Prosperidade 4D: Criando Comunidades Criativas e Colaborativas - dia1

634 views

Published on

primeira parte da oficina facilitada por Lala Deheinzelin Museu das Minas e do Metal Belo Horizonte , 14 de fevereiro, 2014.

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
634
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Prosperidade 4D: Criando Comunidades Criativas e Colaborativas - dia1

  1. 1. Prosperidade 4D: Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Museu das Minas e do Metal Belo Horizonte , 13 de fevereiro, 2014 Lala Deheinzelin Enthusiasmo Cultural www.laladeheinzelin.com www.criefuturos.com
  2. 2. Linguagens Artísticas Corporações Comunicação Governos Desenvolvimento Terceiro Setor ONGs Desenvolvimento Sustentável Economia Criativa Futurista, Especialista em Economia Criativa e Sustentabilidade FUTURO Desenvolvimento Local Cooperação Internacional Sustentabilidade Cultura Digital Empreendedorismo Sociedade em Rede Biologia e História Movimento Crie Futuros
  3. 3. SintetistaSintetista TecedoraTecedora ComistaComista TecedoraTecedora
  4. 4. Por quê não mudamos o mundo? Por que nos parece impossível…
  5. 5. Prover moradia Prover moradia Remover minas Terrestres $2 bilhões Construir Democracia $2 bilhões Eliminar armasEliminar armas Acabar com a fome e a desnutrição Acabar com a fome e a desnutrição World Game Institute – 1997 www.worldgame.org/~wgi Dados: Fontes: UNDP, Human Development Report 1996 (New York: Oxford University Press, 1996); UNICEF, State of the World´s Children 1996, 1995, 1994; Giving children a future: the World Summit for Children, (New York: Oxford University Press, 1996, 1990); UNHCR Refugees II-95, Public Information Service UNHCR 1995; The World Bank, World moradia $21 bilhões moradia $21 bilhões Prover cuidados de Saúde e Controle da AIDS $21 bilhões Prover cuidados de Saúde e Controle da AIDS $21 bilhões Eliminar o analfabetismo $5 bilhões Eliminar o analfabetismo $5 bilhões Eliminar armas nucleares $7 bilhões Eliminar armas nucleares $7 bilhões Asilo a Refugiados $5 bilhões Asilo a Refugiados $5 bilhões Parar o desmatamento $7 bilhões Parar o desmatamento $7 bilhões Prover qualidade no abastecimento de água $10 bilhões Prover qualidade no abastecimento de água $10 bilhões Evitar o aquecimento do planeta $8 bilhões Evitar o aquecimento do planeta $8 bilhões Evitar chuva ácida $8 bilhões Evitar chuva ácida $8 bilhões Recuperar camada de Ozônio $5 bilhões Recuperar camada de Ozônio $5 bilhões Perdoar a dívida dos países emergentes $30 bilhões Perdoar a dívida dos países emergentes $30 bilhões Prover energia limpa e segura Prover energia limpa e segura Eficiência da energia $33 bilhões Eficiência da energia $33 bilhões Formas de energia renováveis $17 bilhões Formas de energia renováveis $17 bilhões Prevenir a erosão do solo $24 bilhões Prevenir a erosão do solo $24 bilhões Estabilizar a população $10.5 bilhões Estabilizar a população $10.5 bilhões desnutrição $19 bilhões desnutrição $19 bilhões 1995; The World Bank, World Development Report 1996 (New York: Oxford University Press, 1996); World Resources Institute 1995-96, 1992-93; World Watch Institute, Vital Signs, 1996; State of the World 1988-96, (New York: W.W. Norton & Company, 1996); Ho-Ping: Food for Everyone; Energy. Earth and Everyone; World Game Institute, Doubleday, New York.
