Your SlideShare is downloading. ×
Servico social 1a
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Servico social 1a

10,283
views

Published on

Published in: Education

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,283
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
137
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SSeor cvi i a ç l oCAadad tdeedr i e nv oi s 1
  • 2. Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância Caderno de Atividades Serviço Social Coordenação do Curso Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre Autores Ana Lucia Américo Antonio Angela Cristina Dias do Rego Catonio Edilene Xavier Rocha Garcia Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre Helenrose A. da S. Pedroso Coelho Luciano Gamez (org.) Ricardo Leite de Albuquerque Yaeko Ozaki
  • 3. Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a DistânciaChanceler Diretor-AdjuntoAna Maria Costa de Sousa Luciano SathlerReitor Coordenação de Qualidade do MaterialGuilherme Marback Neto DidáticoVice-Reitora Luciano Gamez: Coordenador e organizadorHeloisa Helena Gianotti Pereira da publicaçãoPró-Reitores Barbara Monteiro Gomes de CamposPró-Reitor Administrativo: Antonio Fonseca Bruno Tonhetti Galassede Carvalho Fernanda Bocchi BalthazarPró-Reitor de Extensão, Cultura e Helena OkadaDesporto: Ivo Arcângelo Vendrúsculo Busato Lucia Helena Paula do CantoPró-Reitor de Graduação: Eduardo de Waurie RolãoOliveira Elias IlustraçõesPró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação: Ednei MarxElizabeth Tereza Brunini SbardeliniCENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ANHANGUERA PUBLICAÇÕESDiretor-Geral Gerente EditorialJosé Manuel Moran Adauto Damásio C129 Caderno de atividades: serviço social / Ana Lucia Américo An- tonio... [et. al.].; Organizador Luciano Gamez; Coordenação do curso Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre. – Valinhos : Anhanguera Publicações, 2011. 288 p. ISBN: 978-85-7969-053-2© 2011 AnhangueraPublicações - Proibidaa reprodução final ou 1. Serviço social. I. Antonio, Ana Lucia Américo. II. Gamez,parcial por qualquer meio Luciano. III. Nobre, Elisa Cléia Pinheiro.de impressão, em formaidêntica, resumida ou CDD - 20.ed. : 370.15modificada em línguaportuguesa ou qualqueroutro idioma. Impressono Brasil 2011
  • 4. Nossa Missão, Nossos ValoresDesde sua fundação, em 1994, os fundamentos da “Anhanguera Educacional” têm sido o principal motivo doseu crescimento.Buscando permanentemente a inovação e o aprimoramento acadêmico em todas as ações e programas, é umaInstituição de Educação Superior comprometida com a qualidade do ensino, pesquisa de iniciação científica eextensão, que oferecemos.Ela procura adequar suas iniciativas às necessidades do mercado de trabalho e às exigências do mundo em cons-tante transformação.Esse compromisso com a qualidade é evidenciado pelos intensos e constantes investimentos no corpo docentee de funcionários, na infraestrutura, nas bibliotecas, nos laboratórios, nas metodologias e nos Programas Institu-cionais, tais como:• Programa de Iniciação Científica (PIC), que concede bolsas de estudo aos alunos para o desenvolvimento de pesquisa supervisionada pelos nossos professores.• Programa Institucional de Capacitação Docente (PICD), que concede bolsas de estudos para docentes cursa- rem especialização, mestrado e doutorado.• Programa do Livro-Texto (PLT), que propicia aos alunos a aquisição de livros a preços acessíveis, dos melhores autores nacionais e internacionais, indicados pelos professores.• Serviço de Assistência ao Estudante (SAE), que oferece orientação pessoal, psicopedagógica e financeira aos alunos.• Programas de Extensão Comunitária, que desenvolve ações de responsabilidade social, permitindo aos alunos o pleno exercício da cidadania, beneficiando a comunidade no acesso aos bens educacionais e culturais.A fim de manter esse compromisso com a mais perfeita qualidade, a custos acessíveis, a Anhanguera privilegiao preparo dos alunos para que concretizem seus Projetos de Vida e obtenham sucesso no mercado de trabalho.Adota inovadores e modernos sistemas de gestão nas suas instituições. As unidades localizadas em diversos Es-tados do País preservam a missão e difundem os valores da Anhanguera.Atuando também na Educação a Distância, orgulha-se em oferecer ensino superior de qualidade em todo o Terri-tório Nacional, por meio do trabalho desenvolvido pelo Centro de Educação a Distância da Universidade Anhan-guera - Uniderp, nos diversos polos de apoio presencial espalhados por todo o Brasil. Sua metodologia permitea integração dos professores, tutores e coordenadores habilitados na área pedagógica, com a mesma finalidade:aliar os melhores recursos tecnológicos e educacionais, devidamente revisados, atualizados e com conteúdo cadavez mais amplo para o desenvolvimento pessoal e profissional de nossos alunos.A todos, bons estudos! Prof. Antonio Carbonari Netto Presidente - Anhanguera Educacional
  • 5. Sobre o Caderno de AtividadesCaro(a) Aluno(a),Você está recebendo o Caderno de Atividades, preparado pelos professores do Curso de Graduação em que vocêestá matriculado, com o objetivo de contribuir para a sua aprendizagem. Ele aprofunda os conteúdos disponíveisnas publicações que fazem parte do Programa do Livro-Texto (PLT), trazendo orientações de estudo, destaques,propostas de atividades individuais e em grupo e desafios de aprendizagem a serem realizados.As questões propostas foram elaboradas pelos docentes ou adaptadas de provas públicas já realizadas, inclusi-ve do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), que tem o objetivo de aferir o rendimento dosalunos dos cursos de graduação em relação a conhecimentos, habilidades e competências, necessários ao seufuturo desempenho profissional. Essa inclusão de perguntas, selecionadas a partir de avaliações ocorridas forado âmbito universitário, colabora na sua preparação para o enfrentamento de situações mais contextualizadas.Você também vai encontrar caminhos para vincular os textos e questões com as teleaulas do seu curso. Issopermite planejar com antecedência seu tempo e dedicação, estudar os temas previamente e se preparar paraaproveitar ao máximo a interação com a equipe docente.Desejamos que você tenha um ótimo semestre letivo. José Manuel Moran e Luciano Sathler Diretoria do Centro de Educação a Distância Universidade Anhanguera - UNIDERP
  • 6. Autores Ana Lúcia Américo Antonio Graduação: Serviço Social - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 1999. Especialização: Trabalho Social com Famílias - Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP) - 2001. Angela Cristina Dias do Rego Catonio Graduação: Letras - Português/Inglês - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 1996. Especialização: Comunicação Social - Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) - 1999. Mestrado: Comunicação Social - Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) - 2000. Edilene Xavier Rocha Garcia Graduação: Serviço Social - Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso (FUCMT) - 1988.Especialização: Gestão de Políticas Sociais - Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP) - 2003. Mestrado: Desenvolvimento Local - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 2007. Elisa Cléia Pinheiro Rodrigues Nobre Graduação: Serviço Social - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 1992. Especialização: Políticas Sociais - Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (UNIDERP) - 2003. Mestrado: Educação - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) - 2007. Helenrose Aparecida da Silva Pedroso Coelho Graduação: Ciências Sociais - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - 1982. Direito - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 1992. Psicologia - Universidade para o Desenvolvimento do Estado e Região do Pantanal (UNIDERP) - 2004.Especialização: Gestão Judiciária Estratégica - Centro Federal de Educação Tecnológica de Mato Grosso (CEFET-MT) - 2007. Mestrado: Psicologia Social - Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) - 2007. Luciano Gamez - Organizador da publicação Graduação: Psicologia - Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - Universidade de Lisboa (FPCE-UL) - 1992. Mestrado: Engenharia Humana - Universidade do Minho (UMINHO) - 1998. Doutorado: Engenharia de Produção - Área de concentração: Ergonomia - Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) - 2004. Ricardo Leite de AlbuquerqueGraduação: Licenciatura em Educação Física e Técnica de desporto - Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - 1976. Especialização: Aperfeiçoamento em Informática Aplicada à Educação - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) - 1987. Mestrado: Educação - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) - 1999. Yaeko Ozaki Graduação: Psicologia - Universidade São Francisco (USF) - 1992. Especialização: Administração de Recursos Humanos - Universidade São Judas Tadeu (USJT) - 1993.Mestrado: Clínica Médica - Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (UNI-CAMP) - 2008.
  • 7. SumárioFamília e Sociedade Tema 1 - Mudanças Estruturais, Política Social e Papel da Família ............................... 15 Tema 2 - Novas Propostas e Dinâmica da Família ........................................................ 22 Tema 3 - Transformações Econômicas e Sociais no Brasil dos Anos 1990 e seu Impacto no Âmbito da Família ............................................................ 28 Tema 4 - A Família, a Criança e o Adolescente ........................................................... 34 Tema 5 - Família - e as Situações Vivenciadas por seus Membros ................................ 41 Tema 6 - Família e Trabalho........................................................................................ 48 Tema 7 - Programas de Atendimento à Família........................................................... 55 Tema 8 - O Assistente Social e o Trabalho com Famílias .............................................. 61Serviço Social na Contemporaneidade Tema 1 - Preleções sobre a Gênese do Serviço Social .................................................. 79 Tema 2 - A Especificidade do Serviço Social ................................................................ 86 Tema 3 - O Serviço Social e as Políticas Sociais ........................................................... 93 Tema 4 - A Natureza Subalterna do Serviço Social .................................................... 100 Tema 5 - O Objeto do Serviço Social ........................................................................ 107 Tema 6 - Particularidades do Serviço Social .............................................................. 114 Tema 7 - Teoria e Prática no Serviço Social ............................................................... 120 Tema 8 - Demandas Profissionais do Serviço Social ................................................... 126
  • 8. Tecnologias da Informação e da Comunicação Tema 1 - A Relação entre a Tecnologia e a Comunicação ......................................... 142 Tema 2 - O Fenômeno Técnico e suas Particularidades no Âmbito da Comunicação e da Cultura Contemporânea .................................................................... 148 Tema 3 - A Tecnologia da Informação e a Utilização de suas Ferramentas Computacionais no Apoio à Atuação Profissional do Assistente Social ....... 155 Tema 4 - Mídia e Questão Social: o Direito à Informação como Direito Humano ....... 162 Tema 5 - A Indústria Cultural e seus Produtos Midiáticos .......................................... 169 Tema 6 - Configurações Midiáticas da Globalização: Hegemonia e Monopólios ....... 176 Tema 7 - A Blogosfera e as Alternativas à Comunicação Hegemônica ...................... 182 Tema 8 - O Assistente Social na Era das Comunicações ............................................ 189Leitura e Produção de Textos Tema 1 - Leitura, Texto e Sentido ............................................................................. 204 Tema 2 - Texto e Contexto ....................................................................................... 212 Tema 3 - Texto e Intertextualidade ........................................................................... 221 Tema 4 - Coerência Textual: um Princípio de Interpretabilidade ................................ 231Desenvolvimento Pessoal e Profissional Tema 1 - Você no Mundo ........................................................................................ 253 Tema 2 - Você com os Outros .................................................................................. 259 Tema 3 - Você e a Empregabilidade.......................................................................... 267 Tema 4 - Você Conquistando Oportunidades ........................................................... 275
  • 9. Família eSociedadeAutoras:Ana Lúcia Américo AntônioHelenrose Aparecida da Silva Pedroso Coelho
  • 10. Família e SociedadeOrientações de estudoCaro(a) aluno(a),Este Caderno de Atividades foi elaborado com baseno livro “Política social, família e juventude”, deMione A. Sales, Maurílio C. de Matos e Maria Cris-tina Leal (Org.), Editora Cortez, 2004, PLT 267.Ele é composto de oito temas:Tema 1Mudanças Estruturais, PolíticaSocial e Papel da FamíliaAborda os conteúdos situados no capítulo 1, pp.25-42 do PLT. Você observará de onde se originou a família e sua contextualização histórica para compreender asmudanças sofridas na estrutura familiar.Você vai aprender sobre a redescoberta da família como fonte privada de bem-estar social, que desde 1970 vemsendo reconhecida como importante agente privado de proteção social. Esse fato é desencadeador da previsãonas agendas governamentais de medidas de apoio familiar, com especificidades ao atendimento a crianças e ado-lescentes, tanto como serviços de aconselhamento, acompanhamento e apoio, como auxílio material em diversostipos de programas para a família e seus membros.Para melhor compreensão do assunto, você verá os modelos de família existentes e conhecerá os principais teóri-cos do tema, além de poder se aprofundar nos vários conceitos existentes.Tema 2Novas Propostas e Dinâmica da FamíliaAborda os conteúdos situados no capítulo 2, pp. 43-59 do PLT. Neste tema, você estudará a abordagem dofuncionamento interno da família e suas conexões com o mundo exterior: as grandes transformações ocorridasno âmbito da família, a diversidade dos arranjos familiares; a centralidade da identidade materna no contextodos serviços de proteção infantil; a importância da construção de um novo olhar sobre a família, novas relaçõese serviços a serem disponibilizados.Entenderá o que são papéis sociais e quais são as principais funções da família, ao conhecer o ciclo familiar. Alémdisso, estudará a questão da construção da identidade do indivíduo a partir da família.Tema 3Transformações Econômicas e Sociais no Brasil dos Anos 1990 e seuImpacto no Âmbito da FamíliaAborda os conteúdos situados no capítulo 4. A realização das atividades deste tema enfoca as associações estatís-ticas entre os eventos de saúde-doença e possíveis causas, incluindo as variáveis circunstanciais.12
  • 11. Você estudará as variáveis relacionadas ao tempo, ao espaço e à pessoa, entendendo as circunstâncias sob asquais são iniciados e originados os processos saúde-doença na população.Conhecer os fatores determinantes causais ajudará você a entender determinadas doenças. Por fim, verá aimportância do perfil epidemiológico no Sistema Único de Saúde (SUS), incluindo a Lei Orgânica da Saúde.(Lei nº 8.080, de 19/09/90)Tema 4A Família, a Criança e o AdolescenteAborda os conteúdos situados no capítulo 2, parte II do PLT. Tece algumas considerações sobre a família, a criançae o adolescente, com principal ênfase nos adolescentes e no cumprimento de medidas socioeducativas. Discorretambém o contexto da violência infantojuvenil na atualidade. Aborda as mudanças ocorridas no cenário da políti-ca de atendimento a crianças e adolescentes, principais avanços e discussões, bem como o perfil e a visão dos pro-fissionais que atuam nas instituições de atendimento à criança e ao adolescente em situação de vulnerabilidade.Para melhor aproveitamento e compreensão do tema em pauta, leia também o Estatuto da Criança e do Adoles-cente (ECA), para correlacionar a temática à aplicabilidade da norma.Tema 5Família - e as Situações Vivenciadas por seus MembrosAborda os conteúdos postados no portal (textos - A família e a pessoa com deficiência - A família e a pessoaidosa). Este tema versa sobre a importância e o papel da família em situações como as descritas, a importânciada aceitação e do conhecimento, por parte da família, de situações consideradas difíceis, o conhecimento comoinstrumento necessário para a efetivação de direitos, bem como lidar melhor com a situação apresentada e darsuporte adequado a seus membros. Por fim, você conhecerá as principais legislações e serviços de atendimentoa esse público-alvo.Para melhor aplicabilidade dos conhecimentos, é necessário, ainda, consultar a Lei Orgânica da Assistência Social(LOAS), o estatuto e demais legislações referentes à pessoa idosa e à pessoa com deficiência.Tema 6Família e TrabalhoAborda os conteúdos situados no capítulo 3 da parte II, pp. 131-146, do PLT. Neste tema, você verá as interfacesentre a família e o trabalho e entenderá as relações entre os dois conceitos. O processo de institucionalização dosistema de educação profi ssional para a formação do jovem trabalhador, em função das demandas exigidas pelomercado profi ssional. A importância da qualifi cação profi ssional para inserção no mercado de trabalho.O trabalho é fundamental para o desenvolvimento humano, da mesma forma que a família é parte vital dessedesenvolvimento. Daí a importância de se compreender como se dão as ligações entre esses dois grandes pilaresda vida social contemporânea. 13
  • 12. Tema 7Programas de Atendimento à FamíliaAborda os conteúdos postados no portal (texto principal - Programas de atendimento à família). Inicialmenteconceitua o que é rede, sua importância no trabalho com famílias, exemplificando alguns serviços componentesda rede socioassistencial. A seguir, discorre sobre a origem dos programas sociais e sobre alguns cuidados que osusuários precisam ter para não se tornarem reféns de programas sociais.Você estudará os principais programas de atendimento à família, objetivos, condicionalidades, público-alvo e áreade abrangência, equipe mínima de referência, bem como a correlação dos serviços com a política de AssistênciaSocial, os Centros de Referência de Assistência Social. (CRAS) e os Centros Especiais de Referência Social (CREAS).Verá, também, a diferença dos serviços disponibilizados pelos CREAS e CRAS.Tema 8O Assistente Social e o Trabalho com FamíliasAborda os conteúdos situados no posfácio, pp. 261-313 do PLT. Discorre sobre os desafios do trabalho do assis-tente social na área sócio-jurídica, expõe particularidades sobre prática profissional com crianças e adolescentesno poder e ressalta a importância da linguagem escrita e verbal como instrumento básico do assistente social.Você verá, também, os principais instrumentais técnicos operativos utilizados pelo profissional de Serviço Social naatuação do trabalho com famílias, bem como sua aplicabilidade e importância no atendimento profissional.A seguir, o tema enfoca os processos de atendimento do assistente social e, por fim, versa sobre a importância dotrabalho interdisciplinar e multidisciplinar.Para compreender melhor este tema, é importante também que você consulte o Código de Ética do Profissionalde Serviço Social, bem como o texto de apoio postado no ambiente.ATENÇÃO! As respostas para as atividades deste caderno estão disponíveis no ambientevirtual do curso. Consulte seu tutor presencial para mais informações.14
  • 13. Tema 1Mudanças Estruturais, Política Social e Papelda FamíliaObjetivos de aprendizagem• Conceituar a origem e a historicidade da família.• Entender definições e conceitos da família.• Compreender o papel, a estrutura e as funções desempenhadas pela família.Para início de conversaNesta disciplina, você estudará os conceitos de “Família e So-ciedade”, temas interessantes e importantes para a sua for-mação como assistente social. A família é considerada a espi-nha dorsal da sociedade e passa, no decorrer da história, portransformações contínuas que demandam o redirecionamen-to das políticas públicas, bem como definições e conceitos.Nas atividades aqui propostas, você vai refletir sobre a histo-ricidade da família, modelos de estrutura, funções, papéis fa-miliares, bem como sobre conceitos e definições necessáriasao entendimento do tema.Para subsidiá-lo melhor no estudo do tema, você encontra-rá também alguns textos postados no ambiente virtual deaprendizagem, além do Livro-Texto “Política Social, Família eJuventude”. Bom estudo!Por dentro do temaA origem etimológica da palavra família deriva do vocábulo latino famulus. Sig-nifica escravo doméstico, o que pressupõe que, primitivamente, se considerava afamília como o conjunto de escravos ou servos de uma mesma pessoa. Isso nos re-mete à compreensão da natureza possessiva das relações familiares entre os povosprimitivos.Estudos apontam que, originalmente, as famílias se organizavam sob a forma ma-triarcal, consequência da vida nômade dos povos primitivos. Nessa época, os ho-mens ainda desconheciam as técnicas do cultivo da terra e precisavam sair em bus-ca de alimento. As mulheres permaneciam com a prole, que crescia praticamentesob exclusiva influência da genitora. Em tal situação preponderava genuinamentea figura materna e, em certas sociedades matriarcais, essas mulheres detinham o direito de propriedade além decertos privilégios políticos. 15
