Your SlideShare is downloading. ×
0
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Substantivo e adjetivo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Substantivo e adjetivo

25,782

Published on

pp

pp

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
25,782
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
150
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Nível Morfológico:Estudo das Classes GramaticaisProfessora: Marina F. A. de Almeida
  • 2. Níveis de Análise Fonético / Fonológico Morfológico Sintático Semântico
  • 3. Níveis de AnáliseO professor explicou o conteúdo aos alunos. 1. Fonético: palavra trissílaba, oxítona, dígrafo “ss”, enc. cons. “pr” 2. Morfológico: substantivo comum, simples e concreto 3. Sintático: “O professor” – Sujeito Simples 4. Semântico: aquele que ensina uma ciência ou arte, mestre
  • 4. Classes Gramaticais ou Classesde Palavras:o Substantivoo Adjetivoo Artigo Grupo Nominalo Pronome Ex: As duas meninas inteligenteso Numeralo Verbo Grupo Verbalo Advérbio Ex: Escrevia muito bemo Preposiçãoo Conjunção Grupo Relacionalo Interjeição Ex: Ele pensou em você
  • 5. Grupo Nominal Adjetivo (interessante)Artigo SUBSTANTIVO Pronome(o / um) (livro) (esse) Numeral (três)
  • 6. 1. Substantivo Função: nomear seres, qualidades, ações ou estados.
  • 7. Como percebemos, dentro da classe dossubstantivos há subclassesOs substantivos podem ser:3) Comuns ou Próprios4) Simples ou Compostos5) Primitivos ou Derivados6) Concretos ou Abstratos7) Coletivos
  • 8. 1.1 Substantivos Comuns X PrópriosSubstantivo Comum: não nomeia um ser emespecífico, mas sim uma classe. Ex: gato, cachorro,televisão, pessoa, cidade, país. Substantivos Comuns > Próprios: O técnico Leão convocouos jogadores.Substantivo Próprio: nomeia um ser particular; oser é referido pelo nome que é propriamente seu,por isso, é escrito com letra maiúscula. Ex: Nina(nome da gata), Totó (nome do cachorro), Sony,Maria, Catanduva, Brasil.Substantivos Próprios > Comuns: Era um judas, a cidade ocondenava.
  • 9. 1.2 Substantivos Simples X CompostosSubstantivos Simples: possuem apenas umradical.Ex: moleque, pé, beijo, flor.Substantivos Compostos: possuem mais de umradical.Ex: pé-de-moleque, beija-flor. Podem vir acompanhados de hífen ou não: guarda-chuva,sambódromo, passatempo, Nossa Senhora (Maria).
  • 10. 1.3 Substantivos Primitivos X Derivados Substantivos Primitivos: são aqueles que dão origem a outras palavras. Ex: pedra, vidro, laranja, livro. Substantivos Derivados: são aqueles que se originam de outras palavras (primitivas). Ex: pedreiro, vidraçaria, laranjada, livraria. Para derivar palavras, usamos prefixos (rever) e sufixos (conhecimento), visando à economia, à concisão: Ex: Local em que se consertam sapatos = sapateiro Local onde se vendem livros = livraria
  • 11. 1.4 Substantivos Concretos X Abstratos Substantivos Concretos: são aqueles que não dependem de outro ser para existirem, têm existência autônoma. Podem sem imaginados. Ex: mesa, cadeira, fada, saci. Substantivo Abstrato: nomeiam ações, estados ou sentimentos. Dependem de algo para existir. Ex: pulo, salto, saudade, alegria, tristeza.
  • 12. A análise do substantivo, todavia, deve ser feitasempre no contexto, na frase, pois um substantivoconcreto pode assumir valor abstrato e vice-versa:O governo incentiva a plantação de café.A plantação de café foi destruída pela tempestade.O amor é o sentimento mais puro.Vem, amor, o jantar está na mesa. Em termos literários, a utilização de concretos nolugar de abstratos é denominada metonímia: Quando surgiram os cabelos brancos, fiquei maiscompreensivo, menos faminto, mais atento às espiritualidades.
  • 13.  Não há limites muito rígidos entre substantivos concretos e abstratos. Há alguns que têm características de ambos.Concretos Abstratos mesa sombra saudade___________________________________________+ concreto + abstrato+ tocar - tocar+ ver - ver+ dar forma - dar forma
  • 14. 1.5 Substantivos Coletivos Substantivos Coletivos: são aqueles que, mesmo estando no singular, transmitem a ideia de agrupamento de seres da mesma espécie.Ex: Elenco: conjunto de artistas Fauna: conjunto de animais de uma região Flora: conjunto de plantas de uma região
  • 15. Vocês acham que pode existir umtexto formado unicamente porsubstantivos, ou, pelo menos, emque a maioria das palavras sejamsubstantivos?
  • 16. Circuito Fechado Ricardo Ramos Chinelos, vaso, descarga. Pia, sabonete. Água.Escova, creme dental, água, espuma, creme debarbear, pincel, espuma, gilete, água, cortina,sabonete, água fria, água quente, toalha. Creme paracabelo, pente. Cueca, camisa, abotoaduras, calça,meias, sapatos, telefone, agenda, copo com lápis,caneta, blocos de notas, espátula, pastas, caixa deentrada, de saída, vaso com plantas, quadros,papéis, cigarro, fósforo. Bandeja, xícara pequena.Cigarro e fósforo. Papéis, telefone, relatórios, cartas,notas, vales, cheques, memorandos, bilhetes,telefone, papéis. Relógio. Mesa, cavalete, cinzeiros,cadeiras, esboços de anúncios, fotos, cigarro, fósforo,bloco de papel, caneta, projetos de filmes, xícara,cartaz, lápis, cigarro, fósforo, quadro-negro, giz,papel. Mictório, pia, água.