  6. 6. Mudar Ponto de Vista= Mudança Cultural
  7. 7. Por que falamos de futuro ? O mundo atual é muito diferente de tudo que veio antes Lala Deheinzelin
  8. 8. O trabalho do futurista: ver o que está lá, mas ainda não foi percebido...
  9. 9. SÉCULO XXI O INTANGÍVEL VALE MAIS QUE O TANGÍVEL 75% DO VALOR DE UM PRODUTO ESTÁ EM SEUS INTANGÍVEIS Ladislaw Dowbor IPAD: dos US$ 500,00, apenas US$ 23,00 para os ”tangíveis””tangíveis” Lídia Goldenstein Pesquisa: 72% das capas de revistas de negócios tem temas ligados à intangíveis Daniel Domeneghetti Lala Deheinzelin
  10. 10. ERA INDUSTRIAL – Recursos naturais, infraestrutura Tangível = Finito CONSUMIDOS COM O USO COMPETIÇÃO Mudança de Era Economia Criativa, Novas Tecnologias + Colaboração Intangível = Infinito MULTIPLICADOS COM O USO COLABORAÇÃO Lala Deheinzelin
  11. 11. Era Industrial - Recursos naturais, infraestrutura Tangível = Finito Economia da Escassez CRESCIMENTO LINEAR - 5 + 5 = 10 30 passos= 30 metros Economia Criativa, Novas Tecnologias + ColaboraçãoEconomia Criativa, Novas Tecnologias + Colaboração Intangível = Infinito Economia da Abundância CRESCE EXPONENCIAL - 5x5x5x5x5= 3.125 30 passos= 26 voltas no planeta Lala Deheinzelin
  12. 12. Como outro mundo é possível ? Abundancia: do linear ao exponencial Lala Deheinzelin , 2012
  13. 13. TANGÍVELTANGÍVEL INTANGÍVELINTANGÍVEL
  14. 14. MUNDO “PLANO” TANGÍVEL “HARDWARE” Quantitativo, moeda Linear, escasso FINANCEIRO SOCIAL MUNDO “REDONDO” INTANGÍVEL “SOFTWARE” Qualitativo, felicidade Exponencial, abundante AMBIENTE CULTURAL Tangível Intangível
  15. 15. E o “software” ? Gestão, Educação, TICs, empreendedorismo? BID : 3% dos investimentos Brasil: Copa do Mundo e Olimpíadas Tangível o “hardware”: Novas instalações, estradas, etc. BID: 97% investimentos Lala Deheinzelin , 2012 Tangível Intangível
  16. 16. Intangível DISTRIBUIÇÃO E VISIBILIDADE Processual Bens e Serviços Tangível PRODUÇÃO Estrutural Lala Deheinzelin Tangível Intangível
  17. 17. ECONOMIA VERDE Recursos tangíveis “Hardware” Tecnologias “Hard” SUSTENTABILIDADE ECONOMIA CRIATIVA Recursos intangíveis “Software” Tecnologias “soft” Tangível Intangível
  18. 18. Intangível/“Software” História, modos de vida, Cultura, criatividade, religioso, gastronômico Tipo de Turismo Tangível/“Hardware” Praia, montanha, ecoturismo, monumentos Lala Deheinzelin Tangível Intangível
  19. 19. Foco em INTANGÍVEIS TEMPO Qualidade Cidades Foco em TANGÍVEIS ESPAÇO Quantidade Lala Deheinzelin Tangível Intangível
  20. 20. De Cartel da droga à Cidade Mais Inovadora do mundo MEDELLÍN COLOMBIA Cidades e Territórios Criativos Inovadora do mundo COMO ? 40 % orçamento em educação e cultura
  21. 21. FINANCEIRO SOCIAL AMBIENTAL ECONÔMICO ECONÔMICO Lala Deheinzelin AMBIENTAL SIMBÓLICO-CULTURAL ECONÔMICO ECONÔMICO Mas, hardwares não funcionam sem “software”... Cadê a inteligência e a criatividade? E os valores humanos, os atributos? O mundo interior ?
