Gestão Logística dos Portos Brasileiros                             Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Ameri...
Sumário                         BRASIL Características Relevantes                         Números do Setor - O Brasil no C...
Posição Privilegiada do Brasilno Mundo                                                                                    ...
BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA   2010 – 2011 US$ Milhões                                                                    ...
PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS                                                                                            ...
PRINCIPAIS MERCADOS DE DESTINO DAS EXPORTAÇÕESPart % em Valores – 2011                                                    ...
EVOLUÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO por Natureza de CargaFonte : ANTAQ                                                               ...
Conteiner – Motor da GlobalizaçãoConteinerização no Brasil : Carga Geral                                                  ...
Aumento do Porte e Dimensões dos NaviosGERAÇÃO                                                                            ...
BRASIL Características RelevantesGRANDE EXTENSÃO TERRITORIAL                                                              ...
ASPECTOS INSTITUCIONAIS                 CONSTITUIÇÃO FEDERAL                 Art. 21 e 22 Compete à União:                ...
Criação da Secretaria de Portos    Ministério dos Transportes                                                             ...
Organização Institucional                                               SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA –...
34 Portos Públicos Marítimos Vinculados à SEP/PR                                                                          ...
Terminais de Uso Privativo - TUP                                                                                          ...
PORTOS PÚBLICOS MARÍTIMOSVINCULADOS ÀSECRETARIA DE PORTOS daPRESIDÊNCIA DA REPÚBLICASEP/PRPOSIÇÃO EM 31JULHO2012Regimes Ju...
Secretaria de Portos da Presidência da República       Funcionamento Geral MACRO                                          ...
SIGIP - SISTEMA DE GERENCIAMENTO GLOBAL DE INFORMAÇÕES PORTUÁRIAS                                                TRÊS PRIN...
Adequação do Brasil à sua realidade, atual e futura, nos cenários nacional e internacionalAÇÕES•   Conhecimento da Situaçã...
DIAGNÓSTICO - Gargalos e Soluções         Gargalos                                                                        ...
Matriz de Transporte de Carga                                                                                             ...
SETOR DE TRANSPORTES                                  O 2                                                       Principal ...
2                       32.400.000g/32,4t de CO2                                                                          ...
CABOTAGEM                                Principais AÇÕES da SEP/PR:                                PLANO DE INCENTIVO À C...
Alteração na Matriz de Transporte de Carga                                                                                ...
INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA                                      Dragagens de Aprofundamento                                 ...
Dragagens de Aprofundamento                                                                                               ...
Dragagem                                            RR                                  AP                                ...
Dragagem                                                                               AP                                 ...
Obras de Infraestrutura Portuária                                                                                    Obras...
OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião NORTE                               RR                                  AP        ...
VILA DO CONDE                                                                                                             ...
OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião NORDESTE                                                                        It...
Construção dos Berços 100 e 108                                                                                           ...
Construção do Terminal de Contêineres – 1ª. Fase                                                                          ...
Ampliação e Adequação do Terminal Salineiro                                                                               ...
Construção do Terminal de GRANÉIS SÓLIDOS                                                                                 ...
Ampliação do Quebramar                                                                                                    ...
PORTO SUL - BA                                                                                                            ...
OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião SUDESTE                                   RR                                  AP  ...
VITÓRIA-ES    Recuperação,1   Alargamento e    Ampliação do Cais    Comercial    Construção de Berços2   nos Dolfins do At...
RIO DE JANEIRO-RJ1   Reforço Estrutural do    Cais da Gamboa                            1                                 ...
SANTOS-SP                                6                                    1    Avenida Perimetral                  5 7...
OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião SUL                                   RR                                  AP      ...
RIO GRANDE-RS             2                                    11 Modernização doNovo  Público do Porto                   ...
RIO GRANDE       46
INTELIGÊNCIA PORTUÁRIA                    1. LOGÍSTICA PORTUÁRIA                           Acesso Marítimo               ...
Projeto de Logística Portuária                                                                                            ...
GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS                                          SITUAÇÃO ANTERIOR           (Concentrador de Dados P...
GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS                                          SITUAÇÃO ANTERIOR AO PSP    (Concentrador de Dados P...
GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS                                          SITUAÇÃO NOVA                         (Concentrador ...
GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS                                          SITUAÇÃO COM O PSP             (Concentrador de Dado...
REDUÇÃO DE PAPEIS                                                                                                    EXEMP...
Salas OperacionaisPorto de Santos                                                                                         ...
Cronograma de Implantação - 35 Portos Públicos Marítimos                                                                  ...
VTMIS                                                                      (Vessel Traffic Management Information Systems)...
Área de FundeioVTMIS - CONTROLE DO ACESSO MARÍTIMO                 57
Benefícios                 • Controle da movimentação das embarcações nas áreas de atuação do Porto                   – Ár...
PORTO                                                                                                       SALA DE CONTRO...
Benefícios                 • Agilização das operações portuárias                 •     Monitoramento e rastreamento das ca...