  • 17. Circuito Fechado Ricardo RamosTáxi. Mesa, toalha, cadeiras, copos, pratos, talheres,garrafa, guardanapo. xícara. Maço de cigarros,caixa de fósforos. Escova de dentes, pasta, água.Mesa e poltrona, papéis, telefone, revista, copo depapel, cigarro, fósforo, telefone interno, gravata,paletó. Pasta, carro. Poltrona, copo, revista.Quadros. Mesa, cadeiras, pratos, talheres, copos,guardanapos. Xícaras, cigarro e fósforo. Poltrona,livro. Cigarro e fósforo. Televisor, poltrona. Cigarroe fósforo. Abotoaduras, camisa, sapatos, meias,calça, cueca, pijama, espuma, água. Chinelos.Coberta, cama, travesseiro. http://www.youtube.com/watch?v=wtL9ZCR8uEg
  • 18. 2. O que é flexão? Flexão tem a ver com:  Dobrar  Curvar  Modificar, alterar ou variar o estado inicial. O substantivo é uma classe variável?
  • 19. O substantivo é uma classe que sofre flexão ou que é uma classe variável, ou seja, ela se altera, varia de seu estado inicial. A flexão do substantivo pode se dar de três maneiras: > Flexão de Gênero (Masculino / Feminino) garoto – garota > Flexão de Número (Singular / Plural) garoto – garotos > Flexão de Grau (Aumentativo / Diminutivo) garoto – garotinho – garotão
  • 20. 2.1 Gênero
  • 21. Gênero – Alterações Semânticas o cabeça (líder) – a cabeça (membro) o capital (valor) – a capital (cidade) o grama (unidade) – a grama (vegetação) o moral (ânimo) – a moral (regras de conduta)IMPORTANTE:Masculinos: o açúcar, o apêndice, o avestruz, o champanhe, o dó, o eclipse, o guaraná.Femininos: a alface, a apendicite, a cal, a cólera, a ênfase, a sentinela, a mascote.
  • 22. 2.2 Número A maior parte dos substantivos forma o plural com o acréscimo daletra -s. Observe: camiseta – camisetas Entretanto, o modo de formar o plural pode variar, dependendo daterminação das palavras. Veja: substantivos terminados em -r, -s ou -z = acrescenta-se -es: colar –colares substantivos terminados em -l, precedidos de a, e, o e u = substitui-se o -l por -is: canal – canais substantivos terminados em -ão = substitui-se -ão por -ãos, -ães ou-ões: mão – mãos, alemão – alemães, ação – ações substantivos paroxítonos terminados em -s e -x = são invariáveis: opires – os pires, o tórax – os tórax
  • 23. Número – Alterações Semânticas vergonha (sentimento) – vergonhas (órgão sexual) cobre (metal) – cobres (moeda) saudade (sentimento) – saudades (lembranças)IMPORTANTE:os Alpes, as algemas, os Andes, os óculos, os parabéns, os pêsames, a reticências. Só são usados no PLURAL
  • 24. 2.1 Grau
  • 25. 3. Adjetivo Função: atribuir propriedade ao ser, exprimindo aparência, modo de ser ou qualidade.
  • 26. Flexão do Adjetivo A flexão do adjetivo pode se dar de três maneiras: > Flexão de Gênero (Masculino / Feminino) bonito – bonita > Flexão de Número (Singular / Plural) regular – regulares > Flexão de Grau (Comparativo / Superlativo) João é mais bonito que José. João é o mais bonito da sala.
  • 27. 3.1 Gênero Uniformes: única forma pra o dois gêneros.Ex: céu azul – malha azul. Biformes: uma forma para cada gênero.Ex: homem nu – mulher nua.Regra geral:o ∕a: belo∕belaeu ∕eia: europeu∕europeia (exceção judeu ∕judia)eu ∕oa: tabaréu ∕tabaroa (caipira)ão ∕ã: cristão ∕cristãão ∕ona: chorão ∕chorona
  • 28. São invariáveis: Adjetivos terminados em e, l, z, m: forte, amável, capaz (exceção bom ∕boa). Adjetivos hindu, cortês, melhor, maior, menor, interior, pior. Adjetivos pátrios terminados em a e ense: belga, cearense.
  • 29. 3.2 Número As regras dos adjetivos simples assemelham-se às dos substantivos.Ex: Meninas ricas. Adjetivos compostos: varia o último elemento. Ex: poesias luso-brasileirasExceção: surdos-mudos, carros verde-abacate, vermelho-sangue, zul-marinho etc.
  • 30. 3.3 Grau Comparativo: expressa uma comparação de:Superioridade: mais do queIgualdade: tão quantoInferioridade: menos do que Superlativo: Intensifica uma característica. Pode ser relativo ou absoluto.
  • 31. Superlativo Relativo do Superioridade: a mais∕o mais.Superlativo Relativo de Inferioridade: a menos ∕o menos.Superlativo Absoluto Sintético: sufixos – íssimo, -érrimo, -ílimo.Superlativo Absoluto Analítico: advérbio de intensidade + adjetivo.
  • 32. Locução Adjetiva Expressão formada de preposição + substantivo, que tem valor de adjetivo.Ex: A blusa é cor de vinho
  • 33. Aspectos Semânticos Dependendo da posição em relação ao substantivo, o adjetivo pode mudar o significado.Ex: O falso filósofo encontrou um filósofo falso. não era mentiroso A mudança da classe gramatical provoc a mudança de sentido.Ex: Nos desfiles de moda, o bonito é caro. substantivo

×