Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Projeto de Educação Patrimonial
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Projeto de Educação Patrimonial

  • 212 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
212
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
16
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 1 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUPERINTENDENCIA REGIONAL DE ENSINO DE ITAJUBÁ DIRETORIA EDUCACIONAL PROGRAMA DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA Projeto de Educação Patrimonial nas escolas: A importância da Educação Patrimonial no processo educacional como propulsora de práticas preservacionistas do Patrimônio Cultural
  • 2. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 2 1- Justificativa: A cultura e a memória de um povo são os principais fatores de sua coesão e identidade, os responsáveis pelos liames que unem as pessoas em torno de uma noção comum de compartilhamento e identidade, noção básica para o senso de cidadania. A necessidade de trabalhar o Patrimônio Cultural nas escolas fortalece a relação das pessoas com suas heranças culturais, estabelecendo um melhor relacionamento destas com estes bens, percebendo sua responsabilidade pela valorização e preservação do Patrimônio, fortalecendo a vivência real com a cidadania, num processo de inclusão social. O patrimônio histórico e artístico materializa e torna visível o sentimento evocado pela cultura e pela memória e, assim, permite a construção das identidades coletivas, fortalecendo os elos das origens comuns, passo decisivo para a continuidade e a sobrevivência de uma comunidade. Ou seja, o patrimônio histórico e artístico deuma cidade ou localidade contribui decisivamente para a construção de sua identidade coletiva. Além disso, a noção de patrimônio cultural se relaciona fortemente com a herança coletiva que deve ser transmitidas as futuras gerações, relacionando o passado ao presente. 2- Objetivos: O projeto tem como objetivo geral reconhecer os valores (históricos, arquitetônicos, paisagísticos, artísticos, afetivos) impregnados nos bens culturais, no caso a escola, propiciando ao aluno o conhecimento de sí mesmo e do ambiente que o cerca. Como objetivo específico, o projeto pretende reduzir a depredação do patrimônio publico nas escolas estaduais, desenvolvendo o senso de preservação dos bens culturais e a reflexão nos alunos sobre a dificuldade de preservação na própria comunidade. Como resultado final, espera-se que os alunos compreendam que são os guardiões do patrimônio cultural de sua escola. 3- Atividades: A metodologia utilizada para trabalhos com Educação Patrimonial (1), é a seguinte: Observação, Registro, Exploração e Apropriação. Seguindo esta metodologia, temos as seguintes atividades: 1º Atividade: Apresentação do PowerPoint “Projeto Educação Patrimonial”. A Apresentação está disponível para download em: http://www.slideshare.net/laurirenereisfilho/apresentao-26696676 -Sensibilização dos alunos sobre a importância da escola para a comunidade. -Sensibilizar os alunos sobre a importância das identidades culturais, especialmente num momento de globalização dos costumes, o valor que representa a consciência de sua cultura. Duração:1 aula 2° Atividade: Exibição do filme “Os narradores de Javé” Filme completo:http://piphistoriaitajuba.blogspot.com.br/2013/09/os-narradores-de- jave.html Antes de exibir o filme, destacar aos alunos que o filme se organiza em torno da importância do patrimônio histórico na vida das pessoas e da cidade. Também é importante ressaltar que a construção desse patrimônio cultural é dinâmica, que participamos ativamente nesse processo, e somos todos narradores “de uma história sem fim”, que se torna patrimônio para futuras gerações.
