• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Citocinas da imunidade inata e adquirida
 

Citocinas da imunidade inata e adquirida

on

  • 50,177 views

Aula teórica de Imunologia ICS 045 - UFBA - Citocinas da imunidade inata e adquirida

Aula teórica de Imunologia ICS 045 - UFBA - Citocinas da imunidade inata e adquirida

Statistics

Views

Total Views
50,177
Views on SlideShare
49,789
Embed Views
388

Actions

Likes
5
Downloads
680
Comments
2

4 Embeds 388

http://www.slideshare.net 263
http://www.labimuno.org.br 113
http://webcache.googleusercontent.com 7
http://us-w1.rockmelt.com 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Parabéns.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Ótimos Materiais. Parabéns a todos os colaboradores.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Citocinas da imunidade inata e adquirida Citocinas da imunidade inata e adquirida Presentation Transcript

    • CITOCINAS 18/04/07 A 24/04/07
    • CITOCINAS Substâncias secretadas pelas células do Sistema Imune que têm como função mediar as funções do Sistema Imunológico, servindo também como mecanismo de comunicação entre as células
    • PROPRIEDADES GERAIS DAS CITOCINAS
      • A produção de citocinas é rápida e autolimitada
      • Suas ações podem ser locais ou sistêmicas
      • Podem agir na mesma célula que a produziu ou em outras
      • Para agir, ligam-se a receptores específicos na membrana das células-alvo. A expressão desses receptores tb é regulada por outras citocinas
      • A resposta à ação das citocinas ocorre como uma expressão de genes nas células-alvo, resultando na produção de novas moléculas, novas funções e até mesmo na proliferação destas.
    • PROPRIEDADES GERAIS DAS CITOCINAS Pleiotropismo Quando uma citocina tem diferentes ações em diferentes tipos celulares
    • PROPRIEDADES GERAIS DAS CITOCINAS Redundância Quando diferentes citocinas possuem um mesmo efeito sobre determinado tipo celular
    • PROPRIEDADES GERAIS DAS CITOCINAS Sinergia Duas ou mais citocinas agem em conjunto para Induzir determinada função na células
    • PROPRIEDADES GERAIS DAS CITOCINAS Antagonismo Duas ou mais citocinas possuem efeitos Contrários entre si em determinado tipo celular
    • CATEGORIAS DE CITOCINAS
      • Mediadores e reguladores da Imunidade Inata
      • Mediadores e Reguladores da Imunidade Adquirida
      • Estimuladores da Hematopoiese
    • COMPARAÇÃO CITOCINAS DA RI INATA X RI ADQUIRIDA
    • Citocinas da Resposta Imune Inata
    • TNF-alpha (Tumor necrosis factor)
      • Principal mediador da resposta inflamatória aguda
      • Produzida por fagócitos mononucleares ativados, NK e mastócitos em resposta a antígenos bacterianos (LPS)
      • Estimulam neutrófilos e monócitos a migrarem para o sítio de infecção
      • Induz a expressão de moléculas de adesão pelas células do endotélio vascular, permitindo assim a migração de células para os tecidos
      • Induz macrófagos e células endoteliais a produzirem quimiocinas
      • Induz a produção de IL-1 por fagócitos momonucleares
    • TNF-alpha (Tumor necrosis factor)
      • Quando produzido em larga escala, em infecções severas, leva a alterações patológicas severas
      • Induz aumento da temperatura corporal no hipotálamo
      • Aumenta a síntese de proteína amilóide A e fibrinogênio pelos hepatócitos (proteínas de fase aguda)
      • Altas quantidades: perda de tônus muscular, bradicardia, trombose vascular, hipoglicemia
    • TNF-alpha (Tumor necrosis factor)
    • IL-1(Interleucina 1)
      • Funciona em conjunto com TNF-a na inflamação
      • Células produtoras: fagócitos mononucleares, neutrófilos, células epiteliais, células endoteliais
      • Sua produção é induzida por moléculas bacterianas (LPS) e por TNF-a.
    • IL-1(Interleucina 1)
      • Mediador da inflamação local – atua sobre endotélio aumentando a expressão de moléculas de adesão.
      • Assim como TNF-a, pode ter efeitos sistêmicos em altas concentrações, como indução de proteínas de fase aguda e febre, mas por si só não causa choque séptico.
    • QUIMIOCINAS
      • Família de citocinas homólogas estruturalmente possuem ação principalmente quimiotática, regulando a migração dos leucócitos para os tecidos.
      • Classificam-se de acordo com sua estrutura molecular: se os resíduos de cisteína que participam das pontes dissulfeto estão juntos (CC)ou separados por n aminoácidos (CX n C)
      • CC atuam principalmente sobre neutrófilos, e CXC atuam sobre monócitos, linfócitos e eosinófilos.
    • QUIMIOCINAS
    • QUIMIOCINAS
      • Recrutam células de defesa para o sítio de infecção – aumenta mobilidade celular e afinidade dos receptores para moléculas de adesão
      • Regulam o trânsito dos linfócitos através dos órgãos linfóides periféricos
      • Envolvidas na linfopoiese e na angiogênese
    • QUIMIOCINAS
      • Recrutam células de defesa para o sítio de infecção – aumenta mobilidade celular e afinidade dos receptores para moléculas de adesão
      • Regulam o trânsito dos linfócitos através dos órgãos linfóides periféricos
      • Envolvidas na linfopoiese e na angiogênese
    • IL-12 (Interleucina 12)
      • Principal mediador da RI Inata a microorganismos intracelulares e a ponte entre o SI Inato e o Adquirido