  22. 22. Financeiro MONETÁRIA + SOLIDÁRIA Intangível Social SÓCIO - POLÍTICA Ambiental TECHNO - NATURAL ECONOMIA Lala Deheinzelin MONETÁRIA + SOLIDÁRIA Tangível SIMBÓLICO – CULTURAL Cultural TECHNO - NATURAL PROSPERIDADE 4D Ambiental, Financeiro Cultural , Social
  23. 23. SOCIAL Atividades coletivas Relações comunitárias e familares Representatividade /lideranças Políticas/ Leis / Normas Espaços e instrumentos de ação integrada Reputação / Visibilidade/ Mídia/ Imprensa/Divulgação Conexões /Alianças/Contatos Redes/Clubes/ Coletivos AMBIENTAL Espaços disponíveis Equipamentos Locais especiais natureza e monumentos Biodiversidade, natureza Matérias primas e resíduos reutilizáveis FINANCEIRA Editais/Fundos Financiamento/ Crédito Investimento / Crowdfunding Mercados Bens e Serviços para Distribuição Horas de trabalho/ Voluntariado CULTURAL Linguagens artísticas Saberes e Fazeres Tradicionais Conhecimento formal/Pesquisa História/mitos/curiosidades/tradições Valores/Atributos/Diferenciais Tecnologias sócio culturais Eventos/festejos/calendários Experiências únicas/lazer/ hobbies/ Matérias primas e resíduos reutilizáveis Corpo e saúde Horas de trabalho/ Voluntariado Moedas complementaresRECURSOS 4D
  24. 24. Como outro mundo é possível ? ENTENDER OS VETORES QUE ATIVAM EXPONENCIALMENTE 0 FUTURO Lala Deheinzelin ,
  25. 25. LINEAR = foco em tangíveis/infraestrutura + processos centralizados EXPONENCIAL = foco em intangíveis/ criativos + processos em rede, distribuídos Lala Deheinzelin
  26. 26. AIRBNB maior “hotel” do mundo Sistema on line que torna acessíveis quartos na casa das pessoas Não construiu nada, não tem funcionários, não gasta com estrutura ou comunicação pois usa as redes sociais. ESTRUTURAS PRÉ EXISTENTES + INTELIGÊNCIA + TECNOLOGIA + COLABORAÇÃO Lala Deheinzelin
  27. 27. CICLO EXPONENCIAL DA ABUNDÂNCIA D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis ABUNDÂNCIA
  28. 28. Reserva de valor TANGÍVEL Ex: Poço de petróleo Minas de minério Terras Riqueza e qualidade de vida Economia Tradicional Reserva de valor Riqueza e identificado e acessível processo adiciona valor identificado e acessívelReserva de valor INTANGÍVEL Diversidade cultural Conhecimento Experiências Riqueza e qualidade de vida Economia Criativa identificado e acessível processo adiciona valor
  29. 29. Economia Criativa: ciclo de geração de valor UNE VÁRIAS ÁREAS + Design + MarketingProduto 2$ Produto 4$ + Comunicação ProdutoECONOMIA CRIATIVA SÓ É POSSÍVEL Produto $ Produto 8 $ + Distribuidor ECONOMIA CRIATIVA SÓ É POSSÍVEL ATRAVÉS DE AÇÃO INTEGRADA ESTA É A SUA NATUREZA
  30. 30. Valor agregado por intangíveis Matéria Prima : Grão de Café : US$ 0, 1 Produto: Pó de Café:US$ 0, 3 A qualidade Da EXPERIÊNCIAA qualidade Da EXPERIÊNCIA muda o valor Serviço: Na lanchonete: US$ 1 Experiência: No restaurante 5 * : US$ 5 No Café Florian, Praça São Marcos, Veneza: US$ 15 Diversidade é a chave .