AUTORIDADE                                                                       PORTUÁRIA        INTELIGÊNCIA LOGÍSTICA  ...
62
COPA 2014                                                                                                                 ...
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Gestão Logística dos Portos Brasileiros
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Gestão Logística dos Portos Brasileiros

800

Published on

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
800
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
117
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Este slide objetiva mostrar que o atual governo reconhecendo a importância do Setor Portuário, elevou a Gestão Portuária para uma posição hierárquica superior a que estava posicionada no Ministério dos Transportes – 4º nível hierárquico, nível de Departamento. Posicionou-a na Casa Civil da Presidência da República, órgão de maior nível hierárquico do Poder Executivo.
  • O diagrama circular mostra os regimes jurídicos (Vinculados, Concedidos, Autorizados e Delegados) que constituem o universo de atuação da SEP.
  • MUCURIPE: Dragagem de aprofundamento dos acessos aquaviários ao Porto de Mucuripe NATAL: Dragagem de aprofundamento do canal de acesso e bacia de evolução do Porto de Natal CABEDELO: Dragagem de aprofundamento do canal de acesso de bacia de evolução SUAPE: Dragagem BARRA DO FURADO:Dragagem de Aprofundamento do Canal de Acesso e Bacia de Evolução RIO DE JANEIRO: Dragagem de Aprofundamento 1ª. Fase de Aprofundamento – Ilha de Tatuoca 105.3 SANTOS: Dragagem de Aprofundamento do Canal de Acesso e Bacia de Evolução para cota -15m; e ; Derrocagem das pedras Teffé e Itapema da cota -12m para -16m ITAJAÍ: Dragagem de Aprofundamento do Canal de Acesso e Bacia de Evolução SÃO FRANCISCO DO SUL: Dragagem de Aprofundamento do Canal de Acesso e Bacia de evolução
  • SANTARÉM: Projeto de Ampliação do Terminal de Multiplo Uso 1; E Construção do Terminal de Multiplo Uso 2 VILA DO CONDE: Ampliação do Pier Principal
  • ITAQUI: Construção do Berço 108 (Terminal para Granéis Líquidos) E Construção do Berço 100, Alargamento do Cais Sul e Ampliação do Porto MUCURIPE: Construção de Terminal de Contêineres – 1ª. Etapa AREIA BRANCA: Ampliação e Adequação do Terminal Salineiro NATAL: Construção do Berço 4 LUIS CORREA: Conclusão da Construção do Porto SUAPE: Construção do Acesso Rodoferroviário ao Porto; E Terminal de Graneis Sólidos e Dragagem da Bacia de Evolução SALVADOR: Ampliação do Quebramar
  • VITÓRIA: Recuperação, Alargamento e Ampliação do Cais Comercial; Pátio de Estocagem para Carga Pesada no Cais Comercial; Construção de Berço nos Dolfins do Atalaia com Retroárea; E Estudos e Projetos para Implantação do Porto de Águas Profundas RIO DE JANEIRO: Reforço estrutural do cais da Gamboa para recebimento de navios de calado de -13,5m SANTOS: Avenida Perimetral da Margem Direita – Trecho Alamoa Saboó; Passagem inferior na região do Valongo (Mergulhão); Avenida Perimetral da Margem Direita – Trecho Bacia do Macuco e Ponta da Praia; Avenida Perimetral da Margem Esquerda – 1a. Fase; Avenida Perimetral da Margem Esquerda – 2a. Fase; Reforço do píer de acostagem na Alamoa; Reforço nos berços de atracação da Ilha de Barnabé; Projeto de Construção de 1 Pier com 2 Berços e Ponte de Acesso ao Terminal Alamoa; E Reforço de cais para aprofundamento dos berços entre os Armazéns 12A ao 23.
  • SÃO FRANCISCO DO SUL: Recuperação do Berço 201; E Recuperação do Berço 101 ITAJAÍ: Alinhamento e reforço do Berço 4; e Obra de Retroárea RIO GRANDE: Modernização do Cais Público do Porto Novo do Porto de Rio Grande; E Recuperação do Molhe Leste
  • Slide que exibe o início de uma fase da apresentação, o Projeto Porto Sem Papel. A partir deste ponto serão exibidos os slides que explicarão o funcionamento macro idealizado para o Projeto.
  • O Slide mostra o funcionamento macro da situação atual nos portos brasileiros, no que diz respeito ao fornecimento de informações aos órgãos governamentais anuentes. Observa-se que as mesmas informações são fornecidas a cada um dos órgãos e que, na prática, ocorre que alguns órgãos recebem informações diferentes dos demais. Isso acontece por motivos e interesses outros de quem as fornece. Observe a duplicidade de fornecimento das informações.
  • O Slide apresenta a proposta macro de funcionamento do CONCENTRADOR DE DADOS PORTUÁRIOS. Destacar que as informações serão prestadas uma única vez, através de uma JANELA ÚNICA PORTUÁRIA, armazenadas em uma única base de dados e que serão disponibilizadas/distribuídas aos órgãos intervenientes, no que couber, que as processarão em seus próprios sistemas e, por sua vez, informarão as autorizações e liberações de navios e a movimentação de mercadorias pelo mesmo e único canal de movimentação dessas informações, sem que haja interferência alguma nos sistemas de cada órgão fiscalizador/anuente, protegendo, desta forma, o sigilo de cada sistema.
