Cronologia da Anapolina<br />1931 - Abril. Após uma viagem de caminhão que durou 15 horas, o Anápolis Sport chega a Goiás ...
Cronologia da Anapolina<br />1933 - 3 de Setembro. Na inauguração do Estádio Jundiahy, o Anápolis Sport vence a U. S. Ypam...
Cronologia da Anapolina<br />1935 - O Anápolis Sport recebe a visita do Ypiranga de Pires do Rio. Choveu muito, o que prej...
Cronologia da Anapolina<br />1941 - O Estádio Jundiahy, do Anápolis Sport, está sendo leiloado para pagar dívidas. O Anápo...
Cronologia da Anapolina<br />1942 - Maio. O Anápolis Sport, reinicia a sua arrancada técnica, que o leva a ser conhecido c...
Cronologia da Anapolina<br />1943 - O prestígio do Pantera Goiano aumenta com uma série de vitórias consecutivas: 3 X 2 no...
Cronologia da Anapolina<br />1945 - Até 1945 este time permaneceu imbatível no Estado de Goiás.<br />
Cronologia da Anapolina<br />1946 - O A.S.C. voltou novamente forte, utilizando-se somente da prata da casa, com a seguint...
Cronologia da Anapolina<br />1947 - A U. S. Operária (atual Anápolis F. C.) sagra-se campeã do primeiro grande campeonato ...
Cronologia da Anapolina<br />1948 - Finalmente, o Anápolis Sport passa a chamar-se definitivamente Anapolina. A Anapolina ...
Cronologia da Anapolina<br />1950 - A. A. Anapolina 5 X 1 Operário (atual Anápolis F.C.). Antes da partida, a Rubra distri...
Cronologia da Anapolina<br />1949 - 11 de Março. O Bangu A. C. do Rio de Janeiro joga na cidade, e vence a Rubra por 4 X 2...
Cronologia da Anapolina<br />1951 - Em 10 de junho, é disputado o primeiro clássico entre Anapolina e Anápolis F. C., e a ...
Cronologia da Anapolina<br />1952 -  Anapolina conquista o tetracampeonato da cidade. Com uma equipe não muito acreditada,...
Cronologia da Anapolina<br />1956 -  Faleceu Zeca Puglisi, em 28/07/1956. Hoje seu nome batiza o estádio dos amadores de A...
Cronologia da Anapolina<br />1957 -  No ano do cinqüentenário da cidade, realiza-se um torneio entre Anapolina, Anápolis, ...
Cronologia da Anapolina<br />1960 -  O último campeonato anapolino no amadorismo é vencido pela Rubra.<br />
Cronologia da Anapolina<br />1965 -  Em 10 de abril foi inaugurado o Estádio Jonas Duarte, com o jogo São Paulo 4 x 1 Sele...
Cronologia da Anapolina<br />1967 -   19 de outubro, em Goiânia, a Anapolina conquista uma das maiores goleadas de sua his...
Cronologia da Anapolina<br />1970 -   Passando por grave crise financeira, as três equipes profissionais de Anápolis (Anap...
Cronologia da Anapolina<br />1972 -     O Anápolis e o Ipiranga retornam à disputa do campeonato goiano. A Anapolina prefe...
Cronologia da Anapolina<br />1975 -A Anapolina retorna à disputa do campeonato goiano, agora com a ausência do Ipiranga. O...
Cronologia da Anapolina<br />1977 -O Anápolis F. C. se licencia por um ano, e a Anapolina é o único representante da cidad...
Cronologia da Anapolina<br />1978 -O Ipiranga retorna, e participa pela última vez do campeonato goiano. Nunca mais as trê...
Cronologia da Anapolina<br />1979 -Pela segunda vez, a Rubra participa do Campeonato Brasileiro da primeira divisão. O gra...
Cronologia da Anapolina<br />1980 -A Anapolina participa da Taça de Prata, atual Série B do Campeonato Brasileiro, com uma...
Cronologia da Anapolina<br />1981 -A Anapolina conquista o vice-campeonato da Taça de Prata, atual Série B do Campeonato b...
