alunos.A todos, bons estudos! Prof. Antonio Carbonari Netto Presidente - Anhanguera Educacional
  5. 5. Sobre o Caderno de AtividadesCaro(a) Aluno(a),Você está recebendo o Caderno de Atividades, preparado pelos professores do Curso de Graduação em que vocêestá matriculado, com o objetivo de contribuir para a sua aprendizagem. Ele aprofunda os conteúdos disponíveisnas publicações que fazem parte do Programa do Livro-Texto (PLT), trazendo orientações de estudo, destaques,propostas de atividades individuais e em grupo e desafios de aprendizagem a serem realizados.As questões propostas foram elaboradas pelos docentes ou adaptadas de provas públicas já realizadas, inclusi-ve do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), que tem o objetivo de aferir o rendimento dosalunos dos cursos de graduação em relação a conhecimentos, habilidades e competências, necessários ao seufuturo desempenho profissional. Essa inclusão de perguntas, selecionadas a partir de avaliações ocorridas forado âmbito universitário, colabora na sua preparação para o enfrentamento de situações mais contextualizadas.Você também vai encontrar caminhos para vincular os textos e questões com as teleaulas do seu curso. Issopermite planejar com antecedência seu tempo e dedicação, estudar os temas previamente e se preparar paraaproveitar ao máximo a interação com a equipe docente.Desejamos que você tenha um ótimo semestre letivo. José Manuel Moran e Luciano Sathler Diretoria do Centro de Educação a Distância Universidade Anhanguera - UNIDERP
  6. 6. Autores Ana Cristina da Silva Graduação: Psicologia - Universidade Federal de Uberlândia (UFU), 1995. Pedagogia - Centro Universitário Moura Lacerda (CML), 2002. Mestrado: Comunicação e Cultura - Universidade de Sorocaba (UNISO), 2009. Andrea Tochio de Antonio Graduação: Ciências Sociais - Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), 2004. Graduação: Psicologia - Universidade Paulista, Jundiaí (UNIP), em andamento. Mestrado: Antropologia Social - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 2008. Emanuela de Oliveira Graduação: Ciências Sociais - Bacharel em Sociologia e Antropologia e Licenciatura em Ciências Sociais - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 2004. Mestrado: Mestrado em Antropologia Social - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 2007. Especialização: Didática e Metodologia do Ensino Superior - Universidade Anhanguera - UNIDERP, 2008. Luciano Gamez - Organizador da publicaçãoGraduação: Psicologia – Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Lisboa (FPCE-UL), 1992. Mestrado: Engenharia Humana - Universidade do Minho (UMINHO), 1998.Doutorado: Engenharia de Produção - Área de concentração: Ergonomia - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 2004. Sílvia Cristina Aguetoni Marques Graduação: Comunicação Social com Habilitação em Cinema - Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), 2000. Mestrado: Comunicação e Semiótica - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), 2003. Doutorado: Comunicação e Semiótica - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), 2009. Walter César Camuri Graduação: Direito - Faculdade de Direito de Bauru (FDB), 1998. Especialização: Gestão Estratégica de Negócios - Instituto Nacional de Pós Graduação (INPG), 2004. Mestrado: Administração - Centro Universal Salesiano (UNISAL), 2009.
  7. 7. SumárioFundamentos Históricos e Teóricos Metodológicos do Serviço Social II Tema 1 - O “Mundo da Cultura” dentro da Autocracia Burguesa............................... 16 Tema 2 - Educação e Política na Ditadura ................................................................... 25 Tema 3 - O Serviço Social e a Autocracia Burguesa ..................................................... 31 Tema 4 - O Serviço Social Tradicional e o seu Processo de Renovação ......................... 37 Tema 5 - Aspectos da Perspectiva Renovadora do Serviço Social no Brasil ................... 44 Tema 6 - O Processo de Reatualização no Conservadorismo ....................................... 50 Tema 7 - A Ruptura como Processo e sua Intencionalidade......................................... 56 Tema 8 - A Renovação Profissional: Possibilidades ...................................................... 63Psicologia Social Tema 1 - História, Epistemologia e Ética ..................................................................... 81 Tema 2 - Indivíduo, Cultura, Sociedade e Pesquisa Social ........................................... 88 Tema 3 - Ideologia e Representações Sociais .............................................................. 93 Tema 4 - Linguagem, Conhecimento e Comunicação ................................................. 97 Tema 5 - Identidade, Subjetividade e Gênero ........................................................... 103 Tema 6 - Processo Grupal......................................................................................... 108 Tema 7 - Psicologia Política ...................................................................................... 112 Tema 8 - Experiências da Psicologia Social ................................................................ 117
  8. 8. A Organização Social no Brasil Tema 1 - Para Desvendar o Brasil: Obras e Autores Clássicos .................................... 131 Tema 2 - O Pensamento de Caio Prado Júnior .......................................................... 136 Tema 3 - Gilberto Freyre: Aspectos Metodológicos e Linguísticos.............................. 141 Tema 4 - “Casa-Grande & Senzala”: Questões Estruturais ........................................ 146 Tema 5 - Sérgio Buarque de Hollanda: A Análise das Raízes do Brasil ....................... 151 Tema 6 - Pensando as “Raízes do Brasil” .................................................................. 156 Tema 7 - O Homem Cordial ..................................................................................... 160 Tema 8 - Um Balanço sobre a Sociedade Brasileira ................................................... 166Antropologia Aplicada ao Serviço Social Tema 1 - Conceitos Fundamentais da Antropologia e Metodologia da Pesquisa Antropológica ........................................................................................... 183 Tema 2 - A Antropologia nos Contextos Social, Econômico e Político ....................... 189 Tema 3 - A Antropologia nos Contextos Religioso e Urbano ..................................... 195 Tema 4 - O Brasil e o Futuro Vistos sob o Viés da Antropologia ................................ 201Direito e Legislação Tema 1 - Introdução ao Direito, Teoria Geral do Estado e Direito Constitucional ....... 212 Tema 2 - Direito Tributário e Direito Civil: Parte Geral e Direito de Família e das Sucessões ......................................................................................... 218 Tema 3 - Direito das Obrigações, Direito das Coisas e Direito Contratual e de Propriedade ....................................................................................... 223 Tema 4 - Direito do Consumidor, Direito Comercial e Direito do Trabalho ................. 228
  9. 9. Psicologia SocialAutora:Andrea Tochio de Antonio
