0
Logística de suprimento da cidade.
Cases: Rodoanel, Ferroanel e Guaíba

     2º Fórum Empresarial de Logística e
         ...
AGENDA:

Principais problemas logísticos enfrentados nos centros
urbanos;

Como a Logística Urbana e Macrologística podem ...
Atividades logísticas nos centros urbanos


• Transporte de mercadorias em zonas
urbanas inclui muito mais do que o
transp...
A Cadeia de Suprimentos
 Insumos                                   Distribuidores
                                        ...
Principais problemas logísticos
           enfrentados nos centros urbanos
• Ausência de uma visão sobre a totalidade do s...
Principais problemas logísticos
enfrentados nos centros urbanos
Atores Envolvidos no Processo
• Poder Público (CET’s, Guarda Municipal, Polícia Militar,
autoridades..).

• Sistema de tra...
O que se deve avaliar em relação aos
           principais problemas logísticos
          enfrentados nos centros urbanos
...
Como a Logística Urbana e Macrologística
     podem ajudar a resolver os problemas
LOGÍSTICA URBANA – CITY LOGISTICS

Logí...
Fundamentos de City Logistics
•   O transporte deve ser geograficamente concentrado

•   Grandes volumes concentrados de m...
Algumas Ações Possíveis
  1. Sistemas de informação avançados
  2. Sistemas de cooperação de transporte de cargas
  3. Ter...
Case: Rodoanel de São Paulo
Case: Rodoanel de São Paulo
 •O Rodoanel Mário Covas, no total, terá 175 km de extensão
 a um custo previsto de R$ 3,5 bil...
Case: Rodoanel de São Paulo
 Para alguns, o Rodoanel tem como objetivo
 interligar com eficiência os ricos mercados do
 in...
Case: Rodoanel de São Paulo
Para outros, o anel rodoviário, Rodoanel, deve ser transformado
num Anel de Infra-estrutura, r...
Case: Ferroanel de São Paulo
Case: Ferroanel de São Paulo
Objetivos:
•aumentar a eficiência do Corredor de Transporte Transmetropolitano
•reduzir o cus...
Case: Ferroanel de São Paulo

Críticas mais frequentes:

• Ambientais;

• Falta de um projeto intermodal com eventual liga...
Case: Ampliação da Fábrica da
        Aracruz em Guaíba - RS
• Modal rodoviário
• Situação atual e futura

         Item
 ...
Case: Ampliação da Fábrica da
       Aracruz em Guaíba - RS
  Preocupações:

1. Habitações no entorno da fábrica
2. Minimi...
Case: Ampliação da Fábrica da
        Aracruz em Guaíba - RS
  Intervenções Necessárias
1. Novo trevo de Guaíba da BR-116
...
Acessos Rodoviários à Guaíba



          Av. Castelo
            Branco




                        Av. São Geraldo
Acessos à Fabrica
 Alargamento na
   Av. Castelo
     Branco




                     Melhoria na Av.
                    ...
Arranjo Final                                    Encapsulamento
                                                   da Fábr...
Case: Ampliação da Fábrica da
      Aracruz em Guaíba - RS


    Novo Modal de Transporte:



         Hidroviário
Segmento de navegação
Comboio




                                      4,5 m
Barcaça – Empurrador




                                         ...
Terminal de Guaíba p/ Madeira


     Área de geosondagem


                                          adutora




         ...
Terminal de Guaíba p/ Madeira
         145 m
 90 m




         160 m
                      Dolfins de Amarração

        ...
RESUMO E CONCLUSÕES

Os problemas macro-logísticos e de logística urbana
(regulamentação e controle, recuperação da infrae...
Logística de suprimento da cidade.
Cases: Rodoanel, Ferroanel e Guaíba

  2º Fórum Empresarial de Logística e Infra-
     ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Rui Carlos Botter - Logística de Suprimentos da Cidade, Rodoanel, Ferroanel e Guaíba