Cronologia da Anapolina<br />1981 - Anapolina conquista brilhantemente o título goiano dentro de campo, mas perde para o G...
Cronologia da Anapolina<br />1982 -  A Anapolina participa brilhantemente da Taça de Ouro, atual Série A do Campeonato Bra...
Cronologia da Anapolina<br />1983 -   A Anapolina conquista pela segunda vez o vice-campeonato goiano, perdendo novamente ...
Cronologia da Anapolina<br />1984 -   A Anapolina participa da Copa Brasil, realizando uma fraca campanha. Esta foi a últi...
Cronologia da Anapolina<br />1985 -   No campeonato goiano, a Anapolina é a equipe do interior melhor colocada, ficando em...
Cronologia da Anapolina<br />1986 -   O Presidente da Anapolina, Dr. Pedro Chaves Canedo, é eleito deputado federal consti...
Cronologia da Anapolina<br />1987 -  O atacante Ivo, da Anapolina, é o grande artilheiro do campeonato goiano, marcando 11...
Cronologia da Anapolina<br />1988 -  No campeonato goiano, a Rubra inicia uma fase de ostracismo, e termina na penúltima c...
Cronologia da Anapolina<br />1989 - A Anapolina consegue chegar até a terceira fase do Campeonato Brasileiro da 2ª Divisão...
Cronologia da Anapolina<br />1990 - A Anapolina é o único clube representante de Anápolis no campeonato goiano, já que o A...
Cronologia da Anapolina<br />1991 - A Anapolina é o representante do Centro-Oeste melhor colocado no Campeonato Brasileiro...
Cronologia da Anapolina<br />1992 - A Anapolina consegue quase 100% de aproveitamento nos jogos realizados em Anápolis, e ...
Cronologia da Anapolina<br />1993 - Mais uma vez, a Anapolina fica na penúltima colocação do Campeonato Goiano.<br />
Cronologia da Anapolina<br />1994 - No Campeonato Goiano, a Anapolina fica na décima-terceira colocação, numa disputa com ...
Cronologia da Anapolina<br />1995 - A Anapolina é obrigada a disputar uma repescagem no Campeonato Goiano, para não ser re...
Cronologia da Anapolina<br />1996 - Outra péssima campanha no Campeonato Goiano, com a Rubra ficando na antepenúltima colo...
Cronologia da Anapolina<br />1997 - Mais um ano de péssima campanha no Estadual, em que a Xata fica no décimo lugar, numa ...
Cronologia da Anapolina<br />1998-  No Campeonato Goiano, a Anapolina apresenta um dos desempenhos mais bisonhos de sua hi...
Cronologia da Anapolina<br />1999-   Novamente a Anapolina disputa a Série C, e participa no grupo do Fluminense-RJ. A Ana...
Cronologia da Anapolina<br />1999-   Novamente a Anapolina disputa a Série C, e participa no grupo do Fluminense-RJ. A Ana...
Cronologia da Anapolina<br />2000-   Pela Copa João Havelange, Módulo Amarelo, a Anapolina consegue uma brilhante classifi...
Cronologia da Anapolina<br />2001-   A Anapolina termina em oitavo lugar na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Segu...
Cronologia da Anapolina<br />2002-    O Juventude elimina a Anapolina no primeiro jogo da Copa do Brasil, vencendo em Anáp...
Cronologia da Anapolina<br />				2003-    Em sua terceira participação 			na Copa do Brasil, a Anapolina é eliminada 				p...
Cronologia da Anapolina<br />	2004-  A Rubra disputa pelo sétimo ano consecutivo o Campeonato Brasileiro. A partir de 2002...
Cronologia da Anapolina<br />		2005-  A grande novidade do ano na Anapolina é a estréia da nova diretoria. No campeonato g...
Cronologia da Anapolina<br />2006-  Depois de vários anos, finalmente a Anapolina consegue disputar a fase final do campeo...