  • Slide que exibe o início de uma fase da apresentação, o Projeto Porto Sem Papel. A partir deste ponto serão exibidos os slides que explicarão o funcionamento macro idealizado para o Projeto.
  • O SLIDE apresenta o projeto da página do PORTAL DE INFORMAÇÕES PORTUÁRIAS que conterá, do lado esquerdo, os botões de acesso ao site da Secretaria Especial de Portos e, do lado direito, o acesso à JANELA ÚNICA PORTUÁRIA, à estatística portuária, cadastro portuário e aos sistemas e informações sobre o Projeto PORTO SEM PAPEL.
  • MUCURIPE: Copa 2014 – Implantação de Terminal Marítimo de Passageiros e a Construção de Berco NATAL: Copa 2014 – Construção de Terminal Marítimo de Passageiros e de um Berço de Atracação RECIFE: Copa 2014 – Construção de Terminal Marítimo de Passageiros e construção de Anexo para Acesso SALVADOR: Copa 2014 – Construção Marítimo de Passageiros e Urbanização de área portuária RIO DE JANEIRO: PAC COPA – Implantação de um Pier em formato de Y SANTOS: PAC COPA – Alinhamento de 1.325m do Cais de Outeirinhos
  • Gestão Logística dos Portos Brasileiros

    1. 1. Gestão Logística dos Portos Brasileiros Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE JOSE NEWTON BARBOSA GAMA Assessor Especial SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SEP/PR 27NOV2012Aquarela: PAULO MARTORELLI
    2. 2. Sumário BRASIL Características Relevantes Números do Setor - O Brasil no Cenário Mundial Aspectos Institucionais •Constituição Federal •Criação da SECRETARIA DE PORTOS – SEP •Organização Institucional •Portos Vinculados à SEP e Terminais de Uso Privativo •Regimes Jurídicos Estratégia de Gestão •Demanda de Infraestrutura para as Exportações e Importações •Gargalos •Ações e Investimentos nos Portos •Acesso MARÍTIMO •Acesso Terrestre •Autoridade Portuária •Inteligência Portuária •Outras Ações e Investimentos 2GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    3. 3. Posição Privilegiada do Brasilno Mundo 11 Países com Bangladesh População > 100 Milhões 6 Países com Área Indonésia Paquistão > 4 Milhões de km2 Rússia EUA Nigéria Brasil Índi a China Canadá Japão Austrália México Somente 4 países Inglaterra 16 França Alemanha se encontram Itália Holanda Países com PIB inseridos nas Coréia do condições 3 > US$ 400 Bilhões Sul Espanha 3 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    4. 4. BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA 2010 – 2011 US$ Milhões US$ Milhões 2011 2010 Δ% 2011/2010Exportações 256.0 201.9 26,8%Importações 226.2 181.6 24,5%Saldo 29.8 20.3 46,8%Corrente de Comércio 482.2 383.5 27,9% Fonte : MDIC 4 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    5. 5. PRINCIPAIS PRODUTOS EXPORTADOS Part% em valores - 2011 Fonte : SECEX/MDIC 5GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    6. 6. PRINCIPAIS MERCADOS DE DESTINO DAS EXPORTAÇÕESPart % em Valores – 2011 Fonte : SECEX/MDIC 6 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    7. 7. EVOLUÇÃO DA MOVIMENTAÇÃO por Natureza de CargaFonte : ANTAQ 1 Bilhão Granel Sólido Granel Líquido Carga Geral 7 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    8. 8. Conteiner – Motor da GlobalizaçãoConteinerização no Brasil : Carga Geral Fonte : ANTAQ 8 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    9. 9. Aumento do Porte e Dimensões dos NaviosGERAÇÃO Velocidade Tipo Comprimento Calado TEU * (nós)PRIMEIRA Geração (1956-1970) Navio Cargueiro 135,0m 9,0m 500 10/12 Convertido Navio Tanque Convertido 200,0m 9,0m 800 10/12SEGUNDA Geração (1970-1980) Navio Conteiner 1.000/ 215,0m 10,0m 12/18 Celular 1.200TERCEIRA Geração (1980-1988) 250,0m 11,0m 3.000 18 Classe Panamax 290,0m 12,0m 4.000 22QUARTA Geração (1988-2000) Post Panamax 275,0m 11,0m 4.000 22/26 305,0m 13,0m 5.000QUINTA e SEXTA Gerações (2000-2011) Post Panamax 335,0m 14,0m 6.000 28 (+) Plus 365,0m 15,0m 12.000 Super Porta-Contêiner 397,0m 15,5m 14.500 15.5/14.4 (Emma Maersk) * TEU: Twenty feet Empty Unit 9 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    10. 