Resumo workshop tendencias_inovacao_red

1,128 views
1,048 views

Published on

Resumo - Workshop Tendências & Inovação | Coolhunting

Published in: Business

Resumo workshop tendencias_inovacao_red

  1. 1. Tendência e Inovação no dia a dia dos Negócios TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposMARKETING : TRENDS
  2. 2. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // Quem sou eu? Ana Carol Campos. Publicitária,Trend Hunter, Empresária e Escritora. Formada em Publicidade e Propaganda, com MBA em Marketing pela FGV (Fundação GetúlioVargas). Especialista em CoolHunting & Gestão da Inovação pela Ayr Consulting, consultora multinacional de tendências e inovação estratégica e co-fundadora do Global Trends Observatory (GTO). Quem sou eu?
  3. 3. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposIntrodução //Tendências e Inovação Como as empresas podem utilizar a pesquisa e análise deTendência no dia a dia dos negócios para gerar Inovação
  4. 4. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos “A inovação é a ferramenta própria dos empresários, é o modo de eles explorarem a mudança transformando-a em oportunidade para um negócio ou serviço diferente. Ela tem potencial para se constituir como uma disciplina, capaz de ser aprendida e praticada”. PeterDrucker(1985) Introdução
  5. 5. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos MichaelPorter(2005) “As organizações adquirem vantagens competitivas com atos de inovação. Elas abordam a inovação no seu sentido lato, que compreende as novas tecnologias bem como os novos caminhos para fazer as coisas”. Introdução
  6. 6. // INOVAÇÃO //TENDÊNCIAS // LIGANDO OS PONTOS // PAINEL (macro e micro trends) Agenda TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos
  7. 7. | inovação TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação Inovação & Tendências
  8. 8. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // Definição da palavra Inovação Inovação deriva do latim innovare, que significa “fazer qualquer coisa de novo”. Conforme definição do Dicionário Aurélio,“ato ou efeito de inovar” / “tornar novo, renovar, introduzir novidade”. Inovação
  9. 9. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos Torna-se cada vez mais difícil manter as vantagens competitivas, que são mais rapidamente neutralizadas pela concorrência. // Ambiente competitivo Inovação
  10. 10. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // De onde vem a necessidade de inovar? Ciclo de vida do produto / serviço cada vez menor Produtos e serviços cada vez mais parecidos (requer agilidade para novas versões e processos) Fatores que impactam o ciclo de vida do produto/serviço (mudanças de mercado, comportamento do consumidor, novas tecnologias, globalização dos mercados) Busca de novas oportunidades (ampliar portfólio, entrar em novos mercados, atender novos segmentos - alinhadas aos objetivos estratégicos da empresa) Inovação
  11. 11. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // Cenário Mercadológico Exige das empresas uma percepção de mercado cada vez maior capacidade de observação e resposta às demandas com habilidade. Monitoramento externo contínuo do mercado, clientes e concorrentes. Entendimento da exigência por constante mudança. Inovação
  12. 12. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos As empresas precisam se reinventar e sistematizar a inovação como um processo essencial ao crescimento e liderança de performance e desempenho. Inovação
  13. 13. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // Processo Inovação Explorar novas ideias Agregar valor Ideias que sejam aceitas pelo mercado, possíveis de ser implementadas e que gerem resultados mensuráveis. O novo pelo novo não é inovação, é preciso trazer RESULTADO e gerar PERCEPÇÃO deVALOR. Inovação
  14. 14. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos // Quando se fala em Inovação, também se fala de: Invenção Melhoria contínua Inovação
  15. 15. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação # INOVAÇÃO É um processo, significa buscar novos resultados através de novas estratégias, de novas ideias, de novas ações. Implica na busca de resultados e aplicação comercial.
  16. 16. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação # INVENÇÃO É criação de algo novo que “tem o conhecimento como base de avaliação da novidade, e não sua aplicação comercial ou geração de resultados”.
