Dificuldades de aprendizagem
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Dificuldades de aprendizagem

on

  • 7,176 views

Dificuldades de Aprendizagem e como abordá-la

Dificuldades de Aprendizagem e como abordá-la

Statistics

Views

Total Views
7,176
Views on SlideShare
7,173
Embed Views
3

Actions

Likes
3
Downloads
227
Comments
0

2 Embeds 3

http://desafio-do-ri.webnode.com 2
http://m.desafio-do-ri.webnode.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Dificuldades de aprendizagem Dificuldades de aprendizagem Presentation Transcript

    • DIFIC UL DA DE S DE A PRE NDIZA GE M Leandra Teixeira Falcão Fonoaudióloga e Psicopedagoga Clínica e Institucional Especialista em Linguagem
    • BE A TRIZSC OZ “ A Psicopedagogia estuda o processo de aprendizagem e suas dificuldades e numa ação profissional deve englobar vários campos doconhecimento, sintetizando-os e integrando-os.”
    • E STUDAAC OMPL E XIDA DEDOA PRE NDE R
    • Fatores a Considerar O IC ÂN PEDAGÓGICO IAL RG SOC O O T IV O NAL FAMILIAR NI EM OCI CO G ESCOLAR FUNCIONALCEREBRAL
    • Dificuldades de Aprendizagem Problemas Problemas Psicomotores Emocionais ProblemasProblemas de Cognitivos Atenção Problemas de Problemas Memória Perceptivos Problemas Psicolinguístico Problemas de Comportamento
    • História das Dificuldades de Aprendizagem•Século XVIII - Ensino para todos e na base da diversidade. • Século XIX e XX,Montessori,Decroly, Froebel, Dewey, Makarenko, Mendel, Freinet escolaobrigatória para todos e aberta para a vida .
    • REVOLUÇÃOFRANCESA• Exigia mão de obra preparada;• Deu-se conta que 10% das crianças não aprendiam ou aprendiam em ritmo lento;• Surgiram os testes padronizados.
    • Fracasso Escolar• Fatores orgânicos como primeiro enfoque;• Estimularam os estudos neurológicos: neurofisiológicos e neuropsiquiátricos;• Primeiros conceitos de anormalidade.
    • Brasil• 1950 - fracasso escolar alvo de preocupações• 1958 - Serviço de Orientação Psicopedagógica - visando a melhoria da relação professor x aluno
    • APRENDIZAGEM Envolve um processo de informações:s Processos sensoriais, neurológicos, psicomotores e psicológicos.
    • Alguns dos Fatores envolvidos na aprendizagem‚ Fatores psicodinâmicos: organização cerebral, visão,audição, maturidade, psicomotricidade,ƒ Fatores sociais: nível sócio-econômico, cultural, lingüístico dos pais, experiências vivenciadas, etc.„ Fatores emocionais e motivacionais: estabilidade emocional, personalidade, etc.
    • Alguns dos Fatores envolvidos na aprendizagem… Fatores intelectuais: capacidade mental global, as capacidades perceptivas, resolução de problemas, etc.† Fatores escolares: dispedagogia, metodologia, relação professor x aluno, etc.
    • APRENDIZAGEMNecessita da integridade das funções do sistema nervoso central (armazenamento,integração, formulação eregulação) e funções do sistema nervoso
    • Funções Superioresa) integração auditiva - atividadeperceptiva da informação sonora, queé transmitida para a análise edecodificação cortical.b) memória e memorização -capacidade que assegura aaprendizagem da língua, estocagem deinformações, repertório do léxico.c) atividade práxica - movimentosprecisos ou não , operações deescolha, aproximações, hipóteses, deonde surge o plano motriz a realizar.
    • Transtornos de Aprendizagem• Funcionamento acadêmico abaixo do esperado para a idadecronológica, nível de inteligência e na educação apropriada para a idade. • Interferem significativamente no rendimento escolar ou nasatividades de vida diária que exigem habilidades de leitura e escrita ou
    • Terminologia Atual• DSM- IV•Alerta, que em relação à idade, determinadasdificuldades podem ser normais, mas sepersistem, acabam saindo da normalidade.Portanto faz referência ao rendimentoacadêmico em idade escolar, sendo essadificuldade mais pronunciada se odesenvolvimento de linguagem é o implicado.•Sugere como fator pré-dispositivo algumdano perinatal, também é relativamentehabitual observar relações entre ostranstornos de linguagem, seja expressivo oureceptivo e os transtornos de leitura, escrita ecálculo podendo ainda estar agregado aos
    • Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV5 Transtornos da Conduta5 Transtornos Desafiador deOposição;5 Retardo Mental.
    • Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV5 Transtornos invasivos do desenvolvimento5 Autista, Rett, Asperger, outras sem especificação.5 Transtornos de déficit de atenção e hiperatividade- Tipo predominantemente desatento,- Predominantemente Hiperativo-Impulsivo- Combinado;
    • Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV•Transtornos da comunicação, incluem:5 Da linguagem expressiva;5 Misto da linguagem: receptivo-expressiva, fonológico, disfemia ( gagueira) eoutros
    • Evolução das perturbações da linguagem Comunicação oral - Pobreza do léxico, formas sintáticas rígidas, perturbações articulatórias, em geral difícil de distinguir as inabilidades que são seqüelas de perturbações da linguagem e as que são variantes orais de uma fala relaxada ou popular.
    • Atraso no desenvolvimento delinguagem - transtorno cognitivo,impedindo uso adequado do léxico,da semântica e da sintaxe,incapacidade de expressar idéias pormeio de palavras.Disfasia infantil - desestruturaçãoda linguagem e da fala, origemneurológica.
    • Principais Disfunções Alexia - incapacidade total para lert Agrafia - incapacidade total paraescrevert Acalculia - incapacidade paracompreender o mecanismo do cálculo
    • Principais Disfunções Afasia infantil - Falhas na expressão e compreensão, transtorno na estruturação da linguagem decorrente de distúrbios no funcionamento cerebral. (Spinelli- 1983) Agnosias - desordens de recepçãoe Apraxias e Dispraxias- de ordem motora
    • PRINCIPAIS DISFUNÇÕESDisfemia - Gagueira • Pode aparecer durante o desenvolvimento da fala, sendo episódica em situações de insegurança, cansaço, de contrariedade maior, situações de stress emocional, entrada ou mudança de escola, viagem, nascimento de um irmão, hospitalização...
    • Principais DisfunçõesDislalias - transtorno da fala, semque haja lesões ou malformaçõesfaciais, antes dos 4a 6m fisiológica ,após pode ser consideradapatológica. Disartrias - transtorno da fala,secundário à lesãocerebral.Transtorno gnósico -práxico. (Perelló - 1995)
    • Principais Disfunções Disgrafia - transtorno na escrita, traçado disforme, margens malfeitas, linhas irregulares, pressão forte ou fraca, ligações inexistentes, letras angulosas.i Disortografia - confusão na escrita, no uso das letras, b/d, p/q, e/a, b/h, f/v, p/b, na/a, en/e, casa/caza, azar/asar, exame/ezame,
    • Principais Disfunções Discaligrafia - escrita ilegível, em espelho, Dissintaxe - não coordena a sintaxei Dificuldade na evolução do desenho Erro na sintaxe - uso incorreto dos verbos e pronomes, terminações incorretas das palavras, falta de pontuação. (Myklebust - 1983)
    • Definição DIS – distúrbio LEXIA - (latim)leitura; (grego)linguagem
    • Transtornos da leitura ( Dislexia ) Consiste em um rendimento da leitura (correção, velocidade ou compreensão) substancialmente inferior ao esperado para a idade cronológica, a inteligência e a
    • Transtornos da leitura ( Dislexia ) ( Caracteriza-se por distorções, substituições ou omissões, por lentidão e erros na compreensão, tanto a leitura em voz alta quanto a silenciosa. e Em geral pode vir associado ao transtorno da matemática e da expressão escrita. 60 a 80% são do sexo masculino
    • Transtornos da leitura ( Dislexia )• Respondem por aproximadamente 4 em cada 5 casos dos transtornos de aprendizagem• Apesar de já poder ocorrer na pré- escola, raramente é diagnosticado antes da 3 a ou 4 a série• Com o diagnóstico precoce e a intervenção o prognóstico é bom na maioria dos casos.• Pode persistir na idade adulta.
    • Transtornos da Matemática • operações aritméticasacentuadamente abaixo da esperada para a idade cronológica, à inteligência e à escolaridade do indivíduo• confusão para conceitos numéricos ou incapacidade para contar