10. BRASIL Características RelevantesGRANDE EXTENSÃO TERRITORIAL 8.547.403,5 Km2POPULAÇÃO EXPRESSIVA 193.946.886 milhões de habitantes Fonte: IBGE– 1º Jul 2012 – DOU de 31 Ago 2012CONCENTRAÇÃO POPULACIONAL Maior densidade na faixa de até 500 Km do litoralCOSTA OCEÂNICA Aproximadamente 8.500 Km + 2.000 Km Incluindo o rio amazonas = 10.500KmNÚMERO DE PORTOS PÚBLICOS MARÍTIMOS 34NÚMERO DE TERMINAIS PRIVATIVOS DE USOEXCLUSIVO E/OU MISTO – AUTORIZADOS pela ANTAQ 129 (Fonte: Antaq) 10 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    11. 11. ASPECTOS INSTITUCIONAIS CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 21 e 22 Compete à União: Explorar, diretamente, ou por outorgas, os serviços de transporte aquaviário e os portos marítimos; Legislar sobre diretrizes da política nacional de transportes e o regime dos portos. 11GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    12. 12. Criação da Secretaria de Portos Ministério dos Transportes PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL SECRETARIA DE PORTOS EXECUTIVA SEGES SECRETARIA DE GESTÃO DOS PROGRAMAS DE TRANSPORTES Lei nº. 11.518, de 5 de setembro de 2007 DEPARTAMENTO DE PROGRAMAS DEDEPTA RECONHECIMENTO DA IMPORTÂNCIA DO TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS SETOR PORTUÁRIO DEPTA COORDENAÇÃO-GERAL DE PROGRAMASCGPAQ CGPAQ 12 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    13. 13. Organização Institucional SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA – SEP/PR Lei 11.518 – Setembro/2007 ESTADO BRASILEIRO SECRETARIA DE PORTOS da PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Políticas e investimentos Órgão Regulador AUTORIDADE PORTUÁRIA ANTAQ Concessões, Autorizações AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES AQUAVIÁRIOS e Permissões 13GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    14. 14. 34 Portos Públicos Marítimos Vinculados à SEP/PR Porto de MANAUS Porto de MACAPÁ Porto de SANTARÉM Porto de VILA DO CONDE Porto de BELÉM Porto de ITAQUI Porto de FORTALEZA RR AP Porto de AREIA BRANCA Porto de NATAL Porto de CABEDELO Porto de RECIFE AM PA MA CE Porto de SUAPE RN Porto de MACEIÓ PI PB PE Porto de SALVADORAC AL Porto de ARATU RD PI SE Porto de ILHEUS BA MT Porto de BARRA DO RIACHO Porto de VITÓRIA DF GO Porto do FORNO Porto de NITEROI MG ES Porto do RIO DE JANEIRO MS Porto de ITAGUAÍ SP Porto de ANGRA DOS REIS RJ Porto de SÃO SEBASTIÃO PR Porto de SANTOS Porto de ANTONINA SC Porto de PARANAGUÁ RS Porto de SÃO FRANCISCO DO SUL Porto de ITAJAÍ Porto de IMBITUBA Porto de LAGUNA Porto de PORTO ALEGRE Porto de PELOTAS Porto de RIO GRANDE 14 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    15. 15. Terminais de Uso Privativo - TUP 14 Amazonas AM 13 Pará PA 3 Maranhão MA 1 Ceará CE RR AP 2 Rio Grande do Norte RN AM PA MA CE RN 1 Alagoas AL PI PB PE AC AL RD PI SE 2 Sergipe SE BA Rondônia RO 7 MT 8 Bahia BA DF Mato Grosso MT 1 GO MG ES 9 Espírito Santo ESMato Grosso do Sul MS 6 MS SP RJ 22 Rio de Janeiro RJ PR 7 São Paulo SP 6 Paraná PR 11 Santa Catarina SC 129 SC RS Terminais de Uso Privativo 16 Rio Grande do Sul RS 15 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    16. 16. PORTOS PÚBLICOS MARÍTIMOSVINCULADOS ÀSECRETARIA DE PORTOS daPRESIDÊNCIA DA REPÚBLICASEP/PRPOSIÇÃO EM 31JULHO2012Regimes Jurídicos 16 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    17. 17. Secretaria de Portos da Presidência da República Funcionamento Geral MACRO Execução Autoridade Portuária Execução dos PLANOS PROGRAMAS e PROJETOS APROVADOS Secretaria de Portos Planejamento Acompanhamento Projeto de Inteligência Portuária - PIP Secretaria de Planejamento Secretaria de Gestão e e Desenvolvimento Portuário Infraestrutura Portuária Elaboração dos PLANOS PROGRAMAS e PROJETOS Acompanhamento, SPA Demandas para as principais Monitoramento e funções portuárias: Fiscalização dos LOGÍSTICA PLANOS, PROGRAMAS Sistema de PLANEJAMENTO e SEGURANÇA e PROJETOSACOMPANHAMENTO PORTUÁRIO GESTÃO IMPLEMENTADOSde Planos, Programas e Projetos Portuários GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    18. 