1
nº 02 / 2009www.labceo.uff.br/cip
02
Conselho Editorial
O CIP Journal tem como proposta a
publicação de Resumos Executivos de
artigos científicos pesquisado...
03
O Centro de Inovação e Produtividade - CIP tem a satisfação de apresentar para
a sociedade o CIP Journal, que tem como ...
04
Resumos Executivos
05
Knowledge Management and Process Improvement: A
union of two disciplines
Autores
BURKE, G. D.; HOWARD, W. H.
Journal
Cr...
06
Estes desafios despertaram a necessidade de
desenvolvimento de uma abordagem sistemática
para tratamento de dados e inf...
07
mas como um local propício à discussão da melhoria
dos processos internos da organização. Isso é
importante porque traz...
08
The application of knowledge and continuous learning to
the implementation of collaborative work environments at
Shell
...
09
A pesquisa aponta para os grandes desafios da
indústria de Óleo e Gás, principalmente para a
área do E&P – Exploração e...
10
recorrentes; e
•	 Melhorar a capacidade dos SmartFields.
Cinco elementos compuseram a abordagem de
Aprendizado contínuo...
11
Application of Lean Six Sigma in Oilfield Operations
Autores
BUELL, R. S.;TUMIPSEED, S. P.
Journal
Society of Petroleum...
12
estavam envolvidos nos projetos de melhoria.
Implicações Práticas Advindas da Pesquisa
Outras empresas de petróleo pode...
13
Best Practices in Process Improvement
Autores
DOLAN, T.
Journal
Quality Progress, August 2003
Ano
2005
Proposta Central...
14
é difícil de ser implementada e gera gastos para
empresa. A equipe de melhoria de processos deve
garantir o funcionamen...
15
Business process design by view integration
Autores
MENDLING, J.; SIMON, C.
Journal
Vienna University of Economics and ...
16
e modelo de dados, o que dificulta uma aplicação
direta de
integração de dados para desenho de processos.
Segundo, fora...
17
Value Innovation: The strategic logic of high growth
Autores
KIM, W. C.; MAUBORGNE, R.
Journal
Haward Business Review o...
18
Achados ou Resultados Descobertos pelo
Processo de Pesquisa
O artigo se propõe a estudar inovações de
valor e apresenta...
19
Business Process Management in a Brazilian public
research centre
Autores
SENTANIN, O. F.; et al
Journal
Business proce...
20
foi implementado no centro de pesquisa pública
brasileira e qual nível de maturidade essa prática
possui. Para tanto, b...
21
Evaluation of Metrics Framework for Product and Process
Integrity
Autores
MCKEOWN, K. A.; MCGUIRE, E. G.
Journal
The 33...
22
Quais são as Implicações Práticas
Advindas da Pesquisa?
O artigo mostra que as organizações que tentam
alcançar níveis ...
23
Artigos Científicos
24
Turning Innovative Ideas Into Commercial Equipment: The
Approach at Petrobras
Paulo Sergio R. Alonso, Paulo Sergio Rovi...
25
On the other hand, a program for the development
of new suppliers normally starts within Procurement
area itself, when ...
26
tests of developed concepts and, in case of success,
there is the development of the production line to
manufacture a p...
27
CIP Journal nº 02 / 2009
Disponível em www.labceo.uff.br/cip
area modified the focus of DTM developments. The
primordia...
28
statistical confidence to the bench and field test
results to be performed.
As a basic point that differentiates the TC...
29
CIP Journal nº 02 / 2009
Disponível em www.labceo.uff.br/cip
Table 1 shows the roll of macro indicators or
subindexes:
...
30
CIP Journal nº 02 / 2009
Disponível em www.labceo.uff.br/cip
of the total national suppliers and the remaining,
foreign...
31
The New Deepwater Oil and Gas Province in Brazil: Flow
Assurance and Artificial Lift: Innovations for Jubarte Heavy Oil...
32
Figure 1 – Jubarte Field Location
pack.
Because of the good results obtained, PETROBRAS
decided to declare the field’s ...
33
in the definitive location (Figure 3) with all the wells
connected to it.
Figure 3 – P-34 anchored in location
Reservoi...
3438
CIP Journal nº 02 / 2009
Disponível em www.labceo.uff.br/cip
Figure 4 – Phase 1 Subsea Layout (FPSO P-34)
However, th...
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
CIP Journal 2
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

CIP Journal 2

548 views
474 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
548
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

CIP Journal 2

  1. 1. 1 nº 02 / 2009www.labceo.uff.br/cip
  2. 2. 02 Conselho Editorial O CIP Journal tem como proposta a publicação de Resumos Executivos de artigos científicos pesquisados pelo grupo de pesquisadores do Projeto CIP E&P, de Textos para Discussão da Comunidade Científica e empresarial e artigos científicos inéditos ou não de articulistasconvidadosquerepresentem um avanço efetivo à inovação, produtividade gestão do conhecimento e avaliação de desempenho. Está aberta a trabalhos de áreas afins, embora priorize, em sua política editorial, os seguintes temas, que constituem os núcleos principais de sua abordagem: Inovação, Produtividade, Gestão do Conhecimento e Avaliação de Desempenho. As opiniões expressas nos textos para discussão e nos artigos são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es) que, ao submeterem artigo para publicação do CIP Journal, concordam que o CIP Journal passe a ter os direitos de publicação do artigo, por mídia impressa ou eletrônica. O idioma oficial deste periódico é o Português. No entanto, serão também considerados artigos escritos em Inglês e Espanhol. EDITOR José Rodrigues de Farias Filho Coordenador do Projeto CIP E&P / UFF (TEP) CONSELHO EDITORIAL José Rodrigues de Farias Filho Coordenador do Projeto CIP E&P UFF (TEP) Gilson Brito Alves Lima Coordenador do Projeto CIP E&P UFF (TEP) Luiz Antonio Campagnac Assessoria Internacional - UFF Moacyr Figueiredo UFF (TEP - Rio das Ostras) Ruben H. Gutierrez UFF (TEP) Fernando Vieira UFF (STA) Sergio Mecena UFF (TEP) Débora Herkenhoff Mestranda em Engenharia de Produção UFF Lúcia Rabelo Doutoranda em Engenharia de Produção UFF Nissia Bergiante Doutoranda em Engenharia de Produção UFF Fernanda Treinta Mestranda em Engenharia de Produção UFF Rodrigo Caiado Graduando em Engenharia de Produção UFF Sandro Lordelo Graduando em Engenharia de Produção UFF Fernanda Elvas Graduanda em Engenharia de Produção UFF Felipe Gramacho Graduando em Engenharia Mecânica UFF Política Editorial Realização:
  3. 3. 03 O Centro de Inovação e Produtividade - CIP tem a satisfação de apresentar para a sociedade o CIP Journal, que tem como foco principal veicular pesquisas sobre Inovação e Produtividade dentro de um contexto de Exploração & Produção. A idéia central deste veículo é possibilitar aos pesquisadores nacionais o acesso a um instrumento científico ancorado nas boas práticas da condução de jornais científicos. O CIP Journal se subdivide nas seguintes partes: 1) Resumos Executivos dos Artigos científicos selecionados na fase de exploração bibliográfica; 2) Textos elaborados pelos pesquisadores do CIP com o intuito de provocar a discussão sobre um determinado assunto; e 3) Artigos científicos elaborados por pesquisadores brasileiros, já publicados ou não em congressos, simpósios e demais eventos de cunho técnico e científico. O lançamento do CIP Journal no momento atual de consolidação do Centro de Inovação e Produtividade se faz muito oportuno. Sua importância justifica-se, principalmente, pela ratificação do papel do CIP como um instrumento de reflexão sobre os possíveis caminhos, dentro de um ambiente organizacional, para se promover níveis mais elevados de produtividade atrelados a um controle efetivo dos custos permitindo ganhos significativos de competitividade. Acreditamos que, desta forma, parte deste acréscimo de competitividade se dará pelo foco na Inovação de Valor e esta, sendo praticada pela integração harmônica entre a Universidade e a Empresa. Desta feita, várias ações estão sendo tomadas com este intuito, dentre elas, a de lançar e gerenciar um Jornal científico que acreditamos que seja uma das ações mais relevantes. Assim, ficaremos um pouco mais tranqüilos em sabermos que estamos conseguindo realizar algo em prol do sucesso empresarial brasileiro no sentido de verter, de forma organizada para a sociedade, conhecimento que vise fazer a diferença para os profissionais e, em conseqüência, para as empresas. Conclamamos assim, que os Pesquisadores e os demais Profissionais da indústria encaminhem artigos e textos para a discussão a fim de possibilitarmos um fluxo contínuo de conhecimento para todos. Outro fato da mesma relevância é a garantia do acesso de toda a sociedade aos conteúdos produzidos. Isso será possível em função do CIP Journal ter caráter eletrônico, ser divulgado para todos que se cadastrarem na página eletrônica do CIP, podendo ficar disponível para download na referida página. Enfim, espero que aproveitem a nossa iniciativa e tenham boas experiências a partir da leitura e que esta frutifique com retorno de sugestões para a melhoria do nosso CIP Journal. Boa Leitura! Editorial Sumário 02 ............... Conselho Editorial 02 ............... Política Editorial 03 ............... Editorial 04 ............... Resumos Executivos 23 ............... Artigos Científicos Contatos Centro de Inovação e Produtividade em E&P Praça Nilo Peçanha, 15 - São Domingos - Niterói - Rio de Janeiro - CEP 24.210-260 Tel: 3027-2301 www.labceo.uff.br/cip cip@labceo.uff.br
  4. 4. 04 Resumos Executivos
  5. 5. 05 Knowledge Management and Process Improvement: A union of two disciplines Autores BURKE, G. D.; HOWARD, W. H. Journal Cross Talk: The journal of defense software engineering Ano 2005 Proposta Central do Artigo: O artigo se propõe a apresentar de que forma a melhoria de processos e a gestão de conhecimento podem ser integradas na busca de um melhor desempenho organizacional. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo: Para atingir o objetivo do artigo, os autores apresentam um estudo de caso na Federal Aviation Administration (FAA) dos Estados Unidos. Dentro desse estudo detalham as práticas construídas dentro da organização de modo a unir o projeto de melhoria de processos, já implementado, com uma metodologia de gestão do conhecimento. Na intenção de fundamentar a importância dessas duas metodologias, unidas em um só projeto, os autores realizam uma breve revisão de literatura, abordandoosconceitosdeGestãodoConhecimento e Melhoria de Processos, focando, principalmente, os principais motivos que determinam a adoção dessas práticas pelas organizações. Achados ou resultados descobertos pelo processo de pesquisa: Sob o ponto de vista da segurança nacional e economia, os Estados Unidos têm enfrentado uma série de desafios. Como a FAA controla o espaço aéreo americano através do National Airspace System (NAS), essas questões nacionais o afetam diretamente. Dessa forma, para eles, ser uma organização eficiente e voltada para o futuro, tornou-se essencial. Seus principais desafios eram: • Mercado altamente competitivo; • Reduções nas equipes que geraram a necessidade de substituir o conhecimento informal por métodos formais; • Diminuição do tempo disponível para experimentar e adquirir conhecimento; • Aposentadorias e grande mobilidade da força de trabalho levando a perda de conhecimento organizacional; • Poucosucessonacaptaçãodeconhecimento tácito dos funcionários atuais. Abstract The experience at the Federal Aviation Administration (FAA) shows that process improvement and knowledge management complement each other well. Process improvement helps the organization increase its effectiveness through continuous examination with a view to doing things better. Once processes are documented, roles and responsibilities are readily identified and associated activities are performed. Legacy processes are modified to reflect organizational changes. Knowledge management facilitates communication among organizations, increasing information sharing and utilizing process documentation. This information sharing promotes organizational unity and allows FAA headquarters and regional operations to function efficiently. Palavras-chave (o artigo não possui palavras-chave) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: REVISÃO DA RESENHA: Nissia Bergiante (LabCEO) Fernando Vieira (STA/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Gestão do Conhecimento: Fernando Vieira, Nissia Bergiante e Sandro Lordelo Moacyr (LabCEO)