Cronologia da Anapolina<br />2007- O Conselho Deliberativo da diretoria chega a cogitar um licenciamento da Anapolina no c...
Cronologia da Anapolina<br />2008- Pelo segundo ano consecutivo, o radialista Fred Paraíba dirige a Anapolina no campeonat...
Cronologia da Anapolina<br />2009– A Anapolina passa por sérias dificuldades financeiras, ameaçando não disputar o campeon...
Cronologia da Anapolina<br />2010– A Anapolina monta um time forte, e da Trabalho para os times da capital. Destaque pela ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aaa

1,306 views

Published on

xz

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,306
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
31
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aaa

  1. 1. Cronologia da Anapolina<br />1931 - Abril. Após uma viagem de caminhão que durou 15 horas, o Anápolis Sport chega a Goiás Velho, onde empata com a A. A. União Goyana por 2 X 2, no maior clássico do Estado.<br />
  2. 2. Cronologia da Anapolina<br />1933 - 3 de Setembro. Na inauguração do Estádio Jundiahy, o Anápolis Sport vence a U. S. Ypamerina por 4 X 1. Vicente Puglisi fez o primeiro gol no estádio.<br />
  3. 3. Cronologia da Anapolina<br />1935 - O Anápolis Sport recebe a visita do Ypiranga de Pires do Rio. Choveu muito, o que prejudicou a ida do público ao Jundiahy<br />
  4. 4. Cronologia da Anapolina<br />1941 - O Estádio Jundiahy, do Anápolis Sport, está sendo leiloado para pagar dívidas. O Anápolis Sport encerra provisoriamente as atividades. <br />Os jogadores, também provisoriamente, passaram a jogar pelo rival, o União Sportiva Operária.<br />
  5. 5. Cronologia da Anapolina<br />1942 - Maio. O Anápolis Sport, reinicia a sua arrancada técnica, que o leva a ser conhecido como o Pantera Goiano. Importa de Ribeirão Preto um ataque formado por Edmundo Tintias, seu Chico, Riograndinho e Gildo. Setembro. São convocados sete jogadores do Anápolis Sport para a seleção goiana.<br />
  6. 6. Cronologia da Anapolina<br />1943 - O prestígio do Pantera Goiano aumenta com uma série de vitórias consecutivas: 3 X 2 no Independente, de Uberaba; 2 X 1 no Goiânia Esporte; 2 X 1 no Atlético Goianiense; 4 X 0 no Goyanaz; 3 X 2 no Atlético Goianiense; 2 X 0 no Uberlândia; 4 X 1 no Fluminense Futebol Clube de Araguari; 4 X 1 no Atlético Goianiense; 3 X 0 no A. A. Pirenopolina.<br />
  7. 7. Cronologia da Anapolina<br />1945 - Até 1945 este time permaneceu imbatível no Estado de Goiás.<br />
  8. 8. Cronologia da Anapolina<br />1946 - O A.S.C. voltou novamente forte, utilizando-se somente da prata da casa, com a seguinte escalação: Juca, Arnaldo e Odir; Joãozinho, Iberê e Tatu; Júlio, Juvenal (Zanini), Raulino (foto), Zeca e Laudo.<br />
  9. 9. Cronologia da Anapolina<br />1947 - A U. S. Operária (atual Anápolis F. C.) sagra-se campeã do primeiro grande campeonato goiano do interior. Com o campeonato brasileiro de seleções, as equipes não conseguem segurar seus craques, que partem para outros centros. Em partida amistosa, o Anápolis Sport, goleia a U. E. Operária (atual Anápolis F. C.) por 10 X 2. Jogo realizado no dia 17 de abril. A crise no Anápolis Sport, que deve bastante, aumenta com o afastamento dos Puglisi. É o mês de outubro.<br />
  10. 10. Cronologia da Anapolina<br />1948 - Finalmente, o Anápolis Sport passa a chamar-se definitivamente Anapolina. A Anapolina estréia vencendo o Ferroviário de Araguari por 3 X 2. A Xata estréia no campeonato goiano, mas vive uma séria crise administrativa, e acaba fazendo uma campanha ridícula, levando duas sonoras goleadas do Goiás E.C., de 7 x 3 e 7 x 1, e ainda perdendo dois jogos por WxO.<br />