18. SIGIP - SISTEMA DE GERENCIAMENTO GLOBAL DE INFORMAÇÕES PORTUÁRIAS TRÊS PRINCIPAIS FUNÇÕES LOGÍSTICA PORTUÁRIA LOGÍSTICA PORTUÁRIA SISCOLOG 1.Sistema de PLANEJAMENTO PORTUÁRIO Carga Inteligente PORTUÁRIAS SISTEMA COLABORATIVO DE LOGÍSTICA PORTUÁRIA 2.Sistema de Gerenciamento e Informação SPA do Tráfego de Embarcações – VTMIS SISTEMA DE PLANEJAMENTOPROJETO DE INTELIGÊNCIA E ACOMPANHAMENTO PORTUÁRIO (Vessel Traffic Management Information PORTUÁRIA System) PIP 3.Sistema de Apoio à Gestão da Infraestrutura Portuária 4.Sistema de Gestão de Estadias de Navios 5.SISCOPAC – Sistema Colaborativo de Apoio à Cabotagem - PIC GESTÃO PORTUÁRIA SIGPPR - SISTEMA DE GESTÃO PORTUÁRIA GESTÃO PORTUÁRIA POR RESULTADOS SIGPPR – SISTEMA DE GESTÃO PORTUÁRIA PORTAL DE INFORMAÇÕES POR RESULTADOS PORTUÁRIAS Desempenho Econômico-financeiro Desempenho Operacional Desempenho Administrativo SEGURANÇA PORTUÁRIA DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO Desempenho Proteção Pandêmica – SAÚDE 1.Sistema de Comercial DESEMPENHO OPERACIONAL DESEMPENHO ADMINISTRATIVO Desempenho da SegurançaCadeia de 2.Certificação ISO 28000 – DESEMPENHO COMERCIAL DesempenhoSegura Ambiente Suprimentos do Meio DESEMPENHO DA SEGURANÇA DESEMPENHO DO MEIO AMBIENTE Desempenho de DragagemInniciativ 3.CSI – Container Security DESEMPENHO DE DRAGAGEM DESEMPENHO INSTITUCIONAL Desempenho Institucional (Escaneamento de Contêineres – 100%) DESEMPENHO LOGÍSTICA Desempenho Logística 4.MEGAPORTS – Detecção de Produtos Radioativos ACOMPANHAMENTO 5.ISPS-CODE – International Ship and Port PORTUÁRIO Facility Security Code (Código Internacional SPP SISTEMA DE INFORMAÇÕES para Proteção de Navios e Instalações GERENCIAIS PORTUÁRIAS ATENÇÃO Portuárias) Os sistemas são autônomos 6.CTPAT – Customs-Trade Partner Ship e/ou integrados, mas todos Against Terrorism (Parceira Comércio e alimentam e se abastecem Alfândega Contra o Terrorismo) do Concentrador de Dados Portuários. SEGURANÇA PORTUÁRIA SIGIP - SISTEMA DE GERENCIAMENTO GLOBAL DE INFORMAÇÕES PORTUÁRIAS
    19. 19. Adequação do Brasil à sua realidade, atual e futura, nos cenários nacional e internacionalAÇÕES• Conhecimento da Situação Atual e Diagnóstico dos Portos Brasileiros - Gargalos e Soluções - Matriz de Transporte de Carga• Ações Corretivas para o equilíbrio da Matriz de Transporte de Cargas – Cabotagem• INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA . Dragagens de Aprofundamento de Canais de Acesso, Bacias de Evolução e Berços de Atracação de Navios . Obras de Melhoramento e de Expansão de berços, cais, terminais especializados e retroáreas• INTELIGÊNCIA PORTUÁRIALOGÍSTICA PORTUÁRIA- Acesso Marítimo . VTMIS – Sistema de Gerenciamento e Informações de Tráfego de Embarcações e Controle do Acesso Marítimo- Acesso Terrestre . Logística Inteligente - Cadeia Inteligente de Carga- Desburocratização Portuária . PSP - Porto Sem PapelSEGURANÇA PORTUÁRIA- ISPS-Code (International Ship and Port Facility Security Code) Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações PortuáriasGESTÃO PORTUÁRIA- GPPR - Sistema de Gestão Portuária por Resultados• OUTRAS AÇÕES- COPA 2014- PNLP - Plano Nacional de Logística Portuária- Programa de Conformidade Gerencial de RESÍDUOS SÓLIDOS E EFLUENTES nos Portos Organizados Brasileiros 19 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    20. 20. DIAGNÓSTICO - Gargalos e Soluções Gargalos Soluções1 Acessos TERRESTRES 1.1 Logística Portuária Inteligente – Cadeia de Carga Inteligente.2 Acessos MARÍTIMOS 2.1 VTMIS – Sistema de Gerenciamento de Informações de Tráfego de Embarcações e Controle de Acesso Marítimo. 2.2 DRAGAGENS DE APROFUNDAMENTO - Canais de Acesso, Bacias de Evolução e Berços de Atracação.3 Instalações Portuárias 3.1 Obras de Melhoramento e de Expansão de berços, cais, terminais especializados e retroáreas; e 3.2 Descompressão Fiscal - REIDI4 Aparelhamento Portuário 4.1 Descompressão Fiscal – REPORTO (Equipamentos Portuários)5 Burocracia Excessiva 5.1 PORTO SEM PAPEL OBJETIVO Adequação do Brasil à sua realidade, atual e futura, nos cenários nacional e internacional. Redução da estadia de navios. Aumento da competitividade. REDUÇÃO DO CUSTO BRASIL GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    21. 21. Matriz de Transporte de Carga BrasilFonte: CNT–Confederação Nacional do Transporte Boletim Estatístico - 2011 21 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    22. 