  6. 6. 06 Estes desafios despertaram a necessidade de desenvolvimento de uma abordagem sistemática para tratamento de dados e informação.Para implementar a Gestão do Conhecimento, a FAA criou uma organização baseada em desempenho, a Air Traffic Organization (ATO). Os diretores dessa organização tinham por objetivo principal definir claramente as necessidades dos clientes, seus serviços e produtos. Para alcançar este objetivo, era preciso quebrar as barreiras de comunicação e compartilhamento de conhecimento. Neste sentido, passou a fazer uso de web sites e portais de modo a manter as informações sempre disponíveis e atualizadas. Além disso, perceberam a necessidade de desenvolver em seus funcionários uma consciência sobre a importância de discutir e comunicar questões concernentes as mais diversas diretorias. Para atender a essa necessidade foram criadas diversas comunidades de prática de melhoria de processos, que buscavam o aumento do desempenho dos processos e o desenvolvimento de mecanismos de compartilhamento de conhecimento entre organizações. Seus principais objetivos eram: • Identificação dos processos que precisavam melhorar custos, cronogramas, e desempenho técnico dentro da FAA; • Identificação e implementação das melhores práticas; • Aceleração de aprendizado; • Compartilhamento das lições aprendidas; • Manutenção e compartilhamento de experiências; • Facilitação da colaboração nas/entre as equipes. As equipes que compunham essas comunidades encontravam-se regularmente para desenvolver planos e definir abordagens para melhoria de processos do projetos que faziam parte. A FAA percebeu que, enquanto a metodologia de melhoria de processos era boa para o planejamento e documentação de processos, a gestão do conhecimento seria essencial para a quebra de barreiras de comunicação e remoção de todo tipo de funil de informação. Isso era importante, na medida em que se notou que, em muitos projetos da FAA, não se conseguia manter todos os benefícios gerados pelas metodologias de melhoria de processos, mesmo quando se alcançava o seu objetivo principal. Com isso, a gestão do conhecimento passou a ocupar posição de destaque quando se buscava a melhoria de processos. Foi então implantado um software colaborativo, ATO-EM Route and Oceanic service unit para armazenar informações e conduzir reuniões de redes. Atualmente, esse espaço virtual possui mais de 8000 membros, incluindo funcionários, empreiteiros e parceiros. Esse número, segundo os autores, tem crescido a uma taxa de 500 usuários/ mês. Na FAA, a união da GC com a melhoria de Processos produziu uma grande mudança cultural. Na tentativa de melhorar seus processos internos, e empregar os conceitos de gestão do conhecimento, a mudança cultural se deu da seguinte forma: Figura 1: Gráfico Melhoria de Processos x Gestão do Conhecimento Essa percepção do impacto da implementação de uma metodologia de GC e Melhoria de Processos na cultura da organização é fundamental para o sucesso do projeto. Uma vez que estas disciplinas dependem, diretamente, da participação ativa dos indivíduos, entendê-los significa combinar suas necessidades às necessidades da organização promovendo, portanto, um ambiente propício às mudanças de ambas as partes. E a essência dessa transformação é sustentada pela cultura organizacional. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico da Pesquisa O estudo de caso apresentado foi realizado dentro da FAA – Federal Aviation Administration, nos EUA, e os seus dois autores são membros dessa organização. Essa proximidade entre os autores e o caso apresentado pode trazer certo enviesamento dos resultados discutidos no artigo. A questão dos resultados seria melhor demonstrada se o embasamento teórico, construído na revisão de literatura,estivessemelhordesenvolvido.Entretanto, ao descrever a aplicação prática, com os exemplos dos projetos implementados pela organização, o artigo traz a luz importantes conceitos e aplicações, que, de fato, contribuem para a pesquisa científica sobre os temas abordados. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa Uma das aplicações mais interessantes que se pode comentar da pesquisa ora apresentada, é o uso das comunidades de prática, não apenas como instrumentos de compartilhamento de experiência,
  7. 7. 07 mas como um local propício à discussão da melhoria dos processos internos da organização. Isso é importante porque traz para esta ferramenta de GC, um olhar diferenciado, no qual, os indivíduos que dela fazem parte tornam-se participantes das ações de melhoria dos processos nos quais atuam, construindo nesses profissionais, uma postura crítica diante de sua própria atividade. Para os autores, esse ambiente deve ser utilizado como alavanca para a excelência organizacional, gerando um compromisso entre seus participantes, no sentido de alcançar melhoras significativas em seu trabalho, atingindo, portanto, os objetivos da empresa de maneira mais eficiente. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada A pesquisa é interessante sob o ponto de vista da percepção do nível de mudança cultural face à união da gestão do conhecimento às metodologias de melhoria de processo. Além disso, ao observar que a proposta foi construída dentro de uma organização militar, geralmente muito hierarquizada e avessa às mudanças, percebe-se uma grande originalidade no estudo. Torna-se ainda mais interessante quando se percebe que a decisão pela aplicação dessa metodologia partiu de uma preocupação com a segurança nacional e a necessidade de maior efetividade nas atividades realizadas pela agência, diferentemente da maioria das empresas que se dispõe a buscar a GC e a melhoria de processos devido aos possíveis ganhos financeiros (ou minimização das perdas já existentes). Entretanto, a respeito da discussão do uso da GC como ferramenta na melhoria de processos, pode- se dizer também, que não é inédita, sendo já pesquisada por diversos autores, tais como Kock< McQueen e Corner (1997), Armistead (1999), Malhotra e Segars (2001), Hallora (2003), Marques e Simon (2006) e Kalpic e Bernus (2006), por exemplo. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa Neste artigo os autores abordam os conceitos de gestão do conhecimento, melhoria de processos, indústria aérea, mudança cultural e pessoas. Qual a Tipologia do Artigo? O artigo é um estudo de caso.
  8. 8. 08 The application of knowledge and continuous learning to the implementation of collaborative work environments at Shell Autores KNOPPE, R.; HOLLOWAY, S. Journal Society of Petroleum Engineers Ano 2008 Proposta Central do Artigo O artigo se propõe a apresentar a implementação um ambiente colaborativo para facilitação do aprendizado contínuo na Shell. Preocupa-se também em descrever as principais características do modelo apresentado, bem como os principais resultados alcançados por essa implementação. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo É possível afirmar que não há uma metodologia científica na apresentação do artigo. O que se encontra é a observação direta dos resultados produzidos pela implementação (ainda que de forma inicial) desses ambientes de colaboração. Não há uma preocupação com a revisão de literatura tornando o artigo uma descrição direta do que tem sido feito na organização. Obviamente, do ponto de vista prático, há um grande mérito do modelo apresentado, porém o leitor ressente- se de uma discussão acadêmica sobre a proposta exposta no trabalho. Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa Abstract Broadindustrytrendsthatarereshapingexploration and production (E&P) operations warrant a rethinking of traditional operating models as part of strategies designed to optimize the development and production of oil and gas assets. Shell E&P is introducing a new collaborative operating model as part of its global digital oilfield strategy. The collaborative model leverages the expertise of its global workforce through redesigned business processes and specially designed collaborative facilities to capture maximum benefits from its investment in smart digital oilfield technologies. Each collaborative environment shares a common, standards-based information technology (IT) architecture that can enable the linking of offices, platforms, and remote operation sites into a single global network providing real-time access to Shell E&P’s community of expert practitioners and a common, shared institutional knowledge base. An important contributing factor to Shell Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: REVISÃO DA RESENHA: Nissia Bergiante (LabCEO) Fernando Vieira (STA/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P Moacyr (LabCEO) CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Gestão do Conhecimento: Fernando Vieira, Nissia Bergiante e Sandro Lordelo E&P’s success in introducing collaboration has been its ability to effectively shape a culture of collaboration and teamwork through trust, knowledge sharing, and continuous institutional learning. This paper examines one key element in the success of these collaborative centres by adopting innovative methods that Shell E&P is using to more effectively capture and share its institutional knowledge and experience through a culture of continuous enterprise learning. While this organizational transformation remains work in process, initial findings confirm the initiative is delivering tangible results towards the goal of optimizing production and recovery from assets.