  10. 10. Psicologia SocialOrientações de estudoEste Caderno de Atividades foi elaborado com baseno livro Psicologia Social Contemporânea, da auto-ra Maria da Graça Correa Jacques, Editora Vozes,PLT 345.Ele é composto de oito temas:Tema 1História, Epistemologia e ÉticaAborda os conteúdos situados na parte 1 “Pressu-postos”- História, Epistemologia, Ética do PLT. Nela,você observará que é importante ter em mente,quando se pensa em história da Psicologia Social,no Brasil e no Ocidente, que ela acaba por privilegiar uma determinada filosofia de ciência positivista e de cunhoexperimental. Outro enfoque, porém, deve ser reforçado - o da história não como algo linear, mas sim que osfatos presentes ressignificam o passado e modificam o presente. O processo histórico não é linear, possui idas evindas, desvios, avanços, incursões etc.Dessa forma, todos os acontecimentos presentes possuem relações com os fatos passados e a história da Psicolo-gia Social no Brasil não é diferente. Foi formada por diferentes aspectos, nos quais tomam destaque: o “repúdiopositivista de Wundt” de influência positivista e utilitarista, ao qual a Psicologia Social, por meio da pes-quisa qualitativa veio se opor. Outro ponto de destaque na Psicologia Social é a oposição à Filosofia da Ciênciabaseada no Positivismo, que não dá conta de lidar com fatos, experiências humanas, sociais e características dopsiquismo humano. Por fim, ao se tratar da história da Psicologia Social, uma perspectiva interessante é a deRobert Farr (1996), que revela a importância de fatos, instituições e pesquisas publicadas para o surgimento edesenvolvimento de um determinado conhecimento.Ao final da década de 1970, alguns psicólogos sociais, latino-americanos, começam a se opor ao modelo colonia-lista de “se fazer” Psicologia Social no Brasil. Iniciam um movimento de “crise da Psicologia Social”, que começaa tomar corpo nos Congressos da Sociedade Interamericana de Psicologia. Eles propunham uma independênciateórico-metodológica, principalmente em relação aos Estados Unidos - fato que abre espaço para autocrítica epis-temológica da própria Psicologia como um dispositivo autoritário que demarca a existência de certos padrõesde normalidade psicológica marcados pela natureza e sobre a realidade humana. Sendo assim, abrem-se novosparadigmas de formas de se pensar a realidade social e psicológica.A dimensão ética se apoia diretamente sobre a antropologia personalista e dialógica, pois reconhecemos o outrocomo pessoa com quem estamos em diálogo, e não apenas como um simples indivíduo que está ao nosso lado. Oser humano deve ser entendido como um ser dialógico, relacional, que se constrói a partir das relações sociais.764
  11. 11. Tema 2Indivíduo, Cultura, Sociedade e Pesquisa SocialAborda os conteúdos situados na parte 1 “Pressupostos”- indivíduo, cultura e sociedade e pesquisa do PLT. Nela,você observará que a teoria histórico-cultural considera que para se compreender o ser humano, além dos aspec-tos biológicos, deve-se considerar o contexto sociocultural. Ao nascer, os indivíduos trazem consigo determi-nados comportamentos inatos, ligados à sua estrutura biológica e, principalmente, são moldados pela atividadecultural e social, no contexto em que se relacionam.A noção de “eu” supõe dois aspectos importantes: a do sujeito ativo que toma decisões e se orienta no mundoe uma autoimagem e autoestima. O desenvolvimento do controle da fala sobre o comportamento é realizadoa partir dos comandos da mãe sobre a criança (relação interpessoal), que passa a se autoinstruir sobre como secomportar (controle intrapessoal).Não há uma contradição entre indivíduo e sociedade, pois o indivíduo é um ser histórico-cultural que é constituídopelas interpelações sociais. Mesmo quando está sozinho, é um ser humano que contém o habitus de sua socieda-de. Em outras palavras, o jeito de andar, hábitos de higiene, de expressar emoções etc., que adquiriu das relaçõespessoais com indivíduos da sociedade que o constituiu.O termo cultura pode ser definido como um conjunto de hábitos, instrumentos, objetos de arte, tipos de relaçõesinterpessoais, regras sociais e institucionais em um dado grupo. Sendo assim, as pessoas se constituem em um sis-tema cultural dado previamente, formando uma rede de inter-relações, mas são sujeitos ativos e não constituídospassivamente pelo meio. Eles tomam posições fazendo novas interpretações, ou seja, recebendo e construindocriativa e coletivamente um processo cultural em uma determinada época histórica.A partir da concepção de indivíduo como produto histórico, social e cultural, existem diferentes métodos de pes-quisa para dar conta da realidade social. As mais utilizadas em pesquisa social são: a pesquisa-ação e a pesquisaparticipante. Em ambas ocorre o envolvimento efetivo com a população pesquisada, em todas as etapas do de-senvolvimento da investigação, desde a formulação do problema de pesquisa até a divulgação dos conhecimentosproduzidos.Tema 3Ideologia e Representações SociaisAborda os conteúdos situados na parte 2 - “Temáticas - Ideologia e Representações Sociais” - do PLT. Nela, vocêobservará que a dimensão social e crítica da Psicologia Social surgiu a partir de 1930, com os teóricos da Escolade Frankfurt - bem como o conceito de ideologia, que a partir de 1970 começou a ser incorporado nos estudose pesquisas na Psicologia Social. Esse conceito pode ser pensado a partir de dois aspectos - o positivo ou neutro- que abarcam um conjunto de valores, ideias, filosofias de uma pessoa ou grupo. Dessa forma, todas as pessoasou grupos sociais possuem sua ideologia.Já ideologia, no sentido negativo ou crítico, é constituída pelas ideias distorcidas, enganosas, mistificadoras - algoque ajuda a obscurecer e a enganar as pessoas que expressam os interesses dominantes e sustentam as relaçõesde dominação.As discussões em torno da teoria das Representações Sociais ocupam um espaço importante na PsicologiaSocial. A origem desses conceitos remetem à Sociologia e à Antropologia e são “teorias sobre saberes popularese do senso comum, elaboradas e partilhadas coletivamente, com a finalidade de construir e interpretar o real.Por serem dinâmicas, levam os indivíduos a produzir comportamentos e interações com o meio, ações que, semdúvida, modificam os dois.Dessa forma, estudar as Representações Sociais é buscar conhecer o modo como um grupo humano constrói umconjunto de saberes, que expressam a identidade de um grupo social, as representações que ele forma sobre umadiversidade de objetos, tanto próximos como remotos. E, principalmente, o conjunto de códigos culturais quedefinem, em cada momento histórico, as regras da comunidade. 77
  12. 12. Tema 4Linguagem, Conhecimento e ComunicaçãoAborda os conteúdos situados na parte 2 “Temáticas - Linguagem, conhecimento e comunicação” do PLT. Nela,você observará que a linguagem é importante, pois os grupos humanos constroem formas partilhadas, códigospelos quais vários membros possam transmitir informações uns aos outros. É uma das grandes questões das Ciên-cias Humanas e Sociais. Isso demonstra que viver em sociedade só é possível a partir da comunicação entre seusmembros.Sendo assim, é impossível não se comunicar, seja por intermédio da linguagem falada, escrita, por pinturas, gra-vuras, mímicas. Até mesmo em silêncio, estamos nos comunicando. Autores como Vygotsky e Baktin demonstrama esfera social da linguagem como indicativos fundamentais no processo de constituição do sujeito e o papel dalinguagem na formação social da consciência e de significação na subjetividade.A ideia de conhecimento dentro do senso comum se refere a algo que se tem, ou não se tem, ou se pode ter,sendo considerado como uma espécie de substância que pode ser guardada. Existem conhecimentos verdadeirose falsos, como se houvesse uma essência. Uma visão interessante sobre o conhecimento dentro da PsicologiaSocial seria, porém, a do conhecimento como relação, como forma de exercício simbólico, resultante de (im)possibilidades de ação e de expressão, concretizado por complexas redes de vias informacionais, conectando ossujeitos individuais-coletivos-institucionais.Várias teorias em Psicologia Social tentam compreender o papel da comunicação (mídia) na sociedade. As teoriasbaseadas no comportamentalismo, no cognitivo e na psicanálise oferecem uma visão cartesiana - uma dicotomiaentre o mundo externo e interno, e partem da concepção de que existem seres humanos que podem saber o queé melhor para a Humanidade. São, portanto, dignos de controlar e construir desejos nas pessoas. Os postuladose princípios dessas correntes podem orientar pessoas e instituições no sentido da manipulação e construção demeios que reforçam as relações de dominação. Sendo assim, a Teoria Crítica tenta romper com essa visão carte-siana e proporciona um referencial teórico e prático mais amplo e adequado para o estudo da comunicação, aocompreender o ser humano. Isso por meio de uma ótica processual, em que a pessoa e a sociedade são tomadascomo realidades históricas em um processo de construção e transformação.Tema 