  • 14. Da divisão das obrigações, oriunda do desenvolvimento da agricultura, teria originado a família patriarcal, cria-da sob a autoridade absoluta do patriarca ou “chefe da família” que, na maioria das vezes, vivia em um regimepoligâmico. As mulheres eram isoladas em locais chamados de gineceus e haréns.A família monogâmica, modelo da civilização do Ocidente, cujas origens se encontram ligadas à ideia de posseao longo do processo civilizatório, tinha a fidelidade como condição exigida para o reconhecimento dos filhos etransmissão hereditária da propriedade. Esse modelo de família é predominante no mundo ocidental até os diasatuais.Assim, a instituição família se consolidou na antiga aristocracia, não por laços afetivos, mas visando à questãoeconômica - a maior preocupação era assegurar que o poder aquisitivo não saísse das mãos de seus membros.No texto “Contextualizando a família”, postado no ambiente virtual de aprendizagem, você encontrará a explica-ção detalhada de cada um desses modelos de estrutura familiar.A família funciona como agente educador, exercendo função socializadora na transmissão da herança cultural esocial durante os primeiros anos de vida da criança, preparando-a para o ingresso na sociedade. As funções dafamília podem ser divididas em biológicas, psicológicas e sociais. Apesar dessa divisão, não há como estudá-laseparadamente.A função biológica da família é garantir a sobrevivência da espécie com cuidados dispensados aosrecém-nascidos. As funções psicossociais são o alimento afetivo, que faz o desenvolvimento do indivíduo psi-quicamente saudável. São essas funções que, quando bem desempenhadas, darão sustentabilidade e apoio aosindivíduos nos momentos de crise e anseios humanos. Quanto às funções sociais, não só é possível inferir atransmissão das questões culturais, como também a preparação para o exercício da cidadania. Assim, se os paisinfluenciam o comportamento do filho, este também interfere nas atitudes dos pais. Tal processo é chamado deretroalimentação.Anotações___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________16
  • 15. Família e Sociedade Tema 1 - Atividades Atividades Assim, com base nessas definições e no que foi estudado na aula interativa, escreva o que você entendeu sobre o conceito de família e a sua importância para a estrutura social. INSTRUÇÕES ____________________________________________ ____________________________________________ Lembre-se de que para responder às questões você precisa ler o PLT e os textos postados no ____________________________________________ ambiente virtual de aprendizagem. ____________________________________________ As questões de números 1 e 5 deverão ser fei- ____________________________________________ tas individualmente. Já as questões 2, 3 e 4 de- ____________________________________________ verão ser feitas em grupo de cinco alunos. E as ____________________________________________ questões 6, 7, 8, 9 e 10 são atividades a serem realizadas naqueles horários que você tem para ____________________________________________ estudo individual. ____________________________________________ ____________________________________________ Ponto de partida Questão 2 Discuta a relação entre o papel da Família e da Escola com relação à educação e comente como Faça uma reflexão em grupo. Reúna-se com o Estado interfere nesse processo. Será que a fa- seus colegas (no máximo cinco alunos). Cada mília e a escola estão cumprindo adequadamen- integrante deve, primeiramente, ler, sozinho, o te seus papéis na formação da cidadania? Escre- seguinte texto: va um texto de aproximadamente 10 linhas. O termo família é derivado de famulus (escravo ____________________________________________ doméstico). Foi uma expressão inventada pelos ____________________________________________ romanos para designar um novo organismo so- ____________________________________________ cial que surge entre as tribos latinas ao serem introduzidas à agricultura e à escravidão legal. ____________________________________________ Esse novo organismo se caracteriza pela presen- ____________________________________________ ça de um chefe que mantinha, sob seu poder, os ____________________________________________ filhos e certo número de escravos, o poder de ____________________________________________ vida e morte sobre todos eles e um número de escravos, com poder de vida e morte sobre eles ____________________________________________ - paterpolistas. (ENGELS, 2000) ____________________________________________ Atenção! Hora de organizar as ideias. ____________________________________________ Selecione o tema central a que o autor está se referindo. ____________________________________________ Agora é com você! Responda às questões a ____________________________________________ seguir para conferir o que aprendeu. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 1 ____________________________________________ ____________________________________________ A partir da definição do Dicionário Aurélio da ____________________________________________ Língua Portuguesa, você tem os seguintes con- ceitos sobre família: 1. Pessoas aparentadas que ____________________________________________ vivem geralmente na mesma casa, particular- ____________________________________________ mente o pai, a mãe e os filhos. 2. Pessoas do ____________________________________________ mesmo sangue. 3. Origem, ascendência. ____________________________________________ 17
  • 16. Tema 1 - Atividades Família e SociedadeDe onde vem o conceito apresentado no texto?____________________________________________ Questão 3________________________________________________________________________________________ Quais são os 4 modelos mais importantes da es-____________________________________________ trutura familiar?____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________Como surgiu o conceito dentro desse povo? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Questão 4________________________________________________________________________________________ Faça esta atividade em grupo de cinco alunos. O____________________________________________ grupo deve escolher, de acordo com a resposta____________________________________________ da pergunta 3, um modelo de família. A partir daí, cada grupo elabora e dramatiza o diálogo____________________________________________ dentro dessa família. Depois de pronto, cada____________________________________________ grupo apresenta, aos demais, o diálogo que ela-____________________________________________ borou, conforme os padrões exigidos pela so-____________________________________________ ciedade da época que escolheu. A turma toda escolherá qual foi o melhor diálogo, ou seja, o mais adequado ao período e aos moldes da fa-Como era organizada a família? mília da época.____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________18
  • 17. Família e Sociedade Tema 1 - Atividades Atividades de estudo individual: Questão 5 ____________________________________________ ____________________________________________ Relacione os itens numerados com as alternati- ____________________________________________ vas de acordo com as características da família, ____________________________________________ após a leitura do texto postado no ambiente ____________________________________________ virtual de aprendizagem intitulado “Contextua- ____________________________________________ lizando a família”: ____________________________________________ (1) Família aristocrática ____________________________________________ (2) Família burguesa ____________________________________________ (3) Família camponesa ____________________________________________ (4) Família trabalhadora ____________________________________________ ( ) A alta fertilidade, a alta mortalidade e a bai- xa expectativa de vida. ( ) O marido era chefe dominante e provia o sustento da família. A esposa era considera- da ser não pensante e menos capaz, zelava Questão 7 apenas do lar e, em alguns casos, com a aju- da de criadas. (UEM, 2010). “O casamento é assim há cerca de ( ) A autoridade social não estava embutida na três mil anos. A monogamia surgiu com a famí- figura do pai, mas na própria aldeia. lia para garantir a manutenção da herança nas mesmas mãos. A relação fora do casamento era ( ) As esposas eram figuras altivas, mas suas um crime inadmissível - o adultério. Mas só para funções principais eram as de conceber fi- as mulheres, pois o marido não podia correr o lhos e organizar a vida social. risco de ter um filho bastardo. Os homens não ( ) O casamento trouxe para esse grupo o con- tinham esse problema. Sempre se sabe quem é flito que oscila entre as necessidades da pre- a mãe de uma criança. Já o pai precisou esperar servação da acumulação de capital e o valor até a Ciência desenvolver os testes com base no de escolha individual. DNA para ter certeza de que o filho é seu”. (OLI- ( ) As relações entre pai e filho não continham VEIRA, 1997, p. 30) intimidade ou intensidade emocional. Considerando o texto acima e seus conhecimen- ( ) As sanções eram impostas com castigos físi- tos sobre a instituição família, assinale o que for cos. correto. a) Os laços de parentesco são estabelecidos a partir da consanguinidade ou do casamen- to. Questão 6 b) Em determinados contextos, o crime de adultério serviu para penalizar e expor as A partir da leitura do capítulo 1 do Livro-Texto mulheres a severos julgamentos sociais so- “Mudanças estruturais, política social e papel da bre sua idoneidade moral. família: crítica ao pluralismo de bem-estar”, de c) Os modelos de família patriarcais não in- Potyara Amazoneida Pereira Pereira, responda fluenciaram a formação social e cultural das às seguintes indagações: sociedades ocidentais. a) A partir dos anos 1970, quais são as medidas d) A família é uma instituição social estática, de apoio familiar mais adotadas pelos go- e os exames de DNA são recursos modernos vernos? que dificilmente são utilizados para definir a b) Quais as críticas encontradas no texto em paternidade. relação às políticas neoliberais de proteção e) Nas sociedades ocidentais, as uniões mo- social adotadas atualmente? nogâmicas são instituições que auxiliam a perpetuação das heranças em uma mesma unidade familiar. 19
  • 18. Tema 1 - Atividades Família e Sociedade Essa posição social inicial determinará, emQuestão 8 grande parte, as oportunidades e recompen- sas ao seu alcance. De modo geral, a criança absorve um conjunto de interesses, valores eA família é uma instituição que contribui para a costumes que são próprios do grupo de sta-reprodução social. tus da família, que a manterá nessa posiçãoEsta afirmação é: e lhe dificultará o acesso a outras posições.a) Falsa, porque é no seio da família que se ge- IV. A função assistencial diz respeito aos cuida- ram e se educam os filhos. dos que a família dispensa na infância, nasb) Falsa, porque atualmente a família já não é doenças e na velhice. Em todas as socieda- o principal agente de socialização. des, a família é basicamente responsável pela proteção física, econômica e psicológi-c) Verdadeira, porque as instituições visam à ca de seus membros. aceitação e à manutenção da ordem social. V. Sobre a função econômica, em muitas socie-d) Falsa, porque as instituições não intervêm dades, do ponto de vista econômico, a famí- ativamente no processo de socialização. lia se constitui numa unidade de produção além de consumo. Nas sociedades modernas, a família se constitui mais como unidade deQuestão 9 consumo do que de produção. Nas regiões onde predomina uma economia agrária, a família trabalha em conjunto, constituindoDe acordo com Dias (1997, pp. 92-93), como uma unidade que produz bens e serviços ne-instituição social, a família preenche várias fun- cessários para o seu sustento.ções em qualquer sociedade. A natureza dessas Assinale a alternativa correta:funções e o nível de desempenho variam de a) Somente as afirmativas I, II e III sãosociedade para sociedade. As funções mais im- verdadeiras.portantes exercidas pela família são: a biológi-ca, a de socialização, a social, a assistencial e a b) Somente as afirmativas IV e V sãoeconômica. No que diz respeito a essas funções, verdadeiras.considere as afirmativas abaixo. (IESES 2009) c) Somente as afirmativas I, IV e V sãoI. A função biológica está relacionada com a verdadeiras. reprodução da espécie e com a satisfação d) As afirmativas I II, III, IV e V são verdadeiras. das necessidades sexuais (relação sexual). Em muitas sociedades, a satisfação sexual fora do casamento é muitas vezes tolerada, já a procriação raramente é aprovada fora Questão 10 da família.II. A função social é uma das mais importantes Leia atentamente o seguinte trecho: funções da família, preparando o ingresso As famílias enfrentam e lidam com problemas da criança na sociedade. Refere-se à trans- trazidos pelo meio ambiente e pela cultura de missão da herança social e cultural por meio nossa época: a influência da escola, dos meios da educação dos filhos. Por um período sig- de comunicação de massa, dos apelos da socie- nificativo após o nascimento, a família é o dade de consumo (as muitas variantes de drogas único grupo com o qual a criança tem um oferecidas para consumo). Há, também, os pro- contato mais frequente e exerce uma impor- blemas surgidos em consequência da variedade tante função socializadora por intermédio de concepções de sexualidade correntes e da da transmissão da linguagem, usos, costu- difusão de padrões de comportamento sexual mes, valores crenças etc. mais “liberais” (casamentos homossexuais). Adi-III. A função de socialização diz respeito ao pa- cionem-se a isso as dificuldades surgidas com as pel que a família exerce ao determinar o sta- novas imagens da criança. Por um lado, a visão tus inicial do indivíduo. Cada criança começa psicanalítica, que trata a criança como um adul- a vida com o status e classe da sua família. to em miniatura. Por outro, a criança autônoma20
  • 19. Família e Sociedade Tema 1 - Atividades e independente que deve ser compreendida em • O artigo de Engels, A origem da família, da sua singularidade, conforme mandam os princí- propriedade privada e do Estado. Disponível pios da pedagogia moderna. Com base na afir- em: <http://www.dhnet.org.br/direitos/anthist/ mação acima, escreva como será a intervenção marcos/hdh_engels_origem_propriedade_ do assistente social quando tiver de trabalhar privada_estado.pdf>. Acesso em: 23 set. 2010. É com famílias. um texto muito esclarecedor no tema da família ____________________________________________ e sua origem. ____________________________________________ • O vídeo que aborda o tema Terapia de Família. Disponível em: <http://www.youtube. ____________________________________________ com/watch?v=BI4DPQiUSW4>. Acesso em: 23 ____________________________________________ set. 2010. ____________________________________________ • O filme Um homem de família, (Family Man), ____________________________________________ de Brett Ratner, com: Nicolas Cage, Téa Leoni, ____________________________________________ Josef Sommer, Jeremy Piven , Don Cheadle. Si- nopse: entediado com sua vida de solteiro, em ____________________________________________ um belo dia, um investidor frustrado acorda e ____________________________________________ se vê casado com sua namorada de colégio e pai ____________________________________________ de duas crianças. É quando ele começa a ver a sua vida sob outra perspectiva, que nunca havia imaginado antes. AMPLIANDO O CONHECIMENTO Você quer saber mais sobre esse assunto? Então consulte: FINALIZANDO • O site da MultiRio - Empresa Municipal de Neste tema, você conheceu a origem histórica Multimeios, vinculada à Prefeitura do Rio de da família, bem como as transformações pelas Janeiro. Disponível em: <http://multirio.rio. quais ela passou. Percebeu que a família nem rj.gov.br/familia/index.php?option=com_k2&v sempre foi da forma que hoje se apresenta. É iew=itemlist&layout=category&task=category importante que você seja capaz de contextuali- &id=14&Itemid=18>. Acesso em: 23 set. 2010. zar historicamente e identificar a função social O site trata de temas relacionados à família, à da família. Você entendeu e conseguiu alcançar escola e à parceria necessária entre eles. esse objetivo? • O site do Observatório da Infância. Dispo- nível em: <http://www.observatoriodainfancia. com.br>. Acesso em: 23 set. 2010. O site aborda questões relacionadas à criança, como maus Anotações tratos, bullying, trabalho infantil, violência e drogas. ____________________________________________ • O site do Ministério da Saúde para conhe- ____________________________________________ cer o Programa Saúde da Família. Disponí- ____________________________________________ vel em: <http://portal.saude.gov.br/portal/saude/ ____________________________________________ cidadao/area.cfm?id_area=149.> Acesso em: 23 ____________________________________________ set. 2010. Nele, você encontrará os objetivos do Programa e conhecerá suas estratégias e seu ____________________________________________ funcionamento. ____________________________________________ • O site da Associação Saúde da Família. ____________________________________________ Disponível em: <http://www.saudedafamilia. ____________________________________________ org/index.htm>. Acesso em: 23 set. 2010. ____________________________________________ Nele, você conhecerá os programas e projetos ____________________________________________ da Associação, bem como temas referentes à gravidez na adolescência, HIV-DST, saúde ____________________________________________ mental, entre outros assuntos. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 21
  • 20. Tema 2Novas Propostas e Dinâmica da FamíliaObjetivos de aprendizagem• Conceituar os diferentes ciclos da família.• Entender a família em suas diferentes etapas de formação e procriação.• Compreender a importância da família na construção do indivíduo.Para início de conversa O tema para as atividades propostas se refere ao funciona- mento e à dinâmica da família, ou melhor, como ela se or- ganiza, quem são os personagens que a compõem, como eles se relacionam no dia a dia, quais as estruturas de poder existentes. Maior foco será dado para a família do século XX, a família como é conhecida, organizada na era do capital e do traba- lho. Você já parou para pensar que todos nós temos um ideal de família formado? Você tem uma imagem adquirida de como é uma família, de como ela funciona? De onde vem essa ima- gem? Você entenderá, primeiramente, o conceito de repre- sentação social.Por dentro do temaO conceito de representação social foi desenvolvido por Moscovici, nos anos 1960,quando se interessou pelo estudo dos conceitos da Psicanálise, de como eles foramapropriados e como estavam sendo utilizados para tecer opiniões dentro de umgrupo de pessoas. A partir desse estudo, observou-se que cada pessoa ou cadagrupo constrói suas próprias definições de mundo, interpretando a realidade à suamaneira. Assim, a definição de Moscovici: Por representação social entendemos um conjunto de conceitos, proposições e explicações, originado na vida cotidiana no curso de comunicações inter- pessoais. Elas são o equivalente, em nossa sociedade, dos mitos e sistemas de crenças das sociedades tradicionais; podem também ser vistas como a versão contemporânea do senso comum. (Mocosvici, 1996)Vale salientar que a família tem uma dinâmica de transformação no tempo e no espaço, não é mesmo? Nos sé-culos XIX e XX, a família nuclear, composta de pai, mãe e filhos coabitantes do mesmo domicílio, passa a ser omodelo vigente.22
  • 21. Existem também famílias com uma estrutura de pais únicos ou monoparental. A família ampliada ou consan-guínea é outra estrutura, que consiste na família nuclear, mais os parentes diretos ou colaterais, existindo umaextensão das relações entre pais e filhos para avós, pais e netos. Para além dessas estruturas, existem também asdenominadas famílias alternativas, sendo elas as famílias comunitárias e as famílias homossexuais.Anotações________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 23
  • 22. Tema 2 - Atividades Família e Sociedade Atividades Filha de família, se não casa, papai, mamãe não dão nenhum tostão. Família ê, família á, família... Família, família, vovô, vovó, sobrinha. INSTRUÇÕES Família, família, janta junto todo dia, nunca As questões de números 1, 2, 3, 4 e 5 devem ser perde essa mania. feitas individualmente. Já as questões 6, 8, 9 e Mas quando o nenê fica doente, procura uma 10 são atividades a serem realizadas naqueles farmácia de plantão. horários que você tem para estudo a distância. O choro do nenê é estridente, assim não dá pra E a questão 7 deve ser respondida em grupo de ver televisão. cinco alunos. Família ê, família á, família... Família, família, cachorro, gato, galinha. Família, família, vive junto todo dia, nunca per- Ponto de partida de essa mania. A mãe morre de medo de barata, o pai vive com medo de ladrão. Reflita sobre o que é dinâmica familiar. Justifi- que sua resposta dizendo qual a importância da Jogaram inseticida pela casa, botaram cadeado família na formação do indivíduo. A resposta no portão. deve ser na forma de um texto de aproximada- Família ê, família á, família...” mente 10 linhas. Que tipo de família a música está retratando? ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu. Questão 2 Assinale a alternativa ERRADA: Questão 1 ( ) Família ampliada ou consanguínea que con- siste na família nuclear, mais os parentes di- retos ou colaterais, existindo uma extensão Leia a letra da música “Família”, do grupo mu- das relações entre pais e filhos para avós, sical Titãs, e reflita sobre a questão apresentada pais e netos. a seguir. A letra foi escrita em 1986 e contém o ( ) Família com uma estrutura de pais únicos é seguinte texto: chamada de monoparental, tratando-se de “Família, família, papai, mamãe, titia. uma variação da estrutura nuclear tradicio- Família, família, almoça junto todo dia, nunca nal devido a fenômenos sociais, como o di- perde essa mania. vórcio, óbito, abandono de lar, ilegitimidade Mas quando a filha quer fugir de casa, precisa ou adoção de crianças por uma só pessoa. descolar o ganha-pão. 24