1,668

Published on

Published in: Business
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • Existe um consenso entre os gestores de que a construção concomitante planejada do Ferroanel com o Rodoanel é a forma mais racional, rápida e econômica, e deveria ser unanimidade para o Plano Diretor de qualquer grande metrópole, pois há razões muito bem fundamentadas para tal afirmação.
    O Ferroanel de São Paulo que vem se arrastando há anos, embora esta seja uma obra de grande importância para São Paulo e para o país pode receber um grande impulso, se os governos federal e estadual, responsáveis por ela, chegarem a um acordo sobre uma proposta feita por este último. São Paulo se dispõe a elaborar o projeto executivo e a cuidar do licenciamento ambiental do Tramo Norte, entre Jundiaí e Itaquaquecetuba, ao custo estimado de R$ 15 milhões.
    Deve ser ressaltada também a grande importância de uma ligação rodo ferroviária entre Parelheiros e Itanhaém para cargas e passageiros, e uma interligação ferroviária em linha paralela com a FCA e com a Norte /Sul partindo de Anápolis, Itumbiara-GO, Monte Alegre de Minas, Prata e Frutal-MG e adentrando pelo centro norte de SP na cidade de Barretos, e seguindo por Bebedouro, Jaboticabal, até Araraquara -SP, por uma ferrovia existente desativada (Araraquarense) já em bitola 1,6 m, ambos os trajetos (fases) como função de linhas troncos.
    Fica aí já definida uma potencial rota para trens regionais de passageiros de médio e longo percurso São Paulo - Brasília, passando por muitas destas cidades citadas entre outras, além de um trajeto coerente para cargas de cabotagem, (dupla função) com o fator de sazonalidade igual a zero.
    São patentes as dificuldades que a ausência do Ferroanel cria para o transporte de carga em direção ao Porto de Santos e de passageiros na região metropolitana de São Paulo geram o maior gargalo ferroviário do país. Hoje os trens de carga que se destinam àquele porto têm de utilizar linhas concomitantes com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) que passam pela região central da capital. A concessionária que faz esse transporte só pode operar em períodos restritos, o que diminui sua eficiência e aumenta seu custo.
    E a situação é agravada, porque, para aumentar sua capacidade de transporte de passageiros, a CPTM deseja diminuir o intervalo entre os seus trens. Suas razões para isso são técnicas, porque o sistema de transporte coletivo da Grande São Paulo, do qual ela é uma das responsáveis, já ultrapassou em muito o limite de sua capacidade e o número de passageiros continua aumentando. Se ela adotar aquele medida, haverá redução ainda maior da circulação dos trens de carga.
    Só o Ferroanel, a começar pelo Tramo Norte, que tem de longe o maior potencial de transporte, poderá resolver o problema. Hoje, dos cerca de 2,5 milhões de contêineres que chegam anualmente ao Porto de Santos, apenas uma quantidade irrelevante 100 mil é despachada por trem, um meio de transporte mais rápido e econômico do que os caminhões. Com o Ferroanel, estima-se que o volume que por ele circulará chegue acima de um milhão e meio de contêineres. Os benefícios para os setores mais diretamente ligados a essa atividade – produtores e transportadores – e para a economia do País como um todo serão enormes.
    Ganhará também a capital e o litoral paulista, dos quais retirarão de circulação cerca de 5 mil caminhões por dia, um alívio considerável para seu trânsito sempre congestionado.
    Deveriam os responsáveis pelos governos federal e estadual a deixar de lado divergências políticas. Já passou da hora para que eles aproveitarem a ocasião para demonstrar que são capazes de colocar o interesse público acima de suas ambições políticas.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
1,668
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Rui Carlos Botter - Logística de Suprimentos da Cidade, Rodoanel, Ferroanel e Guaíba"