22. SETOR DE TRANSPORTES O 2 Principal atividade econômica responsável por emissões de CO2 no Brasil C Aquaviário 4% Ferroviário 1% Aéreo 7% Ferroviário 1% Rodoviário 88% Aquaviário 4% Aéreo 7% Rodoviário 88% Fontes: Inventário Brasileiro de Emissões de Gases do Efeito Estufa, do Ministério de Ciência e Tecnologia e Estudo WWF. Apresentação Log-In Logística Intermodal – Seminário Antaq GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    23. 23. 2 32.400.000g/32,4t de CO2 SETOR DE TRANSPORTES O SIMULAÇÃO 20t de carga 540 Emissão de CO23.000 km percorridos g/tKm nos diversos modais C 3.000.000g/3t de CO2 50 g/tKm 2.100.000g/2,1t de CO2 35 900.000g/0,9t de CO2 g/tKm 15 g/tKm Boeing 747 Caminhão Locomotiva Navio Full Container de com 3 eixos (Diesel) 8.000 TEUs Fontes: IFEU Heidelberg - Folder da ALIANÇA BR Marítima
    24. 24. CABOTAGEM Principais AÇÕES da SEP/PR: PLANO DE INCENTIVO À CABOTAGEM (PIC) com objetivo de reduzir os custos sociais e estimular a competição intermodal; e Análise sistemática de ações para promoção da cabotagem com o objetivo de reduzir o “Custo Brasil” e promover alteração na Matriz de Transportes. 24 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    25. 25. Alteração na Matriz de Transporte de Carga Brasil 25GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    26. 26. INFRAESTRUTURA PORTUÁRIA Dragagens de Aprofundamento Obras de Infraestrutura Portuária 26GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    27. 27. Dragagens de Aprofundamento 27GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    28. 28. Dragagem RR AP Mucuripe – R$ 66,7 AM PA MA CE Natal– R$ 41,2 RN PI PB Cabedelo – R$ 47,5 PE Suape – R$ 113,1(Canal Interno) AC AL PI SE RD BA MT Salvador – R$ 57,6 DF Aratu – R$ 41,1 GO Em Andamento MG ES Concluída MS SP RJ Santos PR R$ 191,0 (1ª. Fase)Investimentos: SC São Francisco do Sul – R$ 115,1R$ 851,6 milhões RS Itajaí – R$ 68,3 Rio Grande – R$110,0 28 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    29. 29. Dragagem AP Luís Correia – R$ 4,0 RR AM MA CE PA RN Areia Branca – R$ 4,0 PI PB PE AC Maceió – R$ 25,0 AL PI SE RD BA MT DF GOInvestimentos: MGR$ 743,3 milhões ES Vitória – R$ 108,8 MS Barra do Riacho - R$ 4,0 SP Não Iniciada RJ Rio de Janeiro – R$148,5(2ª.Fase) Obras em Ações Preparatórias Itaguaí – R$ 197,0 PR Licitação em Andamento Barra do Furado – R$ 50,0 Santos – R$ 90,0 (2ª. Fase) TC assinados aguardando início das obras SC Paranaguá – R$ 53,0 Projetos a serem elaborados em 2014 Imbituba – R$ 55,0 RS Rio Grande – R$ 4,0(Porto Novo) 29 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    30. 30. Obras de Infraestrutura Portuária Obras de Melhoramento e de Expansão de Berços, Cais, Terminais Especializados e Retroáreas 30GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    31. 31. OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião NORTE RR AP Santarém – R$ 215,0 AM MA CE PA RN Vila do Conde – R$ 124,1 PI PB PE AC AL PI SE RD BA MT DF GO MG ES MS SP RJ Investimentos: R$ 339,1 milhões PR Em Andamento SC Não iniciada RS 31 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    32. 32. VILA DO CONDE 32GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    33. 33. OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião NORDESTE Itaqui – R$ 249,0 Luís Correia – R$ 64,0 RR AP Pecém – R$ 30,0 Mucuripe - R$ 24,5 AM Areia branca – R$ 223,9 PA MA CE RN Natal – R$ 108,0 PI PB PE Suape – R$ 87,0 - R$ 300,0 AC AL PI RD SE BA MT Salvador – R$ 135,0 DF GO MG ES MSTotal de Investimentos: SP RJR$ 1,221.4 milhões PR Iniciada SC Não iniciada RS Concluída 33 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    34. 34. Construção dos Berços 100 e 108 ITAQUI - MA 108 100 34 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    35. 35. Construção do Terminal de Contêineres – 1ª. Fase MUCURIPE - CE 35 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    36. 36. Ampliação e Adequação do Terminal Salineiro AREIA BRANCA - RN Situação ATUAL ANTERIOR 36 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    37. 37. Construção do Terminal de GRANÉIS SÓLIDOS SUAPE - PE 37 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    38. 38. Ampliação do Quebramar SALVADOR - BA 38 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    39. 39. PORTO SUL - BA 39GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    40. 40. OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião SUDESTE RR AP AM MA CE PA RN PI PB PE AC AL PI SE RD BA MT DF GO MG ES Vitória – R$ 133,4 Investimentos: MS SP Vitória – R$ 180,0 R$ 1.357,9 bilhão RJ Rio de Janeiro - R$ 190,0 PR Em Andamento Santos – R$ 40,5 Não iniciada Santos – R$ 814,0 SC RS 40 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    41. 41. VITÓRIA-ES Recuperação,1 Alargamento e Ampliação do Cais Comercial Construção de Berços2 nos Dolfins do Atalaia com Retroárea Pátio de Estocagem para3 carga pesada no Cais Comercial4 3 1 2 41