  • 23. Família e Sociedade Tema 2 - Atividades ( ) Família nuclear é a composta por pai, mãe e ____________________________________________ filhos coabitantes do mesmo domicílio e é o ____________________________________________ modelo vigente na atualidade. ____________________________________________ ( ) Família tradicional extensa é resultado do ____________________________________________ enfraquecimento da família nuclear, em razão do processo de industrialização e ur- ____________________________________________ banização, que colocou um fim ao trabalho ____________________________________________ escravo e iniciou a necessidade de se dividir ____________________________________________ a tarefa de cuidado dos filhos, com outras ____________________________________________ instituições, como a escola, por exemplo. ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 3 Qual é a principal função da família? E quais são Questão 5 os novos tipos de família? ____________________________________________ (SEC. EDUCAÇÃO - SP, 2009). Por socialização entendemos o processo: ____________________________________________ a) Por meio do qual o indivíduo aprende a ser ____________________________________________ um membro da sociedade. ____________________________________________ b) De divisão da riqueza social produzida pelos ____________________________________________ homens. ____________________________________________ c) De construção de laços de afetividade. ____________________________________________ d) De constituição de grupos sociais. ____________________________________________ e) De transformação da comunidade em socie- ____________________________________________ dade. ____________________________________________ Questão 6 Questão 4 Leia o texto a seguir: Veja a seguinte pesquisa realizada: “[...] os le- (UEM, 2008). “Desde o início, a criança desen- vantamentos feitos, tendo como parâmetro os volve uma interação não apenas com o próprio resultados em avaliações nacionais do MEC e os corpo e o ambiente físico, mas também com ou- índices de aprovação e evasão, mostram que o tros seres humanos. A biografia do indivíduo, aluno já chega à escola com diferenças que fa- desde o nascimento, é a história de suas rela- zem com que ele tenha resultados maiores ou ções com outras pessoas. Além disso, os compo- menores, ou seja, sua condição e estrutura fami- nentes não sociais das experiências da criança liar já o colocam em vantagem ou desvantagem estão entremeados e são modificados por ou- desde o início do ensino fundamental. No en- tros componentes, ou seja, pela experiência so- tanto, o fato de ter cursado a educação infantil cial.” (BERGER, P. L. e BERGER, B., 1977). já reduz ano a ano essas diferenças. Esse dado Você poderá concluir do texto que: corrobora a opinião de uma série de organiza- a) Os indivíduos, desde o nascimento, são in- ções e educadores que têm, nos últimos anos, fluenciados pelos valores e pelos costumes brigado pela valorização do ensino infantil e que caracterizam sua sociedade. pela abertura de mais vagas na escola para essa faixa etária, considerada não obrigatória por b) A relação que a criança estabelece com o seu lei”. Quais as medidas que podem ser tomadas corpo não deveria ser do interesse das ciên- pelo Poder Público para sanar esse problema? cias biológicas, mas apenas da Sociologia. 25
  • 24. Tema 2 - Atividades Família e Sociedade c) O fenômeno tratado pelo autor correspon- modelo de assistência às famílias, enfocando a de ao conceito de socialização, que designa interferência do Estado na família. o aprendizado, pelos indivíduos, das regras ____________________________________________ e dos valores sociais. ____________________________________________ d) As experiências individuais, até mesmo ____________________________________________ aquelas que parecem mais relacionadas às nossas necessidades físicas, contêm dimen- ____________________________________________ sões sociais. ____________________________________________ e) O desconforto físico que uma criança sente, ____________________________________________ como a fome, o frio e a dor, pode receber ____________________________________________ dos adultos distintas respostas de satisfação, ____________________________________________ dependendo da sociedade na qual eles es- tão inseridos. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 7 ____________________________________________ ____________________________________________ Atividade em grupo: Organize-se para realizar ____________________________________________ uma dinâmica de grupo. ____________________________________________ “A família que tenho” ou “A família que gosta- ria de ter”. ____________________________________________ Objetivo: perceber as semelhanças e diferenças ____________________________________________ entre a família real e a desejada. Instruções: Em um pedaço de papel (folha de ca- derno), faça um traço no meio da folha, escre- vendo, de um lado, “A família que tenho” e, do Questão 9 outro, “A família que gostaria de ter”. Descre- va, individualmente, sua família real e a dese- A partir do texto de Mioto, defina como deve jada, nos locais correspondentes. Depois, forme ser a atuação do governo junto às famílias. subgrupos para a discussão seguinte: ____________________________________________ - Que pontos em comum você encontra entre a ____________________________________________ família que tem e a que gostaria de ter? ____________________________________________ - O que há de semelhante entre sua família e as ____________________________________________ dos demais componentes do subgrupo? ____________________________________________ - O que há de semelhante entre sua família e a que seus companheiros gostariam de ter? ____________________________________________ - O que é possível fazer para aproximar a família ____________________________________________ real da família ideal? ____________________________________________ Ao final, cada subgrupo apresenta as suas con- ____________________________________________ clusões para a sala e debate sobre elas. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 8 ____________________________________________ ____________________________________________ Leia o capítulo 2 do Livro-Texto, Novas propos- ____________________________________________ tas e velhos princípios: a assistência às famí- ____________________________________________ lias no contexto de programas de orientação ____________________________________________ e apoio sociofamiliar, de Regina Célia Tamaso ____________________________________________ Mioto e aponte as transformações ocorridas no 26
  • 25. Família e Sociedade Tema 2 - Atividades • O filme A grande família - O Filme, de Questão 10 Maurício Farias, com os atores Marco Nanini, Marieta Severo, Pedro Cardoso, Guta Stresser e Andréa Beltrão. Reflita sobre a estrutura fami- De acordo com o art. 133 do Código Penal, é cri- liar apresentada no filme. Verifique qual o mo- me abandonar pessoas que estejam sob seu cui- delo de família apresentada e a influência dela dado, guarda, vigilância ou autoridade, e, “por na formação dos indivíduos. qualquer motivo”, incapazes de se defenderem dos riscos resultantes do abandono. Assim, é correto afirmar que a família incide em crime FINALIZANDO ao deixar as crianças sozinhas em casa quando a mãe, pai ou avós têm de sair para o trabalho? Você pode entender como funciona a dinâmi- Qual o papel do assistente social nessa situação? ca da família, ou melhor, como ela se constrói com o passar do tempo, as relações sociais que ____________________________________________ são estabelecidas. O papel da família dentro do ____________________________________________ Estado e como acontece a proteção à família no ____________________________________________ País. Além disso, é fundamental a compreensão ____________________________________________ do papel do assistente social nessas relações. ____________________________________________ Você está conseguindo entender essas refle- xões? ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ AMPLIANDO O CONHECIMENTO ____________________________________________ ____________________________________________ Quer saber mais sobre o assunto? Então consul- te: ____________________________________________ • O artigo de Paulo Luiz Netto Lobo, A ____________________________________________ repersonalização das relações de família. ____________________________________________ Disponível em: <http://jus2.uol.com.br/doutrina/ ____________________________________________ texto.asp?id=5201>. Acesso: em 23 set. 2010. ____________________________________________ Nele, você encontrará uma discussão acerca do termo e da ideia de repersonalização das ____________________________________________ relações civis no âmbito do direito de família. ____________________________________________ • O texto de Ana Maria Goldani, Relações ____________________________________________ intergeracionais e reconstrução do estado de ____________________________________________ bem-estar. Por que se deve repensar essa relação ____________________________________________ para o Brasil? Disponível em: <http://www.ipea. gov.br/sites/000/2/livros/idososalem60/Arq_14_ ____________________________________________ Cap_07.pdf>. Acesso em: 23 set. 2010. O texto ____________________________________________ aborda os conflitos entre gerações e estatísticas ____________________________________________ importantes sobre a família no Brasil. ____________________________________________ • O artigo A relação entre sociedade civil e ____________________________________________ Estado no município de Santa Rosa – RS, de Daviane Aparecida de Azevedo. Disponível em: ____________________________________________ <http://www.webartigos.com/articles/22422/1/A- ____________________________________________ RELACAO-ENTRE-SOCIEDADE-CIVIL-E-ESTADO- ____________________________________________ NO-MUNICIPIO-DE-SANTA-ROSA-RS/pagina1. ____________________________________________ html>. Acesso em: 23 set. 2010. Esse artigo aborda a relação entre Estado e família, numa ____________________________________________ pesquisa realizada em uma cidade brasileira. 27
  • 26. Tema 3Transformações Econômicas e Sociais no Brasildos Anos 1990 e seu Impacto no Âmbito daFamíliaObjetivos de aprendizagem• Conhecer a trajetória histórica da família brasileira.• Compreender as transformações ocorridas na família brasileira.Para início de conversa Neste tema, você conhecerá um pouco sobre a história da família brasileira. Verá como se deram as transformações da família no decorrer dos séculos, compreendendo as caracte- rísticas da família brasileira desde a época colonial até os dias de hoje.Por dentro do temaNo Brasil colonial, na sociedade agrária e escravocrata, a família era consideradaa organização fundamental no desempenho de funções econômicas e políticas.Na segunda metade do século XIX, com a inserção da mulher no mercado detrabalho, acontece a ruptura da então tradicional força de trabalho patriarcal.Já o final do século, com a ampliação e variedade de oportunidades de trabalho ea valorização intelectual, culminou por libertar os filhos da rígida tutela patriarcal.A modernização da família brasileira não adotou os mesmos padrões da forma-ção da classe burguesa existentes em outras sociedades da Europa. O Brasil nãosofreu um processo de industrialização e urbanização tão extenso como os euro-peus e permanece, até certo ponto, com o modelo latifundiário e escravocrata.A forma de pensar ainda era patriarcal, mas chegaram ideias da Europa que produziram um processo de “abur-guesamento”.Expostas aos novos valores, em virtude do seu acesso à educação e ao trabalho, as mulheres, pela primeira vez,começaram a questionar o casamento e o lar. Surge, então, um novo modelo de esposa, mais moderna, maisconsciente, porém, nem por isso, menos dedicada ao lar e à família.Pode-se inferir que tanto o casamento como a família influenciaram e foram influenciados pelas mudanças sociaismais gerais e, principalmente, pelo movimento feminista e que, nas últimas três décadas os acontecimentos emrelação ao casamento absorveram várias transformações, como: a questão de gênero é redefinição dos papéismasculinos e femininos.28
  • 27. Família e Sociedade Tema 3 - Atividades Atividades gação afetiva. Até então, a CDHU só aceitava como beneficiários de seus programas homens e mulheres casados ou registrados em uma união estável”. (Jornal O Estado de São Paulo, Caderno Cidades, 09/08/2008) INSTRUÇÕES Assinale o que for correto sobre esse trecho de Lembre-se de que para a realização das ativida- reportagem e o tema do qual ele trata: des é fundamental ler os textos disponibilizados a) As informações da reportagem autorizam no ambiente virtual de aprendizagem e o PLT. afirmar que a instituição familiar diminuiu Você vai dar início às atividades. As questões de sua importância nas sociedades contempo- números 1, 2, 3, 5, 6 e 8 devem ser feitas indi- râneas. vidualmente. Já as questões 4, 9 e 10 são ativi- b) As mudanças descritas na reportagem mos- dades a serem realizadas naqueles horários que tram que, diferentemente do que afirmam você tem para estudo individual. E a questão 7 muitas teorias sociológicas, a família deixou deve ser respondida em grupo de cinco alunos. de ser a primeira instituição à qual os indiví- duos pertencem. c) A reportagem sobre os novos critérios uti- Ponto de partida lizados pela CDHU para financiar moradias é reveladora do quanto as regras que au- torizam ou proíbem determinados tipos de O que você já vivenciou ou ouviu falar sobre a uniões familiares variam no espaço e no mudança dentro da família nos últimos 20 anos? tempo. Escreva o que você considera mais importante, d) Os novos conceitos de família utilizados justificando sua resposta. pela CDHU permitem concluir que a função ____________________________________________ reprodutiva está deixando de caracterizar, ____________________________________________ centralmente, a instituição familiar. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 2 ____________________________________________ ____________________________________________ Assinale V para as afirmações verdadeiras e F ____________________________________________ para as falsas: ____________________________________________ ( ) Dados estatísticos recentes demonstram que o número de mulheres chefes de família aumentou consideravelmente entre 1996 e Agora é com você! Responda às questões a 2006, passando de 10,3 milhões para 18,5 seguir para conferir o que aprendeu. milhões, no intervalo desse período. ( ) A chegada da urbanização, o início da indus- trialização, a abolição da escravatura, a imi- gração e outros acontecimentos importan- Questão 1 tíssimos provocaram a passagem da família extensa para o modelo conjugal, isso com a prerrogativa das funções afetivas, ocasio- (UEM, 2008). Considere o seguinte texto: “A nando, assim, a ruptura com as funções eco- Companhia de Desenvolvimento Habitacional nômicas e políticas que até então prevale- e Urbano (CDHU) reviu o conceito de família ciam. e, agora, passa a conceder financiamento para ( ) É notório que o tamanho da família brasi- casais homossexuais, solitários com mais de 25 leira diminuiu em todas as regiões nos últi- anos, famílias mononucleares (pais e mães sol- mos tempos: de 4,3 pessoas, por família, em teiros) e anaparentais, como avós e netos, tios 1981, chegou a 3,3 pessoas. Em 2001 o nú- e sobrinhos, irmãos ou primos, assim como para mero médio de filhos por família era de 1,6 uniões baseadas não no parentesco, mas na li- filhos. 29
  • 28. Tema 3 - Atividades Família e Sociedade( ) A modernização da família brasileira adotou ____________________________________________ os mesmos padrões da formação da classe ____________________________________________ burguesa existentes em outras sociedades ____________________________________________ da Europa. O Brasil sofreu o mesmo processo de industrialização e urbanização dos euro- ____________________________________________ peus, abandonando o modelo latifundiário ____________________________________________ e escravocrata. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________Questão 3 ____________________________________________ ____________________________________________Leia o seguinte trecho: “As desigualdades en- ____________________________________________contradas atualmente entre homens e mulhe- ____________________________________________res são algo histórico, socialmente construído ____________________________________________pelas relações de gênero advindas do sistemapatriarcal. A violência contra a mulher, tambémdenominada de violência doméstica ou conju-gal, atinge um grande número de mulheres, e amaioria das agressões acontece no espaço priva- Questão 5do, desencadeadas por seus companheiros. Essetipo de violência, especificamente, pode resul- Observe a seguinte definição:tar de qualquer ato ameaçador, compreenden- “Gênero é um conceito formulado para tentardo ainda agressões físicas, psicológicas, sociais, compreender como se organizam as relaçõessexuais e outras. Nesse sentido, a valorização do sociais que se desenvolvem entre homens e mu-homem e a inferiorização da mulher são atri- lheres. Ao contrário do sexo que, em princípio,buídas aos papéis de gênero”. Como o assisten- pode ser pensado como biologicamente consti-te social pode intervir para auxiliar no equilíbrio tuído, o gênero será sempre uma construção so-e melhoria dessa situação? cial, isto é, as formas como homens e mulheres____________________________________________ comportam-se, pensam, as atividades que exer-____________________________________________ cem, o acesso ao conhecimento, ao poder, en- tre outras, estarão relacionadas a grupos sociais____________________________________________ específicos, de sociedades específicas e em mo-____________________________________________ mentos históricos específicos”. (FEITOSA, 2010)____________________________________________ Considerando esse texto e seus conhecimentos____________________________________________ sobre as relações entre indivíduo e sociedade,____________________________________________ assinale a alternativa ERRADA.____________________________________________ a) Enquanto a biologia determina o sexo, a es- trutura social e a cultura determinam a ex-____________________________________________ pressão dos papéis masculinos e femininos.____________________________________________ b) A construção social do gênero se faz evi- dente na maneira como os pais tratam os filhos, como os professores tratam os alunosQuestão 4 e como os meios de comunicação de massa retratam imagens ideais do corpo. c) As roupas não são artefatos culturais funda-A família atravessa, na história da formulação mentais na formação e expressão das identi-de leis e políticas públicas brasileiras, um mo- dades femininas e masculinas.mento de valorização do seu papel. Inúmeras d) A violência contra homossexuais está assen-iniciativas vêm sendo realizadas na perspectiva tada num conjunto de representações sociaisda garantia do direito à convivência familiar e de forte caráter conservador que consideracomunitária em todo o País. Faça uma pesquisa as relações afetivas entre pessoas do mesmoe escreva quais as novas leis e políticas governa- sexo um comportamento desviante.mentais que protegem a família no Brasil.30
  • 29. Família e Sociedade Tema 3 - Atividades chance de ter um filho do sexo masculino). Por Questão 6 essa razão, outras leis menos restritivas foram consideradas. Uma delas foi: as famílias teriam o direito a um segundo (e último) filho, caso o Descreva o modelo da família no Brasil do sé- primeiro fosse do sexo feminino. Suponha que culo XIX: esta última regra fosse seguida por todas as fa- ____________________________________________ mílias de certo país (isso é, sempre que o primei- ____________________________________________ ro filho fosse do sexo feminino, fariam uma se- gunda e última tentativa para ter um menino). ____________________________________________ Suponha ainda que, em cada nascimento, sejam ____________________________________________ iguais as chances de nascer menino ou menina. ____________________________________________ Examinando os registros de nascimento, após ____________________________________________ alguns anos de a política ter sido colocada em ____________________________________________ prática, seria esperado que: ____________________________________________ a) O número de nascimentos de meninos fosse aproximadamente o dobro do de meninas. ____________________________________________ b) Em média, cada família tivesse 1,25 filhos. ____________________________________________ c) Aproximadamente 25% das famílias não ti- vessem filhos do sexo masculino. d) Aproximadamente 50% dos meninos fossem Questão 7 filhos únicos. e) Aproximadamente 50% das famílias tives- Esta questão deve ser respondida em grupo de sem um filho de cada sexo. cinco alunos. Quais as possíveis consequências oriundas da desestruturação familiar e qual o papel do assistente social nesses casos? ____________________________________________ Questão 9 ____________________________________________ Como está estudando sobre as grandes transfor- ____________________________________________ mações ocorridas na família, faça uma pesquisa ____________________________________________ nos jornais procurando uma notícia que eviden- ____________________________________________ cie essas mudanças e, em seguida, descreva seus ____________________________________________ comentários em 10 linhas. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 8 ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ (ENADE, 2004). Muitos países enfrentam sério problema com seu elevado crescimento popu- ____________________________________________ lacional. Em alguns desses países foi proposta (e ____________________________________________ por vezes colocada em efeito) a proibição de as ____________________________________________ famílias terem mais de um filho. Algumas vezes, ____________________________________________ no entanto, essa política teve consequências trágicas (por exemplo, em alguns países houve ____________________________________________ registros de famílias de camponeses abandona- ____________________________________________ rem suas filhas recém-nascidas para terem outra ____________________________________________ 31
