Your SlideShare is downloading. ×
Resposta inata
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Resposta inata

48,620
views

Published on

Aula Teórica Imunologia I - ICS 045 - Resposta inata

Aula Teórica Imunologia I - ICS 045 - Resposta inata

Published in: Health & Medicine

1 Comment
8 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
48,620
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
485
Comments
1
Likes
8
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Imunidade Inata Lucas P Carvalho Instituto de Ciências da Saúde /Serviço de Imunologia - C-HUPES Universidade Federal da Bahia
  • 2. Cluster of Differentiation• CD1- APC• CD3 - T cells and NKT cells• CD4 - TCD4 e monocytes• CD8 - TCD4 e NK• CD14 - Monocytes and DC• CD16 - NK cells, NKT cells and monocytes• CD19 - B cells• CD45RA - Naïve T cells• CD45RO - Memory T cells• CD56- NK cells and NKT cells• …
  • 3. Imunidade Inata• A imunidade inata é responsável pela resposta imune inicial que previne a infecção do hospedeiro e pode muitas vezes eliminar o patógeno.
  • 4. Característica Inata AdaptativaEspecificidade Estruturas comuns Antígenos presentes em microbianos e não diversos microbianos microorganismosDiversidade Limitada Extensa, receptores são produzidos por recombinações de segmentos gênicosMemória Não SimNão reatividade Sim Simao próprio
  • 5. Estágios de penetração de microrganismos nos tecidosAderência ao epitélio Infecção local Disseminação linfática Imunidade adaptativa CD8 CD8 M! M! Th1 N Th1 B B EO EO Th2 Th2 EO EO Barreira mecânica, mecânica, Fagócitos, Fagócitos, Anticorpos, química e biológica proteínas de fase aguda, celulas APC migram Citocinas (Celulas T) complemento e ativação para linfonodos, RI Citotoxicidade de células gd, células NK adaptativa iniciada (0 a 96 horas) (> 96 horas)
  • 6. Funções da Imunidade Inata• Eliminação direta de patógenos.• Estimulação da resposta imune adaptativa, tendo influência direta na magnitude da resposta adaptativa. – Apresentação antigênica, moléculas co-estimulatórias (CD80, CD86, CD40), IL-12, IFN-gamma…
  • 7. Mecanismos de Defesa Relacionados com a Resposta Imune InataI. Barreiras Naturais: Pele, Mucosas, pH.II. Proteínas Efetoras Circulantes :Complemento- recrutamento celular, lise de bactérias e vírus.Proteína C Reativa - opsonização e produção de citocinas.III. Células :Neutrófilos, fagócitos mononucleares - fagocitose e destruição debactérias, vírus,fungos e protozoários.Eosinófilos, Basófilos / Mastócitos - inflamação, aumento dapermeabilidade vascular e destruição de helmintos.Células NK - resposta imune contra vírus e bactérias intracelulares.
  • 8. Componentes da Imunidade Inata
  • 9. Células da imunidade inata
  • 10. Células da resposta imune inataCélulas Principais Funções Neutrófilos Fagocitose e destruição de patógeno. Fagócitos Fagocitose e destruição de patógeno, secreção mononucleares de citocinas e quimiocinas que pró- inflamatórias Células NK Lise de células infectadas, ativação de macrófagos.
  • 11. Células NK- “natural killer”• Elimina células infectadas com baixa expressão de MHC classe I.• Defesa contra infecções virais.• Secretam IFN-γ, principal citocina ativadora de macrófagos para destruírem microorganismos fagocitados.
  • 12. Neutrófilos Principal tipo de célula mediadora de respostas inflamatórias agudas as infecções bacterianas.Os grânulos específicos dos neutrófilos possuem enzimas como lisozima, colagenase e elastase. Macrófagos Células fagocíticas derivadas de monócitos, desempenham papéis importantes nas respostas imunes inatas e de adaptativas.
  • 13. Monocytes phenotype CD14++ 80 - 90% CD14+ CD16+MCH II++ 10 - 20%TNF-alpha++ CD16 Pro-inflammatory CD14 • Rheumatoid arthritis • Sepsis
  • 14. High frequency of pro-inflammatory monocytes in tegumentary leishmaniasis patients Controles sadios Pacientes com LC CD16CD16 100 p<0.05 CD14 CD14 p=0.0003 75 50 25 0 UC CL ML
  • 15. Células Dendíticas• Mielóides - secretoras de IL-12.• Plasmocitóides - expressão aumentada de TLR7 e TLR9; secretam altos níveis de IFN-alpha.
  • 16. Mecanismos de defesarelacionados com a resposta imune inata
  • 17. Mecanismos de Defesa Relacionados com a Resposta Imune InataCitocinas: Interferon α/β/λ - infecções virais. IL-12, IFN-γ - infecções por agentes intracelulares. IL-1, IL-6, TNF-α, IL-4 - infecções por bactérias extra-celulares,protozoários e helmintos.Quimiocinas: IL-8, CXCL9, CCL3, CCL4…Outros:Proteina C reativa, complemento…
  • 18. Componentes da Resposta Imune InataComponentes Principais FunçõesProteínas Efetoras Circulantes Complemento Destruição de patógeno, opsonização, recrutamento celular. Citocinas TNF-α, IL-1, quimiocinas Inflamação IFN-α, β Resistência a infecção viral IFN-γ Ativação de macrófago IL-12 Produção de IFN-γ por células NK e células T IL-15 Proliferação de células NK e células T IL-10 , TGF-β Controle da Inflamação
  • 19. Quimiocinas• São produzidas por leucócitos, células endoteliais, células epiteliais e fibroblastos.• Múltiplas ações e ações sobrepostas.• Atuam através de receptores: um receptor pode interagir com diferentes quimiocinas, e uma quimiocina pode se ligar a deferentes receptores.
  • 20. PAMP - Padrão Molecular Associado a Patógenos- As membranas dos microorganismos apresentam umaestrutura molecular com padrão repetido.- O sistema imune inato reconhece estes patógenos por meio dereceptores que se ligam a padrão de estrutura regular(reconhecimento de padrão de moléculas associado a patógeno).- Na maioria das vezes o reconhecimento do patógeno ediscriminação do que é próprio é devido ao reconhecimento decertos resíduos de açúcares que são documentados em micróbiospatogênicos e não em células do hospedeiro.
  • 21. PRR - Receptores reconhecedores de patógenos• TLRs - Toll-like receptors, proteinas transmembrana de superfície ou intracelular.• NLRs - NOD-like receptors, proteínas intracelulares que reconhecem moléculas no citoplasma.• RLRs - Helicases presentes no citosol que reconhecem partículas virais.• Manose receptor - C-type lectinas que reconhecem carboidratos.
  • 22. Toll-like receptors
  • 23. TLR
  • 24. Ativação de células dendríticas Class II CD80 CD86 35 19 15 DC 50 29 36DC + LPS DC ± LPS Flow cytometry 18h Gated on CD11c+
  • 25. Ativação de células dendríticas DC LPS IL-12 TNF-alphaDC ± LPS Flow cytometry 18h Gated on CD11c+