5Identidade, Subjetividade e GêneroAborda os conteúdos situados na parte 2 “Temáticas - Identidade, subjetividade e gênero” do PLT. Nela, você ob-servará que o conceito de identidade é expresso como imagem, representação e conceito de si, como conjuntosde traços, de imagens, de sentimentos que o indivíduo reconhece como fazendo parte dele próprio. A identidadeé qualificada como identidade pessoal (atributos específicos do indivíduo) e/ou identidade social (atributos queassinalam o pertencimento a grupos ou categorias).A subjetividade humana é imanente à produção do mundo. Pelo processo de subjetivação, o sujeito se desfazem multiplicidades, pela heterogeneidade dos seus suportes (físicos, biológicos, psíquicos, verbais, econômicos,estéticos, éticos e políticos). A subjetividade é um produto cultural como qualquer outro.Até pouco tempo, os temas de gênero apareciam pouco e associados ao sexo, indicando as diferenças entrehomens e mulheres em experimentos de laboratório ou de campo. A partir da crise da Psicologia Social, estalança seu olhar para a história, para a sociedade e para a cultura, não concebendo o ser humano separado dessasinstâncias.Dessa forma, são discutidas se as diferenças entre homens e mulheres seriam biológicas ou fruto de práticas desocialização. Isso traz o problema de generalização para as pesquisas sociais. As diferenças encontradas entre am-bos os sexos, além de não serem tão grandes quanto se possa pensar e mais aparentes do que reais, dependemmuito do contexto e de situações bastante concretas.784
  13. 13. Tema 6Processo GrupalAborda os conteúdos situados na parte 2 - “Temáticas: Processo Grupal” do PLT. Nela, você observará que todasas pessoas possuem alguma experiência de participação grupal, seja de forma consciente por opção pessoal oude forma rotineira, sem se dar conta.O conceito de grupo parte da descrição da reunião de duas ou mais pessoas com um objetivo comum de ação,sendo que, para o estudo dos pequenos grupos sociais, ocorre o contato entre as pessoas e a busca de um ob-jetivo comum, a interdependência entre seus membros, a coesão ou espírito de grupo. Pode também ser vistocomo um lugar em que as pessoas mostram suas diferenças, as relações de poder estão presentes e perpassam asdecisões cotidianas, em que o conflito é inerente ao processo de relações que estabelece.Tema 7Psicologia PolíticaAborda os conteúdos situados na parte 2 “Temáticas - Psicologia Política” do PLT. Nela, você observará que a Psi-cologia Social, a partir de uma perspectiva crítica, estuda o sujeito em sua relação com o mundo e que esse sujeitose constitui, ao mesmo tempo, como produto e produtor da sua história e da história da sociedade em que vive.A política é uma forma de ação humana que se dá na esfera das disputas pelo poder entre grupos organizados,que segundo Silvia Lane (1986) são “ações encadeadas, junto com outros indivíduos, para satisfação de umanecessidade comum”.Na América Latina, o desenvolvimento da Psicologia Política é mais recente, datando da década de 1980. No Bra-sil, a Psicologia Política ainda se encontra em fase de afirmação como disciplina autônoma. Sendo assim, requerum resgate da sua história no contexto brasileiro e um panorama completo da situação atual.Tema 8Experiências da Psicologia SocialAborda os conteúdos situados na parte 3 “Experiências”- Psicologia Social e escola, Psicologia Social no trabalhoe Psicologia Social e comunidade do PLT. Nela, você observará que a atuação do psicólogo no espaço escolar, emuma perspectiva social crítica, depende de uma reflexão sobre as consequências sociais e políticas de suas açõesque vão além de uma visão meramente técnica. Segundo Paulo Freire (1983), os profissionais que atuam na escoladevem se constituir como trabalhadores sociais, historicamente comprometidos com o processo de mudança.O psicólogo, dentro do contexto escolar, deve atuar e refletir com os indivíduos para se conscientizar junto comeles das reais dificuldades da sua sociedade em um processo de atuação conjunta, de produção coletiva de umanova práxis educativa. Deve sempre procurar conhecer a realidade escolar como um todo, com suas múltiplasdeterminações, contribuindo para repensar a escola e sobre a forma como agem/interagem em face do real.O psicólogo social, no trabalho, deve refletir o mundo do trabalho na tentativa de que não nos deixe cegar peloritmo acelerado do descartável, do oportunismo que vem caracterizando nossa época. Por um longo tempo, aPsicologia não se preocupou com a relação saúde e trabalho, como se ambos fossem objetos estáticos e nemconsiderou a dinâmica daqueles que trabalham. Dessa forma, o psicólogo deve se comprometer com o interesseno trabalho e nos trabalhadores, não apenas em maximizar a produção e a qualidade das mercadorias. 79
  14. 14. Há uma grande diversidade de atuação do psicólogo nas comunidades. Uma forma importante para isso é aquelaque entende a Psicologia comunitária como uma área da Psicologia Social que estuda a atividade do psiquismodecorrente do modo de vida do lugar/comunidade; estuda o sistema de relações e representações, identidade,níveis de consciência, identificação e pertinência dos indivíduos ao lugar/comunidade e aos grupos comunitários;visa o desenvolvimento da consciência dos moradores como sujeitos históricos e comunitários por meio de umesforço interdisciplinar que perpassa o desenvolvimento dos grupos e da comunidade, preocupando-se, assim,com a transformação do indivíduo em sujeito.ATENÇÃO! As respostas para as atividades deste caderno estão disponíveis no ambiente vir-tual do curso. Consulte seu tutor presencial para mais informações.804
  15. 15. Tema 1História, Epistemologia e ÉticaObjetivos de aprendizagem• Refletir sobre a história e os principais pressupostos da Psicologia Social brasileira.• Compreender como se deu a história da Psicologia Social no Ocidente e no Brasil, em especial.• Entender do aspecto ético na prática de futuros psicólogos.Para início de conversaVocê já percebeu que a concepção de história não é algo li-near, unicausal? Percebeu que, pelo contrário, todo processohistórico possui idas e vindas, avanços, desvios? No que serefere a uma ciência acadêmica, a Psicologia Social teve seuinício marcado por uma Psicologia positivista e a aplicação deum método experimental para tratar de questões humanase sociais.É importante compreender como se deu a criação desse sa-ber, de uma ciência com o objetivo de estudar o homem emsua interação social.Por dentro do temaA Psicologia Social no Ocidente surgiu no século XX como uma área de aplicaçãoda Psicologia, estabelecendo uma conexão entre as ciências sociais e a Psicologia.Sua história acompanhou movimentos ideológicos, conflitos sociais, a ascensão donazi-fascismo, as grandes guerras, a luta do Capitalismo contra o Socialismo. Dessaforma, procura compreender o comportamento humano em interação social, par-tindo da premissa de que o homem é um animal social.No Brasil e na América Latina, os anos de 1960 e 1970 foram significativos, poisrepresentaram um avanço na independência teórica e prática de conceitos impor-tados da realidade norte-americana para a construção de um saber tradicional econdizente com a realidade de nosso País. A “crise da Psicologia Social” ou “crise dereferência” se deu, a superficialidade nesse período, com a preocupação de debater sobre a descontextualizarãodos temas abordados, a simplificação, superficialidade das análises destes temas e a individualização do social naPsicologia Social. Assim também, a não preocupação política das relações sociais no Brasil e na América Latina.Começam, então, a surgir associações de psicólogos com intuito de refletir sobre os rumos e atividades da Psico-logia Social, como a Associação Latino-Americana de Psicologia Social (Alapso), em 1960, e a Associação Brasileirade Psicologia Social (Abrapso), em 1980. 81