  9. 9. 09 A pesquisa aponta para os grandes desafios da indústria de Óleo e Gás, principalmente para a área do E&P – Exploração e Produção. Segundo os autores, as empresas perceberam que não há mais “óleo fácil” sendo então, extremamente importante a criação de tecnologias mais sofisticadas para uma maior recuperação dos ativos já existentes. Citam também os seguintes aspectos da realidade atual: 1. Empresas globais, com plantas localizadas em áreas remotas do planeta; 2. Poucas oportunidades para novos empreendimentos, gerando aumento de competição nas empresas já estabelecidas; 3. As novas tecnologias necessárias para o atendimento a essa demanda crescente implica em maiores custos operacionais e àqueles relacionados às questões de meio ambiente; 4. Envelhecimento da mão de obra aumentando o risco de perda do conhecimento e experiência (que não foram traduzidos do tácito para o explícito) fundamentais para superar esses desafios. Para dar conta dessas novas demandas, a Shell tem utilizado uma iniciativa chamada de Smart Fields (algo como campos inteligentes), que tem por objetivo transformar os ativos globais em smart assets (ativos inteligentes) através do estabelecimento de tecnologias essenciais (core tecnologies) e da implementação de ambientes colaborativos de trabalho (collaborative work environments – CWE), que permitem que profissionais, onshore e offshore, e peritos de todo o mundo, trabalhem em conjunto para aumentar o desempenho da produção e recuperação de hidrocarbonetos através do value loop (ciclo composto de quatro etapas – aquisição de dados, interpretação e modelagem, geração de opções e tomada de decisão e por fim, execução.). Os Smart Fields têm por objetivo principal fornecer aos seus colaboradores, as competências essenciais, para alcançar e manter otimizações necessárias, não apenas no curto prazo mas por todo o ciclo de vida do ativo. Na implementação desses ambientes colaborativos (CWE), a Shell percebeu que a maior dificuldade residia no indivíduo, que não estava acostumado a trabalhar em um ambiente multidisciplinar, colaborativo, onde o compartilhamento de conhecimento e experiência é fundamental. Então, para construir uma metodologia integrada, adaptada a realidade da organização, a Shell contratou consultores experientes. Como resultado dessa metodologia alguns benefícios foram encontrados: • Melhoria da comunicação entre funções e disciplinas, bem como entre parceiros; • Aumento da transparência nas análises, avaliações e tomada de decisão; • Ganho de produtividade e moral através do alinhamento dos objetivos compartilhados; • Projetos terminados mais rapidamente, com um custo menor, e com menor impacto nos recursos das unidades de negócio; • Padrões técnicos que reduzem os custos de integração e garantem a interoperabilidade dos CWE globais; • Melhoria contínua na velocidade e sucesso das implementações dos CWE’s. • Aumento do compartilhamento e reuso de soluções comuns para problemas relacionados às implementações comuns na Shell E&P; • Aumento da comunidade de profissionais experientes e praticantes da CWE dentro da Shell E&P; • Aumento da habilidade de resolver problemas através da participação de clientes e parceiros; • Inovação como ferramenta de melhoria contínua para futuras implementações de CWE. Os autores consideram que, embora muitos desses benefícios tenham sido alcançados por outras unidades de E&P, dois elementos do programa utilizado pela Shell o diferenciam dos demais: • Melhoria e Aprendizado contínuo; • Melhores Práticas da Indústria. Dentro deste programa de CWE está o CWE Blueprint, que é o repositório compartilhado de conhecimento e experiência adquiridos e refinados durante a implementação dos projetos da Shell E&P. Este repositório também conta com a experiência de parceiros, fornecedores e a indústria de E&P. Durante o desenvolvimento dessa abordagem da CWE’s, a Shell E&P percebeu que possibilitar a mudança organizacional como instrumento de transformação do elemento humano requereria confiança e suporte às unidades de negócio. Para isso, era preciso demonstrar que o uso de metodologia e abordagem comuns ofereceria benefícios tangíveis para a implementação do Programa Global de CWE. Como parte desses esforços de implementação, foi lançada a iniciativa de Gestão do Conhecimento e Aprendizado Contínuo (KMCL), que tinha por objetivos principais • Tornar a gestão do conhecimento e o aprendizado contínuo elementos essenciais para acelerar a captura, a aplicação e o compartilhamento de conhecimento e experiência; • Melhorar e acelerar futuras implementações de CWE; • Eliminar a reinvenção de soluções para problemas comuns, cujas respostas já foram encontradas por outras áreas; • Reduzir erros relativos a problemas
  10. 10. 10 recorrentes; e • Melhorar a capacidade dos SmartFields. Cinco elementos compuseram a abordagem de Aprendizado contínuo: • Aprendizado baseado em equipes – através de um grupo de atividades distintas: Peer Assist (Aprender Antes), Action Review (Aprender Durante) e Retrospect (Aprender Depois); • Comunidade de Práticas – na qual se busca a participação, não apenas dos times do CWE, mas também parceiros estratégicos e membros de outros CWE´s. • Ativos de Conhecimento – composto pelo portifólio de know-how e melhores práticas do programa de Blueprint, além do conhecimento tácito dos indivíduos e da comunidade global que faz parte dos SmartFields e CWE´s. • Governança – sustentada por quatro prioridades: Alinhamento, Direção, Habilitação e Controle. • Tecnologia – criação da Shell Wide Web, web links, Wikis e Weblogs, Metadata e Procura, etc. Para os autores, este aprendizado contínuo permitiria: • Implementação mais rápida dos CWE; • Rápida orientação para novos membros das equipes de implementação; • Compartilhamento de Conhecimento dentro da Shell E&P; • Padronização; • Arquitetura comum e plataforma técnica; • Gerenciamento efetivo dos recursos; • Eficiente alocação de capital; • Entrega Integrada. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa Quando o artigo foi publicado, a metodologia proposta pela Shell E&P estava em estágio inicial de implementação. Por conta disso, não há uma visão crítica sobre os resultados alcançados e se, de fato, os ganhos esperados ocorreram. Também não são encontrados testes ou análises mais aprofundadas dos impactos dessas mudanças pelos respectivos usuários, transformando o estudo um uma breve apresentação do modelo, sem uma avaliação crítica de suas possibilidades. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa Primeiramente, por se tratar de um estudo de caso de uma empresa da indústria de Óleo e Gás, permite o levantamento de importantes demandas para essa indústria, e em particular, necessidades da área de Exploração e Produção, que é objeto de estudo dos autores desse resumo. A partir do entendimento desse ambiente no qual essa empresa se insere, é proposto um modelo de trabalho colaborativo e sua respectiva metodologia de implementação. Neste sentido, a pesquisa então, preocupa-se em apontar os resultados positivos encontrados na utilização de um ambiente de trabalho colaborativo e uso de tecnologias essenciais à sustentação desses ambientes. Assim, no caso específico tratado pelo artigo, pode-se inferir que a gestão do conhecimento e o aprendizado contínuo devem fazer parte de uma iniciativa maior. Trata-se de um escopo praticado por toda a organização, orientada por sua diretoria, e sustentada por uma mudança cultural voltada para a colaboração. Essa iniciativa deve ter como objetivo principal a integração do conhecimento e experiência existente em suas mais diversas áreas através da aplicação de tecnologias, redesenho dos processos de negócio e construção de instalações que possibilitem o trabalho colaborativo. Outro ponto que merece destaque é a idéia de envolver nos ambientes colaborativos, não apenas os funcionários, mas equipes de outras redes, clientes, parceiros e fornecedores. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada O artigo é bem interessante por apresentar o que está sendo feito, na área do conhecimento e aprendizado, dentro de uma grande empresa como a Shell. Mais importante ainda, do ponto de vista do projeto CIP, por ter o estudo de caso dentro da área do E&P, retratando suas especificidades e necessidades. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa Os conceitos mais utilizados pelos autores são Conhecimento, Aprendizado Contínuo, Ambientes Colaborativos de Trabalho. Tipologia do Artigo O artigo é um estudo de caso.
  11. 11. 11 Application of Lean Six Sigma in Oilfield Operations Autores BUELL, R. S.;TUMIPSEED, S. P. Journal Society of Petroleum Engineers - Production Facilities (2004) Ano 2004 Proposta Central do Artigo O artigo resume a experiência e os resultados obtidos através da aplicação do Lean Six Sigma em operações de uma empresa de petróleo. Além disso, os autores buscam fazer uma breve apresentação do Lean, Six Sigma, e sistema ISO da Organização Internacional de Normatização, que conforme exposto no artigo, fornece suporte para implementação do Lean e Six Sigma. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo O artigo apresenta estudos de caso sobre as operações de upstream de uma grande produtora de petróleo que utilizando os conceitos de Lean Six Sigma e da ISO 9001 conseguiu implementar a melhoria contínua de forma sustentável. Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa Os autores conseguiram atestar a sinergia entre os conceitos do Lean Six Sigma e do sistema ISO nas operações de exploração e produção de petróleo. Eles verificaram que a aplicação destes sistemas oferece uma estrutura disciplinada que permite a obtenção de resultados mais rápidos, melhores, com menor custo e com mais segurança; no entanto esclarecem que todos estes resultados são fruto de um incentivo contínuo dado pela gerencia aos colaboradores à mudança dado, e ainda de visão, liderança, comprometimento, trabalho árduo, e aplicação sistemática das ferramentas estatísticas e de qualidade. Os benefícios podem ser obtidos em apenas um ano, mas para isso os conceitos devem estar ligados à rotina de melhoria de processos (não apenas os de engenharia) e solução de problemas. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa Apesar de não apresentar a metodologia clara, os autores afirmam que todos os resultados financeiros foram auditados e verificados por profissionais de contabilidade e finanças que não Abstract This paper summarizes the experiences and results that improve business performance using Lean Six Sigma in North American and Asian upstream oil and gas operations. The background and history on Lean, Six Sigma, and Intl. Standardization Organization (ISO) systems are also provided. The role ISO-quality systems can play in supporting Lean and Six Sigma is explained and demonstrated with examples. The overviews of completed Lean Six Sigma projects are provided for well testing, rod-pump repair, water treatment, oil treatment, well stimulation, and production logging Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Produtividade: Ruben H. Gutierrez, Lúcia Rabelo e Felipe Gramacho PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: REVISÃO DA RESENHA: Lúcia Rabelo (LabCEO) Ruben Gutierrez (TEP/UFF) Luiz Antônio Campagnac (LabCEO)
  12. 12. 12 estavam envolvidos nos projetos de melhoria. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa Outras empresas de petróleo podem utilizar os casos estudados como benchmark e buscar os mesmos benefícios obtidos, e ainda, utilizando o conhecimento desenvolvido pelos autores com a experiência em melhoria de processos, podem buscar melhorias em novos processos. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada O artigo é de grande valia para empresas que tentaram aplicar um ou mais conceitos expostos pelos autores, mas não conseguiram resultados significativos. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa Os conceitos chave adotados foram: Lean, Six Sigma, ISO 9001:2000. Tipologia do Artigo O artigo é uma pesquisa teórica com estudos de caso.