  1. 1. Logística de suprimento da cidade. Cases: Rodoanel, Ferroanel e Guaíba 2º Fórum Empresarial de Logística e Infraestrutura do ES Prof. Dr. Rui Carlos Botter 21 de março de 2007 ENGENHARIA DE SISTEMAS LOGÍSTICOS, ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
  2. 2. AGENDA: Principais problemas logísticos enfrentados nos centros urbanos; Como a Logística Urbana e Macrologística podem ajudar a resolver os problemas dos centros urbanos Case: Rodoanel Case: Ferroanel Case: Guaíba
  3. 3. Atividades logísticas nos centros urbanos • Transporte de mercadorias em zonas urbanas inclui muito mais do que o transporte de e para o centro das cidades; •Estima-se que em áreas urbanas o transporte de mercadorias em caminhões com mais de 3,5t seja de 10% do total; •Produção Just in time e produção direcionada ao consumidor;
  4. 4. A Cadeia de Suprimentos Insumos Distribuidores Varejistas Produtores Intercâmbios Insumos Clientes Intercâmbios Logísticos Intercâmbios entre Clientes Produtores Intermediários Contract Operadores Manufacturers Logísticos
  5. 5. Principais problemas logísticos enfrentados nos centros urbanos • Ausência de uma visão sobre a totalidade do sistema (autoridades e empresas); • Congestionamentos; Custo de tempo (salários); Custo de operação dos veículos; Custo de acidentes. • Deficiências na malha viária; Vias estreitas; Manutenção insuficiente do pavimento; Interseções inadequadas (esquinas, retornos, curvas, inclinações, etc) Programação de semáforos • Falta de local adequado para estacionamento e áreas de carga/descarga; Acidentes; Perda de produtividade; • Poluição ambiental e sonora;
  6. 6. Principais problemas logísticos enfrentados nos centros urbanos
  7. 7. Atores Envolvidos no Processo • Poder Público (CET’s, Guarda Municipal, Polícia Militar, autoridades..). • Sistema de transporte público. • Companhias de distribuição e transportadoras. • Receptores/consumidores finais. Sem logística de entrega; Com logística de entrega coordenada; Com logística própria. • Comunidade
  8. 8. O que se deve avaliar em relação aos principais problemas logísticos enfrentados nos centros urbanos 1. Número total de viagens de veículos de transporte de bens e serviços; 2. Número total de veículos de transporte de bens e serviços; 3. Tempo médio de viagem dos veículos(entrega/coleta); 4. Taxa de consumo de combustível dos veículos de transporte de bens e serviços; 5. Tamanho e peso do veículos; 6. Número de veículos “estacionados” na rua em horários de rush; 7. Tempo em que os veículos permanecem “estacionados” na rua; 8. Local apropriado para operação dos veículos; 9. Tempo que os veículos permanecem em operação; 10. Velocidade em que veículos trafegam nas ruas; 11. Sensibilidade ambiental das áreas intensamente povoadas; 12. Custo financeiro X Custo social/Ambiental
  9. 9. Como a Logística Urbana e Macrologística podem ajudar a resolver os problemas LOGÍSTICA URBANA – CITY LOGISTICS Logística de distribuição de mercadorias nas grandes cidades, sob condições de congestionamento, restrições ambientais, de mobilidade etc. Visa a otimização das operações logísticas das empresas nas áreas urbanas. (TANIGUCHI et al., 1990) MACROLOGÍSTICA OU LOGÍSTICA GLOBAL Refere-se à concepção de estratégias espaciais de organização, no tempo e no espaço, das atividades econômicas de uma empresa, grupo de empresas ou mesmo da atividade econômica global. Envolve portanto, a participação do Estado como fornecedor, parceiro ou regulador das infra-estruturas logísticas. (COLIN, J. 1996; BASTOS, M. M. de M., 2001; DIAS, J. C. Q., 2005)
  10. 10. Fundamentos de City Logistics • O transporte deve ser geograficamente concentrado • Grandes volumes concentrados de mercadoria • Alta exploração da capacidade
  11. 11. Algumas Ações Possíveis 1. Sistemas de informação avançados 2. Sistemas de cooperação de transporte de cargas 3. Terminais logísticos públicos 4. Uso compartilhado de veículos de carga 5. Sistemas subterrâneos de transporte de cargas 6. Áreas com controle de acesso 7. Anéis Urbanos
  12. 12. Case: Rodoanel de São Paulo
  13. 13. Case: Rodoanel de São Paulo •O Rodoanel Mário Covas, no total, terá 175 km de extensão a um custo previsto de R$ 3,5 bilhões. •Hoje, mais de 1,1 milhão de veículos chegam à cidade de São Paulo todos os dias vindos de vários pontos do país. Desses, 300 mil estão de passagem e, entre eles, 19 mil caminhões. • A obra vai evitar que esses veículos pesados, bem como automóveis de passagem, transitem por dentro da cidade provocando graves congestionamentos. •O Rodoanel é uma intervenção fundamental para a logística do Estado e do País porque interliga as dez rodovias (três federais e sete estaduais) que chegam à cidade de São Paulo. O trecho Oeste, com 32 quilômetros, já está concluído.