  16. 16. A Ética consiste em um aspecto essencial na prática psicológica e quando refletimos sobre o homem em interaçãosocial. É importante compreender que o ser humano é um ser dialógico, relacional, que vai se construindo a partirdas relações que vai estabelecendo com os outros seres humanos, sem perder sua singularidade, isso porque a éti-ca também é construída pela relação social. Sendo assim, o “outro” deve ser reconhecido como pessoa com quementramos em diálogo e não um simples indivíduo que está ao nosso lado pelo simples motivo da sobrevivência.Anotações_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________824
  17. 17. Psicologia Social Tema 1 - Atividades Atividades d) Na segunda metade do século XIX, quando da criação da primeira escala métrica de in- teligência na França e sua introdução por Binet no Brasil. INSTRUÇÕES e) Na segunda metade do século XIX lá e na primeira metade do século XX aqui, quando As atividades a serem desenvolvidas sobre este se criou o primeiro laboratório de Psicologia tema devem ser realizadas em dupla. Para tan- experimental. to, é necessário a leitura dos seguintes conteú- dos situados na parte 1 “Pressupostos”- Histó- ria, Epistemologia e Ética do PLT. Questão 2 Ponto de Partida (UnB-Cespe, 2002). Com relação à finalidade do diagnóstico do funcionamento das relações in- terpessoais, a intervenção do psicólogo nas ins- Explique o que foi o chamado “repúdio positi- tituições deve: vista de Wundt” na história da Psicologia Social. I. Caracterizar a dinâmica dos grupos. ____________________________________________ II. Estabelecer o perfil das características de ____________________________________________ personalidade dos indivíduos. ____________________________________________ III. Identificar o grau de auto e heteropercep- ____________________________________________ ção do indivíduo. ____________________________________________ IV. Explicar a dinâmica das situações de conflito ____________________________________________ nas equipes interdisciplinares. ____________________________________________ V. Estudar comportamentos patológicos relati- vos ao processo de comunicação. ____________________________________________ A quantidade de itens certos é igual a: ____________________________________________ a) 1. ____________________________________________ b) 2. c) 3. Agora é com você! Responda às questões a d) 4. seguir para conferir o que aprendeu. e) 5. Questão 1 Questão 3 (ENADE, 2006 - Psicologia). O nascimento da Psi- (ENADE, 2006 - Psicologia). Na perspectiva epis- cologia científica na Europa e no Brasil ocorreu: temológica histórico-crítica, a epistemologia a) Na primeira metade do século XVII, quando positivista: da publicação do Novum Organum de Ba- a) Identifica o objeto de estudo das Ciências con. Humanas com o objeto de estudo das Ciên- b) Na segunda metade do século XVIII, quando cias Naturais, sem fazer a mesma identifica- da publicação do “Discurso do Método de ção do método de estudo. Descartes”. b) Identifica o método de estudo das Ciências c) Na primeira metade do século XIX, quando Humanas com o método de estudo das Ciên- da criação do primeiro laboratório de Psico- cias Naturais, sem realizar a mesma identifi- logia Experimental por Wundt. cação do objeto de estudo. 83
  18. 18. Tema 1 - Atividades Psicologia Socialc) Introduz o estudo dos seres humanos numa história natural evolucionista que o isenta de posições político-ideológicas. Questão 5d) Identifica o objeto e o método de estudo das Ciências Humanas com o objetivo e mé- (UnB-Cespe, MPE-TO, 2006). Julgue os itens a todo das Ciências Naturais. seguir certos (C) ou errados (E), considerando a relação do indivíduo com a cultura e as subjeti-e) Introduz o estudo dos seres humanos em vidades atuais, à luz da abordagem da Psicolo- moldes experimentais que o distancia de gia Social, institucional e psicanalítica. concepções filosóficas vagas. ( ) Sobre a relação entre o indivíduo e a cultu- ra, Freud evidencia a dessimetria das trocas entre ambos e o caráter repressivo da socie-Questão 4 dade. Para ele, o mecanismo da sublimação permite que as forças de vida dos indiví- duos sejam objetivadas e capturadas pelas(ENADE, 2006 - Psicologia). Segundo o psicólo- diferentes expressões da cultura: produçõesgo social e sociólogo francês Sergei Moscovici, científicas, artísticas e espirituais.a representação social é uma produção coletiva ( ) O potencial de inibição, renúncia e tolerân-que tem como uma de suas dimensões a atitu- cia embutidas na sublimação unem-se à re-de ou orientação geral de grupos em relação ao pressão social imposta aos indivíduos. Issoobjeto da representação. O historiador inglês de forma que os orienta a abdicarem de seusEric Hobsbawm, por sua vez, afirma: “o racis- reais desejos, a adaptarem frustrações demo, além de conveniente como legitimação da suas necessidades e a se acomodarem diantedominação do branco sobre indivíduos de cor das imposições sociais. Tal fato, leva o indi-e de ricos sobre pobres, é um mecanismo atra- víduo a sucumbir na autodepreciação e navés do qual uma sociedade fundamentalmente culpabilidade.desigual, mas baseada numa ideologia funda- ( ) Os atuais estudos teóricos da Psicanálise sementalmente igualitária, racionaliza as suas de- reduzem ao mundo interno do sujeito, con-sigualdades. Para isso, a ciência - o trunfo do li- siderando-o como determinante dos acon-beralismo - veio para provar que os homens não tecimentos da realidade social. As práticassão iguais.” Nesse contexto, o preconceito racial profissionais embasadas nessa visão conside-e a violência que o acompanha: ram que a fragilidade egóica dos indivíduosa) São predominantemente manifestação da é impedidora de uma consciência crítica, e lógica que rege as relações sociais em socie- é a única capaz de evitar a vulnerabilidade dades profundamente desiguais e hierarqui- do indivíduo de ser capturado pela socieda- zadas. de de consumo, quando este já internalizou,b) São manifestações de uma natural divisão sem ajuizamento crítico, os modelos identi- social do trabalho em sociedades comple- ficatórios forjados pela mídia, as ideias, os xas, que requer a classificação das pessoas valores, os costumes da alienação presentes segundo suas aptidões naturais. na sociedade contemporânea.c) São inevitáveis, pois a espécie humana é bio- ( ) Na sociedade atual, assiste-se ao declínio logicamente agressiva e sempre haverá gru- da autoridade paterna e à obediência a pa- pos violentos em relação a algum objeto de drões impostos pelos meios de comunicação representação coletiva. de massa. Anteriormente, a internalizaçãod) Não pertencem ao âmbito das Representa- da norma social ocorria pela mediação da ções Sociais, pois decorrem de uma reação figura paterna, ou seja, em conflito e pos- natural da espécie humana de medo diante terior aquiescência, às exigências do supere- do que é diferente. go, como representante interiorizado da lei.e) Não pertencem ao âmbito das relações de Agora, o ego estrutura-se diretamente em poder, pois são desencadeados pelos pró- contato com a realidade. A tirania não ad- prios negros, que se encontram em estágios vém mais do outro humano idealizado, mas pouco evoluídos de civilização e cultura. sim, da mercadoria fetichizada que sobre- põe o humano.84