  13. 13. 13 Best Practices in Process Improvement Autores DOLAN, T. Journal Quality Progress, August 2003 Ano 2005 Proposta Central do Artigo O artigo tem como proposta realizar uma explanação geral das boas práticas em melhoria de processos. Apresentando os fatores críticos de sucesso para um projeto de melhoria de processos, abordando desde o planejamento, a utilização das diversas ferramentas e a análise de resultados. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo O artigo tem como base uma pesquisa online realizada com um grupo de profissionais regularmente envolvidos em projetos de melhoria de processos. Através do resultado dessa pesquisa o autor definiu alguns fatores de sucesso e erros que devem ser evitados num projeto de melhoria de processos. Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa Na pesquisa realizada, foram levantados os seguintes fatores que devem ser considerados num projeto de melhoria de processos: • Estabelecer a necessidade de melhoria – Identificar o problema, o processo que está causando o problema e identificar as melhorias; • Escolha da equipe – Os membros da equipe devem estar diretamente relacionados com o processo e serem os melhores em suas áreas; • Definição da estratégia e visão – É muito importante que a equipe tenha as metas bem definidas no início do projeto; • Comunicação – A comunicação entre todos os envolvidos no projeto e essencial para o sucesso do mesmo; • Escolha da ferramenta – Dentre as diferentes ferramentas de melhoria de processos, a equipe deve escolher a que mais se adapta para as necessidades da empresa; • Comemoração de resultados obtidos – O reconhecimento e comemoração das etapas vencidas ajudam na motivação dos envolvidos no projeto; • Construir para o futuro – Toda mudança Abstract (O artigo não possui abstract) Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Felipe Gramacho (LabCEO) Ruben H. Gutierrez (TEP/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P REVISÃO DA RESENHA: Luiz Antonio Campagnac (LabCEO) CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Produtividade: Ruben H. Gutierrez, Lúcia Rabelo e Felipe Gramacho
  14. 14. 14 é difícil de ser implementada e gera gastos para empresa. A equipe de melhoria de processos deve garantir o funcionamento das melhorias realizadas e na medida do possível fazer criar uma cultura organizacional para que todos na empresa tenham o compromisso com a melhoria contínua. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa O artigo abrange todas as áreas de um projeto de melhoria de processos, mas não se aprofunda em nenhuma. Apenas faz uma visão geral dos fatores de sucesso num projeto de melhoria de processos. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa O autor apresenta uma metodologia muito consistente e elaborada para melhoria de processos, podendo ser seguida como um guia para realização de um projeto de melhoria de processos. Realizada através de uma pesquisa com profissionais da área, a metodologia desenvolvida apresenta os fatores positivos e negativos vivenciados pelos profissionais do mercado. O que acrescenta um grande valor a seu conteúdo e validação para uso no mercado. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada A pesquisa foca o lado humano da melhoria de processos. Foca a importância e a necessidade da aceitação e participação de todos no projeto de melhoria de processos, desde a alta gerência até os mais operacionais. Ressalta que a melhoria de processos deve ser uma ação integrada, com todos os que de alguma forma estão envolvidos no processo e não uma ação isolada dentro da empresa. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa Melhoria de Processos e Melhoria Contínua Tipologia do Artigo Artigo Científico.
  15. 15. 15 Business process design by view integration Autores MENDLING, J.; SIMON, C. Journal Vienna University of Economics and Business Administration Ano 2006 Proposta Central do Artigo A proposta central do artigo é apresentar um modelo de desenho de processos de negócio através de uma analogia entre modelo de engenharia de base de dados por uma visão integrada e modelagem de processos. É apresentado também um estudo de caso com dois modelos de processos de negócio EPC - Event-driven Process Chain (cadeia de processos de eventos direcionados). Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo É desenvolvido pelo autor um modelo com base na reengenharia de processos de negócio com a idéia de identificar os diferentes pontos de vista de cada pessoa que trabalha com uma base de dados. Cada pessoa é entrevistada e seu ponto de vista é documentado separadamente em um dos chamados esquemas de entrada. No estudo de caso EPC, que corresponde a uma linguagem de modelagem de processos empresariais representativas de tempo e dependências lógicas entre as atividades de um processo, foi apresentado o processo antes e após a melhoria proposta pelo modelo onde é possível analisar através de uma visão integrada da empresa. Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa O modelo de desenho de processos apresentado pelo autor tem como foco a união entre a engenharia de bases de dados e o desenho de processos de negócio. Como diferencial do estudo, são considerados os diferentes pontos de vista na modelagem dos processos das partes interessadas e pessoas que estão envolvidas diretamente com o processo. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa O trabalho apresenta duas limitações, a primeira é a diferença conceitual entre modelo de processos Abstract Even though the design of business processes most often has to consolidate the knowledge of several process stakeholders, this fact is utilized only to a limited extent by existing modeling methodologies. We address this shortcoming in this paper by building an analogy between database schema design by view integration on the one hand and process modeling on the other hand. In particular, we specify a method for business process design by view integration starting from two views of a process as input. We identify formal semantic relationships between elements of the two process views which are then used to calculate the integrated process model applying the merge operator. Finally, the integrated model is optimized using reduction rules. A case study with two EPC business process models from the SAP reference model demonstrates the applicability of our approach. Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Sérgio Mecena (TEP/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo de Inovação: Ségio Mecena e Ana Carolina Olivé REVISÃO DA RESENHA: Fernando Vieira (STA/UFF) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Ana Carolina Olivé (LabCEO)
  16. 16. 16 e modelo de dados, o que dificulta uma aplicação direta de integração de dados para desenho de processos. Segundo, foram utilizadas linguagens de programação para a modelagem dos processos e visto que é uma linguagem técnica, necessita de um conhecimento inicial para a leitura e entendimento do artigo. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa A proposta do núcleo de inovação é otimizar os processos da cadeia de valor da PETROBRAS através a inserção de valor e redução de custos nestes (Blue Ocean Strategy). O artigo em questão tem sua aplicabilidade porque apresenta um modelo de concepção de processos de negócio e apresenta um estudo de caso mostrando a aplicabilidade do que foi proposto. Porém, por ser composta de linguagens de programação de bases de dados sua aplicabilidade no projeto em questão é reduzida visto que a modelagem necessária é em processos da cadeia de valor e não processos complexos do dia-a-dia. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada O trabalho apresenta valor porque expõe um trabalho de modelagem de processos que considera os pontos de vistas das pessoas envolvidas com o processo em questão enquanto os modelos estudados anteriormente pela equipe não possuía esse atributo importante da reengenharia de processos. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa São utilizados os seguintes conceitos-chaves no trabalho: • Engenharia de processos de negócio; • Partes interessadas; • Bases de dados; • Cadeia de processos de eventos direcionados (EPC). Tipologia do Artigo O artigo se enquadra na seguinte modalidade: Pesquisa Teórica metodológica com estudo de caso.
  17. 17. 17 Value Innovation: The strategic logic of high growth Autores KIM, W. C.; MAUBORGNE, R. Journal Haward Business Review on breakthrough thinking Ano 1997 Proposta Central do Artigo Os autores estudaram por cinco anos empresas com elevado potencial de crescimento e suas concorrentes com menos êxito a fim de descobrir como o primeiro grupo de companhias consegue alcançar um contínuo aumento sustentável de suas receitas e lucros. A diferença de abordagem não era uma questão de como os gestores das empresas escolhem uma ferramenta analítica ou um modelo de planejamento em detrimento de outro, a resposta está na forma que cada grupo abordou estratégia. As empresas que tiveram menos sucesso tinham o seu pensamento estratégico em permanecer à frente da concorrência enquanto que as empresas com elevado potencial de crescimento tentam tornar seus competidores irrelevantes através de uma estratégia chamada pelos autores de inovação de valor. São apresentados também estudos de caso de diversas empresas estudadas como Kinepolis, uma companhia de cinema na Bélgica; Accor, um hotel na França; Compaq, empresa de tecnologia em informática, entre outras. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo O artigo possui como enfoque principal apresentar o estudo feito pelos autores em mais de trinta organizações ao redor do mundo e explicar porque algumas atingem níveis de crescimento elevado enquanto outras não atingem o sucesso. Compararam-se os dois grupos de empresas através de dimensões relacionadas ao potencial de crescimento de empresas. Foram entrevistadas centenas de gestores, analistas e pesquisadores com a finalidade de se construir perfis de estratégia, organização e desempenho. Foram avaliadas cinco dimensões de ponto de vista estratégico: 1. Indústria; 2. Foco estratégico; 3. Clientes; 4. Recursos e capacidades; 5. Produtos e serviços. Abstract (O artigo não possui abstract) Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Ana Carolina Olivé (LabCEO) Sérgio Mecena (TEP/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P REVISÃO DA RESENHA: Fernando Vieira (STA/UFF) CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo de Inovação: Ségio Mecena e Ana Carolina Olivé
  18. 18. 18 Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa O artigo se propõe a estudar inovações de valor e apresenta como resultado principal uma comparação entre a lógica convencional de estratégia e a estratégia de inovação de valor. Essa comparação foi gerada através de entrevistas a gestores de empresa buscando identificar quais as oportunidades eles visualizam ou possuem e como eles entendem o risco. A partir deste resultado, os autores apresentam como é possível criar uma nova curva de valor para a empresa buscando essa partir da lógica convencional e alcançar a inovação de valor. São apresentadas quatro questões que traduzem a aplicação de inovação de valor: • Quais fatores que nossa empresa assume devem ser eliminados? • Quais fatores devem ser reduzidos abaixo dos padrões da indústria? • Quais fatores devem ser elevados acima dos padrões da indústria? • Quais fatores devem ser criados que a indústria nunca ofereceu? Os executivos devem responder esse conjunto de questões a fim de alcançarem um crescimento rentável. Inovação de valor é simultaneamente aumentar o valor para os compradores e minimizar os custos para as empresas. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa O artigo é de 1996, podendo estar defasado em relação às necessidades atuais das empresas. Além disso, os autores consideram a inovação de valor apenas em produtos e serviços e não apresentam como é possível inovar em processos. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa O artigo em questão tem aplicabilidade prática já que o método de desenho de processos que o núcleo irá desenvolver tem como base a inovação de valor. Outro fator relevante é que o artigo apresenta diversos estudos de caso firmando a aplicabilidade do modelo exposto. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada O valor agregado da pesquisa está na comparação da estratégia de inovação de valor (criada pelos autores) com a lógica convencional de estratégia (competição acirrada por preço) que permite que uma companhia identifique em que ponto de maturidade está e alcance um crescimento elevado e sustentável. O estudo visa fornecer conhecimentos teóricos de inovação de valor e apresenta diversos estudos de caso de como as empresas que buscaram alcançar a inovação de valor conseguiram alcançá-la através da criação de uma nova curva de valor. Além de o trabalho ter origem de um instituto reconhecido mundialmente, este pode ser aplicável ao nosso projeto. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa São utilizados os seguintes conceitos-chaves no trabalho: • Inovação de valor; • Estratégia; • Curva de valor; • Crescimento elevado; • Competição de empresas. Qual a Tipologia do Artigo? O artigo se enquadra na seguinte modalidade: Pesquisa Teórica Metodológica com utilização de entrevistas e estudos de caso.
