Your SlideShare is downloading. ×
Crescimento e desigualdades
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Crescimento e desigualdades

7,075
views

Published on


1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,075
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
87
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. População MundialCRESCIMENTO E DESIGUALDADES
  • 2. A distribuição da população mundial  A população mundial não está distribuída de modo uniforme no planeta. TABELA1008060 Além de fatores físicos, os históricos40 e econômicos.20 0 clima zonas costeiras, com climas frio, áridas, equatoriais amenos, ao redo dos úmidas cobertas por grandes rios do emisfério florestas e montanhosas. norte...
  • 3. A distribuição da populaçãomundial De acordo com dados divulgados em 2010 pelo Fundo de População das Nações Unidas (Fnuap), a população mundial atingiu a marca de 6,908 bilhões de habitantes. Esse total se encontra disperso pelo planeta de forma irregular, isso quer dizer que em determinados lugares há uma enorme concentração populacional enquanto outros são pouco povoados. Nesse sentido, o continente mais populoso é a Ásia que responde por cerca de 60% do total da população mundial, somente a China, a Índia e a Indonésia representam um elevado contingente, cerca de 2,8 bilhões de habitantes. Por outro lado, a Oceania responde por apenas 0,5% da população mundial.
  • 4. A distribuição populacional de acordocom cada continente: Ásia: 4,1 bilhões de habitantes, que representam 60% da população mundial.
  • 5. A distribuição populacional de acordocom cada continente: América: 934,3 milhões de habitantes, que respondem por 13,5% do total da população.
  • 6. A distribuição populacional de acordocom cada continente: África: 1,031 bilhão de habitantes, que correspondem a 14,9% da população mundial.
  • 7. A distribuição populacional de acordocom cada continente: Europa: 749,6 milhões de habitantes, que representam 10,9% do total da população do planeta.
  • 8. A distribuição populacional de acordocom cada continente: Oceania: 37,1 milhões de habitantes, que respondem por 0,5% do contingente populacional mundial.
  • 9. O crescimento da população mundial
  • 10. Durante períodos da história da humanidade, como na Idade Média, guerras e epidemias foram os principais fatores da baixa de crescimento demográfico.Deste modo, até o séculoXVIII a população mundialcresceu em ritmo moderado,embora constante.
  • 11. Aceleração no crescimento da populaçãomundial a partir do século XIX.
  • 12. Após a Segunda Guerra Mundial, novasdescobertas na área da saúde humana (como vaginas, antibióticos etc.) resultaram num aumento repentino e elevado da população mundial que ficou conhecido como explosão demográfica. Na virada para o século XXI o mundo contava com mais de 6 bilhões de habitantes.
  • 13. De acordo com a ONU, nos últimos anos oritmo de crescimento da população mundial está diminuindo e, embora deva continuarassim, até 2050 seremos aproximadamente 9,3 bilhões.
  • 14. HOJE JÁ SOMOS MAIS DE 7 BILHÕES
  • 15. QUEM SÃO 7 BILHÕES?
  • 16. O crescimento desigual da população mundial. Os países desenvolvidos e os países em desenvolvimento não têm participação igual no crescimento da população mundial. A taxa de crescimento nos países desenvolvidos esta em torno de 0,2% ao ano, enquanto em países em desenvolvimento ela tem ficado acima de 2% anuais.
  • 17. A dinâmica do crescimento demográfico mundial é muitodesigual. Estima-se que ao longo dos primeiros 50 anos doséculo XXI, a população de alguns países asiáticos, como oAfeganistão e um grande número de nações da porçãosubsaariana da África (comoLibéria, Uganda, Burundi, Chade e Congo), assistirão seucontingente populacional triplicar. Deve-se recordar queestes países estão entre os mais pobres do mundo. Mesmotendo taxas de mortalidade acima da média mundial, ospaíses em questão têm apresentado taxas de natalidadepersistentemente altas. Nesses países, em média, umamulher tem o dobro de filhos do que as mulheres que vivem
  • 18. Cerca de metade do incremento populacionalque ocorrerá até 2050, terá como “responsáveis”nove países: Índia, Paquistão, Nigéria, RepúblicaDemocrática doCongo, Bangladesh, Uganda, EstadosUnidos, Etiópia e China. A surpresa fica por contada presença dos Estados Unidos nesta lista, fatoexplicado pelo alto número de imigrantes que opaís deverá receber ao longo das próximas
  • 19. Populações: perfil interno e disparidade Nos países desenvolvidos, as baixas taxas de fecundidade somadas ao aumento da expectativa de vida vêm elevado a proporção de idosos e reduzindo a de jovens. O envelhecimento da população afeta principalmente países Europeus, gerando uma diminuição rápida e progressiva da população economicamente ativa.
  • 20.  Já os países em desenvolvimento possuem geralmente um maior contingente de jovens, o que representa maiores gastos dos governos com escolarização e construção de moradias, como também a necessidade de criar mas empregos para atender ao maior número de pessoas em busca de um lugar no mercado de trabalho.
  • 21.  Outros índices demográficos que revelam as disparidades entre os blocos de países ricos e pobres são expectativa de vida e mortalidade infantil.
  • 22. Migrações Internacionais
  • 23.  Os fluxos populacionais foram incrementados a partir do desenvolvimento do sistema de transporte (Rodoviário, hidroviário, ferroviário e aéreo) e das telecomunicações, que ofereceram maior mobilidade às pessoas em todo mundo. Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), aproximadamente 175 milhões de pessoas vivem fora do país de origem. Os fluxos populacionais entre países são denominados de migrações internacionais, essas podem ocorrer por atração ou por repulsão, a primeira geralmente acontece quando as pessoas vivem em países nos quais não há boas condições de vida e de trabalho, são atraídas rumo a países desenvolvidos, como Estados Unidos, países da Europa desenvolvida e Japão, a segunda são migrações onde o indivíduo deixa seu país devido a problemas políticos, perseguições, guerras, entre outros.
  • 24.  A maioria das migrações internacionais ocorre pela busca de trabalho, as principais correntes migratórias emergem de Latino- Americanos, Africanos e Asiáticos em direção aos EUA, Europa e Japão. Os trabalhadores migrantes enviam dinheiro para sua terra natal, algumas estimativas revelam que eles movimentam anualmente cerca de 58 bilhões de dólares, o Brasil, por exemplo, recebe anualmente cerca de 2,8 bilhões de dólares enviados por brasileiros que vivem no exterior. Outra modalidade de migração internacional é a de fluxo de refugiados, indivíduos que sofrem perseguições de ordem política, religiosa ou étnica. Na década de 1970, havia cerca de 2,5 milhões de refugiados, hoje esse número chega aos 25 milhões, decorrentes de acontecimentos geopolíticos como: o fim do socialismo, a diminuição de ajudas financeiras e humanitárias e principalmente pela expansão do fundamentalismo Islâmico.
  • 25. CRESCIMENTO E DESIGUALDADE EQUIPE: CAIO ANDERSON BRENDA DENISE ANA LETICIA ATILA HELIOPROFESSORA:PATRICIA