  11. 11. Cronologia da Anapolina<br />1950 - A. A. Anapolina 5 X 1 Operário (atual Anápolis F.C.). Antes da partida, a Rubra distribuiu pelo estádio, folhinhas contendo o dia, a lua e o resultado da partida! A rivalidade já era imensa...<br />
  12. 12. Cronologia da Anapolina<br />1949 - 11 de Março. O Bangu A. C. do Rio de Janeiro joga na cidade, e vence a Rubra por 4 X 2. Os destaques da partida foram Domingos da Guia pelo Bangu e Zezé, pela Anapolina. Ficha Técnica: 11/03/1949 BANGU 4 x 2 ANAPOLINA (GO). Bangu: Princesa, Domingos da Guia e Nogueira; Madeira, Irani e Sula; Amaral, Moacir (De Paula), Cardoso, Menezes e Newton. Gols: Ginú (Anapolina), Cardoso, Moacir, Moacir, Zezé (Anapolina) e De Paula. A Anapolina vence, invicta, o primeiro campeonato da cidade, e repetiu esse feito por quatro anos seguidos, 1949, 1950, 1951 e 1952.<br />
  13. 13. Cronologia da Anapolina<br />1951 - Em 10 de junho, é disputado o primeiro clássico entre Anapolina e Anápolis F. C., e a Rubra venceu por 2 x 1, com gols de Júlio e Zeca Puglisi.<br />
  14. 14. Cronologia da Anapolina<br />1952 -  Anapolina conquista o tetracampeonato da cidade. Com uma equipe não muito acreditada, a Rubra ganha o campeonato, vencendo o Anápolis, na final, por 2 X 1. Nasce o Ipiranga Atlético Clube, o "Gigante do Jundiaí". O primeiro jogo de uniforme foi doado pela Associação Atlética Anapolina. Os "ipiranguistas" também criaram uma rivalidade ferrenha com o Anápolis Futebol Clube, que durou até a desativação do departamento de futebol profissional do clube, na década de 70. Por outro lado, sempre existiu uma grande cordialidade com a Anapolina, e os antigos torcedores do Ipiranga torcem hoje pela Rubra.<br />
  15. 15. Cronologia da Anapolina<br />1956 -  Faleceu Zeca Puglisi, em 28/07/1956. Hoje seu nome batiza o estádio dos amadores de Anápolis, que é utilizado para treinamentos da Rubra.<br />
  16. 16. Cronologia da Anapolina<br />1957 -  No ano do cinqüentenário da cidade, realiza-se um torneio entre Anapolina, Anápolis, Ipiranga e Goiás Esporte. O Ipiranga classifica-se para a final, mas tem uma excursão. A Anapolina, usando as camisas do Ipiranga, vence o Anápolis na final por 3 X 2.<br />
  17. 17. Cronologia da Anapolina<br />1960 -  O último campeonato anapolino no amadorismo é vencido pela Rubra.<br />
  18. 18. Cronologia da Anapolina<br />1965 -  Em 10 de abril foi inaugurado o Estádio Jonas Duarte, com o jogo São Paulo 4 x 1 Seleção Anapolina. O primeiro gol foi marcado por Rodarte, do São Paulo. Neste mesmo ano, o Anápolis F. C. conquistou o Campeonato Goiano, sendo este o único título conquistado por equipes de Anápolis na era do profissionalismo. A decisão foi no Estádio Jonas Duarte, no dia 28 de novembro, e o Anápolis venceu o Vila Nova por 3x2. Entraram em campo pelo Anápolis: Sorrizo, Nina, Osmar, Paraguaio e Ali; Genésio e Eudécio; Zezito, Dida, Nelson Parrila e Deca. Gols: Nei e Everton (Vila Nova); Deca (2) e Dida (Anápolis).<br />
  19. 19. Cronologia da Anapolina<br />1967 -   19 de outubro, em Goiânia, a Anapolina conquista uma das maiores goleadas de sua história, vencendo o Goiânia por 7 x 1, em partida válida pelo campeonato goiano.<br />
