• Like
Gerenciando times autogerenciáveis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

Gerenciando times autogerenciáveis

  • 3,422 views
Published

Apresentação feita no OxenteRails 2010.

Apresentação feita no OxenteRails 2010.

Published in Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,422
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
67
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide



































Transcript

  • 1. GERENCIANDO TIMES AUTOGERENCIÁVEIS Leandro Silva, Locaweb http://leandrosilva.com.br OxenteRails 2010
  • 2. QUEM SOU EU?
  • 3. LEANDRO SILVA @codezone • 13 na indústria (escrevendo software de produção) • Fissurado em programação (Ruby, Java, Erlang, C#, F#) • Blogueiro (http://leandrosilva.com.br) • Gerente de desenvolvimento de software na Locaweb • Instrutor de Arquitetura de Sistemas e Java na Caelum
  • 4. VAMOS AO TEMA Gerenciamento de Times Autogerenciáveis
  • 5. • Rápido overview sobre escolas de gestão de projetos • Virtudes do time autogerenciável • Conselhos para gestão de times autogerenciáveis
  • 6. GESTÃO DE PROJETOS Quem faz isso
  • 7. À moda antiga: GERENTE DE PROJETOS
  • 8. New school: TIME + DONO DO PRODUTO + FACILITADOR
  • 9. AUTOGERENCIAMENTO Um grande desafio
  • 10. Não se trata de entregar a direção nas mãos de uma criança e ir para o banco de trás dormir
  • 11. Porque o resultado disso seria desastroso e até irreparável
  • 12. Ao contrário disso, se trata de: • Responsabilidade • Comprometimento • Maturidade • Flexibilidade • Habilidade de cada membro do time
  • 13. Não só na hora do “um por todos e todos por um”
  • 14. Mas também na hora de fazer o que ninguém gosta de fazer
  • 15. E mais ainda: na hora de compartilhar as derrotas
  • 16. TIMES AUTOGERENCIÁVEIS Quais são suas virtudes mesmo?
  • 17. RESPONSÁVEIS por todas as suas decisões e resultados
  • 18. COMPROMETIDOS com o time, a empresa e seus objetivos e valores
  • 19. MADUROS para lidarem com a opinião dos outros, trabalhos chatos e decisões estratégicas da empresa
  • 20. FLEXÍVEIS para negociarem metas, prazos, padrões e até mesmo maneiras de trabalhar
  • 21. HABILIDOSOS com as ferramentas e técnicas necessárias para produzirem bons resultados
  • 22. GERENCIANDO ISSO Conselhos práticos
  • 23. A “velha escola” de gestão diz que você tem que comandar e controlar todos bem de perto, senão a coisa não anda
  • 24. Mas se você tiver um time responsável, comprometido, maduro, flexível e habilidoso ESQUEÇA ISSO!
  • 25. CONTEXTUALIZE SEU TIME para que compreendam a realidade do negócio em que estão inseridos e a importância do que fazem ou deixam de fazer
  • 26. AJUDE-O A APRIMORAR CONSTANTEMENTE SEU MODO DE TRABALHO dando-lhe conselhos, sugestões e transmitindo experiências
  • 27. NÃO QUEIRA CONTROLÁ-LO mas também tome muito cuidado para não ser omisso
  • 28. SEJA LEVE EM SUAS DECISÕES TOP-DOWN mas não deixe de fazer o que você precisa fazer
  • 29. REMOVA IMPEDIMENTOS que não deixam o time andar com seu trabalho e entregar o melhor
  • 30. PROMOVA INOVAÇÃO RESPONSÁVEL porque às vezes “inventar” pode ser algo bem perigoso
  • 31. CRIE CANAIS DE FEEDBACK DE MÃO-DUPLA ex: rodadas de feedback franco e maduro são uma ótima ferramenta de aprendizado com os erros
  • 32. LEMBRE-SE DE QUE VOCÊ É REPONSÁVEL por ter deixado o time trabalhar de maneira autogerenciada, então quando algo der errado, não tente “sabonetar”
  • 33. NÃO TENHA MEDO DE ERRAR porque erros sempre vão acontecer, queira você ou não
  • 34. PERGUNTAS?
  • 35. OBRIGADO! Leandro Silva, Locaweb http://leandrosilva.com.br “Ao evento mais arretado que já participei”