    42. 42. RIO DE JANEIRO-RJ1 Reforço Estrutural do Cais da Gamboa 1 42 42
    43. 43. SANTOS-SP 6 1 Avenida Perimetral 5 71 Margem Direita 2 Trecho Alamoa / Saboó Obras de2 Passagem Inferior do Valongo (Mergulhão) 8 Av. Perimetral –3 Margem Direita Trecho Bacia do Macuco/Ponta da Praia Avenida Perimetral4 Portuária – Margem Esquerda 9 – 1ª Fase Construção de5 2 Piers na Ilha Barnabé Reforço do Píer de6 Acostagem na 3 4 Alamoa Reforço dos berços7 de atracação na Ilha Barnabé Reforço de cais para aprofundamento dos8 berços entre os Armazéns 12A ao 23 43
    44. 44. OBRAS DE INFRAESTRUTURA PORTUÁRIARegião SUL RR AP AM MA CE PA RN PI PB PE AC AL PI SE RD BA MT DF GO MG ES MS Investimentos: SP RJ R$ 362,8 milhões PR São Francisco do Sul – R$ 28,8 Em Andamento SC Itajaí – R$ 135,0 Não iniciada RS Rio Grande – R$ 80,0 – R$ 119,0 44 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    45. 45. RIO GRANDE-RS 2 11 Modernização doNovo Público do Porto Cais Recuperação do Molhe Recuperação do Molhe2 Leste 45
    46. 46. RIO GRANDE 46
    47. 47. INTELIGÊNCIA PORTUÁRIA 1. LOGÍSTICA PORTUÁRIA  Acesso Marítimo VTMIS – Sistema de Gerenciamento e Informações de Tráfego de Embarcações e Controle do Acesso Marítimo  Acesso Terrestre Cadeia Inteligente de Carga  Desburocratização Portuária PSP - Porto Sem Papel 2. SEGURANÇA PORTUÁRIA  ISPC-Code (International Ship and Port Facility Security Code) Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias 3. GESTÃO PORTUÁRIA  GPPR - Gestão Portuária por Resultados - GPPR 47GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    48. 48. Projeto de Logística Portuária PAC Investimento TOTAL = R$ 114,0 milhões 48GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    49. 49. GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS SITUAÇÃO ANTERIOR (Concentrador de Dados Portuários) Processa Informa informações Processa Informa informações Processa Informa informaçõesARMADOR/Agente Processa Informa informações Processa Informa informações Processa Informa informações 49 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    50. 50. GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS SITUAÇÃO ANTERIOR AO PSP (Concentrador de Dados Portuários)• Retrabalho (existiam mais de 1900 campos com informações disponibilizadas aos diferentes órgãos anuentes, muitos deles eram redundantes, ou seja, repetidos para cada anuente)• Possibilidade de informações incorretas e/ou ausência delas• Altos custos com pessoal (despachantes, auxiliares administrativos), com os deslocamentos para entrega de documentos e pagamento das taxas• Elevado tempo gasto para a obtenção das anuências• Demasiado tempo de estadia do navio, com o consequente reflexo nos custos• Majoração dos preços dos produtos brasileiros, em função da transferência do aumento dos custos do navio para o valor do frete 50 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    51. 51. GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS SITUAÇÃO NOVA (Concentrador de Dados Portuários) DUV DOCUMENTO ÚNICO VIRTUAL Até 952 informações possíveis Substitui mais de 100 Tipos de DocumentosARMADOR/Agente DUV DUV Anuência Fornecida Anuência Não Fornecida 51 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    52. 52. GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS SITUAÇÃO COM O PSP (Concentrador de Dados Portuários)• Otimização do fluxo de informações, eliminando retrabalho (redução de aproximadamente 1000 campos de informações, após eliminação de redundâncias)• Informações mais precisas e completas, permitindo um melhor planejamento das ações dos anuentes• Diminuição dos custos com pessoal• Redução do tempo gasto para a obtenção das anuências, possibilitando menor tempo de estadia dos navios nos portos• Aumento da competitividade dos produtos brasileiros, em função da transferência da redução dos custos do navio, para o valor do frete• Maior transparência dos processos portuários 52 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    53. 53. REDUÇÃO DE PAPEIS EXEMPLO DE DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA UMA ESTADIA DE NAVIO 53GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    54. 54. Salas OperacionaisPorto de Santos Porto do Rio de Janeiro 54 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    55. 55. Cronograma de Implantação - 35 Portos Públicos Marítimos Porto de MANAUS Porto de MACAPÁ Porto de SANTARÉM Porto de VILA DO CONDE Porto de BELÉM Porto de ITAQUI Porto de PECÉM Porto de FORTALEZA AP Porto de AREIA BRANCA RR Porto de NATAL Porto de CABEDELO Porto de RECIFE AM PA MA CE Porto de SUAPE RN Porto de MACEIÓ PI PB Porto de SALVADOR PE Porto de ARATU AC RD PI SE AL Porto de ILHEUS BA Porto de BARRA DO RIACHO MT Porto de VITÓRIA DF Porto do FORNO GO Porto de NITEROI Porto do RIO DE JANEIROTotal Investimento MG ES Porto de ITAGUAÍ MSR$ 114,0 milhões Porto de ANGRA DOS REIS SP RJ Porto de SÃO SEBASTIÃO PR Porto de SANTOS 15 Implementações Concluídas Porto de ANTONINA SC Porto de PARANAGUÁ 02 Implementações em andamento Porto de SÃO FRANCISCO DO SUL Conclusão (Operação Plena) prevista RS Porto de ITAJAÍ para 2012 Porto de IMBITUBA Implementação com previsão de Início e Porto de LAGUNA Conclusão (Operação Plena) para 2012 Porto de PORTO ALEGRE Porto de PELOTAS Implementação com previsão de Início em 2012 e Porto de RIO GRANDE Conclusão (Operação Plena) para 2013 55 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    56. 56. VTMIS (Vessel Traffic Management Information Systems) GERÊNCIA DE INFORMAÇÕES DE TRÁFEGO DE EMBARCAÇÕES Controle do ACESSO MARÍTIMOFASE 1 : 7 Portos – Rio de Janeiro, Itaguaí, Santos, Vitória, Fortaleza, Salvador e Aratu Valor R$ Cronograma Investimento TOTAL – 146.3 milhões 15/12/2011 a 15/12/2013 56 GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    57. 57. Área de FundeioVTMIS - CONTROLE DO ACESSO MARÍTIMO 57
    58. 58. Benefícios • Controle da movimentação das embarcações nas áreas de atuação do Porto – Área de Fundeio, Canal de Acesso, Bacia de Evolução • Segurança da Navegação • Otimização das Operações Portuárias • Melhor gerenciamento das prioridades de atracações • Informações precisas de marés, através de boias inteligentes – Sistema integrante do VTMIS • Monitoramento das embarcações, permitindo à Polícia Marítima melhor vigilância 58GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    59. 59. PORTO SALA DE CONTROLE Cadeia Logística Inteligente Carga Inteligente Controle do ACESSO TERRESTRE Valor R$ Cronograma Investimento TOTAL - 115 milhões 30/08/2011 a 15/12/2013 59GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    60. 60. Benefícios • Agilização das operações portuárias • Monitoramento e rastreamento das cargas movimentadas • Redução das filas de veículos nos portos • Melhoria da relação Porto x Cidade • Recebimento prévio das informações e melhor gerenciamento de risco • Redução de custos em razão da diminuição da estadia do navio 60GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    61. 61. AUTORIDADE PORTUÁRIA INTELIGÊNCIA LOGÍSTICA Porto Sem Papel Porto Sem Papel SISTEMA DE GESTÃO DE ESTADIAS DE NAVIOS ACESSO TERRESTRE ACESSO MARÍTIMO CADEIA DE CARGA INTELIGENTE VTMIS CONTROLE TOTAL, Ponto de Controle Origem da Carga Sincronização, Fluxo Contínuo de LIBERAÇÃO ENTRADA Ponto de Controle PORTO Movimentação de Carga, SALA DE CONTROLE SAÍDA Redução dos Custos MARINHA DO DPF BRASIL CDP ANVISA VIGIAGROCDP – CONCENTRADOR DE DADOS PORTUÁRIOS 61VTMIS – GERÊNCIA E INFORMAÇÕES DE TRÁFEGO DE EMBARCAÇÕES RFB SEPAPRESENTAÇÕES GERAIS SEPLUIZ HAMILTONLHlh-25ABR2012
    62. 62. 62
    63. 63. COPA 2014 63GESTÃO LOGÍSTICA DOS PORTOS BRASILEIROS - Seminário Portuário Anual Público Privado Latino Americano Viña del Mar - CHILE
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×