Your SlideShare is downloading. ×
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Anticorpos Função
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Anticorpos Função

55,940

Published on

Aula teorica de imunologia sobre função dos anticorpos

Aula teorica de imunologia sobre função dos anticorpos

Published in: Health & Medicine, Technology
5 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
55,940
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
703
Comments
5
Likes
10
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ANTICORPOS Funções biológicas Camila Azevedo
  • 2. Fragmento de ligação com o antígeno ( Fab ) As regiões variáveis das cadeias pesadas e leves são mostradas em azul e amarelo. As cadeias em vermelho compõem o sítio de ligação, evidenciando os resíduos de aminoácidos, nas regiões determinantes de complementariedade ( CDR ), que fazem contato com o antígeno. Revendo a estrutura ... CDRs V H V L Antígeno Epítopo
  • 3.
    • Fab
      • Ligação com o antígeno específico
      • É constituído de uma cadeia leve e de uma porção da cadeia pesada, ambas possuindo um domínio constante e outro variável
    Funções dos fragmentos dos anticorpos (Fab e Fc)
    • Fc
      • Promove a ação efetora do anticorpo, pois interage com outras células e/ou proteínas do sistema imunológico
  • 4. Isotipos / Alotipos / Idiotipos
    • Isotipos
      • São as diferentes classes de anticorpo ex: IgA, IgD, IgE,IgG e IgM
    • Alotipos
      • São os isotipos de indivíduos diferentes ou espécies diferentes, devido a alterações na cadeia constante
    • Idiotipos
      • São alterações nos domínios variáveis dos anticorpos de mesma classe (especificidade)
  • 5.
    • Neutralização
      • Microrganismo
      • Toxinas
    • Opsonização
    • Citotoxidade celular dependente
    • de anticorpo ( ADCC )
    • Ativação do complemento
    Principais funções dos anticorpos OBS: Para o desencadeamento dessas funções é necessário que os anticorpos estejam ligados a alguma superfície (exceto neutralização) e estejam em dupla pelo menos (exceto a IgM).
  • 6. Neutralização de microrganismos e toxinas *Neutralização é a ligação dos aniticorpos aos microrganismos e/ou toxinas, impedindo a aderência e ação dos mesmos nas células do hospedeiro. ANIMAÇÕES: http://student.ccbcmd.edu/courses/bio141/lecguide/unit5/humoral/abydefense/adherence/blockadhesan.html http://student.ccbcmd.edu/courses/bio141/lecguide/unit5/humoral/abydefense/neutexo/toxin_neut.html
  • 7. Opsonização e fagocitose *Opsonizar é auxiliar o processo de fagocitose pelas células fagocitárias para que os microrganismos sejam destruídos enzimaticamente. ANIMAÇÃO: http://student.ccbcmd.edu/courses/bio141/lecguide/unit5/humoral/abydefense/opsonization/opson_capsule_sum.html
  • 8. ADCC (Citotoxidade celular dependente de anticorpos) *Liberação de perforinas e granzimas que ativam a via das caspases e promovem apoptose da célula infectada. ANIMAÇÃO: http://student.ccbcmd.edu/courses/bio141/lecguide/unit5/humoral/abydefense/adcc/adccanim.html
  • 9. Ativação do sistema complemento (via clássica) Formação do poro na membrana do parasita… ANIMAÇÃO: http://student.ccbcmd.edu/courses/bio141/lecguide/unit4/innate/cytogn.html
  • 10. Classe IgG
    • São os mais abundantes no soro (70-75%)
    • 4 subclasses: IgG1, IgG2, IgG3 e IgG4
    • neutralizam toxinas (todos)
    • Promovem ADCC
    • fazem opsonização (IgG1 e IgG3)
    • fixam a via clássica do complemento (IgG1, IgG2 e IgG3)
    • são os únicos que podem atravessar a placenta (IgG2) em humanos
    (Localização: plasma)
  • 11. Classe IgM
    • Correspondem por cerca de 10% das Ig
    • São os primeiros a serem produzidos na fase aguda de uma infecção
    • Funcionam como receptor de antígenos na superfície dos linfócitos B virgens (naive) na forma monomérica
    • Neutralizam toxinas
    • Fixam a via clássica do complemento
    (Localização: plasma, membrana das cél. B)
  • 12.
    • Correspondem por cerca de 15-20% das Ig do soro
    • neutralizam toxinas
    • Promovem a imunidade das mucosas através do bloqueio da ligação de antígenos (microrganismos)
    Classe IgA (Localização: secreções )
  • 13. Classe IgD
    • Correspondem por menos de 1% das Ig do soro
    • Funcionam como receptor
    • de antígenos na
    • superfície dos linfócitos B
    • virgens (naive)
    (Localização: plasma, membrana das cél. B)
  • 14. Classe IgE
    • Baixa concentração no soro
    • ADCC envolvendo eosinófilos na imunidade contra helmintos
    • Degranulação de mastócitos ocasionando alergias.
    (Localização: membrana de mastócitos e basófilos )
  • 15. A primeira resposta contra um antígeno é fraca e formada principalmente por anticorpos da classe IgM, onde depois de algum tempo ocorre mudança de isotipo e memória imunológica. A resposta secundária é bem mais intensa e composta por anticorpos das classes IgG, IgA ou IgE. A resposta primária e secundária

×