  • 30. Tema 3 - Atividades Família e Sociedade identificação do adolescente. Disponível em:Questão 10 <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php ?pid=MSC0000000082005000200069&script= sci_arttext>. Acesso em: 23 set. 2010. Nele, as(UEM, 2008). Considere a reflexão contida no autoras abordam a família e a sua influência naseguinte texto: “A função biológica de gerar identificação do adolescente.outros seres parecia prender a mulher às leis • O artigo de Sandra Aparecida Serra Zanetti einexoráveis da natureza, torná-la inapta para se Isabel Cristina Gomes, A ausência do princípioalçar ao nível da ‘civilização’ e ser, por excelên- de autoridade na família contemporânea brasi_cia, o fator diferencial dos sexos”. (ALMEIDA, leira. Disponível em: <http://revistaseletronicas.1996). Sobre a temática abordada pela autora, pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/assinale o que for correto: viewFile/3726/4532>. Acesso em: 23 set. 2010.a) Os recentes avanços políticos, econômicos e Nele, você estudará as influências do contexto culturais que favoreceram as mulheres em social e político na estruturação da família nossa sociedade são exemplos das conces- contemporânea. sões feitas pelos homens. • O artigo de Eleniza Viana, Uma análiseb) Fatores biológicos não determinam total- dos diversos arranjos familiares da atuali- mente os papéis de mulheres e de homens dade. Disponível em: <http://www.webartigos. na família. Por exemplo, na sociedade pós- com/articles/40312/1/Uma-analise-dos-diversos- industrial, os filhos são criados, muitas vezes, arranjos-familiares-da-atualidade-/pagina1. por mãe e pai que trocam constantemente html>. Acesso em: 23 set. 2010. O artigo sugerido de papel entre si. é voltado aos novos rearranjos familiares ec) Você pode concluir do texto que, em alguns também ao Serviço Social. contextos, a função reprodutiva da mulher • Assista ao filme Uma lição de amor, de Jessie foi um elemento definidor da sua condição Nelson, com Sean Penn, Michelle Pfeiffer, Laura como indivíduo na sociedade. Dern, Dakota Fanning, Dianne Wiest. O filmed) Embora as mulheres tenham acumulado conta a história de um pai (um homem com conquistas políticas significativas nos últimos deficiência mental) que, ao ter a guarda de sua tempos, o fato de os homens ainda ocupa- filha retirada, recebe a ajuda de uma advogada rem a maioria dos cargos políticos comprova para provar que pode ser responsável por sua que esse é o espaço natural da atuação mas- criação. Escreva a sua opinião sobre o papel da culina. assistente social no filme.e) A divisão sexual do trabalho ocorre em todas as sociedades e é fruto de um processo his- tórico-cultural específico a cada uma delas. É FINALIZANDO em decorrência desse processo que algumas A família é considerada uma das instituições so- atividades profissionais são predominante- ciais mais antigas e suas regras de constituição mente femininas e outras masculinas. são bastante conhecidas. Atualmente, no Brasil, a família experimenta novas formas de orga- nização advindas de um processo de mudançaAMPLIANDO O CONHECIMENTO demográfica e de transformações econômicas eVocê quer saber mais sobre esse assunto? Então sociais, que interferiram diretamente nos seusconsulte: padrões de organização, não somente em ter- mos de tamanho, como também nos aspectos• O artigo de Arlindo Mello Nascimen- institucionais e culturais. As novas realidadesto,População e Família Brasileira. Dispo- familiares se impõem de forma significativa e,nível em: <http://www.abep.nepo.unicamp.br junto com elas, a necessidade de mensuração/encontro2006/docspdf/ABEP2006_476.pdf>. destas formas. Isso ocorre de modo a contribuirAcesso em: 23 set. 2010. Nele, o autor resgata com o conhecimento dos valores que se trans-alguns conceitos de família, sua importância formam, além de fornecer subsídios para políti-como unidade de análise, como questão social, cas públicas voltadas para a família. Até então,seus valores e suas funções. nas pesquisas domiciliares do IBGE, a família é• O artigo de Arnold & Cristofoli, As implica- considerada, primordialmente, para fins de in-ções da família contemporânea no processo de vestigação, como um grupo cuja definição está32
  • 31. Família e Sociedade Tema 3 - Atividades limitada pela condição de residência em um ____________________________________________ mesmo domicílio, existindo ou não entre seus ____________________________________________ membros esses vínculos. Esse aspecto das trans- ____________________________________________ formações sofridas pela família brasileira foi apreendido por você? ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 33
  • 32. Tema 4A Família, a Criança e o AdolescenteObjetivos de aprendizagem• Entender a importância da família na vida de crianças e adolescentes.• Compreender os principais direitos e deveres da família em relação a crianças e adolescentes, em diversas instâncias.Para início de conversa Neste tema, você conhecerá, sucintamente, as principais vio- lações sofridas por crianças e adolescentes - física, psicológi- ca, familiar, sexual - como também crianças e adolescentes em situação de abrigo, adoção, acolhimento institucional. Para melhor compreensão, também serão abordados alguns aspectos inerentes ao período da adolescência e a relação pais e filhos, finalizando com o adolescente autor de ato in- fracional. Ao discorrer sobre todas estas temáticas, é necessário men- cionar um dos dispositivos legais que norteiam, normatizam e amparam crianças e adolescentes em seus direitos e deve- res - o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Assim, não há como falar em atendimento a crianças e adolescentes sem conhecimento do ECA, de vital importância para a práti- ca não só do assistente social, como dos demais operadores do sistema de garantia de direitos.Por dentro do temaA Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 define, em seu art. 226,§ 4º: “Entende-se como entidade familiar a comunidade formada por qualquer umdos pais e seus descendentes”.Essas colocações enfatizam a existência de vínculos de filiação legal, de origem na-tural ou adotiva, independentemente do tipo de arranjo familiar em que as relaçõesde parentalidade e filiação possam estar incluídas, o que nos remete à compreen-são de que não importa se a família é do tipo nuclear, monoparental, reconstituídaou com outras formas de aglutinação.Regulamentando as proposições e demais normativas internacionais, a Lei Federalnº 8.069, de 13 de julho de 1990 (ECA), estabelece sobre a importância da famíliana vida da criança e do adolescente como mecanismo de proteção e defesa dos direitos da criança e do adoles-cente.34
  • 33. Cabe ressaltar que o ambiente familiar tido como local ideal, que proporciona proteção e cuidado, em muitoscasos, também é o local de conflito. Pode até mesmo ser o espaço em que ocorra a violação de direitos da criançae do adolescente. Nesses casos, medidas de apoio à família deverão ser tomadas, bem como outras que se fizeremnecessárias, objetivando assegurar o direito da criança e do adolescente de se desenvolver no seio de uma família.Dentre as situações de violação de direitos vividas por crianças e adolescentes estão a falta ou a fragilização dosvínculos familiares e comunitários, que requerem atenção e medidas interventivas da sociedade e do Estado. Den-tre elas, destacam-se negligência, abandono, violência doméstica e abuso sexual.Assim, o ECA prevê a responsabilização da família e ou/responsáveis em situações que envolvam o descumprimen-to dos direitos de crianças e adolescentes.O ECA estabelece, em seu artigo 92, quanto à excepcionalidade e à provisoriedade do acolhimento institucional,obrigando que se assevere a “preservação dos vínculos familiares e a integração em família substituta, quandoesgotados os recursos de manutenção na família de origem”.O acolhimento institucional para crianças e adolescentes pode ser disponibilizado em diferentes modalidadescomo casa-lar e casa de passagem, abrigos, entre outros. Independentemente da nomenclatura, essas modalida-des de atendimento estão previstas no referido artigo. Lembrando, sempre, que atualmente as recomendaçõescom relação a tais atendimentos são pautados na provisoriedade e normativas estabelecidas no ECA, e não mais,como no passado, os chamados orfanatos, que tinham uma característica definitiva e sem parâmetros de aten-dimento.Muitos pais atuam com rigidez intensa perante seus filhos, gerando conflitos. Outros, com permissividade extre-ma, deixando de orientar o filho num momento tão importante de estruturação de sua personalidade. O adoles-cente quer independência, mas também quer limites e precisa deles.Felizmente, há muitos pais que compreendem a adolescência como um processo na vida do filho, agindo comofacilitadores da vivência desse processo, ou seja, mantendo postura de diálogo, de abertura para com o filho.Winnicott (apud MDS, 2005, p. 68) evidencia que “um ambiente afetivo e continente às necessidades da criançae, mais tarde adolescente, constitui a base para o desenvolvimento saudável ao longo de todo ciclo vital”.Vale ressaltar que nem sempre a família consegue suprir as necessidades de seus membros, isso devido às con-dições precárias de habitação, saúde, escolarização, educação, ou mesmo pela exposição de seus membros aambientes de violência urbana, insalubridade, dentre outros fatores.O lar moderno, na busca de suprir as necessidades de sobrevivência, implica lacunas e papéis suprimidos por estascondições, ocasionando o conflito familiar. A família estaria vivendo um rude impasse em acrescentar novos valo-res e perdendo alguns, ou seja, os pais, cada dia mais preocupados com o futuro dos filhos, não medem esforçospara lhes proporcionar o que o mundo moderno oferece e o consumismo que a mídia a todo o momento divulgae incentiva. Porém, enquanto os pais saem de suas casas para tentarem oferecer “o melhor” (em termos materiaise intelectuais) a seus filhos e, esses ficam sob os cuidados de pessoas ou instituições nem sempre preparadas parasua criação. O filho “bem educado” tem um sentido e filho “bem criado”, outro. Ambos são importantes naconstrução da personalidade do indivíduo.O que são medidas socioeducativas? São as medidas aplicáveis aos adolescentes que cometem ato infracional.Verificada a prática do ato infracional, a autoridade competente poderá aplicar ao adolescente as seguintesmedidas: I- Advertência: consiste em repreensão verbal, reduzida a termo. II - Obrigação de reparar o dano: a autoridade determina que o adolescente promova o ressarcimento do dano, ou, por outra forma, o compense. III - Prestação de Serviços à Comunidade (PSC): consiste na realização de tarefas gratuitas de interesse ge- ral, por período não excedente a seis meses, junto a entidades assistenciais, hospitais, escolas e outros estabelecimentos. IV - Liberdade Assistida (LA): a autoridade designa pessoa capacitada para acompanhar o caso, a ser recomendada por entidade ou programa de atendimento. 35
  • 34. V - Regime de Semiliberdade: O regime pode ser determinado desde o início, ou como forma de transição para o meio aberto, possibilitada a realização de atividades externas, independentemente de autorização judicial. É realizado em uma instituição específica para tal situação. VI - Internação: Constitui medida privativa de liberdade, e o período não poderá ultrapassar três anos.Vale ressaltar que, em todas as medidas, o acompanhamento e o suporte da família são de suma importância paraque a ressocialização dos adolescentes, em cumprimento de medidas socioeducativas, seja efetivada.A Lei Federal nº 8.069/1990 aponta para a responsabilidade da família, enquanto primeira agência para efetivaçãodos Direitos das Crianças e dos Adolescentes (art. 4), enfatizando que, quando a família não consegue efetivar osdireitos citados pelo ECA, a Sociedade e o Governo deverão subsidiá-la, informando-a e instrumentalizando-a.Assim, diante do que determina o ECA e pelo reconhecimento da importância do núcleo familiar no desenvolvi-mento saudável da criança e do adolescente, se faz necessário o acompanhamento e o apoio da família dos ado-lescentes que cumprem medidas socioeducativas. Isso visa à sua proteção, valorização e manutenção de vínculos.É importante ressaltar que essas famílias se encontram, em sua maioria, em situação de exclusão social, sendofundamental o resgate de sua condição de sujeitos capazes de responder prazerosa e orgulhosamente pelos seusadolescentes.Anotações_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________36
  • 35. Família e Sociedade Tema 4 - Atividades Atividades ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ INSTRUÇÕES ____________________________________________ Atualmente, o desempenho profissional exige ____________________________________________ do especialista a habilidade de trabalhar em ____________________________________________ equipe e clareza e objetividade nas colocações verbais e escritas. ____________________________________________ No intuito de exercitar isso, as questões de nú- ____________________________________________ meros 1 a 5 devem ser feitas individualmente. ____________________________________________ As questões 6 e 7 são atividades a serem realiza- das naqueles horários que você tem para estudo a distância. Agora é com você! Responda às questões a As questões 8, 9 e 10 deverão ser resolvidas em seguir para confirmar seu aprendizado. grupo de 4 a 5 alunos. Interesse, conhecimento e leitura crítica são imprescindíveis nesse pro- cesso. Importante: não se esqueça de que para respon- Questão 1 der às questões, além do PLT indicado, você pre- cisa ler os textos postados no ambiente virtual De acordo com o texto 1 postado no ambien- de aprendizagem e o Estatuto da Criança e do te virtual, a Lei nº 8.069/1990 regulamenta um Adolescente (ECA). conjunto de inovações na perspectiva da cida- dania da população. Você pode afirmar que esse dispositivo legal aborda: Ponto de partida a) Constituição Federal do Brasil. b) Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA. c) Declaração sobre os Direitos da Criança e do Como você observou nesta temática, nem sem- Adolescente. pre a família consegue cumprir seu papel prote- tivo, pois em algumas situações acontece o in- d) Regras Mínimas das Nações Unidas para a verso, ou seja, ocorre a violação dos direitos da Administração Juvenil e a Convenção Ame- criança e dos adolescentes, quer seja por falta ricana sobre os Direitos Humanos. de recursos materiais, como por um comporta- e) Código de Menores. mento e direcionamento inadequados dos ge- nitores para com sua prole. Faça uma reflexão acerca do Estatuto da Criança e do Adolescente. Assim como parte da sociedade, você também Questão 2 acredita que o Estatuto somente prevê direitos para crianças e adolescentes? O Estatuto da Criança e do Adolescente é claro ____________________________________________ ao conceber crianças e adolescentes como sujei- ____________________________________________ tos de direitos, em situação peculiar de desen- ____________________________________________ volvimento. De acordo com o referido Estatuto, quando houver necessidade, a medida socioe- ____________________________________________ ducativa pode ser aplicada a um adolescente a ____________________________________________ partir da idade de: ____________________________________________ a) 17 anos. ____________________________________________ b) 12 anos. ____________________________________________ c) 15 anos. ____________________________________________ d) 11 anos. ____________________________________________ e) 13 anos. 37
  • 36. Tema 4 - Atividades Família e Sociedade ____________________________________________Questão 3 ____________________________________________ ____________________________________________Para efeito de proteção, é proibido à criança e ____________________________________________ao adolescente qualquer tipo de trabalho, salvo ____________________________________________na condição de aprendiz, a menores de: ____________________________________________a) 13 anos. ____________________________________________b) 14 anos. ____________________________________________c) 16 anos. ____________________________________________d) 12 anos. ____________________________________________e) 18 anos. ____________________________________________Questão 4 Questão 6Agora que você já sabe mais um pouco sobre Após a leitura do texto postado e mediante con-o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), sulta do Estatuto da Criança e do Adolescente,segundo esse dispositivo legal, cite quantas e leia a situação abaixo e responda à questão:quais são as medidas socioeducativas: “Lucas, 12 anos, sempre foi um garoto de boa____________________________________________ índole, sem nenhum envolvimento anterior em____________________________________________ episódios de contravenção. Porém, em virtude____________________________________________ de influência de más companhias, envolveu-se____________________________________________ em um episódio de depredação ao patrimônio público (pichação)”. Sendo assim, o adolescente____________________________________________ foi encaminhado à Delegacia da Infância e da____________________________________________ Juventude, momento em que o Delegado jul-____________________________________________ gou necessário encaminhá-lo diretamente para____________________________________________ uma Unidade Educacional de Internação.____________________________________________ De acordo com o Estatuto da Criança e do Ado- lescente, o Delegado agiu corretamente?____________________________________________ a) Sim, pois, segundo o ECA, todo tipo de co- metimento de ato infracional deve ser, pri- meiramente, passível da aplicação de medi-Questão 5 da de internação. b) Sim, porque todo ato infracional cometido por adolescente deve ser encaminhado paraComo você acabou de estudar sobre o ECA, es- unidade Educacional de Internação.colha dois tipos de medidas socioeducativas eelabore uma situação envolvendo uma adoles- c) Não. O fato deveria ser comunicado ao Jui-cente que cometeu um ato infracional. Imagine zado da Infância e da Juventude para que,que você foi designado (a) como juiz para aplicar então, o juiz, de posse das informações ne-uma medida a esta adolescente em consonância cessárias, aplique uma medida socioeducati-ao Estatuto da Criança e do Adolescente. va, que, neste caso, não seria uma medida de privação de liberdade.____________________________________________ d) Sim. O Delegado, como titular da Delegacia____________________________________________ da Infância e da Juventude, tem total auto-____________________________________________ ridade para encaminhar o adolescente, sem____________________________________________ autorização do Judiciário.____________________________________________ e) Não, pois, segundo o ECA, o adolescente só____________________________________________ possui direitos e não deveres.38
  • 37. Família e Sociedade Tema 4 - Atividades ____________________________________________ Questão 7 ____________________________________________ ____________________________________________ Cite pelo menos dois avanços ocorridos após a ____________________________________________ promulgação do Estatuto da Criança e do Ado- ____________________________________________ lescente: ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 10 ____________________________________________ Reúna-se com o grupo para discutir sobre o qua- ____________________________________________ dro situacional das medidas socioeducativas no seu município. Existe alguma Unidade Educacio- nal de Internação? E as medidas socioeducativas Questão 8 não restritivas de liberdade, como estão sendo executadas no seu município? ____________________________________________ Leia, com o grupo, as pp. 112-121 do Livro PLT ____________________________________________ e elabore um texto, de aproximadamente 20 linhas, sobre o que o grupo entendeu pela ex- ____________________________________________ pressão colocada pelo autor: “trabalho sujo”. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ AMPLIANDO O CONHECIMENTO ____________________________________________ Lembre-se que a terminologia menor infrator ____________________________________________ não é mais utilizada e sim adolescente autor de ____________________________________________ ato infracional, adolescente em conflito com a lei, ou adolescente em cumprimento de medi- das socioeducativas. Questão 9 Você quer saber mais sobre o assunto? Então, consulte: • O site da Subsecretaria de Promoção dos De acordo ainda com a leitura das pp. 121-126 Direitos da Criança e do Adolescente, da do Livro PLT, faça individualmente uma pesquisa Secretaria Especial de Direitos Humanos da sobre a palavra socioeducação. Após esta pes- Presidência da República. Disponível em: quisa, reúna-se com o grupo e debata o tema. <www1.direitoshumanos.gov.br>. Acesso em: Em consenso, defina, em 10 palavras, qual é, 2 set. 2010. Nele, você irá encontrar as formas para o grupo, o significado da palavra socioe- de articulação e implementação de políticas ducação para adolescentes em cumprimento de públicas voltadas para a proteção e promoção medidas socioeducativas. dos direitos humanos. 39
  • 38. Tema 4 - Atividades Família e Sociedade• O artigo de Marcela Marinho Rodrigues e ____________________________________________Ângela Mendonça, Algumas Reflexões Acerca ____________________________________________da Socioeducação, no site do Ministério Público ____________________________________________de Goiás. Disponível em: <www.mp.go.gov.br/drogadicao/htm/med1_art13.htm>. Acesso em: ____________________________________________2 set. 2010. O artigo traz reflexões teóricas e ____________________________________________empíricas acerca do processo de socioeducação ____________________________________________do adolescente em conflito com a lei. ____________________________________________• Os filmes: Pai Patrão, de Paolo e Vittorio ____________________________________________Taviani (1977) e “Patch Adams”, que retratam aviolência doméstica. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________FINALIZANDO ____________________________________________Neste capítulo, você estudou um pouco sobre a ____________________________________________família, a criança e o adolescente. Você conhe- ____________________________________________ceu um pouco sobre o Estatuto da Criança e do ____________________________________________Adolescente (ECA), medidas de proteção, me-didas socioeducativas. É conveniente que você ____________________________________________consulte novas fontes de conhecimento. Isso ____________________________________________porque a política de atendimento à criança e ao ____________________________________________adolescente é mais campo de atuação em que ____________________________________________o assistente social se faz presente e necessário.Após todas as discussões efetuadas, você já sa- ____________________________________________beria diferenciar medidas de proteção e medi- ____________________________________________das socioeducativas? Pois bem, esse tema será ____________________________________________discutido em breve na teleaula. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________40
