Morfologia vegetal 2o.m

3,672 views
3,475 views

Published on

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,672
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
166
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Morfologia vegetal 2o.m

  1. 1. Morfologia vegetal
  2. 2. Raiz• Conceito: parte do eixo vegetal geralmente cilíndrica, aclorofilada com funções de fixação, absorção de água e sais minerais e armazenamento• Origem – Gimnospermas e dicotiledôneas deriva da radícula do embrião – Monocotiledôneas radícula se atrofia, tendo origem da região caulinar
  3. 3. Quanto a origem• Raízes normais: desenvolvem-se a partir da radícula do embrião• Raízes adventícias: desenvolvem-se a partir do caule ou das folhas
  4. 4. Quanto ao meio onde se desenvolvem• Terrestres Tuberosas Pivotantes Fasciculadas• Aéreas Fixadoras Grampiformes Endófitas Pneumatóforas Tabulares• Aquáticas
  5. 5. Raízes terrestres
  6. 6. Tuberosas• Raízes de reserva – Ex. Mandioca e batata doce
  7. 7. Pivotantes• Apresentam um eixo principal bem desenvolvido, penetrando no solo de forma perpendicular, emitindo raízes secundárias; raiz predominante de gimnospermas e dicotiledôneas
  8. 8. Fasciculadas• Raízes que não se distingue um eixo principal, apresentando todas aproximadamente o mesmo tamanho e espessura• Predominante nos monocotiledôneas• Exemplo: milho
  9. 9. Raízes aquáticas• Apresentam geralmente espaços intercelulares (aerênquima) relacionados com necessidade de armazenar ar
  10. 10. Raízes aéreas
  11. 11. Fixadoras• Servem para fixação ao suporte, ocorrendo em plantas epífitas. Ex orquídeas
  12. 12. Respiratórias ou pneumatóforas• Ocorrem em terrenos pantanosos, pouco arejados, apresentando sentido de crescimento geotrópico negativo. As pontas das raízes apresenta orifícios chamados pneumatódios capazes de captar oxigênio• Ex. mangue branco
  13. 13. Suportes ou escoras• Raízes fasciculada com origem caulinar de onde dirigem-se ao solo para fixar-se• Ex. mangue vermelho
  14. 14. Tabulares• Raízes parcialmente expostas ao ar, encontradas em árvores de grande porte, sobretudo nas tropicais.• Ex. Figueira
  15. 15. Caule• Conceito órgão vegetal portador de folhas ( e suas modificações ) estabelecendo ligação entre essas partes e a raiz• Origem: origina-se do caulículo do embrião
  16. 16. Partes principais• Gema: região meristemática protegida por primórdios foliares ou por escamas• Nó: região do caule onde ocorre a inserção das folhas• Entrenó: região localizada entre dois nós consecutivos• Folha: Expansão lateral do caule
  17. 17. Quanto ao porte e lignificação• Herbáceo: Caule pouco lignificado, geralmente verde e flexível• Arbustivo: Caule lenhoso, geralmente ramificado desde a base e não ultrapassando três metros de altura• Arbóreo: Caule lenhoso com mais de três metros de altura
  18. 18. Quanto ao meio onde se desenvolvem
  19. 19. Tipos• Caules aéreos • Trepadores Tronco Estipe Colmo Haste
  20. 20. Tipos• Rastejantes • Subterrâneos Estolhos Rizomas Caule prostrado Tubérculos Bulbos• Aquáticos
  21. 21. Caules aéreos
  22. 22. Tronco• Caule das plantas de porte arbóreo e arbustivo, sendo robusto e lenhoso.• Ocorre especialmente entre as dicotiledôneas e gimnospermas
  23. 23. Estipe
  24. 24. Colmo
  25. 25. Haste• Caule frágil, geralmente de cor verde, flexível, ramificado, característico de plantas de porte herbáceo
  26. 26. Trepadores
  27. 27. Caules subterrâneos
  28. 28. Rizomas• Apresentam forma geralmente cilíndrica e crescimento horizontal, localizando-se próximo à superfície. Ex. gengibre, bananeira.
  29. 29. Tubérculos• Apresentam forma globosa e acumulam reservas; diferenciam se dos rizomas por apresentarem crescimento limitado e , das raízes tuberosas, por apresentar gemas. Ex. batata inglesa
  30. 30. Bulbo• Tunicados: apresentam catafilos suculentos dispostos de maneira concêntrica. Ex cebola• Compostos: formado por vários bulbos tunicados.• Ex. alho
  31. 31. Folhas
  32. 32. CONCEITO• As folhas são órgãos vegetativos das plantas, geralmente verdes, cujas principais funções são a de realizar a fotossíntese e as trocas gasosas com o meio.• As folhas se originam de primórdios foliares localizaados nas extremidades dos caules e dos ramos. Seu crescimento é limitado, parando de crescer depois de algum tempo, com excessão para as folhas das samambaias que, muitas vezes, têm crescimento indeterminado.
  33. 33. • Cotilédones são as primeiras folhas do embrião vegetal e servem para acumular reservas ou então para realizar a transferência de reservas do albúmen para o embrião em desenvolvimento.
  34. 34. Definição Geral• Orgão fotossintetizante das plantas.• Em geral, nasce sobre o caule ou seus ramos e possui estrutura achatada e fina, de modo que o tecido clorofiliano, responsável pela fotossíntese, fica próximo à superfície.• As folhas, embora apresentem grande variedade de formas e tamanhos, são constituídas basicamente de:• Limbo - laminar e verde, comumente muito delgado;• Pecíolo - espécie de haste, inserido na base do limbo;• Bainha - situada na parte inferior do pecíolo, sustentação e fixação.
