Your SlideShare is downloading. ×
Curso de pós-graduação em empreendimentos criativos, culturais e socias
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Curso de pós-graduação em empreendimentos criativos, culturais e socias

591
views

Published on

Aula Magna: Economia Criativa, Sustentabilidade e Oportunidades de Futuro. Curitiba, PR: Universidade Positivo, 17 de agosto de 2012. …

Aula Magna: Economia Criativa, Sustentabilidade e Oportunidades de Futuro. Curitiba, PR: Universidade Positivo, 17 de agosto de 2012.


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
591
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ECONOMIA CRIATIVA E OPORTUNIDADES DE FUTURO Pós em empreendimentos criativos, culturais e sociais Universidade Positivo Curitiba, 17 de agosto de 2012 Lala Deheinzelin Enthusiasmo Cultural www.laladeheinzelin.com www.criefuturos.com
  • 2. Especialista em Economia Criativa, Sustentabilidade e Futuros DesenvolvimentoCriatividade e Cultura Eventos Sustentável Corporativos Terceiro Multimídia Setor ONGs Artes cênicas TV Governos Desenvolvimento Local Futuro Inovação Cooperação Internacional Empreendedorismo Estudos de Futuro
  • 3. Por que falamos de FUTURO ? Pois ... .... ele é fruto dos sonhos do passado e escolhas do presenteLala Deheinzelin , 2012
  • 4. 1906, o bisavô do twitter ou SMS : “telégrafo wireless, permitedeclarações de amor à distância… Lala Deheinzelin , 2012
  • 5. 1912, França Lala Deheinzelin , 2012
  • 6. Imaginamos internet, skype , antenas , mega cidades 1921-EUA
  • 7. São dezenas de imagens que sonharam as tecnologias atuais Flash Gordon 1937Lala Deheinzelin , 2012
  • 8. Computadores individuais na sala de aula + manutenção do esquema escolar tradicionalMudam os produtos… Mas não mudam os processos Lala Deheinzelin , 2012
  • 9. www.criefuturos.com Lala Deheinzelin , 2012
  • 10. Futuros desejáveis para a vida em 2042ganhar – governar – habitar – cuidar - educar - relacionar Lala Deheinzelin , 2012
  • 11. Tatorantes: sofisticadas experiências para os cinco sentidos... Angela Léon, 2012
  • 12. Por que falamos de futuro ? Pois ... .... Podemos estar deixando de ver muita coisa ...Lala Deheinzelin , 2012
  • 13. Pensar o futuro para:• Enxergar além e identificar oportunidades ( gorilas dançando)• Futuro é fruto dos sonhos do passado e escolhas do presente• Ampliar visão Lala Deheinzelin , 2012
  • 14. ÓCULOS 2D: Tangível e Intangível hardware/estrutura + software/processoLala Deheinzelin , 2012
  • 15. FÍSICO – NATURAL Bio Diversidade TANGÍVEL “HARDWARE” VISÃO SISTÊMICASISTEMAS INTERDEPENDENTES SÓCIOCULTURAL Diversidade Cultural INTANGÍVEL “SOFTWARE”
  • 16. Duas coordenadas SOCIEDADE equivalentes Intangível “Software” PROCESSUAL AMBIENTE Tangível “Hardware” ESTRUTURAL Lala Deheinzelin , 2012
  • 17. Duas coordenadas Intangível/“Software” equivalentes PROCESSUAL Conceito, design, comunicação, processo de distribuição Tangível/ “Hardware” ESTRUTURAL Fábrica, matéria prima, equipamentos, produto
  • 18. SUSTENTABILIDADE Recursos intangíveis “Software” Tecnologias “soft”Recursos tangíveis “Hardware”Tecnologias “Hard”
  • 19. CHINA PODER NACIONAL PODER “SOFT” – INTANGÍVEIS PODER “HARD” – TANGÍVEIS Funcionalidade Integração Estrutura MULTI CAPITAIS • Capital Natural Poder Econômico • Capital Social •Capital Humano CAPITAL “HARD” • Capital Cultural • Recursos materiais • Capital financeiro CAPACIDADE DE INOVAÇÃO SOFT TECH• Tecnologias de gestão organizacional Poder da Defesa Nacional• Tecnologias r de comercialização• Tecnologias diplomáticas Poder Hard” Tech• Tecnologias do conhecimento etc... AMBIENTE “HARD” AMBIENTE DE INOVAÇÃO SOFT TECH Infra – estrutura• Ambiente institucional: políticas, leis, Base Industrialregulamentação , indicadores Matéria Prima• Ambiente cultural outros “tangíveis”• Mercado local e internacional• Infraestrutura adequada para o intangível Jin Zhouying, Academy of Soft Technologies, Beijing, 2009