  20. 20. Cronologia da Anapolina<br />1970 -   Passando por grave crise financeira, as três equipes profissionais de Anápolis (Anapolina, Anápolis e Ipiranga) se fundem, e surge o Grêmio Esportivo Anapolino, que disputa o campeonato goiano nos anos de 1970 e 1971. O clube não desperta entusiasmo nos torcedores locais, e é desativado ao final do segundo campeonato disputado.<br />
  21. 21. Cronologia da Anapolina<br />1972 -     O Anápolis e o Ipiranga retornam à disputa do campeonato goiano. A Anapolina prefere se licenciar, e desativa o departamento de futebol profissional.<br />
  22. 22. Cronologia da Anapolina<br />1975 -A Anapolina retorna à disputa do campeonato goiano, agora com a ausência do Ipiranga. O presidente do time é o Sr. João Gonçalves de Oliveira, torcedor ferrenho da Rubra, que banca praticamente sozinho as despesas do clube nesta ocasião.<br />
  23. 23. Cronologia da Anapolina<br />1977 -O Anápolis F. C. se licencia por um ano, e a Anapolina é o único representante da cidade no campeonato goiano.<br />
  24. 24. Cronologia da Anapolina<br />1978 -O Ipiranga retorna, e participa pela última vez do campeonato goiano. Nunca mais as três equipes anapolinas disputariam juntas o campeonato. A Anapolina participa pela primeira vez de um campeonato brasileiro. Um grupo de cinco médicos recém-formados, Pedro Canedo, Abraão Issa, Paulo Augusto, Cláudio de Paiva e Fernando Faria, resolve investir no futebol e assume o controle da Anapolina. O jogo de estréia é contra o Corinthians, em Anápolis, e o resultado é um empate de 0 x 0.<br />
  25. 25. Cronologia da Anapolina<br />1979 -Pela segunda vez, a Rubra participa do Campeonato Brasileiro da primeira divisão. O grande destaque da Anapolina é o atacante Zé Carlos Paulista, que marca 7 gols, e é um dos maiores artilheiros da primeira fase do campeonato. A título de curiosidade, no final do campeonato os principais artilheiros foram César (América-RJ) e Roberto César (Cruzeiro), com 12 gols.<br />
  26. 26. Cronologia da Anapolina<br />1980 -A Anapolina participa da Taça de Prata, atual Série B do Campeonato Brasileiro, com uma brilhante participação. A Rubra conquista o primeiro lugar do seu grupo na primeira fase, e disputa com o Sport Recife a vaga na Copa Brasil, atual Série A do Campeonato Brasileiro, sendo eliminada no segundo jogo, em Recife.<br />
  27. 27. Cronologia da Anapolina<br />1981 -A Anapolina conquista o vice-campeonato da Taça de Prata, atual Série B do Campeonato brasileiro, perdendo na final para o Guarani-SP.<br />
  28. 28. Cronologia da Anapolina<br />1981 - Anapolina conquista brilhantemente o título goiano dentro de campo, mas perde para o Goiás no "tapetão". Na conquista do primeiro turno, a Anapolina consegue um feito inédito, ficando dez jogos invicta, com nove vitórias consecutivas e um empate.<br />
  29. 29. Cronologia da Anapolina<br />1982 -  A Anapolina participa brilhantemente da Taça de Ouro, atual Série A do Campeonato Brasileiro, e conquista o 11º lugar, sendo desclassificada nas oitavas de final pelo São Paulo. No primeiro jogo do play-off decisivo, a Rubra venceu o São Paulo em Anápolis por 3 x 1.<br />
  30. 30. Cronologia da Anapolina<br />1983 -   A Anapolina conquista pela segunda vez o vice-campeonato goiano, perdendo novamente na final para o Goiás. Os anapolinos reclamam muito de Antonio Pereira da Silva, que estreou como árbitro nos jogos finais. Anos mais tarde, ele se tornaria um dos melhores árbitros do Brasil.<br />
  31. 31. Cronologia da Anapolina<br />1984 -   A Anapolina participa da Copa Brasil, realizando uma fraca campanha. Esta foi a última participação da Xata no campeonato brasileiro da primeira divisão.<br />