  19. 19. Psicologia Social Tema 1 - Atividades Questão 6 Questão 8 (ENADE, 2009 - Psicologia). Leia o trecho: Quais (ENADE, 2006 - Psicologia). Leia os dois textos a as possibilidades, no Brasil atual, de a cidada- seguir sobre a implantação de “políticas afirma- nia se enraizar nas práticas sociais? Essa é uma tivas” relacionadas à adoção de “sistemas de co- questão que supõe discutir as possibilidades, tas” por meio de Projetos de Lei em tramitação os impasses e os dilemas da construção da ci- no Congresso Nacional: dadania, tendo como foco a dinâmica da socie- dade. Antes de qualquer coisa, é preciso dizer TEXTO I que tomar a sociedade como foco de discussão significa um modo determinado de problemati- “Representantes do Movimento Negro Socialis- zar a questão dos direitos. Os direitos são aqui ta entregaram, ontem, no Congresso, um ma- tomados como práticas, discursos e valores que nifesto contra a votação dos projetos que pro- afetam o modo como as desigualdades e dife- põem o estabelecimento de cotas para negros renças são figuradas no cenário público, como em Universidades Federais e a criação do Esta- interesses se expressam e os conflitos se reali- tuto de Igualdade Racial. zam. (TELLES, 2006 - adaptado) As duas propostas estão prontas para serem vo- Na abordagem salientada nesse trecho, qual direi- tadas na Câmara, mas o movimento quer que os to social você destacaria para diminuir as desigual- projetos sejam retirados da pauta. (...) Entre os dades de renda familiar no Brasil? Apresente dois integrantes do movimento estava a professora argumentos que deem suporte à sua resposta. titular de Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Yvonne Maggie. ‘É preciso fa- ____________________________________________ zer o debate. Por isso, ter vindo aqui, já foi um ____________________________________________ avanço’, disse.” ____________________________________________ Fonte: Folha de São Paulo - Cotidiano, 30 jun. 2006 com ____________________________________________ adaptação. ____________________________________________ ____________________________________________ TEXTO II ____________________________________________ “Desde a última quinta-feira, quando um grupo ____________________________________________ de intelectuais entregou, no Congresso Nacio- nal, um manifesto contrário à adoção de cotas ____________________________________________ raciais no Brasil, a polêmica foi reacesa. (...) O ____________________________________________ diretor executivo da Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro), frei David Raimundo dos Santos, acredita que hoje o quadro do País é injusto com os negros e de- Questão 7 fende a adoção do sistema de cotas.” Fonte: Agência Estado-Brasil, 03 jul. 2006. Explique o que foi a “crise de referência” ou “crise da Psicologia Social”. Ampliando ainda mais o debate sobre todas es- ____________________________________________ sas políticas afirmativas, há também os que ado- ____________________________________________ tam a posição de que o critério para cotas nas ____________________________________________ universidades públicas não deva ser restritivo, ____________________________________________ mas que considere também a condição social dos candidatos ao ingresso. ____________________________________________ Analisando a polêmica sobre o sistema de cotas ____________________________________________ “raciais”, identifique, no atual debate social: ____________________________________________ a) Um argumento coerente utilizado por aque- ____________________________________________ les que o criticam. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 85
  20. 20. Tema 1 - Atividades Psicologia Social____________________________________________ Faixa Etária (anos) 1950 1975 2000 2025 2050____________________________________________ 0-14 41,6 40,3 28,8 22,3 19,9____________________________________________ 15-59 53,6 53,7 63,4 62,5 56,5____________________________________________ 60+ 4,9 6,0 7,8 15,2 23,6____________________________________________ A partir dos dados apresentados na tabela acima:____________________________________________ a) Apresente um problema de pesquisa que se____________________________________________ justifique e que tenha como foco os aspec-____________________________________________ tos psicológicos ligados ao processo de en- velhecimento. Na sua resposta, identifique claramente os fatores a serem estudados.b) Um argumento coerente utilizado por aque- ____________________________________________ les que o defendem. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________ b) Explicite o tipo de pesquisa proposto, justifi- cando-o. ____________________________________________Questão 9 ____________________________________________ ____________________________________________Como deve ser entendida a Ética na prática da ____________________________________________Psicologia Social, segundo Pedrinho Guareschi? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________ c) Apresente, em linhas gerais, o planejamento____________________________________________ metodológico da sua pesquisa.____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________Questão 10 ____________________________________________ ____________________________________________(ENADE, 2006 - Psicologia). Segundo dados das ____________________________________________Nações Unidas (2003), as distribuições percen- ____________________________________________tuais da população brasileira ao longo dos anos, ____________________________________________por diferentes faixas etárias, seriam: ____________________________________________86
  21. 21. Psicologia Social Tema 1 - Atividades AMPLIANDO O CONHECIMENTO: ____________________________________________ Você quer saber mais sobre o assunto? Então: ____________________________________________ • Acesse o site oficial da ABRAPSO - Associação ____________________________________________ Brasileira de Psicologia Social. Disponível em: ____________________________________________ <http://www.abrapso.org.br>. Acesso em: 25 ____________________________________________ out. 2010. Este site permitirá que você entre ____________________________________________ em contato com o que está sendo discutido e elaborado, no que se refere à Psicologia Social ____________________________________________ no Brasil. ____________________________________________ • Consulte o site da Revista de Psicologia Social ____________________________________________ e Institucional da Universidade de Londrina. ____________________________________________ Disponível em: <http://www2.uel.br/ccb/Psicologia/ ____________________________________________ revista/capa.htm>. Acesso em: 25 out. 2010. Esse site apresenta a divulgação de trabalhos ____________________________________________ científicos e artigos vinculados à área da ____________________________________________ Psicologia Social. ____________________________________________ • Leia o artigo O papel de Sílvia Lane na mudança ____________________________________________ da Psicologia Social no Brasil, disponível no site ____________________________________________ da Scielo. Disponível em: <http://www.scielo. br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102- ____________________________________________ 71822007000500020&lng=pt&nrm=iso&tlng= ____________________________________________ pt>. Acesso em: 29 out. 2010. O artigo descreve ____________________________________________ as memórias de um período de mudanças ____________________________________________ implantadas na Psicologia Social da Pontifícia ____________________________________________ Universidade Católica de São Paulo, durante os anos 80, quando Sílvia Lane enfatizou os ____________________________________________ compromissos éticos e políticos da Psicologia ____________________________________________ com a realidade brasileira. ____________________________________________ ____________________________________________ FINALIZANDO ____________________________________________ ____________________________________________ Neste tema, você viu que a história da Psicolo- gia Social no Brasil passa por importantes pro- ____________________________________________ cessos, isso a fim de se caracterizar como uma ____________________________________________ ciência embasada em conhecimentos que fazem ____________________________________________ laços estreitos com as Ciências Sociais, a Sociolo- ____________________________________________ gia e Antropologia, inclusive para compreender ____________________________________________ o comportamento humano nas relações sociais. Foi importante entender que a ética é essencial ____________________________________________ nas relações sociais por meio da forma como re- ____________________________________________ conhecemos o “outro” como pessoa com quem ____________________________________________ entramos em diálogo e nossa subjetividade. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 87
