Física-(Óptica)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Física-(Óptica)

on

  • 829 views

 

Statistics

Views

Total Views
829
Slideshare-icon Views on SlideShare
829
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Física-(Óptica) Física-(Óptica) Presentation Transcript

    • Trabalho de física Óptica Tema:Microscópio Nomes:Larissa S./Bruna K./Ana Claudia/Lidiane /2*B
    • Surgimento do microscópio Acredita-se que o microscópio tenha sido inventado em 1590 por Hans Janssen e seu filho Zacharias, dois holandeses fabricantes de óculos.
    • Tudo indica, porém, que o primeiro a fazer observações microscópicas de materiais biológicos foi o neerlandês Antonie van Leeuwenhoek (1632 - 1723).
    • Antonie van leeuwenhoek • Utilizando um microscópio feito por si mesmo (possuía a maior colecção de lentes do mundo,mais de 250), foi o primeiro a observar e descrever fibras musculares, bactérias, protozoários e o fluxo de sangue nos capilares sanguíneos de peixes.
    • Microscópio de Leeuwenhoek • O microscópio utilizado por Leeuwenhoek para as suas descobertas era constituído por uma lente biconvexa que tinha a capacidade de aumentar a imagem cerca de 200 vezes.
    • Microscópio de Hans Janssen e seu filho Zacharias
    • Os microscópios dividem-se basicamente em duas categorias: • Microscópio óptico: funciona com um conjunto de lentes (ocular e objetiva) que ampliam a imagem transpassada por um feixe de luz que pode ser: – Microscópio de campo claro – Microscópio de fundo escuro – Microscópio de contraste de fase – Microscópio de interferência • Microscópio eletrônico: amplia a imagem por meio de feixes de elétrons, estes dividem-se em duas categorias: Microscópio de Varredura e de Transmissão.
    • Evolução dos microscópios • No final do século XVII, os microscópios sofreram uma mudança em seu desenho básico. • Devido provavelmente à instabilidade do sistema lateral de sustentação, um tripé de apoio passou a ser utilizado. • O primeiro esquema de microscópio com tripé foi divulgado na Alemanha em 1631. Contudo, somente em 1683, o microscopista inglês John Yarwell construiu o primeiro modelo de que se tem notícia.
    • O primeiro desenho de um microscópio com tripé, datado de 1631, e o microscópio de John Yarwell, construído em 1683
    • Microscópios de uma lente • Ainda no final do século XVII, o cientista alemão Antoni Van Leeuwenhoek fez descobertas significativas, usando simples microscópios com apenas uma lente. • Empregando técnicas revolucionárias na época para a construção de lentes, Leeuwenhoek produziu instrumentos com magnificação entre 50 e 200 vezes. • Com o grande sucesso, os microscópios simples conquistaram um lugar ao lado dos modelos compostos de várias lentes. • Na verdade, até o início do século XIX, alguns dos melhores microscópios podiam ser usados como simples ou compostos.
    • Microscópio de uma lente datado de 1700. Esse tipo de instrumento foi popularizado por Leeuwenhoek no final do século XVII
    • Melhorias do século XVIII • O século XVIII foi uma época de melhorias nas lentes e microscópios: maior estabilidade, precisão de foco e facilidades de uso. • Os instrumentos até passaram a ser anunciados em diversas publicações pelo mundo inteiro, e vários microscopistas lançavam seus modelos. • Por volta do ano de 1742, os microscópios que projetavam imagens fizeram grande sucesso. Uma das diversões da época era visitar os espetáculos de projeção microscópica.
    • Esquema retratando a forma de utilização do microscópio de projeção solar e um espetáculo de projeção microscópica
    • Modelo de microscópio italiano de 1700
    • Microscópio solar de projeção, modelo italiano de 1760
    • Melhorias do século XIX • No século XIX, os fabricantes de microscópios desenvolveram novas técnicas para fabricação de lentes. • Passaram, também, a utilizar espelhos curvos para melhorar a capacidade de foco desses instrumentos. • Em 1840, os Estados Unidos passaram a fabricar microscópios, uma atividade até então restrita basicamente à Inglaterra. • Finalmente, por volta de 1880, os chamados microscópios ópticos atingiram a resolução de 0,2 micrômetros, limite que permanece até os dias de hoje.
    • Microscópio com espelhos e conjunto de acessórios. Modelo construído pelo italiano Giovan Battista em 1813
    • Microscópios na atualidade • Atualmente, os microscópios e as técnicas de observação estão bastante avançados. • Os modelos ópticos confocais possibilitam regulagens extremamente precisas no foco e na capacidade de ampliação. • Novos microscópios eletrônicos estão levando a observação a um limite que os cientistas do século XVI jamais imaginariam: o nível atômico. • No século XX, o microscópio conquistou seu espaço em campos tão diversos quanto a medicina e a engenharia.
    • Os microscópios eletrônicos permitem um fator de aumento da ordem de centenas de milhares de vezes
    • • Há 3 tipos básicos de microscópio eletrônico: transmissão (para observação de cortes ultrafinos), varredura (para observação de superfícies) e tunelamento (para visualização de átomos).
    • Tipos de microscópios e suas funções • Microscópio composto • Um dos miscroscópios mais comuns, o microscópio composto usa duas lentes para ampliar uma estrutura: a lente objetiva e a lente ocular.
    • Microscópio Óptico • É também um tipo comum de microscópio. Usa a luz para iluminar estruturas para o observador por meio de lentes de refração e oculares de vidro. Microscópios fluorescentes funcionam pelo mesmo princípio, mas usam um comprimento de onda diferente de luz.
    • Microscópio Digital • Um microscópio digital é composto por um microscópio, uma câmera de vídeo e uma tela de visualização. Oculares não entram no jogo, já que a imagem pode ser colocada em uma tela de vídeo.
    • Microscópio Eletrônico • Ao invés de luz, microscópios eletrônicos usam elétrons para fazer a estrutura visível por meio de lentes eletrostáticas e eletromagnéticas. Está entre os mais poderosos tipos de microscópios, com microscópios eletrônicos de varredura produzindo imagens 3D e microscópios de transmissão eletrônica que produzem imagens 2D.
    • Microscópio Estéreo • Também conhecido como microscópio de dissecção, tem duas objetivas para capturar luz e criar efeito tridimensional para o observador.
    • Partes do Microscópio
    • Conclusão • A invenção do microscópio foi um marco histórico, pois somente a partir dela houve a possibilidade de alguns estudos científicos e também foi importante porque se desenvolveu em um contexto histórico que até então não valorizava a tecnologia. • O microscópio foi sendo aperfeiçoado e foi fundamental para o desenvolvimento de descobertas como, por exemplo, a respeito do corpo humano, portanto o aprimoramento do microscópio é extremamente necessário para a execução de pesquisas a respeito de todos os assuntos de interesse humano.
    • Fontes: • www.casadasciencias.org • www.biomedicinapadrao.com • www.grupoescolar.com • www.brasilescola.com/biologia/microscopia.h tm • www.portalsaofrancisco.com.br