  • 3. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 3 Duração:2 aulas (O filme tem 1h:43m) 4º Atividade: Observação Neste momento pretende-se explorar ao máximo o bem estudado (escola). O professor faz perguntas aos alunos, como por exemplo: 1) Desde quando existe a escola? Ela sempre existiu no mesmo local? 2) Qual foi a reação das pessoas a construção da escola na época em que foi feita? 2) Qual a aparência do prédio? Você gosta dela? 3) Quando aconteceu a última reforma? 4) O espaço físico é adequado? O que está faltando? 5) Qual espaço da escola você mais gosta? Por quê? 6) O que deveria ser preservado na escola? Por quê? 7) Qual é a melhor lembrança que você tem da escola? 8) O que a escola significa para a cidade? 9) Porque devemos preservar a escola? 10) O que seria da cidade sem a escola? É importante que cada aluno responda individualmente para que o trabalho contemple uma gama variada de impressões sobre a escola. Duração:1 aula 5º Atividade :Registro Neste momento, busca-se fixar o conhecimento percebido, aprofundando a observação e o pensamento lógico e intuitivo. Este processo pode acontecer através do registro da escola por fotos, descrições verbais ou escritas, gráficos, maquetes, gráficos, vídeos, apresentação teatral, músicas ou etc... A forma escolhida para registrar fica a critério do professor. Pode ser um por sala, por grupo ou por aluno, dependendo das habilidades individuais. Como o trabalho visa um melhor relacionamento do aluno com o patrimônio escolar, é essencial estimular os alunos a registrarem momentos ou aspectos positivos da escola. Se necessário relacione a importância do patrimônio cultural escolar com o filme “Os narradores de Javé”, destacando que se a cidade cultivasse seu patrimônio histórico não teria desaparecido. Duração:1 aula 6º Atividade: Exploração Análise do bem cultural com discussões, questionamentos, avaliações, pesquisas em outros lugares (como bibliotecas, arquivos, cartórios, jornais, revistas, entrevistas com familiares e pessoas da comunidade), desenvolvendo as capacidades de análise e espírito crítico, interpretando as evidências e os significados. - Perguntar aos autores dos registros o que eles quiseram retratar. - Perguntar aos demais alunos qual a percepção deles. - Como atividade extra-classe: Separe os alunos em dois grupos.
  • 4. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 4 O primeiro grupo vai entrevistar pessoas da comunidade buscando novos relatos, causos, historias, e contos sobre a escola.(Anexo I) O segundo grupo vai entrevistar os alunos e saber o que eles acham da escola. (Anexo II) Duração:1 aula. 7º Atividade: Apropriação Como atividade de apropriação, juntaremos as três entrevistas e os registros dos alunos e fazer uma exposição para os demais alunos da escola. O Material deve ser separado e tratado. Primeiramente, selecionar os trechos das entrevistas que serão exibidos e editá- los, inserindo os créditos (nome dos entrevistadores, do entrevistado e a data da realização). Imprimir os textos, os trechos de entrevistas, letras de músicas e providenciar material para reprodução das entrevistas gravadas (TV’s para vídeo ou rádios para áudio). Para as fotos, procurar imprimir em cores e com qualidade boa. Duração: 1 aula. 8° Atividade: Exposição Para a exposição, o professor deve selecionar os alunos com boa habilidade de comunicação para explicar cada trabalho exposto aos visitantes. Procurar atentar para a utilização do espaço onde será realizada a exposição e a circulação de pessoas. Deve-se também atentar para a qualidade do material apresentado bem como para as apresentações, pois o intuito e elevar a estima dos alunos pelo patrimônio escolar, e um trabalho com qualidade ruim teria efeito contrário. Após a sala montada, realizar uma simulação de como será a exposição, se possível contando com a presença de alguém que não esteja participando do projeto. Depois pergunte suas impressões e corrija os possíveis problemas. Duração: 1 aula. 4- Estratégias Na primeira atividade, deixar claro aos alunos a função social da escola e a importância da escola como meio de promoção social e redução das desigualdades. Como o objetivo central do trabalho é reduzir a depredação do patrimônio escolar, durante as atividades o professor deve estimular os bons relatos acerca da escola, pois esse material servirá de base para exposição. Embora existam problemas na escola, queremos realçar o lado bom. Portanto, bons relatos e registros são indispensáveis para fixar o sentimento de preservação cultural e cidadania nos alunos. Quanto aos aspectos negativos, esses devem ser debatidos durante a 4º atividade, quando se pretende desenvolver a análise e o espírito crítico. Durante o desenvolvimento da 3° Atividade, cabe ao professor estimular os alunos que possuem habilidades específicas (fotografo, escritor, músico, ator, pesquisador, comunicador, entrevistador e etc...) a exercê-las. Lembrando que quanto mais variado for o material produzido, mais rico vai ser a exposição. Recomendamos que se usem registros fotográficos, de vídeo, mapas, desenhos e músicas.