  19. 19. 19 Business Process Management in a Brazilian public research centre Autores SENTANIN, O. F.; et al Journal Business process management journal Ano 2008 Proposta Central do Artigo A proposta central do artigo é analisar como um centro de pesquisa pública brasileiro implementou o BPM (Business process management) destacando os desafios encontrados na fase de desenvolvimento. Considerando a impossibilidade de uma empresa voltar a fases anteriores, na sua trajetória rumo BPM, foi necessário o envolvimento de todo o pessoal do centro de pesquisa na busca da melhoria contínua, em um processo onde a mentalidade funcional deve ser quebrado e da visão baseada em processos tem de ser construída. Sabendo que nessa organização Esta organização fornece aos seus colaboradores, oportunidades de partilha de informação, avaliação e recompensas de acordo com os resultados atingidos pelas equipes, o que contribui para a motivação e determinação das equipes. Para suportar as discussão sobre o assunto e análise da evolução do BPM na organização foi realizada e apresentada uma pesquisa bibliográfica. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo O objetivo do artigo é analisar como o BPM Abstract Purpose – The purpose of this paper is to analyse how a Brazilian public research centre implemented business process management (BPM) highlighting the challenges of change that have to be dealt with in the stage developed by this organisation. Design/methodology/approach – The first author of this paper accompanied the implementation of BPM in the research centre for 33 months in order to analyse documents and reports and have interviews with various managers and employees. Findings – The studied organisation developed an intermediate stage towards BPM. The progressive approach favours a better understanding of the challenges that have to be overcome in order to improve BPM in an organisation. Thus, the BPM approach can be effectively assimilated and practised by the centre’s staff. Palavras-chave Business process re-engineering, Corporate strategy, Strategic planning, Organizational structures, Organizational change, Brazil PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Débora Herkenhoff (LabCEO) Moacyr Figueiredo (TEP/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P REVISÃO DA RESENHA: Gilson Brito Alves Lima (TEP/UFF) CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Avaliação de Desempenho: Moacyr Figueiredo, Débora Herkenhoff e Fernanda Elvas Research limitations/implications – The depth of the analysis carried out in the case study make more structured research possible. Originality/value – The challenges of implementing BPM in a Brazilian public research centre are investigated. This case study is based on a theoretical, empirical and maturity level approach. Thus, a particular case of implementing BPM which took place in a very specific context, not explored in the literature, is presented to the community interested in BPM.
  20. 20. 20 foi implementado no centro de pesquisa pública brasileira e qual nível de maturidade essa prática possui. Para tanto, buscou-se realizar uma revisão bibliográfica sobre o tema BPM, seus desafios e alguns modelos de maturidade aplicados a BPM a fim de suportar a investigação, identificando parâmetros de pesquisa para estruturação das questões fundamentais na abordagem. Em seguida, buscou-se apresentar os esforços e os desafios relativos à execução de BPM no Centro de pesquisa pública brasileira e por último, analisar o progresso do BPM no Centro de pesquisa, destacando melhorias que podem ser feitas para alcançar estágios mais avançados. Um dos autores acompanhou a implementação do estudo de caso durante 33 meses, contribuindo para a identificação de aspectos relevantes do BPM, relacionado a padrões e comportamento. Para facilitar as observações, motivar o entendimento de questões de BPM e facilitar a identificação de padrões, foram realizadas entrevistas em profundidade com um total de 13 respondentes, dentre supervisores e responsáveis por projetos inovadores. Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa A abordagem progressiva favorece uma melhor compreensão dos desafios inerentes no processo de melhoria do BPM em uma organização, contribuindo eficazmente para os funcionários do centro de pesquisa e profissionais do ramo. Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa A pesquisa se limita, pois explora um contexto bem específico, o setor de pesquisa pública. Implicações Práticas Advindas da Pesquisa Por outro lado, o estudo de caso em um ambiente ainda pouco explorado, pode ser útil para profissionais e pesquisadores da área. Através do relato do estudo de caso, é possível realizar análise da aplicação do BPM e consequentemente utilizar as lições aprendidas desse projeto e definir estratégias para lidar com os desafios existentes. Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada O estudo de caso é baseado em teoria, pesquisa empírica e na abordagem de níveis de maturidade. Portanto, o caso de implementação de BPM num centro de pesquisa pública brasileiro, está inserido num contexto bem especifico, ainda não explorado na literatura, podendo ser útil para os profissionais e estudiosos da área de BPM. Além disso a profundidade de análise da implementação do BPM no estudo de caso apresentado contribui para a uma abordagem de pesquisa de campo bastante estruturada. Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa Reengenharia, estratégia coorporativa, planejamento estratégico, estrutura organizacional, mudança organizacional e Brasil. Qual a Tipologia do Artigo? A tipologia do artigo pode ser caracterizada por um estudo de caso.
  21. 21. 21 Evaluation of Metrics Framework for Product and Process Integrity Autores MCKEOWN, K. A.; MCGUIRE, E. G. Journal The 33rd Hawaii International Conference on System Sciences Ano 2000 Proposta Central do Artigo A proposta do artigo é apresentar um conjunto de métricas que podem auxiliar as organizações que se situam nos níveis 2 (dois) e 3 (três) do modelo de maturidade de desenvolvimento de software, CMM, assim como, pode ser de grande valia nos esforços das empresas que possuem classificação de nível 4. Essas métricas são caracterizadas por estarem focadas na manutenção da satisfação dos requisitos do cliente através de relatórios que certificam o cumprimento dos contratos entre provedor e cliente. Modelo e/ou Metodologia e/ou Enfoque Desenvolvido no Artigo Em sua introdução o artigo mostra que a análise de métricas pode ser um importante componente de geração de feedback e no controle de processos de desenvolvimento de software, mantendo as organizações capazes de verificar suas performances e mantê-las de acordo com as expectativas dos clientes. Entretanto, os programas de indicadores possuem uma notória dificuldade de implantação em várias organizações, em muitos casos, eles não progridem, se restringindo a simples medidas de cronogramas, custo e nível de esforço. Apesar de esses indicadores gerarem um guia de gerenciamento de projeto, eles freqüentemente não oferecem fortes evidencias de satisfação dos clientes. O artigo mostra que dados coletados e analisados por organizações que possuem alto nível de maturidade, no modelo CMM, são usualmente utilizados para informar os clientes sobre os limites de controle e suas variações, além de apresentar as atitudes realizadas quando as variações ocorrem. Como resultado desses indicadores, existe uma crescente influencia das expectativas dos clientes na qualidade de várias áreas das companhias. Assim, o texto apresenta em 7 (sete) seções os componentes de programas de indicadores presentes em várias organizações que prestam consultoria na área de Tecnologia da Informação (TI). Esses componentes possuem como foco as aspirações do cliente. Após a descrição de Palavras-chave (O artigo não possui palavras-chave) PESQUISADOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: PROFESSOR RESPONSÁVEL PELA RESENHA: Fernanda Elvas (LabCEO) Moacyr Figueiredo (TEP/UFF) CÓDIGO DO PROJETO: CIP E&P CIP Journal nº 02 / 2009 Núcleo Avaliação de Desempenho: Moacyr Figueiredo, Débora Herkenhoff e Fernanda Elvas REVISÃO DA RESENHA: Gilson Brito Alves Lima (TEP/UFF) Abstract Althoughnearlyeveryoneagreesthatthecollection and analysis of metrics is highly beneficial to software development and maintenance organizations, this process remains difficult for many of those organizations. The purpose of this paper is to describe a practical set of metrics that are focused on customer satisfaction and that are easily understood by both customer and developer organizations. These metrics are evaluated against a process improvement framework that emphasizes business value and compared to criteria for appropriate metrics that have been established by leaders in the software process improvement field. The goals and concepts related to these metrics are in compliance with the Software Engineering Institute’s (SEI) Capability Maturity Model (CMM®) for software.
  22. 22. 22 Quais são as Implicações Práticas Advindas da Pesquisa? O artigo mostra que as organizações que tentam alcançar níveis de maturidades superiores no modelo CMM devem elaborar métricas práticas e analisá-las de forma consistente com objetivo de elaborar ações que resultem na melhoria continua da organização. Qual é a Originalidade e/ou Valor da Pesquisa Realizada? O artigo mostra que os indicadores possuem pequeno valor se não estiverem ligados com os objetivos de negócio das empresas. Além disso, apresenta a importância dos critérios de satisfação do cliente na constituição dos indicadores. Quais são os Conceitos-chaves Adotados pelos Autores na Pesquisa? Métricas, CMM, satisfação do cliente. Qual a Tipologia do Artigo? Pesquisa bibliográfica. tais elementos o artigo é concluído com uma avaliação desses indicadores com base em critérios considerados como métricas efetivas. Quais são os Achados ou Resultados Descobertos pelo Processo de Pesquisa? O modelo de métricas apresentadas no artigo mostra como uma grande empresa de consultoria de TI está usando métricas para obter feedbacks dentro da própria organização e outros resultantes de seus clientes. Com a apresentação dessas métricas podemos observar a importância do alinhamento dos indicadores com os objetivos de negócio da organização e como é fundamental o papel da satisfação do cliente na composição dos indicadores. Quais são as Limitações e/ou Implicações no Âmbito Científico e Metodológico de Pesquisa? O artigo apresenta uma revisão teórica em relação aos componentes que formam os programas de métricas. Para isso o texto é dividido em partes se propõem mostrar um resumo geral de cada um desses componentes. Apesar de a descrição de cada elemento ser bastante abrangente, o artigo não expõe um estudo de caso que enriqueça a explicação dos elementos com informações sobre as práticas desses elementos nas organizações atualmente.
