Senac QSS - 1) Intro

1,201 views
1,096 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,201
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Senac QSS - 1) Intro

    1. 1. Qualidade de Software MSc. Luiz Barboza [email_address]
    2. 2. Crise de Software - Chaos Report 31.1% 52.7% 16.2% 1994 19% Cancelamentos 46% Excesso Orçamento ou Não Cumprimento Escopo 35% Sucesso 2007
    3. 3. Por que os Projetos Falham? 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 9.9% Outros 4.3% Desconhecimento da Tecnologia 6.2% Falta de Gerenciamento de TI 7.5% Não Atendimento em Tempo Hábil 8.1% Falta de Planejamento 8.7% Mudança de Requisitos 9.3% Falta de Suporte Executivo 9.9% Expectativas Não-Realísticas 10.6% Falta de Recursos 12.4% Falta de Envolvimento dos Usuários 13.1% Requisitos Incompletos
    4. 4. Custo de Correção - Schach’s Summary
    5. 5. Qualidade: O que é? “ A totalidade das características de uma entidade que lhe confere a capacidade de satisfazer às necessidades explícitas e implícitas” (NBR ISO 8402)
    6. 6. Conceito de Qualidade de Software “ Conformidade a requisitos funcionais e de desempenho explicitamente declarados , a padrões de desenvolvimento claramente documentados e a características implícitas que são esperadas de todo software profissionalmente desenvolvido”-Pressman
    7. 7. Qualidade de Software: Processo x Produto QUALIDADE DO PRODUTO DE SOFTWARE QUALIDADE DO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO
    8. 8. Qualidade do produto e do processo <ul><li>Visão que aborda a qualidade do produto </li></ul><ul><ul><li>Funcionalidade, confiabilidade, usabilidade, eficiência, manutenibilidade e portabilidade (ISO 9126 e NBR 13596). </li></ul></ul><ul><li>Visão que aborda a qualidade do processo </li></ul><ul><ul><li>Dos requisitos do usuário à entrega do produto final, existe um processo de desenvolvimento complexo e dividido em fases, que pode comprometer a qualidade do software. </li></ul></ul>
    9. 9. Normas e Modelos de Qualidade de SW Processo Produto <ul><li>ISO 12207 - Processos de ciclo de vida do software. </li></ul><ul><li>NBR ISO 9000-3 -Diretrizes para aplicação da norma ISO 9001 ao desenvolvimento, fornecimento e manutenção de software. </li></ul><ul><li>CMM- Capability Maturity Model. Modelo do Software Engineering Intitute (SEI) para avaliação da maturidade de uma organização que desenvolve software. </li></ul><ul><li>CMMI- Capability Maturity Model Integrated. Modelo do SEI que estende o CMM para avaliação de processos de software. </li></ul><ul><li>SPICE / ISO 15504 - Projeto da ISO/IEC para avaliação dos processos de desenvolvimento de software. </li></ul><ul><li>PSP - Personal Software Process - Modelo do SEI que define disciplinas para qualidade pessoal do engenheiro de software. </li></ul><ul><li>ISO 9126 - Norma para qualidade de produtos de software </li></ul><ul><li>ISO 14598 - Guias para avaliação de produtos de software </li></ul><ul><li>ISO 12119 - Norma para qualidade de pacotes de software </li></ul>
    10. 10. Qualidade do Processo de Software Desenvolvimento do SW REQUISITOS PRODUTO DE SW Análise Projeto … Validação + Verificação
    11. 11. RUP
    12. 12. Workflows, Workflows Details Workflow Papel Tarefa Artifato Responsavel por executa Activity Detail
    13. 13. Qualidade do Produto de Software NBR 13596 Característica Subcaracterísticas Pergunta chave para a subcaracterística Funcionalidade (satisfaz as necessidades?) Adequação Acurácia Interoperabilidade Segurança de acesso Conformidade Propõe - se a fazer o que é apropriado? Faz o que propôs de manei ra correta? Interage com os sistemas especificados? Evita acesso não autorizado a dados? Está de acordo com as normas, leis, etc. Confiabilidade (É imune a falhas?) Maturidade Tolerância a falhas Recuperabilidade Com que frequência apresenta falhas? Ocor rendo falhas, como reage? É capaz de recuperar dados em caso de falhas? Usabilidade (É fácil de usar?) Inteligibilidade Apreensibilidade Operacionalidade É fácil entender o conceito e a aplicação? É fácil aprender a usar? É fácil operar e controlar
    14. 14. Qualidade do Produto de Software NBR 13596 Característica Subcaracterísticas Pergunta chave para a subcaracterística Eficiência (Rápido e enxuto) Tempo Recursos Qual o tempo de resposta, velocid. de execução? Quanto recurso usa? Durante quanto tempo? Manutenibilidade (É fácil de modificar?) Ana lisabilidade Modificabilidade Estabilidade Testabilidade É fácil encontrar uma falha, quando ocorre? È fácil modificar e adaptar? Há grande risco quando se faz alterações? É fácil testar quando se faz alterações? Portabilidade (É fácil de usar em outro ambiente?) Adaptabilidade Capacidade para ser instalado Conformidade Capacidade para substituir É fácil adaptar a outros ambientes? É fácill instalar em outros ambientes? Está de acordo com padrões de portabilidade? É fácil usar para substituir outro sis tema?
    15. 15. Teste de Software <ul><li>Teste de software consiste em verificar dinamicamente o comportamento de um programa a partir de um conjunto finito de casos de teste </li></ul><ul><li>Os casos de teste são adequadamente selecionados a partir do domínio de execuções (potencialmente infinito) </li></ul><ul><li>Os resultados dos casos de teste são confrontados com o comportamento especificado para o software. </li></ul>
    16. 16. Qualidade de Software MSc. Luiz Barboza [email_address]

    ×