  32. 32. Cronologia da Anapolina<br />1985 -   No campeonato goiano, a Anapolina é a equipe do interior melhor colocada, ficando em quinto lugar. O grande destaque foi no último jogo, quando a Xata goleou o Vila Nova por 5 x 2.<br />
  33. 33. Cronologia da Anapolina<br />1986 -   O Presidente da Anapolina, Dr. Pedro Chaves Canedo, é eleito deputado federal constituinte. Canedo ainda será reeleito para mais três mandatos, e é considerado o principal dirigente na história da Anapolina, tendo garantido praticamente sozinho a sobrevivência da Xata em suas administrações.<br />
  34. 34. Cronologia da Anapolina<br />1987 -  O atacante Ivo, da Anapolina, é o grande artilheiro do campeonato goiano, marcando 11 (onze) gols. A Anapolina fica em segundo lugar no torneio seletivo de Goiás, eliminando Anápolis, Vila Nova e Goiânia, e se classifica para disputar o campeonato brasileiro do módulo azul, atual Série C. O grupo da Anapolina na primeira fase é vencido pela Ponte Preta, e a Rubra fica empatada em segundo lugar com a Corumbaense, mas acaba ficando de fora por ter uma vitória a menos.<br />
  35. 35. Cronologia da Anapolina<br />1988 -  No campeonato goiano, a Rubra inicia uma fase de ostracismo, e termina na penúltima colocação.<br />
  36. 36. Cronologia da Anapolina<br />1989 - A Anapolina consegue chegar até a terceira fase do Campeonato Brasileiro da 2ª Divisão, sendo eliminada pelo Clube do Remo.<br />
  37. 37. Cronologia da Anapolina<br />1990 - A Anapolina é o único clube representante de Anápolis no campeonato goiano, já que o Anápolis havia sido rebaixado para a segunda divisão.<br />
  38. 38. Cronologia da Anapolina<br />1991 - A Anapolina é o representante do Centro-Oeste melhor colocado no Campeonato Brasileiro da 2ª Divisão, ficando na frente do Gama, Taguatinga, Goiânia, Atlético e Vila Nova.<br />
  39. 39. Cronologia da Anapolina<br />1992 - A Anapolina consegue quase 100% de aproveitamento nos jogos realizados em Anápolis, e fica muito próxima da classificação na 2ª Divisão do Campeonato Brasileiro.<br />
  40. 40. Cronologia da Anapolina<br />1993 - Mais uma vez, a Anapolina fica na penúltima colocação do Campeonato Goiano.<br />
  41. 41. Cronologia da Anapolina<br />1994 - No Campeonato Goiano, a Anapolina fica na décima-terceira colocação, numa disputa com dezoito participantes.<br />
  42. 42. Cronologia da Anapolina<br />1995 - A Anapolina é obrigada a disputar uma repescagem no Campeonato Goiano, para não ser rebaixada para a Segunda Divisão..<br />
  43. 43. Cronologia da Anapolina<br />1996 - Outra péssima campanha no Campeonato Goiano, com a Rubra ficando na antepenúltima colocação.<br />
  44. 44. Cronologia da Anapolina<br />1997 - Mais um ano de péssima campanha no Estadual, em que a Xata fica no décimo lugar, numa disputa com treze equipes.<br />
  45. 45. Cronologia da Anapolina<br />1998-  No Campeonato Goiano, a Anapolina apresenta um dos desempenhos mais bisonhos de sua história, e é rebaixada para a 2ª Divisão. Porém, graças a sua excelente colocação no ranking da CBF, a Anapolina disputa a Série C após seis anos ausente do Campeonato Brasileiro, e com uma excelente campanha consegue atingir o quadrangular final, obtendo ao final uma brilhante terceira colocação.<br />Avai 0x0 Anapolina<br />