  23. 23. 23 Artigos Científicos
  24. 24. 24 Turning Innovative Ideas Into Commercial Equipment: The Approach at Petrobras Paulo Sergio R. Alonso, Paulo Sergio Rovina, and Ronaldo Mascarenhas Lima Martins (Petrobras). 1. Introduction PETROBRAS is a state owned company, normally referred as a government company, with shares traded in stockmarkets in Brazil, Europe and United States. As a government-owned company, controlled by the Brazilian federal government, it is subordinated to the laws and governmental controls that impose certain particularities to its performance in the free market system. The supply solutions, to be applied in a company of acknowledged leadership in deep waters, require innovative actions of equipment development, articulated in cooperation with its main suppliers in order to guarantee the availability of engineering solutions required to its complexity growing demands in a highly competitive market. Inside the PETROBRAS Procurement Department organizational structure, there is the EMAT, Materials Engineering Management and, subordinated to it, the Sectorial Management of Materials Development (DMT) which is responsible for the Technical Cooperation Agreement (TCA) established with equipment manufacturers or research entities, aiming to developing equipment or technologies that will be applied in the Company’s operational units. DMT’s institutional mission is: “TO LOOK FOR PETROBRAS’ OPERATIONAL COST REDUCTION THROUGH THE REDUCTION OF THE COST OF MATERIALS’ LIFE CYCLE AND THE REDUCTION OF THE ENVIRONMENTAL RISKS BY MEANS OF THE TECHNOLOGICAL DEVELOPMENT OF MATERIALS AND NEW SUPPLIERS.” Fed by the demands of the business areas, as Exploration and Production, Refining, Gas & Energy, Research Center (Cenpes), Transpetro1 (maritime and pipeline transportation) and BR Distributor2 , DMT basically acts into two fronts: the development of new technologies (mainly the ones related to equipment) and the development of new suppliers. Usually the technological development process begins in one of the internal customers, with the identification of the need to develop a new material. Reflection of the result of PETROBRAS operational pioneering in the deep waters exploration, it is common that equipment for oil exploration and exploitation for the new borders are not on the shelves and, normally, not even designed. The instrument of the technological development through cooperation agreements with manufacturers has been largely applied in such circumstances. In similar cases, TCAs are established with one or more manufacturers interested and deemed qualified to develop the project engineering and to manufacture the desired equipment. Abstract This work presents the approach used at PETROBRAS to develop new suppliers in the local and international market as to provide innovative equipments to the deep water exploration and production activities. The task of pushing up the industry limits to foster the manufacturing of new prototype pieces of equipment at a commercial scale has been addressed by PETROBRAS for more than 15 years in a join effort between the Exploration and Production area and the Procurement Department. Significant results have been achieved especially in the development of new local suppliers. The paper presents a general overview of the PETROBRAS Technology Management Model and how the process of developing a prototype equipment is inserted into it. The main challenges of such developments and the solutions used to figure them out are discussed. The conceptual basis of the criteria and objective approach used to select a particular manufacturer to a specific project named the Innovation Potential Evaluation Index is presented also. At the end of the paper the results achieved so far in the increase of the registered new suppliers and a portfolio of the equipment developed are presented as well as the perspectives for the increase of local content due to future initiatives. CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  25. 25. 25 On the other hand, a program for the development of new suppliers normally starts within Procurement area itself, when it is observed that the supplier market of a certain item is not well regulated, either due to inexistence of competition, or to the low competitiveness of the registered suppliers. In this case, TCAs are established into with potential suppliers that might compose a portfolio of suppliers with quality and competitiveness proper to PETROBRAS. In both cases suppliers’ participation is fundamental in the engineering solution generation, sharing knowledge, risks and results. In the beginning of the negotiations with potential cooperators, Intention Protocols are executed, which establishes the materials that are the scope of the developments and the general conditions on which the TCAs shall be signed and directed. Aiming at guaranteeing the intellectual property of the information that shall be exchanged during the negotiation phase of a TCA, it is common the execution of a Confidentiality Agreement, where the parties’ liabilities are clearly established regarding the handling of the information received from the other party. 2. History of the development of new materials and suppliers in PETROBRAS In a recent past, the technological development of materials and new suppliers has adopted procedures consistent with the applicable legislation and the direction of PETROBRAS’ superior managements. Thus, we can point out the following steps/facts: • From 1989 to 1993 (Law 8666/93)3 – AFM (Material Supply Authorization) pioneering contracts, with experimental lots supplied for factory acceptance tests and field tests; • After 1993 – principle of isonomy, inferring that the PCMs (Materials Purchase Orders) were bid in competitive processes, imposing difficulties in its use for the development of new suppliers/materials. So, afterwards, there is the beginning of the use of Technical Cooperation Agreements (TCAs) for the commercial development of new equipment and services, where the PETROBRAS and the Cooperator have a common objective to develop and homologate a new material; • In 1995 it is published in the Official Gazette of the Federal Government (DOU)4 a list of materials that need to be field tested in order to be homologated and included in the companies’ supply line; • 2003 - the PROMINP is created (National Oil and Gas Industry Mobilization Program), which is a governmental program aiming at the promotion of actions for the increase of the local content of goods and services in the great enterprises of the oil and gas industry in Brazil, levering competitiveness of the national suppliers for the international market standards; • 2006 - IPINOVAÇÃO (Potential Index of Innovation) is adopted as a decision supporting tool when selecting a cooperator for the establishment of a Technical Cooperation Agreements (TCAs). Currently, under the support of Decree # 2745, dated of 08/24/19985 , PETROBRAS gained greater decision autonomy in the hiring processes, what has also impacted in the technological development hiring processes carried through the DMT, without modifying, however, its central philosophy of cooperating with the technically and industrially qualified manufacturers and assuring the supply of essential items for achieving PETROBRAS objectives. 3. Current Modus operandi The DMT approach focus on the equipment throughout its life cycle, from its conception until its demobilization, modifying the usual and little efficient focus of considering only the purchase price as a comparison parameter among suppliers. According to J.M.Juran, “there is a rooted practice to purchase based on the original price”, which we can call “cultural resistance.” DMT aims at valuing in its projects aspects such as the increase of equipment availability through the introduction of reliability concepts in the analysis and execution stages of the development projects, as well as in the cases where more than an alternative is presented as a solution for the same problem. Other factors, such as energy consumption, costs associated to the non-availability, maintenance costs, began to be weighed and to compose the technical analyses of the development projects, together with the traditional purchase and development costs. From the customers demand, DMT designs strategies for assurance of the supply, either by developing new materials, adjusted to the new technological borders connected to the exploration in progressive deeper waters, or by making new suppliers available for items already existent in the enrollment, where it can be noticed the high complexity and/or low competitiveness of the supplier market. A simplified schematic picture can be noticed in figure 1,comprising the main stages of a typical process. In short, when a demand is identified, DMT team goes to the market to search for a ready solution (or almost ready), and when it is not found, it starts the second action, which is to search an competence to develop. After identifying this ability, it is established a TCA for the development of the engineering, models are constructed for laboratorial CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  26. 26. 26 tests of developed concepts and, in case of success, there is the development of the production line to manufacture a prototype. The prototype, which shall have all characteristics of the final product (in its theoretical conception) is manufactured, factory tested and taken to the field for being tested under operational conditions. An acceptance criterion predefined in the technical Figure 1 – Flowchart of the business development process of new equipment or new suppliers Note: ASD - Alternative Supplier Development; TD – echnological Development Source: ALONSO (2004) specification is verified and, if it is accomplished, the product is considered approved, or homologated, starting to integrate PETROBRAS enrollment as an item that can be supplied by that manufacturer. A complete register of the development and homologation process is filed on an information system, for which DMT is responsible, and which is accessible by all PETROBRAS’ technical team. Figure 2 – New supplier development philosophy at PETROBRAS Source: ALONSO (2004) The involvement of the science and technology institutions or universities is quite common in the development processes, as a manner to lead scientific and technical knowledge that are eventually lacking in the companies identified as qualified only in the industrial aspects of the equipment to be developed. In this case, it is allowed the establishment of specific Development Agreements, or, also, tripartite TCAs, among PETROBRAS, the university and the company which holds the industrial capacity. Figure 2 illustrates the philosophy of the process. In the previous figure we can notice the roles that fit each involved agent in the development process. When the supplier holds its own technology or has a research center, the role of the anchor university is exempted, being the supplier itself responsible for the development of the conceptual and basic project of the new equipment, working jointly with PETROBRAS’ technicians. In general, the DTM projects aim at assuring the supply of PETROBRAS’ essential items and look for the optimization of the industrial processes costs through the development of materials and suppliers. Through the TCAs, the DMT intends to reach, evidently, the following general results: • Cost optimization of materials’ life cycle. • Reduction of purchase cost • Reduction of transportation costs • Reduction of operational, installation and maintenance costs • Increase of technological autonomy • Increase of competitiveness in supplier market • Increase of the consumption of PETROBRAS’ products PETROBRAS’ experience with TCAs shows that the success in the qualification of new technologies is intrinsically linked to two main factors: • Integrated Planning among customers - functional areas that benefit from the new technology - and the qualification process manager; • The technology delivering to all potentially beneficiary assets, including planning, training, risk, management and standardization. After the qualification of the equipment it is necessary to assist the operation, control the execution and monitor the risks to register and widely disclose the lessons learned. To assure the increase of the technological autonomy, the TCAs are based on guidelines about information handling, intellectual and industrial property and copyrights issued by PETROBRAS’ legal and information departments with competence for this purpose,that means the Legal Department and the Center of Research (Cenpes). CENPES, besides being responsible for technical researches, also manages PETROBRAS’ technological programs and is the keeper of the intellectual property rules and concepts. Recently,newdemandsfromtheNaturalGasbusiness CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  27. 27. 27 CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip area modified the focus of DTM developments. The primordial objective, in these cases, became the development of engineering solutions that would implement the consumption of the natural gas produced or imported by PETROBRAS focusing in the relevance that is currently given to the this fuel in the Brazilian Energy Matrix. This new way to develop technology reached an unknown path for the DMT, as until then it was developed materials for application in PETROBRAS operational units. The external user vision became an integrant part of the assemblies of the strategies, and also the business optics and external risks to PETROBRAS, started to be incorporated. In this field, co-generators, greenhouses, engines and mobile devices for measuring the vehicular naturalgasqualityaregoodexamplesofdevelopment programs directed towards outer PETROBRAS 6, aiming to lever the natural gas market. The “necks” to solve In general, the DMT actions aims at solving two types of difficulties (or necks): • the technological difficulties • the market difficulties In case of the technological difficulties, we have a material that normally lines up to the technological border, where there is no supplier in the market. Normally this type of development is associated to high operational and technical risks. In such cases the identification of the development need can originate itself in the operational business unit, in Cenpes (Research Center) or even in the supplier itself (that offers its innovation to PETROBRAS). But in the market difficulties, the action of DMT occurs due to the low competitiveness of the market (national and foreign targets), or to the convenience of increasing the national content in the new construction projects (exclusively focused in national suppliers), as in refineries or platforms. In this case, they usually are mature technology equipment, associating low risk to the development of the engineering solution. The identification of the development need can originate itself in the operational business unit, Petrobras’ supplying team or even in the supplier (who offers its capacity to PETROBRAS). 4. Adopted Tools In order to make DMT’s activity feasible, some contractual instruments proper to the developed activities have been selected, each of them proper to each stage of the development project and supplementing themselves in its functions and scope. Thus, we have: • Confidentiality Agreement - executed in the initial phase of information exchange, when there are privileged information; it guarantees both parties’ information; • Intention Protocol - executed when there is the real interest of the parties to develop materials jointly. It has a wide character, limiting the premises and intentions of the parties in the potential developments and establishes which family of materials could be the target of future TCAs. • Technical Cooperation Agreement - applied in the final stage, when the specific interest of the parties on a certain subject is clearly defined. It is used for the development of new equipment or alternative suppliers, for items already included in PETROBRAS’ portfolio. • Technological Development Agreement - applied in technological developments with ICTs (scientific and technological institutions) in subjects whose development is in the initial phase and did not reach, in this phase the industry. It is used to develop new equipment, generally with a change of the current technological level (disruptive change). It requires, in a subsequent phase, the establishment of a TCA for the development of the product (prototype manufacturing phase) 5. Assumptions of the Cooperation Agreements The success of a TCA is based on some assumptions, from which it is almost impossible to deviate, namely: • PETROBRAS and manufacturer‘s common interest, in this case a potential Cooperator on the scope of development; • the costs of research, information handling and treatment, prototypes and tests must be shared between PETROBRAS and Cooperator, in a clearly established form; • the opportunity to enter into a TCA must be opened to those who evidence technical qualification to perform the development of the scope; • the prototypes for the field test has a definitive character; in case they are approved, they will be operating industrially during the projected useful life cycle, after the qualification test period. 6. Content of Cooperation Agreements The TCAs usually have their scope entailed to an initial lot from where samples for laboratory (or factory) tests are taken and to an experimental lot, preferably not connected to the operational needs, usually called field prototypes, which will be taken to the selected location for the performance of the installation and operation under real work conditions. In the TCAs the amount of samples and prototypes must represent the minimum required to provide