  • 39. Tema 5Família - e as Situações Vivenciadas por seusMembrosObjetivos de aprendizagem• Entender a importância da família no processo de envelhecimento saudável a seus idosos.• Compreender a relevância da família na qualidade de vida da pessoa com deficiência.• Possibilitar a busca pela instrumentalização da família no atendimento à pessoa idosa e à pessoa com deficiência.• Contextualizar os principais tipos de deficiências.• Conhecer as principais legislações e políticas relativas à pessoa idosa e à pessoa com deficiência.Para início de conversaVocê observou que os temas anteriormente estudados sereferem às etapas de convivência familiar? Você acabou deaprender um pouco sobre a família, a criança e o adoles-cente. Neste tema, serão estudadas duas situações em quea família, mais uma vez, é imprescindível para a conduçãodo processo de convivência saudável e harmônico. A família,a pessoa idosa e a pessoa com deficiência serão retratadas.Principais legislações, principais tipos de deficiência, rede deatendimento, finalizando com os dados estatísticos no Brasilcom relação ao envelhecimento populacional.Por dentro do temaConforme a Lei Federal nº 8.842, de 4 de janeiro de 1994, é considerada idosa apessoa maior de 60 anos de idade. Tendo em vista que a população do Brasil estáenvelhecendo, e futuramente haverá uma população considerável de idosos, é ne-cessário buscar mecanismos que ofereçam a esse público a devida infraestrutura esuporte necessários para um envelhecimento saudável, assim como também ofere-cer apoio à família desses idosos.O envelhecimento, como todas as etapas humanas, transforma a relação do homemcom o tempo, com o mundo e com sua própria história. Dessa forma, influencia nãosó nas características biopsíquicas, mas também sociais e culturais.Com relação ao social, o preconceito de envelhecer é notório, pois, para algumaspessoas, há a concepção de que os idosos são incapazes e improdutivos. Por conseguinte, serão tratados comimpaciência, rispidez, preconceito, violência física e psicológica, e condições desumanas de sobrevivência. 41
  • 40. O envelhecimento é um fenômeno biopsicossocial que agrega ao ser humano uma relação com a sociedade. As-sim, o corpo humano sofre danos/perdas de ordem natural do tempo, o que ocorre independentemente da boaou má qualidade de vida. Com uma alimentação saudável, porém, equilíbrio emocional e psicológico, associadosa atividades físicas regulares e descanso, pode-se retardar ou minimizar algumas alterações do organismo. A prá-tica de atividades que estimulem a criatividade e a memória é essencial para a oxigenação do cérebro.É saudável e necessário reconhecer que já se está mais velho, com algumas limitações, lembrando que existemaspectos positivos e negativos dessa etapa a serem aceitos. Isso contribui para a satisfação emocional e autoesti-ma do idoso.Vale ressaltar que não adiantará a longevidade se não houver, na família e, na sociedade, a devida valorização doidoso.Rede de AtendimentoO idoso possui direito ao atendimento preferencial nos órgãos públicos e privados, prestadores de serviços à po-pulação.É assegurado também ao idoso o acesso aos locais de eventos culturais mediante preços reduzidos. Com relaçãoao transporte, os idosos com idade acima de 65 anos possuem o direito ao assento gratuito no transportes co-letivos em âmbito nacional. Em alguns Estados e municípios, essa gratuidade ou redução de preços se estendetambém às linhas interestaduais. A locomoção gratuita já é uma realidade no Brasil.O idoso que não possui meios de prover a própria subsistência, não possui família, ou cuja família não tenha con-dições de prover sua subsistência, terá direito à assistência auxiliar pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federale pelos municípios, na forma da lei.Em virtude do aumento da população idosa no Brasil, a preocupação com o atendimento a esse público tem au-mentado. Observe o número de iniciativas governamentais por meio da disponibilização de espaços destinadosa atividades físicas e culturais para o idoso, denominados “Centro de Convivência”. Trata-se de instituições emque as famílias podem deixar seu idoso, com espaço físico adequado e quadro de profi ssionais preparados paratal atendimento. Vale destacar que existem regras relacionadas às instituições que prestam atendimento à pessoaidosa, ou seja, elas precisam atender às recomendações da legislação e órgãos fi scalizadores de tais serviços. Asempresas privadas também têm investido e obtido lucro pela oferta de serviços, como: pacotes turísticos especiais,centros de atendimento à pessoa idosa.Diante de tantos avanços, porém, ainda existem alguns desafios nessa área quanto à superação de mitos e pre-conceitos com a pessoa idosa. Essa precisa ser acolhida e entendida pela nossa sociedade de forma respeitosa edigna de convivência e atendimento. É necessário, também, colocar em pauta outro assunto que ainda permeiao atendimento à pessoa idosa: as formas de violência praticadas contra o idoso, sejam por parte de familiares,ou por aqueles que prestam atendimento. Essas situações precisam ser identificadas e encaminhadas aos órgãoscompetentes para que se desfaça a concepção de que o idoso é um fardo.A família e a pessoa com deficiênciaA palavra deficiência corresponde ao inglês disability e ao espanhol discapacidad. Assim, o termo people withdisability (também people with disabilities) ou personas con discapacidad é traduzido como pessoas com deficiên-cia, pessoas portadoras de deficiência ou, ainda, portadores de deficiência.Este termo é genérico e se refere a todo segmento, independentemente do tipo de sequela ou característicada deficiência. Quando se utiliza o termo pessoas portadoras de deficiência, está se referindo a cegos, surdos,paraplégicos, paralisados cerebrais e outros. Os diversos tipos de deficiência também podem ser referidos comodeficiências físicas, sensoriais, orgânicas ou mentais.Dentro da terminologia atualmente aceita, o termo pessoa com deficiência ou pessoa deficiente é consi-derado correto, não sendo mais aceita a nomenclatura pessoa portadora de deficiência ou pessoa portadorade necessidades especiais, muito embora a Constituição Federal e outros dispositivos legais ainda utilizem taisterminologias.42
  • 41. Para se entender melhor as diferentes deficiências, serão definidos os principais tipos, utilizando-se como base odocumento Portraying People with Disabilities, da National Easter Seal Society, Chicago, EUA e Resultadoda Sistematização dos Trabalhos da Câmara Técnica sobre Reserva de Vagas Para Portadores de Defi-ciência - Subsídios Para Regulamentação do artigo 5º, § 2º, da Lei nº. 8.112/1990. Brasília: Corde, 1996. 16 p.Deficiência sensorialDivide-se em visual e auditiva:• Deficiência visual - perda total (cegueira) ou parcial da visão.• Deficiência auditiva - perda total (surdez) ou parcial da audição.Deficiência múltipla — duas ou mais deficiências ao mesmo tempo numa pessoa, como, por exemplo, surdeze cegueira.Deficiência da fala — um padrão de fala limitada ou dificultosa.Deficiência mental — um padrão intelectual reduzido e consideravelmente abaixo da média.• Deficiência mental leve, moderada, severa ou profunda são termos que indicam níveis de comprometimen-to (ou dificuldades cognitivas).Deficiência física - perda ou redução da capacidade motora. Um procedimento comum é referir-se aos porta-dores de deficiência de qualquer tipo chamando-os “deficientes físicos”. Isso é um equívoco, pois desconsideraas pessoas com deficiência sensorial ou mental.A deficiência física engloba vários tipos de limitação motora. Os principais são os seguintes:• Paraplegia — paralisia total ou parcial da metade inferior do corpo, comprometendo as funções das per-nas. Geralmente, é causada por lesão da medula espinhal ou por poliomielite.• Tetraplegia — paralisia total ou parcial do corpo, comprometendo as funções dos braços e pernas. Possuias mesmas causas da paraplegia.• Hemiplegia — paralisia total ou parcial das funções de um só lado do corpo. As causas são as lesões cere-brais por enfermidade, golpe ou trauma.• Amputação — falta total ou parcial de um ou mais membros do corpo.• Malformação congênita — anomalia física desde o nascimento.• Paralisia cerebral — termo amplo que designa um grupo de limitações psicomotoras resultantes de umalesão do sistema nervoso central. Geralmente, os portadores de paralisia cerebral possuem movimentos involun-tários, espasmos musculares repentinos, chamados espasticidade. Ao utilizar a terminologia, atente para o fatode os músculos, e não a pessoa, serem espásticos.A paralisia cerebral apresenta diferentes níveis de comprometimento, dependendo da área da lesão no cérebro.Não se pode concluir que uma pessoa com paralisia cerebral possui também deficiência mental. Embora hajacasos de pessoas que tenham paralisia cerebral e deficiência mental, estas duas condições não acontecem ne-cessariamente ao mesmo tempo.Anotações________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 43
  • 42. Tema 5 - Atividades Família e SociedadeAtividades Questão 1 De acordo com o texto postado (Família - algu-INSTRUÇÕES mas situações vivenciadas por seus membros) noAs questões de 1 a 5 deverão ser feitas indivi- ambiente virtual, ofertar atendimento preferen-dualmente. As questões 6 e 8 deverão ser rea- cial ao idoso sobre os seus direitos previdenciá-lizadas como autoestudo. As questões 7, 9 e 10 rios e os meios de exercê-los, assim como prestardeverão ser realizadas em grupo, no intuito de atendimento, preferencialmente, nas áreas decompartilhar o conhecimento e opiniões com os arrecadação e fiscalização, visando à prestaçãocolegas. de informações e cálculo de contribuições indi- viduais. É competência de qual Órgão?Importante: não se esqueça de que, para res-ponder às questões, você precisa ler os textos a) Ministério Público.postados no ambiente virtual de aprendizagem b) Prefeitura Municipal.e o Estatuto da Pessoa Idosa. c) Instituto Nacional de Seguro Social- INSS. d) Ministério da Justiça. e) Secretaria de Assistência Social doPonto de partida Município.Conhecer um pouco sobre o universo que per-meia algumas situações vivenciadas pela família Questão 2auxilia na compreensão do tema, bem como nabusca de resoluções. Sendo assim, como você vêsituações em que muitos familiares abandonam Reportando-nos ao texto postado (A família etanto seus idosos ou membros com alguma de- a pessoa idosa, a família e a pessoa portadoraficiência nas chamadas instituições (depósitos de deficiência) no ambiente virtual, assegurarde seres humanos)? Qual dispositivo legal você aos usuários que comprovem renda per capitaacionaria para que essa situação seja minimiza- inferior a ¼ do salário mínimo a concessão doda? recebimento do benefício de prestação conti- nuada de 01 salário mínimo integral ao idoso____________________________________________ acima de 70 anos, é prerrogativa de qual dispo-____________________________________________ sitivo legal?____________________________________________ a) Política Nacional do Idoso.____________________________________________ b) Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS).____________________________________________ c) Sistema Único de Saúde - SUS.____________________________________________ d) Prefeitura Municipal.____________________________________________ e) Lei Orgânica da Saúde.________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Questão 3____________________________________________ De acordo com o texto postado no ambiente____________________________________________ virtual “A família e o idoso e o portador de de-____________________________________________ ficiência”, você soube que deficiência física é a____________________________________________ perda ou redução da capacidade motora, e que a deficiência física engloba vários tipos de limi- tações motoras. Diante dos conceitos elencadosAgora é com você! Responda às questões a no texto, uma pessoa vítima de um acidente de trânsito, que vem a perder todos os movi-seguir para confirmar seu aprendizado. mentos abaixo da cintura, pode ser considerada44
  • 43. Família e Sociedade Tema 5 - Atividades uma deficiente física que se enquadra em qual limitação? Questão 6 a) Paraplégica. b) Tetraplégica. A deficiência física engloba vários tipos de limi- c) Hemiplégica. tação motora. Cite pelo menos três das princi- d) Paralítica Cerebral. pais limitações: e) Paralítica com espasticidade. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 4 ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ De acordo a legislação brasileira, todo concurso público deve reservar um percentual de vagas ____________________________________________ para o portador de deficiência. E essa afirmação ____________________________________________ está amparada no: ____________________________________________ a) § 3º do artigo 37 da Loas. ____________________________________________ b) § 3º do artigo 37 da Constituição Federal. ____________________________________________ c) Artigo 37 da Constituição Federal. ____________________________________________ d) § 3º do artigo 47 da Constituição Federal. ____________________________________________ e) Artigo 20 da Loas. ____________________________________________ Questão 5 Questão 7 Com base na leitura do texto “Família: algu- Reúna-se em grupo de 4 a 5 alunos e procure, mas situações vivenciadas por seus membros”, primeiramente entre componentes deste gru- postado no ambiente virtual de aprendizagem, po, identificar se alguém convive em seu am- identifique quais situações estão sendo viven- biente familiar com alguma pessoa idosa ou ciadas pelas famílias brasileiras na atualidade. com deficiência? Como se encontra essa rela- (questão de múltipla escolha): ção? Conhece os direitos assegurados a esse a) Aumento da população idosa de 70 anos ou público-alvo? O que você entende por acessibi- mais de idade. lidade? b) Redução do número da população jovem. ____________________________________________ c) Aumento no número de filhos. ____________________________________________ d) Qualidade de vida da pessoa idosa. ____________________________________________ e) Diminuição das mulheres como chefes de fa- ____________________________________________ mília. ____________________________________________ Assinale as alternativas que apresentam as res- ____________________________________________ postas corretas: ____________________________________________ I. As alternativas A e B estão corretas. ____________________________________________ II. As alternativas B e D estão corretas. ____________________________________________ III. As alternativas A, B e D estão corretas. ____________________________________________ IV. Todas as alternativas estão corretas. ____________________________________________ V. As alternativas C e D estão corretas. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 45
  • 44. Tema 5 - Atividades Família e SociedadeQuestão 8 Questão 10Você vai, agora, fazer uma correlação sobre os Você vai finalizar esta unidade, exercitando seuatendimentos disponibilizados aos idosos e aos conhecimento por meio desta dinâmica.portadores de deficiência, perante a atuação do Tenho preconceito?profissional de Serviço Social. Para isso, realize Objetivo: Permitir que o grupo reflita sobre asindividualmente uma pesquisa na internet, em diferentes formas de preconceito e identificarjornais ou com profissionais, sobre os tipos de os aspectos ideológicos determinantes de suastrabalho que o assistente social desenvolve com atitudes no cotidiano.as famílias dos usuários desses serviços. Espaço: Sentados em círculo. ____________________________________________ Material necessário: Bonecos de cartolina recor- ____________________________________________ tados, um barco de papel craft. ____________________________________________ Metodologia ____________________________________________ 1- Inicialmente, o tutor deverá dividir o gru- ____________________________________________ po em subgrupos, com, aproximadamente, 7 a ____________________________________________ 10 participantes. Após, entregará bonecos de ____________________________________________ cartolina que representarão pessoas com as ca- racterísticas anotadas no verso, como por exem- ____________________________________________ plo: ____________________________________________ Pessoa 1 - Mulher jovem negra, deficiente ____________________________________________ visual e pobre. ____________________________________________ Pessoa 2 - Mulher idosa. ____________________________________________ Pessoa 3 - Deficiente Físico. ____________________________________________ Pessoa 4 - Rapaz Homossexual. Pessoa 5 - Homem rico e jovem. Pessoa 6 - Homem vivendo com HIV.Questão 9 Pessoa 7 - Adolescente usuário de drogas. Pessoa 8 - Trabalhador braçal.Após a realização da atividade acima, reúna-seem grupo e discuta sobre o que foi pesquisado,sintetizando, dentre os tipos de trabalhos pes- AMPLIANDO O CONHECIMENTOquisados, qual o grupo considera mais interes- Para melhor aproveitamento, resolva as ques-sante e abrangente para atuação do assistente tões acima, correlacionando com os textos pos-social? tados e também com o Estatuto do Idoso e a____________________________________________ Política de Atendimento à Pessoa Portadora de____________________________________________ Deficiência.____________________________________________ • Assista ao filme A Família Savage, sob a di- reção de Tamara Jenkins, com Philip Seymour____________________________________________ Hoffman, Laura Linney, Philip Bosco, Peter Frie-____________________________________________ dman, Gbenga Akinnagbe.____________________________________________ Além do site do Ministério da Saúde, o qual con-____________________________________________ tém várias informações sobre a Política Nacional____________________________________________ de Atendimento à Pessoa com Deficiência, você poderá consultar:____________________________________________ • O site Deficiente online. Disponível em:____________________________________________ <www.deficienteonline.com.br>. Acesso em: 23____________________________________________ set. 2010. Trata-se de um site exclusivo para os____________________________________________ profissionais com deficiências.____________________________________________46
  • 45. Família e Sociedade Tema 5 - Atividades • O site Acessibilidade Brasil. Disponível em: ____________________________________________ <http://www.acessobrasil.org.br>. Acesso em: ____________________________________________ 23 set. 2010. Nele, você encontrará os princípios ____________________________________________ da acessibilidade, na área digital, visando à inclusão social. ____________________________________________ • O site Direito do Idoso. Disponível em: <www. ____________________________________________ direitodoidoso.braslink.com>. Acesso em: 23 set. ____________________________________________ 2010. No site, você encontrará uma coletânea de ____________________________________________ informações, como notícias, legislação, artigos ____________________________________________ doutrinários e saúde, destinados ao idoso. ____________________________________________ • O site Cuidar de Idosos. Disponível em: <www.cuidardeidosos.com.br>. Acesso em: 23 ____________________________________________ set. 2010, onde você encontrará dicas diversas ____________________________________________ para cuidados com a pessoa idosa, cursos de ____________________________________________ formação, simpósios gratuitos, além de um ____________________________________________ grande acervo acadêmico na seção biblioteca com artigos, livros, manuais e políticas e vídeos ____________________________________________ informativos. ____________________________________________ • O site Direito do Idoso. Disponível em: <www. ____________________________________________ direitodoidoso.braslink.com>. Acesso em: 23 set. ____________________________________________ 2010. No site, você encontrará uma coletânea de ____________________________________________ informações, como notícias, legislação, artigos ____________________________________________ doutrinários e saúde, destinados ao idoso. ____________________________________________ ____________________________________________ FINALIZANDO ____________________________________________ Você acabou de estudar a temática sobre a fa- ____________________________________________ mília e a pessoa idosa, a família e a pessoa com ____________________________________________ deficiência. Conhecer as principais legislações e ____________________________________________ os serviços de atendimento a esse público-alvo é de suma importância. Essa temática despertou ____________________________________________ em você a vontade de conhecer tais serviços em ____________________________________________ sua comunidade? ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 47
  • 46. Tema 6Família e TrabalhoObjetivos de aprendizagem• Compreender a importância do trabalho em nossa sociedade.• Refletir sobre as relações oriundas das relações de trabalho e sua interseção com a questão familiar.Para início de conversa Neste tema, você irá aprofundar o estudo da importância do trabalho para o ser humano. Analisará as transformações ocorridas no mundo do trabalho, os efeitos da globalização e as mudanças que afetaram a organização da família, em razão do redimensionamento do trabalho. Você perceberá a relação entre esses dois institutos (família e trabalho) de nossa sociedade e como se dá a influência de cada um deles em nossas vidas. Como o estudo do tema é bastante próximo de nossa realidade, terá de alimentar seu espírito crítico para poder analisar as diferentes situações co- tidianas que se apresentam. Para subsidiá-lo nos estudos, consulte os textos postados no ambiente virtual de aprendizagem, bem como o Livro-Texto “Política Social, Família e Juventude”. No texto do capítulo 3 do PLT, você encontrará a análise das transformações ocorridas no trabalho, a questão da globali- zação e as mudanças dentro da família brasileira em razão do redimensionamento do trabalho. Bom estudo!Por dentro do temaA partir do trabalho, o homem foi se tornando capaz de criar novas formas de inte-ração com a natureza que permitiram o desenvolvimento amplo do gênero huma-no. Isso foi se estendendo às formas de organização social, sempre alicerçadas naorganização do trabalho e da produção social, conforme entendimento de Engels,1979, pp. 269-280.Nos dias de hoje, o debate sobre o mundo do trabalho continua se desenvolven-do com enfoque na hegemonia político-ideológica capitalista. Observa-se que essaquestão é discutida cada vez mais e com maior destaque ao debate. O tópico dessedebate é em relação ao emprego na sociedade contemporânea, emprego esse quevem impulsionando pesquisadores, políticos, movimentos sociais, organizações in-ternacionais e tantos outros atores sociais. Todos buscam soluções e reflexões para um dos principais problemasenfrentados por grande parte dos países. E, não apenas a isso se resume o debate, mas à distribuição de renda,48