  • 20. HARDWARE/ ESTRUTURA + SOFTWARE/PROCESSO • Observar quais os “hardwares”e “softwares” estão disponíveis . • Todo hard tem soft ? ( e vice versa...) • Que softwares evistem e em quais hardwares eles poderiam funcionar? • Quais “hard” estão disponíveis ? • Que outros “soft” poderiam funcionar nestes “hards”? • Vamos fazer outras combinações ? Lala Deheinzelin , 2012
  • 21. Por que falamos de futuro ? .... Estamos numa mudança de era. O que está acontecendo ?Lala Deheinzelin , 2012
  • 22. No passado, o pensamento econômico e social vigente criava justificativas para a escravidão. Hoje , ter escravos é impensável...Num futuro próximo, é provável que “sustentável “ deixe de ser um adjetivo opcional e seja o modus operandi que vai embasar todos os aspectos da vida. Mas... Sustentabilidade como? Lala Deheinzelin , 2012
  • 23. SÉCULO XXI O INTANGÍVEL VALE MAIS QUE O TANGÍVELMarcas mais valiosas lidam com intangíveis 75% DO VALOR DE UM PRODUTO ESTÁ EM SEUS INTANGÍVEIS Ladislaw Dowbor 72% das capas de revistas brasileiras e internacionais tratam de intangíveis Daniel Domeneghetti
  • 24. AVALIAÇÃO DE INTANGÍVEIS Valor de mercado das Empresas de Capital Aberto, Brasil Ano Intangíveis Tangíveis 1981 17% 86% 1998 71% 29% Gazeta Mercantil 10/06/08O que garante o valor de uma empresa é sua longevidade, sua capacidade de manter-se no mercado .Isso depende de sua “inteligência”, seus intangíveis .“
  • 25. Mudança de Era RECURSOS NATURAIS, BENS MATERIAIS Tangível = Finito CONSUMIDOS COM O USO Economia da Escassez COMPETIÇÃOCRIATIVIDADE, CONHECIMENTO, EXPERIÊNCIA Intangível = Infinito MULTIPLICADOS COM O USO Economia da Abundância COLABORAÇÃO Lala Deheinzelin , 2012
  • 26. RESERVA DE VALOR identificado e acessível Riqueza e TANGÍVELEx: Poço de petróleo Economia Tradicional qualidade de Minas de minério vida processo adiciona valor Terras RESERVA DE VALOR identificado e acessível INTANGÍVEL Riqueza e Valores de Marca Economia Criativa qualidade de Diversidade cultural processo adiciona valor vida Conhecimento Experiências Tangível + Intangível MAIOR VALOR Lala Deheinzelin , 2012
  • 27. Economia Criativa: ciclo de geração de valor, que através de etapas onde ocorrem sinergias com outras áreas, ativa e concretiza as reservas de valor/patrimônios intangíveis + Produto Produto Marketing + 4$ 2$ Comunicação + Design Produto ECONOMIA CRIATIVA SÓ É POSSÍVEL ATRAVÉS DE AÇÃO INTEGRADA 8$ ESTA É A SUA NATUREZA Produto + $ Distribuidor
  • 28. ECONOMIA ECONOMIA DO ESPECULATIVA CUIDAR exógeno endógeno ECONOMIA CRIATIVA Economia cujo valor é criado a partir de recursos intangíveis : cultura, conhecimento, experiência , design, atributos,marca , reputação. pesquisa É uma chave para todo tipo de empreendimento CIDADES E TERRITÓRIOS CRIATIVOS (abordagem territorial ) INDÚSTRIA CRIATIVA Artes + Indústria Conteúdo + Serviços Criativos ARTES (o que chamamos “cultura”)Lala Deheinzelin , 2012
  • 29. P&D, Design Cultura e Mídia Consultoria Software Serviços de Internet Mercado Editorial ConsultoriaInformatização dos Serviços Museus Pesquisa de Mercado Artes e Artesanato Televisão, Difusão, Filmes e Convenções e ExposiçõesPesquisa & Desenvolvimento Audiovisual Consultoria em segurança Publicidade Literatura e Serviços ligados à Seguros Propriedade Intelectual Artes performáticas Serviços de Inovação e Tecnologia Serviços ligados à Arte e Cultura Arquitetura e Moda e Estilo de VidaPlanejamento Urbano Serviços De Beleza Serviços de Casamento/ Festas Indústrias Criativas Planejamento Urbano Fotografia em Shanghai Decoração Entretenimento em espaços fechados Lazer e recreação Serviços Turísticos