  17. 17. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação # MELHORIA CONTÍNUA Não é capaz de criar vantagens competitivas de médio e longo prazo, mas de manter a competitividade dos produtos e serviços (em termos de custos). Nem toda melhoria pode ser considerada uma inovação (ex: mudança de cor na embalagem do produto)
  18. 18. Graus de Inovação [ 2 ] | Inovação Incremental | Inovação Radical TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  19. 19. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Inovação Incremental Grau moderado de novidade e ganhos significativos nos resultados (e muitas vezes, continuação do que já existe). As inovações incrementais são impulsionadas pelo aumento da base de conhecimento e da competência tecnológica anteriores e pela sua aplicação na obtenção de saltos competitivos Coca- Cola Zero | iPod Shuffle da Apple | Self Service da Starbucks
  20. 20. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Inovação Incremental Induz grandes transformações nas regras competitivas, no processo produtivo, nos produtos e serviços ofertados, nas preferências do consumidor. Altera o relacionamento com fornecedores, distribuidores, clientes, reestrutura a economia de determinados mercados, aposenta produtos vigentes e eventualmente cria categorias inteiramente novas de produtos. Telefonia: Pré-Pagos | Fast-Food preço baixo: Habib’s | Experiência de consumo: Cirque Du Soleil
  21. 21. Tipos de Inovação [ 1 ] | Inovação de Produto | Inovação de Processos | Inovação de Modelo de Negócios TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  22. 22. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Inovação de Produto Consiste na introdução de um benefício ou serviço novo ou na modificação de algo que já existe, em relação às suas características ou usos pretendidos, modificando a forma como ele é visto pelo consumidor. Inclui melhorias significativas em suas especificações técnicas, componentes, materiais, software, interface com usuário ou características funcionais.
  23. 23. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  24. 24. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Inovação de Processo Consiste na introdução de um novo ou significativamente melhorado processo produtivo ou serviço (envolve técnicas equipamentos, softwares utilizados para produzir benefícios ou serviços) ou entrega (interesse na logística da organização e embalagem do equipamento, software e técnicos para fornecer materiais e alocar suprimentos na empresa , ou métodos de entrega de produtos acabados). Não gera necessariamente impacto no produto final, mas produz benefício no processo de produção, geralmente com aumentos de produtividade e redução de custos.
  25. 25. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  26. 26. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Inovação de Modelo de Negócio Consiste em mudanças no modelo de negócio, ou seja, na forma como o produto ou serviço é oferecido no mercado, não implicando necessariamente em mudanças no produto ou mesmo no processo com que ele é produzido. Podem incluir mudança na aparência do produto e sua embalagem, na divulgação e distribuição do produto e em métodos para definir preços de benefícios em serviços.
  27. 27. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  28. 28. Radar da Inovação [ 3 ] | 12 dimensões para Inovação TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação
  29. 29. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Dimensão da Inovação Para melhorar a produtividade da Inovação, a empresa deve definir em quais dimensões do negócio quer inovar, já que as limitações de recurso e o controle dos riscos impedem que uma empresa inove em todas as dimensões do seu negócio.
