TURISMO CRIATIVO E COMUNIDADES CRIATIVAS E COLABORATIVAS

564
-1

Published on

Mesa redonda sobre "Cidades Criativas,Economia Criativa e Empreendedores Criativos", na I ª Conferência Brasileira de Turismo Criativo em Porto Alegre, RS.

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
564
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

TURISMO CRIATIVO E COMUNIDADES CRIATIVAS E COLABORATIVAS

  1. 1. TURISMO CRIATIVO E COMUNIDADES CRIATIVAS E COLABORATIVAS Lala Deheinzelin Enthusiasmo Cultural www.laladeheinzelin.com www.criefuturos.com
  2. 2. Futurista, Especialista em Economia Criativa e Sustentabilidade Economia Criativa Corporações Comunicação Linguagens Artísticas Desenvolvimento Sustentável Terceiro Setor ONGs FUTURO Governos Desenvolvimento Local Biologia e História Cooperação Internacional Sustentabilidade Cultura Digital Movimento Crie Futuros Empreendedorismo Sociedade em Rede
  3. 3. Por que falamos de futuro ? O mundo atual é muito diferente de tudo que veio antes Lala Deheinzelin
  4. 4. COUCH SURFING Experiência inicial Colaborativa, sem pagamento Inova, cria a cultura, o meme.aabre caminho para o negócio 2012 = 1 milhão de cadastrados em 180 países
  5. 5. AIRBNB maior “hotel” do mundo Sistema on line que torna acessíveis quartos na casa das pessoas Não construiu nada, não tem funcionários, não gasta com estrutura ou comunicação pois usa as redes sociais. ESTRUTURAS PRÉ EXISTENTES + INTELIGÊNCIA + TECNOLOGIA + COLABORAÇÃO Lala Deheinzelin
  6. 6. ERA INDUSTRIAL – Recursos naturais, infraestrutura Tangível = Finito CONSUMIDOS COM O USO COMPETIÇÃO Mudança de Era Economia Criativa, Novas Tecnologias + Colaboração Intangível = Infinito MULTIPLICADOS COM O USO COLABORAÇÃO Lala Deheinzelin
  7. 7. Era Industrial - Recursos naturais, infraestrutura Tangível = Finito Economia da Escassez CRESCIMENTO LINEAR - 5 + 5 = 10 30 passos= 30 metros Economia Criativa, Novas Tecnologias + Colaboração Intangível = Infinito Economia da Abundância CRESCE EXPONENCIAL - 5x5x5x5x5= 3.125 30 passos= 26 voltas no planeta Lala Deheinzelin
  8. 8. Por que falamos de futuro ? Do escasso ao abundante Centralidade dos intangíveis Lala Deheinzelin
  9. 9. SÓCIOCULTURAL Diversidade Cultural INTANGÍVEL “SOFTWARE” VISÃO SISTÊMICA TECHNO – NATURAL Bio Diversidade TANGÍVEL “HARDWARE”
  10. 10. Brasil: Copa do Mundo e Olimpíadas E o “software” ? Gestão, Educação, TICs, empreendedorismo? BID : 3% dos investimentos Tangível o “hardware”: Novas instalações, estradas, etc. BID: 97% investimentos Lala Deheinzelin , 2012
  11. 11. CRESCIMENTO Intangível/“Software” DESFRUTE, CUIDAR PESSOAS PROCESSOS Tangível/“Hardware” CONSUMO INFRAESTRUTURA PRODUTOS Lala Deheinzelin
  12. 12. Tipo de Turismo Intangível/“Software” História, modos de vida, Cultura, criatividade, religioso, gastronômico Tangível/“Hardware” Praia, montanha, ecoturismo, monumentos Lala Deheinzelin
  13. 13. Por que falamos de futuro ? Do escasso ao abundante Processos distribuídos em rede Lala Deheinzelin
  14. 14. CENTRALIZADA MULTICENTRICA DISTRIBUIDA
  15. 15. CENTRALIZADO EM REDE CENTRALIZADO DISTRIBUÍDO • TANGÍVEL • INTANGÍVEL • LINEAR • EXPONENCIAL • FLUXO RESTRITO E ESCASSO • INFINITOS CAMINHOS, FLUXO • UNIDIMENSIONAL ( numérico, quantitativo, moeda) • MULTIDIMENSIONAL • REPRODUÇÃO • ESCASSO • CRIAÇÃO • ABUNDANTE
  16. 16. LINEAR = foco em tangíveis/infraestrutura + processos centralizados EXPONENCIAL = foco em intangíveis/ criativos + processos em rede, distribuídos COMO APROVEITAR AS POSSIBILIDADES EXPONENCIAIS? CICLO EXPONENCIAL DA ABUNDÂNCIA Lala Deheinzelin
  17. 17. Por que falamos de futuro ? Ciclo Exponencial de Abundância Lala Deheinzelin , 2012
  18. 18. PROCESSOS COLABORATIVOS EM REDE intangíveis + novas tecnologias resultam em RIQUEZA chave: ampliar conceito e indicadores de riqueza MULTIDIMENSIONAL 4D CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS TICs, NOVAS TECNOLOGIAS tornam-se visíveis e operacionais graças a Lala Deheinzelin
  19. 19. CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis
  20. 20. DISTRÍBUIDO Endógeno CENTRALIZADO Exógeno CULTURA Mentalidades e Hábitos – Nossa visão e jeito de estar no mundo ECONOMIA CRIATIVA Economia cujo valor é criado a partir de recursos intangíveis É uma chave para todo tipo de atividade CIDADES E TERRITÓRIOS CRIATIVOS (abordagem territorial ) INDÚSTRIA CRIATIVA Artes + Indústria Conteúdo + Serviços Criativos ARTES (o que chamamos “cultura”) Lala Deheinzelin , 2012