  31. 31. Barbacena, Minas Gerais Cidade estigmatizada por ter um enorme manicômio TRANSFORMAR PROBLEMAS EM SOLUÇÕES Lala Deheinzelin , 2012
  32. 32. Produtos e Serviços hoje: experiências Lala Deheinzelin , 2011
  33. 33. ECONOMÍA CREATIVA Valor es creado a partir de recursos intangibles Es una clave para todo tipo de emprendimiento Endógeno Distribuido ABUNDANCIA Exógeno Centralizado ESCASEZ CULTURA Mentalidades y Hábitos – Nuestra visión y manera de estar en el mundo INDUSTRIA CREATIVA Artes + Indústria de Contenido + Servicios Creativos CIUDADES Y TERRITORIOS CREATIVOS ARTES Lala Deheinzelin
  34. 34. Criando Comunidades Criativas y Colaborativas 8 Cs C+ C
  35. 35. Ponto de Partida: Futuro Desejável Compartilhado • Uma VISÃO ou CAUSA COMUM é o recurso mais poderoso ... Capacidade de convocar, mobilizar, atrair • Atraente porquê e como? Qual seu propósito? Como ele é mostrado ? Atributos intangíveis, aquilo que gera valor: • Qual seu diferencial? O Santo de Casa ? Qual seu nicho? Que tipo de experiência única você oferece? Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Criando Comunidades Criativas e Colaborativas tipo de experiência única você oferece? Economia Criativa: valor e inovação vem da história, da narrativa • Contar as histórias ( empresa, produtos, comunidade) CONHECER COMUNICAR
  36. 36. Dimensão Cultural Ativos Intangíveis Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Conhecer Atributos intangíveis locais + futuros desejadosAtributos intangíveis locais + futuros desejados das comunidades Comunicar Narrativa (story telling) : comunicar os diferenciais locais e a visão compartilhada
  37. 37. CICLO EXPONENCIAL DA ABUNDÂNCIA D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Negócios da Economia do Compartilhar D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis tornam-se visíveis e operacionais graças a ABUNDÂNCIA
  38. 38. Impressora 3D – molda peças para fazer o que queremos Usa a areia como matéria prima e o sol como energia http://inhabitat.com/the-solar-powered-sinter-3d-printer-turns-desert-sand-into-glass/markus-kayser-solar-sinter7/?extend=1
  39. 39. Intangível/“Software” Criar processos para aproveitar melhor o que existe. Economia do Compartilhar (Mesh) “Lentes” 2D Tangível Tangível/“Hardware” Mapear espaços, equipamentos, matérias primas existentes Lala Deheinzelin Tangível Intangível
  40. 40. Novo “software”em “hardware pré existente Jornal Cultural em Saco de pãode pão • Otimiza recursos • Cria novos veículos • Gera novos públicos Lala Deheinzelin
  41. 41. Sharing economy : usam TICs para gerar negócios a partir do compartilhamento http://meshing.it/
  42. 42. http://neighborgoods.net/ Por que comprar uma bicicleta nova se você pode alugar ou pedir emprestada uma no seu vizinho? Califórnia: rede de relacionamento para intercâmbio de objetos entre vizinhos.
  43. 43. SOLE – Self Organized Learning Environements Ambientes de Aprendizagem Auto Organizados Com computador e acesso web grupos de alunos aprendem sózinhos http://www.ted.com/pages/sole_challenge
  44. 44. USAR AS TICS E PROCESSOS DISTRIBUÍDOS , EM REDE TICS: primeira vez na história que é possível ganhar escala a partir de muitos, pequenos e diversos • Estou garantindo que todo “hardware” /produto tenha seu correspondente “software/ processo” ? • Como posso gerar novos processos e negócios “compartilhados”, que usam as TICs para conectar conhecimentos e recursos préexistentes ? • Como aproveito as oportunidades do trabalho remoto, com Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR COMPARTILHAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas • Como aproveito as oportunidades do trabalho remoto, com pouca estrutura, priorizando o flexível e a mobilidade ?