  30. 30. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação // Busca de caminhos para inovar: Existem 4 pólos fundamentais: 1 | As ofertas que a empresa gera 2 | Os clientes que atende 3 | Os processos que utiliza 4 | Os pontos de presença que ocupa para levar suas ofertas ao mercado Existem 8 dimensões que podem servir como alternativas de rumo para inovar: 1 | Plataforma 2 | Soluções 3 | Experiência do consumidor 4 | Captura de valor 5 | Organização 6 | Cadeia de fornecimento 7 | Relacionamentos 8 | Marcas
  31. 31. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposInovação # Radar da Inovação
  32. 32. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos Ferramentas que possibilitem captar no presente os sinais do futuro O grande desafio para sobreviver no mercado está centrado na capacidade de antecipar o futuro Inovação
  33. 33. | tendências TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos Inovação & Tendências Tendências
  34. 34. COOLHUNTING | Ana Carol Campos Embasamento teórico para entender o universo da pesquisa e análise de tendências. >> O que é tendência? >> Por que precisamos da previsão de tendências? >> Ciclo e difusão de tendências Tendências
  35. 35. COOLHUNTING | Ana Carol Campos O QUE É tendência? Tendências
  36. 36. CONCEITOS BÁSICOS COOLHUNTING | Ana Carol Campos NOVIDADE >TENDÊNCIA > MODA algo diferente / novo, que surge na sociedade Tendências
  37. 37. COOLHUNTING | Ana Carol Campos SINAIS CÓDIGOS Tendências
  38. 38. CONCEITOS BÁSICOS COOLHUNTING | Ana Carol Campos NOVIDADE > TENDÊNCIA > MODA aspiracional Tendências
  39. 39. O QUE É TENDÊNCIA O que é tendência? Na teoria, tendência consiste em: COOLHUNTING | Ana Carol Campos São forças que influenciam as atitudes e emoções das pessoas, determinando a forma como fazem suas escolhas. Movimentos (sociais, culturais, econômicos, políticos e ambientais) que ocorrem na sociedade e aglutinam grupos de indivíduos em torno de semelhanças, padrões, em um determinado espaço de tempo. Tendências
  40. 40. CONCEITOS BÁSICOS COOLHUNTING | Ana Carol Campos NOVIDADE >TENDÊNCIA > MODA quando a novidade chega ao mainstream fenômeno efêmero momento da explosão tipping point Tendências
  41. 41. COOLHUNTING | Ana Carol Campos Tipping Point INNOVATORS EARLY ADOPTERS EARLY MAJORITY LATE MAJORITY LAGGARDS DIFUSORES MAINSTREAM DIFUSÃO DE TENDÊNCIAS Tendências
  42. 42. 2regras de ouro LEI DE POIRET “uma vez ultrapassado os limites, não há mais limites”. “qualquer exagero em termos de moda é o sinal de seu fim”. COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  43. 43. COOLHUNTING | Ana Carol Campos 1)Tudo é cíclico Tendências
  44. 44. CONTRATENDÊNCIA Para cada tendência há uma contratendência, que lhe é complementar no sentido inverso. “Para toda ação, uma reação de força equivalente em sentido contrário”. 2regras de ouro COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  45. 45. COOLHUNTING | Ana Carol Campos 2) Oposição X Tendências
  46. 46. COOLHUNTING | Ana Carol Campos CICLO E DIFUSÃO de tendências Tendências
  47. 47. www.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madridwww.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madrid Tendências - Categorias Movimentos que sempre terão importância para o desenvolvimento geral da sociedade Mentalidades que têm-se notado e desenvolvido ao longo dos últimos 5 anos transversais à vivência em Sociedade, e cujos desenvolvimentos nos vão afectar nos próximos 10 a 20 anos Comportamentos que têm-se manifestado em padrões emergentes com uma natureza ainda localizada, sempre derivados directamente das mentalidades e das Tendências Macro e Fundacionais Fundacionais Macro Micro CICLO - TENDÊNCIAS COOLHUNTING | Ana Carol Campos Fonte:AYR Consulting Tendências
  48. 48. COOLHUNTING | Ana Carol Campos Quem inicia e quem propaga a tendência, nem sempre são a mesma pessoa Tendências