  • 47. diminuição de desigualdades, promoção de desenvolvimento social. São todos temas recorrentes ou desdobra-mentos superficiais, daquilo que pode ser considerado uma das principais crises no mundo do trabalho dentro dasociedade burguesa.Daí a importância do profissional do Serviço Social na compreensão e reflexão sobre essas questões, sua origeme os rumos tomados na atualidade.Você acredita na importância do trabalho na estruturação da família? Você sabe como isso ocorre?As mudanças recentes no mundo do trabalho afetaram a relação família-trabalho na articulação de seus mem-bros para a atividade produtiva remunerada e na sua organização para garantir a sobrevivência imediata e buscarmelhores condições de vida. Nesse contexto, observa-se uma maior permanência dos jovens na escola, o declíniode sua participação no mercado de trabalho e o crescimento da inserção produtiva de mulheres, sejam chefes defamília ou cônjuges.De acordo com Antunes, R. e Alves, G. (2004), há uma tendência de enorme significado no mundo do trabalhocontemporâneo: trata-se do aumento significativo do trabalho feminino, que atinge mais de 40% da força detrabalho em diversos países avançados, e que tem sido absorvido pelo capital, preferencialmente no universo dotrabalho part-time (meio período), precarizado e desregulamentado.Continuando nesse cenário, afirmam que, ao lado da exclusão dos jovens, vem ocorrendo também a exclusão dostrabalhadores com idade próxima de 40 anos e que, uma vez excluídos do trabalho, dificilmente conseguem rein-gresso no mercado, passando a fazer parte dos contingentes do chamado trabalho informal, dos desempregados,dos “trabalhos voluntários” etc. O mundo do trabalho atual tem recusado os trabalhadores herdeiros da “culturafordista”, fortemente especializados, que são substituídos pelo trabalhador “polivalente e multifuncional” da eratoyotista.E, paralelamente a essa exclusão dos “idosos” e jovens em idade pós-escolar, o mundo do trabalho, nas maisdiversas partes do mundo, no Norte e no Sul, tem se utilizado da inclusão precoce e criminosa de crianças nomercado de trabalho, nas mais diversas atividades produtivas.Como desdobramento dessas tendências anteriormente apontadas, vem se desenvolvendo no mundo do tra-balho uma crescente expansão do trabalho no chamado “Terceiro Setor”, assumindo uma forma alternativa deocupação, por intermédio de empresas de perfil mais comunitário, motivadas predominantemente por formas detrabalho voluntário. Essas abarcam um amplo leque de atividades, nas quais predominam aquelas de caráter assis-tencial, sem fins diretamente mercantis ou lucrativos e que se desenvolvem relativamente à margem do mercado.De acordo com Antunes, R. (2008), mais de um bilhão de homens e mulheres padecem as vicissitudes do trabalhoprecarizado, instável, temporário, terceirizado, quase virtual, dos quais centenas de milhões têm seu cotidianomoldado pelo desemprego estrutural.A partir da ideia de que a família é um grupo social muito importante na vida e na formação do indivíduo, ficaclara a importância de se estudar como o trabalho interfere nas relações familiares do trabalhador, na vida dosseus filhos e, ao mesmo tempo, como a vida familiar interfere no trabalho.É importante ter isso em mente para avaliar em que medida o trabalho afeta as relações de um dos grupos sociaismais importantes para o desenvolvimento do ser humano.A partir da emancipação da mulher no séc. XX, as alterações familiares vêm sendo feitas. Entre outras razões por-que a mulher passou a ter o poder sobre o seu próprio corpo e, portanto, sobre uma possível gravidez, tirando dohomem a decisão quanto à procriação. O surgimento dos métodos anticoncepcionais deu a essa mulher o direitoao prazer de desfrutar de sua sexualidade.Anotações______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ 49
  • 48. Tema 6 - Atividades Família e SociedadeAtividades ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________INSTRUÇÕES ____________________________________________As questões de números 1 a 5 devem ser feitas ____________________________________________individualmente. Já a questão 10 deve ser feita ____________________________________________em grupo de cinco alunos. E as questões de 6a 9 são atividades a serem realizadas naqueles ____________________________________________horários que você tem para estudo a distância. ____________________________________________Importante: não se esqueça de que para respon- ____________________________________________der às questões você precisa ler os textos posta- b) Por que os argumentos conservadores que di-dos no ambiente virtual de aprendizagem. zem que é necessária a redução dos encargos trabalhistas e a flexibilização dos contratos de trabalho estão equivocados dentro do contex- to brasileiro?Ponto de partida ____________________________________________ ____________________________________________Como se dá a relação entre família e trabalho? ____________________________________________Escreva um texto de cinco linhas. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Questão 2 De acordo com o texto, quem são os excluídosAgora é com você! Responda às questões a do mundo do trabalho na sociedade contempo-seguir para conferir o que aprendeu. rânea? ____________________________________________ ____________________________________________Questão 1 ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________Após a leitura do capítulo 3 do Livro-Texto ____________________________________________“Transformações econômicas e sociais no Bra-sil dos anos 1990 e seu impacto no âmbito da ____________________________________________família”, de autoria de Mônica Maria Torres de ____________________________________________Alencar, responda às seguintes questões: ____________________________________________a) Por que a autora critica a tendência existen- ____________________________________________ te no Brasil de se resolver na esfera privada ____________________________________________ questões de ordem pública? ____________________________________________50
  • 49. Família e Sociedade Tema 6 - Atividades Questão 3 Questão 5 Como a mulher tem ocupado seu espaço na so- (ENADE, 2004). Assinale a alternativa correta: ciedade e quais as consequências disso? Escreva “Crime contra Índio Pataxó comove o País. um texto de aproximadamente 10 linhas. (...) Em mais um triste ‘Dia do Índio’, Galdino ____________________________________________ saiu à noite com outros indígenas para uma ____________________________________________ confraternização na Funai. Ao voltar, se per- ____________________________________________ deu nas ruas de Brasília (...). Cansado, sentou-se num banco de parada de ônibus e adormeceu. ____________________________________________ Às 5 horas da manhã, Galdino acordou arden- ____________________________________________ do numa grande labareda de fogo. Um grupo ____________________________________________ “insuspeito” de cinco jovens de classe média ____________________________________________ alta, entre eles um menor de idade, (...) parou ____________________________________________ o veículo na avenida W/2 Sul e, enquanto um se manteve ao volante, os outros quatro dirigi- ____________________________________________ ram-se até a avenida W/3 Sul, local onde se en- ____________________________________________ contrava a vítima. Logo após jogar combustível, ____________________________________________ atearam fogo no corpo. Foram flagrados por ____________________________________________ outros jovens corajosos, ocupantes de veículos que passavam no local e prestaram socorro à ví- ____________________________________________ tima. Os criminosos foram presos e conduzidos à ____________________________________________ 1ª Delegacia de Polícia do DF, onde confessaram ____________________________________________ o ato monstruoso. Aí, a estupefação: ‘os jovens queriam apenas se divertir’ e ‘pensavam tratar- se de um mendigo, não de um índio’, o homem a quem incendiaram. Levado ainda consciente Questão 4 para o Hospital Regional da Asa Norte − HRAN, Galdino, com 95% do corpo com queimaduras de 3º grau, faleceu às 2 horas da madrugada de Da observação do cotidiano no bairro onde você hoje”. Conselho Indigenista Missionário - Cimi, mora, descreva como são constituídas as famílias, Brasília-DF, 21 abr. 1997 quem trabalha fora, quantos filhos em média as famílias têm, as principais características das fa- A notícia sobre o crime contra o índio Galdino mílias, os papéis de cada um etc. Escreva um tex- leva a reflexões a respeito dos diferentes aspec- to de aproximadamente 10 linhas. tos da formação dos jovens. (ENADE, 2004) ____________________________________________ Com relação às questões éticas, pode-se afirmar que elas devem: ____________________________________________ a) Manifestar os ideais de diversas classes eco- ____________________________________________ nômicas. ____________________________________________ b) Seguir as atividades permitidas aos grupos ____________________________________________ sociais. ____________________________________________ c) Fornecer soluções por meio de força e auto- ____________________________________________ ridade. ____________________________________________ d) Expressar os interesses particulares da juven- ____________________________________________ tude. ____________________________________________ e) Estabelecer os rumos norteadores de com- portamento. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 51
  • 50. Tema 6 - Atividades Família e Sociedade IV. Cada vez mais se observa o aumento do nú-Questão 6 mero de empregos formais destinados a jo- vens e idosos em nossa sociedade. Assinale a alternativa correta:(MTB – Auditor, 2003). Assinale a única opção fal-sa que pode decorrer da reflexão abaixo: a) Estão corretas as afirmações I e II.O mundo do trabalho viveu, como resultado das b) Estão corretas as afirmações I, II e III.transformações e metamorfoses em curso nas úl- c) Está correta apenas a afirmação IV.timas décadas, uma múltipla processualidade: de d) Estão corretas as afirmações III e IV.um lado, verificou-se uma desproletarização do e) Nenhuma das afirmações está correta.trabalho industrial, fabril, nos países de capita-lismo avançado. Houve uma diminuição da classeoperária industrial tradicional. Paralelamente,efetivou-se uma significativa subproletarizaçãodo trabalho, decorrência das formas diversas de Questão 8trabalho parcial, precário, terceirizado, subcon-tratado, vinculado à economia informal, ao setor (MTB – Auditor, 2003). A reflexão abaixo per-de serviços etc. (Antunes, 1997) mite vários desdobramentos sobre o problemaa) Sob o capitalismo avançado, acontece a su- do preconceito e da discriminação no trabalho. pressão ou eliminação da classe trabalhadora. Uma das apresentadas é falsa. Assinale-a. Trata-se de um verdadeiro “adeus ao proleta- Pela sua sutileza, caráter difuso e capilaridade riado”. de intromissão nas relações sociais, a eficáciab) A substituição do trabalho vivo pelo trabalho e a ubiquidade do preconceito são máximas, morto oferece, como tendência, a possibilida- tanto em relação às práticas de controle, como de de conversão do trabalhador em supervi- de dominação e subordinação em todas as ca- sor e regulador do processo de produção. tegorias sociais. Manifesta-se como produtor e reprodutor de situações de controle, menospre-c) Pode-se constatar, de um lado, um efetivo zo, humilhação, desqualificação, intimidação, processo de intelectualização do trabalho discriminação, fracasso e exclusão nas relações manual. De outro, uma subproletarização, entre os gêneros, na esfera do trabalho, nas expressa no trabalho precário, informal, tem- posições de poder, nos espaços morais e éticos porário etc. e nos lugares de enunciação da linguagem.d) A década de 80 presenciou, nos países de ca- (SORIA BATISTA & BANDEIRA, 2002) pitalismo avançado, profundas transforma- a) No Brasil, a discriminação no trabalho re- ções no mundo do trabalho, nas suas formas cebe apenas condenação moral. Em razão de inserção, na estrutura produtiva, nas for- disso, aquelas categorias que são alvo de mas de representação sindical e política. preconceitos na sociedade poderão sofrere) A metamorfose no universo do trabalho con- discriminações no mundo do trabalho, pois figura um processo contraditório que qualifi- carecem da ajuda jurídica. ca em alguns ramos e desqualifica em outros. b) Preconceito de qualquer coisa ou preconcei- to de alguma coisa significa fazer um julga- mento prematuro, inadequado sobre a coisaQuestão 7 em questão. Supõe que um sujeito/indivíduo portador de preconceito deve poder causar algum prejuízo ao sujeito vítima do dito pre-Analise as seguintes afirmações: conceito, considerando que sempre há umI. O trabalho sempre ocupou posição secundá- julgamento. ria na vida do ser humano. c) Os múltiplos preconceitos de gênero, deII. A dinâmica familiar não está vinculada à di- raça/cor, de classe, relativos à deficiência fí- nâmica do trabalho na sociedade capitalista. sica ou mental, entre outros, têm lugar tipi- camente nos espaços individuais e coletivos,III. O papel da mulher se modificou tanto no tra- nas esferas públicas e privadas. balho como dentro da família, nos dias atu- ais.52
  • 51. Família e Sociedade Tema 6 - Atividades d) A demanda nos espaços de trabalho, sobre- atual, caracterizado pela flexibilidade, leva tudo em relação às mulheres, exige juventu- à corrosão do caráter. de, boa aparência (magreza, altura, cabelos e) A ética do trabalho afirma o uso autodisci- lisos e claros etc.), além da cor branca. As plinado de nosso tempo e o valor da satisfa- mulheres não-brancas são aceitas na propor- ção adiada. Essa disciplina depende, em par- ção em que tais atributos estejam presentes, te, de instituições suficientemente estáveis associados à sensualidade, evidenciando a para a pessoa praticar o adiamento. manipulação dos componentes do precon- Essa atividade deverá ser respondida em grupos ceito. de cinco alunos. e) No trabalho, é comum observar discrimina- ções relativas à ocupação dos cargos, promo- ções e responsabilidades dentro das empre- sas, baseadas em preconceitos de raça/cor, sexo, origem, aparência etc. Questão 10 Você deve trabalhar em grupo agora numa di- nâmica denominada “Valores familiares”. Questão 9 Objetivo: Identificar valores e mensagens trans- mitidos pela família. (MTB – Auditor, 2003). Assinale a única reflexão Materiais necessários: Ficha de trabalho (papel falsa a partir do conteúdo do texto abaixo: com as perguntas e respostas) e lápis. Nesse novo mundo organizacional, caracteriza- Desenvolvimento: do pelo trabalho flexível, não existe tempo ou 1. Grupo em círculo, sentado. razão para relacionamentos duradouros. O foco 2. Distribuir ficha de trabalho e lápis, pedindo é o curto prazo. Não há, também, espaço para que respondam individualmente às questões relações desinteressadas. Tudo deve ter uma contidas na ficha. finalidade. Afinal, é preciso atingir resultados 3. Dividir o grupo em cinco subgrupos. Cada rápidos. Se o velho sistema que permeava as or- subgrupo fica responsável por uma das ganizações tradicionais baseava-se no controle questões da ficha de trabalho. rígido e onipresente da supervisão, o novo se baseia na pressão e no controle exercido pelos 4. Solicitar a cada subgrupo que discuta as res- pares. (Cf. Sennet, 1999) postas individuais à questão que lhe coube, registrando os pontos comuns. Tempo: 15 a) A moderna ética do trabalho concentra-se minutos. no trabalho de equipe. Celebra sensibili- dade aos outros; exige aptidões delicadas, 5. Cada subgrupo apresenta suas observações. como ser bom ouvinte e cooperativo; acima 6. Plenário - comentar os pontos de discussão: de tudo, o trabalho em equipe enfatiza a • Que valores são especialmente importan- adaptabilidade às circunstâncias. tes para a sua família? b) As exigências de polivalência e flexibilidade, • O que lhe chamou a atenção de tudo o a duração cada vez menor e o vínculo cada que ouviu? vez mais tênue das relações de trabalho en- • Como se sente em relação à diversidade fraquecem valores como o compromisso, a de valores do grupo? confiança e a lealdade, todos fundamentais para a consolidação do caráter. 7. Fechamento: o facilitador ressalta para o grupo que os valores possuídos pessoais in- c) Na moderna organização existe uma ficção: fluenciam nossas atitudes, decisões e com- trabalhadores e chefes não são antagonis- portamentos. Nenhum ser humano vive tas. O chefe administra o processo de grupo. sem um núcleo de princípios interiores que Ele é líder. O jogo de poder é jogado pela oriente sua interpretação do mundo, dando equipe contra equipes de outras empresas. sentido e direção à sua vida. d) O desenvolvimento do caráter e da identi- dade depende dos relacionamentos e das li- gações que se estabelece com outras pessoas e com as instituições. O mundo do trabalho 53
  • 52. Tema 6 - Atividades Família e SociedadeFicha de trabalho: ____________________________________________O que sua família pensa sobre: ____________________________________________1. Ter bom desempenho na escola? ____________________________________________2. Participar de grupos sociais, grêmio estu- ____________________________________________ dantil, esportes, baladas...? ____________________________________________3. Ter um emprego? ____________________________________________4. Ter relações sexuais? ____________________________________________5. Ter religião? ____________________________________________6. Respeitar as leis? ____________________________________________Por meio dessa dinâmica, pode-se perceber a in- ____________________________________________fluência da família no modo de pensar das pes- ____________________________________________soas, não é mesmo? ____________________________________________ ____________________________________________AMPLIANDO O CONHECIMENTO ____________________________________________Você quer saber mais sobre esse assunto? Então ____________________________________________consulte: ____________________________________________• O vídeo de Sérgio Bianchi Quanto vale ou ____________________________________________é por quilo?. Disponível em: <www.youtube. ____________________________________________com/watch?v=NxAtyFuJ9fk>. Acesso em: 23 ____________________________________________set. 2010. Observe no filme qual o papel doassistente social naquela situação. ____________________________________________• Veja o filme de Tim Hunter Alguém para di- ____________________________________________vidir os sonhos, com Matt Dillon, Danny Glover ____________________________________________e Rick Aviles, que trata da história do bondoso ____________________________________________e ingênuo Matthew que acaba de sair de um ____________________________________________hospital psiquiátrico. Forçado a passar a noiteno abrigo de indigentes “Fort Washington”, ele ____________________________________________faz amizade com o veterano do Vietnã, Jerry. ____________________________________________Eles passam a trabalhar juntos, limpando pára- ____________________________________________brisas por trocados que pretendem usar para re- ____________________________________________começar suas vidas. ____________________________________________Faça uma reflexão sobre o papel do trabalho navida daqueles personagens. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________FINALIZANDO ____________________________________________Neste capítulo, você estudou a relação entre ____________________________________________trabalho e família. É fundamental que você ____________________________________________compreenda como se dá essa relação e como ____________________________________________um influencia o outro dentro da vida social. Sevocê teve alguma dificuldade no estudo deste ____________________________________________tema e no alcance dos objetivos, não deixe de ____________________________________________questionar seus tutores. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Anotações ____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________54
  • 53. Tema 7Programas de Atendimento à FamíliaObjetivos de aprendizagem• Refletir sobre a importância e os objetivos da rede social de atendimento à família e aos seus membros.• Conhecer os principais programas governamentais da esfera federal de atendimento à família.Para início de conversaApós perpassar por perfis relativos aos possíveis usuários queos futuros profissionais de serviço social irão atender, você irárefletir sobre a importância da rede socioassistencial, uma vezque, para atuar na área social, a disponibilização de uma redesocioassistencial ampla e fortalecida contribui para uma prá-tica exitosa do profissional de serviço social. Você conheceráos principais programas de atendimento à família da esferafederal. Antes de iniciar o estudo do tema, reflita sobre osignificado da palavra redes. Para você, o que é rede de aten-dimento socioassistencial?Por dentro do temaRede de apoio à família são agrupamentos de iniciativas já existentes nas esferaspúblicas e privadas, com propósitos básicos definidos em princípios e diretrizes co-muns, para o fortalecimento e a reconstrução de famílias em situação de vulnera-bilidade.Diante da complexidade das questões que envolvem a vida de milhares de brasileirosem situação de vulnerabilidade, o trabalho em rede otimiza as ações de maneira aatingir os resultados almejados.Para que esta realidade se concretize, é necessária a troca de experiências, de co-nhecimentos e qualificação permanente de todos os envolvidos. É fundamentalo empoderamento das organizações, de seus colaboradores e usuários, para quetransformações positivas sucedam continuamente e sem retrocessos.No intuito de melhor esclarecer sobre as iniciativas governamentais de atendimento à família, você fará a seguirum breve relato dos principais programas direcionados às famílias brasileiras.Programa Bolsa Família (PBF)Ligado ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, este programa de transferência direta derenda possui condicionalidades que beneficiam famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, de acordocom a Lei nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004 e o Decreto nº 5.209, de 17 de setembro de 2004. 55