      • Produzida pelas células dendríticas e macrófagos ativados, em resposta à identificação de antígenos de microorganismos, quando da apresentação destes à linfócitos T auxiliares
    • IL-12 (Interleucina 12)
    • IL-12 (Interleucina 12)
      • Estimula a produção de IFN-gamma pelas células NK e pelos linfócitos T.
      • Estimula a diferenciação de linfócitos T CD4 em células Th1 produtoras de interferon.
      • Aumenta a capacidade citotóxica de células NK e de linfócitos CD8 citotóxicos.
    • INTERFERONS TIPO I
      • Dois tipos principais: IFN-alpha e Interferon-beta
      • Produzidos por fagócitos mononucleares (IFN-a) e fibroblastos (IFN-b em resposta à infecção viral.
      • Agem inibindo a replicação viral e aumentando a expressão de MHC Tipo I, na própria células que o produziu e nas células vizinhas.
    • INTERFERONS TIPO I
    • IL 10 (Interleucina 10)
      • Produzida por macrófagos ativados.
      • Função principal de inibir a atividade dos próprios macrófagos (feedback negativo)
      • Inibe a produção de IL-12 e TNF
      • Inibe a expressão de co-estimuladores e de MHC II nos macrófagos
      • CITOCINA REGULADORA DA R.I.
    • Outras Citocinas de Importância
      • IL-6 – produzida por macrófagos, endotélio e fibroblastos, em resposta a IL-1 e TNF, induz a produção de proteínas de fase aguda e serve de fator de crescimento e estímulo em Linf. B
      • IL-15- produzida por macrófagos, é homóloga a IL-12, promove proliferação de NK, servindo de fator de crescimento para Linf. T CD8
      • IL18- Análoga a IL-1, estimula a produção de IFN pelos Linf. T e NK, indutor da imunidade mediada por células. Produzida por macrófagos.
    • Observe como o SI Inato chama as células de defesa para auxiliá-las a combater as Infecções nos tecidos, e após chamá-las com TNF e IL-1, principalmente, produz IL-12 com intuito de ativar essas células.
    • CITOCINAS DA IMUNIDADE ADQUIRIDA
    •  
    • IL-2
      • Produzida pelos LT CD4, e em menor extensão, pelos LT CD8
      • Sua síntese é induzida pela apresentação de antígenos e por co-estimuladores
      • Responsável pela expansão clonal de linfócitos específicos para o antígeno que está sendo apresentado (mitose)
      • Proliferação e diferenciação de NK
      • Proliferação e expansão de Linf. B
    • IL-2
    • IL-4
      • Produzida por linfócitos subpopulação Th2, mastócitos e basófilos
      • Induz o linfócito B a produzir IgE
      • Estimula Linf. CD4 a se diferenciarem para a subpopulação Th2
      • Serve como fator de crescimento autócrino para Th2
      • Antagoniza os efeitos de IFN-gamma nos macrófagos
    • IL-4
    • IL-5
      • Produzida por Linf. T CD4 subpopulação Th2 e por mastócitos
      • Ativa e estimula o crescimento de eosinófilos, estando então envolvida na imunidade contra helmintos.
      • Estimula o crescimento de Linf. B e induz a produção de IgA.
    • Interferon Gamma
      • Produzida pelos Linf. T CD4 subpopulação Th1, Linf. T CD8, NK
      • Linfócitos secretam IFN-g em resposta a apresentação de antígenos e a IL-12
      • NK secreta IFN-gamma em resposta a reconhecimento de antígenos microbianos e em resposta à estimulação por IL-12
      • PRINCIPAL CITOCINA ESTIMULADORA DE MACRÓFAGOS E DA IMUNIDADE CELULAR
    • Interferon Gamma
    • Interferon Gamma
      • Aumenta a fagocitose, a produção de óxido nítrico e reativos intermediários do oxigênio.
      • Estimula a expressão de MHC Classe I e II, e dos co-estimuladores.
      • Promove a diferenciação de LT CD4 em Th1 efetores e inibe Th2.
      • Induz a produção de anticorpos fixadores do complemento IgG1 e IgG3 em humanos
      • Ativa neutrófilos e aumenta ação citotóxica de NK.
    • Fator de Crescimento e Transformação β (TGF-β)
      • Produzida principalmente por Linf. .T ativados e por macrófagos estimulados
      • Os Linf. T que produzem TGF-b sintetizam também IL-10 e IL-4, os quais agem sinergicamente.
      • Inibe a proliferação e a diferenciação de Linf. T e a ativação de macrófagos – CITOCINA REGULADORA
      • Induz a produção de IgA por Linf. B.
      • Linfotoxina – produzida por LT, é análoga ao TNF-a (sendo tb chamada de TNF-b)
      • Ativa células endoteliais e neutrófilos, servindo de ponte entre a RI Adquirida e a inflamação. Implicada também no desenvolvimento dos órgãos linfóides.
      • IL-13 - Análoga a IL-4, é produzida por LT Th2, e age sobre macrófagos, inibindo sua ativação e fagocitose, sendo antagônica ao IFN-g
    • CITOCINAS HEMATOPOIÉTICAS
      • IL-7 – secretada pelas células estromais da medula óssea, estimula a sobrevivência e a expansão dos precursores da linhagem linfóide.
      • IL-3 – produzida por LTh, atuam sobre os progenitores imaturos da medula, promovendo a expansão das células.
      • GM-CSF (fator estimulador de monócitos e granulócitos) – produzida por LT ativados, macrófagos, células endoteliais e estromais da medula óssea, que atua sobre os progenitores para aumentar a produção de leucócitos, principalmente quando da necessidade de repô-los em processos infecciosos e quando da depleção destes em quimioterapias.
    • CITOCINAS HEMATOPOIÉTICAS
    • CITOCINAS HEMATOPOIÉTICAS