  22. 22. Tema 2Indivíduo, Cultura, Sociedade e PesquisaSocialObjetivos de aprendizagem• Compreender conceitos essenciais da Psicologia Social, tais como o que é indivíduo, cultura e sociedade.• Entender a relação entre indivíduo e sociedade a partir de uma perspectiva sócio-histórica.• Discutir a importância da pesquisa social.Para início de conversa Você sabia que o homem é um animal social e que as relações sociais que estabelece ao longo de sua vida são essenciais para a formação de sua subjetividade, de quem ele é essencial den- tro da perspectiva da Psicologia Social? Sabia ainda, que, dessa forma, alguns conceitos tais como o que é o indivíduo, a sociedade e a cultura se tornam muito importantes? Assim, para entender o ser humano, além de estudar os aspectos biológicos, é necessário pesquisar, princi- palmente, como ele se constitui em um contexto sociocultural. O ser humano é um animal biológico que luta por sua sobrevi- vência, porém difere de todos os outros animais por ser um ser cultural que pensa, age, escolhe, reflete de forma simbólica e possui a linguagem como forma de expressão social. A teoria histórico-cultural considera importante a filogênese dos processos psicológicos. Ao nascer, o indivíduo traz consigo determinados comportamentos inatos, ligados à sua estrutura biológica, mas, no decorrer de seu desenvolvimento e ao lon- go de sua vida, ele é moldado pela atividade cultural de outros com quem se relaciona, isso porque cada indivíduo, ao nascer, encontra um sistema social já existente, criado por meio de gerações, que é por ele assimilado por intermédio das inter- relações sociais.884
  23. 23. Por dentro do temaA relação entre indivíduo e sociedade é essencial, pois o indivíduo é um ser histórico-social, que se constitui por meio de uma rede de relações intersociais.Pode ser considerado um nó em uma extensa rede de relações sociais em movimen-to, que consiste na sociedade. O ser humano desenvolve, por meio dessas relações,um “eu” (self) que supõe dois aspectos fundamentais: o do sujeito ativo que tomadecisões e se orienta no mundo e o de uma autoimagem e uma autoestima que es-tão relacionadas à sua identidade, que por intermédio dos comandos da mãe passaa se autoinstruir, ou seja, o indivíduo passa de uma relação interpessoal (mãe-bebê)para um controle e planejamento intrapessoal (self).As pessoas se constituem em um sistema cultural dado previamente, que se en-contram pronto ao nascer, formando uma rede de inter-relações. São, porém, sujeitos ativos, tomam posições,fazem novas interpretações, recebem e constroem criticamente e coletivamente um processo cultural em umadeterminada época histórica.As relações entre indivíduo e sociedade/cultura são complexas e envolvem pesquisas com conceitos de difícildefinição. Para tanto, é necessário estudar a relação dialética entre os valores globais, nacionais e regionais. Talperspectiva supõe a utilização de diferentes métodos de pesquisa. Uma das dificuldades é que, nas culturas, nãoexistem grupos totalmente homogêneos. Apesar das discrepâncias, existem, porém, valores, preferências e ma-neiras de comunicação que são comuns e perpassam as diferenças culturais internas dos subgrupos.Anotações__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 89
  24. 24. Tema 2 - Atividades Psicologia SocialAtividades (ALTHABE, apud OZÓRIO, 2007, p. 30). Os ob- jetivos da pesquisa são determinados em con- junto e, a partir daí, ela se presta a diferentes funções, segundo a orientação que se adote. (THIOLLENT, in: BRANDÃO, 1985)INSTRUÇÕES De acordo com M. Thiollent, a pesquisa-açãoAgora, mãos à obra! Para as atividades sobre o pode cumprir as seguintes funções, EXCETO:tema 2, você trabalhará de forma individual a a) Função elucidativa, contribuindo para a for-partir da leitura da parte 1 - Pressupostos - indi- mulação de objetivos, de reivindicações evíduo, cultura, sociedade e pesquisa. outros meios de ação da comunidade. b) Função instrumental, voltada para a reso- lução de problemas com a participação dePonto de Partida analistas e membros da comunidade. c) Função instrumental, voltada para a tomada de decisões.Explique a visão da teoria histórico-cultural do d) Função executiva, comprometida com os re-ser humano. sultados.A teoria histórico-cultural é muito importantedentro da Psicologia Social, pois compreendeo ser humano como um ser social, histórico ecultural. Considera que o indivíduo, ao nascer,traz consigo comportamentos inatos ligados Questão 2à sua estrutura biológica, porém, ao longo deseu desenvolvimento, é moldado pela atividade (Fundep, 2008 - Pref. Itabira - MG). “Interessa-cultural de outros com quem se relaciona, bem mo-nos pelo exercício de uma Psicologia maiscomo do período histórico em que vive. comprometida com as mutações do que com as____________________________________________ preocupações identitárias-subjetivas. A subjeti- vidade contemporânea pode ser problematiza-____________________________________________ da com a práxis do comum. Nela, ao invés da____________________________________________ restauração da possível centralidade perdida,____________________________________________ há a compreensão da subjetividade na comuni-____________________________________________ dade que, como práxis, é, pois, processo de des- centramento“. (OZÓRIO, 2007)____________________________________________ Nessa perspectiva, “a Psicologia que se quer co-____________________________________________ munitária” deve se preocupar com:____________________________________________ a) A demanda da comunidade, visando contri-____________________________________________ buir para o seu desenvolvimento.____________________________________________ b) A resolução da dicotomia indivíduo socieda- de. c) A sobrevivência da comunidade como uni-Agora é com você! Responda às questões a dade de vivências e experiências.seguir para conferir o que aprendeu. d) O encontro Psicologia e comunidade para compreender o “em comum” do que não é comum.Questão 1(Fundep, 2008 - Pref. Itabira - MG). “A proble- Questão 3mática da comunidade como práxis supõe ummodo de pesquisar, a pesquisa-ação, na qual o (Consulplan, 2010 - Pref. Itabaiana). O conheci-pesquisador é um ator social e interage com os mento e a atividade cognitiva são importantesoutros participantes, atores sociais, todos sujei- quando das análises e ações da Psicologia Social.tos do processo”.90
  25. 25. Psicologia Social Tema 2 - Atividades Nessa perspectiva, ao definirmos o que seja co- d) Constituído pela tensão entre a serialidade e nhecimento, encontramos: a totalidade. a) É a informação, cujo acúmulo nos permite e) Estabelecimento de uma tarefa, de uma rota entender melhor a realidade. a ser seguida sem questionamentos, para b) É tido como substância já que pode ser guar- atingir os objetivos iniciais. dado e constituído como acervo. c) É percebido com essência de algo, apontan- do o que pode ser atestado como verdadei- ro ou falso. Questão 6 d) É relação, atividade, movimentos que se co- nectam em redes relacionais. Comente a relação indivíduo e sociedade. e) É atividade humana, campo próprio das ____________________________________________ ideias e das mentes dos sujeitos. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 4 ____________________________________________ ____________________________________________ (Consulplan, 2010 - Pref. Itabaiana). “...função ____________________________________________ de mediação simbólica que permite ao homem ____________________________________________ desenvolver modos peculiares de pensamento ____________________________________________ só a ele possíveis (...) é constituinte de homens e ____________________________________________ mulheres ao lhes facultar o acesso e o desenvol- vimento das funções psicológicas superiores...” Na perspectiva da abordagem histórico-cultu- ral, a citação conceitual citada anteriormente Questão 7 refere-se à/ao: a) Linguagem. Defina o que é cultura. b) Complexificação do homem. ____________________________________________ c) Consciência. ____________________________________________ d) Sistema de comunicação binário. ____________________________________________ e) Identidade. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 5 ____________________________________________ ____________________________________________ (Consulplan, 2010 - Pref. Itabaiana). Trabalhar ____________________________________________ com grupos e processos grupais faz parte do ____________________________________________ fazer do Psicólogo Social. Aproximando grupos e processos grupais vividos, encontramos possí- veis conceituações, EXCETO: a) Um todo dinâmico; uma mudança no esta- Questão 8 do de uma das partes modifica o estado de qualquer outra parte. Defina o que é Pesquisa Social. Apresente exem- b) Pluralidade de indivíduos que estão em con- plos. tato uns com os outros, que se consideram mutuamente. ____________________________________________ c) Lugar onde as pessoas mostram suas dife- ____________________________________________ renças, onde o conflito é inerente ao proces- ____________________________________________ so de relações que se estabelece. 91