  • 54. O PBF integra a estratégia FOME ZERO, que tem o objetivo de assegurar o direito humano à alimentação adequa-da, promovendo a segurança alimentar e nutricional e contribuindo para a erradicação da extrema pobreza e paraa conquista da cidadania pela parcela da população mais vulnerável à fome.Programa de Atenção Integral à Família (PAIF)Sob a égide também do Ministério do Desenvolvimento Social de Combate à Fome, o Programa de AtençãoIntegral à Família (PAIF) expressa um conjunto de ações relativas à acolhida, informação e orientação, inserçãoem serviços da assistência social, tais como socioeducativos e de convivência, encaminhamentos a outras políticas,promoção de acesso à renda e, especialmente, acompanhamento sociofamiliar. Esse programa é desenvolvido noCentro de Referência de Assistência Social (CRAS).Programa Saúde da FamíliaVinculado ao Ministério da Saúde, o Programa Saúde da Família ou PSF teve início em 1994, como um dosprogramas propostos pelo governo federal, aos municípios, para implementar a atenção básica. O PSF é tidocomo uma das principais estratégias de reorganização dos serviços e de reorientação das práticas profissionais noâmbito da assistência, da promoção da saúde, da prevenção de doenças e da reabilitação.Atualmente, o PSF é definido com Estratégia Saúde da Família (ESF), ao invés de programa, visto que o termoprograma aponta para uma atividade com início, desenvolvimento e finalização. O PSF é uma estrátégia de reor-ganização da atenção primária e não prevê um tempo para finalizar esta reorganização.Anotações________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________56
  • 55. Família e Sociedade Tema 7 - Atividades Atividades ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ INSTRUÇÕES Habilidade em trabalhar em equipe, articulação Agora é com você! Responda às questões a e conhecimentos são imprescindíveis para uma seguir para conferir o que aprendeu. atuação profissional de qualidade que o merca- do requisita. No intuito de exercitar essas habi- lidades, as atividades 8 e 10 deverão ser realiza- das em grupo de 4 a 5 alunos. Questão 1 As questões de 1 a 5 devem ser feitas indivi- dualmente. As questões 6, 7 e 9 são atividades (ENADE, 2004). Para melhor orientar o usuário, a serem realizadas naqueles horários que você o assistente social deve conhecer as múltiplas tem para estudo a distância. mediações que permeiam a sua atuação profis- Importante: não se esqueça de que para respon- sional. Para isso, deve embasar a sua interven- der às questões, além do PLT indicado, você pre- ção em processos investigativos que assegurem cisa ler os textos postados no ambiente virtual e qualifiquem a formulação de estratégias e tá- de aprendizagem. ticas de ação. Entre outras formas, tal embasa- mento se torna possível por meio de: a) Administração de benefícios. b) Visita domiciliar. Ponto de partida c) Formação de grupos de discussão teórica. d) Levantamento/identificação dos recursos Neste tema, vale observar que a rede socio disponíveis. assistencial, bem como os programas sociais de e) Projetos de extensão. atendimento à família, os quais fazem parte da rede, são de suma importância para a atuação do assistente social. Assim, que tal refletir sobre pelos menos três serviços essenciais que com- põem a rede socioassistencial? Questão 2 ____________________________________________ “Considerados uma unidade pública da política ____________________________________________ de assistência social, de base municipal, inte- ____________________________________________ grante do SUS. Localizados em áreas com maio- ____________________________________________ res índices de vulnerabilidade e risco social, são ____________________________________________ destinados à prestação de serviços e programas ____________________________________________ socioassistenciais de proteção social básica às famílias e indivíduos e à articulação destes ser- ____________________________________________ viços no seu território de abrangência, e uma ____________________________________________ atuação intersetorial na perspectiva de poten- ____________________________________________ cializar a proteção social”. Nesse sentido, é feita ____________________________________________ referência a: ____________________________________________ a) Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) 1. ____________________________________________ b) Centro de Referência de Assistência Social ____________________________________________ (CRAS). ____________________________________________ c) Núcleos de Apoio à Saúde da Família ____________________________________________ (NASF) 2. ____________________________________________ d) Centro de Referência Especializado de ____________________________________________ Assistência Social (CREAS). ____________________________________________ e) N.D.A. 57
  • 56. Tema 7 - Atividades Família e Sociedade Sobre as características da articulação em redeQuestão 3 de serviços, é correto afirmar: a) A existência de uma coordenação no âmbito governamental e a unificação dos procedi-(Universidade Estadual de Londrina - Teste mentos e dos critérios de acesso aos servi-seletivo IASP, 2004). “É no mínimo hipócrita ços.atribuir às famílias das camadas empobrecidasde nossa sociedade uma função de proteção às b) A existência de uma coordenação por meiocrianças e adolescentes sem lhes oferecer meios dos conselhos de direitos e a articulação dapara isso. Em países como Canadá e França, já sociedade civil organizada para deliberar so-há tentativas de se elaborar programas para o bre os critérios de acesso aos serviços.atendimento de famílias que combinem políti- c) A existência de uma coordenação por meiocas de emprego, habitação, educação e forma- dos conselhos de direitos e a flexibilizaçãoção profissional, buscando a cooperação de di- dos critérios para o acesso aos serviços.versos serviços”. (SZYMANSKI, Heloísa. Viver em d) A existência de uma coordenação no âmbitofamília como experiência de cuidado mútuo: governamental que determine os critériosdesafios de um mundo em mudança. In: Revista para o acesso aos serviços.Serviço Social e Sociedade n. 71, Cortez Editora: e) A existência de uma coordenação compar-São Paulo, 2002, p. 23.) tilhada entre o âmbito governamental e aCom base no texto, é correto afirmar: sociedade civil por meio do conselho de di-a) A família possui as mesmas atribuições do reitos e a unificação dos critérios de acesso Estado e da sociedade com relação à prote- aos serviços. ção das crianças e dos adolescentes.b) Políticas públicas que combinem diversos serviços voltados às crianças e aos adoles- centes são a melhor opção para garantir sua Questão 5 proteção.c) Os programas de atendimento às famílias “Tem como objetivo fortalecer a função prote- empobrecidas devem prever a incapacidade tiva da família.” Nesse sentido, fala-se de qual das mesmas em proteger os seus filhos. programa de atendimento às famílias:d) Programas de atenção às famílias empobre- a) Programa Bolsa Família (PBF). cidas são necessários para que elas possuam b) Programa de Atenção Integral à Família meios para proteger seus filhos. (PAIF).e) Políticas públicas de atenção às famílias se c) Programa Saúde da Família (PSF). caracterizam pela omissão do Estado. d) Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF). e) N.D.A.Questão 4(Universidade Estadual de Londrina - Teste se- Questão 6letivo IASP, 2004). “O conceito de rede estáinserido na própria definição do ECA sobre apolítica de atendimento como um conjunto ar- De acordo com o texto “Programas de atendi-ticulado de ações governamentais e não gover- mento à família”, postado no ambiente virtualnamentais da União, do Estado e do Município. de aprendizagem, identifique qual a diferençaEste conjunto articulado de ações deve conside- dos atendimentos disponibilizados pelo Centrorar a distinção entre o Estado e a sociedade civil, de Referência de Assistência Social (CRAS) e peloestabelecendo papéis claramente delimitados Centro Especial de Referência de Assistência So-para ambos.” (VOLPI, Mário. O adolescente e o cial (CREAS).ato infracional. Cortez Editora: São Paulo 1997, ____________________________________________p. 43) ____________________________________________ ____________________________________________58
  • 57. Família e Sociedade Tema 7 - Atividades ____________________________________________ Agora, responda aos seguintes questionamen- ____________________________________________ tos: identifique o tema central a que o autor está se referindo e, a seguir, responda de onde ____________________________________________ vem o conceito apresentado no texto. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 7 ____________________________________________ ____________________________________________ Pesquise em jornais, revistas, internet e procure ____________________________________________ identificar e descrever as principais etapas ini- ____________________________________________ ciais do processo de atendimento realizadas pe- los assistentes sociais que atuam nos Centros de Referências da Assistência Social - CRAS. ____________________________________________ Questão 9 ____________________________________________ ____________________________________________ Explicite quais são os objetivos do Programa de ____________________________________________ Atenção Integral à Família (PAIF). ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 8 ____________________________________________ ____________________________________________ Reúna-se em grupo de 3 ou 4 alunos, no máxi- ____________________________________________ mo, e leiam o seguinte texto: A palavra “redes” origina-se do latim - retis - que significa entrelaçamento de fios que for- mam um tecido. Withaker (1998, p.18) concei- Questão 10 tua rede como: Uma estrutura em rede [...] corresponde tam- Como se trata do penúltimo tema, você irá co- bém ao que seu próprio nome indica: seus in- locar em prática o seu aprendizado. Primeira- tegrantes se ligam horizontalmente a todos os mente, a turma discutirá a importância da rede demais, diretamente ou por meio dos que os cer- social para o trabalho do assistente social. Após cam. O conjunto resultante é como uma malha a discussão com o acompanhamento e orienta- de múltiplos fios, que pode se espalhar indefini- ção do tutor presencial, os grupos serão dividi- damente para todos os lados, sem que nenhum dos por tipos de atendimento: dos seus nós possa ser considerado principal ou Grupo 1: adolescente autor de ato infracional central, nem representante dos demais. Não há em cumprimento de medidas socioeducativas um “chefe”; o que há é uma vontade coletiva privativas de liberdade (internação). de realizar determinado objetivo. Grupo 2: adolescentes em cumprimentos de me- didas não privativas (liberdade assistida). 59
  • 58. Tema 7 - Atividades Família e SociedadeGrupo 3: criança vítima de maus tratos. Os serviços atendem à demanda da localidade?Grupo 4: criança vítima de abuso sexual intra- ____________________________________________familiar. ____________________________________________Grupo 5: pessoa idosa. ____________________________________________Grupo 6: pessoa com deficiência. ____________________________________________Após essa divisão, cada grupo deverá identifi- ____________________________________________car em sua localidade as principais Instituições e ____________________________________________Órgãos que compõem a rede de atendimento aesse público-alvo. Após listarem os serviços dis- ____________________________________________ponibilizados, irão apresentar em sala de aula ____________________________________________o que o grupo observou. Existem serviços que ____________________________________________atendam a esse público-alvo? ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ AMPLIANDO O CONHECIMENTO____________________________________________ Você quer saber mais sobre esse assunto? Então____________________________________________ consulte:____________________________________________ • O site do Ministério do Desenvolvimento____________________________________________ Social e Combate à Fome. Disponível em: <www. mds.gov.br>. Acesso em: 23 set. 2010. Nele, você____________________________________________ encontrará programas e políticas públicas de____________________________________________ desenvolvimento social , a segurança alimentar,____________________________________________ a assistência integral e uma renda mínima de cidadania às famílias que vivem em situação de pobreza. Consulte os materiais que falamCite-os. sobre os programas de atendimento à família,____________________________________________ condicionalidades e experiências exitosas.____________________________________________________________________________________________________________________________________ FINALIZANDO____________________________________________ Neste tema, você conheceu os principais progra-____________________________________________ mas de atendimento à família da esfera federal na atualidade. Vale destacar que as iniciativas____________________________________________ governamentais não possuem uma continuida-____________________________________________ de e cada governo normalmente amplia ou mo-____________________________________________ difica e, muitas vezes, extingue algumas iniciati-____________________________________________ vas, cabendo a nós, profissionais da área social, o conhecimento, a articulação e o fortalecimen- to desses serviços, para melhor atendimento aosQuais os critérios de atendimento? usuários que dela necessitam.________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Anotações____________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ____________________________________________60
  • 59. Tema 8O Assistente Social e o Trabalho com FamíliasObjetivos de aprendizagem• Aprofundar o conhecimento da metodologia do trabalho social com famílias.• Refletir sobre o fazer do assistente social no trabalho a ser desenvolvido com famílias.• Compreender melhor a importância e a utilização dos instrumentais técnicos operativos, bem como os pro- cessos de atendimento no trabalho com famílias.Para início de conversaFinalizando o estudo desta disciplina, e já com algumas dis-cussões realizadas, você irá, enfim, conhecer um pouco daprática do assistente social e a operacionalização dos serviçosdirecionados à família e seus membros. Você terá a oportuni-dade de estudar brevemente o trabalho com famílias, diretri-zes, metodologia e principais instrumentais utilizados.Por dentro do temaTrabalhar com famílias em situação de vulnerabilidade requer dos envolvidos noatendimento, além de outros atributos, flexibilização, determinação e conhecimen-to. Os profissionais que atuam em ações de apoio à família em crise precisam estarmunidos/armados de bom senso, equilíbrio e capacitados para lidar com as diferen-tes realidades apresentadas. Devem, ainda, estar aptos aos diversos encaminhamen-tos que se fizerem necessários, isso porque não existe fórmula pronta, com soluçõescompletas e rápidas para a melhoria da qualidade de vida de todas as famílias.As particularidades que permeiam o universo familiar precisam ser enxergadas eanalisadas em suas especificidades. Daí a importância do investimento em capaci-tação continuada para profissionais e voluntários, que atuam diretamente no aten-dimento às famílias.É fundamental a criação e/ou manutenção de espaços onde os trabalhadores sociais possam dialogar e trocarexperiências, já que as situações por eles vivenciadas possuem similaridades e particularidades. Essa troca possibi-litará a discussão e a ampliação de conhecimentos do trabalho desenvolvido, produzindo alternativas inovadorase enriquecedoras nos atendimentos.Algumas diretrizes do trabalho social com famílias• Potencialização da rede de serviços e acesso aos direitos.• Embasamento das ações socioeducativas na realidade socioeconômica e cultural.• Respeito e valorização das famílias em sua diversidade sociocultural, suas demandas e potencialidades. 61
  • 60. • Adoção de metodologias participativas e dialógicas, com abertura para o trabalho interdisciplinar.• Articulação do trabalho com definição de critérios e indicadores que ofereçam referências para a ação e para a avaliação das ações desenvolvidas.Metodologia de atendimento à família: a prática do assistente socialHistoricamente, a família sempre foi e ainda se constitui alvo da atenção e atuação do profissional de Serviço So-cial. Para que o assistente social desenvolva um trabalho de qualidade com famílias, é necessário, primeiramente,conhecer essa família. Para tanto, é imprescindível a utilização de instrumentais técnicos que possibilitem a exe-cução de cada etapa do trabalho a ser desenvolvido.Anotações___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________62
  • 61. Família e Sociedade Tema 8 - Atividades Atividades Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu. INSTRUÇÕES Questão 1 Habilidade em trabalhar em equipe é impres- cindível para uma atuação profissional de quali- dade que o mercado de trabalho requer. No in- (ENADE, 2007). Capacitação e fortalecimento tuito de exercitar essas habilidades, a atividade de lideranças; apoio sistemático no encaminha- 9 deverá ser realizada em grupo de 4 a 5 alunos. mento de ações imediatas; assessoramento na condução de processos de luta por conquistas, A questão 10 é uma atividade individual e tem garantia de direitos e melhoria de condições de como objetivo contribuir para a reflexão relati- vida; assessoramento na participação coletiva va à prática profissional. de sujeitos envolvidos em dinâmicas decisórias As questões de números 1 a 5 devem ser feitas - este conjunto de processo interventivo é ope- individualmente. As questões 6, 7 e 8 são ativi- racionalizado por assistentes sociais junto: dades a serem realizadas naqueles horários que a) À família. você tem para estudo a distância. b) Ao universo de organizações da sociedade Importante: não se esqueça de que, para res- civil. ponder às questões, além do PLT indicado, você precisa ler os textos postados no ambiente vir- c) Às organizações populares. tual de aprendizagem e o Código de Ética do d) Aos gestores de políticas estatais. Assistente Social. e) Aos partidos políticos. Ponto de partida Questão 2 Esta é sua última aula. Ela trata da atuação (ENADE, 2004). O assistente social, ao se depa- profissional; então, tente refletir, identificar se rar com conflitos de interesses, deve, de acordo você já possui afinidade com determinado tipo com o atual Código de Ética, em seus princípios de área de atuação. Tente, também, visualizar fundamentais, se posicionar em favor da demo- em qual área você gostaria de atuar depois de cracia, da cidadania, da equidade, da justiça so- formado. cial, dos direitos humanos e da liberdade com ____________________________________________ valor ético central. Nesse quadro, o assistente ____________________________________________ social deve optar por um projeto profissional vinculado à construção de: ____________________________________________ a) Uma sociedade liberal e democrática, sem ____________________________________________ qualquer tipo de discriminação. ____________________________________________ b) Uma sociedade burguesa renovada, pluralis- ____________________________________________ ta, livre de qualquer tipo de opressão. ____________________________________________ c) Uma sociedade democrática, porém conser- ____________________________________________ vando as diferenças econômicas, políticas e ____________________________________________ culturais. ____________________________________________ d) Uma nova ordem societária, sem domina- ção-exploração de classe, gênero e etnia. ____________________________________________ e) Um novo projeto social-democrata. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ 63
  • 62. Tema 8 - Atividades Família e SociedadeQuestão 3 Questão 4(ENADE, 2007). Nas Varas especializadas desti- (Universidade Estadual de Londrina - Teste sele-nadas a atender jovens em conflito com a lei, tivo IASP, 2004). O trabalho em equipe é, atu-o assistente social é requisitado a realizar estu- almente, condição essencial para a intervençãodo social para subsidiar o magistrado na apli- do assistente social. Relacione as colunas a se-cação de medidas socioeducativas previstas no guir entre as diferentes modalidades de traba-Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A lho em equipe e os conceitos correspondentes:utilização desse instrumental técnico operativoprivativo do assistente social deve conter: (A) Multidisciplinar (1) Implica estabelecer um pla-a) Posição imparcial do perito para fornecer (B) Interdisciplinar no de trabalho conjunto, explicitando-se as especia- informações técnicas estritamente relacio- (C) Transdicisciplinar lidades de cada área/ativi- nadas com a área de Serviço Social. dade, bem como os fluxosb) Defesa juridicamente fundamentada dos di- e os procedimentos institu- cionais. reitos dos inúmeros sujeitos envolvidos no (2) Está baseada na troca, no caso. aprendizado mútuo doc) Interpretação do profissional sobre o modo saber especializado, para pelo qual as expressões da “questão social” sustentação de ações que tenham centralidade no rebatem no dia a dia do sujeito. trabalho desenvolvido.d) Análise aprofundada dos fatores psicosso- (3) Está baseada na presença ciais que contribuíram para a ocorrência do de várias áreas profissio- delito. nais ou conhecimentos e habilidades, num mesmoe) Análise profunda do grau de periculosidade espaço de atuação. do indivíduo e da possibilidade de reinci- (4) As diversas áreas do sa- dência do erro. ber se complementam na abordagem de diferentes aspectos de um problema, reconhecendo as diferen- ças e as especificidades, Anotações sem eliminá-las. (5) Baseia-se na atuação de vá-____________________________________________ rias áreas profissionais num mesmo espaço de interven-____________________________________________ ção, desenvolvendo prá-____________________________________________ ticas que se articulam em torno de objetivos e metas____________________________________________ definidos em comum.____________________________________________ (6) Práticas e níveis de inter- venção que extrapolam a____________________________________________ especialidade e as atribui-____________________________________________ ções formais das compe- tências profissionais.____________________________________________ Assinale a alternativa que apresenta a corres-____________________________________________ pondência correta das respectivas modalida-____________________________________________ des.____________________________________________ a) 1A - 2B - 3A - 4C - 5C - 6B.____________________________________________ b) 1B - 2C - 3A - 4B - 5A - 6C.____________________________________________ c) 1C - 2B - 3B - 4A - 5C - 6A.____________________________________________ d) 1A - 2B - 3C - 4A - 5B - 6C.____________________________________________ e) 1B - 2A - 3C - 4B - 5B - 6A.____________________________________________________________________________________________________________________________________64
