Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários

4,207 views
4,087 views

Published on

Palestra de Karine Drumond e Leandro Alves – designers de interação e sócios (Latitude14) – no Dia Mundial da Usabilidade 2008, em Belo Horizonte

Published in: Design
1 Comment
15 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
4,207
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
839
Actions
Shares
0
Downloads
251
Comments
1
Likes
15
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários

  1. 1. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário Karine Drumond // Leandro Alves Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  2. 2. “ Desenvolvimento ágil centrado no usuário é uma filosofia derivada do “agile development”. É uma “nova” forma de pensar o desenvolvimento de software, envolvendo o usuário. ” Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  3. 3. O que significa ser ágil no DCU?  equipes enxutas  comunicação e colaboração entre a equipe  envolvimento do cliente e usuários  processo iterativo  entrega de valor a cada ciclo  flexibilidade para mudanças Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  4. 4. 4 valores expressos no manifesto Ágil:  indivíduos e interações é mais importante que processos e ferramentas  software funcionando é mais importante que documentação descritiva  colaboração do cliente é mais importante que negociação de contrato  responder às mudanças é mais importante que seguir um plano rígido Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  5. 5. Por que métodos ágeis para DCU?  60% das funcionalidades não são utilizadas;  O usuário está esquecido no processo;  Projetos estrapolam prazo e orçamento;  Clientes insatisfeitos com produto final;  Falta integração entre desenvolvimento e design. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  6. 6. Objetivo do DCU definir como validar se as as pessoas soluções estão irão interagir adequadas definir o que tornar mais desenvolver claro o que os usuários querem intermediar usuários/produto /desenvolvedores Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  7. 7. Processo iterativo e incremental Quando iteramos, começamos com uma vaga idéia do que construímos. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  8. 8. Processo iterativo e incremental Incrementar requer um entendimento mais refinado do que se está construindo, e então adiciona-se partes aos poucos. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  9. 9. CICLO DO DCU ÁGIL Identifica: Pesquisa Necessidades inicial Oportunidades Requisitos básicos O que construir Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  10. 10. CICLO DE PESQUISA DO DCU ÁGIL Geração Testes Ajustes dos Entrega rápidos em para de soluções protótipos protótipos desenvolver comunicação, envolvimento stakeholders Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  11. 11. Métodos ágeis e boas práticas Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  12. 12. 1. Compreender e Identificar as necessidades reais Projetar ferramentas que irão dar suporte aos objetivos e atividades das pessoas. Quem são e o que precisam os usuários do seu produto? Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  13. 13. 1. Compreender e Identificar as necessidades reais  Observação natural (O que e como as pessoas fazem)  Entrevistas (O que as pessoas pensam e dizem) Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  14. 14. Geração de idéias. Como é o uso do táxi, do ponto de vista do taxista? Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  15. 15. Requisitos de funcionalidades. Qual o padrão de organização dos usuários? Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  16. 16. 1. Compreender e Identificar as necessidades reais  Quebrar a pesquisa em pequenas questões;  Focar em implicações para o design;  Incorporar resultados da pesquisa (protótipo); e  Comunicar resultados para a equipe. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  17. 17. 2. Focar na essência Começar desenvolvendo somente a essência, a menor unidade de um sistema (sem perder a visão do todo) Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  18. 18. 2. Focar na essência Estou ansioso... Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  19. 19. 2. Focar na essência Idéias de funcionalidades possíveis para o sistema  informar horário dos próximos onibus;  ver fotos e vídeos com percurso do ônibus;  consultar todos os horários dos ônibus;  acompanhar percurso em tempo real;  solicitar parada do ônibus (remotamente); Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  20. 20. 2. Focar na essência Qual é a essência? Quanto tempo vai demorar o meu ônibus? Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  21. 21. 2. Focar na essência  diminuir riscos de desenvolvimento de funcionalidades com pouco ou nenhum uso;  desenvolver soluções que atendam às reais necessidades dos usuários. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  22. 22. 3. Iterar rápido Colocar o produto nas mãos do usuário para se ter feedback o mais cedo possível (iterar cedo para iterar mais) Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  23. 23. 3. Iterar rápido  Descobrir os problemas mais cedo;  Diminuir tempo de retrabalho;  Melhorar uma solução;  Evitar um produto que não atenda aos usuários;  Validar as premissas do projeto. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  24. 24. 4. Pensar várias soluções para o mesmo problema “ Para ter uma boa idéia, tenha várias. Rettig, 1994 ” Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  25. 25. 4. Criar várias soluções para o mesmo problema Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  26. 26. 4. Criar várias soluções para o mesmo problema Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  27. 27. 5. Prototipar em baixa resolução Rabiscar idéias permite visualizar uma solução de forma rápida e concreta. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  28. 28. 5. Prototipar em baixa resolução Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  29. 29. 5. Prototipar em baixa resolução  Ajuda a comunicar e entender idéias;  Economiza tempo de design e desenvolvimento;  Valida uma solução Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  30. 30. 6. Menos documentação, mais comunicação Estimular a comunicação em todo o processo entre desenvolvimento, design e stakeholders. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  31. 31. 6. Menos documentação, mais comunicação Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  32. 32. 6. Menos documentação, mais comunicação Tratar protótipos como especificações Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  33. 33. 7. Testes de usabilidade ágeis  Testar mais e menos formal;  Testar em todos os ciclos do projeto;  Testar com um é melhor do que com nenhum;  Comunicar os resultados à equipe;  Corrigir os erros graves, rapidamente. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  34. 34. 7. Testes de usabilidade ágeis Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  35. 35. 7. Testes de usabilidade ágeis Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  36. 36. 8. O fim não é o lançamento  Lança-se o mínimo adequado às necessidades reais  Surgem formas alternativas de usar a ferramenta  Observe o uso real e proponha melhorias  Ajuste ao invés de refazer (iteração sobre redesign) Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  37. 37. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  38. 38. 1998 a 2008 Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  39. 39. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  40. 40. Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  41. 41.  Ser ágil é ser flexível  Comece pelo essencial  Nós não sabemos como os outros pensam, teste!  Lance o mínimo adequado às necessidades reais  Observe o uso real para propor melhorias  DCU ágil permite maior integração entre desenvolvimento e design Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  42. 42. Perguntas ? Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  43. 43.  Design de Interação karinedrumond.wordpress.com  UxP uxp.com.br  ZeroSeis zeroseis.com.br  Agile Development Outside-In www.outside-in-development.com Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário
  44. 44. Usabilidade + Design centrado no usuário www.Latitude14.com.br Métodos ágeis e boas práticas para design centrado no usuário

×