  28. 28. 28 statistical confidence to the bench and field test results to be performed. As a basic point that differentiates the TCAs from the pioneer agreements (development contracts), is the transference of resources, connected to the approval by proper performance (project analysis, bench and field tests, certification of third part) of the Cooperator in each development stage. To guide the development process there is a technical annex that defines the characteristics of the material to be developed, operational conditions, methods, procedures and acceptance criteria of the assays to be carried through with the prototype. 7. Onus and bonus in the Cooperation Agreements The TCAs have the inherent and inalienable risk of the technological development processes. PETROBRAS usually bears the costs of the equipment that will be taken to field test (prototype). In order to assure the agreement cooperative nature, the cooperator shall pay for the costs of its staff, physical facilities, operational costs, depreciations and etc. In the TCAs there shall not be forecasted any profit and only the expenses incurred during the development must be reimbursed. In the future, when the prototype becomes a product, the company shall be entitled to receive profits derived from the commercialization of the material (Martins 2003) that has been developed. PETROBRAS shall undertake the assumption of the risk resulting from the installation of the prototype in its operating units and eventual risks associated to the failure (material, human, environment, loss of profits, etc). 8. Preliminary analysis of a project for Cooperation Agreement During a TCA negotiation phase, some points must be focused in order to minimize the risks inherent to any development process. Thus, it is primordial to have a clear vision regarding the previous knowledge accumulated by the parties about the technology related to the scope of development, as well as the parcel of knowledge to be added to the project by each of the parties. There must be developed a judicious analysis of Cooperator’s industrial capacity and the same shall occur with regard to the engineering and project qualification aspects. The decision supporting tool developed and used by PETROBRAS, named Potential Innovation Index (IPINOVAÇÃO) raises industrial and engineering qualifications, as well as the practice and experience to handle technological innovation subjects by the potential cooperator. The IPINOVAÇÃO was developed in a partnership project between PETROBRAS and the Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ). This systematic weighs the scores provided to the supplier in different aspects deemed important for the development of a technological innovation. During the process of validation of the IPINOVAÇÃO systematic, a roll of about 50 suppliers, that have already been successful in the development of TCAs with PETROBRAS, were evaluated promoting a sensitivity analysis of the computerized system, which has provided to the system a history anchor and credibility for future applications. It will be further detailed in the following topic. For the items developed for internal use in PETROBRAS (productive processes), it is necessary to have a clear notion of the product’s demand, being convenient to evaluate the external market in parallel, that means, other operators inside and outside Brazil. Such aspects aim at subsidizing the Cooperators in their decisions takings about the convenience of the project, basing the decisions of commercial nature, including ownership of results and avoiding future surprises. In the specific equipment developed to stimulate the natural gas consumption, it is critical to have a clear vision of the market and external customer’s expectations. In those processes that generate patentable results, it is required to clearly verify what are the rights intended on the results by Cooperator, by PETROBRAS, and which implications such rights may have to PETROBRAS’ operations and technological autonomy, including the creation of a competitive differential. 9. Decision supporting tool - IPINOVAÇÃO The complexity of the conceptual models and the little strength of the indexes that allow the evaluation of the innovation intensity in a company are normally pointed as difficulties to measure the aggregate value to the business results deriving from a new product or developed service, due to a change in market’s technological trend. In order to better ground the choice of suppliers to work in projects that involve innovation aspects, PETROBRAS, jointly with the Federal University of Rio de Janeiro, developed the systematic of the Potential Innovation Index (IP INOVAÇÃO) (Fonseca 2005). The structure of the calculation formula of the Potential Innovation Index (IPINOVAÇÃO) is based on a questionnaire, developed from seven macro indicators, to be answered by the companies applicant to be PETROBRAS cooperators with the objective of characterizing the innovative potential of the contracted companies as partners through TCAs. The objective is the elaboration of a referential background for PETROBRAS strategic decisions in the context of its integrated action of development of goods and services for the oil and gas sector. CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  29. 29. 29 CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip Table 1 shows the roll of macro indicators or subindexes: Organizational and Technological Management People Management Technological and Information Infrastructure Engineering and Industrial Qualification Infrastructure Placement in the market Results Social Responsibility Table 1 - IPINOVAÇÃO Sub-indexes For each one of these sub-indexes it is adopted a weight, which varies from 1 to 5, which will be used in the IPINOVAÇÃO formation, aiming to evidencing the induction, in the companies, of the development of the value links of the innovation productive chain, which is directly related to the generation of competitiveness in PETROBRAS cooperators in the development of goods and services. The definition of the weights ascribed to each sub-index depends on the particular question intended to be evaluated. A high weight attributed to the Organizational and Technological Management sub-index, for example, favors the core of the innovation generation process by potential collaborators and their partners, created by the existing innovation structure. On the other hand, the issue of Infrastructure in Engineering and Industrial Qualification aims at representing the vision that the market has of the company, within the scope of the acknowledgment of its function through the compliance of the demands through innovation, as well as the qualification of its professionals, which is critical for the inclusion of competitiveness, and expertise in engineering and industrial qualification. The issues of Technological Infrastructure and of Information and Social Responsibility – measure the aspects highly dependent on modern means and methods owned by the company. The IPINOVAÇÃO calculation is made on the basis of the combination of points gotten in the seven sub- indexes, resulting a factor that varies in accordance between 0 and 1 according to the following formula: Thus, from the application of the questionnaires, tabulation of answers and analysis of results there shall be calculated the IPINOVAÇÃO, being possible to visualize the dispersion of the companies applying to be PETROBRAS cooperators, as exemplified in figure 3. 10. Rights over the results of the Cooperation Agreement The definition of PETROBRAS interests over the results occurs according to the applicability of the developed material and its potential to generate competitive differential for the company. Essential items that can decide a bid for the exploration of a field with the granting authority (in Brazil, the ANP (National Oil Agency)), are usually target of retained rights to PETROBRAS, or at least, rights over the decision of to whom the cooperator is allowed to commercialize the product of the development. Figure 3 – IP INOVAÇÃO dispersion example In a practical form, two alternatives are presented as the most used in the rights on the TCAs results. When there is total development of the technology with the entity of pure and applied research, just as it occurs with the excellence centers of the universities, it is usual that the rights on the results belong 100% to PETROBRAS and there is an eventual licensing for the Cooperator/Developer or for suppliers interested in manufacturing the developed material. When the development is characterized as an improvement of a material already dominated and developed by the Cooperator, in this in case normally a manufacturer, the rights become owned jointly, after definition of a proportionality according to the amounts of resources invested, such as for example: financing or knowledge added to the project. In this case, it is normally assured to Cooperator the full licensing, which gives it the freedom to trade the TCA’s result with third parties, upon the payment of royalties. 11. Results Obtained 1993-2006 Since it was organized in the beginning of the 90’s - the strategy of joint development between PETROBRAS and its technological base main suppliers - it has been already recorded more than 600 developments of materials and equipment, in its great majority for offshore application, considering the demands for the engineering solutions for production in progressively deeper waters. About 400 new suppliers have been developed, being 60%
  30. 30. 30 CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip of the total national suppliers and the remaining, foreign suppliers. The sum of investments applied in Technical Cooperation Agreement in the period reaches US$ 600 million. It is also noteworthy the success rate reached by this set of developments, which historically surpasses the mark of 95% of successes in the developments. Some figures shown here can illustrate DMT’s activity during the year of 2006, according to update of Dec/06. • Total of Cooperation Agreements executed: 60; • Total of agreements executed in partnership with universities: 40; • Total of Cooperation Agreements in final negotiation phase: 30; • Technical Support/homologation, without requiring a TCA: 150; Within a varied set of projects, it must be pointed out some examples of materials either developed or under development: • Subsea valves • Submersible centrifugal pumping • New flexible lines • New umbilicals • Shared Action Manifolds • Wet Christmas Tree for 2500m • Natural gas co-generators • Automatic device for coke drum opening • High and low temperature catalyzers • Systems of intelligent industrial actuators • Clays for QAV percolation • Mobile system of natural gas measurement • Industrial valves • Coated pipelines • Low cost intelligent well completion systems • Adsorptive materials During 2003 a new source of developments occurred at PETROBRAS with the alignment to the governmental program PROMINP, which, basing itself on PETROBRAS’ action as a great national operator and for being a controlled company by the federal government, started to function as anchor of the program, so that, under competitive bases and with technological adherence, therecould be developed suppliers of goods and services installed in Brazil, with the objective of replacing importation and generating job and income in the country. The PROMINP does not only aim at meeting, through national suppliers, the demands of the oil operators installed in Brazil. It also targets to creating world class suppliers that can export goods and services to other markets linked to the Oil and Natural Gas Industry. 12. Technological pull Inside this scenery, another interesting figure is the technological pull. This situation is characterized when an excellence center develops an engineering solution and transfers it to a manufacturer, sponsored by a cooperation agreement. Knowing the technology, the company qualifies itself to industrialize such solution. As a result of the qualification for manufacturing the first solution and consolidation of the result as a market product, the company horizons open in the new scene and, from the domain of the engineering and industrial processes of the original project, it starts to develop new projects of same nature, with a higher technological aggregate, unfeasible before the first technological movement. 13. Conclusion Being provided with a privileged market vision, the area of Materials Engineering of PETROBRAS, at the Procurement Department, has been acting from long date in fine tune with the Research Center, technological management of several business areas and even operational teams, making the connection among them, manufacturers, science and technology institutions and universities, qualified to face the challenges of the development of new materials and technologies. The Cooperation Agreements, Contracts of Development and Intention Protocols are efficient instruments for the achievement of the objectives of the technical and commercial development of new equipment and services, meeting PETROBRAS needs. They allow that new manufacturers or services providers are included in the suppliers enrollment and that new technologies and/or materials are incorporated to the ones currently available for Company’s operational use, qualifying it to fulfill its mission of technical pioneering and respect for the environment. 14. References 1. Alonso, Paulo Sérgio R. – “Estratégias Corporativas aplicadas ao Desenvolvimento do Mercado de Bens e Serviços: uma nova abordagem para o caso da indústria de gás natural no Brasi”l - Doctorate Degree Thesis - Universidade Federal do Rio de Janeiro, COPPE/UFRJ, Engenharia de Produção, Março de 2004; 2. Fonseca, Marcus Vinícius de Araújo, et al – “Desenvolvimento do Índice Potencial de Inovação (IP INOVAÇÃO)” – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Technical Report– 2005; 3. Martins, Ronaldo M.L., article in magazine PRODFOR, Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo, FIEES, Vitória, September /2003.