  45. 45. Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Conectar TICs conectando conhecimento e sonhos + Criando Comunidades Criativas e Colaborativas TICs conectando conhecimento e sonhos + espaços, equipamentos e materiais disponíveis Compartilhar Uma vez conectado o recurso pode ser compartilhado = sustentável !!
  46. 46. Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR COMPARTILHAR Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS CONHECER COMUNICAR Criativas e Colaborativas
  47. 47. intangíveis + novas tecnologias resultam em D sócio-político COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização Foco no Bem Comum CICLO EXPONENCIAL DA D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Excedente Cognitivo Do Ter ao Compartilhar D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis tornam-se visíveis e operacionais graças a tecnologias resultam em DA ABUNDÂNCIA
  48. 48. • TANGÍVEL • LINEAR • FLUXO RESTRITO E ESCASSO • INTANGÍVEL • EXPONENCIAL • INFINITOS CAMINHOS, FLUXO CENTRALIZADO EM REDE • FLUXO RESTRITO E ESCASSO • UNIDIMENSIONAL (quantitativo, moeda única) • BUROCRACIA • REPRODUÇÃO • ESCASSO • INFINITOS CAMINHOS, FLUXO • MULTIDIMENSIONAL ( qualitativo, multimoedas) • RELAÇÕES DE CONFIANÇA • CRIAÇÃO • ABUNDANTE
  49. 49. É possível trabalhar em grupo sem que ninguém conduza
  50. 50. Conhecimento + Vontade + Tempo + Tics COLABORAÇÃO WIKIPEDIA = 100 milhões de horas para fazer = ver anúncios na TV, em apenas 1 fim de semana, só nos EUAEUA Mundo: 1 trilhão de horas /ano na TV Imagine tudo o que podemos fazer com essas horas de tempo + conhecimento + vontade?
  51. 51. SOLE – Self Organized Learning Environements Ambientes de Aprendizagem Auto Organizados http://www.ted.com/pages/sole_challenge 0,1 % da Diaspora de Cabo Verde sendo tutor 1 h/semana = carga horária de 3.000 anos letivos/classe
  52. 52. Crowdfunding y crowdsourcing Lala Deheinzelin , 2012
  53. 53. Grupos ( música, teatro e dança) se apresentam e em troca recebem produtos para difusão de seu trabalho feito em oficinas: Sitios web Folhetos Discos Anúncios Os discos são gravados durante oOs discos são gravados durante o show, os alunos fazem o impresso e a rede de distribuidores informais distribui em bicicletas pela cidade onde está sendo feita a oficina Lala Deheinzelin
  54. 54. Produtora Colaborativa, Pedro Jatobá, Instituto Intercidadania http://www.iteia.org.br/videos/pedro-jatoba-explica-a-produtora-cultural-na-expoidea
  55. 55. Parceria com ambulantes para distribuir os conteúdos
  56. 56. Dimensão Social SOCIEDADE EM REDE COLABORAR CELEBRAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Juntos tudo multiplica (1 x 1 bilhão, é só 1…) O que pode ser compartilhado? “ Usado” em vez de “possuído”? • Compartilhar “hardwares” (espaços, equipamentos e• Compartilhar “hardwares” (espaços, equipamentos e insumos) e diferenciar –se pelos intangíveis ? • O que temos ? Com quem nos associar para o que nos falta ? O que pode ser feito de forma “co” ? • Compras coletivas, produção de conhecimento , financiamento, gestão de território , processos e projetos Como simplificar processos , baseados em confiança, e assim ganhar tempo, dinheiro, entusiasmo ?
  57. 57. Dimensão Social REDES EM AÇÃO Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Colaborar Ação integrada e em rede : da competição àAção integrada e em rede : da competição à colaboração Celebrar Alegria , criatividade e beleza como meio de mobilizar ação coletiva.