    • Transtornos da MatemáticaPodem estar associados a diferentes habilidades prejudicadas:habilidades lingüística ;compreender ou nomear termos,operações ou conceitos matemáticose transpor problemas escritos emsímbolos matemáticos;
    • Transtornos da Matemáticahabilidades perceptuais ;reconhecer ou ler símbolosnuméricos ou aritméticos eagrupar objetos e conjuntos;
    • Transtornos da Matemática Discalculia- habilidades de atenção e memória ; copiar corretamente números ou cifras, lembrar de somar números “levados” e observar sinais de operações;
    • Transtornos da Matemáticahabilidades de matemática; seguirseqüências matemáticas, contarobjetos, aprender tabuadas demultiplicação.Torna-se geralmente visíveldurante a 2 a ou 3 a série, podendoporém somente ser percebido na 5 a série ou depois desta.
    • VARIÁVEIS QUE INTERFEREMNO DESENVOLVIMENTO MOTOR· Integridade do sistema nervoso;· Adequada maturação biológica;· Evolução adequada de todas asfunções psicomotoras;· Estimulação do meio,proporcionando oportunidade para vivenciardiversas situações no ambiente físico e
    • POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DAS DIFICULDADES DE COORDENAÇÃO VISO- MOTORA. responder às exigências do ambiente; vestir-se, ou realizar tarefas simples; competir em jogos e esportes; recorte, colagem, modelagem, dobradura; para escrever, pegar no lápis, pintar; pode contribuir para a formação de problemas na auto-estima pelos fracassos em satisfazer as cobranças
    • POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DAS DIF ICULDADES DE PERCEPÇÃO Percepção de figura fundo Desatenção, desorganização. Dificuldade em localizar linhas empáginas; Pula trechos a leitura; De encontrar objetos e palavras em dicionários
    • POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DAS DIF ICULDADES DE PERCEPÇÃO PERCEPÇÃO VISUALÌPosição no espaçoÌ Relações espaciaisÌ Constância perceptualÌ Figura fundo
    • Relações espaciais : dificultam a percepção correta de letras em uma palavra, Ex.“nefiar, enefiar,enfiar“. na matemática : - a seqüência dos processos de problemas com divisão longa; - posição relativa dos números em
    • Constância Perceptual: perceber as formas, tamanhos, cores; trabalhar com símbolos escritos Posição no espaço:diferentes. de formas símbolos das palavras e números distorcidos e confusos. Ex. “b” “d” “ 24” ”42” etc.
    • PERCEPÇÃO TÁTIL na pressão do lápis ou da caneta pesado / leve desajeitado ao lidar com objetos
    • Comunicação escrita - Crianças com problemas na linguagem, em sua maioria, encontram dificuldades na aprendizagem da escrita, confusões fonema/grafema, inversões, dificuldades de memorização de uma seqüência, incapacidade de decifrar textos e compreender o sentido.
    • Diagnóstico diferencial dos transtornos de aprendizagem Devem ser considerados os fatores:R Variações normais na realizaçãoacadêmicaR A falta de oportunidadeR Ensino fracoR Fatores culturais e sociaisR Prejuízo visual ou auditivoR Retardo mentalR Fatores emocionais graves
    • Identificação Precoce O professor poderá identificar, levantar e investigar determinados sinais, precocemente sem banalizar ou negligenciar. Evitando-se o “rótulo ou a etiqueta”, Primeiro, intervir no ambiente, depois no professor e por último a criança.
    • “ O labor educativo, impõeincessantes contribuições, exigindo valiososinvestimentos de sacrifícioe benefício do conjunto...”“ Educa-se sempre, quer se pense fazê-lo ou não. “
    • E a vida continua ...
    • Leitura Recomendada• Introdução às Dificuldades de Aprendizagem - Vítor da Fonseca - Ed.. Artes Médicas.• Manual de Dificuldades de Aprendizagem, linguagem, leitura, escrita e matemática. - Jesus Nicasio Garcia - Ed. Artes Médicas.• Diagnóstico e Tratamento dos Problemas de Aprendizagem - Sara Pain - Ed. Artes Médicas• Dislexia , manual de leitura corretiva - Mabel Condemarin e Marlys Blomquist - Ed. Artes Médicas