  26. 26. Tema 2 - Atividades Psicologia Social____________________________________________ AMPLIANDO O CONHECIMENTO:____________________________________________ Você quer saber mais sobre esse assunto? Então:____________________________________________ • Assista ao vídeo Cultura: um conceito antro-____________________________________________ pológico. Disponível em <http://www.youtube.____________________________________________ com/watch?v=5fqXa-IVvf8&feature=related>. Acesso em: 24 out. 2010.____________________________________________ • Visite o site da Comunidade Virtual de An-____________________________________________ tropologia. Disponível em: <http://www. antropologia.com.br/>. Acesso em: 24 out. 2010. Ele permite que você se familiarize melhor comQuestão 9 os conceitos das Ciências Sociais utilizados pela Psicologia Social. Acesso em: 24 out. 2010. • Leia o texto O indivíduo e a sociedade. Dispo-Qual a metodologia mais indicada para a pes- nível em: <http://www.artigonal.com/Psicologiaquisa em Psicologia Social? auto-ajuda-artigos/o-individuo-e-a-sociedade-____________________________________________ 706559.html>. Acesso em: 24 out. 2010. Esse ar-____________________________________________ tigo fala sobre o homem e suas circunstâncias na sociedade.____________________________________________________________________________________________________________________________________ FINALIZANDO____________________________________________ Neste tema você viu que a Psicologia Social____________________________________________ utiliza-se de conceitos das Ciências Sociais, tais____________________________________________ como indivíduo, sociedade e cultura para poder____________________________________________ compreender o comportamento humano em suas relações sociais.____________________________________________ Você percebeu que, dessa forma, é necessário ampliar a visão sobre o que é o ser humano e enxergá-lo de forma total, isso a partir não so-Questão 10 mente de uma visão biológica, mas, também, para compreender que o indivíduo é produto das relações sociais que estabelece ao longo deExplique o que é a pesquisa-ação e a pesquisa sua vida, bem como de sua cultura e do períodoparticipante, apresentando exemplos desses ti- histórico em que vive.pos de pesquisa.____________________________________________________________________________________________________________________________________ Anotações____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________92
  27. 27. Tema 3Ideologia e Representações SociaisObjetivos de aprendizagem• Compreender conceitos centrais na Psicologia Social.• Perceber o significado do que é ideologia.• Entender o conceito de Representações Sociais.Para início de conversaVocê observou que um dos aspectos centrais da PsicologiaSocial é compreender o indivíduo como produto das relaçõessociais? Sendo assim, quando ela surgiu, conceitos impor-tantes como ideologia e Representações Sociais nem erammencionados pela corrente hegemônica americana. Foi apartir de 1930, com os teóricos da Escola de Frankfurt queo conceito e a teoria da ideologia se fizeram mais presentesna Psicologia Social a partir da década de 1970. E foi nessaépoca que muitos autores começaram a incorporar o temaem seus estudos e pesquisas.Um psicólogo social importante chamado Moscovici (1972)chega a afirmar que “o objeto central e exclusivo da Psicolo-gia Social deve ser o estudo de tudo o que se refere à ideolo-gia e à comunicação”.Por dentro do temaO conceito de ideologia é complexo, sujeito a equívocos e vários são os autores quetrataram deste tema - Bacon, Marx, Thompson - cada um à sua maneira e impor-tância. Sendo assim, tal conceito adquire acepções bem diversas, quando tomadono sentido negativo e crítico. Com o uso de formas simbólicas para criar ou manterrelações de dominação, ele se presta a fazer com que os estudos e pesquisas setornem úteis e frutíferos. Uma maneira interessante de utilizar esse conceito é de-monstrar como as pessoas sofrem e são prejudicas em suas vidas cotidianas, devidoa relações que são estabelecidas de forma desigual e injusta.Já o conceito de Representações Sociais tem suas origens na Sociologia e na An-tropologia, por meio de teóricos como Durkheim e Lévi-Bruhl. Trata-se do que éconstruído e partilhado entre pessoas, saberes específicos à realidade social, que surgem na vida cotidiana. Umaforma de tornar familiar o não familiar, pois tendemos a rejeitar o estranho, o diferente. 93
  28. 28. Tema 3 - Atividades Psicologia SocialAtividades a) Na neutralidade que deve sustentar a Ética para não cometer equívocos em seus juízos das relações humanas. b) Na consciência nítida de nossa incompletu-INSTRUÇÕES de. c) No impulso permanente que deve nos man-A partir da leitura da parte 2 - Temáticas ide- ter em busca de crescimento e transforma-ologia e Representações Sociais, - você poderá, ção.individualmente, realizar as atividades relacio-nadas a este tema. d) Em sua presença nas relações humanas exis- tentes. e) Na ordenação intrínseca de alguma coisa em direção à outra.Ponto de PartidaReflita sobre a seguinte frase: “o homem é pro-duto das relações sociais”. Questão 2Esta frase diz muito para a Psicologia Social, poisestuda as manifestações comportamentais prove- (Consulplan, 2010 - Pref. Itabaiana). “Estão as-nientes da interação social entre os indivíduos. Ela sociadas às práticas culturais, reunindo tanto ose refere à importância de não possuir uma visão peso da história e da tradição, quanto a flexibili-experimental, positivista e individualista, quando dade da realidade contemporânea, delineando-se quer compreender o ser humano. Torna-se ne- se como estruturas simbólicas desenhadas tantocessário ampliar o olhar, a partir de uma visão to- pela duração e manutenção, quanto pela inova-tal, multidimensional, que inclua os aspectos bio- ção e metamorfose”.lógicos, psicológicos, sociais, históricos e culturais. As características descritas referem-se à seguin- ____________________________________________ te teoria presente no fazer da Psicologia Social: ____________________________________________ a) Teoria da análise do discurso crítico. ____________________________________________ b) Teoria das Representações Sociais. ____________________________________________ c) Teoria crítica, da escola de Frankfurt. ____________________________________________ d) Teoria do campo, de Kurt Lewin. ____________________________________________ e) Teoria de grupos. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 3 ____________________________________________ (Pref. Cortês - PE, 2007). A respeito da Psicologia Social assinale a alternativa correta.Agora, é com você! Responda às questões a a) É a área da Psicologia que procura estudar aseguir para conferir o que aprendeu. interação social. b) É uma sociedade. c) Apenas um termo para definir uma escolaQuestão 1 psicanalítica. d) É uma aptidão humana. e) Termo designado para a capacidade de pen-(Consulplan, 2010 - Pref. Itabaiana). Na afirma- sar.tiva “instância crítica e propositiva sobre o de-ver ser das relações humanas em vista de nossaplena realização como seres humanos” (DOSANJOS, apud GUARESCHI, 2000), temos uma de-finição de Ética que se sustenta, EXCETO:94