  • 30. Alguns exemplos, cidades e territórios criativos• Barcelona pós Olimpíada de 1992 : economia criativa representa quase 25% do PIB da cidade• Nova Órleans : política prioritária de recuperação e desenvolvimento do estado, após a catástrofe do Katrina.• Colômbia: priorizar os intangíveis – educação e cultura – foi a maneira que o país encontrou para as questões de violência e drogas. Medellín e Bogotá são referência internacionais, investindo 40% de seus orçamentos em cultura e educação.• China – prioridade estratégica
  • 31. Economia Criativa – Intangíveis RECURSOS QUE SE RENOVAM E MULTIPLICAM COM O USOTem maior Potencial de Ativação, dinamizam o entorno Resultados Finaceiros + Ambiental ,Social, Cultural PRIORIDADE ESTRATÉGICA E CHAVE PARA A SUSTENTABILIDADE Lala Deheinzelin , 2012
  • 32. CENTRALIDADE DO INTANGÍVEL• O que dá valor ( não apenas financeiro) e diferencia é o Intangível• Muda a noção de valor, patrimônios e resultados• Sustentabilidade só será de fato possível através do foco em negócios que se apoiem em recursos intangíveis Lala Deheinzelin , 2012
  • 33. Por que falamos de futuro ? .... mudança de modelo sociedade em redeLala Deheinzelin , 2012
  • 34. Passado - Centralizado Futuro - Em redeDe poucos para muitos De muitos para muitos• Decisão centralizada • Decisão compartilhada• Setorial • Territorial• Economia de Escala • Economia de Nicho o Especialização o Diversificação• Mídia e Consumo de Massa • Mídia e consumo autoral • Uniformização • Customizado • Induz necessidade • Atende necessidades • Grandes Quantidades • Pequenas quantidades Lala Deheinzelin , 2012
  • 35. Passado - Centralizado Futuro - Em redeDe poucos para muitos De muitos para muitos• Público passivo (consumidor) • Público co-criador ( prosumer) • Comum, sem risco • Inovador• Público vem até nós • Vamos até o público • Instalações custosas • Sustentável, aproveita estruturas pré existentes • Concentrado em centros • Mais acessível• Ter • Usar• Moeda Única • Multi moedas• Competição • Colaboração
  • 36. Mas... Sustentabilidade como? Lala Deheinzelin , 2012
  • 37. Rede e Movimento Fora Do Eixohttp://www.foradoeixo.org.br/Time: 19-28 anos27 estados do Brasil120 coletivos200 festivais independentes5.000 eventos realizados em 2010Simulacros re-significandoUniversidade Fora do EixoBanco – Moedas + Banco de HorasPartido – PcultMídia -Música, Literatura, Teatro, Cinema,Poéticas Visuais, Ambiente,Software Livre; Distribuição;
  • 38. 4 Pilares de uma Economia da Abundância Lala Deheinzelin , 2012
  • 39. COLABORATIVO, REDES RIQUEZA Do Ter ao Usar chave: ampliar MULTIDIMENSIONAL 4DNovos modelos de negócios conceito e Patrimônios Sociais, indicadores de e organização humana riqueza Culturais, Econômicos, Ambientais 4D intangíveis + novas tecnologias resultam em 4 PILARES DE UMA ECONOMIA NOVAS TECNOLOGIAS DA PATRIMÔNIOS ABUNDÂNCIA Mundos virtuais INTANGÍVEIS Excedente Cognitivo Diversidade Cultural Descentralização Experiência tornam-se visíveis e Ativos Intangíveis operacionais graças a Lala Deheinzelin , 2012
  • 40. 4 PILARES DE UMA ECONOMIA DA PATRIMÔNIOSABUNDÂNCIA INTANGÍVEIS Diversidade Cultural Experiência Ativos Intangíveis Lala Deheinzelin , 2012
  • 41. DIFERENCIAL POR ATIVOS INTANGÍVEISExemplo: NATURAValor do sabonete: 10x mais... Lala Deheinzelin , 2012
  • 42. TRANSFORMAR PROBLEMAS EM SOLUÇÕES Barbacena, Minas GeraisCidade estigmatizada por ter um enorme manicômio Lala Deheinzelin , 2012