  49. 49. COOLHUNTING | Ana Carol Campos TENDÊNCIAS E GESTÃO DA INOVAÇÃO Enquadramento e História — O que São e para que Servem as Tendências Modelo do diamante das tendências trend creators trend setters trend followers early mainstreamers main streamers late mainstreamers conservatives anti-innovators + desejo de mudança aceitação de novos estilosCRIADORES GERADORES / ENDOSSO SEGUIDORES GRUPO DOMINANTE PRIMÁRIO GRUPO DOMINANTE PRINCIPAL RETARDATÁRIOS CONSERVADORES ANTI-INOVADORES crédito: Henrik Vejlgaard DIFUSÃO - TENDÊNCIAS - desejo de mudança aceitação de novos estilos Tendências
  50. 50. COOLHUNTING | Ana Carol Campos POR QUE PRECISAMOS da previsão de tendência? Tendências
  51. 51. PREVISÃO DE TENDÊNCIAS Por que precisamos da previsão de tendências? Para comunicar informações que possibilitem o desenvolvimento de produtos, serviços e conceitos alinhados às necessidades dos consumidores, antes que eles estejam conscientes disso. COOLHUNTING | Ana Carol Campos É preciso compreender o que já aconteceu, o que é tendência no presente e o que está borbulhando. Somente assim é possível fornecer uma previsão. Vantagem competitiva. Tendências
  52. 52. PREVISÃO DE TENDÊNCIAS COOLHUNTING | Ana Carol Campos “Ele é capaz de ver o valor das novas tecnologias muito antes de outras pessoas. Ele entende a tecnologia. Sua curiosidade o levou a desenvolver coisas como o computador pessoal. Ele consegue ver valor estético, tornando um objeto mais atraente, o que muitas pessoas não conseguem fazer. Ele está sempre perguntando a si mesmo: como consigo tornar esse aparelho mais legal? . Funcionalidade é uma grande questão para ele também”. Steve Jobs > O inventor das coisas que você não sabia que precisava > Pensa como consumidor Tendências
  53. 53. Ondas Evolutivas - Sociedade (AlvinTofler) diferentes sistemas de gerar riqueza COOLHUNTING | Ana Carol Campos Sociedade Agrícola (passado) 10.000 anos revolução agrícola família (antepassados) e terra Sociedade Manufatureira (presente) início dos anos 1920 revolução industrial capital e máquinas Sociedade da Informação (futuro) início dos anos 1950 revolução da informação conhecimento POR QUE PREVISÃO DE TENDÊNCIAS ? Tendências
  54. 54. COOLHUNTING | Ana Carol Campos # conhecer o passado O ESTUDO DETENDÊNCIAS CONSISTE EM: # compreender o presente # observar comportamentos # monitorar o mercado e os movimento da sociedade # captar sinais do futuro # reconhecer padrões Tendências
  55. 55. [ As informações resultantes do estudo de tendências nos permitem perceber o caminho pelo qual a sociedade está trilhando, mapear os contornos do espírito do tempo* e tornar possível a geração de insights aplicáveis ao negócio. *ZEITGEIST ] COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  56. 56. Entender prioritariamente a mentalidade das pessoas, como estão se sentindo e se comportando com relação à uma determinada conjuntura social, política, econômica, tecnológica, etc. Todo este entendimento funcionará como fonte de inspiração para a inovação nos negócios. Logo, é preciso desenvolver e aplicar métodos e ferramentas que contribuam para este processo de pesquisa e análise de informações. Como chegar aos INSIGHTS necessários para inovar? COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  57. 57. COOLHUNTING | Ana Carol Campos E O COOLHUNTING, como faz? Tendências
  58. 58. w.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madridw.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madrid O Coolhunting é um processo de observação que permite a antecipação ou confirmação de tendências Para criar vantagens competitivas aplicáveis, sólidas e sustentáveis para quem as analisa e aplica Fonte:AYR Consulting COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  59. 59. www.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madridwww.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madrid Antecipando os desejos e necessidades Encontrando novas oportunidades num mercado Criando elementos diferenciadores em produtos e serviços COOLHUNTING | Ana Carol Campos Fonte:AYR Consulting Tendências