  58. 58. Dimensão Social SOCIEDADE EM REDE COLABORAR CELEBRAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR COMPARTILHAR Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS CONHECER COMUNICAR Criativas e Colaborativas
  59. 59. D monetário - solidário RIQUEZA MULTIDIMENSIONAL 4D Patrimônios Sociais, Culturais, Financeiros, Ambientais 4D intangíveis + novas tecnologias resultam em chave: ampliar conceito e indicadores de riqueza D sócio-político COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização Foco no Bem Comum CICLO EXPONENCIAL DA D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Excedente Cognitivo Do Ter ao Compartilhar D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis tornam-se visíveis e operacionais graças a tecnologias resultam em EXPONENCIAL DA ABUNDÂNCIA
  60. 60. Intangível, “software” FIB Mensurar a riqueza das nações Tangível, “hardware”: PIB Lala Deheinzelin , Tangível Intangível
  61. 61. Novos Indicadores para avaliar Riqueza e Sustentabilidade Exemplo: FIB • Felicidade Interna• Felicidade Interna Bruta Compendio de Sustentabilidade das Nações. Anne Louette Português e Inglês www.compendiosustentabilidade.com.br Lala Deheinzelin , 2011
  62. 62. Intangível/“Software” DESFRUTE, CUIDAR PESSOAS PROCESSOS CRESCIMENTO Tangível/“Hardware” CONSUMO INFRAESTRUTURA BENS Lala Deheinzelin Tangível Intangível
  63. 63. Intangível/“Software” Créditos de Diversidade ? SUSTENTABILIDADE “Lentes” 2D Tanível Tangível/“Hardware” Créditos De Carbono Lala Deheinzelin 2D Tanível Intangível Tangível Intangível
  64. 64. Para que serve a Visão 4D? TUDO!!! • Não foi “inventada”. Resulta da observação e sistematização de melhores práticas no setor público, privado e ONGs= possuem atuação multidimensional • Das 4 dimensões da sustentabilidade ( organizadas a partir de coordenadas equivalentes tangível/intangível) São uma maneira de : • enxergar as coisas de forma integrada,sistêmica.• enxergar as coisas de forma integrada,sistêmica. • Enxergar as relações entre as dimensões que compõem nossa vida. E a partir daí: – Reconhecer recursos para viabilizar projetos – Perceber resultados que não sejam só númericos – Escolha e tomada de decisão – Atribuir valor REAL
  65. 65. Financeiro MONETÁRIA + SOLIDÁRIA Intangível Social SÓCIO - POLÍTICA Ambiental TECHNO - NATURAL ECONOMIA Lala Deheinzelin MONETÁRIA + SOLIDÁRIA Tangível SIMBÓLICO – CULTURAL Cultural TECHNO - NATURAL PROSPERIDADE 4D Ambiental, Financeiro Cultural , Social
  66. 66. SOCIAL Atividades coletivas Relações comunitárias e familares Representatividade /lideranças Políticas/ Leis / Normas Espaços e instrumentos de ação integrada Reputação / Visibilidade/ Mídia/ Imprensa/Divulgação Conexões /Alianças/Contatos Redes/Clubes/ Coletivos AMBIENTAL Espaços disponíveis Equipamentos Locais especiais natureza e monumentos Biodiversidade, natureza Matérias primas e resíduos reutilizáveis FINANCEIRA Editais/Fundos Financiamento/ Crédito Investimento / Crowdfunding Mercados Bens e Serviços para Distribuição Horas de trabalho/ Voluntariado CULTURAL Linguagens artísticas Saberes e Fazeres Tradicionais Conhecimento formal/Pesquisa História/mitos/curiosidades/tradições Valores/Atributos/Diferenciais Tecnologias sócio culturais Eventos/festejos/calendários Experiências únicas/lazer/ hobbies/ Matérias primas e resíduos reutilizáveis Corpo e saúde Horas de trabalho/ Voluntariado Moedas complementaresRECURSOS 4D