  • 43. Valor agregado por intangíveisMatéria Prima :Grão de Café : US$ 0, 1Produto:Pó de Café:US$ 0, 3A qualidade Da EXPERIÊNCIAmuda o valorServiço:Na lanchonete: US$ 1Experiência:No restaurante 5 * : US$ 5No Café Florian, Praça São Marcos, Veneza: US$ 15Diversidade é a chave . Lala Deheinzelin , 2012
  • 44. Cabaceiras, Paraíba“Problemas” transformados em solução Seca – bom pra filmagens Atraso – cidade cenário Lala Deheinzelin , 2012
  • 45. Produtos e Serviços hoje: experiências Lala Deheinzelin , 2012
  • 46. Pilar 1 : Intangíveis• Diversidade cultural: base para produtos, processo, marcas diferenciadas e valorizadas. Base para inovação, inteligência funcional• Valor estará em experiências diferenciadas - e diversasexperiências.• Economia de Nicho: diversidade + experiência resultam em muitas oportunidades de nichos – diversificação Lala Deheinzelin , 2012
  • 47. 4 PILARES DE UMA ECONOMIANOVAS TECNOLOGIAS DA PATRIMÔNIOS ABUNDÂNCIA Mundos virtuais INTANGÍVEIS Excedente Cognitivo Diversidade Cultural Descentralização Experiência tornam-se visíveis e Ativos Intangíveis operacionais graças a Lala Deheinzelin , 2012
  • 48. DESTERRITORIALIZADO • Posso levar meu “software”para qualquer lugar • Trabalho remoto • “Multi-pluri-trans” • Produção on demand • Parceiros locais
  • 49. EXCEDENTE COGNITIVO, Clay Shirky, A cultura da Participação WIKIPEDIA = 100 milhões de horas !!! = comerciais na TV nos EUA em um fim de semana... Mundo: 1 trilhão de horas /ano na TV !!!Imagine tudo o que podemos fazer com essas horas de “excedente cognitivo” ? Democracia real – movimentos descentralizados Lala Deheinzelin , 2012
  • 50. Ex:Transparência Hacker e Cruzalinhas Lala Deheinzelin , 2012
  • 51. Ex:Transparência Hacker e Cruzalinhas Lala Deheinzelin , 2012
  • 52. Pilar 2 : Novas Tecnologias• Mundo físico é um e finito. Mundos virtuais são muitos e infinitos.• Mudança mais rápida, requer agilidade ( atenção! fraldas de cavalo...).• Possibilidade de criar junto, reconhecer e usar o conhecimento e criatividade de colaboradores e consumidores. Lala Deheinzelin , 2012
  • 53. Para Ganhar Tempo.... Para ganhar Tudo... TEMPOúnico recurso não renovável Colaboração Produção Colaborativa Novos Modelos Novas Tecnologias Lala Deheinzelin , 2012
  • 54. COLABORATIVO, REDES Do Ter ao UsarNovos modelos de negócios e organização humana intangíveis + novas tecnologias resultam em 4 PILARES DE UMA ECONOMIA NOVAS TECNOLOGIAS DA PATRIMÔNIOS ABUNDÂNCIA Mundos virtuais INTANGÍVEIS Excedente Cognitivo Diversidade Cultural Descentralização Experiência tornam-se visíveis e Ativos Intangíveis operacionais graças a Lala Deheinzelin , 2012
  • 55. Formas de organização colaborativasFeiras, compras de material equipamentos, divulgação Lala Deheinzelin , 2012
  • 56. Carro ultra veloz e seguro, que faz 100 milhas por litro, criado em 3 meses por 8 pessoas de quatro países diferentes Pode ser feito com impressoras 3D custo ao redor de U$ 20.000
  • 57. Do TER, ao USAR Compartilhar o excedente de tempo, espaços,objetos, habilidades.Usar estruturas pré - existentes www.meshing.it Lala Deheinzelin , 2012
  • 58. Inventar mídias sustentáveis Jornal Cultural em Saco de pão• Otimiza recursos• Cria novos veículos• Gera novos públicos Lala Deheinzelin , 2012
  • 59. Novos negócios “software”: usam estruturas ou materiais existentes e entram com a “inteligência” www.meshing.it Negócios Mesh = Trama Do ter, ao usar Arvores de Natal, Casas em Férias Uso compartilhado de automóveis Lala Deheinzelin , 2012
  • 60. Grupos ( música, teatro e dança) seapresentam e em troca recebemprodutos para difusão de seutrabalho feito em oficinas:Sitios webFolhetosDiscosAnúnciosOs discos são gravados durante oshow, os alunos fazem o impresso e arede de distribuidores informaisdistribui em bicicletas pela cidadeonde está sendo feita a oficina