  35. 35. Folhas simples e compostas• Todas as folhas têm uma camada, junto ao caule, por onde caem. Esta camada é chamada de camada de abscisão.• São chamadas de folhas simples aquelas que possuem o limbo inteiro e de compostas aquelas que têm o limbo dividido em partes menores, denominadas de folíolos.• As folhas compostas, para serem assim consideradas, devem possuir apenas uma camada de abscisão.
  36. 36. Classificação das folhas• Folhas simples• Folhas compostas
  37. 37. • As folhas compostas constam de um pecíolo comum, a raque, da qual nascem folhas pequenas chamadas folíolo providos de pequeno pecíolo chamado de peciólulo.• As vezes a folha composta é tão grande que pode confundir-se com um ramo, porém se distingue deste, porque possui um gema na axila. A falta de gemas nas axilas dos folíolos comprova que estes são apenas parte de uma folha composta.•
  38. 38. Folha completa• Uma folha completa é formada por:• Pecíolo - é a haste que sustenta a folha e a liga ao caule• Limbo - é a parte achatada e dilatada da folha• especializada para receber a luz do sol e para realizar as trocas gasosas com o ambiente,• Baínha - expansão achatada do pecíolo para aumentar a fixação• Estípulas - pequenos apêndices localizados na base do pecíolo, podem servir para aumentar a área fotossintetizante ou se transformam em espinhos
  39. 39. Heterofilia• É o caso em que em um vegetal existem diversos tipos de folhas, surgindo cada tipo em um ambiente diferente. Um exemplo importante é o caso da Sagitária, em que existem três tipos de folhas: as submersas (que são alongadas),as flutuantes (que são arredondadas) e as aéreas.
  40. 40. Folhas modificadas São folhas que têm funções especiais e, por isso mesmo, suas formas se adaptam a essas especializações. São exemplos:• Espinho - folha modificada para economia de água e proteção; Os espinhos são estruturas de proteção, muitas vezes lignificadas. Além de exercer a função de proteção, as folhas modificadas em espinhos podem ter a função de reduzir a transpiração, tal como ocorre em muitas cactáceas (ex. figo-da-índia, Opuntia sp.).• Escama - folha geralmente subterrânea modificada que protege brotos, como, por exemplo, no lírio• Catáfilo - folha subterrânea modificada que protege o broto nos bulbos tunicados, como na cebola; (também denominados de escamas) protegem as gemas vegetativas• Gavinha - folha modificada para permitir a fixação dos caules modificados. As gavinhas servem para prender a planta a um suporte, enrolando-se nele.• Bráctea - folha modificada que acompanha as flores com função de proteção ou atração; As brácteas são folhas coloridas e vistosas, cuja função é a de atrair polinizadores. Parecem-se, muitas vezes, às pétalas de uma flor (ex. primavera, Bougainvillea spectabilis).• Espata - bráctea especial que protege as inflorescências do copo-de-leite e do antúrio• Carnívorora ou insetívora - folha adapatada para atrair, capturar e digerir pequenos animais que vão ser utilizados como adubo para a própria planta. No interior existem glândulas que segregam sucos digestivos capazes de digerir insetos.
  41. 41. Anatomia da Folha• As folhas, normalmente, têm uma forma laminar e, olharndo ao microscópio, veremos que possuem duas epidermes: a superior e a inferior, revestidas por uma cutícula para dificultar as perdas de água.• Entre as duas epidermes fica o mesófilo, formado por diversas camadas e células de um parênquima clorofiliano, junto do qual os tecidos de condução formam as nervuras.
  42. 42. Gimnospermas Estróbilos• Estróbilo Masculino (microstróbilo): geralmente menor e presente nas pontas dos galhos
  43. 43. Estróbilos• Estróbilo Masculino (microstróbilo): geralmente menor e presente nas pontas dos galhos
  44. 44. Estróbilos• Estróbilo Feminino (megastróbilo): maiores e localizado mais próximo ao tronco.
  45. 45. Formação do grão de pólen
  46. 46. Formação do óvulo
  47. 47. Fecundação
  48. 48. Formação da semente• Oosfera + núcleo espermático  zigoto (2n)  embrião• Células do saco embrionário (n)  endosperma primário (n).
  49. 49. AngiospermasA Flor: As flores se originam de gemas ou botões floraislocalizados em posições diversas, geralmente nas extremidades dosramos.
  50. 50. VERTICILOS REPRODUTORES Androceu e Gineceu  formados,respectivamente, por estames e carpelos.
  51. 51. Unissexual Unissexual feminina masculinaHermafrodita
  52. 52. Formação do grão de pólen
  53. 53. Formação do óvulo
  54. 54. Fecundação
  55. 55. Formação da sementeFecundação dupla• Oosfera + núcleo espermático  zigoto (2n)  embrião• 2 Núcleos Polares (n) + núcleo espermático (n)  endosperma secundário (3n)
  56. 56. O Fruto
  57. 57. Formação e importância do Fruto• Frutos verdadeiros são derivados da hipertrofia do ovário da flor.• Pseudo-frutos: derivados de outros elementos florais (sépalas, receptáculo e pedúnculo)• Importância: dispersão mais eficiente.
  58. 58. Briófitas Pteridófitas Gimnospermas AngiospermasFase Gametófito Esporófito Esporófito EsporófitodominanteRaiz, Ausente Presente Presente Presentecaule,folhaVasos Ausente Presente Presente PresentecondutoresFlor Ausente Ausente Presente Presente (Estróbilos)Tubo Polínico Ausente Ausente Presente PresenteSemente Ausente Ausente Presente PresenteEndosperma Ausente Ausente Primário (n) Secundário (3n)Fruto Ausente Ausente Ausente PresenteExemplos Musgos Samambaias Pinheiro Morangueiro

×