  60. 60. IDENTIFICAÇÃO E MONITORAMENTO DE TENDÊNCIAS COOLHUNTING | Ana Carol Campos É preciso SISTEMATIZAR as informações coletadas. www.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madridwww.ayr-consulting.com| www.ayrwall.com | www.ynnovation.com.br | www.ayr-insights.com Lisboa | São Paulo | Miami | Madrid Coolhunting - o que é e para que serve Se as condições nos mercados mudam, os consumidores mudam com elas. Ou mudam-nas eles mesmos Os Coolhunters observam, registam e analisam isto Fonte:AYR Consulting Tendências
  61. 61. COOLHUNTING | Ana Carol Campos PESSOAS Não procure por coisas, procure por: Tendências
  62. 62. COOLHUNTING | Ana Carol Campos COOL HUNTER toolkit Tendências
  63. 63. # PERSONE (pessoas) O que fazem? O que vestem? De que forma se vestem? De que forma se comportam? Desejos? Necessidades? # POSTI (lugares) Aonde vão? Que lugares frequentam? Bares? Museus? Cafés?Teatros? Boates? Shopping? Parques? Livrarias TÉCNICA - 4 P’s # PROGETTI (projetos) Eventos e acontecimentos na cidade ou que caracterizam uma marca. O que de interessante acontece em universidades e centros de pesquisa? # PENSIERI (ideias) Filmes? Livros? Música? O que há de mais original , emergente e de vanguarda sobre determinado assunto? Future Concept Lab COOLHUNTING | Ana Carol CamposTendências
  64. 64. # WHAT O que está acontecendo?Vai ao encontro de alguma necessidade? (sinal) # WHERE Onde está acontecendo? (sinal) # HOW Como está se desenvolvendo esse sinal? Relevante e atrativa?Transmissão? Recepção? TÉCNICA - 3W H # WHY Por que? Comportamento? > Ansiedade Digital < > Nova Iorque < > Naturalmente “multitarefas”, sentem-se culpadas por não ser possível acompanhar tudo < > Ao de dar conta do quanto era dependente de tecnologia, o jonalista Daniel Sieberg, traçou um plano de desintoxicação - livro “Digital Diet” < COOLHUNTING | Ana Carol Campos Movimento Habla Tendências
  65. 65. Inovação & Tendências | ligando os pontos TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposLigando os pontos
  66. 66. 1 2 3 4 5input output TREND & COOL EXAMPLES BASES DE INOVAÇÃO RECURSOS CAPACIDADESIDEIAS Objetivos de negócio + Tendências e Metalidades do consumidor INSIGHTS DE INOVAÇÃO PARA NEGÓCIOS As Tendências se enquadram dentro do processo de Inovação para gerar insights acionáveis TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposLigando os pontos i innovAYR TRENDS BRING INNOVATION Fonte:AYR Consulting
  67. 67. Inovação & Tendências | fontes de tendências TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  68. 68. TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  69. 69. 100 THINGS TO WATCH IN 2013 DECEMBER 2012 TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  70. 70. 100 THINGS TO WATCH IN 2013 In addition to our 10 Trends for 2013 forecast, JWT presents 100 Things to Watch in 2013. – Intelligent Objects: Appcessories and . – Predictive Personalization: Data Scientists hotshots, marketers offering and consumers focusing on . – Everything Is Retail: Shopping is shifting from an activity that takes place in physical stores or online and . – Peer Power: Food Sharing services and the rise of Trust Ratings. BACKGROUND TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  71. 71. 100 THINGS TO WATCH IN 2013 1. 3D Bioprinting 2. 3. African Tech Stars 4. Alternative Brand Currencies 6. Appcessories 8. 9. 10. Bee Venom 11. Biometric Authentication 12. Blocking Social Media Bores 13. Chia Seeds 14. Shopping 16. Coaching Brands Cool Techie Camps 18. Translation 19. Cutting out the Middleman 20. 21. Dads in the Aisles 22. 23. Decline of Chinese Bling 24. Desalination Detoxifying Life 26. Digital Ecosystems Drones 28. ecoATM 29. 30. Emotion Recognition 31. The End of Voicemail 32. Faux Meat 33. Fitness Beyond the Gym 34. Food Sharing 36. Frontier Markets G20 Devolves to 38. 39. Geofencing 40. 41. Hieroglyphics 42. Hotels in Africa 43. Tech 44. Humane Food Customer Service 46. Impact Sourcing Imperfection 48. Individual Attention 49. JOMO (Joy Of Missing Out) Charging Media That Gets to Medical Smartphones Midcalorie Foods Mindful Living Goes Mainstream 60. MOOC Stars 61. Nature As Antidote 62. Neurotechnology 63. 