  • 61. Produtora Colaborativa, Pedro Jatobá, Instituto Intercidadaniahttp://www.iteia.org.br/videos/pedro-jatoba-explica-a-produtora-cultural-na-expoidea
  • 62. Infinito 3 : Novos Modelos Colaborativos• Foco em intangíveis permite compartilharo “hard” ( espaços e equipamentos) e diferenciado-se pelo “soft” (marca, design, reputação, etc)• Colaboração requer outra estrutura interna, sistêmica e não compartimentada e maior participação de Comunicação e RH• Colaboração requer outro tipo de profissional – multidisciplinar, criativo, pró-ativo Lala Deheinzelin , 2012
  • 63. O QUE FALTA PARA QUETUDO ISSO SEJA POSSÍVEL?Ter outras maneiras de medir resultado e valor .... e parar de fazer canja com galinhas de ovos de ouro! Lala Deheinzelin , 2012
  • 64. COLABORATIVO, REDES RIQUEZA Do Ter ao Usar chave: ampliar MULTIDIMENSIONAL 4DNovos modelos de negócios conceito e Patrimônios Sociais, indicadores de e organização humana riqueza Culturais, Econômicos, Ambientais 4D intangíveis + novas tecnologias resultam em 4 PILARES DE UMA ECONOMIA NOVAS TECNOLOGIAS DA PATRIMÔNIOS ABUNDÂNCIA Mundos virtuais INTANGÍVEIS Excedente Cognitivo Diversidade Cultural Descentralização Experiência tornam-se visíveis e Ativos Intangíveis operacionais graças a Lala Deheinzelin , 2012
  • 65. Para não “medir litros com régua...” RECURSOS RESULTADOS MOEDAS MÉTRICAS 4D econômico + ambiental + cultural + social Lala Deheinzelin , 2012
  • 66. SÓCIO - POLÍTICA Direitos + Governabilidade Intangível 4 Ambiental Financeiro dimensões ECONOMIA 4DTECHNO - NATURAL da vida ECONOMIA MONETÁRIA + SOLIDÁRIA 4D Tangível SIMBÓLICO - CULTURAL Conhecimento + Cultura Lala Deheinzelin , 2012
  • 67. SÓCIO - POLÍTICA DIREITOS + GOVERNABILIDADE Conexões, contatos, acesso Representação política Reputação, visibilidade Institucionalidade Articulação/alianças FINANCEIRA AMBIENTAL Ação MONETÁRIA + SOLIDÁRIA TECHNO - NATURAL coordenada Investimento Bio diversidade, natureza Financiamento, Crédito Matérias primas e resíduos RECURSOS Mercados/ distribuição Corpo e saúde 4D Moedas complementaresEspaços, estrutura, equipamentos Permutas História Voluntariado, Saberes e Fazeres Banco de horas Conhecimento formal Atributos de marca Linguagens artísticas Tecnologias “Soft” SIMBÓLICO - CULTURAL CONHECIMENTO + CULTURA
  • 68. matriz deixo para 4D o FUTURO Valor: Patrimônios 4D + ou - Impactos 4D Sustentabilidade 4 D + Economia 4D + recebo do gero no PASSADO PRESENTE Recursos 4D Resultados 4 D Soma é = Soma é = Patrimônios 4D Impactos 4D
  • 69. SÓCIO - POLÍTICA DIREITOS + GOVERNABILIDADE REPUTAÇÃO –6 AMBIENTALTECHNO - NATURAL FINANCEIRA RESULTADOS MONETÁRIA + SOLIDÁRIA 4DAPROVEITAMENTO 8-4-5+2= VENDASESPAÇOS OCIOSOS -5 -1 +8 SIMBÓLICO - CULTURAL CONHECIMENTO + CULTURA GESTÃO DE CONHECIMENTO +2
  • 70. Pilar 4: VALOR 4D• Tangibilizar o intangível, para revelar o VALOR• Banco gera Valor = Intangíveis geram Valor• Mudar maneiras de “medir”, com “réguas” adequadas ( métricas para o tangível não servem ao intangível )• Considerar Objetivo, Processo, Recursos, Resultado e Valor 4D, nas 4 dimensões da sustentabilidade.
  • 71. SER ou ESTAR, eis a questão... SOMOS ricos...Por que não ESTAMOS ricos? Lala Deheinzelin , 2012
  • 72. CONFIANÇACAPITAL SOCIAL COLABORAR Lala Deheinzelin , 2012
  • 73. para baixar: criefuturos.com e desejavelmundo novo.com Lala Deheinzelin , 2012
  • 74. REDES, PARA QUÊ? SEREMOS NÓS OSISTEMA NERVOSO DE GAIA?
  • 75. MUNDO no século XXI: Um outro mundo é possível: Temos recursos,conhecimento e pessoas !!
  • 76. OBRIGADA !www.laladeheinzelin.com.br vídeo artigos publicacões Lala Deheinzelinlala@enthusiasmo.com.br