  • 63. Família e Sociedade Tema 8 - Atividades e cultivado, mediante o incentivo de pesquisas Questão 5 e intercâmbios de experiências”. De acordo com o próprio autor, cite alguns exemplos da atuação do profissional na área (Universidade Estadual de Londrina - Teste jurídica. seletivo IASP, 2004). “O estudo social é um pro- cesso metodológico específico do Serviço Social, ____________________________________________ que tem por finalidade conhecer, com profun- ____________________________________________ didade, e de forma crítica, uma determinada ____________________________________________ situação ou expressão da questão social, obje- ____________________________________________ to da intervenção profissional - especialmente nos seus aspectos socioeconômicos e culturais”. ____________________________________________ (CFESS/CORTEZ. O estudo social em perícias, lau- ____________________________________________ dos e pareceres técnicos, São Paulo, 2003, p. 42) ____________________________________________ Com base no texto e no conhecimento sobre o ____________________________________________ estudo social, considere as afirmativas a seguir. ____________________________________________ I. A análise dos aspectos socioeconômicos e ____________________________________________ culturais de uma determinada situação ou ____________________________________________ expressão da questão social é atividade pri- vativa dos assistentes sociais. ____________________________________________ II. O estudo social é, por si, um instrumento ____________________________________________ crítico de análise da realidade por parte dos ____________________________________________ assistentes sociais. ____________________________________________ III. O estudo social é um processo metodológico ____________________________________________ que envolve vários instrumentos profissio- ____________________________________________ nais. IV. Nas situações particulares analisadas na ela- boração do estudo social se encontram as expressões da questão social. Questão 7 V. A elaboração do estudo social pressupõe uma postura crítica do assistente social dian- te da realidade. Segundo texto do Posfácio do Livro PLT, (Szy- manski, 2002:10), a despeito das definições ofi- Estão corretas apenas as afirmativas: ciais, a noção de família hoje se amplia. Cite, a) I, II e III. segundo a autora, pelo menos três tipos de b) I, III e IV. composições familiares na atualidade. c) II, III e V. ____________________________________________ d) II, IV e V ____________________________________________ e) III, IV e V. ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Questão 6 ____________________________________________ ____________________________________________ ____________________________________________ Segundo texto do Posfácio do Livro PLT, “É nes- se tenso terreno sociopolítico e legal que se ____________________________________________ inscreve o trabalho do assistente social na área ____________________________________________ sócio-jurídica, que tem sido silenciado na litera- ____________________________________________ tura especializada. Entretanto, recentes iniciati- ____________________________________________ vas têm contribuído para reverter esse quadro, trazendo a público os dilemas do Serviço Social ____________________________________________ na área sócio-jurídica e largando o espectro do ____________________________________________ debate, que certamente merece ser estimulado ____________________________________________ 65
  • 64. Tema 8 - Atividades Família e SociedadeQuestão 8 Questão 10Segundo texto do Posfácio do Livro PLT, no Po- Para finalizar esta disciplina “Família e Socieda-der Judiciário, o assistente social é amplamente de”, haverá uma dinâmica sobre as expectativasreconhecido como um perito social. Para Mio- do Curso. Sendo assim, você, aluno, fará umato, qual a finalidade da perícia social no Poder carta para si próprio (1 folha), datando e des-Judiciário? crevendo suas expectativas em relação ao Cur-____________________________________________ so, em que área pensa atuar, o que entendeu das atribuições do profissional de Serviço Social____________________________________________ e demais considerações em relação a você e à____________________________________________ futura profissão.____________________________________________________________________________________________________________________________________ AMPLIANDO O CONHECIMENTO____________________________________________ Você quer saber mais sobre esse assunto? Então,____________________________________________ consulte:____________________________________________ • O site do Conselho Federal de Serviço Social. Disponível em: <www.cfess.org.br/>. Acesso em:____________________________________________ 23 set. 2010, onde você encontrará legislação,____________________________________________ notícias, eventos e publicações do âmbito do profissional de Serviço Social. • A Revista Serviço Social & Sociedade.Questão 9 • Assista ao filme Caso 39 e, segundo o Código de Ética do Assistente Social, identifique uma postura positiva e uma negativa da assistenteComo até então você só viu a atuação do assis- social que atua no filme.tente social no Poder Público, agora vai haverum pouco de diversificação.Reúna-se em grupo de 5 alunos. Juntos, façam FINALIZANDOuma exposição ou mesmo uma dramatização Em nosso último tema, você conheceu mais so-sobre a atuação do profissional de Serviço So- bre a prática do assistente social no trabalhocial contratado para atuar como assistente so- com famílias, principais instrumentais e etapascial em uma usina de álcool, atualmente com 50 percorridas. Vale destacar que a busca pelo co-funcionários. Quais são as ações a serem imple- nhecimento deve ser contínua e ininterrupta.mentadas e quais os tipos de trabalhos a serem Assim como a família sofre transformações, odesenvolvidos com os funcionários e a família fazer profissional também se transforma, so-dos mesmos? licitando de seus profissionais conhecimentos____________________________________________ atualizados e precisos para uma atuação profis-____________________________________________ sional que atenda às demandas impostas pela____________________________________________ sociedade.____________________________________________ “Família não nasce pronta; constrói-se aos pou- cos e é o melhor laboratório do amor. Em casa,____________________________________________ entre pais e filhos, pode-se aprender a amar, ter____________________________________________ respeito, fé, solidariedade, companheirismo e____________________________________________ outros sentimentos”.____________________________________________ Luiz Fernando____________________________________________________________________________________________________________________________________66
  • 65. Família e Sociedade Desafio de Aprendizagem Autora: Emanuela de Oliveira - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3 A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas e supervisionadas e tem por objetivos: • Favorecer a aprendizagem. • Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo aprendizado eficiente e eficaz. • Promover o estudo, a convivência e o trabalho em grupo. • Desenvolver os estudos independentes, sistemáticos e o autoaprendizado. • Oferecer diferenciados ambientes de aprendizagem. • Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação. • Promover a aplicação da teoria e dos conceitos para a solução de problemas relativos à profissão. • Direcionar o estudante para a emancipação intelectual. Para atingir esses objetivos, as atividades foram organizadas na forma de um desafio, que será solucionado por etapas ao longo do semestre letivo. Participar ativamente desse desafio é essencial para o desenvolvimento das competências e habilidades requeridas na sua atuação no mercado de trabalho. Aproveite esta oportunidade de estudar e aprender com os desafios da vida profissional. Competências e Habilidades Ao concluir as etapas propostas nesse desafio, você terá desenvolvido a competência e habilidade descrita a seguir: • Orientar a população na identificação de recursos para atendimento e defesa de seus direitos. • Elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social. Primeiro Desafio O conceito de família está associado aos processos de construções históricas e sociais, portanto é passível de desconstruções e reconstruções, e tomá-lo como fixo pode se traduzir em um complexo equívoco. Diante desse contexto, a reflexão é importante e deve ser realizada. Assim, deverá constituir uma equipe, de no máximo cinco integrantes, que terá como desafio elaborar um texto, de no máximo cinco páginas, que consista em uma análise sobre a noção de família, passando por diferentes momentos históricos até chegar às configurações da atualidade. O resultado final deve ser composto de capa, introdução, desenvolvimento, considerações finais e referências bibliográficas, segundo as normas da ABNT. O material impresso deve ser entregue ao professor. Esta proposta é importante para que você compreenda de fato a sociedade e suas instituições como resultantes de construções históricas e culturais, ampliando então sua capacidade de se colocar diante do outro e de exercitar sua compreensão do “outro”, do “diferente”. 67
  • 66. Desafio de Aprendizagem Família e SociedadeAutora: Emanuela de Oliveira - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3 Etapa 1 Aula-tema: Família: relação entre o público e o privado Esta atividade é importante para que você dê início à reflexão sobre o conceito de família. Para realizá-la, siga os passos descritos. PASSOS Passo 1 - Leia o texto de Maria das Graças Lucena de Medeiros, disponível em: http://www.abep.nepo.unicamp.br/docs/anais/pdf/2002/GT_Gen_PO11_Medeiros_texto.pdf. Passo 2 - Debata, em grupo, os pontos do texto que evidenciem as mudanças pelas quais passou o conceito de família ao longo da história. Enfatize especificamente os momentos de transformações e passagens de um “mo- delo” a outro. Passo 3 - Organize, por escrito, os principais pontos retirados do texto e tidos como os mais relevantes pelo gru- po. Trabalhe a apresentação deste com as devidas referências bibliográficas à autora lida e/ou aos autores por ela citados, segundo as normas da ABNT. Etapa 2 Aula-tema: Relação de classe, etnia, gênero, relações Esta atividade é importante para que você reflita e analise as diferentes configurações familiares na sociedade atual. Para desenvolvê-la, siga os passos indicados. PASSOS Passo 1 - Observe as seguintes imagens: Família Imperial Brasileira. Disponível em: http://andersontavaresrn.blogspot.com/2009_08_01_archive.html. Acesso em 20/01/2010. 68
  • 67. Família e Sociedade Desafio de Aprendizagem Autora: Emanuela de Oliveira - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3 Filha e seus pais adotivos. Disponível em: http://www.athosgls.com.br/noticias_visualiza.php?contcod=24174. Acesso em 20/01/2010. Passo 2 - Acesse a reportagem disponível em: http://veja.abril.com.br/especiais/homem_2004/p_028.html. Passo 3 - Leia o texto de Helena Centeno Hitz que se encontra em: http://www.domusterapia.com.br/pdf/PF3HelenaHintz.pdf. Passo 4 - Debata todo o material com o qual teve contato, com o grupo. Das discussões, organize por escrito as principais reflexões e conclusões às quais se chegou. Segundo Desafio No contexto do Serviço Social, a área de família tem bastante evidência, de modo que merece um olhar mais cuidadoso; afinal, traz em si algumas importantes particularidades e estas merecem um debate mais profundo. Assim, este desafio consiste em desenvolver atividades que ajudem a entender a relação entre Serviço Social e Família. O desafio consiste em produzir uma apresentação, em PowerPoint, cujos slides tragam informações per- tinentes a este possível campo de atuação profissional para o assistente social. Pense que esta apresentação tem o papel de ajudar estudantes a escolher ou não essa área de atuação no mercado de trabalho; portanto ela deve trabalhar com informações básicas, mas consistentes o bastante para que seja possível se posicionar diante delas. O trabalho deve ser feito por um grupo de no máximo cinco pessoas. A apresentação deve ter no máximo dez slides e o primeiro deve trazer os nomes e RAs dos integrantes do grupo, e o último, as referências bibliográficas consultadas segundo as normas da ABNT. A apresentação deve ser entregue impressa ao professor. Este desafio é importante para começar a ter uma dimensão do campo de trabalho ao formando em Serviço Social. Etapa 1 Aula-tema: Pressupostos teóricos para o trabalho com família e segmentos sociais vulneráveis Esta atividade é importante para que você dê início à compreensão da família como área de atuação do Serviço Social. Para realizá-la, siga os passos descritos. 69
  • 68. Desafio de Aprendizagem Família e SociedadeAutora: Emanuela de Oliveira - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3 PASSOS Passo 1 - Leia o material de Jéssica Carolina Medeiros Silva que se encontra em: http://intertemas.unitoledo.br/revista/index.php/ETIC/article/viewFile/1592/1525 Passo 2 - Debata o texto lido em grupo. Passo 3 - Feitas as discussões, escreva, de forma pontual, alusões ao que a autora aponta como componentes da relação entre Família e Serviço Social, enfatizando como essas áreas podem se articular e em que aspectos elas se unem. Etapa 2 Aula-tema: Relação família e sociedade Esta atividade é importante para que você continue a investigação sobre a atuação do formando em Serviço Social na família. Para realizá-la, siga os passos descritos. PASSOS Passo 1 - Leia o texto de Regina Célia Tamaso Mioto em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/viewFile/979/759. Passo 2 - Em grupo, debata o texto e os principais argumentos da autora. Passo 3 - Organize no papel, em tópicos, os pontos que o grupo julgou mais relevantes da leitura e das discussões. Etapa 3 Aula-tema: Definição e debate sobre formas de contato e limites no trabalho com famílias e seus mem- bros Esta atividade é importante para que você tenha uma visão mais prática das articulações possíveis entre a Família e o Serviço Social. Para realizá-la, siga os passos descritos. PASSOS Passo 1 - Procure um profissional graduado em Serviço Social que atue em questões ligadas à família. Pode ser um dos seus professores, alguém indicado por ele, ou mesmo alguém de seu círculo de relações pessoais ou pro- fissionais. Passo 2 - Entreviste esse profissional, indagando-o sobre como se dá a atuação do assistente social na família, quais são as possibilidades de atuação na área, quais as maiores dificuldades e realizações, neste campo, em especial. Passo 3 - Organize os dados coletados e considerados mais interessantes. 70
  • 69. Família e Sociedade Desafio de Aprendizagem Autora: Emanuela de Oliveira - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BORGES, D. P. A centralidade da família para o serviço social. Disponível em: <http://bdm.bce.unb.br/ bitstream/10483/678/3/2008_DelmaPereiraBorges.pdf>. Acesso em: 20 jan. 2010. DIAS, M. B.; SOUZA, I. M. C. C. Famílias modernas: (inter)secções do afeto e da lei. Disponível em: <http:// periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciHealthSci/article/viewFile/1618/1059>. Acesso em: 20 jan. 2010. JESUS, C. S.; ROSA, C. T.; PRAZERES, G. G. S. Metodologias de atendimento à família: o fazer do assistente social. Disponível em: <http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciHealthSci/article/ viewFile/1618/1059 >. Acesso em: 20 jan. 2010. KOWALSKI, A. V. O processo de trabalho dos assistentes sociais na garantia de direitos nas relações familiares. Disponível em: <http://www.rededobem.org/arquivospdf/1394.pdf >. Acesso em: 20 jan. 2010. PAIVA, S. P. Famílias e vulnerabilidades: retratos e representações sociais. Disponível em: <http://www. revistalibertas.ufjf.br/artigos/volume3n1/artigo09.pdf >. Acesso em: 20 jan. 2010. VIGNOLI, M. F. S. A família como campo de atuação e investigação do serviço social brasileiro. Disponível em: <http://www.sapientia.pucsp.br//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4806>. Acesso em: 20 jan. 2010. 71
  • 70. Referências Bibliográficas Família e SociedadeABC da família. Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. 2003.ABREO, A. C. S. A família em debate: uma intervenção familiar sistêmica. Londrina: Uel, 1998.ALMEIDA, A. M. Mães, esposas, concubinas e prostitutas. Seropédica: Edur, 1996, p. 05.ANTONIO, A. L. A et al. Educação sem fronteiras. Campo Grande: Anhanguera Uniderp, 2009.ANTUNES, R. e ALVES, G. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Dis-ponível em: <http://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em: 26 ago. 2010.ANTUNES, R. Afinal, quem é a classe trabalhadora hoje? Revista Estudos do Trabalho, ano II, n. 3, 2008.Revista da RET (Rede de Estudos do Trabalho). Disponível em: <www.estudosdotrabalho.org>. Acessoem: 26 ago. 2010.ARAÚJO, C. V. F. Pai, mãe e filho: reflexões sobre família e educação na modernidade. Estilos da Clínica,7 (12), 100-111.ÁRIES, P. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Guanabara, 1986.BERGER, P. L.; BERGER, B. Socialização: como ser um membro da sociedade. In: FORACCHI, Marialice M.;MARTINS, José de S. Sociologia e Sociedade. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977, p. 200.BERGER, P. L.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade. 14. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.BILAC, E. D. A família contemporânea. In: CARVALHO, Maria do C. B. São Paulo: EDUC, 1995.BRASIL. Lei nº 8.069 de 13 de julho de 1990. Estatuto da criança e do adolescente. Disponível em:<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8069.htm>. Acesso em: 9 set. 2010.BRASIL. Lei nº 7.853/89. Decreto n. 914/93. Os Direitos das Pessoas Portadoras de Deficiência. Brasília:CORDE, 1996. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei7853.pdf>. Acesso em: 9set. 2010.BRASIL. Lei nº. 10.741 de 01 de outubro de 2003. Estatuto da pessoa idosa. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil/leis/2003/L10.741.htm>. Acesso em: 9 set. 2010.BRASIL. Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Crianças e Adolescentes à convi-vência familiar e comunitária. Ministério do Desenvolvimento Social Combate à Fome, 2005. Disponívelem: <http://www.mds.gov.br/suas/guia_creas/avisos-e-documentos/copia-de-pncfc-28-12-06-documen-to-oficial.pdf/view>. Acesso em: 9 set. 2010.BRASIL. Secretaria Especial de Direitos Humanos. Disponível em: <http://www1.direitoshumanos.gov.br/>. Acesso em: 9 set. 2010.CARVALHO, M. C. B. (Org.). A Família contemporânea em debate. São Paulo: Cortez, 2003.CIAMPA, A. da C. Identidade. In: LANE, Silvia; CODO, Wanderley (Orgs.). Psicologia social e o homemem movimento. 13. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.COSTA, J. F. Ordem médica e norma familiar. Rio de Janeiro: Graal, 1979.ENGELS, F. A origem da família, da propriedade privada e do Estado. Disponível em: <www.dhnet.org.br/direitos/anthist/marcos/hdh_engels_origem_propriedade_privada_estado.pdf>. Acesso em: 16 ago.2010.ENGELS, F. O papel do trabalho na transformação do macaco em homem. In: obras escolhidas. São Pau-lo: Alfa Omega, 1979.ESPADA, J. P. Técnicas de grupo - recursos práticos para a educação. Petropólis: Vozes, 2005.72
  • 71. Família e Sociedade Referências Bibliográficas FEITOSA, S. A construção social do gênero. Curitiba: SEED. Disponível em: < www.diaadiaeducacao. pr.gov.br/portals/folhas/frm_detalharFolhas.php?codInscri=4163&PHPSESSID=2010062109491489> Acesso em: 25 jun. 2010. FREYRE, G. Casa grande e senzala. Rio de Janeiro: Record, 2000. IBGE. Síntese dos indicadores sociais. BRASIL, 2007. Disponível em: <www.ibge.gov.br/home/>. Acesso em: 9 set. 2010. INEP. Provas e Gabaritos Enade. Disponível em: <http://www.inep.gov.br/>. Acesso em: 9 set. 2010. IAMAMOTO, M. V. O Serviço Social na contemporaneidade: dimensões históricas, teóricas e eticopolíti- cas. Fortaleza: Cress-CE,1997. KALOUSTIAN, S. M. Família brasileira: a base de tudo. 7. São Paulo: Cortez, Coedição Unicef, 2005. LANCASTER, J. Enfermagem Comunitária: promoção de saúde de grupos, famílias e indivíduos. Lisboa: Lusociência, 1999. MINUCHIN, S. Famílias: Funcionamento & tratamento. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990. MIONE, A. S. et al. Política social, família e juventude - uma questão de direitos. São Paulo: Cortez, 2004. MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 1996. OLIVEIRA, M. Homem e mulher a caminho do século XXI. São Paulo: Ática, 1997, p. 30. OSÓRIO, L. C. Família hoje. Porto Alegre: Artes médicas,1996. PICHORIN, S. Prevenção de Deficiências: proposta metodológica. Brasília: CORDE, 1994. PIERUCCI, A. F. Igreja e contradições: ideologia do clero católico sobre a reprodução humana no Brasil. In: cadernos Cebrap. n. 30, 1981. PIZZOL, A. D. O estudo social e a perícia social - Um estudo em construção. In: O Serviço social no Poder Judiciário de Santa Catarina: construindo indicativos/organização da assessoria psicossocial. Florianópo- lis: Divisão de Artes Gráficas, 2001. PROMOSUL. Cadernos da Assistência Social de Mato Grosso do Sul. Fundação de Promoção Social de Mato Grosso do Sul. Campo Grande: 2000, n. 1. REVISTA SERVIÇO SOCIAL & SOCIEDADE. São Paulo: Cortez, n. 4, v. 10/ano IV, 2000. Disponível em: <http://observatorionuppess.blogspot.com/2009/04/acervo-colecao-revista-servico-social-e.html>. Aces- so em: 9 set. 2010. SANTOS, P. D. C. dos. Cultura, poder e conflitos familiares. Campo Grande: Uniderp, 2000. SARMENTO, H. M. Serviço Social, das tradicionais formas de regulação sócio-política ao redimensiona- mento de suas funções sociais. Capacitação em Serviço Social. Módulo 4: O trabalho do assistente social e as políticas sociais. Brasília: UnB, 2000. SARTI, C. A. A família como espelho: Um estudo sobre a moral dos pobres. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2007. SILVA, S. R. M. da. Visita-Entrevista Domiciliar. In: O Serviço Social no Poder Judiciário de Santa Catarina: Construindo indicativos/organização da assessoria psicossocial. Florianópolis: Divisão de Artes Gráficas, 2001. SILVA M. L. P. Um novo fazer profissional. Capacitação em Serviço Social e a política social. Módulo 4: O trabalho do assistente social e as políticas sociais. Brasília: UnB, 2000. 73
  • 72. Referências Bibliográficas Família e SociedadeSINGLY, F. Família e individualização. Rio de Janeiro: FGV, 2000.SOUZA, R. M. A criança na família em transformação: Um pouco de reflexão e um convite à investiga-ção. Revista Psicologia: 1997, pp. 33-51.STANHOPE, M. Teorias e desenvolvimento familiar. In: STANHOPE.WHITAKER, C. A.; BUMBERRY, W. M. Dançando com a família. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.74