  67. 67. SOCIAL Gera mais conexões, ação conjunta e coisas feitas de forma “co” ? COLABORAR CELEBRARAMBIENTAL Otimiza e gera recursos tecno -naturais? FINANCEIRA Gera fluxos ,riqueza e bem estar nas 4Ds ? RESULTADOS CULTURAL Gera conhecimento, criatividade, experiência ? CONHECER COMUNICAR CONECTAR COMPARTILHAR CREDITAR CIRCULAR RESULTADOS 4D
  68. 68. Financeira MONETÁRIA + SOLIDÁRIA VENDAS SÓCIO - POLÍTICA Social REPUTAÇÃO – 6 Ambiental TECHNO - NATURAL MAL USO DE RECURSOS NATURAIS - 5 RESULTADOS 4D VENDAS + 8 SIMBÓLICO - CULTURAL Cultural GESTÃO DE CONHECIMENTO + 2 - 5 4D 8-4-5+2= -1
  69. 69. Prosperidade 4 D Objetivos 4D LINHAS DE AÇÃO 4D Recursos 4D Resultados 4 D
  70. 70. Dimensão Financeira PROSPERIDADE 4D CREDITAR CIRCULAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas • Mudar maneira de valorizar e medir a riqueza • Sistematizar ( creditar) para poder criar fluxos• Sistematizar ( creditar) para poder criar fluxos (circular) entre diferentes recursos e moedas • Usar outras formas de remuneração e financiamento • Criar novas métricas e indicadores para valor e resultados, nas quatro dimensões da sustentabilidade • Atribuir valor real, considerando a capacidade de ATIVAÇÃO nas 4 dimensões
  71. 71. Dimensão Financeira RIQUEZA MULTIDIMENSIONAL Creditar Sistematização: Visibilizar recursos. Métricas e Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Sistematização: Visibilizar recursos. Métricas e indicadores de riqueza, para além do financeiro. Circular Gerar fluxos justos de recursos e resultados nas quatro dimensões ( 4D)
  72. 72. Dimensão Financeira PROSPERIDADE 4D CREDITAR CIRCULAR Dimensão Social SOCIEDADE EM REDE COLABORAR CELEBRAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR COMPARTILHAR Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS CONHECER COMUNICAR Criativas e Colaborativas
  73. 73. Rede e Movimento Fora Do Eixo http://www.foradoeixo.org.br/ Time: 19-28 anos 27 estados do Brasil 200 coletivos 2000 pessoas 200 festivais independentes 5.000 eventos realizados em 2010 Música, Literatura, Teatro, Cinema, Poéticas Visuais, Ambiente, Software Livre; Distribuição;
  74. 74. Fora do Eixo: 2009 – 30% em Reais, 70% em Colaborativo 2010– 15% em Reais, 85% em Colaborativo mais de 88 milhões circularam
  75. 75. Como Construir Confiança ? Coração ? Criando Comunidades Criativas y Colaborativas
  76. 76. Como outro mundo é possível ? Criando Futuros Desejáveis Causas Compartiladas Lala Deheinzelin , 2012
  77. 77. 1912, França Lala Deheinzelin , 2012
  78. 78. Imaginamos internet, skype , antenas , mega cidades 1921-EUA
  79. 79. 1933 – A vida em 2889 !! 1911
  80. 80. França, 1889 Lala Deheinzelin , 2012
  81. 81. Computadores individuais na sala de aula + manutenção do esquema escolar tradicional Mudam os produtos… Mas não mudam os processos Lala Deheinzelin
  82. 82. MUNDO no século XXI: um outro mundo é possível: Download em www.criefuturos.com.br Lala Deheinzelin
  83. 83. ¿Cómo otro mundo es posible ? Creando Futuros Deseables Causa Compartida Lala Deheinzelin , 2012
  84. 84. 1933 – A vida em 2889 !! 1911
  85. 85. 1912, Francia Lala Deheinzelin , 2012
  86. 86. El futuro es fruto de los sueños y cultura del pasado 1921-EUA
  87. 87. França, 1889 Lala Deheinzelin , 2012
  88. 88. En la Escuela del Futuro hay materias que trabajan la noción de interdependencia. Por ejemplo: comprender las consecuencias para elegir mejor. Ya tengo créditos en Ahora ya puedes hacer “Elecciones 1” en “Consecuencias” 1 y 2 Bárbaro Lala Deheinzelin
  89. 89. Tatorantes: sofisticada experiencia para los cinco sentidos ... Angela Léon, 2012
  90. 90. “En todas las ciudades del mundo hay pantallas que enseñan las actividades culturales de otros países.”