  • 5. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 5 Recomendamos que as entrevistas sigam o roteiro sugerido, e, além disso, sejam gravadas em áudio ou vídeo (quando possível), pois aumenta a possibilidade de expor o conhecimento em uma plataforma multimídia. Durante essa atividade o professor pode atribuir a responsabilidade a alunos com habilidades em informática. Para realização da 5° atividade o professor pode atribuir responsabilidades a alunos com habilidades no Tópico 1 de Língua Portuguesa “Procedimentos de Leitura” (D1/D2/D3/D5/D10). Para isso pedir a sugestão ao Professor de Língua Portuguesa da sala. 5- Avaliação Para efeito de avaliação, não podemos levar em conta o objetivo inicial do projeto, que é a preservação do patrimônio escolar, pois este somente se perceberá a médio ou longo prazo. Portanto, avaliaremos os alunos da seguinte forma: Insuficiente Regular Bom Muito Bom 4° Atv. Observação (inserir aqui o n° dos alunos) 5° Atv. Registro 6° Atv. Exploração 7° Atv. Apropriação 8° Atv. Exposição 6- Referências para pesquisas utilizadas: 1- Manual de atividades práticas de educaçãopatrimonial / Evelina Grunberg. __ Brasília, DF :IPHAN, 2007. 2- Projeto de Extensão “Viabilizando Possibilidades: A Educação Patrimonial na Formação de Futuros Professores” coordenado pela professora Derocina Alves Campos Sosa e supervisionado pela professora Raquel Padilha, do Departamento de Biblioteconomia e História da Fundação Universidade Federal do Rio Grande – FURG. 3-CURRÍCULO DE HISTÓRIA E EDUCAÇÃO PARA O PATRIMÔNIO Ivo Mattozzi; Educação em Revista | Belo Horizonte | n. 47 | p. 135-155 | jun. 2008 4-EDUCAÇÃO PATRIMONIAL NAS ESCOLAS: APRENDENDO A RESGATAR O PATRIMÔNIO CULTURAL; AllanaPessanha de Moraes 5-MANUAL DIRETRIZES PARA A EDUCAÇÃO PATRIMONIAL; IEPHA-MG 6- Instrumentos de coletas de dados: http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/met06.htm
  • 6. 15° SRE Itajubá PIP/CBC- História 6 7- ENTREVISTA SEMI-ESTRUTURADA: ANÁLISE DE OBJETIVOS E DE ROTEIROS : Eduardo José Manzini - Depto de Educação Especial, Programa de Pós Graduação em Educação, Unesp, Marília. 7- Materiais disponíveis: 1-Anexo I: Orientações para entrevista com a comunidade. Link: http://www.slideshare.net/laurirenereisfilho/projeto-educao-anexo-i-entrevista- comunidade 2- Anexo II: Orientações para entrevista com os alunos. Link: http://www.slideshare.net/laurirenereisfilho/projeto-educao-anexo-i-entrevista- comunidade 3- Filme os narradores de Javé. Link para exibição on-line:http://piphistoriaitajuba.blogspot.com.br/2013/09/os-narradores- de-jave.html Link para download no YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=Trm-CyihYs8 Este projeto foi elaborado pelo Analista Pedagógico Lauri Rene no mês de setembro de 2013 como sugestão de ação do PIP/CBC de História para a 15° SRE de Itajubá. O projeto completo com o filme está disponível em: http://piphistoriaitajuba.blogspot.com.br/