O mundo romano no apogeu do império - 1.ª parte

7,676 views
7,686 views

Published on

O mundo romano no apogeu do império
1.ª parte

0 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
7,676
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,529
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O mundo romano no apogeu do império - 1.ª parte

  1. 1. Cronologia da História de Roma:1)753 a.C. – Fundação lendária da cidade. Início do período de monarquia.2) Finais do séc. VI a 27 a.C. – Período da República.3) 27 a.C. a séc. V d.C. – Época Imperial.4) 476 d.C. – Queda do Império Romano do Ocidente.
  2. 2. Os gémeos Rómulo e Remo. Segundo uma lenda, Rómulo e Remo, filhos do deus Marte eda princesa Rea Silvia, ao nascerem foram atirados ao rio Tibre, sendo salvos por umaloba, que os amamentou até serem recolhidos por um casal de pastores que lhes deu osnomes. Já adultos, no decurso de uma discussão Rómulo assassinou o irmão e fundouacidade à qual deu o seu nome: Roma.
  3. 3. Roma cresceu e tornou-se uma cidade grande e organizada, com bairrosresidenciais, teatros (C), pontes (D), Coliseu (A), Circo Máximo (B), aquedutos,termas, latrinas . As outras cidades do Império copiaram o modelo de Roma.
  4. 4. As Guerras Púnicas consistiram numa série de trêsconflitos que opuseram a República Romana e aRepública de Cartago, cidade-estado fenícia, noperíodo entre 264 a.C. e 146 a.C. Depois de quaseum século de lutas, ao fim das Guerras Púnicas,Cartago foi totalmente destruída e Roma passou adominar o mar Mediterrâneo.
  5. 5. Em 220, a. C., na segunda Guerra Púnica, os Cartagineses de decidem atacarRoma a partir da Península Ibérica. Comandados por Aníbal, 70 mil soldados,centenas de cavalos e dezenas de elefantes atravessam os Alpes pelo sul deFrança e invadiram a Itália. Apesar de várias vitórias, Cipião, general romano,acaba por derrotar Aníbal.
  6. 6. A Gália foi conquistada na sequência de uma série de campanhas de Júlio Césariniciadas em abril de 58 a.C. e finalizadas durante a primavera de 52 a.C.
  7. 7. Vercingetorix rende-se a César
  8. 8. Caio Júlio César (13 de julho, 100 a.C.– 15 demarço de 44 a.C., foi um líder militar e políticoromano.As suas conquistas na Gália estenderam odomínio romano até o oceano Atlântico.No fim da vida, lutou numa guerra civil com afacção conservadora do senado romano, cujolíder era Pompeu. Depois da derrota dosoptimates, tornou-se ditador (no conceitoromano do termo) vitalício e iniciou uma série dereformas administrativas e económicas em Roma.O seu assassínio nos idos de Março de 44 a.C.por um grupo de senadores travou o seu trabalhoe abriu caminho a uma instabilidade política queviria a culminar no fim da República e início doImpério Romano.
  9. 9. • Espalhado por todo o império impunha a paz e a 1. Exército ordem (pax romana). 2. Direito • Conjunto de leis escritas iguais para todo o império. • Rede de estradas modernas que facilitava o 3. Estradas comércio e a deslocação do exército. • Concessão do direito de cidadania a todos os 4. Cidadania homens livres do império. • Língua comum a todo o império (origem das línguas 5. Latim românicas: português, francês, castelhano, italiano e romeno) • O poder do imperador conduziu ao culto imperial:6. Culto imperial era adorado como um deus.
  10. 10. • Espalhado por todo o império impunha a paz e a 1. Exército ordem (pax romana). 2. Direito • Conjunto de leis escritas iguais para todo o império. • Rede de estradas modernas que facilitava o 3. Estradas comércio e a deslocação do exército. • Concessão do direito de cidadania a todos os 4. Cidadania homens livres do império. • Língua comum a todo o império (origem das línguas 5. Latim românicas: português, francês, castelhano, italiano e romeno) • O poder do imperador conduziu ao culto imperial:6. Culto imperial era adorado como um deus.
  11. 11. As estradas eram muito importantes:a) Facilitavam o governo e a administração, com a deslocação defuncionários;b) Reforçavam a segurança e a ordem, possibilitando a deslocaçãomais rápida do Exército;c) Facilitavam a economia, com a melhor circulação de comerciantese mercadorias.
  12. 12. Os romanos construíram mais de 350 vias, 29 das quais partiam de Roma. Oconjunto atingiu uma extensão de 100 000 km, ou seja, duas vezes e meiauma volta à Terra.
  13. 13. Latim aquam legem populum Português água lei povo Italiano acqua legge populo Francês eau loi peuple Romeno apa lege popor Castelhano agua ley puebloA expansão romana impôs a mesma língua – o latim – a dezenas de povosdiferentes, possibilitando a comunicação entre eles.O latim originou as modernas línguas latinas, como o português, o castelhano, ocatalão, o francês, o italiano e o romeno.
  14. 14. Imperador Caracala (188-217 d.C.) estabeleceu aigualdade de direitos edeveres para todos oshomens livres do Império(Édito de Caracala, 212 d. C.)
  15. 15. Octávio César Augusto,1.º imperador romano
  16. 16. Urbana Comercial Monetária• As cidades são • Intensificação das • O crescimento do centros de comércio trocas comerciais comércio intensifica e artesanato, e entre as várias a circulação da também o centro da províncias do moeda. vida política. Império que Existiam em todo o possuíam recursos império c. 4000 diferentes. cidades.
  17. 17. Senadores Cavaleiros NotáveisOs mais ricos e Ricos comerciantes; Também são nobresinfluentes. cargos militares; mas não tão ricosDesempenham os governadores de como os cavaleiroscargos políticos província, juízes. e os senadores.mais importantes. Podem tornar-se senadores.
  18. 18. Plebeus Libertos EscravosPequenos proprietários, Antigos escravos que Prisioneiros resultantescomerciantes e obtiveram a liberdade. das conquistas. Sãoartesãos. Muitas vezes Frequentemente ficam vendidos às famíliastornam-se clientes dos ao serviço do dono ou romanas: mesmo asricos. (Recebem ganham um salário. mais pobres possuíamdinheiro e proteção a um ou vários escravos.troco do voto)

×