  46. 46. Cronologia da Anapolina<br />1999-   Novamente a Anapolina disputa a Série C, e participa no grupo do Fluminense-RJ. A Anapolina consegue uma brilhante campanha, incluindo uma vitória no Maracanã, derrotando os tricolores por 1 x 0. Infelizmente, uma irregularidade na documentação do jogador Tupã acaba eliminando a Anapolina do campeonato. No Campeonato Goiano, a Anapolina consegue retornar à 1ª Divisão graças a uma jogada de bastidores, e obtém uma belíssima campanha, ficando no final com a terceira colocação.<br />
  47. 47. Cronologia da Anapolina<br />1999-   Novamente a Anapolina disputa a Série C, e participa no grupo do Fluminense-RJ. A Anapolina consegue uma brilhante campanha, incluindo uma vitória no Maracanã, derrotando os tricolores por 1 x 0. Infelizmente, uma irregularidade na documentação do jogador Tupã acaba eliminando a Anapolina do campeonato. No Campeonato Goiano, a Anapolina consegue retornar à 1ª Divisão graças a uma jogada de bastidores, e obtém uma belíssima campanha, ficando no final com a terceira colocação.<br />
  48. 48. Cronologia da Anapolina<br />2000-   Pela Copa João Havelange, Módulo Amarelo, a Anapolina consegue uma brilhante classificação para a segunda fase, e é eliminada pelo Paraná. No Campeonato Goiano, também consegue uma bela campanha, ficando novamente na terceira colocação. Porém, o time acaba beneficiado pela punição imposta ao Vila Nova, que se recusou a disputar a final contra o Goiás, e consegue pela terceira vez o vice-campeonato goiano, além de conquistar pela primeira vez uma vaga na Copa do Brasil.<br />
  49. 49. Cronologia da Anapolina<br />2001-   A Anapolina termina em oitavo lugar na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão, Grupo Norte-Nordeste, com um destaque: a equipe tem o segundo melhor ataque, com 45 gols. Pela primeira vez a Xata disputa a Copa do Brasil, e é eliminada no segundo jogo pelo Santos. A Rubrinha disputa a Taça São Paulo de Juniores, e consegue grande destaque com duas vitórias, sendo eliminada pelo Osasco. No Campeonato Goiano, a Rubra chega ao hexagonal final e fica novamente na terceira colocação.<br />
  50. 50. Cronologia da Anapolina<br />2002-    O Juventude elimina a Anapolina no primeiro jogo da Copa do Brasil, vencendo em Anápolis por três a um. No Campeonato Goiano, a Anapolina conquista a 1ª Fase do Campeonato (que não teve a participação do Goiás e do Vila Nova), e fica com o troféu "Clomar Vieira". Na classificação final, fica novamente com o terceiro lugar, e com a melhor defesa do campeonato. Na Copa Centro-Oeste, a Anapolina é eliminada pelo CENE-MT no torneio de qualificação. Na série B do Campeonato Brasileiro, o grande destaque da Anapolina é o atacante Espíndola, que termina como terceiro maior artilheiro do torneio, marcando 14 gols.<br />
  51. 51. Cronologia da Anapolina<br /> 2003-    Em sua terceira participação na Copa do Brasil, a Anapolina é eliminada pelo Náutico no segundo jogo, em Recife. No Campeonato Goiano, a Anapolina faz uma boa campanha na primeira fase, e termina em terceiro lugar. Porém, no "play-off" da segunda fase é surpreendentemente eliminada pelo Real de Itumbiara, que derrota a Rubra dentro do Jonas Duarte, quando a Anapolina precisava apenas do empate para se classificar. No campeonato brasileiro da Série B, a Anapolina enfrenta o Palmeiras (1x2) e o Botafogo (0x4), que haviam sido rebaixados no ano anterior, e conseguem retornar à primeira divisão, respectivamente como campeão e vice.<br />