  91. 91. Ciudadanía ejercida en todos los sitios y a través de las TICs: votando o discutiendo las leyes y los presupuestos. Lala Deheinzelin , 2012
  92. 92. CONFIANÇA AFETO Lala Deheinzelin
  93. 93. Temos recursos, conhecimento e pessoas !! SIM !!! Um outro mundo É possível ! Lala Deheinzelin
  94. 94. Beijaço, Tunísia, 2013
  95. 95. REDES E TEORIA DE GAIA Estaríamos formando o sistema nervoso de GAIA?
  96. 96. ATÉ AMANHÃ ! Meu “alimento”: seu depoimento! www.laladeheinzelin.com.br vídeo artigos publicações Lala Deheinzelin lala@enthusiasmo.com.br
  97. 97. Rede e Movimento Fora Do Eixo http://www.foradoeixo.org.br/ Time: 19-28 anos 27 estados do Brasil 200 coletivos 2000 pessoas 200 festivais independentes 5.000 eventos realizados em 2010 Música, Literatura, Teatro, Cinema, Poéticas Visuais, Ambiente, Software Livre; Distribuição;
  98. 98. Fora do Eixo: 2009 – 30% em Reais, 70% em Colaborativo 2010– 15% em Reais, 85% em Colaborativo mais de 88 milhões circularam
  99. 99. COLABORATIVO, REDES PCULT De lo Tener a lo Usar Nuevos modelos de emprender y organización humana NUEVAS TECNOLOGÍAS MÉDIAS Mundos virtuales, Desterritorialización Excedente Cognitivo Descentralización RIQUEZA MULTIDIMENSIONAL 4D BANCULT Patrimônios Sociais, Culturais, Econômicos, Ambientais 4D Circuito Fora do Eixo 4D Compartir = + Tiempo Tiempo investido es moneda y gobernanza PATRIMONIOS INTANGIBLES UNICULT Activos Intangibles, Creatividad, Diversidad Cultural Descentralización Econômicos, Ambientais 4D4D Desmaterialización Recursos son intangibles Sociedad en red Gestión, contenidos TECs Sostenible en las 4D Más independencia del $ Moneda
  100. 100. Hecho colaborativamente = gestión y producción distribuida ( no centralizada) Divertido, fiesta, celebrar, alegría, placer COLABORAR CELEBRAR SOCIAL AMBIENTAL CONECTAR COMPARTIR Infraestructura compartida , Reciclar materiales, utilizar FINANCIERA CREDITAR CIRCULAR Visibilizar circulación de recursos 4D. Cuantificar la CULTURAL CONOCER COMUNICAR Explicar + atraer = movilizar Revelar potencias : lo lindo/bueno/diverso que hay Herramientas= Creatividad, juego y belleza Reciclar materiales, utilizar espacios públicos y/o naturales recursos 4D. Cuantificar la inversión colaborativa ( tiempo, donaciones, prestamos etc) = Valor real del proceso
  101. 101. É na ação que nos entendemos. Do discutir ao fazer...

×