  21. 21. Cidades e Territórios Criativos MEDELLÍN COLOMBIA De Cartel da droga à Cidade Mais Inovadora do mundo COMO ? 40 % orçamento em educação e cultura
  22. 22. P&D, Design Cultura e Mídia Software Serviços de Internet Informatização dos Serviços Artes e Artesanato Pesquisa & Desenvolvimento Publicidade Propriedade Intelectual Mercado Editorial Museus Televisão, Difusão, Filmes e Audiovisual Literatura e Artes performáticas Arquitetura e Planejamento Urbano Consultoria Moda e Estilo de Vida Planejamento Urbano Decoração Serviços De Beleza Serviços de Casamento/ Festas Fotografia Entretenimento em espaços fechados Lazer e recreação Serviços Turísticos Consultoria Pesquisa de Mercado Convenções e Exposições Consultoria em segurança Serviços ligados à Seguros Serviços de Inovação e Tecnologia Serviços ligados à Arte e Cultura Indústrias Criativas em Shanghai
  23. 23. Brasil e AL dezenas de cases inovadores. O que falta para que o santo de casa faça milagres ? Sistematizar , comunicar , publicar. Cabaceiras, Paraíba “Problemas” transformados em solução
  24. 24. Economia Criativa+ Colaborativa – Intangíveis RECURSOS QUE SE RENOVAM E MULTIPLICAM COM O USO Tem maior Potencial de Ativação, dinamizam o entorno Resultados Financeiros + Ambiental ,Social, Cultural PRIORIDADE ESTRATÉGICA E CHAVE PARA A SUSTENTABILIDADE Lala Deheinzelin
  25. 25. Ponto de Partida: Futuro Desejável Compartilhado • Uma VISÃO ou CAUSA COMUM é o recurso mais poderoso ... Capacidade de convocar, mobilizar, atrair • Atraente porquê e como? Qual o propósito? Como ele é mostrado ? Atributos intangíveis, aquilo que gera valor: • Qual o diferencial? O Santo de Casa ? Qual nicho? Que tipo de experiência única oferece? Economia Criativa: valor e inovação vem da história, da narrativa • Contar as histórias ( empresa, produtos, comunidade) Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Criando Comunidades Criativas e Colaborativas CONHECER COMUNICAR
  26. 26. Ponto de Partida: Futuro Desejável Compartilhado • Uma VISÃO ou CAUSA COMUM é o recurso mais poderoso ... Capacidade de convocar, mobilizar, atrair • Atraente porquê e como? Qual o propósito? Como ele é mostrado ? Atributos intangíveis, aquilo que gera valor: • Qual o diferencial? O Santo de Casa ? Qual nicho? Que tipo de experiência única oferece? Economia Criativa: valor e inovação vem da história, da narrativa • Contar as histórias ( empresa, produtos, comunidade) Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Criando Comunidades Criativas e Colaborativas CONHECER COMUNICAR
  27. 27. CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Negócios da Economia do Compartilhar tornam-se visíveis e operacionais graças a D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis
  28. 28. Sharing economy : usam TICs para gerar negócios a partir do compartilhamento http://meshing.it/
  29. 29. USAR AS TICS E PROCESSOS DISTRIBUÍDOS , EM REDE • TICS: primeira vez na história que é possível ganhar escala a partir de muitos, pequenos e diversos • Aproveitar as oportunidades do trabalho remoto, com pouca estrutura, priorizando o fléxivel e a mobilidade • Garantir que todo “hardware” /produto tenha seu correspondente “software/ processo” . • Gerar novos processos e negócios “compartilhados ”, que usam as TICs para conectar conhecimentos e recursos préexistentes. Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR CUIDAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas
  30. 30. D sócio-político COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização Foco no Bem Comum intangíveis + novas tecnologias resultam em D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Excedente Cognitivo Do Ter ao Compartilhar CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA tornam-se visíveis e operacionais graças a D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis
  31. 31. SOLE – Self Organized Learning Environements Ambientes de Aprendizagem Auto Organizados http://www.ted.com/pages/sole_challenge 0,1 % da Diaspora de Cabo Verde sendo tutor 1 h/semana = carga horária de 3.000 anos letivos/classe