  29. 29. Psicologia Social Tema 3 - Atividades Questão 4 Questão 6 (Pref. Recife, 2007). Em relação ao trabalho dos (ENADE, 2005 - Ciências Sociais). A violência na psicólogos comunitários, é incorreto afirmar sociedade brasileira tem sido atribuída, princi- que são realizados com: palmente, a jovens de classes populares. Des- a) Grupos que vivem em situação de pobreza e consideram-se, nessa concepção, fatores como exclusão. desemprego, precariedade do ensino público e falta de políticas sociais. b) Segmentos da classe patronal. Com base nessa reflexão, redija um texto disser- c) Intituições públicas, privadas e ONGs que tativo, cujo tema seja a violência na sociedade trabalham com o acesso e a defesa dos direi- brasileira. tos e da cidadania. ____________________________________________ d) Diferentes formas de organização e partici- pação populares. ____________________________________________ e) Crianças, adolescentes, idosos, adultos e fa- ____________________________________________ mílias em condição de vulnerabilidade so- ____________________________________________ cial. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 5 ____________________________________________ ____________________________________________ (Pref. Recife, 2007). Considerando as configura- ____________________________________________ ções da Psicologia Social Contemporânea, assi- nale a alternativa incorreta: a) A Psicologia Social brasileira e latino-ame- ricana, de forma hegemônica, voltou a se Questão 7 aproximar das abordagens desenvolvidas pela Psicologia Social norte-americana. (ENADE, 2005 - Ciências Sociais). Nas grandes b) A Psicologia Social é uma disciplina multidis- cidades brasileiras, é frequente o aparecimento ciplinar com diferentes abordagens teóricas de áreas de invasão por populações empobre- e metodológicas. cidas. Tais populações, submetidas a pressões c) Na atualidade brasileira, dentre as verten- permanentes do Poder Público e dos proprietá- tes da Psicologia social que possuem uma rios das terras invadidas, experimentam a inse- maior visibilidade, destacam-se: a Teoria das gurança em decorrência das situações concretas Representações Sociais, a perspectiva sócio- de vulnerabilidade. As ciências sociais pesqui- histórica, os estudos culturais, a Psicologia sam com frequência fenômenos dessa natureza. Política, a Psicologia Social Construcionista, Conceba um esboço de projeto de pesquisa des- os estudos sobre o processo de subjetivação, sa situação social. a Psicossociologia. ____________________________________________ d) São temas presentes no debate da Psicologia ____________________________________________ Social brasileira a partir da década de 1980: ____________________________________________ os direitos e as políticas públicas; as relações de classe, gênero, geração, raça/etnia e fa- ____________________________________________ mília; as situações de exclusão e vulnerabi- ____________________________________________ lidade social; a mídia; processos organizati- ____________________________________________ vos, comunitários e práticas sociais. ____________________________________________ e) Os diferentes recortes teórico-metodológi- ____________________________________________ cos, problemas, objetos e objetivos, presen- tes no debate da Psicologia Social enrique- ____________________________________________ cem a pesquisa e a intervenção psicossocial. ____________________________________________ 95
  30. 30. Tema 3 - Atividades Psicologia Social AMPLIANDO O CONHECIMENTOQuestão 8 Você quer saber mais sobre esse assunto? Então: • Acesse o site do Centro Interdisciplinar emJustifique por que a visão crítica da Psicologia Psicologia Social, institucional e comunitária.Social é importante na prática e pesquisa social. Disponível em: <http://www.interpsic.com.br/>.____________________________________________ Acesso em: 24 out. 2010. Navegue e conheça melhor diversos temas da Psicologia Social.____________________________________________ • Leia o artigo Atenção em rede: o psicólogo____________________________________________ e a comunidade, de Angela Biazi Freire e Pa-____________________________________________ trícia Grandino. Disponível em: <http://www2.____________________________________________ uel.br/ccb/Psicologia/revista/index.htm>. Acesso____________________________________________ em: 24 out. 2010. O artigo vai permitir que você aprofunde seus conhecimentos sobre a atuação____________________________________________ do psicólogo social.________________________________________________________________________________________ FINALIZANDO Neste tema, você viu que a prática do psicólo-Questão 9 go social, bem como a configuração do saber e pesquisa social, se dá a partir de conceitos tais como a ideologia e as Representações Sociais.Reflita e discorra sobre o papel do conceito de Compreender a dinâmica social também é com-ideologia na prática psicológica. preender o porquê de certos comportamentos e ____________________________________________ suas consequências. ____________________________________________ Você viu ainda que ideologia nem era mencio- nada quando se falava em Psicologia Social pe- ____________________________________________ los autores que contribuíram para transformá-la ____________________________________________ numa disciplina. Esses conceitos só se firmaram ____________________________________________ a partir da década de 1930, quando ela passa a ____________________________________________ receber o merecido valor que possui na atuali- dade. ____________________________________________ Ainda neste tema, você viu que falar sobre as ____________________________________________ Representações Sociais não é tarefa fácil e que ____________________________________________ tais discussões têm ocupado grande espaço no ____________________________________________ campo da Psicologia Social.Questão 10 Anotações ____________________________________________Defina o que são as Representações Sociais. Emseguida, discuta-as com os seus colegas. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________96
  31. 31. Tema 4Linguagem, Conhecimento e ComunicaçãoObjetivos de aprendizagem• Compreender a linguagem como processo de comunicação humana.• Entender as ideias sobre conhecimento e a atividade cognitiva dentro de uma perspectiva da Psicologia So- cial.• Perceber a relação entre comunicação humana e a Psicologia Social.Para início de conversaO que você faz quando quer demonstrar para uma pessoao que pensa ou sente? Sim, você fala! A esfera da comu-nicação é essencial ao ser humano e ela evidencia o caráterhistórico, cultural e social da comunicação. Os seres humanoscriam códigos, partilham ideias em comum.Outra questão importante em Psicologia Social é a manei-ra como entendemos o conhecimento. Você acha que ele éapenas uma aptidão, dom ou talento? Não é, é também umaforma de exercício simbólico, que evidencia o caráter sócio-histórico de sua produção.Já compreender o papel que a mídia exerce em nossa socie-dade é um tema bastante discutido por várias teorias psico-lógicas, em especial a Teoria Crítica que oferece uma visãoampla, pois tem o compromisso de denunciar relações assi-métricas e de luta pela libertação de qualquer forma de rela-ção de dominação por meio da crítica, do questionamento.Por dentro do temaVocê deve perceber que a linguagem é fundamental quando se pensa em relaçãohumana e social. É por intermédio dela que os grupos humanos e os indivíduos par-tilham informações, ideias, verbalmente, por escrito, ou por gestos.É impossível não comunicar. Mesmo quando estamos em silêncio, estamos comu-nicando algo, como “não quero falar agora”! Desde as primeiras verbalizações -das pinturas pictóricas em cavernas até as línguas atuais e suas formas escritas -evidenciam-se a dimensão histórica e social da condição humana. Sendo assim, osindivíduos diferenciam-se dos outros animais devido algumas de suas ações, como otrabalho e a linguagem. Autores importantes como Bakhtin e Vygotsky evidenciama tarefa central da linguagem na formação social da consciência e dos processos designificação na constituição dos sujeitos. 97

×