  52. 52. Cronologia da Anapolina<br /> 2004-  A Rubra disputa pelo sétimo ano consecutivo o Campeonato Brasileiro. A partir de 2002, passou a vigorar o novo regulamento, com pontos corridos na primeira fase, e a Xata não apresentou bom desempenho nestas edições. Enfrentando agora equipes de primeira linha do futebol brasileiro, o fato de conseguir pelo menos fugir do rebaixamento já é considerado uma grande vitória. No Campeonato Goiano a equipe fez uma péssima campanha, porém obteve duas vitórias históricas contra o seu arqui-rival Anápolis F. C., vencendo no primeiro turno por 3 x 1 e no segundo turno por 6 x 0.<br />
  53. 53. Cronologia da Anapolina<br /> 2005-  A grande novidade do ano na Anapolina é a estréia da nova diretoria. No campeonato goiano, a Rubra sofre derrotas humilhantes, sendo goleada dentro de casa pelo Goiás por 6 x 1. Nas últimas rodadas, o time consegue escapar do rebaixamento. A nova diretoria procura implantar um esquema de trabalho mais profissional. Pela primeira vez em muitos anos, os jogadores não podem reclamar de salários atrasados. Porém, na Série B o time realiza uma péssima campanha, sendo rebaixado para a Série C de 2006. Durante o torneio, o maior destaque foi a vitória sobre o Grêmio, em Anápolis, por 4x0.<br />
  54. 54. Cronologia da Anapolina<br />2006-  Depois de vários anos, finalmente a Anapolina consegue disputar a fase final do campeonato goiano, depois de realizar uma excelente campanha na primeira fase. Na semifinal, a Rubra é eliminada pelo Atlético, e fica na terceira colocação. Os grandes destaques da equipe no campeonato foram o goleiro Mateus, o zagueiro Alex Guerreiro e o atacante Bira, vice-artilheiro com 13 gols. Na Série C de 2006, a Rubra consegue atingir até a terceira fase do torneio, realizando uma campanha muito irregular, e fica de fora do octogonal final do torneio.<br />Bira comemorando o terceiro gol, na vitoria de 3x1 sobre o Atlético.<br />
  55. 55. Cronologia da Anapolina<br />2007- O Conselho Deliberativo da diretoria chega a cogitar um licenciamento da Anapolina no campeonato goiano, hipótese que rebaixaria o time para a terceira divisão. O radialista Fred Paraíba assume a presidência, e comanda a equipe com grandes dificuldades no campeonato goiano, trocando de técnico quatro vezes durante o torneio, e conseguindo livrar o time do rebaixamento nas últimas rodadas. Depois de vários anos, a Anapolina não disputa o campeonato brasileiro.<br />
  56. 56. Cronologia da Anapolina<br />2008- Pelo segundo ano consecutivo, o radialista Fred Paraíba dirige a Anapolina no campeonato goiano. Sem estrutura financeira, vários jogadores e técnicos abandonam o time, e durante o campeonato a Xata é humilhada com goleadas históricas em alguns jogos. Com grandes dificuldades, o time é comandado nos jogos finais pelo ex-jogador De Paula, que consegue livrar a Rubra mais uma vez do rebaixamento para a segunda divisão.<br />
  57. 57. Cronologia da Anapolina<br />2009– A Anapolina passa por sérias dificuldades financeiras, ameaçando não disputar o campeonato goiano. A CBF cria a série D, Anapolina disputava em um grupo que tinha Anapolina, Crac, Araguaia-MT, Brasilia-DF. Mesmo com adversarios fracos a Rubra não conseguiu passar da primeira fase.<br />
  58. 58. Cronologia da Anapolina<br />2010– A Anapolina monta um time forte, e da Trabalho para os times da capital. Destaque pela goleada de 5x2 no Goiás na serrinha, e 2x1 no Jonas Duarte. Liderado pelo Atacante Maranhão a Rubra faz grandes exibiçoes. Mesmo assim não conseguiu a classificação<br />

×