  14. 14. Case: Rodoanel de São Paulo Para alguns, o Rodoanel tem como objetivo interligar com eficiência os ricos mercados do interior do Estado de São Paulo, dos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, com os Estados do Sul do Brasil e os países do Mercosul. A travessia da Região Metropolitana de São Paulo tem sido um dos pontos problemáticos da rota comercial do Mercosul, colocando em risco a sua viabilização
  15. 15. Case: Rodoanel de São Paulo Para outros, o anel rodoviário, Rodoanel, deve ser transformado num Anel de Infra-estrutura, reunindo diversas redes de instalações, na qual a função rodovia seria apenas uma parte delas. O anel de Infra-Estrutura: 1. Pólo Oeste de desenvolvimento; 2. Trecho em Estrutura Elevada; 3. Pólo Leste de desenvolvimento
  16. 16. Case: Ferroanel de São Paulo
  17. 17. Case: Ferroanel de São Paulo Objetivos: •aumentar a eficiência do Corredor de Transporte Transmetropolitano •reduzir o custo de transporte de cargas na área que abrange o Estado de São Paulo e sudoeste do Estado de Minas Gerais; •liberar a malha ferroviária da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para o transporte de passageiros Como: criação de um acesso adicional ao porto de Santos, pelo tramo sul, e ao porto de Sepetiba, pelo tramo norte, além de. Extensão e Custo: tramo norte do Ferroanel, com extensão de 65 km, tramo sul com extensão de 47 km a um custo de US$ 250 milhões.
  18. 18. Case: Ferroanel de São Paulo Críticas mais frequentes: • Ambientais; • Falta de um projeto intermodal com eventual ligação com o Rodoanel
  19. 19. Case: Ampliação da Fábrica da Aracruz em Guaíba - RS • Modal rodoviário • Situação atual e futura Item Item Viagens //Ano Viagens //Mês Viagens //Dia Viagens Ano Viagens Mês Viagens Dia Tráfego Atual Tráfego Atual 91 511 91 511 5 865 5 865 246 246 Madeira p/ 1milhão Madeira p/ 1milhão 89 250 89 250 7 438 7 438 248 248 Insumos p/ 1 milhão Insumos p/ 1 milhão 9 568 9 568 797 797 31 31 Resíduos p/ 1 milhão Resíduos p/ 1 milhão 27 945 27 945 2 352 2 352 115 115 Papel p/ 20 mil Papel p/ 20 mil 1 512 1 512 352 352 66 Total Total 219 787 219 787 16 804 16 804 646 646
  20. 20. Case: Ampliação da Fábrica da Aracruz em Guaíba - RS Preocupações: 1. Habitações no entorno da fábrica 2. Minimização de poluição (poeira e ruído) 3. Tráfego 3 vezes maior 4. Harmonia com a comunidade 5. Utilização de outros modais de transporte
  21. 21. Case: Ampliação da Fábrica da Aracruz em Guaíba - RS Intervenções Necessárias 1. Novo trevo de Guaíba da BR-116 2. Alargamento da Av. Castelo Branco (3 km) desde o trevo com a BR-116 até a fábrica 3. Alternativa de circulação para reduzir espera no cruzamento semaforizado na Av. Castelo Branco 4. Melhorias no trecho até Barra do Ribeira 5. Encapsulamento da Fábrica 6. Novo acesso à Fábrica
  22. 22. Acessos Rodoviários à Guaíba Av. Castelo Branco Av. São Geraldo
  23. 23. Acessos à Fabrica Alargamento na Av. Castelo Branco Melhoria na Av. São Geraldo em direção a Barra do Ribeiro
  24. 24. Arranjo Final Encapsulamento da Fábrica Alargamento na Nova Avenida Av. Castelo Branco Fechamento do Acesso a Av. em frente a Unidade Rua a ser Encapsulada Novo Acesso à BR-116 Nova Avenida de acesso à Av. São Geraldo ao sul em direção a Barra do Ribeiro Melhoria na Av. São Geraldo em direção a Barra do Ribeiro
  25. 25. Case: Ampliação da Fábrica da Aracruz em Guaíba - RS Novo Modal de Transporte: Hidroviário
  26. 26. Segmento de navegação
  27. 27. Comboio 4,5 m Barcaça – Empurrador Calado 2,80 m 3.000 t 85 – 90 m 1400 ²m 19 m 105 – 110 m
  28. 28. Terminal de Guaíba p/ Madeira Área de geosondagem adutora Desenho 02 – Dársena Aracruz e Canal de Acesso
  29. 29. Terminal de Guaíba p/ Madeira 145 m 90 m 160 m Dolfins de Amarração 21 0 Lay-out proposto m para a madeira
  30. 30. RESUMO E CONCLUSÕES Os problemas macro-logísticos e de logística urbana (regulamentação e controle, recuperação da infraestrutura, investimentos e etc. ) devem ser atacados pelo governo com firmeza. Uma obra viária urbana deve ser analisada por diferentes aspectos e não somente pelo aspecto de redução de tráfego. Os problemas logísticos devem ser resolvidos se possível com a associação de novos modais e com o emprego efetivo de planejamento e ferramentas de TI para apoio a decisão
  31. 31. Logística de suprimento da cidade. Cases: Rodoanel, Ferroanel e Guaíba 2º Fórum Empresarial de Logística e Infra- estrutura do ES Prof. Dr. Rui Carlos Botter Email: rcbotter@usp.br 21 de março de 2007 ENGENHARIA DE SISTEMAS LOGÍSTICOS, ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×