64. NFC Tags 66. Offset Thinking 68. Online Groceries 69. Second Screen Design Recycling River Cruising 80. 81. Fiction 82. Set Jetting 83. Shopping Hotels 84. Social Media Hacks Standup Desks 86. Apps Sugru 88. 89. 90. Teff 91. Trade School 92. Trust Ratings 93. 94. 96. Vertical Farming Video Games As Art 98. 99. Wireless Charging 100. OUR THINGS TO WATCH IN 2013 TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  72. 72. www.trendwatching.com/pt/trends/10trends2013/ 2 Introdução: 2013 será o ano perfeito para aproveitar uma enxurrada de necessidades e oportunidades. Algumas economias continuarão (quase) OK, outras permanecerão na corda bamba, mas independentemente do mercado ou indústria onde você atua, aqueles que conseguirem suprir os desejos, necessidades e expectativas em constante transformação de seus consumidores terão sempre mais chances de lucrar. Uma economia mundial remapeada, novas tecnologias (ou “velhas” tecnologias aplicadas de maneiras novas), novos modelos de negócio... dá para não gostar que do vem pela frente? Por isso mesmo, queremos oferecer esta visão panorâmica sobre as 10 principais tendências de consumo (em ordem randômica) para que você possa aplicá-las nos próximos 12 meses. Vamos lá » 5. APPSCRIPTIONS 7. DATA MYNING 10. DEMANDING BRANDS 2. EMERGING2 9. FULL FRONTAL 8. AGAIN MADE HERE 3. MOBILE MOMENTS 6. CELEBRATION NATION 4. NEW LIFE INSIDE 1. PRESUMERS & CUSTOWNERS 11. MORE-ISM TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  73. 73. WORLD TREND REPORT 2012 / 2013 APRESENTAÇÃO GLOBALTRENDS OBSERVATORY TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  74. 74. Secrecy C2C Empowerment Tendências Fundacionais Macro Tendências Micro Tendências The Beautiful People Global Connection & Convergence Riding the Recession EcoSustainability Anger, Distrust and Revolution Emergent Wellthy Crowd Everything Meaningful Compassion Urban Nomads Experience Economy Coolpon Neo Male Female Up & Rising Bottom of the Social Pyramid Design = Wow Good? Excess Therapy Meaningful Nostalgia Live the City Relaxed and Spiritual Identities Narrated Documento licenciado a Ana Carolina Campos TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol Campos NDA Esta apresentação c a sua revelação suje não podendo ser temporariamente, p fornecedores ou a estabelecidas. Os direitos de prop legislação portugue realização de todos Disclaimer O presente relatório produtos e/ou serv recomendam, analis sempre a referênci Mentalidades, comp informação das ma exemplos são utiliz serviço entenda ser TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  75. 75. Fundacional Empowerment: Inicialmente, estava relacionada ao fato de que todas as empresas, marcas, produtos/serviços, instituições e pessoas que ajudam a explorar meu potencial são minhas amigas. Agora, compreendemos que possui um alcance aspiracional que advém da necessidade de criar e desenvolver competências para benefício da Sociedade. Macro Relaxed and Spiritual: O Stress do trabalho e da vida pessoal nos obriga a relaxar. Todavia, isto já não é suficiente, pois precisamos nos conectar a algo mais profundo e espiritual, uma ligação com o nosso âmago mais profundo. Identities Narrated: Torna-se muito mais fácil nossa ligação com algo – marca, produto ou artefato – se houver uma história que o ilustre. The Beautiful People: Esta Tendência tem duas grandes faces: O desejo de reconhecimento e de ascensão social, mas também a constatação de que existem prescritores que influenciam a vivência em sociedade, desde a Moda e Estilo, à Tecnologia e Filosofia. Global Connection & Convergence: A Internet mudou o mundo e a vivência em Sociedade. Agora, os vários suportes estão a convergir num só, de modo a potencializar a nossa capacidade de estarmos sempre conectados e informados, em tempo real. EcoSustainability: Mais do que reciclagem, é