  31. 31. 31 The New Deepwater Oil and Gas Province in Brazil: Flow Assurance and Artificial Lift: Innovations for Jubarte Heavy Oil Giovani Colodette, Carlos A.G. Pereira, Cézar A.M. Siqueira, Geraldo A.S.M. Ribeiro, Roberto Rodrigues, João S. de Matos, and Marcos P. Ribeiro (Petrobras) 1. Introduction The Jubarte Field is located in the North part of the Campos Basin, about 80 km offshore from the State of Espírito Santo, at a water depth between 1,000 and 1,500 m (Figure 1). The field discovery occurred in January 2001, where an interval containing oil of 17 °API was identified in sandstones from the Maastrichtian period. During the evaluation phase, a study based on the concept of value information supported the decision to drill a horizontal appraisal well. In February 2002, the well was drilled, having a horizontal length of 1,070 m, being completed with an open-hole gravel-pack. The result was a well productivity index 13 times higher than the one obtained by the vertical well. An Extended Well Test (EWT) was proposed and approved which allowed collecting complementary valuable information. In the EWT, which started in October 2002, PETROBRAS made use of the FPSO Seillean, a dynamic positioning vessel with a rig capable of performing light workover operations. The well was connected to the FPSO through a 5.625 in ID drill pipe riser. Using an innovative solution, a 900 HP and 25,000 bpd capacity Electric Submersible Pump (ESP) has been installed above the wet Xmas-Tree. In case of ESP failure, the drill pipe riser should be recovered by the FPSO for pump retrieval and replacement. The good results obtained in the EWT led to its continuation in a Pilot Phase, which lasted until January 2006. After the Pilot Phase, PETROBRAS has now started the Jubarte Phase 1 production with the FPSO P-34. This new development phase comprises four production wells and will provide an expected oil production of 60.000 bpd. One of wells presents an innovative installation of the ESP on the seabed, another well has a downhole ESP installed, and the remaining two wells produce with gas lift. Gas lift backup can be used in the ESP wells in case of pump failure, while waiting repair. The definitive Jubarte production system (Phase 2), to be implemented in 2011, will comprehend 11 new wells plus the 4 wells from Phase1, and 7 water injection wells, connected to the FPSO P-57. During this production phase, all production wells will run ESPs installed on the seabed as the main artificial lift method and gas-lift as backup. In summary, the strategy of development for the Jubarte Field foresees three distinct phases of production, which are presented in Table 1. Following, relevant aspects on artificial lift and flow assurance for all phases of the Jubarte project are covered. Special attention is dedicated to the innovative aspects implemented throughout all phases of the field development. 2. Jubarte Pilot Phase In the year 2002, the Evaluation Plan for the Jubarte area was initiated. It comprehended the accomplishment of a EWT to perform technical and economical analysis of the production. The well 3-ESS-110HPA was then drilled with a horizontal extension of 1,070 m being completed with gravel Abstract The Jubarte field, in the Campos Basin, Brazil, was discovered in January 2001. It is located about 80 km offshore from the State of Espírito Santo, under water depths between 1,000 and 1,500 m, containing oil of 17 °API and viscosity of 14 cP at reservoir conditions. This work presents a review of the artificial lift and flow assurance aspects faced by PETROBRAS in the exploitation of Jubarte heavy oil, starting from the features of the Pilot Phase. It details all the challenges posed and innovations proposed and implemented for Phase 1 field development, as well as expectations for the subsequent Phase 2. CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  32. 32. 32 Figure 1 – Jubarte Field Location pack. Because of the good results obtained, PETROBRAS decided to declare the field’s commerciality and convert the EWT into a Production Pilot in December 2002. A full review of this production phase can be found in [1]. In the EWT and the Pilot Phase, PETROBRAS used an FPSO (Seillean) with Dynamic Positioning (DP) system. The ship was located just above the well in a water depth of 1,300 m. The capacity of the unit processing plant is approximately 3,500 Sm³/d (22,000 bpd) of liquid. The production offloading was done by shuttle tankers. Figure 2 shows the production scheme during EWT and Pilot Phase. For this production system, the main innovation was the installation of an ESP above the X-mas Tree, inside a 9.5/8” capsule (47 lb/ft, ID 8.681”, 40 m long). The production flowed from the pump into a column of Drill Pipe Riser of 6.5/8” (ID 5,625”). The system had a security device used for emergency disconnection (EDP - Emergency Disconnect Package) in case the ship deviated from its original position. The pump system installed was composed by: • two electric induction motors in series, each one of 450 HP; • two sections of mechanical protector, totalizing six chambers, out of which four were of bag type and two were of labyrinth type; • one gas handler; • one multi-stage centrifugal pump; • electrical connector and surface and subsurfacepower cable; • Variable Speed Drive (VSD). Table 1 – Development strategy for the Jubarte Field The Pilot Phase was locked up on January 12th, 2006. The artificial lift method (ESP) improved production to daily rates superior than 22,000 bpd. The gathered data became an important factor to subsidize the development planning of the subsequent phases, since it reduced uncertainties, for instance, the one related to the efficiency of the ESP installed above the Xmas-Tree. In this aspect, it must be mentioned that the equipment operated with free gas volume fractions at intake greater than 22%. Figure 2 –Production scheme during EWT and Pilot Phase (FPSO Seillean) 3. Phase 1 General Description In Jubarte Phase 1, four (4) horizontal satellites wells produce to the FPSO Juscelino Kubitschek (P-34). This production phase does not comprise water injection into the reservoir. P-34 is anchored CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  33. 33. 33 in the definitive location (Figure 3) with all the wells connected to it. Figure 3 – P-34 anchored in location Reservoir Characteristics. The sandstones of the Jubarte Field are characterized by their high values of porosity and permeability. The petrophysical porosity and the horizontal permeability reach average values of 23% and 1,200 mD, respectively. The viscosity of the oil in reservoir conditions is 14 cP and the reservoir temperature is 76 ºC. Such characteristics had guaranteed a high Productivity Index for the well that produced during the EWT/ Pilot, and for all other wells of Phase 1. The extrapolated original static pressure was 289.9 kgf/cm2g. After one year of production in the Pilot Phase, this value did not experience any significant alteration. The bubble pressure of the fluid determined in laboratory (PVT) is 183.7 kgf/cm2g. The large difference between the static pressure and bubble pressure opens the possibility of having ESPs installed on the seabed. Fluid Characteristics. The oil, formation water and produced gas properties are shown in Table 2, Table 3 and Table 4, respectively. The Jubarte fluid can be considered as heavy-oil and presents low gas-oil ratio. Such characteristics also favor the use of ESPs. Table 2 – Jubarte Oil Characteristics Table 3 – Formation Water Properties Table 4 – Gas Chromatography Analysis Well Engineering. In Phase 1, the production wells were made of a 7” production column (26 lb/ft, ID 6,276”). Long horizontal lengths, around 1,000m, were targeted, in order to grant high productivity indexes. Sand control was done using Open Hole Gravel Pack (OHGP). This technology proved to be effective during the Pilot Phase. Subsea Layout. The subsea layout, shown in Figure 4, was designed to avoid interference with the installation of the definitive unit (Phase 2), thus facilitating the future transition between the two phases. This premise implied on having Phase 1 flowlines following a downhill profile which favors the occurrence of terrain induced slugs. All production flowlines are insulated flexible pipes of 6 in. diameter, with Thermal Exchange Coefficient (TEC) smaller than 6 W/mK. Service lines are flexible pipes of 4 in. diameter. For the wells using ESPs as lifting method, a special umbilical integrated with power cable was developed. Beyond its conventional functions as hydraulic control, chemical injection and electric signal carrier, the structure comprises the electrical supply cable. This new concept allows to minimize the number of risers in the FPSO, as well as to optimize the subsea layout. Artificial Lift. Generally speaking, ESPs present higher production potential than the gas lift. Besides, it also makes possible to accelerate production and, consequently, profits. Another advantage is that ESPs are usually indicated in applications where it is needed to lift large amounts of water and heavy viscous oils. Furthermore, the Jubarte fluid characteristics favor ESP applications, as seen before. CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip
  34. 34. 3438 CIP Journal nº 02 / 2009 Disponível em www.labceo.uff.br/cip Figure 4 – Phase 1 Subsea Layout (FPSO P-34) However, the definition of the adequate artificial lift method throughout all the field production life is a complex task that involves a great amount of associated variables and uncertainties. In this way, Phase 1 was delineated to serve as intermediate stage for data acquisition, with the purpose of assisting the optimization of the concession definitive development. Thus, among Phase 1 main objectives is to evaluate uncertainties related to the reservoir behavior and to the efficiency of the different technologies available for artificial lift, namely, ESPs and gas lift. As for ESPs, the good results reached in the Pilot Phase made PETROBRAS personnel confident to look for alternatives that would make possible technically and economically enable their use in the Jubarte development. So, it was defined to evaluate two distinct configurations in two Phase 1 wells: a) an ESP outside the well, in a pumping module on the sea bed; and b) an ESP inside the production wellbore. In both arrangements, it will be possible to operate with gas lift (GL) as a backup while waiting the ESP repair, in case of a pump failure. Then, both ESP wells had been equipped with mandrels and orifice gas lift valves. This redundancy intends to minimize production losses, improving the operational factor of the lifting system. Figures 5 and 6 illustrate the two concepts for ESP installation. A detailed discussion on the aspects of both ESP configurations will follow. For the remaining two wells of Phase 1, the artificial lift method used was the gas lift. ESP on the Seabed inside a Pumping Module. The technology of the selected artificial lift system for the well 7- JUB-02 HP was a 1200 HP ESP mounted inside a pumping module, installed vertically in a hollow pile, 30” diameter x 40 m length. Further details in this ESP arrangement can be found in [2]. The well was equipped with a gas lift set to provide Figure 5 – Production System for 7-JUB-02 HP – ESP on the seabed a back-up lift method (Figure 5). The pumping system is composed of an adaptive base (PAB) and a recoverable pump module mounted 200 m away from the well. The pumping module was designed so as to allow a by-pass of the ESP, if desired. Its parts, base and module, can be installed separately or together. The developed system also allows to perform pigging operations; for such, it is necessary the use of the by-pass. Figure 6 – Production System for 7-JUB-06 HA – Downhole ESP The original conceptual design considers the possibility of the module (ESP) to be recovered and/ or installed by cable, using a special boat. However, studies are still being conducted in order to make this flexibility possible. The main benefits brought by the system are the reduction of the costs and times of intervention, besides the elimination of workover tasks in case of need of pump replacement. Another advantage of the designed system is to make it possible to use ESPs of greater power and lift capacity (larger diameter), without increasing the production well diameter. The project was carried through a Technology

×