  32. 32. Conhecimento + Vontade + Tempo + Tics COLABORAÇÃO WIKIPEDIA = 100 milhões de horas para fazer = ver anúncios na TV, em apenas 1 fim de semana, só nos EUA Mundo: 1 trilhão de horas /ano na TV Imagine tudo o que podemos fazer com essas horas de tempo + conhecimento + vontade?
  33. 33. Dimensão Social SOCIEDADE EM REDE COLABORAR CELEBRAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Juntos tudo multiplica (1 x 1 bilhão, é só 1…) O que pode ser compartilhado? “ Usado” em vez de “possuído”? • Compartilhar “hardwares” (espaços, equipamentos e insumos) e diferenciar –se pelos intangíveis ? • O que temos ? Com quem nos associar para o que nos falta ? O que pode ser feito de forma “co” ? • Compras coletivas, produção de conhecimento , financiamento, gestão de território , processos e projetos Como simplificar processos , baseados em confiança, e assim ganhemos tempo, dinheiro, entusiasmo ?
  34. 34. D sócio-político COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização Foco no Bem Comum intangíveis + novas tecnologias resultam em D tecno - natural NOVAS TECNOLOGIAS Mundos virtuais Excedente Cognitivo Do Ter ao Compartilhar chave: ampliar conceito e indicadores de riqueza D monetário - solidário RIQUEZA MULTIDIMENSIONAL 4D Patrimônios Sociais, Culturais, Financeiros, Ambientais 4D CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA tornam-se visíveis e operacionais graças a D sócio cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis
  35. 35. Mensurar a riqueza das nações Intangível, “software” FIB “Lentes” 2D Tangível Intangível Tangível, “hardware”: PIB Lala Deheinzelin ,
  36. 36. SUSTENTABILIDADE Intangível/“Software” Créditos de Diversidade ? Tangível/“Hardware” Créditos De Carbono Lala Deheinzelin
  37. 37. SÓCIO - POLÍTICA Direitos + Governabilidade Intangível Ambiental 4 dimensões ECONOMIA 4D Financeiro MONETÁRIA + SOLIDÁRIA ECONOMIA TECHNO - NATURAL Tangível SIMBÓLICO - CULTURAL Conhecimento + Cultura Lala Deheinzelin
  38. 38. SÓCIO – POLÍTICA • Acesso a jornalistas •Contato com festivais internacionais •acesso a editais • carta de recomendação •mailing list FINANCEIRA AMBIENTAL • 2 computadores/2 dias • $1000 para tirar licenças • 8 horas de carreto •CNPJ para emitir recibos Exemplo •40 metros de pano •Circuito de distribuição Orçamento • 1 dia de estúdio de som 4D •horas dos artistas horas • 1 mês de sala de ensaio • • camêra de vídeo • SIMBÓLICO – CULTURAL •3 dias de costureira •designer para impressos • designer de web •afinador de piano •iluminador
  39. 39. SOCIAL Gera mais conexões, ação conjunta e coisas feitas de forma “co” ? AMBIENTAL Otimiza e gera recursos tecno naturais? RESULTADOS 4D FINANCEIRA Gera fluxos ,riqueza e bem estar nas 4Ds ? CULTURAL Gera conhecimento, criatividade, experiência ?
  40. 40. Matriz 4D VALOR 4D OBJETIVOS 4D PROCESSOS 4D RECURSOS 4D RESULTADOS 4D
  41. 41. Fora do Eixo: 2009 – 30% em Reais, 70% em Colaborativo 2010– 15% em Reais, 85% em Colaborativo mais de 88 milhões circularam
  42. 42. Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Dimensão Financeira PROSPERIDADE 4D CREDITAR CIRCULAR • Mudar maneira de valorizar e medir a riqueza • Sistematizar ( creditar) para poder criar fluxos ( circular) entre diferentes recursos e moedas • Usar outras formas de remuneração e financiamento • Criar novas métricas e indicadores para valor e resultados, nas quatro dimensões da sustentabilidade • Atribuir valor real, considerando a capacidade de ATIVAÇÃO nas 4 dimensões
  43. 43. Dimensão Social SOCIEDADE EM REDE Dimensão Financeira PROSPERIDADE 4D COLABORAR CREDITAR CELEBRAR CIRCULAR Criando Comunidades Criativas e Colaborativas Dimensão Ambiental TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO CONECTAR CUIDAR Dimensão Cultural PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS CONHECER COMUNICAR
  44. 44. O futuro desejado por todos é a trama que sustenta A diversidade são as cores, A integração de segmentos diferentes cria o desenho E com confiança e redes, todos sustentam todos.
  45. 45. SIM !!! Um outro mundo É possível ! Temos recursos, conhecimento e pessoas !! Lala Deheinzelin
  46. 46. OBRIGADA ! Meu “alimento”: seu depoimento! www.laladeheinzelin.com.br vídeo artigos publicacões Lala Deheinzelin lala@enthusiasmo.com.br
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×