toda uma consciência de que os recursos são finitos e que devemos promover um estilo de vida sustentável. Riding the Recession: Temos consciência que estamos vivendo uma crise, vamos então tentar aproveitá-la ao máximo com criatividade. Anger, Distrust and Revolution: Existe um descontentamento generalizado na sociedade, devido aos problemas crescentes nas áreas sociais, econômicas e políticas. Um sentimento de revolta para com as instâncias do poder e da economia, e uma profunda necessidade de mudança e revolução. WORLD TREND REPORT 2012 / 2013 GLOSSÁRIO DE TENDÊNCIAS SAMPLE TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposTENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposNa Prática
  76. 76. Micro Bottom of the Social Pyramid: Os menos afortunados também são consumidores. Surgimento de novas oportunidades para aqueles com menos possibilidades financeiras. C2C: Uma economia paralela - Consumidor-Consumidor - focada em revenda, troca ou doação de produtos. Coolpon: Queremos promoções, cupons, descontos e zero complicações. Excess Therapy: A necessidade de fazer algo que normalmente não faríamos, mesmo que pontualmente. Experience Economy: Tirem-nos do aborrecimento - queremos experiências memoráveis. Meaningful Compassion: Compaixão e empatia para com os outros. Utilização das nossas faculdades para melhorar os problemas da Sociedade. Crowd Everything: Sistema plural de mimese. Comportamento grupal em crescimento. Secrecy: A necessidade de reclusão, privacidade ou isolamento. Emergent: Os símbolos das economias emergentes se expandem. Design = Wow Good?: Simplificação da forma e da função. Minimalismo, customização e durabilidade são as palavras- chave. Meaningful Nostalgia: Sentimento nostálgico pelos valores, símbolos e comportamentos do passado. Wellthy: Saúde e bem-estar são uma prioridade - Promoção da longevidade e monitoramento permanente das mesmas. Female Up & Rising: Como Mulher, faço as coisas à minha maneira, fora das normas sociais impostas. Neo Male: Além do Metrossexual - uma emancipação e redefinição da imagem do Homem. Live the City: Quero melhorar a minha cidade, imprimir meu estilo pessoal. Urban Nomads: Estou acessível e conectado em qualquer lugar e a qualquer hora. GLOSSÁRIO DE TENDÊNCIAS WORLD TREND REPORT 2012 / 2013 SAMPLE Documento licenciado a Ana Carolina Campos TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposTENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposNa Prática
  77. 77. O Global Trends Observatory é uma rede que envolve instituições, centros de investigação, empresas e Coolhunters, à escala global. O seu objetivo é criar, discutir e disseminar conhecimento sobre Coolhunting, análise e estudos de Tendências e Mentalidades, explorando a relação entre a comunidade científica e as empresas a nível mundial. O Trends Research Center, enquanto membro fundador do Global Trends Observatory, estuda indicadores sociais, culturais e económicos, compilando e articulando informação sobre as Tendências identificadas por todos os parceiros, redes de Coolhunting e empresas de consultoria em Tendências, tendo por objetivo criar um Mapa de Tendências que forneça um retrato fidedigno das Mentalidades e Comportamentos presentes na sociedade, permitindo assim melhores e mais precisas projeções para o futuro. A AYR é uma consultora multinacional de tendências e inovação estratégica, que aplica a observação de tendências e do comportamento dos consumidores na geração de insights de negócio e de inovação nas empresas. É ainda criadora do conceito de gestão TRENDS INNOVATION e co-fundadora do Global Trends Observatory. Documento licenciado a Ana Carolina Campos TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposTENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposFontes deTendências
  78. 78. |Entre em contato Ana Carol Campos anacarolcampos@larock.com.br www.larock.com.br facebook.com/larockmkt 51 9341.5263 51 3022.7283 TENDÊNCIAS & INOVAÇÃO | Ana Carol CamposMARKETING : TRENDS

×